Deccs Skateboarding Magazine #61 - Revista Skate

Page 1


LUISCAMPOLA INSTA: @LUISCAMPOLA

FOTOGRAFO: @SIDPICSFOTOGRAFO / MANOBRA - FS NOSE BLUNT

02- Deccs Magazine


Deccs Magazine - 03


indice

Editorial

ENTREVISTA - SURF

24-25

Foto - Andre - @andreskt2014

CAPA

FLOW/AM

FLOW/AM

FLOW/AM

pagina

pagina

pagina

pagina

12-19

07

08

09

Agradecimento e Novidades

ANDRE PAIVA

0404 -Deccs DeccsMagazine Magazine

Salve!! Meu nome é Andre Paiva satisfação total, Chegamos na edição N61, gratidão a todos que estão abraçando a Revista Deccs Magazine de uma maneira incrível e acolhedora, Gratidão por todos que estão na edição N61 e aceitaram o desafio de tão pouco tempo. Gratidão também a todos os Fotógrafos e todos os leitores que estão sempre marcando presença nas edições Semanal.

CAPA EDMAR SORRISO Esta em nossa Capa - 01/SET- N61 - Com um BACKSIDE NOSE GRIND - Acompanhe nas paginas - inédita. Corre lá - Pag, 12-19


indice

Editorial

Fotografo: @kriolagemskt

MATÉRIA - KRIOLAGEMSKT

32-33

FLOW/AM

FLOW/GIRL

FLOW/MIRIM

FLOW INICIANTE

pagina

pagina

pagina

pagina

20-21

22-23

26-27

29

EDITORIAL DIRETOR: ANDRE PAIVA REVISÃO: DECCS MAGAZINE EDIÇÃO: SET DIA 01 ED: N61 REDAÇÃO: DECCSMAGAZINE CORREÇÃO: DECCS MAGAZINE ANUNCIE: DECCSMAGAZINE@GMAIL.COM ASSINE: WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

INDICE CAPA - EDIMAR SORRISO: IND & EDIT FLOW/AM - GABRIEL SILVA: FLOW/AM - GABRIEL OURIQUES: FLOW/AM - ADRIANO ALVAREZ: FLOW/AM - GUSTAVO SILVA : FLOW/AM - KAUE MARTINS FLOW/AM - LINCOLN SANTOS :

A REVISTA DECCS MAGAZINE É UMA PUBLICAÇÃO SEMANAL DCS WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

12-19 4-5 06 07 08 09 10 11

FLOW/AM - LUCAS ROSA: FLOW/GIRL - KATHLEEN BERNARDINO: FLOW/SURF - ANDERSON BASTOS: FLOW/MIRIM - DAVI PETRY: FLOW/INICIANTE - ERIK CAMPOS : FLOW/INICIANTE - LUIS FELIPE : FLOW/MATÉRIA - PAULO CARVALHO: FLOW/MATERIA - KRIOLAGEMSKT: ESPAÇO - CHECK - MARCOSVAN:

20-21 22-23 24-25 26-27 28 29 30-31 32-33 34-35

DeccsMagazine Magazine- -0505 Deccs


FLOW AM

FLOW/AM

GABRIEL S I LVA

22 ANOS, 11 ANOS DE SKATE, ARARANGUÁ - (SC) / @DEDINHO_SKT Como surgiu o interesse de ser skatista? O interesse em andar de skate foi uma forma natural, com o tempo que foi passando a emoção e a maneira que comecei a ver o skate fez me aprofundar mais nesse esporte maravilhoso que se tornou um vício na minha vida e uma forma satisfatória de laser. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Conforme os decretos, o skate começou a ser proibido por motivo de acumulação de pessoas por questão ao vírus, mais sempre tinha uma forma de andar isolado das pessoas mais foi complicado até acostumar com a lei do covid. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? A alguns anos atrás eu tinha uma rotina de andar de skate todos os dias dependente do horário, conforme o tempo responsabilidades foram surgindo tais com trabalhos e etc... Hoje em dia tento andar no min 2 horas por dia e sempre tentando algo novo para evoluir. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, pretendo lançar uma vídeo parte para THROW SUPPLY até o final do ano 2021, mais estamos estudando e analisando picos e horários para preparar a video parte. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Trip marcante não teria uma que poderia falar que me marcou na caminhada do skate , mas minha meta como skatista é conhecer vários picos de skate pelo mundo a fora principalmente aonde atletas profissionais passaram para deixar suas inspirações e manobras que deram o que falar na redes sociais. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Durante os anos que ando de skate passaram muitos pensamentos em querer me tornar profissional, mas conforme os trabalhos e estudos o skate passou a se tornar um hobby, mais para diversão e satisfação que o skate trás para cada atleta que o pratica.

Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Durante uns 8 anos andando de skate eu sempre consegui adquirir minhas peças com meu esforço de trabalhar e comprar. Conforme o tempo pessoas que sempre me acompanharam desde o início puderam fortalecer na caminhada do skate e estamos na parceria até hoje. Agradeço a NORTH SURF SKATE por estar sempre acreditando e me apoiando no skate e a THROW SUPPLY por ser minha marca com referência ao skate, com isso consigo patrocinar campeonatos e atletas que estão na mesma caminhada do skate. Influências no skate? Minhas inspirações no skate sempre foram Luan de Oliveira, Tiago Lemos e outros diversos atletas que acompanho nas mídias sociais. Mais minha verdadeira influência no skate são meus amigos que evoluem ao meu lado deixando aquela vivência incrível que o skate sempre me proporcionou. OBRIGADO MY G’s! Mensagem e Agradecimento... Primeiramente ao meu Deus incrível que sempre me deu força para continuar. E meus amigos e parcerias obrigado por existirem e caminhar ao meu lado sempre nos momentos altos e baixos na alegria e na tristeza só tenho a agradecer pela vivência. Uma frase? Skate salva vidas, skate muda vidas e skate proporciona muita alegria e vivência. 06 - Deccs Magazine

Fotografo: @torresguilhermes / Manobra: Crooked

Como está o trabalho em Competições? Competição sempre foi uma forma de mostrar minha evolução com o skate. Nesse ano de 2021 consegui trazer para casa minha primeira medalha de skate, 2º lugar na categoria amador no campeonato NORTH CONTEST, evento irado demais. Mais meus anos todos de skate já corri campeonato com atleta conhecidos e inspiradores.


FLOW AM

GABRIEL OURIQUES

FLOW/AM

20 ANOS, 7 ANOS DE SKATE, SANTA MARIA - (RS) / @-INST4REUBI-JAHJAH Como surgiu o interesse de ser skatista? Surgiu quando eu vi meu vizinho descendo a rua da minha casa, depois daquele dia eu já comecei a incomodar a minha mãe para me dar um skate hahaha , aqui estamos nós !! Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? com essa pandemia ficou ainda mais difícil evoluir aqui na minha cidade, estamos sem pista ( nunca tivemos ) o jeito é se cuidar o máximo e soltar pra rua manobrar !! Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu procuro sempre fortalecer o corpo pra poder andar com segurança. joelhos, tornozelo, quadril, etc. Também gosto de

me aquecer andando jogando umas trick da base e fazendo alguns movimentos pra soltar o esqueleto kkkkk. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Concerteza, na pandemia está devagar, mas logo menos vai estar nas ruas. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Uma trip muito louca foi quando fechamos uma van com o galera da SKATEBAURA , vishh , a pista de santa cruz ficou pequena kkkk era pedrada de todo lado . Como está sua caminhada para se profissionalizar? Procuro estar sempre focado no skate , evoluir ,gravar e mantar as bases !!

Como está o trabalho em Competições? Com essa pandemia ta bastante parado os campeonatos , mas não da pra parar de evoluir por que logo menos vai passar isso tudo e os eventos vão voltar a bombar !! Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Atualmente eu conto com o apoio da WATS COMPANY .eles estão me fortalecendo muito com umas roupas pesadas da marca. E com apoio da garagemskateshop , que conseguem me vender alguns shapes por preço de custo ( já salva noizzz ) . só agradece por cada apoio!

Influências no skate? A influência vem da Rua TIAGO LEMOS !! E concerteza cada amigo que cola na sessão. Mensagem e Agradecimento... um salve especial para minha MÃE que me deu o primeiro skate e me manteve com peças por um bom tempo . Aos meus apoiadores , obrigado por acreditar e fortalecer na correria do skateboard .E não pode faltar aquele salve para os irmão da rua que sempre estão no corre pelo certo e com AMOR AO SKATEBOARD !!! Uma frase? SKATE SALVA

Fotografo: @Thg.oliveira / Manobra: F/s blunt slide DECCS MAGAZINE -07


FLOW AM

FLOW/AM

ADRIANO A LVA R E Z

20 ANOS, 9 ANOS DE SKATE, BOCAINA (SP) / @INSTALVAREZSKT Como surgiu o interesse de ser skatista? Surgiu através de vídeos de skate, e alguns amigos meus começaram a andar, daí ganhei um skate do Hulk e não parei mais. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Foi bom pra minha evolução porque estava com pouco tempo pra andar, e como tudo parou de uma hora pra outra, eu tive tempo livre pra poder andar e amar mais ainda o skate. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Me esforço o máximo que posso com o pouco tempo que tenho, andando junto com meus irmãos e as vezes com meus amigos, consigo me divertir e treinar bastante atrás disso. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, no momento estamos parados por falta de tempo, mas ultimamente quem está registrando minhas imagens são meus parceiros da cidade vizinha, sempre quando da a gente marca uma sesh e filma algumas coisas. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Uma vez que fui pra Campinas, e no último dia meu amigo me levou pra conhecer o novo Vale do Anhangabaú, e isso me marcou porque consegui acertar uma manobra que sempre quis, que aliás é essa da foto. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Estou no corre em busca de um patrocínio e com essa parceria tentaremos juntos buscar o mais esperado. Como está o trabalho em Competições? Aqui no interior não está tendo no momento por causa da pandemia, mas logo vão voltar os eventos assim como o esperado. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? No momento não tenho nenhum patrocínio, Mas trabalho muito pra poder manter meu skate em dia, e as vezes meus pais e meus amigos me ajudam quando podem. Influências no skate? Todos meus amigos do interior, porque sei como interior é foda pro skate e ver eles evoluindo pra mim é a maior influência. Mensagem e Agradecimento... Agradeço todas as pessoas que me motivam a cada dia, que estão do meu lado o tempo todo. E agradeço o skate por trazer tantas oportunidades como esta. Uma frase? Ninguém é melhor que ninguém, As pessoas que são diferentes.

