Page 1


DAVID LOPES n.davidclopes@gmail.com cargocollective.com/davidlopes Licenciado em Pintura pela FBAUP Graduated in Painting from FBAUP (Fine Arts Academy of Porto) Exposições Exhibitions 2017 - Orvalho 2, Silo Espaço Cultura, Porto 2016 - O exercício e o corpo: dose e efeito, Galeria dos Leões, Porto 2016 - EM JOGO: Desporto, Arte e Lusofonia, FADEUP, Porto 2016 - Livros de Artista: únicos&diversos, Fundação Bento Gonçalves, Brasil 2016 - (dis)closer to the end, Museu da FBAUP 2016 - INSERT MOBILIT, CEIIA, Matosinhos Porto 2016 - SEM TÍTULO, TÉCNICA MISTA, DIMENSÕES VARIÁVEIS, Galeria Geraldes da Silva, Porto 2016 - Projeções 2016, Lugar do Desenho, Fundação Júlio Resende, Gondomar 2016 - ProAesthesis, Hospital da Prelada, Porto (c/catálogo w/ catalogue) 2016 - Quando se quer gravar, Galeria dos Leões, Porto 2016 - Aos Papéis, Palácio das Artes, Porto 2015 - Fogo, Café Duas de Letra, Porto (exposição individual individual exhibition) 2015 - 303 MPAR, Galeria Geraldes da Silva, Porto 2015 - Salão de Primavera VIII, Casino Estoril, Lisboa (c/ catálogo w/ catalogue)


Aqui conta-se uma história. Para TAL, favorece-se uma construção em sequência. A matéria plástica é a narrativa onde atuam agentes simbólicos com o espaço e a paisagem, evocando a presença de um indívíduo.

Approaching narrative as the vector of the artistic production, it’s constructed using sequence. In the story there are agents who play action in a symbolical way, such as the landscape and the space, by evoking an anonymous presence.

A nuance escultórica do papel promove novos encontros com as imagens. Por meio da montagem, as dobras potenciam proeminências intercalando um desfasamento sucessor pela depressão da dobra seguinte. Combinam-se imagens com mensagens particulares.

There’s a sculpture ambiguity that promotes new encounters with the images. By means of the installation, the folds potentate prominences interweaving the next image through the vanishing of the depression of the folds. The images are combined with particular messages.

O formato vertical promove uma leitura descendente, onde nos é descortinado uma imagem panorâmica de um espaço. E ao mesmo passo decorre uma acção, que nos retrata um momento de um afogamento.

presente na exposição ‘INSERT MOBILITY’, empresa CEIIA, Matosinhos, Porto present in the exhibition ‘INSERT MOBILITY’, company CEIIA, Oporto

e

Dear Leonard

Dear Leonard

2016

2016

aguarela e guache s/ papel de gravura

watercolor and gouache on paper

250x75x17 cm

250 x75x17 cm

The vertical format confronts the viewer with a descent reading, where an idea of curtain uncovers a panoramic image of a space. At the same time, an action takes place that finishes with a sense of a drowning.


Une Saison en Enfer 2016 aguarela, fotocópia e guache e cinzas s/ papel 107x120x9,5 cm Une Saison en Enfer 2016 Watercolor, photocopy and gouache and ashes on paper 107x120x9,5cm

presente na exposição ‘ProAesthesis’, Hospital da Prelada, Porto present in the exhibition ‘ProAesthesis’, Hospital of Prelada, Oporto e


.projecto em Júpiter project on Jupiter

Numa lógica de pensar a ficção através da experiência virtual das imagens do espaço, este corpo de trabalho afirma-se no modo instalativo enquanto multiplicador de ensaios, que falam unicamente a partir de uma imagem - o furacão de Júpiter. Thinking about fiction through the virtual experience NASA gives us from picture of space, this body of work is developed as a joint of an essay, that origin from a single picture of the hurricane of Jupiter. Is focused on the problem of having an insufficient experience with this specific places and therefore wants to be able to add more to the experience.

fotografia da instalação de ‘A redundância da paisagem, a permanência da imagem’ (2016) Installation photography of the ‘The redundant landscape, The permanence of the image’ (2016)


‘a paisagem como objecto, o objecto como imagem’ (díptico) 2015 [esquerda] aguarela, grafite e pastel s/ papel [direita] aguarela e guache s/ papel

‘the landscape as an object, The object is an image’ (diptych) 2015 [left] watercolor, graphite and pastel on paper [right] watercolor and gouache on paper

presente na exposição ‘Orvalho 2’, Silo Espaço Cultural, Porto present in the exhibition ‘Orvalho 2’, Silo Espaço Cultura, Porto presente na exposição ‘Sem Título, Técnica Mista, Dimensões Variáveis, Galeria Garaldes da Silva, Porto present in the exhibition ‘Sem Título, Técnica Mista, Dimensões Variáveis’, Gallery Geraldes da Silva, Porto e


presente na exposição ‘Orvalho 2’, Silo Espaço Cultural, Porto present in the exhibition ‘Orvalho 2’, Silo Espaço Cultura, Porto presente na exposição ‘Sem Título, Técnica Mista, Dimensões Variáveis, Galeria Garaldes da Silva, Porto present in the exhibition ‘Sem Título, Técnica Mista, Dimensões Variáveis’, Gallery Geraldes da Silva, Porto e

