Page 1

ESCOLA DA CIDADANIA DE CONTAGEM em números


CARLOS MAGNO DE MOURA SOARES Prefeito de Contagem JOÃO GUEDES VIEIRA Vice Prefeito de Contagem ANA CAROLINA PINTO CARAM GUIMARÃES Presidente Interina da Fundação de Ensino de Contagem - FUNEC

3


ELABORAÇÃO: Davidson Luiz do Nascimento Gislaine da Silva Santos Educadores Sociais da Escola da Cidadania de Contagem COLABORAÇÃO: Karla Roque Miranda Pires Secretária Adjunta de Atos do Governo Membro do Comitê Gestor da Escola da Cidadania de Contagem PROJETO GRÁFICO/DIAGRAMAÇÃO VISUAL: Raphael Pires Flávia Faria Daniel Salvador Diretoria de Comunicação da FUNEC CONTAGEM JUNHO/2016

5


HINO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM Criado pela Lei nº. 750, de janeiro de 1976 Letra Nair Mendes Moreira/ Música de Gil Vidigal e Augusto Braz Pereira Salve terra de tanto esplendor, De passado, cultura e brasões, De nobreza, esperança, labor E afeto em viris corações. Teu progresso está patente Num porvir certo e feliz. Contagem, nossa alma contente, Te quer, te ama e bendiz. Em seus campos de verde sem par, Brotam flores e luzes campinas, Ruge longe o malho a cantar, No ruído lá nas oficinas. Teu progresso está patente Num porvir certo e feliz. Contagem, nossa alma contente, Te quer, te ama e bendiz. Labutam seus filhos felizes, Buscando progresso e beleza, Nos campos de lindos matizes, Nas fábricas de tanta riqueza. Teu progresso está patente Num porvir certo e feliz. Contagem, nossa alma contente, Te quer, te ama e bendiz. Viva Contagem... Viva Contagem... Viva Contagem...

7


HISTÓRIA DO BRASÃO DE CONTAGEM O Brasão de Contagem foi criado pelo vereador Gonçalo Mattos e oficializado pela Lei 499, de 23 de maio de 1963. Significados: • Campo azul: lembra o brasão de Vasco Fernandes Coutinho, cuja capitania pertenceu Contagem como posto fiscal da Coroa Portuguesa. • Faixa púrpura (roxo) com sete estrelas: A cor das estrelas representa o privilégio da celebração do Jubileu das Dores em Contagem, por concessão especial do Papa Pio VII a uma das duas cidades autorizadas no Brasil. • Sete estrelas em campo roxo: representam as sete dores de Nossa Senhora das Dores, padroeira da cidade de Contagem. • Cruzados de Ouro: os três cruzados de ouro representam a origem portuguesa. • Chaminé: caracteriza a indústria, representa a riqueza industrial. • Jabuticabeira: representa a nossa riqueza agrícola e pastoril. • Formato do contorno do brasão: se dá pelo fato de que todas as cidades e estados próximos ao paralelo 20 utilizarem este formato. • Mote - Listel de Ouro: com a inscrição -Per Populum Omnis Potestas a Deo (em latim), cuja tradução é:Todo Poder vem de Deus pelo Povo.

8


SUMÁRIO

Apresentação ------------------------------------------------------------------------------ 11 Cursos Realizados ------------------------------------------------------------------------ 13 Formação de Educadores Sociais ---------------------------------------------------- 14 Lideranças Sociais e Comunitárias --------------------------------------------------- 16 Lideranças Estudantis ------------------------------------------------------------------- 18 Mobilizador Social para a Brigada da Limpeza 2015 ----------------------------- 20 Fitoterapia: Vivências e Práticas ------------------------------------------------------ 22 Piscicultura --------------------------------------------------------------------------------- 24 Confecção de Aquecedor Solar de Baixo Custo ----------------------------------- 26 Mobilizador Social para a Brigada da Limpeza 2016 ----------------------------- 28 Aquaponia ----------------------------------------------------------------------------------- 30 Aquarismo ----------------------------------------------------------------------------------- 32 Credenciamento de Educadores Sociais -------------------------------------------- 34 Concurso de Artigos Científicos ------------------------------------------------------ 35


