Issuu on Google+

Dezembro/2013 - Primeira Quinzena

Jornal eco do Jacuí

O mundo não será destruido por aqueles que fazem o mal E sim, por aqueles que olham o mal e nada fazem Depois de termos um analfabeto-diplomado, agora temos uma diplomada-analfabeta na gestão nacional. No sistema bi-cameral, temos as palhaçadas do Congresso, ratificadas com a magistral “atuação” do Tiririca. Além de termos um legislador condenado na presidência de uma casa que “cria” Leis. Somando-se ao fato, o silencio da Procuradoria Geral da República ante as mazelas nacionais que transitam impávidas na isonomia do compadrio. Num outro degrau dessa escada de ordinarices, temos as mais variadas espécimes do que não presta, a gerir os rumos da Nação Tupiniquim. Numa escala de valores que se compra e vende, por bem menos do que realmente valem, moralmente. Nessa senda, o STF, com o rebostiado Jose Antonio Dias Toffoli, como parte integrante dos autos da Ação Penal 470 – Mensalão, a fazer valer seu lado vendilhão, juntamente com demais da mesma laia. Exceções à parte, onde se inclui o venerável ministro Joaquim Barbosa. Nessa senda, temos um gestor à frente do ministério da saúde, e seu diploma (assim como, de outros), cuja incidência no estelionato é a opção mais óbvia, prerrogativa essa que o PGR “não vê”. Fosse o ‘Zé das Couves’ a praticar um ato ilícito, já estaria mofando na cadeia, sem direito a prisão especial, regime semi-aberto ou outras benesses, que são ofertadas para alguns dos 40 ladrões, que dão risada da cara da Nação Tupiniquim, porque o Ali Babá ainda não está a lhes fazer companhia, tampouco seu filho que, milagrosamente, em tudo o que toca, faz virar ouro, tal o lendário Midas. (sic) Reunida a “troupe” encabeçada pela apedêuta, que regurgita na mídia a boçalidade de que o Brasil começou no Ceará e que o povo cearense inaugurou o Brasil. (sic) Duvidou? Acesse: https://www.facebook.com/ photo.php?v=10201178025280832&set=vb.1476302431&type=2&theater Decorrente daí, ter a Nação à mercê de pseudos-médicos cubanos que sequer passaram pelos exames de revalida é a mais exemplar forma de crime LESA-PÁTRIA. Mas cadê a PGR, cadê as instituições que deveriam zelar pelo diploma Constitucional Pátrio? Onde será que se enfiaram as Forças Armadas? Estarão coniventes, também, às lacaiadas terceiromundistas de analfabetos-diplomados? Ante os fatos irretocáveis, há que se pensar que sim. Do contrário, não permitiriam casos como a daquela médica (sic) Norma Bárbara Hernandez Rodrigues, RMS 2100183, que receitou ao paciente tomar 20 comprimidos de Metacarbamol, que é, PASME-SE! Relaxante muscular de uso veterinário! Fato ocorrido em Barra do Corda, Maranhão. Além de outros exemplos que transitam por ai e por aqui.

Por aqui, temos aquela menina que buscou atendimento no Posto Central, obtendo diagnóstico de cefaléia, lhe sendo prescrito amoxicilina e paracetamol. Medicamentos para dor de cabeça e foi dispenbsada. (sic) Mantido o quadro de dor de cabeça, três dias após, retornou ao posto, quando foi constatada Meningite Bacteriana, cujo quadro a levou a óbito. Cadê o Conselho e demais instituições de Saúde? Até onde se sabe, a Secretaria de Saúde está mais preocupada em gastar a verba da Saúde em locações desnecessárias de prédios - tendo prédio próprio - do que investir tais valores em melhorias da saúde municipal que, como outras, dizer que ta um lixo, é depreciar o próprio lixo. Onde será que se enfiaram aquelas instituições eleitas pelo povo, para resguardar o Direito do Povo? Cadê o Ministério Público a cumprir o que lhe determina a Constituição? Quem sabe agora, com o Remanejo - não sem tempo – o novo Judiciário, dê mais celeridade no trato da coisa pública, e faça valer a máxima de que “o mundo não será destruído por aqueles que fazem o mal e sim, por aqueles que olham o mal e nada fazem.” (A. Einstein) Ion Marcelo Schmitt* *Colaborador

Eldorado do Sul mais uma vez destaque negativo na mídia

Desta vez foi no Posto de Saúde Central (foto acima) onde um diagnóstico mal feito resultou na morte da jovem Raquel Soares de Moura, de 24 anos (foto abaixo).