Fotografo: @me.vinyreis / Manobra: Backside Smith 08 - Deccs Magazine


FLOW AM

GUSTAVO SILVA

FLOW/AM

21 ANOS, 9 ANOS DE SKATE, ARARANGUA - (SC) / @GUSTAVO_SILVA_LP Como surgiu o interesse de ser skatista? Salve família surgiu quando vi uns menores andando no centro da minha cidade logo já já fiz de tudo pra conseguir um e quando consegui não parei mais de andar virou um amor que só quem anda sabe. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Sempre tentei andar em lugares que fosse andar só eu e depois só mesmo com meus parceiros mais próximo é assim foi indo até agora. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Costumo sempre correr e também tento andar de skate todo dia e alguns exercícios para fortalecer meu corpo. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? No momento estou no corre pra fazer um vídeo com minha crew real lp e da minha marca throw supply produzir alguma coisa simples mesmo é assim sempre. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Gaspar sc fomos pra um campeonato demoro muito pra chegar mais quando chegou nível tava absurdo aí corremos mais não ficamos bem nas voltas e voltamos cedo e fomos passando por muitos picos e em pistas também foi um dia de muito skate foi loco!!! Como está sua caminhada para se profissionalizar? Seriamente não penso nisso só ando de skate deixo acontecer naturalmente. Como está o trabalho em Competições? Devido à pandemia não está tendo muitos campeonatos então já faz tempo que não participo mais quando tem sempre tento colar. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Salve tenho minha marca de roupas que toco com mais 2 parceiros nome da marca se chama throw supply sempre correndo atrás pra cada vez ela crescer mais e ficar mais fácil de andar de skate porque trabalho por fora também e tem mais uma loja de skate local aqui em ARARANGUA se chama North que sempre está no corre com agente tentando ajudar a cena do skate. Influências no skate? Rodrigo tx, Diego najera e também minha crew que sempre está cmg na sessão. Mensagem e Agradecimento... Satisfação total em tar fazendo parte de uma revista que ainda está no corre em dias de hoje vocês estão de parabéns tamo junto fortaleceu demais! Uma frase? Nunca desista foco no seu objetivo.

Fotografo: @Throw_supply / Manobra: Bs nose grind Deccs Magazine - 09


FLOW am

FLOW/AM

KAUE MARTINS

24 ANOS, 11 ANOS DE SKATE, SÃO PAULO – (SP) / @KAU7MARTINSAVONTS Como surgiu o interesse de ser skatista? Meu Pai é skatista, então dês de quando nasci tenho a influência dele como pessoa é skatista. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? No começo foi difícil, mas depois de tomar todas as medidas de precauções, voltei a andar aqui em uma quadra próximo de casa pra deixar o skate no pé e continuar fazendo o que amo. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Todos os dias assim que acordo faço uma bateria de exercícios físicos, pra poder deixar o corpo em forma! Recentemente estou fazendo yoga pra soltar mais o corpo e manter a mente ativa. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? A mais ou menso 1 ano, comecei um projeto com meu mano André Fernandes Vulgo (dedé) estamos finalizando algumas coisas e acredito que esse ano vocês vão ver um trabalho bem elaborado e forte na cena do skateboard BR. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Em 2019 eu e meu amigo Wesley Santana, fomos em um evento no Paraná só que estávamos com o dinheiro contato apenas pra ir, esperávamos que 1 de nós ganhasse o evento que valia 1000 reais! Só que deu tudo errado, estávamos exaustos da viagem, lá fazia muito frio não estávamos preparados pra lidar com o clima e não rolou nada no evento. Na hora de voltar foi surreal tivemos que pedir pra uma morador de rua nos ajudar a achar alguém que pagasse a nossa passagem pra voltar, graças a deus encontramos um lutador de judô que nos ajudou a voltar pra SP hahahaha essa é uma trip que vou guardar sempre na memória. Quase viramos moradores de rua no Paraná. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Estamos no caminho, acredito que não vai demorar muito pra isso acontecer, aquela fé de sempre né. Como está o trabalho em Competições? Competir não é muito meu forte, gosto mais de filmar na rua e me divertir com meus amigos! Mas quando preciso competir, me mantenho focado e prefiro não me pilhar muito, pra não ficar emocionado na hora do evento. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? A DHG me fortalece com uns kits pra eu continuar mantendo o estilo em cima do carrinho né, tem uma skate shop chamada THE LUX do centro de SP que me fortalece umas peças e isso me mantém vivo dentro do corre. Influências no skate? Meu Pai, Meus Amigos Gabriel Vilares, Yago Mascarenas, Wilson Chaves, Osvaldo Júnior, Gabryel Aguilar, Victor Borges, Juninho Hadriel e Paulo Piquet Mensagem e Agradecimento... O sucesso vem de oportunidades e preparação, quanto mais preparado você está para o objetivo que quer alcançar, melhor são suas chances de alcançar a Vitória. Quero agradecer primeiro a Deus, segundo a meu Pai por estar comigo no corre, a toda a Crew da Pista da Saúde que me passa sempre aquela vibe boa e a Família Deccs por abrir esse espaço, tamo junto. Uma frase? VAI DAR CERTO, ACREDITE E TENHA FÉ. 10 - Deccs Magazine

