Deccs Skateboarding Magazine #6 - Revista Skate

Page 1


02 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE


BRASIL E ANGOLA / CONEXÃO

As pessoas têm uma boa visão sobre o skateboard em Angola, alguns criticam mal, mas é como tudo não agradase a todos... Em meu ponto de vista o skateboard em Brasil é sim uma referencia ao skate mundial Cá em Angola o skate brasileiro é bem visto sim, não só pelos profissionais que lá estão ou que são brasileiros, também porque é um país onde o skateboard é bem apoiado e reconhecido, até eu próprio quando comecei a praticar o skateboard minhas primeiras tricks aprende com ajuda de alguns canais brasileiros... Queria dizer a todos os skaters Angolanos e Brasileiros e por ai fora, que devemos sempre fazer o que amamos realmente, não fazer porque a pessoa faz também, devemos sentir-nos felizes com as nossas verdadeiras escolhas, concentrem-se em vocês, persigam vossos sonhos, trabalhem duro e nunca desistir.

Nilton Carvalho Olá eu sou o Nilton Carvalho professor de skateboard na organização sem fins lucrativos Angola Skateboarding Union - ASU em Luanda, Angola A cena do skateboard em Angola está neste momento bastante lento, nós os skateboarders Angolanos estamos lutando para colocar o skateboard estourando cá em conseguir trazer mais condições e apoios a nova geração, mas poucas skateshops, materiais com preços absurdos e de baixa qualidade, também que há apenas um skatepark no país, bem faz-se skateboard nas ruas, mas as ruas não favorecem, diria que ser skatista em Angola é duro, têm que ser muito forte e bastante amor pelo desporto para não desistir até porque não é uma opção hehe 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 03


INDICE

Conexão Brasil & Angola....03 Renan Espinha:..................08 Bruno Felipe :....................10-15 Felipe Ribeiro:....................17 Espaço Fingerboard..............16-17 William Verdi........................18 SkateMagDigital..................22

DECCS MAGAZINE Chegamos na edição N06 Fevereiro, tenho que agradecer a todos que estão abraçando a deccs de uma maneira incrível e acolhedor, Incrível satisfação por todos que estão na edição N06 vocês são grandes skatistas foquem e nunca deixem de acreditar que vocês vão chegar acredite e voe OBRIGADO A TODOS GRATIDÃO.

Editorial Diretor Editorial

DECCS

Editor Revista

DECCS

Revisão DECCS Edição

FEVEREIRO N06

Assinantes

www.facebook.com/deccsmagazine www.deccsmagazine.com.br A revista deccs magazine é uma publicação Quinzenal dcs Fotografia Carlos taparreli,Leandro bergamasco,Paulo Medina, adilio santos,Paulo Tavares, Edgar Silva,Nathanael Martinengo, Mario Kreb, Dennes Ferreira,Erick Bollmann, Eduardo Moura,Laércio silva,Heverton Ribeiro.

CAPA: Bruno Felipe, esta em nossa capa de Fevereiro N06, com um crooked monstro perfeito, acompanhe a entrevista inédita. Corre lá Pag, 10-15.

04 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

‘‘

Como foi a sessão : Um clic não muito demorado mais que exige muita dedicação e o esforço físico mais com o apoio dos parceiros e a motivação no skate superamos e damo o nosso máximo por amor

‘‘

ANO 01 - FEVEREIRO DE 2020 - NUMERO 06 REME PELAS PAGINAS


Skate AM / CONEXÃO

foto: adilio santos Insta: @sujeitohomem17

Skater: Cristiano Júnior 20 anos 04 de skate, Atual cidade: Pouso Alegre

manobra: wall ride

2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 05


Entrevista //Skate AM

Manobra: Nose slide

Adílio Santos

Instagram nada mais @ sujeitohomem17 Maior dificuldade em ser skatista na sua area: união skatista profissional em quem se espelha: Marcelo formiga

Qual o seu setup atual: truck crail shape kronik roda Boulevard rolamento kolami O que não suporta mais ver no skate: interesse Manobras que ainda pretende acertar: Ss Flip croked Principais redes sociais que usa: 06 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

marca fora do skate que gostaria de ter patrocinado: se for real qualquer um Atual melhor equipe de skate Brasileiro: dgk brasil Amador que gostaria de ver pro: Tc de jesus E música, qual som instiga você nos roles: Cisco (dmn)

foto: Leandro bergamasco Insta: @leandro_bergamasco

Fale um pouco sobre seu foco para 2020: anda perseverar e realizar Você tem patrocínios ou apoios: atualmente é eu por eu O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Ando de skate todo santo dia prático para aliviar o estresse do dia a dia mas sempre buscando a evolução O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiras: viva seja skate! Não skatista

