Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | sábado e domingo, 05 e 06 de maio de 2012 | ANO XIX | N.º 1.817| R$ 2,50

Nesta edição: MotorGerais

DO OESTE

Superfaturamento

Presidente da AMM esclarece denúncias de ex-funcionários da AMM ao MP

Estudantes protestam a favor do meio passe e paralisam trânsito

Marina de Morais

página 03

DivinaExpo

página 07

página 11

Comemoração

Cidadania

ACCCOM realiza homenagem ao Dia das Mães

Educação Fiscal é tema de Seminário página 06

CPI

página 03

Instalações na rede de esgoto e calçamento no Manoel Valinhas em fase final Com investimento de mais de 600 mil reais, as obras de drenagem, pavimentação e rede de esgoto no Manoel Valinhas estão em fase final. Cerca de 16 quarteirões já foram pavimentados com calçamento poliédrico e rede de esgoto, esta era uma reivindicação antiga dos moradores da região beneficiada.

Liberada venda de ingressos individuais pela internet

Domingos Sávio comenta sobre provável depoimento de Cachoeirinha

Pavimentação

página 06

Capacitação

Estudantes da UFSJ, Cefet e outras universidades iniciaram, às 15h, um protesto a favor do meio passe de transporte público para a classe universitária. O protesto aconteceu na Rua Pernambuco, em frente à sede da Prefeitura Municipal de Divinópolis. Após, os manifestantes seguiram rumo à Av. 1° de Junho com Rua Goiás. página 05 Marina Alves

Fiemg realiza cursos de Gestão Empresarial página 12

Educação

Obras para construção de Cemei no Lagoa dos Mandarins estão paradas página 07


02 POLÍTICA

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SÁBADO E DOMINGO, 05 e 06/05/2012

Evandro Araújo

contato@evandroaraujo.jor.br

OS TEMPOS SÃO OUTROS As coisas mudaram muito. Na minha época de adolescência, a gente bebia uma mistura de pinga com refrigerante limão. Misturava tudo, com a mão a gente fechava o copo, sacudia e pronto. Era a ‘porradinha’, fácil assim. Não tinha esse negócio de não vender bebidas para menores. Hoje fico pensando se realmente havia problema nisso ou se estavam despertando o alcoólatra que existe dentro de muitos. No meu caso, graças a Deus, tudo não passou de farra de adolescente que matava aula pra fazer essas coisas. Já meus amigos daquela época, não tenho mais contato. Não sei se algum deles se entregou ao álcool na vida adulta. Hoje é diferente. Primeiro, é proibido vender bebida para menores (um garoto de 14 anos bebendo tranquilamente dentro de um bar é algo que hoje termina em cadeia). Segundo: a adolescência perdeu aquilo de pueril que existia. Mas nem por isso os nossos adolescentes estão bebendo menos. Três em cada quatro estudantes do ensino médio menores de 18 anos já consumiram bebidas alcoólicas, segundo pesquisa recente da Unesp. Cerca de 40% dos estudantes ouvidos disseram ter usado álcool nos últimos 12 meses. Entre os alunos do ensino fundamental (de 7 a 14 anos) 38,8% já experimentaram bebida alcoólica e 8,5% o fizeram em período recente. Outra constatação é de que o uso do álcool tem sido mais comum entre mulheres, o que amplia o comportamento de risco entre as adolescentes, como, por exemplo, sexo sem proteção. A pesquisadora define como beber com embriaguez o consumo igual ou superior a cinco doses em uma ocasião para homens e a quatro doses para mulheres. O meu lado saudosista tenta justificar dizendo que hoje é diferente da minha época. O certo é que ser adolescente agora é algo arriscado. Se fosse apenas matar aula (eu matava aula pra ficar conversando na porta da escola) ainda estaria bom. HOMENAGEM INDESEJADA Surgiu a ideia de que o campo do Pedregal, em Ermida, fosse transformado em Estádio Municipal. Quando a sugestão foi apresentada ao eterno presidente do clube, o vereador Antônio Lisboa Paduano, sugeriram também que o estádio tivesse o nome dele, uma homenagem mais que merecida. Só que o Paduano, conhecedor que é da legislação, logo desconversou. É que ele sabe que prédios públicos só podem ter nomes de pessoas que já foram desta para melhor. BONS NÚMEROS Às vésperas de anunciar boas notícias, a direção do Pátio Divinópolis apresenta um dado importante. As lojas que têm unidade no shopping e na área central da cidade têm registrado um resultado melhor no shopping.

PROTETOR LABIAL Sempre gostei mais do inverno. A gente come e dorme melhor. Mas essa época do ano também deixa traumas. Um deles é cortar durex com a boca, principalmente quando

ERVA DANADA Vendo dia desses uma notícia sobre a tumultuada vida da atriz Vera Fischer, que chega aos 60 anos de idade envolvida em problemas e ainda lutando para se livrar do vício em drogas, fico pensando. Aqui em Divinópolis também tem uma turma que aproveitou muito a época ‘Paz e Amor’, nas décadas de 1970 e 1980 e que também já está beirando os 60. E, a exemplo de Vera Fischer, ainda insiste em usar de umas ‘coisinhas’ proibidas. São os maconheiros da terceira idade. O MELHOR CHURRASQUEIRO Imagine só 90 kg de carne na chapa. É churrasco para um batalhão. Pois esta é quantidade de carne que passa pela churrasqueira do Chef’s aos sábados. Para garantir sabor incomparável a uma quantidade tão grande, só mesmo contratando o melhor churrasqueiro de Divinópolis, o mestre Huelinton de Oliveira, ou Tarzan ou Gaúcho para os mais íntimos. Além de dominar com maestria a arte da brasa ardente, Gaúcho tem como detalhe a voz idêntica à do patrão, o Paulo. IMPERDÍVEL Sábado, ás 18h, tem Orquestra Sinfônica de Minas Gerais na Praça da Catedral, dentro da programação de celebração do Centenário.

A Reunião Especial foi solicitada pelo vereador Beto Machado

Assessoria Beto Machado

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Na última segunda-feira foi realizada na Câmara Municipal de Divinópolis, a reunião especial, por meio de um pedido feito por Beto Machado (PSDB), com o objetivo de debater as questões relacionadas ao auxílio-doença, especificamente, os laudos médicos recebidos pelos trabalhadores que se encontram afastados do trabalho, nos quais conforme o parlamentar, os laudos estariam apresentando divergências; ou seja, o laudo emitido pelos médicos da previdência social era emitido de uma forma e o laudo apresentado pelos médicos da empresa era transmitido ao trabalhador de outra maneira. A reunião serviu para esclarecimentos por parte da previdência social, trabalhadores envolvidos, dentre outros. De acordo com o vereador Beto Machado, a Audiência Pública teve um saldo positivo, mas poderia ter sido melhor. “O saldo foi positivo, mas poderia ter sido melhor se tivéssemos a presença da justiça federal,aonde entendemos que faz parte do tripé: INSS, médicos e justiça federal. São as três instituições que fazem parte dessa questão relacionada ao auxílio doença, no entanto, o balanço que eu posso dizer é positivo pelo seguinte, vieram à tona várias questões que realmente já estavam sendo denunciadas e confirmadas por meio da manifestação popular. Dezoito inscritos usaram a palavra pelo fato de estarem vivenciando essa dificuldade, inclusive levantando as questões sobre as divergências relacionadas aos laudos médicos que veio realmente a confirmar com a fala do gerente do INSS, Alexandre Gomes, quando ele

