Issuu on Google+

évoralocal

196

Câmara Municipal de Évora / Director: Carlos Pinto de Sá // Semanário, 29 Maio de 2014

Em Évora Inaugurado Parque Fotovoltaico    Um parque solar com tecnologia fotovoltaica de concentração inovadora na Europa foi hoje (dia 29) inaugurado, na Herdade da Barbarrala, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto Sá, e do Secretário de Estado da Energia, Artur Trindade. Trata-se de um investimento de cerca de cinco milhões de euros da Glintt Energy, que quer captar negócios internacionais através desta nova "montra", localizada onde anteriormente estava o aterro sanitário.

Deliberações

da C.M. de Évora

pág.05

pág.07 que... A cobertura da escadaria dos Paços do Concelho de Évora é um exemplar da arquitetura do ferro ?

Sabia

TEATRO

pág.09 pág. 09

Cinema Garcia de Resende


évoralocal / pág. 02


Em Évora Inaugurado Parque Fotovoltaico  

Um parque solar com tecnologia fotovoltaica de concentração inovadora na Europa foi hoje (dia 29) inaugurado, na Herdade da Barbarrala, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto Sá, e do Secretário de Estado da Energia, Artur Trindade. Trata-se de um investimento de cerca de cinco milhões de euros da Glintt Energy, que quer captar negócios internacionais através desta nova "montra", localizada onde anteriormente estava o aterro sanitário.

O presidente da autarquia, que se fez acompanhar pelo  restante elenco executivo, nomeadamente da vicepresidente, Elia Mira, e dos vereadores Eduardo Luciano e João Rodrigues, congratulouse com a entrada em funcionamento deste parque solar fazendo votos que "este projecto possa captar outros de igual valor tecnológico"

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 04


Deliberações da Câmara Municipal de Évora Em reunião pública de 21 de maio: Câmara de Évora aprovou acordo com ADRAL para funcionamento de incubadora de empresas A Câmara Municipal de Évora aprovou por unanimidade o Protocolo Específico de Colaboração com a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e Acordo de Cedência referente à Incubadora de Base Tecnológica do Tecnopolo de Évora. Este, visa a implementação, funcionamento e dinamização da Incubadora, um dos projetos incluídos no Programa Estratégico da Rede Urbana para a Competitividade e Inovação - Corredor Azul. O acordo de cedência tem por objeto a cedência pelo Município à ADRAL das instalações/espaço Tecnopolo para gestão e dinamização da referida Incubadora. Deste modo, segundo o Presidente da Câmara Municipal, é assegurada a garantia de financiamento do que falta da incubadora e a entrada em funcionamento desta, ficando todos os eleitos satisfeitos com a solução encontrada, dadas as dificuldades do processo. No período da Ordem do Dia foi dado conhecimento à Câmara do Acordo de Cooperação Institucional celebrado entre a autarquia e a Biblioteca Nacional de Portugal referente à colaboração mútua, desenvolvimento iniciativas conjuntas e de estratégias que contribuam para a fruição e valorização integradas do património da Biblioteca Pública de Évora. Foi tomado conhecimento da rescisão do contrato de financiamento da remodelação da Rede de Águas e Esgotos de S. Manços por parte da Comissão Diretiva do Programa Operacional Temático Valorização do Território, dado que a obra não teve execução física nem financeira nos prazos estabelecidos contratualmente. O Tribunal de Contas não concedeu o visto necessário, por que a Câmara não pode provar a existência de fundos disponíveis para a parte não comparticipada da obra. Isto deve-se à situação financeira da autarquia extremamente condicionada, nomeadamente pelo PAEL e pela Lei dos Compromissos. Tentando ultrapassar a situação, a Câmara Municipal candidatou-se a um empréstimo BEI para assegurar a parte não comparticipada, mas nunca obteve resposta por parte do Governo e, ao entrar em vigor o atual Orçamento de Estado, essa possibilidade acabou. O Presidente Carlos Pinto de Sá informou a Câmara - e também a Presidente da União de Freguesias de S. Manços e S. Vicente de Pigeiro que veio à reunião solicitar esclarecimentos e disponibilizar-se para unirem esforços conducentes à resolução do problema – que estão empenhados e a trabalhar com propostas concretas junto de várias entidades de modo a encontrar uma solução que no próximo quadro comunitário garanta verbas para esta área. Até lá, a autarquia irá ver com os seus próprios meios como poderá minorar a situação, uma vez que se trata de um problema estrutural da rede, não solucionável a curto prazo.

