Page 1

-

--

"

COR.RIDA DE CANOAS VILA DA PICINGUABA

/ PRAIA DO CRUZEIRO

DIA 30/12/2001 A Canoa foi um dos primeiros meios de transportes do

brasileiro, e teve um valor inestimável aos povos ribeirinhos e litorâneos. Em algumas regiões o homem depende dessa embarcação para ganhar o sustento de sua família, até os dias atuais . ';A história do Brasil nos mostra em muitos momentos a importância das canoas em nossa formação. Por exemplo: nos anos de 1563, quando da celebração do Tratado de Armistício entre Índios e Portugueses (Primeiro da América) e que teve como palco as cidades paulistas de Ubatuba ( Iperoig ) e São Vicente, o vai e vem dos chefes que compunham o primeiro foco de resistência indígena denominado "CONFEDERAÇÃO DOS TAMOIO", era feito em grande canoas. Até a década de sessenta do século XX, as comunidades Caiçaras do norte do Município, dependiam daj canoa para transportar bananas, sacas de farinha, fardo de peixe seco, tonéis de aguardente, enfermos, noivos, etc ..., até o centro urbano. Mas foi com o surgimento da primeira Corrida de Canoas em 1954 na Praia do ltaguá,· que a população Ubatubense disperta uma atenção maior para o valor desse objeto.

r

r

',-

I""""

.:

--

Como nasceu a Corrida de Canoas? Em um belo dia do mês de Julho de 1954, o Professor Joaquim Lauto estava presenciando o cerco de cardume de tainhas ( 2000 ) na Praia da Pedra Grande próximo ao Cais do Porto. Ao final daquela tarefa; havia uma ALAUZA total (muitas vozes) pela farta pescaria, foi quando dois pescadores se convidaram - ''vamos PORFIÁ até o armazém do Jaca e MOLHAR A GUÉLA" ( Porfiar, porfia: lutar, disputar ), ( Molhar a Guéla ) tomar uma pinga ). Nesse momento nascia a Corrida de Canoas em Ubatuba, o Professor Joaquim Lauro


--, sempre atento a tudo, veio para sua casa e passava para o papel a. idéia de organizar uma Corrida de Canoas, e isso veio se concretizar no mês de Setembro daquele ano na festa da capelinha de Nossa Senhora das Dores, padroeira do bairro. Essa CORRIDA foi venci da pela canoa de nome "MARIA COMPRIDA", de propriedade do Senhor JURANDIR AMABE, comprada no litoral catarinense. A tripulação da canoa "Maria Comprida" era formada pelos pescadores: David Alexandrino (mestre), Paulo Barroso, Carrinho e Oliveira Melquiades da Praia da Pincinguaba. No ano de 1955 a canoa vencedora foi a 'Rainha do Mar" e no ano de 1956; foi a vez da canoa "Lutando Vence". Em 1970 o ProfessorJoaquim Lauro e os pescadores do Itaguá, resolveram construir uma canoa que se 10Wnasse competitiva, já que a cidade de São Sebastião, também realizava suas corridas e tinha no bairro de São Francisco uma equipe de bons remadores e canoas mais rápidas. Foi contratado então o famoso construtor de canoas, senhor Agrício, morador do Sertão do Ubatumirim. Em poucos meses a canoa estava pronta e recebeu o nome de "Maria Comprida" em homenagem a canoa vencedora da primeira competição em 1954. Essa canoa.iainda existe, se _encontra em - exposição no Centro de Informações Turísticas, é uma canoa que mede 9,00 metros de comprimento por 0,82 centímetros de boca. A estréia da canoa Maria Comprida em competição, ocorreu no aniversário de São Sebastião dia ] 6 de Março de 1970. Foi UlTI dia especial para a canoagem de Ubatuba, pois se fazia presente o Prefeito daquela cidade o Senhor Mansueto Pierotti, que após a execução do Hino Nacional pela Banda dó Exército ( 60 RI ) de Caçapava, dava a Largada para a Corrida, qual a canoa Maria Comprida iria vencer até com uma certa tranqüilidade. Nos dois anos seguidos; ocorreram provas em São Sebastião e Ubatuba e todas foram venci das pela canoa Maria Comprida. Mas as proezas dessa canoa e seus remadores não pararam, no dia 1 de Junho de 1973 as 4 horas e 45 minutos, a Maria Comprida deixava a Praia do Itaguá tripulada pelos caiçaras, Arthur Alexandrino, João Corrêa Leite (Jango), CarIos Alberto de Moraes (Carrinho), Antônio Barroso Filho (Barrosinho) e Nilo 0

