Issuu on Google+

Programa político da Chapa Nessas eleições, não vote em uma chapa somente porque nela estão seus amigos ou conhecidos. Vote em um programa político de lutas que atenda às suas necessidades. Guarde esse documento. Tudo o que está escrito aqui deve ser cobrado posteriormente e se você se identifica com este programa, está convidado a fazê-lo acontecer conosco. Antes de votar, compare as propostas de cada chapa. Veja o que cada uma se propõe e pode efetivamente fazer. Eleja prioridades. O papel do DCE é conscientizar e organizar os estudantes na luta pelos seus direitos e, nesse processo, a sua participação é fundamental. O DCE é pra lutar!

Independência financeira Cada chapa que se propõe a dirigir o DCE da Univille deve se propor a ser o sindicato dos estudantes da Univille. Como sindicato, deve defender os interesses dos estudantes. Independente da afinidade partidária de cada um, acreditamos que o primeiro passo para a combatividade da chapa é garantir a independência financeira de qualquer partido, empresa, ONG, igreja, parlamentar ou outra forma de financiador que possa comprometer a aplicação do programa político da chapa. Por isso estamos arrecadando todo o dinheiro da campanha nas salas em que passamos, com os membros da chapas e apoiadores. Apoiadores são todos aqueles que se identificam com o nosso programa e desejam contribuir seja política ou financeiramente conosco. São na maioria os estudantes que conversamos e, muitas vezes, os próprios professores que estão nas salas em que nós passamos e se identificam com nossa política. Não se engane! Ao contrário de alguns boatos, quem recebe verbas da Univille é o DCE e não as chapas que concorrem ao DCE. Chapa é uma coisa, diretoria do DCE é outra! Nossa independência é que nos permite ousar e defender um programa político de lutas estudantis. É o que queremos. Um DCE dos estudantes e para os estudantes. O DCE é pra lutar!

Bandeiras de luta Bandeiras de luta são os princípios que nortearão todas as ações do DCE. Defendidas pela chapa DCE é pra lutar, representam reivindicações históricas do movimento estudantil nacional e local. São deveres de toda entidade estudantil. A defesa da educação pública, gratuita e de qualidade para todos; A defesa da Federalização da Univille; A defesa do reajuste zero do valor das mensalidades da Univille; A defesa do imediato repasse das verbas do Município devidas à Univille; A defesa de eleições paritárias para a reitoria da Univille; A defesa do Passe-livre estudantil, contra os aumentos das tarifas de ônibus e por uma empresa pública de transporte coletivo na cidade;


Propostas práticas Como o próprio nome já diz, tratam-se de reivindicações imediatas. A própria direção do DCE pode (com o auxílio da Diretoria Plena e o conjunto dos acadêmicos) implementá-las a curto, médio e longo prazo ou lutar para que aconteçam. Propomos: 1 - Eleições anuais para o DCE já! Hoje o mandato do DCE é de dois anos. Nada mais anti-democrático. Queremos que todos os estudantes tenham a possibilidade de participar do DCE que é nosso. Qualquer direção que queira ficar mais de um ano no DCE, tem que fazer por merecer. Eleições anuais para o DCE. É nosso compromisso! O DCE é pra lutar! 2 - Cobrar da Univille a ampliação do Acervo de livros da Biblioteca! Os altos valores das mensalidades não condizem com a estrutura que temos. Nossa biblioteca é precária e desatualizada. A universidade precisa investir em material didático e é papel do DCE propor meios e cobrar da administração da Univille para que isso aconteça. O DCE é pra lutar! 3 - Cobrar da Univille a ampliação da rede Wireless em todo o campus! A internet é um importante e facilitador meio de pesquisa. Hoje em dia, a rede wi-fi já faz parte da estrutura que uma universidade deve proporcionar. No entanto, são constantes as reclamações dos alunos sobre a dificuldade em acessá-la nas salas de aula da Univille. É papel também do DCE cobrar que a rede seja ampliada. O DCE é pra lutar! 4 - Reivindicar o fim do pagamento de taxas na Univille! Hoje, paga-se quase vinte reais só para que possa ser solicitada a segunda chamada! Mesmo que a justificativa seja médica, a quantia não pode ser resgatada nem mesmo com o pedido indeferido. Consideramos abusivas também as taxas como a que é cobrada para utilização da quadra de esportes pelos próprios alunos da Univille. Temos o direito de usufruir de toda a estrutura da universidade gratuitamente. O DCE é pra lutar! 5 - Carteirinha do estudante: Exigir da Univille uma carteirinha da biblioteca com data de validade! Direito não se compra! O direito à meia entrada é pra quem é estudante e não somente pra quem pode pagar por um pedaço de papel. Em locais onde o desconto é possível, a carteirinha da biblioteca da Univille só é rejeitada como prova de matrícula, por não ter data de validade. O DCE deve exigir que a Univille coloque essa informação nas carteirinhas. O DCE é pra lutar! 6 - Encaminhar um estudo competente da planilha de custos da Univille! Existe um estudo do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócioeconômicos), solicitado por uma gestão antiga do DCE. Segundo o estudo "entre julho de 1994 e agosto de 2002, a Univille aumentou em 241,53% os valores das mensalidades. No mesmo período, a inflação acumulada foi de 124,78%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)”, ou seja, mais de 100% (!) acima do índice da inflação do período em oito anos, numa universidade que não tem dono e, portanto, não precisa lucrar. Existe aumento salarial que cubra isto? Nosso maior problema é a falta de informação. Que o DCE mostre a verdade e lute para mudá-la. O DCE é para lutar!