Nesta reunião, entre outros pontos, foram também aprovadas várias propostas de cedências de transporte e de apoios logísticos às associações que trabalham na área educativa, social e desportiva no Concelho. De salientar ainda que, no Período Antes da Ordem do Dia, o Presidente Carlos Pinto de Sá deixou uma nota de congratulação pelo término do processo negocial com a empresa Capgemini de que resulta a instalação desta no Parque Industrial e Tecnológico de Évora e a criação de centena e meia de postos de trabalho altamente qualificados e sua importância para Évora. Falou também da satisfação e significado prestigiante para o Concelho da escolha da nossa cidade para as comemorações do Dia do Advogado pela Ordem dos Advogados e dos 40 anos do Conselho Distrital, eventos que trouxeram a Évora um significativo número de advogados oriundos de todo o País. O Vereador da Cultura, Eduardo Luciano, informou sobre a realização, pela primeira vez, da Feira do Livro em conjunto com a Feira de S. João, o que possibilitará uma melhor gestão de meios. Após o evento, será feita a avaliação dos resultados em conjunto com os livreiros e também quanto à decisão da permanência em definitivo ou não deste evento no novo espaço, o Jardim Público de Évora, onde beneficiará do Palácio de D. Manuel para a realização de iniciativas caso da apresentação de livros, entre outras. A Vice-Presidente, Elia Mira, deixou uma nota de congratulação pela recente entrega de mais 40 habitações do empreendimento Hagen (Bairro das Pites) a agregados familiares com graves carências, tendo o Presidente da autarquia adiantado que existem mais cerca de uma dúzia de fogos quase terminados naquele local, em relação aos quais a Câmara Municipal está a desenvolver esforços no sentido de que possam também ser utilizados a curto prazo para habitação social.

évoralocal / pág. 05


évoralocal / pág. 06


Sabia que

A cobertura da escadaria dos Paços do Concelho de Évora é um exemplar da arquitetura do ferro ? ESCADARIA DOS PAÇOS DO CONCELHO Voltamos a falar de um conjunto onde se íntegra uma escadaria, desta feita enquanto parcela de uma raridade: um exemplar da arquitetura do ferro. Com efeito, a reação na segunda metade do século XIX ao historicismo arquitetónico, que em Portugal levou a várias reinterpretacões do tardo gótico e do manuelino quinhentistas, encontrou na arquitetura de função dos engenheiros palco preferencial. Évora, enquanto manifestação plena da medievalidade nacional não foi local de preferência para o desenvolvimento de tal arquitetura. Os poucos exemplos que se sucederam foram efemérides, criticadas e rapidamente apagadas na imagem do centro urbano. Subsistiu um exemplar: o conjunto que reorganizou o antigo pátio central do Palácio dos Condes de Sortelha, adaptado a Paços do Concelho a partir do ultimo quartel do século XIX. Datam de 1910/11 as obras que edificaram a escadaria central, (metáfora dos balcões de ferros forjados da cidade) da atual Câmara, mas é a cobertura metálica, projeto de Alfredo da Costa Campos que granjeia maior atenção. Não tanto pelo seu merecimento estrutural ou artístico, mas por representar exemplar único de um momento singular da arquitetura portuguesa. É, portanto, uma resistente memória...

Gustavo Val-Flores, Divisão do Centro Histórico, Património, Cultura e Turismo

évoralocal / pág. 07


évoralocal / pág. 08


CINEMA | Auditório Soror Mariana

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 10


évoralocal / pág. 11



Évora local196