Deccs Skateboarding Magazine #67 - Revista Skate

Page 1


FOTOGRAFO: @NMNEZES MANOBRA: BECK TRAIL [02] - DECCS MAGAZINE


LUCAS ROSA

FOTOGRAFO: @NMNEZES DECCS MAGAZINE - [03]


indice Editorial

ENTREVISTA - BODYBOREDER

20-21

Fotografo: Leo Santos fotografia

CAPA

FLOW/AM

FLOW/AM

FLOW/AM

pagina

pagina

pagina

pagina

12-19

06

07

09

Agradecimento e Novidades

ANDRE PAIVA

[04] - DECCS MAGAZINE

Salve!! Meu nome é Andre Paiva satisfação total, Chegamos na edição N67, gratidão a todos que estão abraçando a Revista Deccs Magazine de uma maneira incrível e acolhedora, Gratidão por todos que estão na edição N67 e aceitaram o desafio de tão pouco tempo. Gratidão também a todos os Fotógrafos e todos os leitores que estão sempre marcando presença nas edições Semanal.

CAPA LUCAS ROSA Esta em nossa Capa - 07/OUT- N67 - Com um OLLIE DE BACCK - Acompanhe a entrevista - inédita. Corre lá - Pag, 12-19


indice

Editorial

FLOW/AM

FLOW/AM

NA MISSÃO

MATÉRIA

pagina

pagina

pagina

pagina

10

11

22-23

26-27

EDITORIAL DIRETOR: ANDRE PAIVA REVISÃO: DECCS MAGAZINE EDIÇÃO: OUT DIA 07 ED: N67 REDAÇÃO: DECCSMAGAZINE CORREÇÃO: DECCS MAGAZINE ANUNCIE: DECCSMAGAZINE@GMAIL.COM ASSINE: WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

INDICE

A REVISTA DECCS MAGAZINE É UMA PUBLICAÇÃO SEMANAL DCS

CAPA - LUCAS ROSA: ABERTURA REVISTA - DEDICADO AO CAPA: IND & EDIT FLOW/AM - FILIPE FERREIRA: FLOW/AM - GUGA NAKAMURA: FLOW/AM - GUILHERME AUGUSTO: FLOW/AM - JOHN KENNEDY: FLOW/AM - LAZARO MIGUEL: FLOW/AM - RAFAEL EASTWOART: FLOW/BODYBOARDER - GISELE MAHALO:

WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR 12-19 2-3 4-5 06 07 08 09 10 11 20-21

FLOW/NA MISSÃO - VINICCIOS LIMA: FLOW/MIRIM - EMANUEL ZANETTA: FLOW/MATERIA - VICTOR DE FRANÇA: FLOW/CKECK - LUIZ NETO: ESPAÇO/CHECK - RAFAEL RAMOS: FLOW/CKECK - MAKSIMKRUGLOV: FLOW/CHECK - EVERALDO SILVA: FLOW/CHECK - VINICIUS SANTOS: FLOW/CKECK - LEONARDOMATEUS: CONTRA CAPA - RODFILMES:

22-23 24 26-27 28 29 30-31 32 33 34-35 36

DECCS MAGAZINE - [05]


FLOW AM

FLOW/AM

FILIPE FERREIRA

26 ANOS, 13 ANOS DE SKATE, BARROSO – (MG) / @FILIPENATURESKT Com surgiu o interesse de ser skatista? Assistindo pela primeira vez o xgames em 2002. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Andando somente finais de semana e seguindo os protocolos de higiene. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Alongamento de 10 minutos. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Não. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? A primeira vez que fui em um campeonato, feito pela Volcom que rolou em Juiz de fora se não me engano 2008. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Difícil devido a pandemia. Como está o trabalho em Competições? Puxado. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? ws sports, conceito story. Influências no skate? Tenho os amigos que fiz graças ao skate como influência.. Tenho como influência também Adelmo Jr, Tiago Lemos, Rodrigo Peterson, Rodrigo TX, Carlos de Andrade, 4 Miga... são muitos! Mensagem e Agradecimento... Sou muito grato ao skateboard e aos amigos envolvidos. Que Jah abençoe a todos! Uma frase? Observar, absorver.. Entender e compreender. Sabedoria é a chave!