Audiência Pública sobre o auxílio-doença

do médico, inclusive dizendo que se isso ocorrer é realmente até passivo de sanções dentro do código de ética da medicina. Quero também ressaltar que o cidadão caso tenha a negativa por parte do auxílio doença ele tem a prerrogativa de levar o seu médico particular na perícia, isso foi colocado pelo gerente do INSS, que o cidadão pode levar o seu médico junto à perícia porque aí sim nós vamos de certa forma colocar frente a frente, então, o encaminhamento foi no sentido de faremos a transcrição de toda a reunião, fazendo o ofício aos deputados federais Jaiminho Martins (PR) e Domingos Sávio (PSDB), para que eles possam interceder junto a justiça federal, que possa haver mais seriedade nos processos, pois os processos também estão demorando 3, 4 anos para uma decisão, também fazer a intercessão junto a previdência social, no que diz respeito ao melhor atendimento dos médicos peritos, saber realmente quais são os critérios e aqui o cidadão é observado, examinado, pois aqui foram as manifestações

disse que se encontram vários laudos médicos no Conselho de Ética do INSS para serem avaliados e remetidos ao Conselho Regional de Medicina para as devidas medidas cabíveis”, afirmou. O parlamentar ainda acrescentou que o encontro demonstrou que é preciso abrir a caixa preta, termo usado pelo vereador, no que diz respeito às perícias médicas realizadas onde ninguém tem acesso. “Ninguém tem acesso, sabe como são feitas essas perícias, como são utilizados os critérios e até porque um cidadão que utilizou a palavra relatou que ele testemunha dois médicos que pediram demissão do INSS como médico perito, pois não suportavam mais a pressão da instituição para que eles pudessem indeferir laudos auxílios-doença. Foram essas as questões que surgiram, manifestação também do próprio delegado do Conselho Regional de Medicina, Dr. Alberto Gigante, no que diz respeito a dizer que médicos não podem emitir laudos dizendo que o cidadão irá aposentar ou não irá aposentar porque isso não é competência

que se quer são examinados pelos médicos peritos e isso não foi rebatido pelo representante do gerente do INSS”, relatou. Beto Machado disse durante entrevista que inclusive foi mencionado que os médicos peritos tinham que ter comparecido para que eles pudessem ter a oportunidade de explicar se a situação procede ou não. Conforme Machado, o gerente disse que os médicos peritos não puderam comparecer na Audiência porque eles têm que ser imparciais. “Isso inclusive foi lamentado por nós, então esse desdobramento é que nós estaríamos encaminhando aos deputados federais para que intercedam com a gente e também uma cópia para o Ministério Público Federal para que possa tomar as providências”, finalizou. Participaram do encontro, o gerente regional do INSS, Alexandre Gomes, representante do CRM, Dr. Alberto Gigante, o advogado previdenciário, Wendel Pimenta, Deputado Federal Domingo Sávio e Jaime Martins, o Deputado Estadual Fabiano Tolentino.

Pré-candidato Beto Cury visita Acid As próximas eleições movimentam pré-candidatos buscando apoio e expondo suas ideias. Denise Coronado

NÃO OLHAM Diante da licitação para o transporte coletivo de Divinópolis, volto a escrever isso neste espaço: poderiam baixar o valor dos veículos se tirassem das exigências legais um acessório que boa parte dos motoristas de coletivos não usa de jeito nenhum, o retrovisor esquerdo.

os lábios estão ressecados. É machucado na certa. Repara só.

Auxílio-doença é tema de Audiência na Câmara Municipal

Da esquerda para direita, Alexandre Calmon, Júlio César Pereira, Beto Cury, Carlos Moacyr Aguiar e Júlio César Gomes

Ontem (8), pela manhã, a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) recebeu a visita do pré-candidato à

prefeitura de Divinópolis Beto Cury (PT). Numa demonstração de buscar parcerias com a iniciativa privada, a ser trabalhada

em seu plano de governo, Beto Cury evidenciou o interesse em se aproximar do empresariado divinopolitano. Atualmente, percebe-se uma barreira ideológica entre empresários e a ala governista do PT. Na conversa que teve com o presidente da Acid Carlos Moacyr Duarte Meira de Aguiar e com os vice-presidentes da entidade Júlio César Gomes, Júlio César Pereira e Alexandre Calmon, Cury falou da possibilidade de trazer recursos e projetos de interesse da população de Divinópolis. Sua trajetória política em Brasília como Secretário Nacional de Juventude no governo Lula trouxe experiências que facilitam o trâmite entre os governos municipal e federal. Apesar de estar vivenciando

o centenário de Divinópolis, Beto Cury pensa mais longe quando tem como um dos focos o planejamento da cidade para os próximos 100 anos. “Devemos solucionar os problemas de Divinópolis que esbarram no desenvolvimento da cidade”, comentou. A Acid é uma entidade apartidária. Receber os candidatos a cargos políticos e ouvir suas propostas de governo comprovam a amplitude da visão de seus dirigentes. “Estamos de portas abertas para ouvir os candidatos de qualquer partido. Nosso objetivo e desejo é tornar Divinópolis cada vez mais uma cidade próspera, que possa buscar melhorias permanentemente. Nosso compromisso é com o desenvolvimento da cidade”, afirma Carlos Moacyr.


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Ângelo Roncalli, esclarece investigação sobre superfaturamento em contratos da AMM Conforme jornal da Capital, a denúncia contra a entidade foi feita por ex-funcionários Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

O jornal Hoje em Dia, em uma das suas publicações, ressaltou que há um superfaturamento em contratos de montagem da estrutura nas últimas edições do Congresso Mineiro de Municípios, que está sendo investigado pelo Ministério Público Estadual de Minas Gerais (MPE/MG). Segundo informações do jornal, as suspeitas surgiram por parte dos ex-funcionários que ocupavam cargos de confiança, e que foram demitidos pela AMM. Ainda de acordo com o jornal, as suspeitas desse superfaturamento dos contratos de montagem da estrutura, chamaram a atenção do Ministério Público Estadual, uma vez que o primeiro contrato de 2011 teria custado R$193 mil, e o segundo R$254,7 mil, um aumento de 31,9%, supostamente pelos mesmos serviços. O documento detalhando os supostos superfaturamentos

