Issuu on Google+

évoralocal

126

Câmara Municipal de Évora / Director: José Ernesto D’Oliveira // Semanário, 13 Dezembro de 2012

Árvores de Natal recicladas embelezam Évora Um total de 27 árvores de natal feitas a partir de material reciclado está, desde 12 de Dezembro, exposto no tabuleiro da Praça de Giraldo, fruto do trabalho de quase um milhar de pessoas, em representação de 22 entidades do concelho.

Deliberações

da C.M. de Évora

pág.05

Sabia que...

pág.07

A antiga zona da Judiaria de Évora se situava entre as portas de Alconchel e Raimundo?

TEATRO

Garcia de Resende

pág.09


évoralocal / pág. 02


Árvores de Natal recicladas embelezam Évora

Um total de 27 árvores de natal feitas a partir de material reciclado está, desde 12 de Dezembro, exposto no tabuleiro da Praça de Giraldo, fruto do trabalho de quase um milhar de pessoas, em representação de 22 entidades do concelho. O concurso “Árvores de Natal Recicladas”, promovido pela Câmara Municipal de Évora, realiza-se pelo terceiro ano consecutivo, tendo como objetivo a sensibilização dos jovens e da população em geral para as questões ambientais, bem como incentivar a criatividade e originalidade na construção de uma Árvore de Natal recorrendo à reutilização de materiais. Na edição deste ano do concurso, no qual estiveram envolvidas 980 pessoas, com idades compreendidas entre os 3 e os 80 anos, provenientes de jardins-de-infância, escolas, um centro comunitário e agrupamentos de escuteiros, a criatividade e a originalidade estiveram, uma vez mais, em evidência. A mostra agora inaugurada vai estar patente ao público na principal “sala de visitas” da cidade (Praça de Giraldo) até ao dia 06 de janeiro, altura em que será conhecida a árvore vencedora.

 

Quem visitar a exposição terá à sua disposição no Posto de Turismo ou nos Paços do Concelho uma urna onde poderá exercer o seu direito de voto. Quem o fizer fica habilitado ao sorteio de um telemóvel. O Concurso das Árvores de Natal Recicladas, que visa também embelezar a cidade durante a quadra natalícia, conta com o apoio do AKI e da TMN.

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 04


Deliberações da Câmara Municipal de Évora Em reunião pública de 28 de Novembro Câmara de Évora manifesta preocupação e solidariedade com despedimentos da Kemet A Câmara Municipal de Évora aprovou por unanimidade um voto de solidariedade aos trabalhadores da fábrica Kemet Electronics, em que expressa também preocupação pelo agravamento do desemprego no Município. O Presidente da Câmara Municipal, José Ernesto d’ Oliveira, já recebeu a Comissão Sindical e reuniu com a Administração da empresa, tendo dado conhecimento do assunto à Câmara, que se solidarizou com os trabalhadores alvo de despedimento e suas famílias, tendo ainda garantido a sua total disponibilidade para acompanhar todas as diligências que os mesmos se propõem realizar junto da Administração Central. Não obstante o despedimento coletivo de 154 trabalhadores (dos 300 que tinha), a Administração garantiu que a fábrica não vai encerrar, estando em preparação a reestruturação da estrutura produtiva, passando a produzir condensadores eletrolíticos (com melhores perspetivas futuras no mercado), em vez dos atuais condensadores de tântalo. O Presidente da Câmara Municipal deu conta também da reunião que foi solicitada pelo Movimento Empresarial da Restauração de Évora que entregou um manifesto de esclarecimento e de grande preocupação pela situação presente e futura da restauração em Évora, dadas as ameaças que pairam sobre este sector de importância determinante para a economia e valorização da nossa cidade. Toda a Câmara se solidarizou com esta dramática situação que ameaça a extinção de mais de metade dos estabelecimentos do setor a nível nacional e a destruição de pelo menos 100 mil postos de trabalho, considerando a

autarquia, que, na medida das suas possibilidades, prestará o seu apoio a estes profissionais, nomeadamente no acompanhar de todas as diligencias junto de quem tem poder de facto e na busca de soluções que possam minorar os efeitos do agravamento do IVA e de toda a situação social que se está a verificar. Um exemplo disso é a criação de parcerias para dinamizar atividades de animação em conjunto com outras entidades, entre elas a Entidade Regional de Turismo, sugestão apontada pelo Vereador António Dieb e que mereceu a concordância de todos. O facto de Évora ter uma restauração de grande qualidade, que tem um papel significativo na crescente atração turística, representa mais uma forte razão para salvaguarda deste sector, numa cidade Património da Humanidade que recebe cerca de 600 mil visitantes por ano, considerou ainda o Presidente do Município. Nesta reunião, a Câmara tomou também conhecimento do Relatório Final e Orçamento do projeto “Festas Populares da Cidade – Feira de S. João 2012”, cujo balanço é positivo, e aprovou, entre um conjunto de propostas para deliberação, vários processos de obras relacionados com a empresa Hagen Imobiliária, que vão permitir viabilizar a conclusão do novo empreendimento no Bairro das Pites e disponibilizar à população algumas dezenas de habitações a custos controlados.

évoralocal / pág. 05


évoralocal / pág. 06


Sabia que A antiga zona da Judiaria de Évora se situava entre as portas de Alconchel e Raimundo?

A Judiaria Espaço físico (bairro) onde a comunidade judaica eborense era obrigada a viver nos séculos XIV e XV. Situava-se junto de duas das suas portas - Alconchel e Raimundo - ocupando uma parte da encosta poente da cidade, e compreendia grande parte das Ruas do Tinhoso (actual Rua da Moeda), dos Mercadores e as várias travessas e becos. Neste espaço, a comunidade possuía os seus órgãos religiosos, administrativos e legais, com sinagogas, carniçaria, hospital, cadeia, banhos, etc. e era das mais importantes e populosas de Portugal. Após o Édito de D. Manuel de expulsão dos Judeus, esta zona sofreu profundas alterações e actualmente subsistem raros elementos da ocupação judaica, dos quais se destaca o portal ogival com marca da mezuzah na Travessa do Barão, onde provavelmente se localizava a Sinagoga. Plano de Gestão do Centro Histórico de Évora

évoralocal / pág. 07


évoralocal / pág. 08


Cinema no Auditório Soror Mariana

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 10


évoralocal / pág. 11



Évora Local n.º 126