10


APRESENTAÇÃO A Escola da Cidadania de Contagem “Osvaldo Orlando da Costa” é uma iniciativa da Prefeitura de Contagem, incluída no Plano Plurianual de 2014/2017, instituída por meio do Decreto nº 347, de 16 de junho de 2014, sob a coordenação da Fundação de Ensino de Contagem (Funec). Se constituindo como espaço de discussão sobre a construção permanente da cidadania e ação da comunidade na melhoria da qualidade de vida da população, a Escola da Cidadania tem por objetivo propiciar a formação política e humana dos cidadãos a fim de ampliar a participação popular na construção das políticas públicas do município de Contagem. A Escola da Cidadania está pautada no fomento à construção de um saber político popular. Visa, dessa forma, garantir a autonomia política da sociedade civil e estimular sua organização e envolvimento com a gestão do Estado democrático, poroso à participação ativa dos cidadãos na formulação de políticas públicas. Sugere, assim, o alimento educacional para a reforma e ampliação democrática da gestão pública. A Escola da Cidadania é uma Política Publica oriunda do Planejamento Participativo desenvolvido pela Prefeitura de Contagem através da participação direta da população. O Planejamento Participativo proporcionou aos contagenses sugerir ações a serem desenvolvidas pelo governo e a Escola da Cidadania foi a primeira ação deste planejamento a ser implementada pelo governo municipal. Você está recebendo mais uma publicação da Escola da Cidadania de Contagem Osvaldo Orlando da Costa. Esta publicação específica tem por objetivo apresentar, em linhas gerais, os cursos realizados pela Escola da Cidadania de Contagem, desde a sua criação. Ótima Leitura!

11


12


CURSOS REALIZADOS

Desde a sua criação, a Escola da Cidadania de Contagem tem buscado ofertar cursos que despertem o interesse da comunidade local fortalecendo, assim, a participação popular na construção das políticas públicas para o município de Contagem. Cursos já realizados pela Escola da Cidadania de Contagem: Formação de Educadores Sociais Lideranças Sociais e Comunitárias Lideranças Estudantis Mobilizador Social para a Brigada da Limpeza 2015 Fitoterapia: Vivências e Práticas Piscicultura Confecção de Aquecedor Solar de Baixo Custo Mobilizador Social para a Brigada da Limpeza 2016 Aquaponia Aquarismo – Montagem, Instalação e Ornamentação de Aquários

13


CURSO:

FORMAÇÃO DE EDUCADORES SOCIAIS PÚBLICO ALVO: Pessoas da comunidade, de instituições organizadas e da Administração Direta da Prefeitura de Contagem. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 01 curso. CARGA HORÁRIA: 35h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 15 pessoas.

14


O curso foi realizado no ano de 2014 tendo por objetivo constituir o quadro de Educadores Sociais para atuarem na Escola da Cidadania de Contagem. Foi realizado em parceria com o IC e teve por proposta apresentar a história da Educação Popular e seus conceitos, além de apresentar os instrumentos pedagógicos necessários para o bom planejamento dos cursos de formação popular.

15


CURSO:

LIDERANÇAS SOCIAIS E COMUNITÁRIAS PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias e Conselhos de Direitos. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 01 curso. CARGA HORÁRIA: 18h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 31 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento, Geraldo Magela Ferreira Campos, José Fernandes dos Santos Neto, Leonardo Ribeiro de Almeida, Marcos “Pitter” Araújo de Souza e Vânia Conceição Ferreira. Palestrantes convidados: • Maurício Peçanha - Presidente da Associação dos Deficientes de Contagem (ADC); • Joacy Severino da Silva - Professor da Rede Municipal de Ensino de Contagem e Coordenador do Projeto Boi Rosado.