a disposição, pois defendemos a transparência e nós mesmos vamos pedir para que seja apurado. A AMM vai completar 60 anos e a cada ano o Congresso tem crescido e se expandido. Nós vamos verificar quem colocou aquelas informações infundadas”, afirmou Roncalli. A AMM iniciou a nova edição do Congresso, com a seguinte programação: Ontem,8, foi apresentada a abertura da Solene, depois houve a abertura da feira para o desenvolvimento dos Municípios, também a atração cultural Sarandeiros, Palestras sobre aplicação da lei ficha limpa nas eleições 2012, encerramento de mandato, programação eleitoral limites e vedações, prestação de contas do processo do transporte escolar, alimentação escolar e do dinheiro direto na escola; gestão administrativa e financeira da assistência social em ano eleitoral; o que o município precisa saber antes de assinar o contrato organizativo em ação pública em saúde; como

foi entregue ao Ministério pelos ex-funcionários. Um dos delatores vai depor como testemunha para um grupo de promotores de Justiça de Belo Horizonte. Conforme as informações da reportagem houve um acesso aos documentos e ao analisarem cada item, o que foi verificado, é que teve um aumento de até 117%. É o caso da estrutura identificada como “palco sessão solene”. Em 2011, o espaço de 15mx5m 1,05m de altura, com nove mesas e 18 poltronas, custou R$11.500. No ano seguinte, o espaço, com altura 5 cm menor, custou R$25 mil. O relatório entregue ao Ministério Público questiona esse aumento. Em entrevista por telefone a Gazeta do Oeste, o prefeito de São Gonçalo e também presidente da AMM, Ângelo Roncalli, relatou que ficou surpreso com as informações do jornal. “Na verdade, nós fomos surpreendidos. Os números que foram publicados são vergonhosos. Vou procurar o Ministério Público e me colocar

utilizar o orçamento municipal; cenário econômico mundial e seu impacto no Brasil e em Minas Gerais e a atração cultural Orquestra Mineira de Viola fechou o encontro nesse primeiro dia. Hoje, dia 09, a programação aponta a importância da pesquisa eleitoral, será apresentada a atração cultural instrumental, palestras sobre o controle interno no mandato final, prestação de contas da área da saúde, como devem ser realizadas as campanhas eleitorais na internet, dentre outras palestras. Amanhã, dia 10, o Congresso contará com atração cultural Orquestra Jovem de Violões, palestra sobre abuso de poder e ações eleitorais, encerramento de mandato (despesa pessoal), como o candidato deve se comportar diante a sua plateia, conferências sobre gestão municipal sustentável, dentre outras atrações culturais e outras palestras. Contudo, o Ministério Público Estadual, está investigando as questões apontadas pelo jornal

Divulgação

Ângelo Roncalli afirmou que embora as questões apontadas ao Ministério Público sejam infundadas, ele se coloca a disposição para os devidos esclarecimentos.

Hoje em Dia, e o presidente da AMM, Ângelo Roncalii, disse que apesar de achar as informações

infundadas, vai se colocar a disposição do Ministério para que o caso seja esclarecido.

Domingos Sávio explica como está o andamento da CPI de Cachoeira O Deputado Federal, afirmou que, dos 43 requerimentos para convocações de depoimentos, 10 já foram aprovados Luciene Franklin

Domingos Sávio afirmou que é preciso rigor na relação das pessoas com o dinheiro público para que, se comprovada, situações como essa não ocorram mais.

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

O PSDB, partido do Deputado Federal, Domingos Sávio (PSDB), foi um dos primeiros a protocolar as assinaturas de toda a sua bancada, na Câmara e Senado, pedindo a instalação da CPI para investigar o envolvimento do contraventor Carlinhos Cachoeira com políticos e empresários. Domingos Sávio foi um dos escolhidos para representar o seu partido na Comissão e a expectativa é de que esta CPI possa combater a corrupção no país, pois uma Comissão que também foi bastante divulgada foi a do “mensalão”, em 2005, relacionada ao esquema de compras de votos de parlamentares. Embora tenha sido debatida, analisada e investigada, o julgamento dos acusados ainda não ocorreu. Portanto, o que se espera é que haja finalização na CPI de Carlos Cachoeira.

Conforme Domingos Sávio, ele juntamente com os demais colegas, apresentaram 43 requerimentos no primeiro dia de investigação convocando Carlos Cachoeira e diversas autoridades. “Nós apresentamos, eu e os demais colegas, nós somos quatro do PSDB,e queremos uma investigação profunda. Nós apresentamos 43 requerimentos logo no primeiro dia convocando desde o próprio Cachoeira, mas também diversas autoridades políticas, policiais, juízes, promotores e desses requerimentos que eu assinei, 10 requerimentos já foram aprovados”, afirmou. Ainda de acordo com o deputado federal, ontem, os delegados que participaram das operações da Polícia Federal, Monte Carlo e a operação Vega, que começaram no ano de 2009, e que deram origem a toda coleta de informações iriam depor sobre o assunto. “O objetivo é fazer com que os delegados

nos passem, além daquilo que nós já sabemos por meio da imprensa, alguma informação a mais que eles tenham, para nós possamos no momento que formos ouvir Carlinhos Cachoeira, que deve acontecer no próximo dia 15, nós tenhamos condições de fazer as perguntas certas, de colher informações que nos dê condição de chegar aos culpados e trabalharmos no sentido de que haja punição no sentindo que possamos recuperar o dinheiro público que tenha sido desviado, bloquear bens e principalmente nós estabelecermos novas regras, ou seja, no Brasil, a corrupção está virando rotina e isso é terrível, é uma vergonha nacional. A ideia é esclarecer essas gravações que hoje tem saído na televisão, nas rádios, nos jornais, mostrando o relacionamento do Carlinhos Cachoeira com políticos, com deputados, senadores, governadores, com pessoas do governo federal e com empreiteiras”,

esclareceu. Segundo Domingos Sávio é preciso um rigor para que situações como essa não se repitam. “Nós precisamos aumentar o rigor na relação das pessoas com o dinheiro público, nós temos que aumentar o rigor nas fiscalizações e principalmente punição, pois a impunidade é que faz o bandido e no caso da corrupção está evidente para todos os brasileiros que a impunidade é o que nos deixa a todos indignados e nós não queremos que essa CPI vire pizza. Nós estamos ali dentro para poder apurar e vamos denunciar ao Ministério Público, ao Judiciário, para que sejam tomadas providências de julgar e colocar na cadeia aqueles que andam abusando do poder que a população lhes concedeu”, declarou. Provavelmente no próximo dia 15, Carlinhos Cachoeira, terá a oportunidade de depor e dar sua versão sobre o assunto.

Deputado cobra mais segurança nas Zonas Rurais da região Centro-Oeste Serão disponibilizados R$ 10milhões em investimentos nos próximos três anos Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

A sequência de furtos e roubos que vem sendo registrados em sítios, fazendas, e chácaras localizadas nas zonas rurais da região Centro-Oeste, chamou a atenção do deputado estadual Fabiano Tolentino (PSD) para que fosse reivindicar mais segurança nos distintos locais.