A jovem chegou no posto de saúde no domingo (24) sentindo fortes dores de cabeça. Após o atendimento, o médico disse apenas que ela deveria tomar analgésicos (receitou Amoxilina e Paracetamol - foto abaixo). Três dias depois, ela voltou e recebeu o diagnóstico de meningite bacteriana. Ela foi transferida de hospital, mas não resistiu.

No receituário médico (acima) foi prescrito somente Amoxilina e Paracetamol

03

Passageiros prometem protestar

A mais de um mês o presidente da câmara de vereadores de Eldorado do Sul, Rogério Munhoz, tem tentado, sem sucesso, uma solução pacífica para o impasse surgido após a decisão arbitrária da empresa Guaíba em mudar a rota dos ônibus e diminuir os horários entre Eldorado do Sul e Guaíba. Procurado pela comunidade, Rogério Munhoz vem desde então, tentado encontar uma solução para o problema do transporte coletivo no município. No início de novembro o presidente encamihou o e-mail abaixo a empresa Guaíba: Boa tarde Gostaria de informações a respeito das mudanças e diminuição das linhas e de horários dos ônibus propostos a partir de 04/11/13 para Eldorado do Sul, pois segundo proposta da empresa, onde não foi discutido no Município, esta se retirando as linhas R860, R860A, R860B, onde somados nos dias de semana tínhamos: 27 horários Guaíba/ Eldorado do Sul e 27 horários Eldorado do Sul/ Guaíba.Nos sábados 18 horários de ida e 18 de volta. Domingos 10 de ida e 10 de volta. Segundo a nova rota proposta pela empresa, criam-se as rotas R860 e R869B e os horários diminuem para: Nos dias de semana 16 Horários ida a Guaíba e 16 volta. Sábados 10 horários ida a Guaíba e 10 de volta Domingos 05 horários de ida a Guaíba e 05 de volta. Também segundo a proposta o bairro Itaí esta excluído do transporte, pois o ônibus passará somente pela Rua Porto Alegre, não entrando no Bairro Outra questão é que o bairro Chácara, não esta contemplado com o transporte de Guaíba a Eldorado do Sul, somente no fluxo contrario. O que também preocupa, é a mudança de itinerário em Guaíba, onde entra na Nei Brito no bairro Santa Rita entrando na BR 116. Qual a justificativa? Pois aumenta o percurso em 20 minutos, e da Nei Brito até a Dr. Montauri, vamos ficar sem transporte, prejudicando muitas pessoas que trabalham e estudam naquela região, EX. estudantes da Escola Dimensão, principalmente os estudantes da noite por questão de segurança. Finalizando, peço que repensem estas mudanças propostas, pois vai ser tremendamente prejudicial aos moradores de Eldorado do Sul, que já sofrem com dificuldades de transportes, principalmente dos bairros mais distantes do centro da cidade, não sendo possível arcar com mais este prejuízo. Também pedimos que qualquer mudança seja comunicado e discutido antecipadamente com a comunidade. Desde já agradeço a todos pela atenção, atenciosamente Rogerio Munhoz ( vereador de Eldorado do Sul) Eldorado do Sul 01 de Novembro de 2013

Após isso, foi realizada uma reunião na Metroplan no dia 06 de novembro onde foram atendidos pelo diretor de transito Sr.Damiani, na qual foi repassada toda a situação, inclusive da intensão dos protestos se não fossem revistos as mudanças. Segundo a Metroplan foram autorizadas as mudanças mas não sabiam das diminuições dos horários e de itinerários, mas que tudo pode ser revisto e ou ajustado. Após isso, a empresa enviou um e-mail para o presidente da câmara comunicando uma nova mudança à partir de 13 de novembro. Mas infelizmente a empresa novamente não cumpriu.


Pág 03 dezembro 1qz