Issuu on Google+

Os alunos leem, selecionam e ilustram um excerto de um livro de “Uma Aventura�


« - Esta biblioteca é bem gira – disse a Teresa. - Giríssima! – respondeu o Chico num tom de voz tão especial que os outros viraram a cabeça para trás, admirados. Ele piscou um olho e indicou a bibliotecária, que de facto era muito bonita.» (capítulo 1, p. 17)

antónio forjão


«Vejo que és um rapaz educado – exclamou com um suspiro. – Já não aparecem muitos como tu! Anda comigo lá dentro e escolhe à tua vontade.»

mafalda rodrigues


ÂŤOs gritos de dor, pelos vistos, tinham o mesmo som em todas as lĂ­nguas! E foram aumentando de intensidade Ă  medida que chegava mais gente para mais barulho! Os tuaregues envolveram-se com a tribo inimiga numa luta feroz aproveitando para se vingarem de todas as malandragens.Âť

cadfcp


Vem aí uma bruta trovoada! – suspirou Pedro voltando a deitar-se. (capítulo 12, p. 154)

tomas ward


«Os rapazes uniram-se para erguer o caixote incendiado e preparavam-se para o arremessar sobre os carecas quando uma rajada mais forte completou o trabalho de Luísa perfurando as tábuas e atingindo o conteúdo inflamável que de facto se inflamou, transformando o conjunto numa bola de fogo. A bola caiu sobre a lancha, mesmo em cima do motor provocando uma violentíssima explosão que arremessou uma careca para cada lado.» (capítulo 15)

marcelo


«- Venham ver a oitava maravilha do mundo! - Agora já não é a bela adormecida! Temos connosco o belo adormecido!... - Se as senhoras querem experimentar dar-lhe um beijo na face…»

supertiti


filipe borga


«Uh! Estava farta de aulas.»

coockie


«Num abrir e fechar de olhos ficaram prontas. - Até logo! - Adeus, pai! Ele não as ouviu. Fechado na casa de banho a tomar duche, cantarolava a plenos pulmões o que lhe pareceu a tal Balada da Neve.» (capítulo 2, p. 23)

algodão-doce


«Todas as cabeças se voltaram na mesma direção e iam morrendo de susto porque à tona da água deslizavam as inconfundíveis barbatanas pretas e curvas. Aproximavam-se pelo menos cinco tubarões!» (capítulo 10, p.131)

barbara


« - Não! - disse o Pedro muito sério. - Nós é que fomos apanhados.» (capítulo 10, p. 97)

joãofaial


«O fascínio no tesouro submerso há séculos fê-los perder a noção do tempo… Imaginaram-na a ser raptada pelos piratas sem nunca largar a sua bolsinha.» (capítulo 11, p. 121)

CB


«Tinham-se soltado vários pedregulhos e caíam em chuva precisamente na direção das boias…» (capítulo 5, página 60)

lila


«O encontro ia acabando mal porque bastou um descuido mínimo para que o Pedro escorregasse desamparado.» (capítulo 10, p. 100)

lisa


«João foi o primeiro a lembrar-se de moldar uma bola de neve. Assim que ficou pronta atirou com ela à cabeça do Pedro, e daí a nada estavam todos envolvidos numa alegre batalha.» (capítulo 1, p. 12)

afs


«- Ó Joana, se tornas a esconder adereços de cena, não entras mais na peça! Deixo-te em casa! As gémeas trocaram um olhar divertido. Pelos vistos um dos anões, precisamente O Envergonhado, não era um “anãozinho”, mas uma “anãzinha”!» (capítulo 7, p. 82)

feijão-verde


«- Reparaste na luva? - Reparei. Dá-lhe um ar esquisito.»

estádio


«… pedra vermelha de forma oval e saudou-os com sorriso de gato siamês. O que disse fê-los pensar que falava por enigmas.» (capítulo 4, p. 55)

maggie


• Ilustrações de excertos de obras da coleção «Uma Aventura» realizadas no âmbito do trabalho realizado para o Concurso «Uma Aventura Literária… 2012» para o blogue da turma de 4º ano da SP do LI • http://www.uma-aventura.pt/blogues/umaaventura20aventureiros/

• fevereiro de 2012


Ilustração de um excerto