27 Anos, 15 anos de skate, Pouso Alegre MG

"favela bem representada"


foto: Paulo Medina Insta: @medinaftg

Skate AM / ENTREVISTA

GUSTAVO SOUZA Qual o seu setup atual: Shape 8.5 form, lixa Sigilosp, truck stronger 149, roda bones 54mm e rolamento bones swiss. O que não suporta mais ver no skate: Marcas e skateshops, que só usam o skate parar lucrar, nunca fazem nada pelo esporte. Manobras que ainda pretende acertar: flip fs nose slide nollie flip out, halfcab heel nose slide 270 out e nollie crooked transfer sexchange. Principais redes sociais que usa: Instagram e whatsapp Maior dificuldade em ser skatista na sua area: Conseguir patrocínios skatista profissional em quem se espelha: Lucas Bonilha marca fora do skate que gostaria de ter patrocinado: Under armour Atual melhor equipe de skate Brasileiro: Billsmoodclub Amador que gostaria de ver pro: Maikon Gomes (Asiatico) Fale um pouco sobre seu foco em 2020: Conseguir andar de skate com frequência, mesmo com a faculdade, ir em todas as etapas do paranaense e tambem investir na minha marca de calça, Guthpants.

Manobra: bs crooked

Você tem patrocínios ou apoios: Tenho patrocíonio da Billsmoodclub O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? : Atualmente estou começando a faculdade de marketing digital, faço academia todos dias de manhã, ando de skate na parte da tarde, e estou trabalhando com a minha marca, vendendo e fazendo entregas. O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiras: Se divirta andando de skate, aproveite cada role!

Fique à vontade para se expressar a todos que estão lendo sua entrevista: Sempre fui apaixonado por futsal, quando começei andar de skate, todos me falavam "nunca vi jogador andar de skate" e hoje estão vendo e muito. se você que está lendo não anda de skate, nunca é tarde para começar, independente de qualque coisa, você não vai se arrepender. 18 Anos, 5 anos de skate Cambé PR

Daqui um ano você vai desejar ter começado hoje! 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 07


Entrevista //Skate AM

FUNDAMENTAL NA PERDA DA ESSÊNCIA, CADA VEZ MAIS TEMOS UMA PRODUÇÃO EM MASSA, EM UMA VELOCIDADE EMPRESARIAL, CADA VEZ MENOS SE TEM UM DESENVOLVIMENTO NATURAL. Manobras que ainda pretende acertar: no momento quero registrar essas: SWITCH 360 BACKSIDE, NOLLIE CABALERIAL FLIP (escada ou Gap) Principais redes sociais que usa: INSTAGRAM: @RENANESPINHA

RENAN ESPINHA

Qual o seu setup atual: Shape REDNOSE MAPLE, RODAS BRETS WHEELS, ROLAMENTO, RED BONES, TRUCK THUNDER

O que não suporta mais ver no skate: VEJO QUE A ESSÊNCIA DO SKATE ESTÁ MORRENDO AOS POUCOS E VIRANDO UM MOVIMENTO SEM IDENTIDADE. OBSERVO MUITOS SKATISTAS COM UM CONCEITO EXCÊNTRICO SEM SABER SOBRE O QUE DE FATO É A CULTURA SKATEBOARDING. AS REDES SOCIAIS TÊM UM PAPEL

Maior dificuldade em ser skatista na sua area: AH, SOU SKATISTA DE RUA, ENTÃO A MAIOR DIFICULDADE É A INEXISTÊNCIA DO ESTADO, POIS FALTA INFRAESTRUTURA E DESENVOLVIMENTO URBANO PARA PODER PRATICAR O SKATE STREET. SIGO IGNORANDO O CHÃO RÚSTICO E SUPERO A DIFICULDADE EM ANDAR DE SKATE EM PICOS MUITO COMPLEXOS. skatista profissional em quem se espelha: FABIO CASTILHO, GLAUBER MARQUES, BRIAN WENNING, STEFAN JANOSKI 90 ‘s , DANNY GARCIA 90’ s , MARC JHONSON, GUY MARIANO, LOUIE BARLETTA. ANDREY REYNOLDS, TOM PENNY, TX, TIAGO LEMOS, entre outros.. Amador que gostaria de ver pro: MEUS AMIGOS, EDGAR SILVA, MARCELO BLACK, ALEF DOUGLAS. Fale um pouco sobre seu foco em 2020: UM DOS MEUS FOCOS PARA 2020 É TERMINAR MINHA VIDEO PART; FILMAR

