Issuu on Google+

PORTOFÓLIO DAVID RAMOS BILO


Nome: David Ramos Bilo Data de nascimento: 15.04.1984 Nacionalidade: Portuguesa Morada: Av. Dias da Silva nยบ162 Cave direita Posterior 3000 Coimbra +351 965264164 E-mail: dbilo_15@hotmail.com


Curriculum 2002.2009 Licenciado em Arquitectura pela Faculdade de ciências e tecnologias da Universidade de Coimbra com média final de 15 valores; 2005.2006 Pelo programa ERASMUS, ingressa na École d’architecture de Paris la Villette, Paris, França; 2007 Participa no workshop: “Margens utópicas do Mondego-Habitar a água”, organizado pelo dArq, Coimbra, Portugal; Prémio Universidades no concurso “Estuário do Tejo” no âmbito da Trienal Internacional de Arquitectura de Lisboa; 2008 Prémio local no 18º Concurso Ibérico Pladur; Participação no seminário “Arquitectura em Lugares Comuns”, Guimarães 2008.2009 Realiza a tese de conclusão da Licenciatura em Arquitectura, intitulada: “Paris, 3 suturas urbanas”, com obtenção de 17 valores; http://hdl.handle.net/10316/9712 Participação no 19º Concurso Ibérico Pladur; Participação no seminário “Tempo na arquitectura”, Évora 09 Aptidões linguisticas: Português: língua materna Francês: fluente Castelhano: fluente Inglês: conhecimentos básicos Aptidões informáticas: Autodesk AutoCad Autodesk 3D Studio Max Adobe Photoshop Adobe InDesign Google SketchUp


Índice

CASA DE FÉRIAS_Mira Portugal

[4]

RESIDÊNCIA SÉNIOR_Coimbra Portugal

[6]

GALERIA DE ARTE_Paris França

[8]

RESIDÊNCIA SÉNIOR_Paris França

[10]


Índice

TRIENAL DE LISBOA_Lisboa Portugal

[12]

INTERFACE_Lisboa Portugal

[14]

PAVILHÃO DE LEITURA_Coimbra Portugal

[16]

OBSERVATÓRIO_La Pedriza Espanha

[18]


Casa de Férias Praia de Mira_PORTUGAL

O terreno do projecto situa-se em pleno areal da Praia de Mira. O programa pedido consiste numa habitação unifamiliar de férias. O caractér temporário e a localização de tal projecto, remeteu-me desde início a uma certa cautela no sentido do impacto que tal construção poderia causar. Optei assim por localizar e “engavetar” a habitação no interior da duna, deixando desta forma, apenas uma enorme janela aberta para o mar...

O laminado de madeira que percorre o único alçado existente, tem a dupla função de controlar a exposição solar e ao mesmo tempo transmitir alguma privacidade à habitação.


Casa de FĂŠrias

P1

Pormenores construtivos P2

P1

P2

P3

P3


Residência Sénior Paraaquelesquejácaminhamapassoscurtos,ascirculações exteriores são muito mais apreciadas, em detrimento dos tradicionais corredores fechados Módulo habitacional

Coimbra_Portugal

Hospital de Veneza_Le Corbusier


Residência Sénior


Galeria de Arte Localizado na Île Seguin, a sul do coração de Paris, esta pequena galeria de arte contemporânea irá assumir-se como uma marca, um ponto de referência, tanto para a ilha da antiga fábrica da Renault como para o próprio rio Sena.

Paris_França

Piso -1

6

Piso 0

Piso 1


Galeria de Arte Pormenor materiais

Piso 2

Piso 3

Piso 4


Residência Sénior

Manter o espírito e os sentidos despertos: isto é, implicar as pessoas idosas na organização da vida colectiva. Um residente gere o bar, enquanto outros participam/colaboram na organização de actividades, e alguns podem mesmo dedicar-se à culinária, apoiando assim utentes que sejam mais dependentes. Tudo isto, preservando a intimidade necessária, através das duas tipologias de apartamentos existentes. Promover a vida social: a vida social de pessoas, por vezes bastante dependentes, é assim fundamental proporcionar actividades adaptadas às suas capacidades, e ainda possibilitar a criação de laços sociais e visuais abrindo o conjunto ao resto do bairro.