No entanto, em reunião junto aos Secretários de Estado das pastas de Defesa Social (Rômulo Ferraz) e Agronegócios (Elmiro Nascimento), na presença de integrantes da Associação dos Sindicatos Rurais do Oeste de Minas (ASROM) foram discutidos métodos para investir na segurança da zona rural em parceria com o governo do Estado, Polícia Militar e Polícia Civil.

Segundo o deputado Fabiano Tolentino, na região de Pará de Minas o índice de roubos tem aumentado consideravelmente, então foi solicitado aos secretários de Estado que intercedam junto ao governador Antônio Anastasia para que seja disponibilizada uma verba que será direcionada a compra de veículos para efetivar as Patrulhas Rurais. “O secretário Rômulo

Ferraz ficou de levar o nosso pedido ao governador. Solicitamos que houvesse um aumento na dotação orçamentária do Estado para que seja possível adquirir as viaturas”, frisou Tolentino. Conforme foi informado pelo deputado, a quantia disponibilizada pelo governo do Estado é de R$ 10 milhões dos quais serão liberados em etapas no decorrer dos próximos três

anos. Porém, o peesedesista explicou que para 2012 serão liberados R$ 1 milhão, contudo, a intenção da reunião ocorrida na última segunda-feira (7) foi de solicitar a liberação de uma quantia maior para este ano. “Esperamos conseguir mais do que o R$ 1milhão liberado e o restante será subsidiado nos próximos dois anos. Mas esta decisão ficará a critério do go-

vernador, contudo esperamos uma resposta positiva por parte do Estado”, comentou Tolentino. O parlamentar contou ainda que estão programadas rodadas de reuniões em diversos municípios mineiros para discutir a segurança nas zonas rurais junto das Risp’s, incluindo Divinópolis onde a reunião está prevista para o segundo semestre deste ano.


04 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

editorial

A polêmica dos subsídios estudantis

N

os últimos dias alguns assuntos relacionados aos subsídios à educação estiveram em pauta, como o julgamento das cotas raciais e sociais nas universidades públicas. Consideradas constitucionais, essas medidas podem

ser polêmicas em parte, mas indicam um norte correto, o de facilitar e incluir cada vez mais a juventude nos corredores das escolas e faculdades públicas. O ensino já foi considerado elitizado durante muito tempo no Brasil, onde somente cursavam as melhores escolas os filhos das famílias mais ricas. Essa realidade há muito vem mudando, mas os advindos das classes mais pobres continuam enfrentando dificuldades às vezes intransponíveis para conseguir o diploma de um curso superior. Os movimentos estudantis parecem ter esquecido o viés cultural que essas entidades tinham no final dos anos 60, 70 e começo dos anos 80. As Unes e DCEs eram sem sombra de dúvida os maiores aliados da cultura brasileira. Promoviam shows, tinham selos músicas, editoras de livros, imprimiam fanzines, pequenos informativos e serviam de reflexo e nascedouro de diversos movimentos musicais e culturais em geral. Esses movimentos sofreram um declínio nos anos 90 e nessa primeira década do século XXI, mas parece que vêm sendo retomados com toda força, principalmente com o advento das redes sociais e a facilidade de comunica-

“Aproveitar a licitação do transporte público municipal para incluir uma cláusula que garantisse o meio passe aos estudantes do sistema de ensino público, teria sido uma medida tomada a tempo e a hora.”

ção e agregação deste meio. Várias marchas contra a corrupção estão sendo realizadas e o recente Estatuto da Juventude aprovado trouxeram à tona algumas das reivindicações históricas da classe estudantil, como a meia entrada e o meio passe no transporte público. Os países mais avançados, não por acaso, são os que mantêm mais tempo os seus jovens na escola e nas universidades, através de programas de incentivo e subsídios. Fazer isso no Brasil e praticar a educação integral significa não só manter o estudante dentro do espaço físico das escolas, mas, também, construir – num país ainda pobre – um conjunto de incentivos e facilitadores para que o estudante conclua todo o ciclo de estudos em condições facilitadoras. Por isso, existem a meia-passagem estudantil e as bolsas de ensino médio, de graduação e pós-graduação (vejam o êxito do programa Universidade para Todos – ProUni). Por isso, também, o Bolsa-Família é vinculado à permanência das crianças na escola. Subsidiar a educação, não pode ser considerado uma despesa, antes porém é um investimento que com certeza teria um retorno garantido. Aproveitar a licitação do transporte público municipal para incluir uma cláusula que garantisse o meio passe aos estudantes do sistema de ensino público, teria sido uma medida tomada a tempo e a hora. Difundir a cultura através da meia entrada e facilitar o acesso à educação através do meio passe seria medidas inteiras de investimento numa juventude mais consciente e livre por exemplo do tráfico e do crime. Não parece de todo impossível que tanto o poder público quanto o empresariado subsidiem parte dos custos com a educação da população. O retorno seria indiscutível. ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Marcos Fábio

olharempreendedor@formatar.com.br

PARTE DE UM TODO OU O TODO NA PARTE - Precisamos que nossos funcionários se sintam parte do processo! - Vocês são parte importante de nossa empresa! - Vamos convocar todos a fazerem parte! Qual empresário nunca se pegou falando essas frases? Essas frases soam aos nossos ouvidos como uma mensagem de motivação. De desejo! - “Como gostaria que as pessoas estivessem mais engajadas no negócio!” Reclama um empresário. Nessa semana, em uma de minhas palestras, convidei os presentes a fazerem uma reflexão do universo empresarial, usando o corpo humano como pano de fundo. Cada órgão do corpo humano é parte de um todo, correto? A mão, por exemplo, é diferente do pé tanto na aparência quanto nas funções. Mas se você pegar uma pele da mão e uma pele do pé para analisar o seu código genético, ambos têm o mesmo DNA. Isso significa dizer que, ao mesmo tempo que a mão é parte de um todo (que é o corpo), ela contém o todo na parte (código genético). Pois bem pessoal, fazer parte de um todo na linguagem empresarial significa você se perceber na empresa entendendo muito bem o que é sua área e como ela pode contribuir para o todo. Os benefícios de sermos parte de um todo são muitos, dentre eles: - Pessoas mais comprometidas com o setor; - Setores focados no que se esperam dele; - O setor se torna mais dinâmico e competitivo; Se você ou seus funcionários entenderem muito bem isso, você começará realmente a construir um bom time. Entretanto, isso não é o suficiente. Ter setores muito bem desenvolvidos não significa ter uma empresa comprometida e focada no seu negócio. Em muitos casos, o comprometimento com o setor é tão elevado que inicia-se uma guerra interna onde cada área puxa a sardinha para o seu lado. Certa vez presenciei um setor de compras que parou a produção de uma empresa por 03 dias por não comprar um determinado insumo para a produção. Detalhe: a negociação estava se arrastando por questão de centavos em cada quilo do produto. Neste caso, o que ficou claro foi que o comprador estava tão focado na questão de comprar bem (preço) e fazer o seu papel, que acabou prejudicando o negócio como um todo. Coisas como essas ocorrem porque nem todos entendem que, apesar de pertencerem a um setor (ser parte da empresa), eles precisam ser O TODO NA PARTE, tal qual é o DNA da pele de qualquer parte do corpo. O que quero dizer com isso? Cada parte da empresa precisa ter o DNA da empresa (valores e princípios) acima dos seus desejos individuais. Portanto, assim como o objetivo de uma área não pode ser maior que o objetivo da empresa, as pessoas precisam entender que cada estratégia da empresa deve estar presente nelas, independente do setor que ela pertença. Talvez a questão fique mais clara com um outro exemplo: quando você vai viajar de avião, você só mantém contato com uma pequena parte da companhia arérea. Você não tem contato com o piloto, nem com o gerente financeiro e, muito menos, com o dono. Aquele atendente que está ali na sua frente, ao mesmo tempo que é parte de um todo, ele precisa ser o todo na parte, pois a imagem da empresa é a imagem que percebemos do atendente. Já presenciei muitas pessoas de um setor falando mal de outro setor como se não fizessem parte da mesma empresa. Toda vez que presencio este tipo de situação eu me pergunto: será que essa pessoa que está falando mal do outro setor está querendo dizer que ela é competente e que o problema é da outra pessoa do outro setor? Infelizmente, o que ela está mostrando a todos nós é que, toda empresa (incluindo ela) é INCOMPETENTE, pois, nós, como clientes, enxergamos o TODO NA PARTE. O cliente não irá falar que o setor “X” da empresa é incompetente. Ele irá dizer: A EMPRESA “X” É INCOMPETENTE! Boa semana a todos!