COM A RAPAZIADA DA D1L E EVOLUIR, SEMPRE, COMO PESSOA E COMO SKATISTA. CONTINUAR REGISTRANDO O MÁXIMO POSSÍVEL E VIAJAR POR AÍ. Você tem patrocínios ou apoios: REDNOSE, BDS, D1L, FABRICA DE MONSTROS PRODUTORA conte para nois uma trip que marcou: BARCELOANA 2014, EU TINHA APENAS 17 ANOS E FIQUEI MUITO FELIZ POR TER CONHECIDO AQUELE LUGAR QUE SEMPRE VI EM VIDEOS DE SKATE. Melhor sessão na trip: A MELHOR SESSÃO FOI TODAS ! O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? : ATUALMENTE ESTOU FOCADO EM TERMINAR MEUS PROJETOS PARA PASSAR PARA PROFISSIONAL E SEGUIR FAZENDO O QUE GOSTO. O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiras: QUEM TA NA FITA POR DINHERO É DINHEIRO, QUEM TA POR AMOR É AMOR, FAÇA PORQUE VOÇÊ AMA, VOLORIZE OS MOMENTOS SIMPLES, E SEJA FELIZ COM SEU SKATEBOARD, VIVA AGORA ! Fique À vontade para se expressar a todos que estão lendo sua entrevista: ACHO QUE TEM QUE ANDAR NA RUA, MAS NEM TODAS PESSOAS TEM A POSSIBILIDADE DE ANDAR NA RUA QUE NEM EU HAHAHA. BY THRONN

23 Anos, 16 anos de skate SÃO PAULO, ZONA LESTE ITAQUERA

O mundo nao é um grande arco iris

Fakie Hard FLIP 08 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

foto: Paulo Tavares Insta: @paulotavarespHoto


foto: Nathanael Martinengo Insta: @nathanaelmartinengo

MATÉRIA // Conexão 035

Ficamos nessa vivência durante um tempo , filmando em vários picos da cidade, e em busca de novos lugares. Nessa trajetória, passamos por Cambuí no intuito de fortalecer e prestigiar o campeonato da cidade, feito pela cena local. Visando vários picos, voltamos e manobramos. Fizemos várias amizades, e rendemos conteúdos que eternizaram o momento. Pela vibe da sessão, e soma de energias foi se idealizando o projeto de vídeo, quando tomamos conta que já tinha bastante conteúdo. Nos reunimos, começou a troca de ideias, onde gerando resultado que é hoje.

“Conexão 035” Se deslocando da capital, Matheus Rodrigues e Alex Trindade, pro lado sul de Minas Gerais (Extrema MG) , com o intuito de andar de skate, e conhecer novos picos. Flagrando a cena local, se identificando com cidade, daí então surgiu a “Conexão 035”.

Vídeo com intuito de fortalecer a cena do Sul de Minas, onde não tem muito suporte, relatando um pouco da nossa vivência. Transmitindo também suas belezas naturais e expandindo novas visões de lugares para andar de skate. Editado por Paulo Henrique, onde todos acompanharam e desenvolveu a sua parte

No começo não tinha nenhum projeto idealizado, saímos pra rua, com o Rec aberto pra quem tava na disposição e na sessão. Apesar das dificuldades de ser um município difícil de lidar com a população em relação a skate. Mantínhamos resistência nas ruas. As ideias começaram a fluir, e a amizade começou a se fortalecer, e tornou algo verdadeiro e sincero. Só assim começou a idealizar, saíamos de missão. 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 09


10 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE


Bruno Felipe Entrevista Skate Pro

foto: Erick Bollmann Insta: @erickbollmann

2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 11


ENTREVISTA PRO// Bruno Felipe

Há quanto tempo você anda de skt? 20 anos. Como se interessou pelo skt? através das amizades. Sua família te apoiou? no início não mais depois dos 13 anos de skate viram que era o que eu amava, e isso é o que importa pra nós skatistas. Quando se tornou profissional e como? Foi fácil? Em 2015, foi um sonho realizado que não foi nada fácil , porém lutei e venci . Em 2016 um antigo patrocinador me cortou da marca por ligação telefÔnica, me senti um lixo mais venci também pois hoje tenho uma marca que garante meu sustento, a Rubrica Skateboarding.