Fotografo: Arquivo Pessoal / Manobra: Flip Croock


FLOW AM

LINCOLN SANTOS

FLOW/AM

17 ANOS, 11 ANOS DE SKATE, FORTALEZA, (CEARÁ) / @LINCOLN_SANTOS_SKT Como surgiu o interesse de ser skatista? Comecei aos 6 anos de idade e pra mim o skate era só mais uma brincadeira de criança. Nessa brincadeira fui aprendendo várias coisas até participar do meu primeiro campeonato, e fui aí que vi o skate com outros olhos. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Foi bem difícil porque as pistas estavam interditadas mas mesmo assim a gente andava. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu fazia uma linha todos os dias e tinha que acertar em sequência, se errasse uma voltava tudo de novo até acertar, quando acertava tentava algo novo. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim, tenho algumas imagens guardadas e logo menos vou lançar. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Pipa Rio Grande do Norte, foi a viagem que passei mais perrengue na minha vida. Cheguei lá e só tinha praia, nenhuma pista, ninguém sabia de campeonato, comecei até pensar que estava na cidade errada. Eu e meus amigos andamos a cidade toda atrás do organizador do evento até que a gente parou no meio do nada, em um campo que parecia um deserto, por incrível que pareça o organizador do evento passou de carro na rua e viu a gente, começamos a nos animar mas tudo só piorou… Como está sua caminhada para se profissionalizar? É um caminho bem longo e ainda tem muita coisa por vim. Como está o trabalho em Competições? Até agora tá indo muito bem, eu amo competir, sou muito competitivo, não gosto de perder nem no ímpar ou par. Sempre dou meu melhor nos campeonatos. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Recentemente entrei na Bloom SkateShop que vem me ajudando bastante, só gratidão. Influências no skate? Meu primo, que é meu padrinho acho que se não fosse por ele não taria andando de skate até hoje. Mensagem e Agradecimento... A todos que me apoiaram e acreditam no meu rolê. Uma frase? Aprenda com seus erros.

Fotografo: @valberfirmino / Manobra: FS Feeble Deccs Magazine - 11


Skater pro

Edmar Sorriso

Me chamo Edmar Sorriso, Sou skatista Profissional. @edmsorriso 12 - Deccs Magazine

FOTOGRAFO: @MARTINKOHL


Skater pro

F OTO G RA F O : @ M A RTINKOHL

Deccs Magazine - 13


Skater pro

SER PA I É A M EL HOR C OI SA D O MUNDO ! 14 - Deccs Magazine


Skater pro

F OTO G RA F O : @ M A RTINKOHL M A N O BRA : F RO N T S I D E TA IL S LID E

Deccs Magazine - 15


Skater pro

F OTOGR A FO: @MART INKOHL M A NOB RA : BACKS IDE TAIL S LI DE 16 - Deccs Magazine


Skater pro

Deccs Magazine - 17


Skater pro

F OTOGR A FO: @MART INKOHL M A NOB RA : S S FRONT S IDE NO SE SLI DE

18 - Deccs Magazine


Skater pro

Deccs Magazine - 19


Skater am

Com surgiu o interesse de ser skatista? Meu interesse pelo Skateboard surgiu em meados de 1999, na cidade de Mococa-Sp, na real foi vendo os caras da minha cidade praticando em frente de casa. Eu era apenas uma criança, e com o tempo fui pegando gosto pelo esporte até que acabei trocando minha bike por um Skate. O Skate que troquei na Bike não tinha lixa, e os rolamentos eram aqueles bilha velhos. Depois de um tempo fui aprendendo as manobras e peguei amor pelo carrinho, mesmo com todas dificuldades dentro de casa e proibição dos meus Pais, não desisti e fui atrás dos meus sonhos. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Foi difícil, pois estar trancado dentro de casa só pensava em sair manobrar, e devagar fui praticando na frente de casa e ao lado da Monkey Skate Shop, pista particular que estamos construindo. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Meus treinos são na pista ao lado da Monkey, e preparo físico não tem o costume. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Sim,vidio parte 220v. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Londrina-Paraná, quando fui na Premiere do vídeo da Nineclouds " Fucknpossers. Como está sua caminhada para se profissionalizar? No corre, mesmo com todas dificuldades que passamos no interior com mídias e atenção, estou correndo com os caras do interior que fazem acontecer como: Marcelo violin,Danilo diga não, Adriano beiço. que acreditam no meu potencial estou trabalhando em alguns projetos para que em 2023 consiga realizar esse sonho. Como está o trabalho em Competições? Sobre as competições, paramos no tempo desde 2019, onde eu estava participando das etapas do Paulista, aí veio a Pandemia que brekou tudo.

Lucas Rosa MEU NOME É LUCAS ROSA , TENHO 29 ANOS DE IDADE E 20 DE SKATE SOU DA CIDADE DE LEME - (SP) INSTAGRAM: @L.ROSASKT F OTOGR A FO: NATAN MENEZES 20 - Deccs Magazine

Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Desde quando eu mudei da minha cidade Mococa para Leme, conheci uma pessoa muito especial em minha vida, o nome dele é Marcelo Violin, Skatista linha de frente da cidade de Leme-Sp, também proprietário da Skate Shop Monkey e energético 220v. Através dele que reiniciei e retornei ao Skateboard, pois me incentivou e acreditou no meu potêncial. Influências no skate? Lucas Marques (dutinha),Tiago Lemos,Marcelo violin. Mensagem e Agradecimento... Agradece skateboard. Uma frase? Do pó vinhemos e do pó retornaremos.