[06] - DECCS MAGAZINE

FOTOGRAFO: @MKZSVAN MANOBRA: HARDFLIP


FLOW AM

GUGA NAKAMURA

FLOW/AM

15 ANOS, 12 ANOS DE SKATE, SÃO PAULO – (SP) / @GUGAAHNAKAMURA

Com surgiu o interesse de ser skatista? Com uns 2 ou 3 anos eu ganhei um skate de plástico do meu pai, criei gosto pelo esporte, e ele me deu um profissional. Fomos em um projeto chamado “Love CT” e com a ajuda do Marcelo Martins, Denis Silva, Call Gomes, Anderson Lucas e Elton Melonio lá fiz amigos e comecei a trilhar meu sonho. Graças a Deus estou firme até hoje. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Bem complicado, no começo todas as pistas praticamente fecharam. Mas sempre fiz o possível pra continuar andando e fazendo o possível pra evoluir com todos os cuidados possíveis. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu treino meu físico na Ramuaii Tríade Academia, que me dá total apoio e suporte pra andar de skate todos os dias com o melhor rendimento. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Não por enquanto, por falta de estrutura. Mas pretendo começar a gravar assim que tiver oportunidade. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Teve muitas que marcaram muito e foram muito divertidas. Ouro Fino MG/BH, MG/São Vicente Santos, Louveira/SP, mas acho que a mais marcante foi na cidade de Itú em Sorocaba, pois foi lá que eu conquistei o título de vice-campeão paulista na categoria iniciante. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Tenho treinado e dado o meu melhor todos os dias para conseguir realizar esse sonho com a ajuda dos mais velhos e sempre mantendo minha essência e minha humildade, espero um dia alcançar esse sonho. Como está o trabalho em Competições? A mais de cinco anos sou um atleta federado pela Federação Paulista De Skate, e estou treinando incansavelmente para conseguir me dar bem em todos os eventos que consigo ir. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? @ramuaiitriade @userisccom @metalskateofficial @ geneticaskateboards Influências no skate? Hoje em dia minha maior inspiração são meus amigos que andam comigo todos os dias e me ajudam sempre que preciso. Mensagem e Agradecimento... Primeiramente agradecer a Deus e a Deccs Magazine pela oportunidade, ao meu mano Viny Reis pelo click e pela confiança, ao meu pai e minha mãe que confiam em mim e me apoiam 100%, para os meus amigos que sempre me ajudam e para as marcas que fortalecem e confiam no meu rolê. Uma frase? Um dia vai chegar o dia…

FOTOGRAFO: @ME.VINYREIS MANOBRA: B/S SMITH DECCS MAGAZINE - [07]


FLOW AM

FLOW/AM

GUILHERME AUGUSTO 20 ANOS, 09 ANOS DE SKATE, POÇOS DE CALDAS – (MG) / @N.E.S.K

Com surgiu o interesse de ser skatista? Quando eu tinha 12 anos, eu estava jogando bola com uns amigos na rua, e apareceu um amigo meu com um skate e pediu pra jogar com a gente, eu fiquei de fora e peguei o skate pra andar, já tinha um equilíbrio e fiquei tentando um ollie, consegui acertar depois de um tempo ali tentando, depois disso eu pegava o skate desse amigo emprestado até conseguir ganhar um, depois disso o skate se tornou parte de mim. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Durante essa pandemia, foi quando mais me dediquei ao skate, aprendi e evolui muito tanto fisicamente quanto psicologicamente. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu faço alongamentos e exercícios físicos diários, e faço aulas de Muay thai que me ajudam muito no meu preparo. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, minha primeira video parte vai sair pela @ hempcloths e @borntobeuaistore, tem muita coisa por vir. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? O primeiro camp que corri, ainda na categoria mirim, consegui ficar em primeiro lugar e ganhei um skate montado, foi uma sensação que nunca vou esquecer. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Estou no corre sempre, a procura de patrocínios voltando para os campeonatos, e sempre manobrando. Como está o trabalho em Competições? Os camp estão voltando agora e eu estou bem animado, corri um em ouro fino semana passada, e to no foco dos próximos. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Eu tenho o apoio de duas marcas de roupa a @ hempcloths e a @borntobeuaistore, que estão fortalecendo e me incentivando no rolê. Influências no skate? Meus manos Mensagem e Agradecimento... Agradeço a todos que confiam e acreditam em mim, não vou decepcionar vocês, conexão Jamaica. Uma frase? Meter o louco sempre. [08] - DECCS MAGAZINE