16


O curso de Lideranças Sociais e Comunitárias teve por proposta qualificar e instrumentalizar as lideranças sociais, que têm o papel de encorajar e motivar as pessoas a exercerem a cidadania de maneira plena, uma vez que o líder social deve ter a capacidade de motivar um grupo a buscar soluções que beneficiem a comunidade como um todo. Ao longo do curso de formação, as lideranças puderam trabalhar os temas: História de Contagem; Organização do Território de Contagem; Liderança Social: os desafios de representar; Controle Social: um panorama histórico e conceitual; Mecanismos de Controle Social e Trabalho em Rede.

17


CURSO:

LIDERANÇAS ESTUDANTIS PÚBLICO ALVO: Grêmios Estudantis das Unidades da Funec, Diretórios Acadêmicos das Faculdades da Região Metropolitana, representantes de estudantes indicados por Universidades e escolas públicas e jovens que atuam em frentes religiosas, esportivas, culturais, de trabalhadores, de representação de gênero e nas ações plurirraciais no município de Contagem. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 01 curso. CARGA HORÁRIA: 8h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 87 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento, Gislaine da Silva Santos e Sara de Faria Andrade Ramos. Parceria: União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Contagem (Umes Contagem). Palestrantes convidados: • Perme Caetano - Professor de História; • Elaine Machado de Lima Soares – Fundação de Cultura de Contagem (Fundac).

18


O curso teve por objetivo despertar a juventude para a importância da cidadania e do protagonismo estudantil na cidade de Contagem, construindo, desta forma, entendimentos acerca da cidade onde residem, suas potencialidades e os valores coletivos fundamentais à edificação de uma sociedade moderna, inclusiva, avançada e acolhedora. Durante curso foram realizadas palestras e dinâmicas de grupo incentivando a atuação dos jovens nas políticas públicas e na captação de recursos para a mobilização social.

19


CURSO:

MOBILIZADOR SOCIAL PARA A BRIGADA DA LIMPEZA 2015 PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 08 cursos. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 416 pessoas. Educadores Sociais: Cássio Matias Gomes, Geraldo Magela Ferreira Campos Gislaine da Silva Santos, Miriam Paula Soares Simões Komel e Vânia Conceição Ferreira. Parceria: • Secretaria de Obras e Limpeza Urbana; • Federação das Entidades Comunitárias e Populares do Município de Contagem (Fecon). Palestrante convidado: Carlos Magno de Moura Soares – Prefeito de Contagem.

20


Foi realizada a formação para as lideranças sociais e comunitárias nas oito Regionais Administrativas sendo trabalhada a temática Cidadania Ambiental. A Brigada da Limpeza é um Programa criado em 2013 pela Prefeitura de Contagem cuja proposta é sensibilizar a população sobre a importância do descarte dos resíduos sólidos evitando, assim, danos ao meio ambiente e à saúde dos munícipes. Também visa orientar a população quanto às práticas adequadas para a destinação dos resíduos sólidos.

21


CURSO:

FITOTERAPIA: VIVÊNCIAS E PRÁTICAS PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 03 cursos. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 80 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento, Gislaine da Silva Santos e Marcos “Pitter” Araújo de Souza. Parceria: Centro Municipal de Agricultura Urbana e Familiar (CMAUF). Colaboradora: Clecilene Gomes de Carvalho. Palestrantes convidados: • Maria Catarina de Souza – Centro Municipal de Agricultura Urbana e Familiar (CMAUF). • Paulino Caldeira Barros - Fundador do Grupo de Plantas Medicinais do Parque Lagoa do Nado da Prefeitura de Belo Horizonte e membro da Articulação Metropolitana de Agricultura Urbana (AMAU).

22


O curso teve por proposta resgatar valores e conhecimentos da medicina popular, tradição que vem perdendo espaço com o advento da alta tecnologia da medicina moderna. O curso buscou valorizar a importância das plantas medicinais e dos fitoterápicos como alternativas para melhorar a qualidade de vida, evitando, assim, o uso excessivo de produtos quimicamente alterados, como também buscou resgatar tradições populares quanto ao uso das plantas medicinais.

