Page 1

EDITAL PARTICIPANTE DIA DO ESTUDANTE DE ARQUITETURA E URBANISMO 17 A 19 DE AGOSTO - Escola parque 314 sul


i

MAS O QUE E A FENEA? A FeNEA é uma entidade pública sem fins lucrativos, sem filiação partidária, livre e independente de órgãos públicos e privados, que hoje congrega mais de 80.000 estudantes de graduação em Arquitetura e Urbanismo, de mais de 305 instituições de ensino superior, e os representa perante órgãos governamentais e entidades de área. É a união de todos os estudantes de Arquitetura e Urbanismo do país, a coordenação local da FeNEA é o seu Centro ou Diretório Acadêmico e você é tão responsável por ela quanto qualquer um.
 Ela é a representação máxima dos estudantes de arquitetura e urbanismo. Articula o movimento estudantil do curso no país, desenvolvendo projetos ligados ao ensino, pesquisa, extensão e informação como : Encontro de Estudantes, CICAU (Congresso de Iniciação Científica de Arquitetura e Urbanismo), POEMA (Projeto de Orientação e Escritórios Modelo de Arquitetura e Urbanismo), SENEMAU (Seminário Nacional de Escritórios Modelo de Arquitetura e Urbanismo), Projeto BÚSSOLA, projeto CARAVANAS, o SeRES (Seminário Regional de Ensino), principal espaço de discussão sobre o ensino de Arquitetura e Urbanismo e os Conselhos Regionais e Nacionais.

• Representar os interesses dos e s t u d a n t e s d e a rq u i t e t u r a e urbanismo e lutar por um ensino de qualidade, através de uma discussão participativa e democrática;
 • Congregar e ampliar a participação dos estudantes enquanto cidadãos e futuros profissionais, na busca de uma formação criativa, inovadora, solidária, coletiva, humana e comprometida com questões político- sociais.


O

i

E oO que e o DEA? O DEA - Dia do Estudante de Arquitetura, é um projeto da FENEA que surgiu da necessidade de discutir o ensino e
 articular o movimento estudantil de maneira dinâmica, possuindo a mesma organização de um Encontro de Arquitetura, pórem em escala menor. É destinado à discussão dos trabalhos, projetos e posicionamentos da FeNEA, enquanto Regional, assim como a temática que é discutida a cada edição. Viemos com a proposta de promover debates e reflexões sobre o tema arterial: Território e seus sub-temas. Sendo eles: a segregação do espaço, direito à moradia, direito à cidade, locomoção, desenvolvimento urbano e políticas públicas no Distrito Federal e na RIDE - rede integrada de desenvolvimento do entorno. Nos dois primeiros dias haverá palestras, oficinas, rodas de debate e no último uma vivência para observação e reflexão sobre o tema


O QUE TE SEGREGA?


Diz pra mim O QUE TE SEGREGA? Na sua realidade, quais as coisas que impedem a realização de uma atividade? O Dia do Estudante de Arquitetura - DEA, surge com a proposta de promover debates e reflexões sobre a região em que vivemos, a RIDE, como tema principal a segregação aqui existente. Brasília em si foi criada no intuito de povoar a parte central do brasil, desde já, surgiu como um polo de desenvolvimento, trazendo uma quantidade enorme de imigrantes, primeiramente para a construção da cidade e posteriormente acabaram se fixando no Distrito Federal e seu entorno. O mau planejamento, fez com que a cidade crescesse sem controle, e após a concretização da cidade precisaria de um lugar p a r a s e e s t a b e l e c e r, d e t r a b a l h o , d e infraestrutura, área de educação saúde e lazer. Porém a maioria não tinha nada, apenas um sonho de uma vida melhor. E foi desse sonho espontâneo que se estabeleceram, criando vilas e cidades ao entorno de Brasília. Quanto mais a cidade crescia, menos se tinha a ordem e controle, cada vez ficava mais clara a disparidade social e econômica dentro do espaço, que ao mesmo tempo em que era único, se passava por várias Brasílias. Onde cada um cria sua realidade de acordo com a região que mora, sendo ela a cidade icônica que mascara a sua segregação em meio aos vários prémios e simbolismo impostos pela cidade moderna ideal. Mas quão determinante pode ser um arquiteto na construção de um organismo vivo, mutável, a ponto de ditar a maneira em que se deve habitar, transitar para se desenvolver de forma ideal?

