Issuu on Google+

QUEOLOGIA

m Egito ainda mais antigo á 21 anos, Dirk Huyge (à direita) estuda imagens entalhadas em blocos de arenito perto da aldeia de El-Hosh, no vale do rio Nilo. Curador de antiguidades egípcias em museus belgas, Huyge, que conta com o apoio da NGS, acredita que as imagens ilustrem as mais antigas obras de arte do Egito. Os entalhes foram realizados por volta de 5600 a.c. e retratam o mecanismo dos "cercados de pesca" do Nilo, que serviam para prender os peixes em tanques. Os entalhes, porém, estão ameaçados. A exploração do arenito, interrompida

há 20 anos, pode ser retomada. E acredite: uma escola construída ao lado de um dos sítios de pesquisa de Huyge talvez use a galeria de arte rupestre como pátio de recreio para os alunos.

FOTOS DE DIRK HUYGE

NATIONAL

GEOGRAPHIC

• JANEIRO

2001


Um Egito ainda mais antigo - NGSBR