Idéias & Negócios

ideiasenegocios2011@gmail.com

Liderança religiosa O programa Ideias e Negócios desta quinta-feira (03) contou com a participação do Padre Christian Shankar do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, que contou como se tornou um dos padres mais conhecidos da região centro-oeste. Shankar que é natural de Itaúna explicou que em 2004 logo após cursar o Tiro de Guerra ingressou no Seminário, que antes era em Divinópolis, onde ficou por um ano. Após cursar o Seminário o padre foi para Mariana cursar Filosofia e posteriormente estudou Teologia. Durante o Seminário, Padre Christian esteve nas paróquias de Mateus Leme, São Cristovão, foi Diácono em Carmo do Cajuru, onde ficou mais dois anos já como Padre e depois veio para Divinópolis. De acordo com o religioso, a Igreja busca um padre temente à Deus, que tenha vocação, que esteja à frente sempre, que seja um líder nato, pois precisa saber conviver em grupo. Além de conviver bem com os demais, para ser um padre é preciso cursar Filosofia e Teologia. Como sempre gostou de estudar, o Pároco explicou que durante o intervalo na faculdade fazia especializações em outras matérias, onde cursou oratória para falar bem, saber contar uma história pelo início, meio e fim e saber pregar as teses. Fez também um curso de liturgia e de comunicação social, para dialogar melhor com as pessoas. ORDENAÇÂO O Padre explicou que logo após o término do processo de estudo, o postulante escreve uma carta de próprio punho para o Bispo, que julga a possibilidade de ordenação juntamente com um psicólogo e com a junta presbítera. Shankar explicou que ser padre requer muita atenção, pois tem muitos afazeres. Além de ser líder na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida o religioso ainda é o tutor do projeto “Luz e Vida” que busca levar um pouco mais da palavra para os fiéis. Para isso ele utiliza o canal online Youtube, e um programa na rádio Divinópolis denominado “Alegrai-vos no Senhor”. Christian relatou que somente descansa na segunda-feira. De terça a sexta-feira ele faz atividades ligadas à igreja. Logo pela manhã ao acordar o padre faz suas orações matinais, ele observa que nem sai do quarto para realizar as orações, para não perder o foco. Após o café ele realiza o estudo para o programa matinal na rádio que vai até as 10h. Ao sair da rádio o padre visita obras sociais ou passa na Diocese para ver os processos administrativos. De 10h30 as 11h30 Shankar revelou que vai para a academia para manter o corpo em equilíbrio. Depois do almoço até as 14h ,o padre explicou que monitora o site e responde aos fiéis, e as 14h ele começa o atendimento paroquial que ocorre às terças e quintas, pois as quartas e sextas ele visita os doentes. Para receber o atendimento é preciso agendar o horário, segundo Padre Christian Shankar uma vez ele fez uma experiência sem fazer o agendamento e a secretária contabilizou 279 pessoas na fila, por isso é necessário um controle, pois o atendimento ocorre até as 18h. MISSA DA FAMÌLIA A Missa da Família que ocorre às quartas-feiras de 19h30 às 22h, é uma das mais conhecidas da cidade, em média são contabilizadas 10 mil pessoas na igreja e na quadra ao lado que possui um telão. Além da pregação o padre destacou que existe toda uma equipe que prepara a missa logo na quinta-feira após a última celebração. O grupo é composto por cerca de 320 voluntários que se dividem entre a cozinha, as barracas, a filmagem e fotos, os seguranças, os ministérios do acolhimento e de música entre outros que ajudam para que a missa ocorra com organização e segurança. O padre explicou que o foco é na família porque atualmente as pessoas possuem pouco tempo para as próprias famílias. Ele frisou que mesmo com pouco tempo, os pais principalmente, devem oferecer um tempo com qualidade aos filhos, lhes ensinando os valores para a vida.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Estudantes se manifestam a favor do meio passe no transporte público

Marina de Morais

Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Estudantes da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Campus Dona Lindu, do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e outras universidades da cidade iniciaram, às 15h, um protesto a favor do meio passe de transporte público para a classe universitária. O protesto aconteceu na Rua Pernambuco, em frente à sede da Prefeitura Municipal de Divinópolis. Os manifestantes protestaram utilizando cartazes, narizes de palhaço, apitos, entre outros objetos. Segundo os próprios estudantes, o intuito era chamar a maior atenção possível. De acordo com os estudantes, a manifestação começou através do site de relacionamentos sociais Facebook. Cerca de 242 pessoas confirmaram presença na manifestação. Durante a oportunidade, os

estudantes explicaram que no ano passado houve uma reunião entre o reitor da Universidade Federal, o prefeito Vladimir Azevedo, um representante da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans) e presidentes dos Centros Acadêmicos (CA) dos cursos. Segundo eles, durante a reunião houve a proposta do meio passe para os estudantes e que ela seria um dos critérios para a empresa que ficasse responsável pelo transporte público municipal, a partir da licitação publicada sobre o serviço. Entretanto, os estudantes afirmaram que a licitação não previa o meio passe e que quando souberam do aumento da tarifa no transporte coletivo, pensaram que estava diretamente ligado ao fornecimento do meio passe. Pedro Gontijo, um dos manifestantes, disse que após a publicação da licitação, o prefeito prometeu que abriria um processo paralelo para o meio passe. “Mas nada garante que isso vai ser

feito. A gente quer mostrar que nós estamos aqui, que nós somos estudantes. A gente quer dar ciência que estamos preocupados com o nosso futuro”, explica. O estudante ainda comenta que há um certo descaso com os universitários na cidade, principalmente da Universidade Federal. Ele conta que a universidade agrega valor à cidade, principalmente em relação ao comércio da região, que tem se fortalecido. Pedro afirma que os alugueís nos bairros próximos à UFSJ são mais caros que no centro da cidade. Assim, ele afirma que é necessário que o prefeito olhe mais pelos estudantes. Por volta das 17h, os manifestantes realizaram um protesto, paralisando o trânsito em frente à Prefeitura. Após, os alunos seguiram rumo à Avenida 1° de Junho com Rua Goiás. De acordo com os representantes estudantis, eles participaram de uma reunião junto ao po-

Os estudantes utilizaram cartazes, narizes de palhaço, apitos, entre outros objetos, durante o protesto na porta da prefeitura municipal.

