Page 1

"Trabalho de força Ê para homens todos"


Pe

rm

DESCONSTRUINDO ESTERIÓTIPOS Mesmo em número maior entre as pessoas com ensino superior completo, as mulheres ainda enfrentam desigualdade no mercado de trabalho em relação aos homens. No Brasil, em 2016, as mulheres dedicavam, em média, 18 horas semanais a cuidados de pessoas ou afazeres domésticos, 73% a mais do que os homens. Apenas 37,8% dos cargos gerenciais eram ocupados por mulheres, essa diferença aumentava com a faixa etária, indo de 43,4% de mulheres em cargo de chefia no grupo até 29 anos de idade até 31,3% no grupo de 60 anos ou mais. Mesmo trabalhando mais horas, a mulher segue ganhando menos. “Você acha que serviço doméstico é coisa de mulher? Está enganado! A mulher pode ir muito além do que varrer uma casa. O serviço dela é onde ela quiser!” A Sempre Livre pensando nas nossas trabalhadoras lançou o novo SEMPRE LIVRE Adapt Plus Ultraflexível Suave com Abas que oferece discrição, conforto e proteção

ita

-se


"Homem trabalha fora e mulher cuida do lar"


Pe

rm

DESCONSTRUINDO ESTERIÓTIPOS Mesmo em número maior entre as pessoas com ensino superior completo, as mulheres ainda enfrentam desigualdade no mercado de trabalho em relação aos homens. No Brasil, em 2016, as mulheres dedicavam, em média, 18 horas semanais a cuidados de pessoas ou afazeres domésticos, 73% a mais do que os homens. Apenas 37,8% dos cargos gerenciais eram ocupados por mulheres, essa diferença aumentava com a faixa etária, indo de 43,4% de mulheres em cargo de chefia no grupo até 29 anos de idade até 31,3% no grupo de 60 anos ou mais. Mesmo trabalhando mais horas, a mulher segue ganhando menos. “Você acha que serviço doméstico é coisa de mulher? Está enganado! A mulher pode ir muito além do que varrer uma casa. O serviço dela é onde ela quiser!” A Sempre Livre pensando nas nossas trabalhadoras lançou o novo SEMPRE LIVRE Adapt Plus Ultraflexível Suave com Abas que oferece discrição, conforto e proteção

ita

-se


"Mulher nĂŁo entende de futebol"


Pe

rm

DESCONSTRUINDO ESTERIÓTIPOS Em 1922 aconteceu a primeira partida de futebol feminino no Brasil, 67 anos depois a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) convocou oficialmente a primeira seleção feminina. Atualmente, segundo o IBGE, são aproximadamente 8.719.200 mulheres que tem o futebol como hobby ou profissão. Além disso a mulher também possui presença nas torcidas, são 67.600.000 que se declaram torcedoras ativas de algum time de futebol. “Agora me diz, tem certeza que futebol é só coisa de homem? Acho que não, hein!” A Sempre Livre pensando nas nossas guerreiras atletas possui a tecnologia de SEMPRE LIVRE Soft-dry proporcionando o conforto até mesmo dentro de campo.

ita

-se


"Se porte como uma mulher quiser"


Pe

rm

DESCONSTRUINDO ESTERIÓTIPOS Uma mulher é cobrada em todos os aspectos em nossa sociedade. Parece que nunca ela está certa e sempre há algo a fazer ou realizar. Olhares críticos a acompanham onde quer que vá e, muitas vezes, vem em grande parte de outras mulheres. O que ela veste, seu peso, sua aparência física, tudo é avaliado e criticado. A mídia continua usando o corpo da mulher para atrair audiência e, inconscientemente, as mulheres se sentem diminuídas e sentem vergonha por não serem tão belas. Se trabalha se sente culpada por deixar a casa, se fica em casa se sente culpada por não estar trabalhando. “Deixa ela viver, deixa ela ser quem ela é, ela se porta como quiser! Antes de julgar olhe para si mesmo!” A Sempre Livre pensando no dia a dia da mulher lançou o novo SEMPRE LIVRE Adapt Plus Noite e Dia Suave com Abas que além do conforto, oferece proteção por até 10 horas.

ita

-se

Desconstruindo Esteriótipos  

Trabalho acadêmico desenvolvido na disciplina de Fotografia Institucional, no período de 2018/02. Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UN...

Desconstruindo Esteriótipos  

Trabalho acadêmico desenvolvido na disciplina de Fotografia Institucional, no período de 2018/02. Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UN...

Advertisement