Page 1

02

Jornal eco do Jacuí

Descaso com os usuários Até quando?

O Povo quer saber

Seis ônibus da empresa Expresso Guaíba foram destruídos parcialmente durante um protesto contra o aumento nas passagens em 11,8%, no município de Guaíba. Cerca de 500 pessoas participaram do protesto. Outros 12 ônibus ficaram avariados. Quatro ônibus do total de 18 atingidos foram depredados com a quebra de todos os vidros, e dois outros foram incendiados. Não houve vítimas. Um dos sócios da empresa, Gérson Picolli, avaliou as perdas em R$ 150 mil. O protesto ocorreu na entrada da cidade, pela rodovia BR-116, próximo à garagem da empresa, no bairro Cohab Santa Rita, em Guaíba. Também foi ateado fogo à pista, para evitar a locomoção no local. Em razão do incidente, houve atraso na circulação dos ônibus. O serviço iniciou com duas horas de atraso, mediante a escolta policial. De acordo com os moradores do bairro, cuja maioria depende dos ônibus para sua locomoção, o alto valor da passagem dificulta inclusive a contratação de trabalhadores da cidade por empresas de Porto Alegre (a uma distância de 31 km), que se recusam, segundo eles, a pagar valores tão altos.

Profissão Político “Os mais caros do Mundo” Existe um estereotipo de que o político vai roubar e não vai fazer nada. É fato.

Manifestações como a realizada em 2004 na cidade de GuaíbaRS, somadas as de Salvador ano anterior e Fortaleza e Florianópolis no mesmo ano, provam que a única alternativa são as lutas, que já impuseram grandes derrotas aos tubarões do transporte coletivo. O Estado do Rio Grande do Sul voltou seus olhos para a cidade de Guaíba nesse dia marcado pela indignação dos passageiros do transporte coletivo inter-municipal em 2004. Seguindo a lógica do capital, de que transporte coletivo deve dar lucro, o preço da passagem foi reajustado em 11,8%, o que provocou uma enorme revolta popular. Ônibus foram queimados e depredados, ruas foram trancadas e várias outras formas de protestos foram surgindo.

Dezembro/2013 - Primeira Quinzena

Como uma empresa privada consegue parar o trânsito numa estrada inter-municipal como a Estrada do Conde, a hora que bem entende, para fazer uma obra onde nem mesmo possui uma placa identificando o nome da empresa responsável, o valor e o tempo de duração da mesma?.

Comunicação de Perda “CERTIFICADO DE TÉCNICO AGRICOLA´´

Leonardo Osmarin comunica a perda de seu certificado de conclusão de nível médio de Técnico Agrícola,da Escola E.T.A, conforme ocorrência policial nº11570/2013 Data da ocorrência: 18/11/2013.

A imprensa burguesa na época, se prontificou em chamar os manifestantes de vândalos. Para os integrantes do PSTU, vândalos são os empresários do transporte coletivo que lucram em cima de um serviço essencial para a população, que jogam na miséria milhões de trabalhadores que não tem condições de pagar o preço da passagem, obrigando muitos a dormir nas ruas durante a semana por não terem dinheiro para voltar para casa todos os dias. Manifestações como essa de Guaíba, somadas as de Salvador no ano anterior e Fortaleza e Florianópolis no mesmo ano, provam que a única alternativa são as lutas, que já impuseram grandes derrotas aos tubarões do transporte coletivo.

Muitos cargos políticos não têm pré-requisitos de formação educacional e muitos políticos têm pouca ou nenhuma formação na área de administração. Mesmo assim, os políticos têm responsabilidades em áreas de gestão e de tomada de decisão que exigem conhecimentos em economia, finanças e administração pública. Aqui, eles são vistos como ladrões do dinheiro público, pois praticam nepotismo, desvio de verba, quebra de decoro parlamentar, quebra de sigilo bancário, superfaturamento de obras, licitações fraudulentas. Quando descobrimos alguma atitude honesta agimos como se fosse um grande evento. Quando divulgam a boa freqüência de um político, nós achamos que é maravilhoso. Tudo que deveria ser normal vira um espanto. O único evento que não espanta é saber que eles desviaram dinheiro público, que enganaram, mentiram, criaram promessas falsas e muito mais. É a banalização da profissão político. Mesmo que reescrevêssemos a história não poderíamos esconder o fato de que políticos são cada vez mais agressores do patrimônio público na forma de corrupção. Tudo começa com abuso de poder ,ou seja, são humildes o suficiente apenas para receber votos; Depois vem uma seqüência de erros camuflados numa eterna campanha sustentada por propagandas enganosas que os mantém no palanque e nas articulações políticas durante todo o mandato.Trabalhar que é bom, muito pouco pelo preço que nós cidadãos pagamos a eles. Alguns virarão coronéis ou lobos com peles de cordeiros, mandam e desmandam sem nenhuma preocupação com as conseqüências ou danos que possam causar. Um grande professor dos “caras de paus” é o Paulo Maluf que não sabe, não assume, não foge das entrevistas e assim firma-se apenas um personagem um tanto cômico. Virou moda no Brasil e os “caras de paus” passam hoje por muitos cargos importantes do tipo “não sei de nada”. Enquanto estamos satisfeitos com a justiça por finalmente punir os corruptos, desatentos como a maioria dos brasileiros, nem percebemos que a corrupção corre frouxa e muitos milhões de reais escorregam sorrateiramente pelos ralos. A moral do político brasileiro necessita de reformas urgentes. É simplesmente nojento ver o descaso, principalmente, com a saúde, educação e segurança em meio a tantas maquiagens e corrupção. Para finalizar. Digo:

Hoje,menos de 10 anos após as manifestações, a empresa parece ter esquecido o prejuízo causado pelos manifestantes. Se é que teve algum prejuízo, já que seus lucros são exorbitantes e a empresa deve possuir um bom seguro. A prova disso, é que a Guaíba não obedeceu as ordens da Metroplan para rever as mudanças de rota e diminuição de horários impostas a população eldoradense. O que estão esperando um novo protesto para receber o seguro?

_O parlamentar brasileiro é o mais caro do mundo e Incompetente.

Mercado Parque das Acácias

_O brasileiro é o cidadão mais barato do mundo porque simplesmente se vende por pouco. É fácil comprá-los.

JOMARIS Comércio de Alimentos

Fernando Sperb * *Colaborador

F: 9693 4071 / 9976 3724

3481 1540 Tele-Taxi 24 horas Daniel Ribas Jornalista DRT 14995

ECO DO JACUÍ COMPANHIA JORNALÍSTICA LTDA. CNPJ n° 06.894.675/0001-08 INSCRIÇÃO MUNICIPAL n° 4166-1

Bazar - Avon - Natura - Langery BR 290 - Km 142 - Estrada 22 N.46

www www.. jor nalecodojacui .com.br jor nalecodojacui @hotmail.com O Jornal Eco do Jacuí não se responsabiliza por conceitos expressos em artigos assinados.

* Colunistas e colaboradores do Jornal Eco do Jacuí não são remunerados. Av. Roque J. O. Giacomelli, 542 CEP 92990-000 Parque Eldorado Eldorado do Sul/RS Caixa Postal: 263

Contatos Fones: 3481 1142 9842 2659

Pág 02 dezembro 1qz  

Jornal Eco Jacuí Eldorado do Sul Rio Grande do Sul Brasil

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you