Page 1

BARCO drumbeat

por Davi Carneiro FOTO divulgação

dos

56

LET ' S G O B A H IA


Pouca gente sabe, mas um dos maiores e mais caros veleiros do mundo esteve na Baía de Todos os Santos. O Drumbeat é uma embarcação de alto luxo com aluguel cotado em 170 mil euros por semana Trabalhar diante da bela vista do escritório da revista Let’s Go Bahia, situada na Avenida Sete de Setembro, é o que podemos chamar de verdadeiro privilégio. A redação fica, estrategicamente, encravada em uma grande encosta na Ladeira da Barra. Uma localização que nos presenteia com uma ampla vista da Baía de Todos os Santos. Foi justamente essa visão estonteante – um ótimo antídoto para o stress do deadline -, que determinou a escolha da embarcação de luxo que iremos mostrar com exclusividade nesta edição.

Já explico: ao chegar à revista, fomos surpreendidos por uma visão inusitada. Um dos maiores, mais modernos e luxuosos (e caros!!!) veleiros do mundo descansava calmamente a poucos metros da nossa janela nas águas transparentes logo abaixo. Tratava-se do Drumbeat, um premiado veleiro neozelandês, acostumado a navegar pelas águas do Caribe, do Pacífico Sul e de destinos como Tahiti, Riviera Francesa, Fiji, Samoa, Ilhas Cook e Tailândia. Seu aluguel (que já conta com lista de espera até o final do ano) custa a “módica” quantia de 170 mil euros por semana. Pouca gente sabe, mas esse superveleiro, que vinha das Ilhas Malvinas, passou o primeiro dia de março ancorado em Salvador a pedido dos visitantes, que fizeram questão de conhecer a cidade. Após a parada – a única programada até então em solo brasileiro – a embarcação seguiria em direção às ilhas Anguilla e Cayman, ambas no Caribe.

W W W . LETSG O B A H IA . C O M . B R

57


BARCO drumbeat

DE PASSAGEM Como a tripulação não tinha previsão para desembarque imediato, o jeito foi apurar as informações em alto-mar. Com a ajuda dos funcionários do Yacht Clube, consegui um barquinho e não titubeei: fui lá pertinho do Drumbeat. E posso dizer com propriedade: o barco é mesmo de tirar o fôlego! De uma pequena distância, olhando da pequena embarcação em que me encontrava, as medidas eram ainda mais impressionantes. Não era para menos. A sua extensão é de 53 metros de comprimento e a vela mestra tem 11 metros de altura acima do nível de flutuação. Depois de muita insistência, consegui conversar com Jemaine McKenzie, de 27 anos, neozelandês, um dos marinheiros do veleiro. “Estávamos de passagem, mas os nossos convidados fizeram questão de conhecer Salvador. Eles escolhem em quais locais iremos parar e exigiram que ancorássemos aqui. Eles acharam Salvador linda”, afirmou. Jemaine conta que o Drumbeat foi construído pelo premiado estaleiro Alloy Yachts, em 2002, com design assinado pelo renomado escritório Dubois Naval Architects. “Gracas à combinação entre modernidade e alta performance, fomos finalista do prêmio Superyacht Design Awards, em 2002, e vencedor do Best International Sailing Yacht Showboats, em 2003. Ele foi também o campeão do Rolex Transatlantic Challenge em 2005”, declarou McKenzie, cheio de orgulho.

58

LET ' S G O B A H IA

O interior do barco, todo em madeira de cerejeira, foi desenhado para refletir simplicidade e um estilo elegante-casual. O layout arrojado coloca o cockpit, a sala de jantar e o salão de convidados em um mesmo nível


Acomodações luxuosas Com casco de fibra de alumínio e uma superestrutura, o veleiro conta com luxuosas cabines que podem alojar 11 convidados com o maior conforto, além de quartos para a equipe de funcionários composta por dez pessoas. A suíte principal é muito espaçosa, ocupando o raio total do veleiro. A embarcação ainda possui quatro cabines duplas com banheiros revestidos em mármore e camas king-size. “O seu interior, todo em madeira de cerejeira, foi desenhado para refletir simplicidade e um estilo elegante-casual. O layout arrojado coloca o cockpit, a sala de jantar e o salão de convidados em um mesmo nível, o que é bastante incomum, mas maximiza a luz natural no interior do barco”, disse McKenzie. “As cores, os materiais e os móveis artesanais são projetados nos mínimos detalhes para oferecer conforto e relaxamento aos convidados”, complementou.

Além do conforto e do luxo, o veleiro combina alta performance com excelente navegabilidade. Ele é movido por um motor Caterpillar 3412E com 1.400 cavalos de potência, o que lhe permite atingir velocidade máxima acima de 16 nós. O Drumbeat é ainda equipado com uma ampla gama de equipamentos para proporcionar entretenimento aos convidados. Os equipamentos a bordo incluem uma academia completa, wakeboard, skis, windsurf, caiaques, conjunto de snorkelling, barco a vela e equipamento de mergulho. Agradeço ao Jemaine pelas informações e lhe desejo boa viagem. Enquanto ele arrumava apressado os mantimentos do veleiro, me despeço com uma pitada de inveja (admito!) dos privilegiadíssimos convidados daquele superveleiro, que iria direto de Salvador para o Caribe. E volto à terra firme no meu barquinho.

W W W . LETSG O B A H IA . C O M . B R

59


BARCO drumbeat

O barco é projetado nos mínimos detalhes para oferecer conforto e relaxamento aos convidados” Jemaine McKenzie, marinheiro

informações: Fabricante: www.alloyyachts.co.nz Tipo: Luxury sailing yacht charter boat - Dubois Ano: 2002 Altura: 11 metros Comprimento: 53 metros Velocidade Máxima: mais de 16 kn Motor: Caterpillar 3412E/1.400 cv Aluguel do Drumbeat: Tour pelo Mundo, Vanuatu, Tailândia, Tahiti, Pacífico Sul, Seychelles, Nova Zelândia, New Caledonia, Mar Mediterrâneo, Maldivas, Malásia, Oceano Indico, Riviera Francesa, Fiji, Austrália, Nova Zelândia e mares da Ásia

60

LET ' S G O B A H IA


Nautica - Drum Beat  

Conheça o Drum Beat

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you