‘a redundância da paisagem, a permanência da imagem’

‘the redundant landscape, the permanence of the image’

(trítpico)

(triptych)

2015

2015

grafite s/papel 38x31x9cm

graphite on paper 38x31x9cm


automatismos

automamism

2015

2015

tinta de álcool s/ papel

Alcohol ink on paper

6,5x9,5cm

6,5x9,5cm

presente na exposição ‘Projecções 2016’, Lugar do Desenho, Fundação Júlio Resende, Gondomar, Porto present in the exhibition ‘Projecções 2016’, Lugar do Desenho, Fundação Júlio Resende, Gondomar, Oporto e


da série, paisagens impossíveis

from the series, impossible landscapes

2015

2015

grafite s/papel

graphite on paper

21x29,7cm

21 x29,7 cm

presente na exposição ‘Projecções 2016’, Lugar do Desenho, Fundação Júlio Resende, Gondomar, Porto present in the exhibition ‘Projecções 2016’, Lugar do Desenho, Fundação Júlio Resende, Gondomar, Oporto e


FuracĂľes

Hurricanes

2016

2016

barra litogrĂĄfica s/ papel fabriano 160gm

Litographique crayon on paper

120x200cm

120x200cm


'The TALE of ORANGE and BLUE’ é um projecto desenvolvido no espaço oficinal de impressão e gravura potenciado pelo contexto e pelo primeiro contacto com a possibilidade reprodutiva, através da construção de matrizes.

‘The TALE of ORANGE and BLUE’ is a project developed on the space of the printmaking workshop in a learning context, working in a first contact with the idea of matrix and the reproduction possibilities.

Ativou-se e moveu-se entre diferentes campos de produção, trabalhando entre o desenho, a edição e a impressão, onde sucederam quebras para dar espaço à produção escrita de um conto - e que eventualmente dá o nome ao projecto.

It jumped from different points of production, working between the printing of visual material and a writing a story, that eventually gave name to the project.

Misturando diferentes técnicas xilogravura, serigrafia, mono impressão intercalando também com desenho e pintura, formalizou-se primeiramente como um livro de artista, editado e encadernado. Formalização posteriormente revista por motivos expositivos, que eliminaram a encadernação - compreendendo a dificuldade contemporânea de expor livros de artista. O livro assume um novo corpo elástico por meio da montagem, sendo exposto a partir de canto do espaço de exposição, ecoando a ideia de livro, são dispostas de forma articulada promovendo uma nova dinâmica de leitura.

Mixing different techniques from woodcut, silk screen, mono-print as well as drawing and gouache painting, it had a first materialization as an artist book, binded and edited. For means of a public presentation, the book was untied understanding the contemporary difficulty, that artist’s books face on the exposition context. Taking place another formalization, the object founds new possibilities of presenting itself as an elastic material, using the corner of the exhibition room to echo the idea of book and creating a dynamic reading.

[cima] pág. 7 [baixo] pág. 12 [página anterior] pág. 10 [up] page 7, [down] page 12, [previous page] page 10


The Tale of Orange and Blue (livro instalação) 2015 xilogravura, serigrafia, impressão com matriz de cartão prensado, aguarela, guache s/ papel de gravura

The Tale of Orange and Blue (book instalation) 2015 Woodcut, paperboard print, silkscreen, watercolor and gouache on paper Variable dimensions

presente na exposição ‘Quando se Quer Gravar’1º momento (2016), Galeria dos Leões, Porto present in the exhibition ‘Quando se Quer Gravar’ 1st moment (2016), Gallery of Leões, Oporto e


fotografia de instalação, exposição finalista (dis)closer to the end, Museu da FBAUP photography of the installation, final exhibition (dis)closer to the end, Museum of FBAUP

Criado a partir do processo de produção de um ano. este é um corpo de trabalho que elegeu predominantemente a aguarela como matéria. A apresentação e o significado são mutáveis. O material que vem diferentes pontos de origem e do contexto de outros projectos, ganha agora protagonismo numa instalação de desenhos. Um pano - que servia a função de envolver os desenhos no espaço de ateliê - assume-se como um elemento central, numa relação dicotómica entre citação e produção, forçando a atenção para a suas características estéticas: é uma ponte para falar do grão ao lado de uma aguarela abstrata pintada a preto. Representam o ponto de partida, a partir da qual o resto da produção se lê. Mantem ainda viva a relação com a ficção através da figura de Virginia Woolf direcionando a sua presença para um espaço poético e um momento fictício.

Created from the process of the works of one year, this is a body of production that elected permanently watercolor as its medium. Its presentation and meaning are now elastic. The material that comes from different points of origin and contexts of other projects, gains now protagonism in this installation of drawings. The fabric - which function was to wrap the drawings in the atelier - is now a central element. In a dichotomous relationship between citation and production. Focusing the attention on its aesthetics features. It’s a bridge to talk about the grain, alongside an abstract watercolor painted in black. They’re the center from which the rest of the production is read. It still debates about fiction, through the figure of Virginia Woolf - directing her presence to a poetic landscape and a fictional moment. .


Portfolio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you