23


CURSO:

PISCICULTURA PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias, Cooperativa de Aquacultura de Minas Gerais (COOPAMG), Proprietários de sítios, pessoas da Agricultura Urbana Familiar e da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 01 curso. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 50 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento e Gislaine da Silva Santos. Parceria: Projeto Aquicultura de Contagem. Palestrante convidado: Dr. Ronald Kennedy Luz – Coordenador do Curso de Aquacultura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

24


O curso teve por proposta apresentar formas para a criação da tilápia e de peixes ornamentais em tanques rede e tanques escavados, além de apresentar as boas práticas de produção. Apresentou a piscicultura como fonte de renda alternativa de maneira a não causar impactos ambientais tendo em vista que a produção pode ser feita de forma controlada. Também foi proferida uma palestra pelo Corpo de Bombeiros Militar sobre Primeiros Socorros.

25


CURSO:

CONFECÇÃO DE AQUECEDOR SOLAR DE BAIXO CUSTO PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias, Cooperativa da Construção Civil de Contagem (Coopercon Civil) e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 02 cursos. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 70 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento e Gislaine da Silva Santos. Palestrante convidado: Rafael Caldeira Xavier. - Técnico Projetista em Sistemas de Aquecimento Solar de Baixo Custo.

26


O curso teve por proposta apresentar uma forma barata e sustentável de construir um aquecedor solar com materiais alternativos e de baixo custo. Durante o curso foram apresentados três importantes benefícios que podem ser obtidos com este sistema: geração de energia 100% limpa e renovável, aumento da qualidade de vida e econômico, uma vez que reduz o consumo de energia doméstico, conservando a energia elétrica para ser usada no setor produtivo.

27


CURSO:

MOBILIZADOR SOCIAL PARA A BRIGADA DA LIMPEZA 2016 PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 08 cursos. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 640 pessoas (estimativa). Educadores Sociais: Geraldo Magela Ferreira Campos e Gislaine da Silva Santos. Parceria: • Secretaria de Obras e Limpeza Urbana; • Federação das Entidades Comunitárias e Populares do Município de Contagem (Fecon). Palestrante convidado: Carlos Magno de Moura Soares – Prefeito de Contagem.

28


Curso em andamento. O curso está sendo realizado nas 08 regionais administrativas, sendo trabalhada a temática “Todos contra o mosquito: Dengue, Chikungunya e Zika Vírus”. O Curso tem por objetivo instruir e concientizar a população quanto ao combate do mosquito Aedes Aegypti.

29


CURSO:

AQUAPONIA PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias, Cooperativa de Aquicultura de Minas Gerais (COOPAMG) e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 02 cursos. CARGA HORÁRIA: 08h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 110 pessoas (estimativa). Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento e Gislaine da Silva Santos. Parceria: Projeto Aquicultura de Contagem. Palestrante convidados: Dr. Ronald Kennedy Luz – Coordenador do Curso de Aquacultura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

30


O curso teve por proposta apresentar a aquaponia como uma alternativa de produção de peixes e vegetais menos impactante ao meio ambiente, com possibilidade de implantar este sistema em residências e em grandes complexos comerciais, resultando em baixo consumo de recursos hídricos e alto aproveitamento de resíduo orgânico. A aquaponia é baseada em um sistema de produção de alimentos que combina a aquicultura convencional com hidroponia por meio de um sistema de cultivo de recirculação de água.