HABITAR

O direito de habitação é fundamental e de todos, vistas a importância do modo de viver e a identidade social do espaço consolidado através do edificar para a formação profissional do arquiteto. No intuito de aguçar a percepção desses espaços construídos não apenas como edificação mas com o valor expressivo e simbólico agregado a estes.Nesse ponto serão discutidas as diferentes percepções do habitar, que por algumas vezes é vista como forma segregada entre certas áreas e em outras tantas é vista com grande similaridade, mantendo um padrão.

TRANSITAR

A cidade é constituída por barreiras, estas por formação, impedem o ir e vir das pessoas nessa sociedade, essas podem ser físicas, econômicas e sociais. Dentre estas temos um grande destaque em Brasília das barreiras físicas, com espaços vazios entre as áreas habitadas. O que é um empecilho quando se trata de locomoção no espaço. Pensando nisso, serão debatidos os espaços e a dificuldade vivida diariamente, para transitar a chegar nos espaços desejados dada às grandes distâncias dos espaços e como fazer para integrar melhor a região como um todo.

DESENVOLVER

A RIDE(Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal) foi formada como uma solução para a disparidade socioeconômica advinda do crescimento acelerado e desordenado. Ela abrange o Distrito Federal juntamente com partes do estado de Goiás e Minas Gerais. Tão importante quanto entender a formação da RIDE é conhecer e discutir os problemas vividos, para que se possa pensar os projetos futuros. Nesse intuito surge o interesse em debater sobre os novos projetos, conhecer o espaço e os eixos de desenvolvimentos possíveis e pré-planejados.


“Era um sábado. Juscelino estava em Brasília e fora convidado a jantar no restaurante JK, na Cidade Livre. Ao cair da tarde soubemos que grande massa popular, que estimamos em quatro mil pessoas, empunhando cartazes (‘Queremos ficar onde estamos’ ‘Viva o presidente Juscelino’ ‘Fundamos a Vila Sara Kubitschek’) se postava à frente do restaurante, onde, às 20 horas, jantaria o Presidente.
 […] Mas, o que era a Vila Sara Kubitschek?”


Ao longo da estrada Brasília-Anápolis, à direita de quem se dirige à cidade goiana, defronte da Cidade Livre, cerca de quatro mil pessoas se instalaram em menos de oito dias. Moravam da maneira mais precária: barracões de madeira velha, de lata, de folhas de zinco, de sacos de cimento. Não havia fossas. Nem água. Promiscuidade e falta de higiene. Tudo construído em poucos dias, principalmente durante a noite, para burlar a vigilância dos fiscais” (Silva, 1971: 230-231).


ii

i

voce vem ne bb ? Se você acredita na nossa temática e quer participar desse encontro lindo, chegue mais que esse DEA foi feito para você. Participando disso você vai viver 3 dias de puro conhecimento, experiência, inovação, reflexão, atualidades da Arquitetura e do Urbanismo na nossa região e inteirar-se sobre a nossa federação, e a importância do movimento estudantil na construção de cidades menos segregadas. Quanto mais participativo você for, mais fortes serão as relações com os outros participantes e mais dinâmicas serão as relações construídas. As nossas atividades serão realizadas na Escola Parque 314 Sul, um lugarzinho especial que vai acolher todos vocês. Infelizmente não poderemos acampar lá ): mas durante estes 3 dias esperamos que sintam-se em casa, apropriando-se desse espaço e o utilizando com todo o carinho (e cuidado no mundo).

Cronograma geral

Todos convidados pra ir pro bar após a ultima atividade tá?

17/08 (Sexta) - 17:00 até ás 21:00 horas 18/08 (Sábado) - 09:00 até ás 21:00 horas 19/08 (Domingo) - 11:00 até ás 17:30 horas Atividades: palestras, oficinas, mini-cursos, debates, e vivências pela cidade. (tudo isso com o apoio do CAU/DF, CAU/GO, SEGETH, Metrô/DF, CODHAB, FPSM, MTST, Janes Walk's Brasília, Urban Sketching Brasília, Stúdio Mappa, Pé Esquerdo e outros) <3 Venha fazer o DEA acontecer, vem de mente aberta, coração alegre, amor, respeito e sem ter medo de conhecer novas experiências.


e como o o faz pra participar? inscrições

As inscrições poderão ser realizadas até as 23:59 do dia 15 de Agosto no link https://docs.google.com/forms/d/1u4q8guIRRUV3RW10H5NX3ddz3CBTJnll8j3niIs2wTM/edit ou até que o mesmo atinja a cota de inscrições, encerrando-se automaticamente. 1 lote: 01 a 10 de agosto. valor: R$ 45,00 2 lote: 11 a 15 de agosto. valor: R$ 50,00 Após preencher o formulário, você terá 3 dias a partir da data de inscrição para efetuar o pagamento e enviar o comprovante, ou sua inscrição não será efetuada. O pagamento deverá ser feito por Depósito Bancário (CAIXA/lotéricas) ou Transferência na conta especificada abaixo. Este valor é referente a sua alimentação (almoço), palestras, oficinas, vivências, equipamentos, segurança e materiais usados na realização do evento. O DEA não tem fins lucrativos, e será financiado pelo valor arrecadado das inscrições inteiramente revertido para a construção do evento. Banco: Caixa Econômica Federal Agência: 3513 Operação: 013 Conta: 4058-3 Lucas Alexandre Antunes CPF: 056.279.883-80 Após realizar o pagamento, envie um e-mail para o crededeadf@gmail.com com as seguintes cópias de identificação: • • •

RG e CPF COMPROVANTE DE MATRÍCULA COMPROVANTE DE PAGAMENTO

No assunto coloque seu lote, nome completo e faculdade (Ex: 1 Lote - Jurema Silva - UNIP) e aguarde a confirmação de sua inscrição. <3 Recapitulando: 1. Se inscrever no formulário: https://docs.google.com/forms/d/ 1u4q8guIRRUV3RW10H5NX3ddz3CBTJnll8j3niIs2wTM/edit 2. Pagar por Depósito Nominal ou Transferência em até 3 dias. 3. Enviar o email pra o crededeadf@gmail.com com os documentos e comprovantes. 4. Aguardar o recebimento da confirmação da sua inscrição.


i

informacoes o o i

O DEA é um evento organizado por estudantes e para estudantes, todos nós (COMORG, apoio e participantes) devemos estar ali para aprender e fazer o nosso melhor, por isso sejamos sempre gentis com todos. Se você ver alguém precisando de ajuda, AJUDE. você também estará construindo esse encontro. Este evento é organizado por mulheres, negros e LGBT+, desta forma não será tolerado nenhum tipo de opressões ou preconceitos. Se você presenciar ou for vitima de qualquer discriminação procure a COMORG que tomaremos as providências cabíveis. Só é permitida a entrada permanência de pessoas devidamente identificadas com o crachá. Este deverá ser utilizado todo o tempo, sendo o mesmo de uso pessoal e intransferível. Caso você receba muito amor, ou perca o seu crachá estaremos confeccionando novos no valor de 5 reais. Nos ajudem a manter todo o espaço organizado e limpo. O encontro acontecerá numa escola que possui aulas logo no dia seguinte, por isso respeite o espaço. Jogue todo o seu lixo nas lixeiras e cuide da limpeza dos banheiros. Pelo amor de deus, não joguem papel higiênico nos vasos sanitários. E Proibida a entrada de garrafas de vidro, som mecânicos, armas brancas, armas de fogo, fogos de artificio. Dentro do encontro não será permitido nenhum tipo de cigarro, bebida alcoólica ou o uso de entorpecentes. Lembrem-se que estaremos dentro de uma escola, e por lei tudo isso é proibido. ( Mas lembrem-se que no sábado, após as atividades estão todos convidados pro bar <3 ) O almoço será servido em marmitas descartáveis, e sabemos que as mesmas já geram um grande volume de plástico, por isso indicamos que todos levem suas canecas/garrafas de casa, ou comprem as nossas para o consumo das bebidas. Vocês podem contribuir ainda trazendo os próprios talheres. Nós recomendamos que vocês participem de todas as palestras, oficinas e vivências, todas foram pensadas com muito carinho pra vocês, mas se quiserem morgar em algum momento respeitem as atividades que estiverem acontecendo. Cuidem de seus objetos pessoais. Normalmente as pessoas são legais, mas não custa nada ficar atento. Nós não nos responsabilizamos por objetos pessoais. O certificado só será emitido mediante a 75% de participação no evento, que terá 30 horas no total, por isso não sequela, compareça na cidade fenda todos os dias. Ao realizar sua inscrição, você concorda com os termos descritos neste edital. A COMORG colocase no direito de expulsar os participantes que não sigam as condutas aqui explicitadas. Att, Comorg DEA Distritão


Lelé conta histórias vividas nas obras de construção de Brasília, por CAU/BA

Brasília por Marta Romero

estamos te esperando Att. Comorg


Profile for Dea Distritão

Edital Participante  

Edital Participante  

Advertisement