Page 1

Introdução ao estudo da história. – tempo histórico. Prof. David Catalunia Bento Junior.


Estudos históricos. História, mais antiga ciência humana – Grécia (Homero)  História demonstra uma preocupação no estudo das organizações temporais e físicas  Historia ciência neutra? 


Estudos históricos. 

História ciência em constante desenvolvimento – por estas razões – história espaço da escolha.

Ex: Divisão entre História e Pré História.


Estudos históricos. 

História ciência em constante desenvolvimento – por estas razões – história espaço da escolha.

Ex: Divisão entre História e Pré História.  Divisão histórica como caráter didático: Antes e depois da escrita  Relevante aos acontecimento ocidentais eurocêntricas. 


Divisão tempo Escrita e não escrita  Cristianismo  Transformações estrutura social ocidental.  Todo lugar com a mesma contagem de tempo? 


Divisão tempo Escrita e não escrita  Cristianismo  Transformações estrutura social ocidental.  Todo lugar com a mesma contagem de tempo?  árabes começam contagem só 662d.C  Judeu – respeito primeiros homens – 5773 anos. 


História  Idade antiga – até queda império romano. Sec.V  Idade Média – séc. V até XV  Idade moderna – séc. XV – rev. Francesa 1789.  Contemporânea – até dias atuais 


Pré história: 

Características culturais diferentes desenvolvimento se dá a partir de suas necessidades. Ou seja, são caráter de qualificação geral, não são regras para todas as culturas deste período.

◦ Paleolítico (idade da pedra lascada) – surgimento Hominídeos 4 milhões de anos – 10 mil a.C. – sedentarismo. ◦ neolítico (pedra polida)– 10 mil a.C. – 4 mil a.C. – Advento Escrita. ◦ Idade dos metais. (fundição do metal) – fase final do neolítico.


Paleolítico (idade da pedra lascada). 4 milhões de anos – 10 mil a.C ◦ Desconhecimento das pratica agrícola e domesticação, vivendo da coleta, pesca, caça ◦ Uso ferramentas rústicas ◦ Nomadismo ◦ Domínio do fogo  cozimento alimento (facilidades ingestão mudanças estruturais organismo); integração social; fonte de energia; afugentamento predador

◦ Homens da caverna - pinturas rupestres 

Agricultura e domesticação animais. Demarcador do fim desta idade.


Neolítico (pedra polida)– 10 mil a.C. – 4 mil a.C. ◦ Clima estabilizando ◦ Desenvolvimento agrícola. – passo conquista da natureza ◦ Polimento das pedras – maior acabando e resistência (efetividade) do material.. ◦ Domesticar animais para alimentação – fim de caçada ou seja, sedentarismo  Inicio para consumo próprio – depois também voltada para trocas.

◦ Sedentarismo aumento populacional, organização tribos e aldeias ◦ Necessidade de organização dos grupos: ESTADO, surge concomitantemente com a fundição de metais.


Idade dos metais. 

Idade dos metais. (fundição do metal) – fase final desta última, perfeição de técnicas agricultura – Características culturais e sociais advindas destas mudanças. ◦ ◦ ◦ ◦ ◦ ◦

Divisão hierárquica Guerreiros: defensa tribo Sacerdotes: guia espiritual Camponês: cuidado terra Homens: caça Mulher: colheita.


Evolução humana. Origem africana

Fóssil mais antigo – australopithecus Depois começa o gênero Homo (desenvolvimento da razão) ampliação caixa craniana.  (homo habilis – 2 milhões a 1,4 milhõeds de anos)  Homo ergaster – 1,8 a 1,2 milhões de anos  Homo erectus – 1,6 milhões a 150 mil anos  Homo neanderthalensis – 150 mil a 30 mil anos  Homo sapiens 130 – ate hoje.  


Evolução do homem.

Capítulo I - introdução aos estudos da história  

Capítulo introdutório com as perspectivas teóricas e desenvolvimento humano para história

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you