Fotografo: @brunocamargofotografia Manobra: 360 flip


FLOW AM

JOHN KENNEDY

FLOW/AM

26 ANOS, 10 ANOS DE SKATE, ITUIUTABA – (MG) / @JHONKENNEDYOLIVEIRA Com surgiu o interesse de ser skatista? Conheci o skate através de um amigo, dançava break na época e tive a oportunidade de conhecer um mano que dançava e andava de skate também, desde então comecei a ter contato com o carrinho e fiquei fascinado! Fiz o corre de compra um skate com peças usadas e nunca mais parei de andar de skate! Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? No começo foi muito difícil, mais com o tempo fui conseguindo me adaptar com sessões com poucos parceiros, e sempre aproveitando ao máximo cada role. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Costumo treinar bastante alongamento, trago isso desde o breakdance e acredito que sempre me ajudou! Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Estou filmando bastante para o Instagram, mas a vídeo parte está em planos breve, pretendo lançar minha primeira vídeo parte pela minha skate shop, que estou no corre incansavelmente! Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Uma trip que marcou minha caminhada foi quando colei pro Crew Atack em Goiânia , onde pude ver os monstros, Mike Mo Capalde, Brandon Biebel, Danilo Cerezine, Rodrigo Petersen e vários outras referências que colaram nesse evento, máximo respeito ao crew atack evento muito foda! Como está sua caminhada para se profissionalizar? Não tenho foco em ser profissional, atualmente estou focado em fortalecer a cena local da cidade onde moro correndo atrás de melhoria sempre! Como está o trabalho em Competições? Estou trampano na organização do evento que vai rolar dia 31 de outubro aqui na minha cidade Ituiutaba-mg, vamos receber os profissionais Ricardo Porva, Izael Miranda e José Martins Zezinho. Expectativa monstra para o evento, pretendo correr e me divertir muito! Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Não tenho patrocinadores! Comecei com uma skate shop em minha casa a um ano e alguns meses, estou trabalhando firme para aumentar meu investimento, fortalecer a cena local, e garantir um futuro para meu filho Arthur Kennedy! Influências no skate? Inspirações Yuri Facchini, Thiago Lemos. Minhas influências são meus amigos que estão sempre no corre comigo! Mensagem e Agradecimento... Agradeço primeiramente à Deus, agradeço a Deccs Magazine pela oportunidade de mostrar um pouco do meu corre, agradeço a minha esposa e ao meu filho por serem meus maiores incentivadores, agradeço aos meu manos que estão sempre filmando pra mim, Matheuslxg, Leandro Dollyn, Yagoskttatto, entre vários outros irmãos. Uma frase? Viver é melhor que sonhar!

FOTOGRAFO: MATHEUS_LXG MANOBRA: FS FEEBLE DECCS MAGAZINE - [09]