e is

e ru

de

l'E

gl

in

kl

n ra eF ru

e ru de la nv Co en n tio pl

ac

e

J

n ea

ès ur Ja


Residência Sénior


Trienal de Lisboa

Um olhar mais atento sobre a zona de intervenção, Cais do Sodré - Alcântara, e consecutivamente sobre toda a margem Norte torna clara a sua posição actual relativamente ao estuário: de costas para o Tejo e voltada para si mesma. Neste sentido, estender a cidade ao rio torna-se uma prioridade que só é possível eliminando a actual barreira existente ao longo do cordão ribeirinho. DESCENTRALIZAÇÃO E EXPANSÃO DO CENTRO ATÉ A MARGEM DO TEJO A falta de um fio condutor vigoroso, uma estratégia urbana consolidada e coesa faz de Lisboa uma manta de retalhos que se limita a “cozer” as diferentes intervenções urbanas que não são mais que soluções pontuais independentes numa escala inadequada, de bairro ou quarteirão. “Lisboa: cidade de bairros”. Alusivo á realidade lisboeta, este pertinente e estimulante slogan foi, em parte, o motor do nosso trabalho que pretende manter este espírito de bairro e expandi-lo, por toda a área a intervir, Cais do Sodré - Alcântara, através da criação de uma nova malha urbana densa que, simultaneamente, integre o tecido industrial pré-existente e confira uma imagem de modernidade à ribeirinha ocidental. Condicionada por uma realidade existente e confrontada com outra, proposta, uma nova leitura sobre a cidade pode ser conseguida. Assumindo cada bairro/quarteirão como uma peça de um puzzle, no qual cada peça ganha sentido quando complementa as da sua envolvente, forma-se um conjunto coeso e funcional onde o proposto reflecte o existente complementando-o..

“Lisboa: cidade de bairros”


Trienal de Lisboa

Santos ... o novo bairro

“Lisboa: cidade de bairros”

Renders realizados por João Pires


Interface Interpretar o cais do sodré como uma plataforma, uma porta de entrada diária na cidade de lisboa. Esta plataforma torna-se assim uma platarforma de captação de passageiros, canalizando-os para a cidade de lisboa e para os outros transportes Lisboa_PORTUGAL

o d iv el a s s en h o r r o u ba d o a ma d o r a

po n t in h a t el h eir a s

c a mpo g r a n d e

o r ien t e

po ç o d o bis po a l a med a ma r q u ês d e po mba l r at o

ba ix a -c h ia d o c a is d o s o d r é

I N T E R F A C E


Interface

200 cm

7 0 cm

P1

P2

P1

P2

P3

P3

P4

P4

P5

P5

Banco


Pavilhão de Leitura

Projecto realizado no âmbito do 17º Concurso Ibérico de soluções para construção PLADUR... O Parque Verde, juntamente com a ponte pedonal “Pedro e Inês”, apresenta-se como cenário da frente ribeirinha da cidade de Coimbra. Este parque assume-se hoje como o novo espaço de lazer e encontro da cidade. Optou-se pela margem esquerda do Mondego como receptora deste pavilhão de leitura, uma vez que a direita já se encontra pontuada pela zona de restauração, pelo pavilhão de Portugal e por algumas construções de carácter mais efémero, sendo a margem esquerda uma zona menos dinâmica que, ao longo dos tempos, foi sendo renegada e esquecida. A cidade de Coimbra ganha assim um novo ponto de atracção. A proposta pretende marcar uma posição e uma relação com a ponte “Pedro e Inês” e com ambas as margens do Mondego. A reutilização dos contentores utilizados nos estaleiros das obras do Parque Verde, inserido no programa Polis, foram o ponto de partida para esta intervenção, usando o contentor como módulo construtivo. Tal como um livro, neste caso, o contentor não é deitado fora ou deixado ao abandono, mas sim reciclado. Assim, esta proposta aproveita-se do potencial estrutural dos contentores para montar um edifício, que nos espaços interiores se serve dos sistemas Pladur® para ciar ambientes e conforto.

RE[AD]CYCLE

Alta de Coimbra

Santa Clara


Renders realizados por Ino Detelic

Piso 0

Piso 1

Piso 2

Pavilh達o de Leitura

Piso 3


Observatório Projecto realizado no âmbito do 18º so Ibérico de soluções para construção

ConcurPLADUR...

A zona do Yelmo de la Pedriza é o pano de fundo para o projecto da Sala de Observação Astronómica. A sua paisagem é fortemente acidentada e marcada pela presença da pedra. Escolhemos a pedra como ponto de partida do nosso projecto, procurando assim captar e reflectir a essência do lugar . O programa distribui-se por três cubos de pedra, que pela sua geometria pura afirmam a presença do homem naquele lugar remoto. Apesar dessa afirmação, durante o dia os volumes vão se misturar na paisagem natural sendo mais um conjunto de pedras na Pedriza, mas, de noite, tal como as estrelas que pontuam o céu os cubos vão pontuar a escuridão da montanha.

Yelmo de La Pedriza_ESPANHA


Observat贸rio Piso 3

Piso 2 Piso 2

Piso 1

Piso 1

Piso 1

Piso 0

Piso 0

Piso 0


Nome: David Ramos Bilo Tlf: +351 965264164 E-mail: dbilo_15@hotmail.com

...


dbilo_portofólio