Issuu on Google+

Jornal do trabalho


10 Dicas para enfrentar o mercado de trabalho Como a cada dia o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo (Clichê), esta lista pode te ajudar bastante. 1º. Estude sempre, não pare. Se você tem nível de 2º grau, faça um bom curso superior, se tem nível superior, busque uma pós-graduação como a do Senac. Clique para conhecer. 2º. Domine a Informática. Saiba operar um microcomputador, no mínimo. 3º. Use a Internet. Navegue na Internet e se mantenha conectado com o mundo e tenha acesso a oportunidades. 4º. Defina seus objetivos. Saiba o que quer e como chegar lá, isto evita perda de tempo, energia e dinheiro. 5º. Acredite e invista em você. Você é um ser que possui talentos, um potencial infinito, aproveite este fato, desenvolva-se, busque diferenciais qualitativos. 6º. Desenvolva e cultive uma rede de relacionamentos profissionais (networking), na empresa e fora dela. Configura um importante canal de ajuda nos momentos críticos e de prospecção de oportunidades. 7º. Seja (ou busque ser) criativo. O profissional que apresenta soluções e idéias inovadoras será valorizado. 8º. Seja ético nos seus atos. O sucesso profissional obtido às custas do prejuízo dos outros é efêmero. 9º. Desenvolva sua capacidade de entender e lidar com gente. Trabalhe em equipe, relacione-se, compartilhe , ensine as pessoas. Seja um profissional integrado e importante na sua empresa. 10º. Seja um profissional polivalente, um multiespecialista. Busque conhecimentos e habilidades em outras áreas.


Guia de Profissões

Administração e Negócios Artes e Design Ciências Exatas e Informática Ciências Humanas e Sociais Comunicação e Informação Engenharia Meio Ambiente e Ciências Agrárias Saúde Buscar Resultado: Administração e Negócios Bacharelado


Controller Salário: Entre R$ 12 mil e R$ 25 mil Motivo: A maior necessidade virá de empresas que precisam de um número 1 de finanças combinado com o conhecimento do mercado brasileiro e que consiga implementar melhores práticas e processos na estrutura local. Isso tudo sem abrir mão de ser um excelente comunicador com forte visão de negócios.


noticias No Pará, o Sindicato dos Lojistas de Belém (Sindiloja) ofereceu 1,5 mil vagas do curso de formação básica para o comércio e todas as vagas foram preenchidas. O curso, gratuito e com duração de um mês, capacita mão de obra para as vagas que vão surgir no comércio a partir de outubro, ligadas às festas de fim de ano. A previsão do Sindiloja é ofertar outros cursos até o fim do ano, entre eles, o de técnica de vendas. Para participar, é preciso ir até o sindicato, em Belém (Rua Gaspar Viana, 870, Reduto), e se inscrever pessoalmente, a partir do dia 14 de outubro. Em todo o país, mais de dois mil cursos formam jovens. Alguns não exigem nem o ensino fundamental completo e duram em média de três meses a um ano. A maioria é de graça. “As pessoas querem uma formação rápida uma capacitação pra entrarem no mercado de trabalho. Temos cursos nas áreas de hotelaria, gastronomia, moda, beleza, comércio, gestão, informática,

design, saúde”, explica a vice-diretora do Senac Juliana Ribas.


Darlan e murilo