FLOW am

FLOW/AM

LAZARO MIGUEL 28 ANOS, 20 ANOS DE SKATE, TATUÍ - (SP) / @LAZAROMIGUEL__

Com surgiu o interesse de ser skatista? Desde bem novo já via os amigos das minhas primas de skate, meu tio e meu irmão já falavam de skate para mim, A casa da minha avó era esquina de uma praça que sempre teve uns picos para andar e escutava o barulho das rodinhas e corria no portão para ver os skatistas passando a milhão ai já pirei e logo ganhei um desses simples, daí quando mais velho com uns 8 anos ganhei um skate de verdade e fui aprendendo e fazendo amizades através do skate que me foi formando skatista naturalmente, não joguei bola desde pivete sempre andei de skate. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Por não andar todo dia não senti muita diferença pois já ando em alguns horários mais calmos sem muita aglomeração de manhã com os parceiros que acordam cedo. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Meus treinos de skate mesmo é dar uns ollies para aquecer e tentar manter as tricks no pé ou pelo menos os ollies colando no pé e andar sempre, mas antes da sessão eu faço umas flexões, pulo corda para soltar o corpo. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, mas não vídeo parte, eu e meus amigos estamos trabalhando num vídeo mix pelos picos de Tatuí e da região que logo vai estar disponível "SNF SKATE NÃO É FACIL". Logo mais... Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Em 2012 fui para Barcelona com meu mano Anderson que me apresentou a cidade e os picos clássicos onde aprendi muito e depois em 2016 com meus manos da ELC CREW foi da hora demais, muito skateboard. Trip que fui convidado faltando poucos dias para a viagem. E a partir disso já comecei o corre para a grana, saí do trampo, vendi a bike para inteira a grana e fui, 30 dias de muito skate que rendeu alguns clips e experiência para a vida toda. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Não tenho planos de profissionalizar, mas pretendo andar de skate até o fim da minha vida, se acontecer foi consequência, mas no momento o foco é estar andando de skate, me divertir filmando meus amigos, finalizar o video 'SNF' e começar outro. Manter a chama do skateboard acesa na cidade de Tatuí, fazendo os picos, eventos de skate, conseguir uma reforma e melhoria para o CEDEGA nossa querida pista da cidade e andar muito de skate. Como está o trabalho em Competições? Gosto de competições para encontrar os amigos de outras cidades e ver o nível de skate, que está impressionante hoje em dia, mas os best tricks legal de participar. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Meus patrocinadores são eu e a SNF na energia e a motivação, mas não posso deixar de citar a WHITE DRAGON skateshop, Ricardo Tróia, Ramon e EVERGREEN GO, que me ajudaram por muito tempo, muito obrigado. Influências no skate? Com certeza meus manos da 'SNF' que ando sempre, meus manos do CEDEGA, meus manos que conheci pelo mundo andando de skate e vivendo, muito obrigado rapa!!!!!!!!! mas também os monstros TX, GERDAL, DWAYNE,LEMOS,PENNY,WES,ADELMO,..... vários... Mensagem e Agradecimento... Skateboard não é só as manobras, é lifestyle, é arte, é atitude, união e nós por nós!!! Gostaria de agradecer a Deus por me dar saúde. Agradecer minha esposa, meu filho Miguel e toda minha família pai, mãe, irmãos e sobrinhos que sempre me apoiaram esse amor pelo skateboard!!! Amo vocês. Obrigado Markinho pela foto, e por mover o skateboard em TATUÍ , Obrigado 'THEBARRACS' pelo espaço para manobrar e DECCS magazine obrigado pelo convite! SKATE SEMPRE!!!! Uma frase? Não espere que façam por você, faça você mesmo!!! Fé em Deus e vamo anda de skate, fuiii!!!!!! [10] - DECCS MAGAZINE

FOTOGRAFO: @MARKINHOSK8 MANOBRA: BACKSIDE 180 PIVOT GRIND.


FLOW AM

FLOW/AM

RAFAEL EASTWOART 24 ANOS, 15 ANOS DE SKATE, CURITIBA – (PR) / @INSTWOART

Com surgiu o interesse de ser skatista? Através de amigos que andavam na rua de baixo da minha casa. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Difícil, com o skate temos bastante contatos com pessoas e cortar isso do nada foi bem difícil acostumar, mas continuamos a seguir e fazendo o que ama. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Ando de skate todos os dias, tento me esforçar o máximo para não perder o ritmo que o skate proporciona, agilidade, persistência e muito mais. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, estamos sempre saindo pra rua procurando novos picos para manobrar e registrar. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Com certeza foi para São Paulo, ficamos na casa de um amigo, Sérgio Andre, foram duas semanas e isso proporcionou uma vivência inesquecível, skate 24 horas. Não vejo a hora de voltar! Como está sua caminhada para se profissionalizar? Estou seguindo esse sonho, nunca desistir e aproveitar a cada momento nessa caminhada. Como está o trabalho em Competições? Com a pandemia dificultou um pouco, mas continuo andando de skate todos os dias para não perder o pique. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? No momento estou sem patrocínio, estou trabalhando e fazendo o corre para que meu skate fique sempre em dia. Influências no skate? Tenho muitos, Luan Oliveira, Tiago Lemos e tbm meus amigos do interior que me inspiram muito. Mensagem e Agradecimento... Agradecer minha família, minha mãe, meu pai e meus dois irmãos que são 100% skate e também meus amigos não só do skate mas também da vida que sempre fortalecem e estão apoiando. Uma frase? Faça o que ama e para não se arrepender no final

FOTOGRAFO: @ENOISCACHORRO MANOBRA: FRONT SMITCH DECCS MAGAZINE - [11]


