Issuu on Google+

煤nicas ensaios

64

o

62 mem贸ria lambe-lambe, fotografia e muitas hist贸rias

106

114 varal

dicas de arte na rua e na internet

102 superf铆cies cidades censuradas reveladas em palavras e pixels

5


PROC

6

Em meio ao emaranhado de imagens que flutuam na rede, Superfícies emerge com uma nova proposta: jogar luz sobre projetos fotográficos que apresentam um caráter autoral e experimental, capazes de valorizar os processos, a concepção e o tempo próprio de cada imagem. A revista busca compartilhar fotografias que incorporam em sua poética, temas e questões que povoam a contemporaneidade seja a partir da técnica utilizada e/ou do conteúdo fotografado. Neste primeiro exemplar, Superfícies não apresenta tema específico, mas inaugura uma série de edições que tem como proposta questionar os processos de produção da sociedade e da própria imagem. Algumas perguntas atravessam o conteúdo desta edição: Como temos ocupado os espaços? Como temos lidado com o tempo? Aonde foi parar a duração? Para dar início a essa publicação, a editoria “Avesso“ apresenta o trabalho “Copa dos invisíveis”, onde o artista Pierre Souza, se apropria da fotografia para construir um gesto poético-político-social-artístico no espaço urbano. Mais à frente, a editoria “Pix”, traz um artigo do

jornalista Bernardo entre a geração de li sexual, a partir da Quinet. Em “Negati de forma prática, c dela mesmo e de o ar os seus próprios Na editoria “ tempos de fotogra de um lambe-lam da por uma de s coroa a edição co mos de censura à co que revelam Além das m trar ao longo da r selecionados para partir de um inten versa e escolha de perfícies busca da que muitas vezes s a grande quantida Pode mergul


Editorial

CESSOS

o Carneiro, que faz uma relação ixos digitais fotográficos e a pulsão a proposta do pensador Antonio ivo”, é a vez de Superfícies mostrar como a fotografia pode se valer outras tecnologias para questions processos [ou a ausência deles]. “Memórias”, a revista repensa os afia analógica a partir da história mbe de Belo Horizonte relatasuas netas. Rodrigo Campanella om um texto sobre os mecanisà cidade e um registro fotográfias dinâmicas deste fenômeno. matérias, os leitores vão enconrevista oito ensaios fotográficos a compor a primeira edição. A nso processo de encontro, conesses fotógrafos e suas obras, Suar destaque a novas produções se encontram invisíveis em meio ade de imagens em circulação. lhar em Superfícies. Boa leitura!

7


6 7