Page 1

évoralocal

192

Câmara Municipal de Évora / Director: Carlos Pinto de Sá // Semanário, 30 Abril de 2014

Dia 6 de Maio Évora recebe Dia Paralímpico   A vice-presidente da Câmara Municipal de Évora, Elia Mira, assistiu terça-feira, à tarde, a uma sessão de formação de jovens estudantes do Curso de Desporto da Universidade de Évora, que irão estar envolvidos, como voluntários, no Dia Paralímpico, que irá decorrer em Évora, na próxima terça-feira, dia 6 de Maio. Em declarações aos jornalistas, a autarca eborense realçou a importância da realização deste evento “na nossa cidade. É cumprir, de alguma forma, os valores do 25 de Abril, que este ano celebrou 40 anos: a igualdade e o direito ao desporto para todos”.

Deliberações

da C.M. de Évora

pág.05

pág.07 Sabia que... As 8 bicas de bronze da Fonte da Praça do Giraldo simbolizam as 8 ruas de acesso à Praça?

TEATRO

pág.09 pág. 09

Cinema Garcia de Resende


évoralocal / pág. 02


Dia 6 de Maio Évora recebe Dia Paralímpico

A vice-presidente da Câmara Municipal de Évora, Elia Mira, assistiu terça-feira, à tarde, a uma sessão de formação de jovens estudantes do Curso de Desporto da Universidade de Évora, que irão estar envolvidos, como voluntários, no Dia Paralímpico, que irá decorrer em Évora, na próxima terça-feira, dia 6 de Maio. Em declarações aos jornalistas, a autarca eborense realçou a importância da realização deste evento “na nossa cidade. É cumprir, de alguma forma, os valores do 25 de Abril, que este ano celebrou 40 anos: a igualdade e o direito ao desporto para todos”. Na presença do Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Elia Mira, para além de lembrar que Évora é uma Cidade Educadora, em que todas as iniciativas contribuem para a melhoria da sociedade, lembrou que a edilidade está a efetuar algumas intervenções no Parque Municipal de Piscinas, com a ajuda de cidadãos com mobilidade reduzida, por forma a dotar estas instalações de todas as condições de acesso e usufruto por parte daquele que possuem algumas limitações. O Dia Paralímpico, promovido pelo Comité Paralímpico de Portugal, é um evento de demonstração e experimentação de modalidades paralímpicas, com os principais objetivos de afirmar o movimento paralímpico e estimular a inclusão através do desporto. O Dia Paralímpico 2014 irá decorrer, entre as 9 e as 18 horas, estando aberto a todas as pessoas, escolas, clubes e demais instituições que queiram comparecer e experimentar as modalidades representadas. O evento contará com a participação de escolas do Ensino Público e Privado, Universidade de Évora, Federações Desportivas e Associações Nacionais de Desporto para Pessoas com Deficiência. Para Humberto Santos, Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, “esta iniciativa é uma forma de colocarmos a população em contacto com a realidade paralímpica”. Através deste evento, crianças, jovens e adultos poderão experienciar várias modalidades desportivas e, em particular, algumas modalidades paralímpicas, nomeadamente: atletismo, basquetebol em cadeira de rodas, boccia, goalball, judo, natação, para-ciclismo, triatlo, esgrima em cadeira de rodas, ténis em cadeira de rodas, tiro e voleibol sentado.

 

Entre as modalidades não paralímpicas representadas estão o andebol em cadeira de rodas, o golfe e a orientação. Com o apoio da Câmara Municipal de Évora e da Universidade de Évora, o evento decorrerá em várias instalações desportivas da cidade, a saber, na Arena de Évora, nas Instalações desportivas da Escola Secundária Gabriel Pereira, nas instalações desportivas da Escola Salesianos, no Picadeiro e no Jardim público junto à Arena de Évora e, também, na Praça do Giraldo. A cerimónia de abertura realiza-se às 09h00 na Praça do Giraldo e contará com a presença do Secretário do Estado do Desporto e da Juventude, do Presidente da Câmara Municipal de Évora e do Presidente do Comité Paralímpico.

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 04


Deliberações da Câmara Municipal de Évora Em reunião pública de 9 de abril: Câmara de Évora conheceu andamento da limpeza pública no Centro Histórico O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, deu conhecimento do início da ação de limpeza e requalificação do Centro Histórico, feita com o recurso a diversos serviços camarários, que arrancou esta segunda-feira na Praça de Giraldo e irá continuar nos próximos meses, alargando-se posteriormente a outras zonas. Um assunto que mereceu também intervenções por parte dos Vereadores Eduardo Luciano e João Rodrigues que sublinharam a importância da iniciativa e o empenho e entusiasmo manifestado pelos trabalhadores envolvidos. A recente retoma do serviço de medicina laboral acessível a todos os trabalhadores camarários foi outra das informações prestadas pelo Presidente nesta reunião, serviço que tinha sido extinto nos últimos anos. O serviço de enfermagem funciona de 2ª a 4ª e 6ª feira entre as 8:30 e as 12:30 e às 5ªs feiras entre as 14 e as 18 horas. O médico realiza consultas às 6ªs feiras durante a manhã. Foi aprovado o documento de prestação de contas de 2013 e respetiva aplicação do resultado líquido do exercício e o seu envio à Assembleia Municipal, o qual contou com a abstenção dos vereadores da CDU por consideram que o seu conteúdo plasma as opções políticas do anterior mandato. O Presidente do Município fez considerações rápidas sobre esta matéria e referiu alguns aspetos mais relevantes, como por exemplo o elevado crescimento da dívida, o aumento do prazo médio de pagamento a fornecedores e o facto de o endividamento a médio e longo prazo ter excedido em vários milhões o limite legal. A Vice-Presidente, Elia Mira, deu conhecimento do 2º Encontro Internacional de Bulldogs Franceses que se realiza no próximo dia 26, na Horta das Laranjeiras, em Évora, organizado pela autarquia eborense e pelo Clube Português do Bulldog Francês de Évora.

Mereceu também aprovação unânime a ratificação do acordo de parceria para desenvolvimento do Programa Pegada Cultural (iniciativa Design First): Artes e Educação. Trata-se de um programa pedagógico, a desenvolver entre julho de 2014 e março de 2016, que pretende demonstrar a necessidade de se integrar o design no currículo escolar do 1º ciclo. Neste âmbito, será desenvolvido um trabalho em Portugal e Noruega, integrando a parceria portuguesa o Município de Évora, a Experimenta Associação, a Escola Técnica de Imagem e Comunicação Aplicada e o Agrupamento de Escolas Manuel Ferreira Patrício (onde a atividade será desenvolvida como oferta complementar). O Presidente da Câmara deu conhecimento da realização da Feira do Vinho “Evorawine”, nos dias 23 e 24 de maio, no Palácio de D. Manuel, promovida pela Publiplanície e Nora Green Consulting, com o apoio logístico da autarquia, que visa promover o vinho, seus produtores e outros produtos regionais. A Câmara tomou também conhecimento do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios 2014-2018 e do Plano Operacional Municipal 2014, aprovados em reunião da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios realizada a 28 de março de 2014. De salientar ainda a aprovação do envio à Assembleia Municipal da monitorização da Carta Educativa do Concelho de Évora, documento que foi apresentado na reunião pela equipa técnica camarária que o elaborou e de significativa importância na área do planeamento e ordenamento no que concerne à oferta/procura de ensino e sua relação com a necessidade de equipamentos escolares.

évoralocal / pág. 05


évoralocal / pág. 06


Sabia que

As 8 bicas de bronze da Fonte da Praça do Giraldo simbolizam as 8 ruas de acesso à Praça?

A FONTE DA PRAÇA DO GIRALDO "...Bien merece ser coronada..." Filipe II de Portugal terá exclamado tal afirmação quando, em 1619, admirou em Évora a fonte da Praça do Giraldo, e que faz parte de um notável conjunto de empreitadas patrocinadas pelo Cardeal Rei D. Henrique. A sua construção iniciou-se no ano de 1571, pela mão do arquiteto Afonso Álvares, o mesmo que vimos concluir a Igreja de Santo Antão em 1577. É esta fonte obra monumental, de aparato, preservando-se no plinto da coroa elogio a D. Sebastião, sobrinho do Cardeal, e assume a condição de uma das mais sumptuosas peças do seu género na região. Já plenamente integrada na gramática barroca, destaca-se ainda pela persistência das bicas, carrancas de bronze, que, sendo 8, metaforizam as 8 ruas de acesso à Praça. Foi esta fonte parte integrante da alteração urbana que o Cardeal quis imprimir à cidade. Integra-se e confronta a fachada de Santo Antão, rematando um longo e profícuo período de modificações em Évora. Podemos, com propriedade, falar de uma "Évora Henriquina" para o ultimo quartel do século XVI, cidade coroada por tão requintada fonte... Gustavo Val-Flores, Divisão do Centro Histórico, Património, Cultura e Turismo

évoralocal / pág. 07


évoralocal / pág. 08


CINEMA | Igreja de São Vicente

évoralocal / pág. 03


évoralocal / pág. 10


évoralocal / pág. 11


Évora local192  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you