FLOW AM

Quando você decidiu que gostaria de ser skatista profissional e embarcou na jornada, como foi esse início? Quando eu tinha apenas 9 anos aconteceu naturalmente, o amor e a curiosidade sobre o carrinho, mudou minha forma de ver o esporte tudo no seu tempo, o importante é fazer com amor ser feliz e não força nada que tudo acontece. Tivemos sua entrevista no Flow/Am no passado, o que mudou dela para hoje? Graças a Deus com a oportunidade que a revista me deu, eu consegui divulgar um pouco mais minha caminhada, e com isso pude mostra um pouco do que vivo a 20 anos em cima do carrinho. Estamos ainda em meia Pandemia, como está a adaptação? Se adaptando como podemos para não fica sem prática. Algo de novo em seus treinos e preparos físicos? Por enquanto sigo mantendo a mesma chama acesa e sendo feliz. Como está a cena do skate em sua região? Com essa flexibilidade da pandemia retornando os eventos, estamos conseguindo se reunir com mais frequência. Conte como estão os projetos de sua vídeo parte? Estamos produzindo e em breve full vídeo 220venergyDrink. Fale um pouco sobre a vídeo parte? Está em processo, aguardem. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Graças a Deus tenho ajuda da 220venergyDrink que me ajuda muito e me incentiva bastante, além da loja local que faz acontecer as coisas na cidade Monkeyskateshop, tenho muito a agradecer essas duas família.

Lucas Rosa Eu tenho 29 Anos, 20 de skate, sou skatista AMADOR da cidade de leme - (SP) - @ l.rosaskt F OTO G RA F O :@ A L E X T E Y _ [12] - DECCS MAGAZINE

Projetos em desenvolvimento além do vídeo parte para soltar ainda em 2021? Então fora a vídeo parte pela 220venergyDrink, soltamos recente um projeto, independente com um amigo da cidade logo estará on-line nas redes socias. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate?


F OTO G RA F O : @NMNE Z E S M A N O BRA : N O S E S L I D E S O U T NOLLIE HE LL DECCS MAGAZINE - [13]


FLOW AM

Então foi uma trip que fizemos para a premier do vídeo fuckallposer da marca nineclouds, do qual ajudamos com degustação de energéticos, a trip foi em Londrina-paraná. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Em processo. Conte um pouco sobre suas correrias em competições? Ultimamente não tenho focado em eventos, e sim em viver e fazer acontecer os projetos. Quais suas influências no skate? Bom uma influência que tenho desde que eu tinha 9 anos, foi o skatista local de Mococa -SP Lucas Marques (dutinha). Hoje em dia quem me incentiva muito são meus amigos do dia a dia e a família que tenho pela 220venergyDrink. Principal quem sempre me ajuda sempre está do meu lado me ajudado a ser uma pessoa melhor no geral é o Marcelo Violib. Oque o skate proporcionou para sua vida? Tudo! Oque você está buscando hoje para sua Realização no skate? Apenas andar é ser feliz. Fale um pouco mais sobre pontos importantes em sua História? Primeiramente Bom dia, Boa Tarde, Boa noite galera. Então minha caminhada em cima do skate nunca foi fácil, várias proibições, vários erros e esses erros hoje me fez ser melhor a cada dia.

Deixa sua Mensagem e Agradecimentos? Muito Obrigado principalmente para o André Paiva dono da revista, que me deu a oportunidade de mostrar um pouco sobre mim, depois tenho que agradecer minha mulher e minha filha futura Rosinha skatista, que são duas guerreiras e que sempre esteve presente nos meus sonhos, agradecido ao máximo pela ajuda das marca que acreditam em mim, sempre serei grato a uma pessoa que mudo minha vida Marcelo Violin. [14] - DECCS MAGAZINE


F OTO G RA F O : @NMNE Z E S M A N O BRA : B/ S R OCKS LID E

DECCS MAGAZINE - [15]


FLOW AM

F OTOGR AFO: @NM NEZES

F OTO G RA F O : @NMNE Z E S [16] - DECCS MAGAZINE


LUCAS ROSA

AM flow

F OTO G RA F O : @ N M N E Z E S M A N O BRA : F S N O S E BU N LT

FOTOGR AF O : @R AFASAS M AN O B R A: WALLR I DE

F OTOGR A FO: @NM NEZES MA NOB R A : B/S ROCK S LIDE

DECCS MAGAZINE - [17]


F OTOGRAFO: @NM NEZES MA NOB RA: 3 6 0 FLIP

[18] - DECCS MAGAZINE


LUCAS ROSA DECCS MAGAZINE - [19]


