Page 1

e!

Novidad

Newsletter do D.A. FACE! Iniciativa da gestão, a fim de melhorar a comunicação entre o Diretório e os alunos da Faculdade. A newsletter vai divulgar boletins, oportunidade de bolsas e estágios, atividades acadêmicas e culturais, festas, entre outros, em no máximo uma mensagem por semana. Escreva u m e - m a i l p a r a newsletter_daface@googlegroups .com e peça sua inscrição!

CARTILHA DO CALOURO 1º/2011

Diretório Acadêmico da FACE - D. A. FACE Francisco Iglésias

Gestão FACE Livre – 2010/2011

* Calouras e calouros, estranharam os @s? Este manual tenta, sempre que possível, utilizar uma linguagem não-sexista, ou seja, que não trate mulheres e homens de forma desigual. Isso nem sempre é fácil, por causa das estruturas machistas da nossa língua, como, por exemplo, a ideia de que o gênero masculino é o gênero “neutro”, enquanto o feminino se refere exclusivamente a mulheres. Não existe uma solução única para esse tipo de problema, porém, uma forma possível, muito usada na Internet, é o @ que vocês viram em calour@s, veteran@s etc.

Apresentação Para entrar em contato com o D.A. FACE Email - ufmg.daface@gmail.com Site - www.face.ufmg.br/outrossites/daface Blog - dafaceufmg.blogspot.com Twitter - twitter.com/dafaceufmg Facebook - DA FACE-UFMG - acessa.me/daface_fb Orkut - DA FACE UFMG - acessa.me/daface_orkut

Esta Cartilha do Calouro é um apanhado de informações importantes para vocês, calouros e calouras, reunidas pelo D.A. FACE. Seu principal objetivo é apresentar vários aspectos da vida universitária que consideramos relevantes para qualquer estudante evitar problemas e aproveitar melhor as oportunidades que ela oferece. Como vocês vão logo perceber, nem só de ensino se faz uma Universidade, e há muito o que se conhecer e vivenciar ao longo desses próximos anos. Sejam bem-vind@s!


D.A. Francisco Iglésias O que é um Diretório Acadêmico Diretórios e Centros acadêmicos são as entidades de base do movimento estudantil. De base porque estão em contato mais próximo com os estudantes a quem visam representar, sendo diretamente eleitas por ele. Possuem, em geral, pautas mais específicas, pois atuam no ambiente de uma única faculdade ou junto a estudantes de um só curso. Assim sendo, o Diretório Acadêmico Francisco Iglésias, mais conhecido como D.A. FACE, é o órgão de representação de tod@s @s estudantes da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG. Abrange, portanto, as turmas de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Controladoria e

Finanças e Relações Econômicas Internacionais, além dos cursos de pós-graduação. O D.A. possui um estatuto registrado, que pode ser consultado por qualquer estudante. Ele tem como objetivo principal ouvir, integrar e atuar junto aos e às estudantes a respeito de qualquer assunto relevante na faculdade e para fora dela. Nesse aspecto, organizar festas, eventos acadêmicos e/ou políticos, atividades culturais, apresentações artísticas (principalmente de alunos da faculdade), garantir os espaços de convivência e facilitar a vida acadêmica são responsabilidades do D.A.

Gestão FACE Livre – 2010/2011 A gestão FACE Livre foi eleita em novembro de 2010. Esta gestão entende que um Diretório Acadêmico deve, além de representar @s estudantes nas questões relativas aos cursos e à faculdade em si, organizar atividades de vários tipos, como calouradas e festas, discussões e debates sobre toda sorte de questões, diálogo com outras entidades de representação estudantil na UFMG e no Brasil, e muito mais. As principais preocupações desta gestão referem-se à necessidade de

melhora da comunicação entre entidade e estudantes, criando ferramentas dinâmicas para isso; acompanhamento e preenchimento das representações discentes nos órgãos colegiados da faculdade; organização física e financeira do D.A.; realização de atividades acadêmicas, políticas e culturais; abordar com maior profundidade o tema das diversidades na FACE, onde questões referentes ao machismo, homofobia e racismo, tão presentes na sociedade, têm pouca visibilidade; maior atenção às

de e-mail da faculdade, mas, se não quiser usá-lo, basta redirecionar as mensagens para o seu de uso pessoal. Você também pode comprar cotas de impressão: basta fazer um depósito na conta do Niag (a conta está fixada no caixa do Banco do Brasil) e levar o comprovante.

Este é o fim das dicas para que você não caia na brincadeira dos veteranos de mandarem as pessoas para lugares totalmente aleatórios, co m o s al as de di r e t o r e s e professores com cara de mau toda vez que um calouro pede informação.

Contatos importantes Federações e executivas de curso Federação Nacional dos Estudantes de Administração www.fenead.org.br Federação Nacional dos Estudantes de Ciências Contábeis fenecic.blogspot.com Federação Nacional dos Estudantes de Economia www.feneco.org.br Federação Nacional dos Estudantes de Relações Internacionais www.feneri.org.br Federação Nacional das Executivas de Curso - fenex fenex.blogspot.com

União Nacional dos Estudantes - UNE - www.une.org.br Conselhos Regionais: Conselho Regional de Administração - www.cramg.org.br Conselho Regional de Contabilidade - www.crcmg.org.br Conselho Regional de Economia www.portaldoeconomista.org.br Outros: Sociedade Brasileira de Economia Política - www.sep.org.br

Entidades nacionais:

Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia www.anpec.org.br

Assembléia Nacional dos Estudantes - Livre! - ANEL www.anelonline.org

Associação Nacional de PósG r a d u a ç ã o e Pe s q u i s a e m Administração - www.anpad.org.br


Infomações gerais Esta seção destina-se a ajudar a tirar um pouco do estigma da “calourice” d@s calouros. Sim, sempre se reconhece o calouro como um indivíduo que anda pelos corredores olhando para todos os lados e perguntando um monte de coisas para um monte de gente. Comecemos então pela BIBLIOTECA. A entrada fica no último bloco do segundo andar, ou seja, não é necessário usar o elevador. Ela funciona 24h, mas, a partir das 22h, só se entra pelos fundos, que ficam de frente para o prédio do IGC. É necessário fazer a carteirinha para empréstimo de obras, no máximo cinco de cada vez, e a multa é de um real por dia de atraso, por cada livro. A SEÇÃO DE ENSINO é a janelinha ao lado esquerdo da entrada do estacionamento (sala 1017). Ela é responsável pela emissão de documentos acadêmicos, como comprovante de matrícula, de situação no curso e outros, além de lançamento de dados acadêmicos dos alunos, trancamento de disciplinas e aproveitamento de estudos. O COLEGIADO, diferentemente da seção de ensino, é dividido por curso, mas todos ficam no mesmo lugar (sala 1016), no corredorzinho à

direita da seção de ensino. Ele é r e s p o n s á ve l p e l a s m a t é r i a s ofertadas, assim como suas ementas e indicação de professores para cada uma delas. Lá também é o lugar que você deve procurar caso tenha qualquer problema com sua matrícula, queira fazer transferência para outra universidade ou reopção de curso (troca por outro curso da UFMG), ou tenha algum problema de infração disciplinar. A SEÇÃO DE ACHADOS E PERDIDOS é bem perdida na verdade, já que muitos veteranos não sabem que ela existe, pois fica numa das salas dos serviços gerais da faculdade. Mas nós, pessoas de pouca memória que sempre perdem as coisas, a encontramos. Ela funciona na primeira sala à esquerda logo depois que se entra pelo estacionamento, também conhecida como sala 1030. O NIAG é o setor de informática da FACE, com laboratórios e outras salas de suporte técnico. As salas de informática ficam no primeiro andar do segundo bloco à direita, mas atenção, dica que vale ouro: as melhores salas são as duas últimas. Para obter o login, é necessário fazer seu cadastro na sala ao lado da escada, levando seu comprovante de matrícula e a identidade. Você vai receber também sua conta

necessidades dos cursos noturnos da FACE e acompanhamento de todos os cursos, na intenção de conhecer e ajudar a resolver os problemas de cada um deles. Para que essas intenções de concretizem, é necessária a atuação de uma grande equipe, para além dos membros formalmente eleitos. Assim, fazem parte do Diretório Acadêmico, como colaboradores ou membros da chapa:

Administração Charles Sousa Moraes (2o secretário do D.A.) e Patrícia Milagres Contábeis Eduardo Gonçalves, Ivan Quirino Bregalda (2o tesoureiro do D.A.) e Magnum Lamounier

Economia André Veloso, Cláudio Lopes Nobre, Daniel Fernando de Souza, Eduardo Mota, Guilherme Habib, Joana Avritzer, Júlia de Car valho Nascimento, Luiza Dulci (presidenta do D.A.), Manuel Bueno, Marina Lemos da Costa Val (1a secretária do D.A.), Marina Moraes Lemos, Renata Guimarães Vieira, Tomás Lima Pimenta (vice-presidente do D.A.) e Victor Aburachid

As reuniões do D.A. acontecem todas as semanas, e suas pautas e horários serão sempre colocados nos murais localizados em frente ao espaço de convivência do Diretório (onde ficam as sinucas e o totó). As reuniões do D.A. são organizativas e deliberativas, e qualquer estudante pode participar. Elas acontecerão semanalmente, com pautas e horários divulgados em frente ao espaço de convivência D.A. Participe!

Relações Econômicas Internacionais Lucas Dutra


AAAFACE – Associação Atlética Acadêmica da FACE

Calendário das próximas atividades - 1º semestre de 2011 Estas são as principais atividades que serão realizadas pelo D.A. FACE no primeiro semestre de 2011, além dos já tradicionais butecos e demais atividades culturais, acadêmicas e políticas a serem pensadas. Mês Março Abril Maio Junho

Dias 14 a 18 23 15 04 a 08 16 a 20 18 a 21 23 a 26

Atividade Semana de Recepção dos Calouros Volta do projeto semanal de “Quartas Temáticas” Calourada FACE Eleição dos Representantes Discentes Semana da Diversidade Encontro Nacional dos Estudantes de Relações Internacionais 1o Congresso da ANEL

Em julho, ainda sem datas divulgadas, estão programados diversos encontros estudantis, além do Congresso da UNE: Encontro Nacional dos Estudantes de Economia, Encontro Nacional dos Estudantes de Administração e Encontro Nacional dos Estudantes de Ciências Contábeis. O D.A. FACE, tradicionalmente, monta delegações para esses Encontros, oferecendo subsídio para o transporte. Fique atento para essas divulgações!

Promove as atividades esportivas desta Faculdade. Os participantes da Associação Atlética Acadêmica (AAAFACE) podem ser alunos da FACE, assim como funcionários, professores e estudantes de pósgraduação de nossa Unidade. Desde 2009, a AAAFACE vem organizando os tradicionais campeonatos semestrais de futsal, chegando neste semestre à sua quinta edição. Junte seus colegas de sala e inscrevam uma equipe para participar. Com o prêmio (35 caixas de cerveja distribuídos para os primeiros colocados) vocês poderão realizar mais uma festa da turma! Neste ano, teremos ainda as Olimpíadas Universitárias do CEU, na qual participam equipes de toda a UFMG. Organizaremos treinos regulares para as diversas modalidades que apresentarem número mínimo de atletas a fim de formar as equipes oficiais da Atlética. Se você gosta mais de torcer do que de jogar, pode integrar a nossa já famosa CHARANGA e fazer muito barulho na torcida, motivando nossas equipes! Com tantas atividades, esperamos contar com a participação de vocês, calouros, seja nos treinos e eventos ou na organização, com o objetivo final de levar o nome da FACE ao lugar mais alto. Interessados em competir,

treinar ou ajudar na organização devem enviar um e-mail para o endereço atleticaface@gmail.com. Empresa Júnior – UCJ A UFMG Consultoria Jr. (UCJ) é uma empresa de consultoria nas áreas de gestão (marketing, recursos humanos, contabilidade, finanças, qualidade e gestão estratégica), composta por estudantes dos cursos da FACE. Oferece grande oportunidade de contato direto com o mercado através da aplicação do conhecimento teórico na realidade dos nossos clientes, propondo soluções e gerando resultados. Além da execução de projetos de consultoria, quem faz parte da UCJ tem a possibilidade de desenvolver habilidades de liderança e trabalho em equipe através intensa vivência empresarial com a atuação na gestão da empresa, participação de diversos cursos e ampla rede de contato com outras empresas juniores e com os parceiros da UCJ. As inscrições para o Processo Seletivo da UCJ estão abertas desde o dia 10 de março, na sala 1032 ou através do site www.ucj.com.br.