7 - Elaborar um planejamento para o DCE! Conciliar a vida acadêmica dos membros DCE com as tarefas da entidade não é fácil. Todos que concorrem ao DCE também são alunos e precisam cumprir com suas obrigações como alunos. Para isso precisamos de organização e planejamento. Essa deve ser a primeira medida do DCE. Por um DCE organizado e ativo. O DCE é pra lutar! 8 - Organizar Centros Acadêmicos (CAs) em todos os cursos! Lutar por nosso direitos é uma tarefa árdua e exige muita conscientização, organização e força de mobilização. Quanto mais dividas as tarefas, mais fácil implementá-las. É dever dos CAs auxiliar o DCE nas suas lutas bem como direito de cada estudante ter um CA organizado em seu curso. Para que toda essa cadeia funcione, é preciso que o DCE ajude a organizar CAs em cursos que não os têm e cobrar dos já existentes que cumpram seu papel. O DCE é pra lutar! 9 - Realizar assembleias gerais para discutir os problemas da Universidade! É também um direito seu ter contato direto com o DCE. Ninguém melhor do que você para apontar os problemas do dia-a-dia da sala de aula e, inclusive, apresentar propostas para resolvê-los. Temos que acabar com essa história de direções do DCE que permanecem gestões inteiras trancadas em suas salas, inativas e longe da realidade do conjunto dos estudantes. O DCE é pra lutar! 10 - Criar um jornal mural! A Univille possui muitos espaços livres para que o DCE possa implementar essa ideia e é dever do DCE comunicar-se periodicamente com os estudantes. DCE que não se comunica não está trabalhando e se não está trabalhando deve ser cobrado. O DCE é pra lutar! 11 - Criar uma diretoria do Campus de São Francisco do Sul e da Unidade Centro! O DCE só aparece nesses locais às vésperas das eleições. Temos que acabar com essa prática. Os acadêmicos da unidade Centro e do Campus de São Francisco são tão alunos da Univille quanto os demais e devem ser representados pelo DCE como tais. Contudo, essa é uma medida transitória. Nossa meta é criar CAs em todos os cursos. O DCE é pra lutar! 12 - Reativar o SEBO universitário! Uma das gestões do DCE da Univille já teve essa ideia, que foi implementada e depois esquecida pelas gestões posteriores. Numa realidade como a do Brasil, onde a maioria dos livros são caros, é extremamente interessante que o DCE disponibilize um espaço como esse. Podemos viabilizar essa ideia. O DCE é pra lutar! 13 - Reativar o CUCA (Circuito Universitário de Cultura e Arte) e criar um festival de Música universitário! Num universo tão grande de alunos como o da Univille, muitas vezes, escondem-se artistas talentosos que não possuem espaço para expor a sua arte. A universidade deve disponibilizar esse espaço e é papel do DCE lutar para garanti-lo. O DCE é pra lutar! 14 - Criar um campeonato de jogos universitários! Esse é um evento que já vem sendo pensado pela diretoria de esportes. A ideia é integrar os alunos da Univille com os de outras instituições de ensino superior de Joinville. Assim como as entidades estudantis não devem restringir sua atuação somente à sua área de intervenção, as atividades de recreação e integração do DCE também não. O DCE é pra lutar!


15 - Organizar festas universitárias! Festa não é só balada. Defendemos todas as formas de integração acadêmica e que todos os segmentos sejam respeitados. Embora não deva ser o único foco da entidade estudantil, é importante que haja esse tipo de confraternização entre os universitários. Inclusive, convidamos a todos os interessados a juntar-se a nós para que os eventos desse gênero, promovidos pelo DCE, sejam abrangidos pelas mais diferentes ideias. O DCE é pra lutar!


Programa Político DCE é pra Lutar 2011