FLOW bodyboarder Como nasceu a sua paixão pelo Bodyboard? É mais do que um esporte? Desde de criança já havia um amor enorme pelo mar, eu tinha uma pranchinha que lembro que era em forma de tartaruga, amava pegar onda com ela Com o tempo peguei gosto de surfar com prancha de quilha, lembro que até trabalhei na fábrica do maran que é um shaper conhecido no litoral paulista, cada mês que passava via minha prancha ser aperfeiçoada E isso foi mágico Quando peguei a parede da onda pela primeira vez aí não quis saber de mais nada, era só mar, mar e mar !!! Finais de tarde, madrugava pras trips quando engravidei parei de pegar onda, mas ainda com o Davi na barriga peguei onda até os 3 meses de gestação assim que ele nasceu voltei pro mar só que agora com nadadeira e bodyboard!!! Sensação incrível e única, amo surfar, estar no mar é maravilhoso!!! Não paro nunca mais. Qual foi seu melhor momento numa prancha de Bodyboard? Numa esquerda na praia de Pernambuco, o mar estava clássico, terral, um metro, nada de crowd ! Qual manobra se destaca em suas sessões? 360 normal e invertido, rolo, rasgada, e estou tentando finalizar Bat invert. O que significou para você o apoio ou Patrocínio? Estes parceiros são, imprescindíveis para que as esportistas cheguem a um melhor nível? Sim, isso é muito importante, porque nós das condições de seguir nossos sonhos. É importante que as empresas apoiem o esporte e, mais especificamente, que façam isto para promover a igualdade entre homens e mulheres? Sim, não há porque ter essa separação, o negócio é estarmos unidos e engrandecer esse esporte!

Gisele Mahalo Eu tenho 32 Anos e 20 de bodyboarder, sou atleta da cidade de Guarujá - (SP) Instagram: @GiseleMahalo

Cada vez há mais mulheres que começam a praticar Bodyboard. Por que aconteceu essa mudança? Porque saem da zona de conforto, e percebem o quanto é bom estar na parede de uma onda, em conexão total com Deus. Você acha que seu sucesso pode servir de referência para aqueles meninos jovens que comecem a praticálo? Sim, espero vê Los melhores ainda. Sua opinião sobre a evolução do Bodyboard nos pós olimpíada? Muito bom dar essa oportunidade do esporte aparecer e brilhar de novo na telinha. Mensagens e Agradecimentos... Obrigada a todos.

[20] - DECCS MAGAZINE


Flow bodyboarder Fotografo: Leo Santos fotografia

Fotografo: Leo Santos fotografia

[21] [21 DECCS MAGAZINE - [21] 21]


FLOW NA MISSÃO

NA MISSÃO Como surgiu a ideia de sair na missão na rua? está produzindo algum projeto em video e foto em especial? Quando comecei a andar já era na rua, não conhecia os picos, mas a ideia sempre esteve presente porque sempre curti mais o skate de rua. Estou filmando esporadicamente nas ruas com meu brother Leandro do canal @sublimecrew.co. Em breve estará nas redes! Quais foram as dificuldades enfrentadas nessa missão? Já havia acertado o F/s Grind, o Viny já tinha garantido o CLICK, mas queria deixar na base o Grind no palco alto. Quando fui tentar novamente após o acerto, cai em cima do braço. Foi bastante doloroso, mas conclui e passo bem (kkk). Quais as parcerias envolvidas nessa missão? Hoje havia postado no Stories meu shape novo, e o Viny Reis meu amigo de longa data, perguntou se eu iria andar de skate hoje. Ele estava afim de produzir e coincidiu de eu estar indo andar, acontece assim naturalmente! This is Guarulhos... Qual a cidade que foi produzido? Guarulhos.

Viniccios Lima Eu tenho 28 Anos, 15 de skate, sou skatista AMADOR da cidade de Guarulhos – (SP) - @viniccioslimalako

NA MISSÃO

[22] - DECCS MAGAZINE

Fale um pouco sobre o pico onde realizou a manobra? Os clicks de hoje foram realizados na Quadra da Brama, um pico bem famoso da cidade de Guarulhos. As tricks optei em mandar num lugar bem impactante, O PALCO ALTO! Tem que bater forte o tail pra conseguir subir no palco. Ante de me machucar acertei um B/s Croocked e depois o F/s Grid. Para finalizar, qual foi o maior desafio nessa missão? O maior desafio foi o F/s Grind, principalmente após a queda. Sorte que já havia acertado a trick, e deu pro Viny garantir o click. Mensagem/Agradecimentos... A oportunidade de estar na Deccs Magazine novamente. Ao Viny Reis por me incentivar, e a minha garota Tamires por sempre me incentivar também. Principalmente por ter me motivado a voltar a andar de skate depois de anos parado. Obrigado!


