Issuu on Google+

2

8

SALVADOR SEXTA-FEIRA 27/8/2010

Kelly Campbell / Divulgação

LETRAS Autora de Julia & Julie lança Uma história de casamento, carne e obsessão

Julie Powell mistura sexo e gastronomia em novo livro DANIELA CASTRO

Depois de ser catapultada ao sucesso com Julia & Julie – o livro que saiu de um blog e foi parar no cinema com o filme estrelado no ano passado por Meryl Streep –, a ex-secretária estadunidense Julie Powell volta a cutucar o mercado editorial com Destrinchando – Uma história de casamento, carne e obsessão. Como já sugere o título, o registro tem tom de autobiografia e pode agradar a gregos e troianos. Isso porque a autora coloca na mesma mesa seus segredos de alcova e relatos da inusitada empreitada que a levou a encarar a pesada rotina de um grande açougue localizado em Nova York . Julie Powell expõe sua vida pessoal aparentemente sem o filtro da censura. Ao leitor-voyeur ela reserva detalhes sobre a crise no casamento com Eric, que desemboca numa relação extraconjugal com um antigo colega de faculdade, no livro identificado como “D.”. É assim que ela define seu sentimento pelo marido: “Somos uma pessoa que por acaso habita dois corpos. Não tenho esse método de conexão com ninguém mais”, diz Julie sobre o marido. Já com D., aflora seu lado “travessa, sexy e intensamente amoral”.

O binômio marido-amante já seria o suficiente para encher as quase 400 páginas, mas o negócio ganha contornos um pouco mais complexos. O relacionamento extraconjugal de Julie tem suas próprias crises, abrindo brechas para ela relatar casos improváveis como o de uma transa casual com um terceiro homem, sendo este um ilustre desconhecido.

Carne forte

Mas não é só às fraquezas da carne humana que Destrinchando se dedica. O livro surpreende ao ser uma excelente fonte de informação para quem se interessa em conhecer a linha de produção que leva a carne animal do pasto até o prato. Como num diário, o leitor acompanha a rotina da moça no famoso açougue Fleischer, que a aceita para um estágio depois que vários fecham as portas ao seu projeto – ou obsessão – de se tornar especialista em carnes, conhecendo cada pedaço, osso por osso, fibra por fibra. “É muito difícil para as pessoas compreenderem uma mulher segurando uma faca de açougueiro”, conclui a aventureira que, ainda por cima, chama a atenção por ser canhota.

mais preparados. A precaução vale para trechos como aquele em que a autora descreve minuciosamente o ritual de abate de um porco, que começa com um tiro de rifle na cabeça do pobre coitado. Também não é a coisa mais fofa do mundo aprender como se retira a pequena e supervalorizada carne que fica nas bochechas do animal. Mas as páginas ganham mais sabor quando a autora compartilha suas receitas, com dicas bacanas de preparo e apresentação em tom de conversa informal. Entre os pratos sugeridos estão fraldinha, rosbife, fígado, salsichão, costelas e... bochecha de porco refogada. Volta e meia, afloram metáforas e ironias que dão conta dos apelos eróticos da comida. São impagáveis, por exemplo, as passagens sobre o processo de fabricação da linguiça, que implica um rápido movimento de vaivém “constrangedoramente reconhecível“. Mas, também, não poderia ser diferente. ”A mesa de corte é rodeada por um fluxo constante de testosterona“, registra a autora, que vê na figura do açougueiro a perfeita representação da masculinidade.

DESTRINCHANDO – UMA HISTÓRIA DE CASAMENTO, CARNE E OBSESSÃO / JULIE POWELL / EDITORA RECORD / R$ 52,90 (400 PÁGINAS)

Estômago

Não custa avisar que certos pormenores exigem estômagos

Julie Powell expõe sua vida pessoal e conta a rotina no famoso açougue Fleischer

Fique

ligado!

Os 20 primeiros assinantes A TARDE+ que ligarem hoje, 27/08, das 10h às 10h30min, para 3533-0850, ganharão 01 par de convites para este espetáculo.

Menu internacional pede atualização DANIELA CASTRO

Ocupar uma mesa num restaurante-escola tem suas vantagens. O atendimento tende a ser atencioso acima da média, já que é feito por aprendizes de garçom sob o olhar atento de um professor tarimbado. Outro bom motivo é o preço abaixo da média, o que parece honesto quando se sabe que os pratos são elaborados por mãos ainda em busca de experiência. Estes são os dois grandes trunfos do Restaurante-Escola do Senac (Casa do Comércio), que oferece menu a la carte no jantar – no almoço, o sistema é de buffet por quilo. Fica, porém, a impressão de que a casa não está acompanhando muito bem o bonde da gastronomia internacional – embora esta palavra esteja grafada em letras garrafais na entrada do agradável salão do 11º andar do prédio, no qual se tem uma bela vista da cidade.

22), que vem acompanhado de arroz de frutas. Mas se o comensal estiver com pouca sorte, a proteína chega à mesa ressecada, o que sugere que ficou tempo demais na grelha.

