__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 9

ANO 4 - Nº 37 NOVEMBRO/2010

Globo / divulgação

Dançando na telona

Marco Antonio Perna

Torço para que o Mineirinho aproveite bem o momento e saiba usar esse espaço obtido na mídia para trazer mais pessoas para a dança de salão

9

“Dança Solta”. Ou: “virei professor e não sabia” Obaaa! Estou super feliz. Já sou professor de dança e não sabia. Nada da chatisse de aprender didática, nada de ficar aprendendo técnicas novas. Agora é só chegar na frente dos alunos e se balançar de tudo quanto é jeito que dá pra ganhar um trocado. Falando sério. Você já ouviu falar dessa “dança solta” que está aparecendo na TV até na Ana Maria Braga ? Pois é, nada mais é que a descoberta pela mídia do maior segredo de polichinelo da dança mundial. A dança “solta” é a mesma coisa que se faz no aquecimento antes de uma aula de dança, ou em coreografias (nesse caso sem coreografia?!?) de músicas como Macarena. É a coisa mais velha do mundo, pode-se fazer o movimento que quiser. É dança com certeza, mas não é nada novo ou que necessite de aula para que se aprenda. Aula de dança solta só se for para exercício... Nem precisa saber dançar pra ensinar. Qualquer professor de educação e física pode e deve dar essa aula porque o esforço e movimentos necessitam mais de adequação física do que de talento. Mas, verdade seja dita, o prof. Mineirinho de Maceió, que conheço de internet tem mais de 10 anos e sei que é um dos muitos incansáveis batalhadores de nossa dança, teve o mérito de estar no lugar certo, na hora certa e aproveitar a oportunidade. Garanto que mesmo sabendo que não é novidade alguma, qualquer professor de dança gostaria de ter dado a sorte de ter os seus 15 minutos da fama que o Mineirinho está tendo de graça. De graça porque ensinar a dança solta obviamente não requer

SEXTA

17 DEZ

12:30h

Organização prof.

Alexandre Nurck

nenhuma capacidade, salvo aeróbica e carisma. Veja a aula no youtube: http://www.youtube.com/ watch?v=b6s4ZyVPVW4 A única danca solta que inventaram aqui no Brasil (que eu me lembre) foi a Cabassa de João Carlos Ramos na década de 1990. Era solta, mas com movimentos identificáveis e coreografados, o que dava sentido em ter aula. Torço para que o Mineirinho aproveite bem o momento e saiba usar esse espaço obtido na mídia para trazer mais pessoas para a dança de salão. Sim, porque o indivíduo entra para a dança solta e depois passa a conhecer a dança de salão. É mais uma porta de entrada que se bem aproveitada pode gerar benefícios para nosso meio. Aliás, é como eu sempre disse, tem que facilitar a vida dos pretendentes a dançarinos. Se todo mundo ensinasse no primeiro mês de aula o dois prá lá (e pra cá), a desistência inicial dos alunos diminuiria e mesmo os que desistissem iriam conseguir dançar esse mínimo no salão. Mas hoje eles desistem e saem sem conseguir dançar absolutamente nada. Se esse mundo de gente que desiste soubesse dançar o mínimo teríamos mais lugares para dançar a dois. _________________ Marco Antonio Perna é analista de sistema, pesquisador e colecionador de filmes de dança (www.pluhma.com/blog)(www.dancadesalao. com/agenda)

Mineiro com Ana Maria Braga, no programa Mais Você (tv Globo). “Mineirinho, até os vinte e cinco anos, nunca teve sua vida ligada efetivamente à dança ou ao teatro. Trabalhou como administrador de uma grande empresa durante anos e sempre sentia que faltava alguma coisa em sua vida. Devido ao stress acumulado do trabalho, o Sr. Sander fez uma viagem para relaxar e nessa viagem teve o prazer de conhecer em Belo Horizonte uma escola de dança de salão. Foi, então, que descobriu o que lhe faltava. Fez vários cursos e, ao chegar em Maceió, o sóbrio nome de Sr. Sander deu lugar ao descontraído e alegre Mineirinho. Formado pela escola de Teatro Martins Pena - RJ, Mineirinho de Maceió tem entre os seus trabalhos destaques como a participação na novela Luz do Sol da TV Record e peças teatrais como: Ricardo Terceiro (direção de Antonio Pedro); Capital Federal (direção de Elza de Andrade); e A Vida como ela é (direção de Ancelmo Vasconcelos). Em 2007 montou a Cia. Teatral Os Fanfarrões, com o ator Raul Franco, e a partir daí produziu os espetáculos Fanfarrões A Peça, Fanfarrões Sem Concerto, e O Trem do Riso, todas com sucesso de público e critica.” (do site do ator e dançarino, em www.mineirinhodemaceio.com)

Prof. Pedrinho Alves

Sonho de Natal... Alexandre Nurck promove

Grande evento de confraternização 2010/2011 ALMOÇO DANÇANTE nodoritmo trio HÉLIO SILVA

Petrópolis

Aulas particulares e em grupo

Rua do Imperador, 842, sobrado Centro de Petrópolis - Cep 25625-010

Buffet completo, sobremesa, bebidas (inclusive chopp) e os melhores dançarinos Reservas: Clube Monte Sinai (21) 9697-6797 S. Francisco Xavier 104 - Tijuca (próximo ao metrô) Adesão: R$ 76 (R$ 72 se antecipado, até dia 13/12) 2288-2975

Inf.: (24) 2244-8686 / 9223-0303

TER

07 DEZ

18:00h Ingr.: R$ 10 mesas grátis

Country Clube de Jacarepaguá Praça Seca nº 21 - Jacarepaguá - t. 2452-5115

BAILE DO AMOR ETERNO COMEMORANDO

ANIVERSÁRIO DE

CONCEIÇÃO DOS PALMARES

BANDA NOVOS TEMPOS

Realização: Edil Ribeiro (t. 7675-5576) e Conceição dos Palmares (t. 9240-5850 / 8117-3568)

Profile for Leonor Costa

JFD 037  

edição 37, novembro / 2010, Jornal Falando de Dança

JFD 037  

edição 37, novembro / 2010, Jornal Falando de Dança

Profile for dancenews
Advertisement