Issuu on Google+

A Abelha Ó Abelha dá - me do teu mel que eu dou - te um anel que tenho aqui. Ó Menino eu não ligo bóia a essa tua jóia sai mas é daqui.


Ó Abelha dá - me essa doçura que eu dou - te a mais pura e linda flor.

Ó Menina serve - te à vontade que eu sinto vaidade ao trocar amor.


A Abelha