Você consegue viver do skt? Sim, porém como microempreendedor. Qual a melhor manobra pra você? todas que sejam bem executadas, a melhor manobra é se divertir no skate. Nos conte sobre seus planos futuros e projetos? evoluir como pessoa, buscar evolução no skate andado e também evoluir como micro empreendedor. Qual o melhor pico ou pista de skt pra você? Street na Europa . Qual o melhor skatista gringo e brasileiro pra você? Thiago Lemos e Alex Carolino, os Brasileiros são foda!! 12 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

Ss fs Tail

Você se inspirou nele em algum momento? No Carolino desde o tempo que eu era iniciante, hoje em dia tamos andando junto até em campeonato Profissional. Da até um orgulho andar junto de muitos outros profissionais que são inspiração. Esta filmando para alguma video parte?Qual? Sim, a 10 anos para a Nata filmes 2 que é do Ricardo Porva. Faz uns 5 anos que tÔ falando pra ele lançar o vídeo rsrs.

foto: Dennes Ferreira Insta: @dennesferreira

Complementando, estou mais profissional pois tenho responsabilidade com empresas,fornecedores, representantes, sei o produto que vende melhor,desenvolvo produtos de qualidade, sou mais respeitado por donos de empresas que trabalho em minha loja e o melhor de tudo, faço ações e projetos sociais para ajudar o próximo com a minha marca tendo o valor e respeito que mereço como skatista profissional.

Melhor Tour? Europa e em Lima no Mercosul. Algum tilulo em especial?conte o porque? minha sexta capa em Revista, a Deccs Magazine N06 !! Hahaha Esse convite de entrevista e Capa me fez lembrar a minha primeira capa de skate que era em uma revista parecida no tamanho físico , foi uma capa feita pelo fotógrafo Erick Bollmann que me trás boas recordações.


Bruno Felipe // ENTREVISTA PRO

Flip

foto: Mario Kreb Insta: @mariokreb

2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 13


ENTREVISTA PRO// Bruno Felipe

F/s ollie foto: Erick Bollmann Insta: @erickbollmann

14 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE


Bruno Felipe // ENTREVISTA PRO

Algum fato na sena do skate que te marcou? Falta de revistas físicas, internet é bom mais atrapalhou nisso eu acredito.

foto: Erick Bollmann Insta: @erickbollmann

Qual o melhor vídeo de skate ? os melhores eram 411VM. E música, qual som instiga você nos roles? Sabotage no dia a dia, andando de skate eu prefiro sem som e escutar o som que o skate faz. Qual sua opinião sobre a evoluÇão ou não evoluÇão do skt no Brasil? Evoluiu muito, essa nova geração está com nível surpreendente e relacionado as empresas patrocinadoras tem que pagar salários dignos a seus profissionais, alguns acabam aceitando receber pouco e isso afeta o valor do skatista no geral. O que o skt representa pra você? A felicidade e bem estar de qualquer pessoa . Gostaria que você deixasse um recado para todos os skatista: Seja uma pessoa madura, responsável e busque evoluir como pessoa e claro andando muito de skate por amor, não se fruste com imprevistos pois a vida tem altos e baixos, então só ande de skate e se divirta .

2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 15


Entrevista //Skate AM

Eduardo Leocádio O que não suporta mais ver no skate: empresários só visando dinheiro, e não dando a valor real que um atleta tem, hoje o skate mudou de patamar, não e os skatistas que consomem o que o skate tem a oferecer, eles podem fazer mais Manobras que ainda pretende acertar: nollie heel crooked frontside Principais redes sociais que usa: instagram Maior dificuldade em ser skatista na sua area: locais para andar , suporte , e o custo é muito alto dos equipamentos skatista profissional em quem se espelha: Felipe Gustavo Amador que gostaria de ver pro: Lucas koaski E música, qual som instiga você nos roles? djonga - vazio

16 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

f/s nose

foto: Erick Bollmann Insta: @erickbollmann

Fale um pouco sobre seu foco para 2020: continuar andando de skate sem pressão, só andar O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? hoje em dia sou tatuador, meu contato com o skate e puro lazer e amor pela vivência que o skate proporciona , futuramente pretendo dar inicia a um projeto que vai aproximar mais o skate e os moleques da minha área •O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiras: a união para mudar essa cena do skate que está defasada

27 Anos, 16 anos de skate Curitiba-PR

Acredite!


foto: Erick Bollmann Insta: @erickbollmann

Skate AM / ENTREVISTA

Felipe Ribeiro

Há quanto tempo você anda de skt? 7 Anos Como se interessou pelo skt? Meu irmão andava de skate e parou como o skate ficava parado em casa e eu estava de férias aí acabava pegando o skate pra me divertir. Nisso comecei a fazer amizades que me motivava mais a andar de skate e fui evoluindo. Sua família te apoiou? minha mãe nunca ficou pegando no pé falando que não era pra eu andar, e em alguns momentos que ela tinha condições ela ajudava com peças pra eu andar de skate e até mesmo tênis. Quais são seus patrocínios? minha mãe no momento. Qual o melhor pico ou pista de skt pra você? A pista pública que fica na vila onde moro. Esta filmando para alguma video parte?Qual? Ainda não mas pretendo. E música, qual som instiga você nos roles? Não tem um som específico, maior parte da sessão eu ando sem música. Maior dificuldade em ser skatista na sua area: não tem dificuldade, quem quer andar da um jeito. skatista profissional em quem se espelha: tem vários profissionais que acho da hora, mais que eu conheço como skatista e pessoa é o Bruno Felipe. Atual melhor equipe de skate Brasileiro: DGK BRASIL Amador que gostaria de ver pro: Yago Passos.

b/s rockslide Voce ja pensou em desistir do skate? Em meio as dificuldades do skate Brasileiro. Já, as vezes desanima quando não evolui e alguns amigos vão parando e fica só você mas vejo muito muleke no caminho do tráfico e o skate é algo que nunca me fez ir pra esse outro lado. Melhor Tour: A última pra Itajaí-SC e depois Penha-SC onde rendeu fotos e aprendizados pra essa entrevista para a Deccs Magazine junto ao fotógrafo Erick Bollmann que me deu muitos concelhos e me abrigou em sua casa junto a família dele. Melhor Manobra e Pico na Tour: o melhor pico pra andar foi a transição com o corrimão amarelo, tinha dificuldade no chão mais gostei de manobrar nele.

O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? andando de skate, pretendo estudar, fazer curso, ser mais visto em eventos e filmando na rua. O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiras que estão lendo sua entrevista: se você tem um foco , nunca desista porque uma hora da certo.

19 Anos, 7 anos de skate Curitiba-PR

Tô aprendendo sempre mais que ensinando. 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 17


ESPAÇO // Fingerboard

Ollie Fingerboard Uma das manobras mais clássicas do skate, adaptadas pra ponta dos dedos, sim o clássico Olli e. Essa manobra é a base de tudo, e vamos ensinar pra você nessa matéria.

Os dedos devem ficar com o dedo médio na ponta do tail pronto pra bater com força e o dedo indicador deve ficar de cheio um pouco atrás dos parafusos da base da frente.

Pressione o dedo médio para baixo com força enquanto levanta o dedo indicador e suba com a mão, fazendo assim o fingerboard saltar.

Leve o dedo indicador para frente, suavemente enquanto encolhe o dedo médio, fazendo assim com que o fingerboard alinhe no ar, depois disso mantenha a pose e faça com que o fingerboard desça suave até a mesa.

Caia com os dois dedos sempre dentro do sheape pra validar a manobra. E agora só correr pro abraço (risos). Dica: treine pra ter memória muscular, com o tempo ficará fácil executar. Como o ollie é a manobra básica ela serve pra você mandar qualquer outra trick, aí é só vc treinar e evoluir que tá tudo certo.

18 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE


Canal / ESPAÇO

P

ara quem não conhece o canal, o que você vai achar lá? Uma zona entre zoeira, eventos, rolês, gringos, projetos beneficentes, amigos e eu já falei zoeira? Em 24 de fevereiro de 2016, nasceu um sonho de um canal que mostrasse muito do que fosse negado pelas mídias tradicionais, começamos com o básico de qualquer canal e começamos a correr atrás de ska�stas que não �nham espaço na época e projetos sociais, pois o intuito sempre foi fomentar o skate como um todo. Muitos passaram pelo canal, alguns nem estão mais entre nós, mas em junho de 2016 �ve oportunidade de cruzar caminho com a Ra�rap, uma tradicional skateshop que nos colocou de cara com as lendas do skate, e então possibilitaram passar dias com ska�stas como Hosoi, Mcguill, Caballero, Kasai, entre outros. Hoje o canal tem contatos que possibilita ajudar mais os outros, ano passado mesmo �vemos a oportunidade de passar um tempo conversando com Tony Hawk sobre o skate nacional e até entrevistar esse que seria na minha opinião hoje o papa do skate mundial. Na parte de ajudar, ajudamos projetos como a ONG Social Skate, Projeto Demorô do Heliópolis, Skate House, Skater Boys e amigos

que estão no corre de ajudar e direcionar crianças carentes. Para este ano estamos com a ajuda de alguns amigos como Alessandro Santana(Canal do Negão), procurando fazer vídeos que bombem para assim quando formos falar de coisas que beneficiem o skate elas tenham mais visibilidade, se vai dar certo? Não sei, se vamos parar? Claro que não! A gente ama o que faz e sempre fez pelo skate e por amor! Só somos gratos a família, aos Ratboys, amigos e todos os parceiros que já passaram pela nossa história. 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 19


Entrevista // Skate PRO

Há quanto tempo você anda de skt?

Considero assim andar de skate mesmo manobrando desde 1999.

Como se interessou pelo skt?

William Verdi

Em 1999 após me mudar de bairro conheci alguns amigos que andavam e o Rafael Baroni apresentou um vídeo da Chiclé VM em VHS, só após isso fui descobrir o que era possível fazer com o carrinho, mas contato mesmo tenho desde pequeno quando brincava só descendo a calçada de casa ou indo buscar pão pra mãe só embalando pela rua.

Sua família te apoiou?

Essa questão teve altos e baixos na verdade, acredito que no início quando era mais brincadeira apoiavam por ser algo bom para passar meu tempo, mas na fase ali dos 16 em diante me cobravam mais estudo para vestibular e o skate acabou gerando bastante conflito, pois eu já tinha títulos de iniciante e alguns patrocínios também, mas como faltava e até nos dias de hoje ainda falta informação de como ter o skate como profissão a pressão era para estudar, fazer faculdade e ser alguém na vida, porque pelo entendimento deles o skate não dava dinheiro, mas eu já sabia que era possível viver do skate principalmente fora do Brasil e de certa forma sonhava poder realizar isso por aqui algum dia.

Quando se tornou profissional e como? Foi fácil?

Nada fácil, o aval mesmo do meu pro-model saiu em 2017, mas dei entrada a primeira vez em 2006/2007 pelas marcas que eu tinha patrocínio de roupa Anjuss de Curitiba, tênis Killtec da Alemanha e shapes da Selim Brasil que era paulista, mas foi negado por não ter títulos em mais estados na época, porém eu já tinha contratos, salários e além de cota de produtos recebia ajuda de custo em dinheiro para meu suporte. As 3 empresas queriam me profissionalizar e assinar produtos mas a bancada da CBSK na época não aceitou o que para mim foi um atraso gigante, perdendo tantos royalts das vendas dos produtos que eu poderia ter assinado. Os anos seguintes fui buscar esses resultados e já era atleta da lei do incentivo ao esporte de Curitiba, fiz boas colocações em outros estados mas nem o brasileiro tinha ainda para nos dar vagas em competições profissionais, até me acomodei no amador porque sempre tinha mais eventos e valia mais a pena garantir as premiações, mas após ficar tantos anos entre os melhores colocados do AM1 já nem tinha tanta motivação e dei entrada novamente em 2011/2012 mas desta vez apenas pela Ultrashock Skateshop que além de me pagar salário dava suporte de material e viagens também. Desta vez a declaração da CBSK foi que eu não estava em uma marca que vendia a nível nacional, mas um atraso recebido por eles e lendo bem os critérios isso nem era citado, apenas que o skatista deveria receber o suporte necessário financeiro para andar profissionalmente e participar das competições da CBSK. Por fim minha entrada em 2017 foi novamente com todos os critérios pedidos e desta vez disseram que não poderiam interferir no meu promodel, mas eu ainda não estava apto para participar das competições por não ter capa ou entrevistas nas revistas, mesmo que eu tenha fotos publicadas nas revistas mais conceituadas do Brasil. Resumindo minha situação está assim apenas pela questão de competições nos eventos da CBSK, ao meu ver falta organização e principalmente uma reavaliação dos critérios para que não atrasem mais o skate brasileiro, nesses longos anos no meio eu vi muitos skatistas de alto nível desistir por não ter a oportunidade de ao menos participar de um evento profissional aberto assim como acontece ao redor do mundo e como pude fazer minha inscrição tranquilamente para participar em um dos maiores eventos de skateboard no mundo, o MYSTIC CUP na República Tcheca em 2019. Fui para Europa, pude produzir um bom material mas tirei o braço do lugar na França filmando na rua uma semana antes do evento, de qualquer forma já fica a dica para quem também está sendo atrasado por aqui, se organize e busque eventos fora do Brasil, por lá a oportunidade de participar dos eventos profissionais open existe e principalmente serão respeitados como vocês merecem! Quais são seus patrocínios? Hoje assino Pro-model de shape pela Undercity e confecção da Banx Skateboard.

20 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

Nos conte sobre seus planos futuros e

Nollie foto:Eduardo Moura Insta: @edu_moura_

projetos?

Planos futuros são muitos mas principalmente contribuir de forma cada vez mais profissional ao mercado do skate brasileiro além das manobras, vejo desde as instituições que deviam fazer o melhor para os skatistas até empresários que só pensam em si mesmos usando os skatistas como massa de manobra para engordar as próprias contas, passando a ilusão de ajudar, acredito que esse véu vai caindo com o tempo para cada um, até por isso vou morar alguns anos fora do Brasil pois é algo que sempre busquei como desenvolvimento pessoal e também já fiquei por aqui trabalhando no mercado com estratégias de ação, marketing, gerenciamento de equipe, treinamento de vendas e desde 2007 com projetos sociais, idealizando palestras sobre o benefício do skate apresentado nas escolas para mostrar o lado bom do que fazemos para sociedade e incentivando novos adeptos. Esse trabalho vai continuar através do treinamento remoto para os interessados em propagar o skateboard de uma forma positiva no Brasil e pelo mundo também.

Qual o melhor pico ou pista de skt pra você?

Gosto muito da rua mas hoje em dia depois dos 30 anos de idade a sessão de rua exige muito mais que antes, então passo mais tempo na praça do atlético e do gaúcho em Curitiba que são os locais que dou aula semanalmente, mas toda semana escolho locais diferentes para andar pois gosto do sempre variar a sessão para ajudar na criatividade e evolução.

Esta filmando para alguma video parte? Qual?

Estou filmando para minha nova Vídeo parte pela Undercity que vai sair no lançamento do novo pro-model agora pelo inicio do ano, com imagens no Brasil, Espanha e França.

Algum fato na cena do skate que te marcou?

Um fato que me marcou foi o respeito que nós brasileiros temos quando andamos lá na europa, os gringos sentam para olhar nossa sessão, ficam espantados com as manobras, com a nossa forma de andar nos picos, o jeito de cumprimentar os amigos com abraços e até de compartilhar água, comida, entre outros.

Gostaria que você deixasse um recado para todos os skatistas. Seja a diferença que você gostaria de ver no mundo ela começa por você, reconheça suas qualidades e domine os seus defeitos, o conhecimento de si mesmo e a leitura é algo que vai ajudar você a viver melhor!

33 Anos, 21 anos de skate Curitiba - Paraná

Aquilo de ser o que a gente é ainda vai nos levar muito além! Paulo Leminski


foto: Laércio silva Insta: @noel.skate

Skate Iniciante / ENTREVISTA

GUSTAVO SOUSA Qual o seu setup atual: Shape milk 8.25,Truck stronger 149 Rolamento red bones, Parafuso hondar skateboard, Rodas Black sheep O quê você não suporta mais ver no skate: Eu não suporto ver as pessoas desmerecendo os outros Só por que andar melhor ou manda uma manobra que o outro não consegue. Manobras que ainda pretende acertar: Tenho várias manobras em mente para o ano de 2020 mas uma manobra que mais quero mandar é um ollie pulando a escada da catedral da praça da sé no centro de são Paulo. Maior dificuldade em ser skatista na sua área: Uma dificuldade que se vê constantemente é a falta de peças. já perdi as contas de quantas vezes tive que usar um shape que o tail eo nose estavam nas últimas já andei com 3 rolamentos estourados , sem contar as vezes que tive que usar um tênis todo rasgado que de tanto estar velho não tinha como mais remendar. skatista profissional em quem se espelha: Um profissional que me espelho é o Chris joslin marca fora do skate que gostaria de ser patrocinado: Uma marca que eu queria ter patrocínio seria a Canon pois eu iria conseguir fazer minhas gravações em uma ótima definição. Qual rede social você mais usa : Instagram Atual melhor equipe de skate Brasileiro: A melhor equipe do Brasil para mim é a da crail o time deles é pesadíssimo demais. Amador que gostaria de ver pro: Dwayne Fagundes um dos caras que

Tem muito estilo no rolê de skate Fale um pouco sobre seu foco em 2020: Meu foco para 2020 é andar de skate Todos os dias, estudar e ver minha família bem. Você tem patrocínio ou apoios: Não tenho patrocínio O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Eu ando de skate todos os dias da semana sem exceção, eu gosto de pegar uma manobra nova e treinar ela até ficar na base O que você tem a dizer para os outros skatistas brasileiros: Eu quero dizer a todos os skatistas do Brasil que nunca parem de andar de skate que mesmo que as coisas estejam difíceis nunca parem de sonhar e de acreditar que seu sonho pode se tornar realidade tudo depende do quanto você quer e acredita não importa o que os outros pensam. Fique à vontade para

Manobra: Ollie

se expressar a todos que estão lendo sua entrevista: As pessoas a cada dia que se passa esquecem da real essência do skate tudo bem que você quer estar nas melhores marcas ou nos melhores campeonato mas lembre que acima de tudo o skate é uma forma de viver só quem andar de skate sabe a sensação de manobrar com seus parceiros de acertar aquela trick que você sempre sonhou ou de ver seu amigo mandando aquela manobra Cabreira isso é o skate não importa se você vai andar na olimpíadas ou vai andar rua só ande não importa se você é do bowl ou do Street ande sempre que poder e sem medo de errar.

17 Anos, 5 anos de skate Zona sul de são Paulo no Grajaú

Nunca desista. 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE 21


Espaço // SkateMagDigital

Solta a Voz - Uns dos entrevistados de Janeiro

Nome: Lucas Bonilha #1 Cidade: Jaú/SP - Londrina/PR Tempo de skate: 20 anos Idade: 33 anos Patrocinios: Form skateboard, skatenaoPara, FTW sPorts nutrition, Tubarao Crossfit, DR7 Street Manobra favorita: Fakie FliP

Albeto De Barros idade 58 anos #3 40 de skate.nunca tive patocinio nem apoio andei por amor ao skare ta no sangue. São paulo Capital. Nestes anos parei voltei e assim continua . Skate e vida. Primeira pista wave Park valeu Manobras são 2 grind e Rock roll Foto: Arquivo pessoal de Beto

Nome: Anselmo CarValho #2 Cidade: Guaratingueta SP TemPo de skate: 19 anos Idade: 32 Apoios: Bendecidotattoo Patrocinios: Four skateshoP / KaP - One / TaPe Skateboard Manobra favorita: Nollie FliP Nose / Nose manual Nollie fliP out.

Nome: Monica Polistchuk #4 Idade: 51 Cidade: SÃo Bernardo do CamPo Tempo de Skate: 38 anos de skate Manobra:720

Foto:Juliano Fernandes

Remada por Remada SalVe FamÍlia, tudo certo Por aÍ? Meu nome É Lucas Bonilha, sou skatista Profissional de street e ando de skate desde 1998. A Partir dessa ediÇÃo estarei semPre Por aQui atraVÉs da Parceria da Deccs MagaZine com a SkateMag Digital aPresentando um Pouco do Projeto "RPR" (Remada Por Remada).O Remada foi criado Para auXiliar e facilitar o corre dos skatistas Que sonham em ViVer do skate. Portanto Vamos estar semPre traZendo aQui algumas dicas sobre PreParaÇÃo fÍsica, tÉcnica & mental, gestÃo da imagem, PatrocÍnios, estratÉgias Para camPeonatos e algumas VisÕes e ViVÊncias Que, acredito, VÃo faZer a diferenÇa na sua caminhada.FiQue ligado Que na PrÓXima ediÇÃo jÁ Voltamos com algumas dicas Quentes e lembre-se, indePendente de QualQuer coisa.... #skatenaoPara!

Skate com fé Eu me chamo Rodolfo, skatista, fotÓgrafo e a conVite da SkateMagdigital,estou realiZando um Quadro Que se chama skate com fÉ. Todas as Quartas feiras ,estaremos traZendo uma PalaVra da Parte de Deus ,Para as nossas Vidas. FiQuem ligados na SkateMagdigital e ,eu creio Que as mensagens Que lÁ sÃo colocadas irÃo mudar a sua Vida.

ACHADOS E PERDIDOS

PROMOÇÃO

Nome: Nome:MarcosET Cunha Ribeiro Cidade: Santo Antônio da Platina no ano de graça de 30/09/65 Skater: Desde 1976 Manobra favorita: b/s shovit fakie shovit Layback na ladeira e nas transições b/s wallrider Patrocínio: Sequela Boards Mora em Atibaia desde 2002 Foto: Robson Felix

22 2020Fevereiro N06 DECCS SKATE

Nome: Rafael Marcelli Marques Moreira Cidade: São Carlos SP Tempo de skate: 12 anos Idade: 26 Manobra favorita: Heelflip, Bs Tail, Fs noseslide Foto:Victor Fiochi Arte: Filite @filite_art

Andrew Bigode começa o ano de 2020 muito bem, após vencer a promoção realizada em conjunto da SkateMagDigital a marca Dreamskateboard, com o Solta a Voz Skate Live, que era no valor de 500$ reais em produtos Dreamskateboard. A Competição on-line foi bem divertida, e teve um alto nivel de skate. Andrew Bigode foi o escolhido pela Equipe da Dreamskateboard como Campeão da Promoção, entre ele teve muitos Skaters de nivel e mostra que o nosso Brasil tem muitos talentos escondidos por ai precisando de espaço. O Solta a Voz já começou o ano com uma nova Promoção, e esse ano vamos tentar fazer muito mais, sempre gratuito e On-line, em fim esta é uma ferramento hoje para o novo mundo do Skateboard. Próxima Promoção com a marca Sequelaboards em Fevereiro. Siga @ sequelaboards e @dreamskateboards e fiquem ligado nas Promoção da SkateMagDigital e DeccsMagazine. Lembrando os Vencedores teram foto aqui da DeccsMagazine.


Ricardo EstarÁ na ediÇÃo N07

Porva

entreVistado skate Pro Foto: Heverton Ribeiro