Outras entidades estudantis da FACE Além do Diretório Acadêmico, há outras entidades compostas por estudantes na FACE, com diferentes objetivos e formatos. Seguem abaixo breves apresentações das mesmas, escritas por seus próprios integrantes: Cineclube FACE O Cineclube FACE existe há quase 50 anos. Ao longo desse período, passou pela fase do rolo projetor, do VHS e assistiu ao nascimento do DVD e à democratização do acesso aos filmes, via Internet. Dessa maneira, enfrentou diversos desafios, como a exibição de filmes clandestinos durante a ditadura. As mostras do Cineclube duram, em geral, cerca de um mês, e são decididas em reuniões semanais, que ocorrem em frente ao DA. As reuniões são abertas a tod@s que quiserem participar e seu horário será divulgado em breve. As sessões acontecem nos auditórios da Face, todas as quintas e sextasfeiras, às 17h30 e 11h30, respectivamente. Após a sessão de sexta-feira, é feito um debate sobre

o filme da semana. N o s s o e - m a i l é cineclubefaceufmg@gmail.com e n o s s a c o n t a n o t w i t t e r, @cineclubeface. Escreva-nos se quiser receber notícias de nossas atividades. PET O Programa de Ensino Tutorial é um programa de iniciação cientifica diferente dos outros tipos de bolsas, porque nele a ênfase nos estudos segue uma temática específica. Isso acontece porque cada aluno desenvolve pesquisas em temas de seu interesse pessoal, e deve apresentar o resultado de sua pesquisa através de um trabalho escrito, como uma monografia ou um artigo. Além da pesquisa, os alunos desenvolvem atividades de ensino e extensão, como grupos de discussão e grupos de estudo, e trabalhos junto à comunidade. Para participar do grupo, o aluno deve ficar atento para a chamada do processo seletivo e ser aprovado no mesmo.

Representação discente na FACE Diretórios e Centros acadêmicos são as entidades de base do movimento estudantil. De base porque estão em contato mais próximo com os estudantes a quem visam representar, sendo diretamente eleitas por ele. Possuem, em geral, pautas mais específicas, pois atuam no ambiente de uma única faculdade ou junto a estudantes de um só curso. Assim sendo, o Diretório Acadêmico Francisco Iglésias, mais conhecido como D.A. FACE, é o órgão de representação de tod@s @s estudantes da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG. Abrange, portanto, as turmas de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Controladoria e Finanças e Relações Econômicas Internacionais, além dos cursos de pós-graduação. O D.A. possui um estatuto registrado, que pode ser consultado por qualquer estudante. Ele tem como objetivo principal ouvir, integrar e atuar junto aos e às estudantes a respeito de qualquer assunto relevante na faculdade e para fora dela. Nesse aspecto, organizar festas, eventos acadêmicos e/ou políticos, atividades culturais, apresentações artísticas (principalmente de alunos da faculdade), garantir os espaços de convivência e facilitar a vida acadêmica são responsabilidades do D.A.

Congregação: Órgão deliberativo máximo da Unidade Acadêmica. Ele funciona como o órgão revisor. Praticamente tudo decidido pelos ó r g ã o s i n f e r i o r e s d e ve s e r referendado pela Congregação. As questões que extravasam o âmbito de só um órgão também são tratadas. Reúne-se em média uma vez a cada 40 dias, e raramente há reuniões extraordinárias. Contudo, as pautas costumam ser longas. As reuniões ocorrem sempre às 11h. Colegiado: Lida com a coordenação didática do curso, aprovando e elaborando o currículo do curso; referendando ementas de disciplinas; tratando de questões de matrículas, trancamentos, jubilamentos de alunos/as; e, por fim, elaborando o plano de aplicação das verbas destinadas ao colegiado. Câmara Departamental: Lida com a administração do departamento como um todo. Nesse sentido, estabelece os critérios para contratação de professores, bem como organiza os concursos; opina sobre afastamento de docentes e propõe critérios de avaliação destes e dos técnico-administrativos; propõe o orçamento do departamento; elabora planos didáticos de curso, a serem avaliados pelo colegiado; e, por fim,


manifesta-se sobre contratos de convênios e prestação de serviços. Assembléia Depar tamental: Geralmente é chamada pela Câmara Departamental. Ela apenas supervisiona o departamento, elegendo seus chefes e subchefes e

traçando as políticas do departamento. Quando o Departamento não possui um grande número de professores, a Assembléia Departamental faz o papel também da Câmara Departamental, como no caso do Departamento de Ciências Contábeis.