Skater pro

F OTO G RA F O : N ATA N ME NE Z E S Deccs Magazine - 21


FLOW Girl Se apresente aos leitores? Meu nome é Kathleen Bernardino de Freitas tenho 20 anos sou estudante de história e skatista. Como foi o começo no skate? Comecei a andar de skate aos 13 anos por influência do meu irmão peguei paixão pela prática e até hoje não larguei. Qual sua maior influência no skate? Minhas maiores influências no skate são mulheres, curto muito o rolê da Alexis Sablone e Mônica Torres. Qual manobra que se destaque em suas sessões? Atualmente tenho me jogado muito mais que antes, mas uma trick que não pode faltar no rolê é Fakie fifty reverse. Playlist da sessão? Tenho o gosto mais eclético possível, porém, se tem um som que não pode faltar no rolê são os sons do “aka Rasta” Você tem patrocínios ou apoios? Desde o início da minha jornada no skate pude contar com pessoas incríveis para me ajudar, e atualmente a Stickers e a Falcon Zero tem colaborado muito com isso. Qual o seu maior sonho? Meu maior sonho foi sempre poder me desenvolver a cada dia mais no skate, pois é ele quem me faz quebrar barreiras da mente para que eu consiga conquistar tudo em outras áreas da minha vida. O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Atualmente eu trabalho e estudo, consigo andar de skate aos domingos ou em qualquer tempo livre . E meu plano futuro é morar um tempo fora do Brasil e conhecer outros picos de skate.

Kathleen Bernardino MEU NOME É KATHLEEN BERNARDINO, TENHO 20 ANOS DE IDADE E 7 DE SKATE SOU DA CIDADE DE SÃO PAULO – (SP) INSTAGRAM: @KATH.BERNARDINO 22 - Deccs Magazine

Maior dificuldade em se manter no skate? Dentro deste cenário eu sempre fui rodeada por pessoas boas que nunca deixaram faltar, e se tem alguma dificuldade que desde o início me fez pensar em desistir foi eu mesma, por medos e inseguranças, mas quando se pode analisar de uma forma positiva meu próprio medo foi motivo para que eu buscasse a coragem! Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Neste ano meu foco total foi a minha formação acadêmica e desenvolvimento no skate, posso dizer que esses objetivos caminharam muito bem até aqui. Mensagem/Agradecimento... Para a cultura do skate eu agradeço a todos que lutaram até aqui, e possibilitaram com que eu e outras milhares de pessoas possam viver hoje o que o skate tem a nos proporcionar. E para os que são da nossa época desejo que também possamos fazer história e instruir pelo caminho correto os que ainda virão! Uma frase? Só depende de você pro seu corre virar.


Flow Girl

Fotografo: @me.vinyreis / Manobra: Flip Deccs Magazine - 23


FLOW Surf Como nasceu a sua paixão pelo surfe? É mais do que um esporte? Quando criança fui à praia e comecei pegar onda de peito, depois para a prancha de morey-boogie e veio uma vontade de ficar em pé nela e esse foi o pulo para as pranchas de surf. Fui visitar uma fábrica de pranchas em São Paul e fiquei encantado com o processo de fabricação dos foguetes. Ali mesmo comprei uma usada. O Surf é um esporte fantástico, um estilo de vida em total contato com a natureza. Qual foi seu melhor momento numa prancha de surfe? Sem dúvidas foi em 2012 com os meus amigos da bArCa, depois de dois anos sem poder surfar por conta de um câncer. Foi uma das melhores alegrias da minha vida. Nunca esquecerei. Qual manobra se destaca em suas sessões? Hang Five! Manobra em que o surfista coloca os dedos de um dos pés no bico da prancha de surfe. O que significou para você o apoio ou Patrocinio? Estes parceiros são imprescindíveis para que as esportistas cheguem a um melhor nível? Significa tudo! O atleta sem apoio e sem patrocínio fica desorientado, pois tem muito talento, e de sobra, mais fica desgovernado e sem direção, sem rumo, pois por isso que poucos conquista alguma coisa, porque falta grandes especialistas de diversas áreas, para se ter tudo isso, é só com patrocínio de ponta que realmente investe e acredita no atleta. É importante que as empresas apoiem o esporte e, mais especificamente, que façam isto para promover a igualdade entre homens e mulheres? É de extrema importância, pois uma grande marca pode tanto patrocinar o homem quanto uma mulher, em qualquer modalidade que seja. O judô por exemplo, é um esporte que teve suas regras alteradas para receber as mulheres e garantir que tenha uma equidade nessa modalidade. Cada vez há mais mulheres que começam a praticar surfe. Por que aconteceu essa mudança? Porque é um esporte para toda família praticar e vejo muitos surfistas da “velha guarda” introduzindo o esporte para seus filhos, passando assim, de geração em geração. As meninas vem ganhando seu espaço dentro da água e onde mais elas quiserem estar/ praticar.

Anderson Bastos Meu nome é Anderson Bastos, tenho 40 Anos e 22 de surf , Surfista da cidade de São Paulo – (SP). Instagram: @andersonbastosalecrim Foto - Andre - @andreskt2014 24 - Deccs Magazine