NA MISSÃO flow

F OTO: @ M E.VINYREIS M A N OB R A : B/S CROOCK ED

F OTO: @ ME. VINYREIS M ANOB RA : F/S GRIND

F OTO : @ M E . VINYR E IS M A N O BRA : F/ S GR IND DECCS MAGAZINE - [23]


FLOW mirim

FLOW/MIRIM

EMANUEL ZANETTA 3 ANOS, 5 ANOS DE SKATE, TATUI – (SP) / @EMANUEL_SKT

Se apresente aos leitores? Olá ! Me chamo Emanuel, tenho 13 anos e ainda curso a 8° serie, moro em Tatuí no bairro jd santa rita. Como se interessou pelo skt? Quando eu era pequeno via meu irmão e os amigos dele andando e sempre gostei de ver, depois de um tempo meu pai compro um pra mim, dez daí eu vi que esse era meu esporte q eu ia leva pro resto da vida porque o skate ensina que em tudo que você vai fazer tem que ter foco e força de vontade senão você nunca vai chegar aonde você pretende. Sua família te apoiou? Sim! Mais no começo eles ficaram muitos inseguro, E hoje eles me apoiam e entendem que sempre foi meu desejo. Quais são seus patrocínios? Não tenho patrocinadores. Conte um pouco sobre seus treinos? Sempre tentando aprender manobra nova todos os dias, todo final de semana em outra pista para sempre aprender em outros lugares também, oque n pode faltar eos amigos para aprender junto e ter aquela resenha para n desanimar. Como foi sua última Trip que você fez? Nunca sai para uma trip mais pretendo ir em brevê. Está filmando para algum vídeo qual? No momento não estou mais pretendo. Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Ser, mas reconhecido na sena, conhecer lugares novos. Para finalizar, deixe sua mensagem e agradecimentos? Muito obrigado pela oportunidade que vocês estão me dando, a cada dia que passa acredito que estou estou chegando mas perto do meu sonho... Uma frase? Lutar sempre, vencer as vezes, desistir jamais! [24] - DECCS MAGAZINE

F OTOGR AF O : @ M A RI A N N E _T E I X E I RA A MAN O B R A: F S C RO O K E D G RI N D


DECCS MAGAZINE - [25]


FLOW matéria

F OTO G RA F O : @ V I C TOR FR ANCAS K8

VICTOR DE FRANÇA AMADOR NA ATIVA... M

eu nome é victor de frança tenho 27 anos sou local da cidade de Peruibe litoral sul de São Paulo ando de skate há 15 anos Minha história e mais ou menos assim Tive meu primeiro contato com o skate quando tinha 13 anos estava jogando bola com meus amigos e no final do futebol um amigo meu apareceu com um skate e me ensinou a dar umas remadas no estilo (mongo) e me passou a base de uns ollies ,depois desse dia eu nunca mais parei de andar de skate ,larguei o futebol na semana seguinte comecei andar de skate na única skate park que tinha aqui na cidade ,eles tinham um projeto para crianças andarem lá uma vez por semana grátis se tivesse boas notas não escola, meu padrasto me cadastrou no Projeto e desde então nunca mais parei de andar de skate ,cada dia me dedicando mais e mais comecei a participar de competições aqui na baixada onde ganhei meu primeiro campeonato mirin em 2011 em Itanhaém muito contente com esse resultado segui treinando e a cada dia minha vontade de conhecer lugares novos só aumentava. No ano de 2014 fui para Londrina ficar 3 meses andando com o lucas bonilha e toda rapaziada de lá foi uma experiência muito boa pra mim, mais a vontade de conhecer novos lugares não parava por aí, em 2017 trabalhei de ajudante de pedreiro na casa de um conhecido em troca de uma passagem para o Chile porque ele iria viver lá no próximo ano, no ano de 2018 tive a oportunidade de ir conhecer o Santiago de Chile uma cidade muito skatavel lá tive a oportunidade de acertar um (FLIPBACKSIDELIP) flip board back no evento Go skate day um do skate maiores eventos de skate no Chile. Logo após este dia minha vida mudou consegui o reconhecimento Nacional pelo meu esforço e também consegui trabalhar De instrutor de skate no park araucano uma das melhores skate park do Chile dando aulas de skate para crianças e fiquei por lá até março de 2020 quando tudo travou por conta da pandemia, quando tudo travou eu voltei para minha cidade natal (Peruibe) chegando em peruibe vi que não existia mais a cena do skate e me vi na obrigação de idealizar um projeto social no qual é chamado de PRATIQUE SKATE o projeto pratique Skate tem o intuito

[26] - DECCS MAGAZINE

VICTOR DE FRANÇA TENHO 27 ANOS, 15 DE SKATE, PERUIBE – (SP) VENHA ACOMPANHAR MINHA CAMINHADA NO INSTAGRAM - @VICTORFRANCASK8

de passar a cultura do skate a frente incentivando a nova geral a praticar skate e construir seus próprios obstáculos D.I.Y e aqui eu sigo firme e forte andando de skate e fazendo as aulas voluntárias todos os domingos Faça você mesmo não espere acontecer. Essa é a minha maior mensagem Skate meu estilo de vida, minha forma de viver, um amor que com toda a certeza do mundo é verdadeiro e eterno, que me faz esquecer dos problemas que passaram e dos que viram, sensação de liberdade em cima do carrinho,,, indo com o vento na cara sem saber seu próprio destino! Ter certeza de que vamos acabar caindo,, porém levantar sorrindo, tentar de novo quantas vezes for preciso,,, desistir?! o que é isso??Moh prazer de deixar o skate me levar a vários lugares, conhecer novas coisas, novos picos, novas pessoas. Azveiz tamo jogado, sempre nos corre e sempre com vontade de cada vez mais andar, andar,andar,andar,andar e andar!! A melhor sensação de começar o role logo cedo, render imagens ou pelo menos uma manobra que seja, chamar os amigos verdadeiros e rachar um refri e continuar no role, tirar uma trick... se divertindo, aprendendo... por que skatista aprende muita coisa, aprende desde uma manobra nova, a fazer os corre, a ser rua, a ser humilde, até valorizar o pouco - e qndo esse pouco vira muito,, aprende que as coisas vão e vem, menos o nosso carater que independente de qualquer coisa temos que manter até o último dia de nossa vida- Cai, levanta e deixa a dor pra trás.. joelho ralado, um dedo quebrado, a perna fudida, um pé inchado.. faz parte,, e como dizem que pra tudo tem um preço, e só paga quem está disposto a pagar.. skate não é facil, ser skatista não é facil.... passa perrengue tb,,, sem sabe se vai fica suave depois ou mais no perrengue ainda, mas é ai que entra as aventuras que por sinal é mt style,, momentos únicos que me desculpe mais "só quem é de lá, sabe o que acontece". Essa é a vida de um skatista. Skate é um AMOR, ta sempre cmgo, faz parte da minha vida SKATE IS MY LIFE SKATE FOR LIFE obs: texto que eu produzi alguns anos atrás que levarei cmg para vida toda! Quem me conhece sabe o que esse texto representa! E quem é SKATISTA VERDADEIRO VAI SE INDENTIFICAR!


matéria flow

FOTOGR A FO: MAX ARG UELLO MA NOB RA: OLLIE

FOTOGR A FO: MARCO CHARN ESK I MA NOB RA: OLLIE INDY AIR

DECCS MAGAZINE - [27]


CHECK [28] - DECCS MAGAZINE

LUIZ NETO

27 anos, 16 de skate Insta:@luiznetosk8 Cidade: Florianópolis - (SC) Patrocínio: Labellamafia, Woodlight, suq, açaí mineirinho

Fotógrafo: @gustavooficialllll Manobra: F/s Blunt


28 anos, 14 de Skate Insta: @rafasas Cidade: São Paulo - (SP) Patrocínio: New Skate, Bless Skateshop Fotógrafo: @gustavooficialllll Manobra: Ollie

CHECK

RAFAEL RAMOS

DECCS MAGAZINE - [29]


MAKSIMKRUGLOV INSTA: @MAD_MAXIM

Fotografo: @gustavooficialllll / Patrocinio: Nike sb / oktyabrskateshop / Manobra: - Flip

[30] - DECCS MAGAZINE


DECCS MAGAZINE - [31]


CHECK [32] - DECCS MAGAZINE

EVERALDO SILVA 22 anos, 10 de Skate Insta: @everaldosk8 Cidade: Paraná - (PR) Patrocínio: Nenhum

Fotógrafo: @gustavooficialllll Manobra: Noseblunt


29 anos, 17 de Skate Insta: @vulgojesus Cidade: Florianópolis - (SC) Patrocínio: @placeskateshop / @urbannboards Fotógrafo: @gustavooficialllll Manobra: B/S boardslide

CHECK

VINICIUS SANTOS

DECCS MAGAZINE - [33]


LEONARDOMATEUS INSTA: @LEOMATEUSKT

Fotografo: isoppogui/ Manobra: Fs boardslide shoveit

[34] - DECCS MAGAZINE


DECCS MAGAZINE - [35]