Pós

Naquela hora em que o paladar pede doce, mousse de tapioca com chocolate não é uma má escolha, inclusive pelo preço camarada – R$ 5. Para os que não estão muitos dispostos a combinações pouco ortodoxas, tem clássicos como o creme de papaya com cassis (R$ 12). Ambos ficam na casa do razoável, mas a apresentação é um pecado. Em taças de design antigo, com direito a um adorno de cereja artificial, só se justificaria se a proposta do restaurante tivesse algo de retrô. Mas é aconselhável continuar à mesa e aceitar o café. A bebida vem acompanhada de uma pequena porção de chantili e, o melhor, é cortesia da casa.

Enquanto se pensa no prato principal, uma boa pedida para

Naquela hora em que o paladar pede doce, mousse de tapioca com chocolate não é uma má escolha

Gastronomia baiana é tema de seminário

Jantar harmonizado reúne gourmets

Degustação de vinho em pleno alto-mar

Estão abertas as inscrições para o IV Seminário de Gastronomia Baiana, marcado para a próxima terça, às 13 horas, no Teatro Sesc-Senac Pelourinho. Com o tema Rotas Gastronômicas, Turismo e Alimentação, o evento marca o quarto aniversário do Museu da Gastronomia Baiana. A proposta do seminário, com curadoria de Raul Lody, é analisar programas que visam a valorização, preservação e difusão dos sistemas alimentares tradicionais, vistos como patrimônio cultural. A inscrição custa R$ 30 e pode ser feita em qualquer unidade do Senac. Informações pelo 3186-4000.

A quarta edição do Degustar – Circuito Gastronômico Ana Import reúne amantes da boa mesa na próxima quarta, na loja da Graça. O chef Juan Vidal, do 496 Grill & Bar, estará no comando das panelas para apresentar pratos como ceviche de frutos do mar, duo de badejo e camarão com risoto de limão siciliano e torta de maçã, harmonizados com vinhos da casa. A programação do mês seguirá com os chefs Tako Pezonaga (Mar na Boca), Zezinho (Ercolano), Bertrand (Taboada) e José Silva (Di Liana). Reservas (R$ 100) são feitas nas lojas ou pelo site: www.anaimport.com.br.

Entre os 400 barcos que participarão da 41ª Regata Aratu-Maragojipe, amanhã, dez terão ocupantes privilegiados. Em vez de competir, eles estarão curtindo uma degustação de vinhos em alto-mar. Trata-se de uma prévia do Wine Bahia, marcado para 10 e 11 de setembro, no Hotel Mercure. Os convidados irão conhecer três rótulos – Seven, Vidigal D. Dinis e Finca del Viso Airen –, sob a orientação de Andre Freire de Carvalho, connoisseur e diretor técnico do evento. O passeio inclui uma parada na Ilha Wine, em Barra do Paraguaçu, a uma hora de Salvador.

Altos e baixos

Regulamento: 1 – Promoção exclusiva para assinantes A TARDE +; 2 - Cada assinante só poderá ser premiado uma vez por semana; 3 Cada código de cliente dá direito a 01 par de convites para o espetáculo “O paciente do Dr. Piaba”, em cartaz no Teatro Jorge Amado, válidos para os dias 27 e 29/08, sexta às 22h e domingo às 20:30h; 4 - Os assinantes deverão conferir o prêmio no momento da retirada, caso contrário o Jornal A TARDE não se responsabilizará; 5 - Quantidade total limitada em 20 pares de convites; 6 - Os convites deverão ser retirados no dia 27/08, das 09 às 21h, no Salvador Shopping, na Av. Tancredo Neves, nº 2915, Alameda de Serviços, G1, Espaço A TARDE; 7 - Ao efetuar a ligação, tenha em mãos o número do seu CPF; 8 - Funcionários de A TARDE e das empresas envolvidas não participam desta promoção; 9 - Promoção válida somente para assinantes aderidos ao programa A TARDE +, com assinaturas adimplentes em Salvador e região Metropolitana; 10- A adesão ao programa A TARDE + deverá ser feita 24 horas antes da participação em quaisquer das promoções, para evitar congestionamento na operação; 9 - Promoção terá como base para ligações o horário de Salvador; 11 - Promoção válida para assinantes A TARDE + de todas as modalidades. Exceto assinantes cortesia; 12 - No momento da retirada, cada portador só poderá apresentar 1 doc. original / habilitação para retirada do brinde e/ou convites.

a entrada é o carpaccio de mignon (R$ 18), que traz lâminas de filé cru em perfeita harmonia com um molho de alcaparras e torradas integrais. Percebe-se que a porção de queijo ralado em volta do prato é dispensável, mas não compromete. Seguindo adiante, aparecem pratos como o carro-chefe filé de peixe à Casa do Comércio (R$ 30), que equilibra bem um molho branco de queijo parmesão com banana frita à milanesa. A apresentação, infelizmente, não seduz. Mas o sabor faz valer a pena a primeira garfada. Visual melhor tem o supremo de frango ao molho de cajá (R$

RESTAURANTE-ESCOLA DO SENAC (3273-9764) / AV. TANCREDO NEVES, 1.109, EDIFÍCIO CASA DO COMÉRCIO, 11º ANDAR


Gastronomia2+_270810