Você acha que seu sucesso pode servir de referência para aquelas meninos jovens que comecem a praticá-lo? Com certeza! Fui criado na Periferia de São Paulo, na vila Brasilândia, que fica longe da praia inclusive, onde tudo é mais difícil, mas não impossível, pois consegui me formar em Educação Física e pretendo ajudar crianças carentes a sonhar com a prática do surf, mesmo com as dificuldades. Se uma criança me ver como referência onde eu nasci e onde consegui chegar, ficarei muito feliz! Sua opnião sobre a evolução do Surf no pós olimpíada? Acredito que as Olimpíadas trouxe maior destaque e a tendência é crescer cada vez mais e mais pois crianças e jovens surgirão para aprender sobre o surf. Ter o surf nas Olimpíadas é a evolução do esporte! Eu achei incrível ganharmos o ouro e tenho certeza que muitos jovens e grandes talentos surgirão. Mensagens e Agradecimentos... Agradeço primeiramente a Deus e a minha esposa Aline que sempre me apoiou. Agradeço aos meus pais e meu irmão, meus amigos da bArCa do surf, a Progressofilm, Faculdade Unisantanna, Prof/Cesar Farid, Prof/ Terrinha, a Sparta jiu-jitsu Team, ao professor Vagner Miguel Bjj Black Belt pelo apoio, a Igreja BOLA DE NEVE sede, ao Dr Arlindo Cezar Granado que operou meu joelho, e ao fotógrafo André Henrique da Silva. E claro, a vocês pela oportunidade e também a todas as pessoas que fazem parte do meu progresso.


Flow Surf

Foto - Andre - @andreskt2014 / Manobra: Rasgada de Bs

Deccs Magazine - 25


FLOW MIRIM Se apresente aos leitores? Meu nome é Davi Petry Corrêa, tenho 9 anos e sou de Porto Alegre / RS . Ando de skate a um ano e um mês , amo esportes e pratico também surf, natação e judô, mas o skate realmente é a minha paixão . Também adoro música , principalmente uma playlist de skate . Como se interessou pelo skt? Bem, comecei a surfar desde cedo por influência da minha família ( pai e dindo), meus pais sempre foram muito de praia. Então, no meio da pandemia em julho/2020, meu pai me levou na pista do IAPI para andar com skate carver que simula manobras de surf, mas a paixão virou, eu pirei vendo a galera andar no street e nas mini ramp’s . Na mesma semana pedi para o meu pai comprar um skate para mim . Iniciei as primeiras manobras e me divertindo muito nas mini ramp’s e bowl’s , mas em seguida meu foco virou o street não deixando de lado as transições . Sua família te apoiou? Muito , meus pais são meus maiores apoiadores, meu pai inclusive me acompanha nos roles e ajuda com as manobras e minha mãe é minha fã número 1 como ela mesmo me diz , mas também me ajuda bastante nos finais de semana como vídeo maker kkkkkk. Quais são seus patrocínios? Eu tenho o apoio da Mormaii , ( Mormaii skate / Mormaii shoes) . Sou muito grato e feliz , eles me apoiam desde fevereiro/ 2021. Estamos juntos família Mormaii … Conte um pouco sobre seus treinos? Hoje estou treinando 5 vezes por semana. Durante a semana treino na parte da manhã e nos finais de semana o dia inteiro, focando na evolução sempre. Nos dias de semana dedico um tempo maior para treinar algumas manobras novas e repetição , e nos finais de semana é rolê na veia e diversão pura. Como foi sua última Trip que você fez? Como sou muito novo no skate ainda, viajei pouco para andar de skate. Mas já conheci algumas pistas dentro do RS. Minha última Trip foi para Criciúma/SC , tem uma pista irada de street e um Bowl que já teve até campeonato STU. Depois seguimos para Garopaba aonde fiz algumas fotos para a marca que me apoia. Está filmando para algum vídeo qual? Ainda não, mas sonho em ter uma vídeo Part. Hoje treino quase que 100% na pista do IAPI e acabo produzindo vídeos para o meu Instagram que me ajuda e me motiva muito em evoluir e acertar novas manobras. Mas é claro, me preparando sempre para andar na rua.

Davi Petry MEU NOME É DAVI PETRY , TENHO 9 ANOS DE IDADE E 1 DE SKATE SOU DA CIDADE DE PORTO ALEGRE - (RS) INSTAGRAM: @DAVIPETRYCORREA

Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Meu foco é continuar me divertindo e evoluindo no skate, construindo amizades e quem sabe aumentar ainda mais o meu tempo no dia a dia para andar de skate. Para finalizar, deixe sua mensagem e agradecimentos? Primeiramente agradeço a Deus por ter saúde e poder andar de skate. Aos meus pais que me permitem sonhar e apoiam incondicionalmente esse sonho estando presente ao meu lado sempre, meus apoiadores ( Mormaii) que acreditam em mim, no qual, sou muito grato, ao Rafael Russo , obrigado Rafael. A toda a galera da pista do IAPI que me incentivam sempre, os monstros do street que me ensinam todos os dias, a galera da Mini ramp( tio Lisco) que foram os primeiros a gritarem por uma manobra básica que eu fiz , ali eu me apaixonei pelo skate, que galera irada . Agradecer também as minhas referências no skate e que me deram muitas oportunidades e me ajudam diariamente; Marlon Silva, Luan de Oliveira, Guilherme Abe e João Lucas (XuXu) , meus ídolos são também meus amigos . Agradecer a Deccs por essa oportunidade de me aproximar ainda mais da galera, tmj. Uma frase? Faça valer cada segundo, eu sou do tamanho dos meus sonhos.