Entretanto, os manifestantes continuaram os protestos, a fim de chamar a atenção da sociedade divinopolitana sobre o assunto. Entretanto, até o fechamento

der público na própria Prefeitura após o início da manifestação. Os dados serão levantados, para que o meio passe possa vir a ser um benefício dos estudantes.

desta edição a Prefeitura Municipal de Divinópolis não pode ser contatada para se posicionar sobre o assunto e confirmar ou negar tais informações.

Divinopolitanos reclamam de descaso e Semusa divulga abandono da fonte na Praça da Catedral primeiro balanço de Marina de Morais

vacinações contra H1N1 Neste sábado, foram aplicadas 11,9% do total previsto. Vacinações continuam até dia 25 Marina de Morais

Daniel michelini Da Redação

Entre os dejetos há garrafas plásticas, jornais, pedaços de plantas e papéis. Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Divinopolitanos estão utilizando cada vez mais o espaço virtual como local de debate, reflexão e denúncia. Nos últimos dias, em um grupo online intitulado “Divinópolis”, um membro postou uma foto da fonte da Praça da Catedral. De acordo com os moradores, há certo descaso com o ornamento público. Os divinopolitanos reclamaram, no espaço virtual, sobre a sujeira da fonte, segundo eles, ela estaria sendo usada como lixeira. Eles ainda comentaram sobre o abandono do poder público com

a manutenção e limpeza do local, alertando ainda sobre a possibilidade da água parada poder se transformar em um criadouro para mosquitos da Dengue. Rafael Fernandes se indigna ao passar pelo local. O jovem diz que a fonte se tornou um reservatório de sujeira e de degradação visual, além do forte odor. “A fonte se encontra largada, parece até que ela e invisível para os órgãos competentes”, comenta. Ele ainda diz que o local, que deveria ser utilizado como ponto de lazer e admiração por parte dos cidadãos divinopolitanos, sugere estar abandonado. Marcos Mourão, gerente de

parques e jardins da Secretaria Municipal de Operações Urbanas e Defesa Social (Semoudes), afirma que todas as medidas estão sendo tomadas e que o local nunca ficou sem manutenção. Ele explica que a fonte é sempre limpa e que todas as sextas-feiras os divinopolitanos podem passar pela praça para verificar a limpeza do objeto público. Marcos afirma que o problema está na falta de educação e conscientização ambiental das pessoas que frequentam o local. Segundo ele, vendedores locais e até mesmo comerciantes ambulantes não levam o lixo embora e acabam utilizando a praça como ponto de

despejo de seus resíduos. Assim, ele comenta que a fonte acaba se tornando um dos alvos principais da sujeira. O gerente ainda ressalta que, na segunda-feira, após o final de semana, que é o período de maior movimentação no local, a fonte sempre fica muito suja, devido a essa falta de conscientização da população. Por fim, Marcos explica que os Agentes de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) sempre visitam a fonte e fazem todo o processo de controle preventivo da Dengue no local, inclusive no que diz respeito à utilização o inseticida que inibe a proliferação do mosquito.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através da Vigilância Epidemiológica, informou nesse fim de semana que a vacinação contra a gripe H1N1 continua sendo aplicada em todas as unidades de saúde de Divinópolis. A campanha busca vacinar, principalmente, idosos que possuem mais de 60 anos, gestantes, crianças de seis meses de dois anos de vida e os trabalhadores de saúde, que receberão a dose da vacina nos próprios locais de trabalho. Quem pertencer a um desses grupos deve procurar o mais rápido possível um dos postos de Saúde, hospitais e ou até mesmo o pronto-socorro do município. O objetivo da campanha nacional de vacinação contra a influenza é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza. No último sábado (05), foi realizado o “Dia D” de vacinação em Divinópolis, quando foram aplicadas 3.798 vacinas, totalizando 11,9 % do público alvo de 31.912 pessoas. Da meta de vacinar 3.753 crianças na faixa etária específica, foram vacinadas 1.004 crian-

ças, o que resulta em 26,75% do total. No grupo de gestantes, foram vacinadas 304 mulheres, significando 16,20% do total de 1.877, que é a meta. Dos 24.121 idosos esperados para vacinação, foram vacinados 2.391, ou seja, 9,91% do total. Segundo Vinicius da Silva, técnico de enfermagem e responsável pela vacinação na parte da tarde no Posto Central de Divinópolis, foram aplicadas no local cerca de 1.460 doses das 4.000 disponíveis na unidade em 3 dias de campanha. “Nossa meta seria 100% da população idosa, gestantes e crianças até 2 anos. Porém, temos que contar com várias coisas, como o medo de alguns idosos quanto à vacinas”, disse Vinicius. O Posto Central é a unidade mais procurada pela população divinopolitana. A campanha será finalizada no dia 25 de maio.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Acccom realiza festa em homenagem ao Dia das Mães Café teve presença de familiares e pacientes da Associação Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A Associação de Combate ao Câncer do Centro Oeste de Minas (Acccom) realizou, na tarde da última terça-feira (08) uma comemoração ao Dia das Mães na instituição. A iniciativa partiu de pais e familiares de pessoas que fizeram ou fazem tratamento na associação. A festa foi realizada no refeitório da Acccom, e contou com a participação dos voluntários, pacientes e familiares. O café em homenagem à data foi organizado por um grupo de mães, que existe já a 10anos, e que escolheu a Acccom, para realizar a confraternização em homenagem às mães. Júnia Maia, uma das mães que faz parte do grupo, cujo filho é um dos pacientes auxiliados pela associação conta da intenção ao realizar a confraternização: “Meu filho fez o tratamento aqui, e hoje

estamos tendo a oportunidade de retribuir um pouco do trabalho da Acccom, eu trabalho em casa, mas hoje vim especialmente para ajudar no café. O trabalho da Acccom é dos melhores, ajudou demais o meu filho, tanto psicologicamente quanto o tratamento com remédios”. Júnia ainda conta sobre a importância da homenagem: “É muito bom. Para o meu filho valia demais, pois todas as vezes que ele vinha aqui, ele ficava muito feliz. E a gente sabe que o tratamento é muito doloroso, muito difícil. Para os familiares e as pessoas que estão fazendo o atendimento é um momento muito bom”. A Acccom aceitou a ideia do grupo de mães para fazer a homenagem, e reuniu seus pacientes e familiares para o café. A equipe de voluntariado deu o suporte para que fosse realizada a confraternização. A voluntária Bernadete Campolino, que auxiliou o grupo de

mães na organização da homenagem, ressalta a importância de realizar as comemorações nessas datas para os pacientes e familiares: “É um trabalho maravilhoso, porque assim podemos trazer mais alegria para os acompanhantes e pacientes que aqui se hospedam durante a semana, e a gente sabe que os pacientes chegam aqui muito debilitados, tristes, e por isso fazemos essas festas, e várias atividades aqui na associação para alegrar, para que eles tenham bons momentos aqui conosco”. Na Acccom, segundo Bernadete, todas as datas especiais são comemorados. E nessas datas, a associação conta com a ajuda dos voluntários a distância, que não podem fazer o serviço voluntário todos os dias, mas ajudam em ocasiões especiais. A associação conta com um número satisfatório de funcionários, mas que atendem também ao hospital. Na associação são desenvolvidos trabalhos

Marina Alves

Comemoração reuniu cerca de 30 pessoas, entre voluntários, pacientes e acompanhantes na Acccom

de artesanato, grupos de oração espírita, católico e evangélico, turma do café, que oferece café no hospital do câncer nas sessões de rádio e quimioterapia, entre outros, porém, segundo a voluntária ainda são necessárias mais pessoas para ajudar a instituição: “Sempre precisamos de mais pessoas. Quem deseja fazer parte deve entrar em

contato com a Associação, através do telefone 3229-8306. Aqui todos os que quiserem ajudar serão muito bem-vindos, pois temos uma tarefa para cada um”, finaliza. Além do café, músicos também participaram da confraternização, que entre familiares, acompanhantes, pacientes e voluntários reuniu em média 30

pessoas. Maria Carmelita Vieira é mãe de seis filhos e paciente da Acccom. Para ela, o trabalho da associação é fundamental: “O trabalho da Acccom é bom demais, é uma bênção. A homenagem está linda, eu estou gostando muito, é muito importante” conta Maria Carmelita.

Rua e escola são motivos de reclamação no Candelária Segundo moradores, Rua Jacaraipe fica intransitável em épocas de chuva devido ao barro e mato alto Daniel Michelini

Dificuldade em tráfego e falta de cuidado com escola são motivos de indignação

Daniel michelini Da Redação

Moradores do bairro Candelária voltaram a reclamar sobre a falta de calçamento nas ruas. O alvo de indignação desta vez foi a Rua Jacaraipe, onde segundo Alexandre, morador da rua, a situação fica péssima em períodos chuvosos: “Quando acontecem chuvas, fica impossível sair de carro na rua”, diz. O local onde se localiza a residência de Alexandre é um grande morro de terra e, em alguns pontos, mato, o que dificulta a passagem de

veículos e pedestres, independente se estiver chovendo ou não. Um problema também citado pelos residentes do local é o acúmulo de entulho perto dos muros que existem no local e até mesmo no meio das ruas. A principal preocupação é com as doenças que podem acarretar devido à este problema. Este quarteirão da rua não possui calçadas, o que faz com que, ao saírem de casa, os moradores sejam obrigados a deparar-se com terra e mato alto. Outro grande problema citado por moradores da rua

são as más condições de uma escola que ocupa todo o quarteirão. É possível perceber muros quebrados, mato alto dentro do local e, de acordo com os moradores, alguns pontos da escola servem para encontros de pessoas que fazem o uso de drogas. Segundo Joyce Maranhão, mãe de um aluno da escola, o local está bastante descuidado, mas não deixa de fazer elogios à quem trabalha com as crianças: “A aparência da escola está bastante feia, principalmente por fora, com mato alto entrando pelos muros e etc. Mas o cui-

dado que eles possuem com as crianças, que é o mais importante, é muito grande. Confiança neles todos nós tempos, mas a escola precisa mesmo de uma reforma”, disse Joyce. Ao ser perguntada sobre o suposto esconderijo de drogas que há em alguns locais da escola, a mãe não ficou surpreendida: “Já era de se esperar. Isso tem na cidade inteira. Minha preocupação é se algum aluno encontrar alguma droga escondida. Isso não pode acontecer”, concluiu. A direção da escola não foi localizada para poder falar sobre o assunto.

Educadores de Divinópolis participam de seminário sobre Educação Fiscal Hoje serão realizadas oficinas durante todo o dia e discutidos temas ligados a tributação Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Os educadores das redes estadual, municipal e particular das cidades que compõe a Superintendência Regional de Ensino (SER) de Divinópolis deram início ao processo de capacitação em Educação Fiscal desde a manhã de ontem. O seminário segue durante todo o dia de hoje com várias oficinas. De acordo com o governo de Minas, mais de 200 professores e técnicos educacionais participam dos dois dias do Encontro Temá-

tico, onde conhecem o Programa Estadual de Educação Fiscal (PROEFE) e discutem aspectos relacionados ao exercício da cidadania fiscal. São discutidos ainda temas ligados a tributação, orçamento público, lei de responsabilidade fiscal, controles interno e social da administração pública, ética e motivação. Este programa integra a realização de oficinas que darão início à formatação do Caderno de Referência de Educação Fiscal da Regional. De acordo com a representante da Secretaria Municipal de Educação, Hélcia Nunes de

Godoi, o primeiro dia do encontro foi realizado no auditório da Faculdade Pitágoras e várias palestras ligadas a Educação Fiscal foram apresentadas. Hoje (09) os trabalhos serão voltados para as oficinas junto aos professores que serão disseminadores em sala de aula a partir do conhecimento adquirido. Sendo assim o professor participa dos seminários e repassa aos alunos os conhecimentos adquiridos. De acordo com o secretário adjunto de Gestão Tributária de Divinópolis, o encontro é voltado para uma questão mais acadêmi-

ca e irá fomentar o conhecimento dos professores que serão multiplicadores da educação fiscal. O objetivo do encontro é contar com disseminadores em Educação Fiscal em todas as cidades da regional, além de desenvolver projetos pedagógicos e alcançar todas as escolas e bibliotecas com um Kit do Programa. Ainda para este ano está previsto o desenvolvimento do Projeto nas Regionais de Conselheiro Lafaiete, Pará de Minas, Ponte Nova e Divinópolis. CAPACITAÇÃO Grande parte dos profissionais

que se reúnem nos dois dias do encontro já participou ou irão participar, nos próximos meses, do curso a distância oferecido pela Escola de Administração Fazendária do Ministério da Fazenda (ESAF/MF). Este curso tem o objetivo de desenvolver habilidades para a inserção da Educação Fiscal nas escolas de Minas Gerais por meio dos educadores. O Governo de Minas ressalta que “A iniciativa compõe a vertente de conscientização do Programa Minas Legal, que tem o objetivo de integrar Governo e Sociedade na tarefa de informar

o cidadão sobre a função socioeconômica do tributo, combater a pirataria e a sonegação, conferir maior transparência à gestão dos recursos públicos, além de premiar boas práticas de cidadania fiscal”afirma em nota. Promovem o evento as Secretarias de Estado de Fazenda (SEF) e Educação (SEE) e a Secretaria Municipal de Educação de Divinópolis (SEMED) que contam com o apoio e participação da Controladoria-Geral do Estado (CGE), além dos parceiros institucionais do Programa de Educação Fiscal em Minas.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Marina Alves

Moradores reclamam de demora na construção do Cemei do Lagoa dos Mandarins

Após construção, Cemei deverá atender cerca de 250 crianças Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

Uma escola de educação infantil no conjunto habitacional Lagoa dos Mandarins, em Divinópolis está em construção desde o ano de 2010. A assinatura da ordem de serviço de terraplanagem, que dava início a construção do Centro Municipal de Educação Infantil Miguel Rodrigues Filho, foi

assinada em 24 de maio de 2010, pelo Prefeito da cidade, Vladmir Azevedo. As obras da construção do Cemei tiveram início no ano de 2010, com o intuito de ampliar o atendimento as crianças da região. Atualmente, o Cmei está instalado em uma casa, próxima a construção da nova escola. Os moradores do bairro reclamam da estrutura atual da escola. Djayme Cristina Dias Nascimento, mora-

dora do bairro, conta que o bairro tem muitas crianças que não são atendidas pela escola infantil: “Nós queríamos que eles fizessem aqui uma escola para atender as crianças do ensino fundamental, da educação infantil até a quarta série, porque o que mais tem aqui é criança que tem que estudar em outros bairros, aqui são muitas crianças. O bairro aqui não atende a demanda nessa faixa etária, aqui

só atendem crianças de 3, 4 anos de idade, pois a creche atual do bairro é muito pequena” conta Djayme. A Secretária de Educação da cidade, Eliana Cançado Ferreira, afirmou que o planejamento do Cemei do Conjunto Habitacional Lagoa dos Mandarins foi feito desde o ano de 2008. Em 2009, foi feito o projeto para a construção, e desde então houve a licitação

para selecionar a empresa que seria contratada para realizar as obras da Escola. A empresa selecionada já havia construído outros Centros de Educação Infantis em outras cidades, porém, em meio as construções do Cemei Miguel Rodrigues Filho a empresa veio a declarar falência, e consequentemente, abandonou a obra no Bairro Lagoa dos Mandarins. Atualmente, estão sendo revisadas as planilhas de custos, e uma nova licitação está sendo preparada, segundo os prazos judiciais estabelecidos. A Secretaria de Educação está no seu terceiro processo de Licitação, e até hoje nenhuma empresa foi contratada para realizar o serviço. As obras do Cemei estavam previstas para serem concluídas no mês de dezembro do ano passado. Porém, após a falência da construtora, a Secretaria de Educação suspendeu as obras e também o prazo de entrega do Cemei. Atualmente, o Centro Municipal de Educação Infantil Miguel Rodrigues Filho funciona em uma casa popular, e é considerado o menor Cemei da cidade. Eliana Cançado conta que apesar de Cemei atender poucas crianças, a educação é de quali-

dade: “A direção do Cemei é muito responsável e atenciosa. As poucas crianças que podem ser atendidas hoje no Cemei são muito bem tratadas. A casa onde está instalada a escola infantil é pequena, o modelo é de casa popular. Porém o espaço para elas é muito bom, e a educação é de qualidade”. O modelo de Cemei a ser construído no Bairro Lagoa dos Mandarins é semelhante a escola do Bairro Danilo Passos I, que foi ampliado e reformado, atendendo um nu,erro maior de crianças da região. Após a reforma do Cemei, a Secretaria de Educação prevê que a escola ofereça ao todo 250 vagas para as crianças de toda a região que irão fazer a educação infantil. A Secretaria Eliana Cançado pede a compreensão dos moradores do bairro: “Que os moradores do Lagoa dos Mandarins fiquem tranqüilos, pois estamos trabalhando para concluir as obras o mais rápido possível. Tivemos este problema com a empreiteira, mas a culpa não foi de ninguém, e a Secretaria de Educação está tentando solucionar esta situação e atender melhor essas crianças, com uma estrutura melhor” afirma Eliana.

Pavimentação no Manoel Valinhas deve ser finalizadas no próximo mês Ordem de serviço para calçamento e instalação da rede de esgoto foi assinada em abril do ano passado Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Mais de 15 quarteirões do Bairro Manoel Valinhas estão passando por melhorias desde abril do ano passado. A ordem de serviço que foi assinada em 2011 abriu o processo de pavimentação e instalação da rede de esgoto no bairro. A estimativa é de que cerca de 60 mil pessoas sejam beneficiadas com as obras que devem ser finalizadas no final de maio e a inauguração deve ficar marcada para o dia 23 de junho. Ao todo a obra foi orçada em R$600 mil reais. Inicialmente a obra seria finalizada em quatro meses De acordo com o superinten-

dente da Usina de Projetos, Lúcio Espíndola, as obras no bairro foram compostas de duas ações. A primeira delas foi a rede de esgoto calçamento de 16 quarteirões e a segunda foi referente as obras de drenagem necessárias no bairro. No momento será finalizada a obra de drenagem no local e um trecho do calçamento será refeito. A programação inicial das obras determinou que rede de fosse lançada em uma rede de esgoto elevatória na rua Belvedere e a colocação de mais de 12 mil metros quadrados de calçamento. RELEMBRE Durante a solenidade de as-

sinatura da ordem de serviço, realizada no dia 20 de abril de 2011, o prefeito Vladimir Azevedo destacou que a execução das obras no Manoel Valinhas nada mais é do que cumprimento do dever, “Cabe ao prefeito buscar fontes de financiamento, como nós temos buscado para resolver problemas históricos como estamos resolvendo. Queremos mostrar que já estamos fazendo muita coisa. O resultado demora um pouco aparecer, mas hoje chegou a vez do Manoel Valinhas e trazemos o investimento de quase meio milhão de reais, para fazer essa rede de esgoto e a pavimentação” afirmou na época.

Flaviane Oliveira

Uma das principais reivindicações dos moradores antes do início das obras era a dificuldade de passar pelas ruas do bairro principalmente durante o período chuvoso. Época em que a saída de água fica mais difícil e no tempo seco o problema é maior em relação a poeira. POLIESPORTIVO Já está programada a inauguração das obras no Poliesportivo para o dia 19 de maio. A obra foi orçada em R$530 mil. Durante as obras foram reformados o piso da quadra, os vestiários, pintura, a cobertura e o sistema de iluminação. A novidade, é que o ginásio será

adaptado para receber deficientes físicos, com rampas de acesso, banheiros adaptados e espaço na quadra. De acordo com Lúcio, a previsão é de que na próxima semana o ginásio receba pintura

externa, a instalação de equipamentos de prevenção de incêndios e também as escadas de acesso. O ginásio que já foi palco de grande eventos esportivos e shows, está fechado há mais de três anos.


08 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Dra. