Issuu on Google+

Trabalho da INFO Colégio Ipiranga Alunas: Beatriz Leão, Camila Pina, Isabella Moura, Ligia Santos e Mayelle Pina. Série: 7º ano Turma: A Tema: Tomate Cereja

Introdução O tomate-cereja é uma espécie de tomate bem pequena, normalmente, seu sabor é um pouco mais doce que um tomate comum. Ele é usado em saladas, enfeites de pratos sofisticados ou mesmo comido puro. Seu diâmetro varia entre três e 10 cm, e seu formato entre a esfera e a elipse.

SOLO: Areno-argiloso, profundo, solto, permeável, bem drenado e pouco ácido.

CLIMA: De preferência ameno, mas pode ser encontrado em regiões de clima tropical de altitude, subtropical e temperado.

ÁREA: Hortas em pequenos canteiros COLHEITA: De três meses a 100 dias depois do transplante

CUSTOS: Em média, dois a três reais o pé. PLANTIO: O tomate pode ser plantado o ano todo, desde que em regiões onde o clima é ameno. Temperaturas muito baixas, como geadas, ou calor em excesso, prejudicam o desenvolvimento e a produção do tomateiro. Em locais frios, o cultivo deve ser realizado entre os meses de agosto e janeiro. Plante de março a maio em áreas com temperaturas elevadas.

AMBIENTE: O tomateiro se dá bem em locais com condições climáticas variadas, porém com pouca chuva. Pode ser encontrado em regiões de clima


tropical de altitude, subtropical e temperado. Mas a cultura prefere ambientes com temperatura noturna entre 15 e 19 graus e diurna de 19 a 24 graus.

LOCAL: Para cultivar o tomate, o terreno deve ser profundo, solto, permeável, bem drenado, Areno-argiloso e com pH entre 5,5 e 6,5. O espaçamento entre plantas pode variar de 50 a 60 centímetros e, entre os sulcos, de um a 1,20 metros.

IRRIGAÇÃO: Mantenha o terreno sempre úmido. Irrigue as plantas a cada dois ou três dias. Boa incidência de sol também é recomendada, pois evita o desenvolvimento de plantas finas e quebradiças.

DICA: O tomateiro apresenta bom crescimento quando no mesmo canteiro são plantadas ervas aromáticas.

PROPAGAÇÃO: Inicie o plantio do tomateiro pelo sistema de mudas produzidas em bandejas de isopor. Coloque as sementes, que podem ser compradas em lojas de produtos agropecuários, nas células preenchidas com um substrato comercial. Evite o excesso, porém molhe diariamente as mudas nessa fase inicial. Mantenha as bandejas em ambiente protegido, para impedir ataque de pragas e insetos transmissores de doenças, como traça-do-tiro, ácaros, mosca branca, tripés, pulgões e burrinho.

TRANSPLANTE: As plantas são transplantadas para o local definitivo assim que as mudas atingirem de quatro a cinco folhas, ou de sete a dez centímetros de altura. Sem apertar muito as hastes, amarre varas de bambu ou madeira de dois metros de altura em cada planta.

COLHEITA: Com muitos ramos e caule flexível, o tomateiro tem sua colheita depois de 90 a 100 dias do início do transplante. Como o tomate continua amadurecendo fora do pé, pode ser colhido ainda não maduro.



Trabalho Tomate Cereja