31


CURSO:

AQUARISMO – MONTAGEM, INSTALAÇÃO E ORNAMENTAÇÃO DE AQUÁRIOS PÚBLICO ALVO: Lideranças Sociais e Comunitárias, Cooperativa de Aquicultura de Minas Gerais (COOPAMG) e pessoas da comunidade local. NÚMERO DE CURSOS REALIZADOS: 02cursos. CARGA HORÁRIA: 04h/a. PÚBLICO ATENDIDO: 130 pessoas. Educadores Sociais: Davidson Luiz do Nascimento e Gislaine da Silva Santos. Parceria: Projeto Aquicultura de Contagem Palestrante convidado: Dr. Ronald Kennedy Luz – Coordenador do Curso de Aquacultura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

32


O curso teve por proposta apresentar alternativas de montar, instalar e ornamentar aquários, combinando senso estético e conhecimentos técnicos dos campos da ciência, como Biologia e Química básica. O curso, dividido em módulos práticos e teóricos, abordou temáticas como histórico, qualidade da água, montagem de aquários, equipamentos, ornamentação, espécies ornamentais e manejo de aquários. Também teve por proposta apresentar o aquarismo como um hobby podendo trazer para dentro das residências o contato das pessoas com organismos vivos, atitude que fortalece o respeito à natureza. Além de ter a função decorativa no ambiente, a atividade também pode contribuir com a formação do caráter do ser humano, ligando os cidadãos à responsabilidade e conscientização ambiental.

33


CREDENCIAMENTO DE EDUCADORES SOCIAIS VOLUNTÁRIOS DA ESCOLA DA CIDADANIA DE CONTAGEM

A Escola da Cidadania de Contagem, através, da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), tornou público, no mês de dezembro, o Processo de Credenciamento de Educadores Sociais Voluntários da Escola da Cidadania de Contagem Osvaldo Orlando da Costa – Edital 04/2015, visando formar um cadastro de educadores sociais para atuar, de forma voluntária, nas atividades da escola. Estes educadores sociais auxiliarão na formulação, na mediação e no desenvolvimento das atividades de formação da Escola da Cidadania de Contagem. O credenciamento está em sua terceira etapa correspondente ao curso de Formação de Educadores Sociais. Os candidatos ao credenciamento passaram por duas etapas anteriores: análise de currículo e entrevista.

CREDENCIAMENTO DE

EDUCADORES SOCIAIS VOLUNTÁRIOS

34


CONCURSO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A Escola da Cidadania de Contagem, através da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), tornou público o Concurso de Artigos Científicos sobre as Políticas Públicas no Município de Contagem no mês de setembro, pelo seu Edital 01/2015. O concurso visa criar e compor o Banco Público de Dados de publicações e produções científicas sobre a cidade de Contagem estimulando à vertente ensino, pesquisa e extensão. O Concurso de Artigos Científicos, sobre o Universo de Contagem, tem por objetivo contribuir para a difusão do conhecimento das Políticas Públicas aplicadas no Município, buscando a participação da população, da administração pública, dos investidores privados e do meio acadêmico, estimulando o levantamento e o debate das temáticas atuais sobre o Município de Contagem, proporcionando a criação de Banco Público de Dados de publicações e produções científicas. Vários artigos científicos foram apresentados, sendo selecionados e premiados 13 trabalhos nas categorias: Nível Médio e Médio Técnico, Ensino Superior e Pós-Graduação (Especialista ou Mestrado).

CONCURSO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS 35


Osvaldo Orlando da Costa (Patrono da Escola da Cidadania de Contagem) 27/04/1938 – 04/02/1974

Osvaldo Orlando da Costa era mineiro de Passa Quatro. Estudou Engenharia na Universidade Czech Technical University, em Praga, na então Checoslováquia. Osvaldão, como era mais conhecido, era um líder inato. Sua capacidade de liderança era inconteste: chegou a participar da organização de um dos primeiros centros acadêmicos da Universidade de Praga. Alguns anos mais tarde esse tipo de atividades desembocaria na Primavera de Praga, um movimento que se iniciou a partir da mobilização de intelectuais e de estudantes. /escoladacidadaniadecontagem

36

36


Em breve a Escola da Cidadania de Contagem terรก uma nova central de cursos. Aguardem...

37


Anotações

38


Anotações

39


GABINETE DO PREFEITO

Ecc em numeros  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you