Movimento Estudantil O movimento estudantil é, como o próprio nome sugere, baseado na organização d@s estudantes, que podem se mobilizar por diferentes questões. Já teve papel decisivo em vários momentos importantes da história política mundial e do país, tais como nos conhecidos “Maio de 68” e Fora Collor, e ainda hoje é fundamental na defesa da qualidade e do caráter público da Universidade. Vários direitos que nos parecem naturais hoje foram, na verdade, conquistados com muita luta e mobilização. As organizações estudantis existem para garantir e

aprofundar essas conquistas. Isso pode acontecer através de entidades como os Centros e Diretórios Acadêmicos (CAs e DAs), em cada curso ou faculdade; o Diretório Central dos Estudantes (DCE), em cada universidade; entidades estaduais, como a União Estadual dos Estudantes (UEE); e entidades nacionais, como a Assembléia Nacional dos Estudantes Livre (ANEL), a União Nacional dos Estudantes (UNE) e federações nacionais de curso. Essa organização pode ser também por meio de coletivos e outros organismos independentes do meio acadêmico.

Opressões Por estar inserida numa sociedade com enormes desigualdades, a FACE é u m e s p a ç o r e l a t i va m e n t e homogêneo. Além do predomínio da classe média e alta, as turmas têm, em geral, uma clara maioria masculina e pouquíssimos negros e negras. Por fim, muitos acreditam que na FACE não existem homossexuais. Num

ambiente tão pouco diverso, é mais fácil que se mantenham preconceitos e ocorram atitudes discriminatórias. Este DA tem compromisso com a luta contra o machismo, o racismo, a homofobia e todas as formas de opressão, e estão planejadas ações ao longo do ano para tratar desses temas.

Pesquisa e extensão A universidade não se resume ao ensino: a pesquisa constitui um de seus aspectos fundamentais. A Faculdade de Ciências Econômicas possui alguns centros de pesquisa e ensino de pósgraduação. Esses centros desenvolvem pesquisas em diversos temas, abordados nas disciplinas ofertadas na faculdade, usando diferentes teorias e metodologias. A/o aluna/o que se interessar pode participar dos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos professores da FACE. Enquanto bolsista de um grupo de pesquisa, deve-se cumprir uma carga horária semanal, recebendo uma bolsa (geralmente, de 360 reais

por mês). A Extensão também é parte essencial da universidade. As atividades de extensão são importantes elos entre academia e sociedade e permitem a troca de conhecimentos de bases cientifica e popular. Seu objetivo principal é compartilhar com a comunidade os resultados obtidos nas pesquisas e construir ações indutoras do desenvolvimento social. A Extensão pode ser também um instr umento de m udança da Universidade, contribuindo para que a população possa influenciar a produção do conhecimento.

Trote O trote é uma tradição com origem nas primeiras universidades medievais, que tinha como objetivo i m p e d i r a p ro p a ga ç ã o d e epidemias (raspando a cabeça e queimando as roupas dos calouros) e afirmar uma superioridade hierárquica dos veteranos em relação aos calouros (que tinham de pagar bebidas e prostitutas para aqueles). Ainda que o caráter profilático tenha se perdido, muito do segundo elemento do trote permanece, fazendo com que ele envolva frequentemente constrangimentos, violência e humilhação. Além disso, os trotes muitas vezes reproduzem e reforçam preconceitos

existentes na sociedade. É ótimo c o m e m o ra r s u a e n t ra d a n a universidade e conhecer seus veteranos e calouros, mas isso tem de se dar num clima de respeito e igualdade. A diversão tem de ser de todo mundo. Se não for assim, denuncie ao Departamento de Assuntos Estudantis (DAE) da UFMG, à diretoria da FACE ou ao D.A. Lembre-se: ninguém é obrigado ou obrigada a participar do trote. E, se tiver escolhido participar, não precisa fazer nada contra sua vontade. Por fim, se você não gostar do trote que tomou, não faça o mesmo quando você for veteran@ e busque alternativas, como o trote solidário ou cidadão.

Manual dos Calouros - DA FACE UFMG - 1o semestre de 2011  

Para os calouros. Boa leitura!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you