.,.

" '"

• ~ ~ ~ r:

~


.

r--.

t

r r

r

)

..t.

Vieira e remaram té a cidade de Santos (2 J 5Kms aproximadamente). No dia anterior à grande jornada na capelinha do Itaguá, houve uma •• missa e benção da canoa pelo Padre caiçara Benedito Ballio. No dia seguinte ás 3:30 horas os moradores do bairro foram acordados pelos estampidos do foguetório na beira da praia. Quando chegou o momento da partida, a comunidade Itaguaense estava no local para desejar uma boa viagem aos remadores. Essa jornada não foi idealizada apenas para enaltecer a bravura daqueles remadores, mas para mostrar aos jovens como eram feitas essas jornadas pelos antigos caiçaras até os meados de 1940. Os caiçaras saiam de • Ubatuba com destino a cidade de Santos, em canoas enormes carregados de Tonéis de Pingas, sacas de Farinha de Mandioca, carga de Peixe Seco, etc... para comerciaJizar. Essas canoas usavam até 08 remadores e eram impulsionadas também pelo Traquete (VELA), e chamava-se Canoa de Voga. O segundo ponto foi para , exaltar os Indios, que saiam em grandes canoas com até 20 tripulantes cada, para guerrear contra os portugueses na região de São Vicente e Planalto de Piratininga. No ano seguinte ( 1973 ) a canoa Maria Comprida parte da Praia do Itaguá e vai até Paraty, RJ, levar convites aos canoeiros daquela cidade para participarem da Corrida em Ubatuba. Essas viagens como todas as Corridas de Canoas, foram organizadas pelo Professor Joaquim Lauro até a década de oitenta. Com o afastamento do Professor Joaquim Lauro da organização desse evento por motivos de saúde, a canoagem de Ubatuba passou por um período de total estagnação. A partir da criação da FUNDART, Ubatuba volta à ouvir falar em Corrida de Canoas e em 1992 na Festa de São Pedro, acontece o resgate dessa tradicional Competição Esportiva, genuinamente Caiçara. Atualmente temos em nossa cidade diversas corridas; no mês de Junho ( Festa de São Pedro ), Julho ( Festa de Camarão Praia da Almada e Praia do Lázaro ), Agosto ( Praia da Barra Seca .), Setembro ( Festa N.S. das Dores no bairro do Itaguá) e Festa de •• Santa Cruz no bairro do Puruba, onde essa Corrida é realizada no 'rio. Finalizando o 1°ano do III milênio, a FUNDART'fará realizar a Corrida de Canoas - Vila da Picinguaba a Paria do Cruzeiro, num


----\

percurso de aproximadamente 4 horas e meia de remo. Essa corrida será em homenagem aos índios, primeiros navegadores

do Brasil e aos pescadores especialmente os de Ubatuba, que ao-

longo desses 364 anos usaram de seus remos para contribuírem com a escrita da memória do POVO CAlÇARA.

CANOA Pequena embarcação feita de tronco de árvore conhecida também como - Uba, Piroga, Igara, etc ...

Sidney Martins Lemes Folclorista '\

\ '\ ,

..

."'\

. :"

~~ I

"

,

Corrida de Canoas  

Vila da Picinguaba/Praia do Cruzeiro - 30/12/2001

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you