26 - Deccs Magazine


F OTO G RA F O : @ J O VA NIPR OCHNOV M A N O BRA : F S R OCKS LID E

DECCS MAGAZINE - 27


FLOW iniciar

FLOW/INICIANTE

ERIK C A M P OS

17 ANOS, 4 ANOS DE SKATE, ITAQUAQUECETUBA - (SP) / @ERIKCAMPOS_SKT Se apresente aos leitores? Satisfação total família, me chamo Erik Ribeiro Campos, 17 anos, regular. Como se interessou pelo skt? Eu conheci o skate quando me mudei pra minha antiga casa que era uns 5 minutos da pista, comecei a frequentar só de brincadeira e acabei criando uma vontade de andar, até que eu ganhei meu primeiro skate daqueles de mercado (haha), desde lá o amor foi só crescendo mais e mais. Sua família te apoiou? Nunca tive problemas familiares em relação ao skate ainda bem, no começo um pouco, mas com o tempo eles acostumaram e apoiaram mais. Quais são seus patrocínios? Ainda não tenho, mas se Deus quiser um dia chega, mas independente de patrocínio ou não o amor é o mesmo. Como está sendo sua correria no cenário do skate? Muito boa graças a Deus, amo o que eu faço e se puder farei até não poder mais, algumas metas que eu tinha eu consegui realizar esse ano, ter um espaço aqui na Deccs foi uma delas, e tem muito mais pela frente. Está filmando para alguma vídeo parte? Qual? Eu e alguns amigos estamos com planos de lançar uma nossa for fun, talvez ano que vem já esteja nas redes. Como anda o movimento do skate em sua cidade? Aqui na cidade após a reforma que teve a um tempo atrás, e agora com luz a pistinha voltou a ser mais frequentada, tem mais pessoas andando, faltam skateshops por aqui, mas sinto q tá progredindo. Conta um pouco sobre sua última Trip ? Minhas trips são todo domingo de folga haha, seja pro centrão de SP ou pra alguma pista, as amizades sempre fazem com que o rolê seja dahora. Mas viagem pra looonge e pá eu nunca fiz. Dificuldades das Ruas em manobrar? Acho que principalmente o chão ruim ou os seguranças depende do pico, mas nada que um skatista focado não supere. Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Meus focos pra esse ano são andar bastante de skate, continuar dando meu trampo, ir evoluindo mais e mais, correr campeonatos, ETC. e ano q vem tem mais. Para finalizar, deixe sua mensagem e agradecimentos? Queria deixar registrado meu muito obrigado pelo espaço que a Deccs está me proporcionando aqui, creio que isso vai ajudar bastante no corre, agradecer a Deus antes de tudo né, e muita fé na caminhada. Uma frase? “A mente é fértil, pra sonhar não tem limite.” 28 - Deccs Magazine

F OTOGR AF O : @ L U C A S M I L H O RE _ MAN O B R A: BS F E E BL E


FLOW iniciante

FLOW/INCIANTE

LUIS FELIPE

20 ANOS, 5 MESES DE SKATE, SÃO MANUEL – (SP) - @OFICIAL_LIPINHO1 Se apresente aos leitores? Oi meu nome é Luis Felipe mais conhecido como Lipinho Oliveira, tenho 20ano e sou skatista da cidade de São Manuel interior de São Paulo. Como se interessou pelo skt? Eu comecei a gostar de skate, porque eu via meu vizinho andando de skate na frente da casa dele, eu achei interessante e pedi para me ensinar a andar, ao decorrer do tempo eu passei a amar andar de skate e agora skate é a minha vida! Sua família te apoiou? No começo foi meio difícil, porque eu chegava machucado em casa, então minha mãe fica com medo e embaçava um pouco, mais ai eu levei ela na pista de skate pra me ver andar, ela sentiu a vibe que o skate transmite, agora ela me apoia muito, compra peças quando preciso e isso é muito importante pra mim. Meu pai também me apoia andar de skate, já conversei bastante com ele sobre isso, e eles sabe q isso é importante pra mim. Quais são seus patrocínios? Bom patrocínio ainda não tenho, A minha cidade é um pouco pequena e por conta disso é difícil arrumar patrício aqui, mas eu to corre e aí dá vou conseguir. Como está sendo sua correria no cenário do skate? Vou responder essa com uma frase que eu gosto de falar “se aparecer um obstáculo eu pulo de skate” a correria esta da hora o role de skate está fluindo, e sempre com a bênção de Deus! Está filmando para alguma vídeo parte? Qual? No momento eu só estou filmando pro meu Instagram, tem umas imagens bem top lá. Como anda o movimento do skate em sua cidade? O movimento está muito da hora na minha cidade , eu ando com meus amigos ( Célinho e Leandro) nós vamos dar um role de skate pela cidade e acabamos encontrando bastante gente com o skate . Conta um pouco sobre sua última Trip ? A última trip foi um flip q eu mandei em um gap, tentei a primeira não conseguir acertar, ai a segunda já tinha visto como era o gap o impacto e acabei acertando um flip la. Dificuldades das Ruas em manobrar? Cara eu acho que a maior dificuldade das ruas pra andar de skate é o chão, as vezes você acha um pico da hora mais o chão não é tão legal assim, acaba dificultando! Mais skatistas sempre tenta! Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Meu foco pra 2021 é melhorar ainda mais o meu role de skate pra mim estar realizando meu sonho de ser skatista profissional. Para finalizar, deixe sua mensagem e agradecimentos? Eu agradeço muito ai de coração, por ter uma oportunidade dessa, pra mim isso é um sonho se realizando, Que Deus abençoe tudo e todos. Uma frase? Se surgir algum obstáculo Te barrando, pule de skate e siga em frente!

F OTO G RA F O : @ C E LINHOO_S KT M A N O BRA : F/ S S MITH Deccs Magazine - 29


semanal Entrevista

FOTOGRAFO: @ARUANAODORME

Paulo Carvalho Como foi seu início com o skate? Vim de São Vicente do Bodyboard é Arrumei Um Carrinho de Freestyle, usei os Eixos e Rodas Serrei Um Compensado no Model do Tio Liba Plâncton. Você foi um skatista que procurou se profissionalizar ou foi skate for fun? Sempre For Fun Com Um Nível Bem Avançado Graças Ao Meu Bom Deus! é Outra 1992 Pra Z.leste, Guaianazes Cohabeiro C.tiradentes! Ia Pra Onde ! Você que é da primeira geração do skate no Brasil, diga-nos como era o skate nos anos 70,80 no país? os Anos 80 Eram Mil Wolts / Xapa na Bobina / Fogo no Pavil o Skate Explodiu Sem Massagem. Streetamente Street, Ollie Pra Todo Lado Era Carros Querendo a Gente nas Ladeiras Transições Mini- Carvings / Mini-ramps Rampas Vulcão, Wallriders. De lá para hoje, Deus Me Abençoou por Eu Fui Pra Guarulhos Antes é no Jardim São Paulo Foi Construída a Nossa Pista Pública de Responsa Uma Mini-ramp Show Com Arquibancada Dividindo as Áreas e no Outro Lado Street Com Mini-carving ou Seja o Cotovelo Uma Rampa Vulcão no Meio e Um Parede Punk Wallriders de Backs e Fronts .... e Uma Árvore Gigante Pra Tirar Rockslide na Extensão! e Em São Paulo o Janio Quadros Mandando Descer a Lenha nos Skatistas. 30- DECCS MAGAZINE

Você anda atualmente? Como é o skate na sua vida... Skate é Show, Ando Skate sim! Faço Treinos Físicos Em Dias Alternados e Ando de Skate Todos os Dias! é Anoite Vou Pra Igreja Louvar Ao Senhor Jesus Cristo, Amém! O que você acha do mercado de skate atual? Acredita que tenha a mesma essência? Algumas Marcas Podem Até Ver o Esporte Em Si, Mas as Outras Só a Parte Monetária, Sem Investimento Em Eventos e Demais Atletas. Em Relação a Essência é Relativa para Cada Pessoa, Eu Mesmo Quero Andar de Verdade Sem Massagem é Mostrar a Essência do Carrinho Comigo! Se temos grandes representantes do skate brasileiro no mundo, o que falta para o mercado nacional crescer na mesma proporção? Observar Quem Anda Com Vontade nas Ruas, Pois a Essência Skateboard é o Asfalto! e a Melhor Manobra é a Simplicidade! Como você vê a volta do skate old school? Recebemos constantes relatos de pessoas que voltaram a andar de skate depois de muito tempo. O que acha disso? Fiquei 18 Anos Sem Vejam o Que Faço! Eu Sou o Retorno do Jedi!

Meu nome é Paulo Carvalho, Tenho 46 anos de idade e 31 de skate da cidade de São Paulo - (SP) Instagram - @dnt_Skateboard_Live Algum assunto que não abordamos que você gostaria de comentar? Fique à vontade. a Minha é Evento a Nível Nacional Com Picos Tido Tipo a Shockpark, sem Legendas é Rua Master ou Oldschool é no Limit ! Stu / Cbsk /fps / Xgames Brasil. Apoio e Patrocinadores Confiram Paulo Dnt Pra Você Master Revolution! Aguarde.... Mensagem e Agradecimento? Eu agradeço a Deus por me dar força, agradeço quem corre junto comigo e a Strongertrucks, Gratidão pelo espaço, o skate agradece. Atos 16:31 Crê no Senhor Jesus Cristo, ê Será Salvo Tu e Tua Casa. Strongertrucks, Rodrigo Leal/maisena, Caleb Rodrigues, B.s.b Skateshop, Tom Fumaça, The Seven Barber Uma frase? #alturaeestiloacertoeconsequencia


FOTOGRAFO: @ARUANAODORME / MANOBRA: FS NOSESLIDE REVERSE DECCS MAGAZINE - 31


FLOW matéria

Fotografo: @myrna.hornke

A historia da kriolagemskt

Florianópolis – (SC) - Instagram - @kriolagemskt

A

história da kriolagemskt começou com a necessidade de um espaço para andar de skate, construímos uma mini rampa na cidade alta Floripa,nessa mini uma galera começou a andar tendo também uma escolinha de skate que viria a ser a escolinha de skate ascop (associação de skate costeira Pirajubaé)com a construção da pista da costeira trabalhamos com a spot construtora especializada em pistas de concreto, como já trabalhávamos na construção civil unimos o conhecimento adquiridos com a spot, a partir daí construímos várias pistas particulares, em paralelo prestando serviço a spot construindo pistas pelo Brasil, sendo algumas na região de Santa Catarina, construímos Diy nos lugares onde trabalhamos, atualmente estamos em obras na kriolagem skate house high City.

Fotografo: @ronaldo_jamaica 32 - Deccs Magazine

Fotografo: @ronaldo_jamaica

Fotografo: @ronaldo_jamaica


FOTOGRAFO: @MYRNA.HORNKE

FLOW matéria

Deccs Magazine - 33


MARCOSVAN INSTA: @MKZVAN

FOTOGRAFO: @MEU.NOME.NAO.EH.BAHIA / MANOBRA: ROCKSLIDE DEFoto FROM- ARQUIVO

34 - Deccs Magazine

PESSOAL


Deccs Magazine - 35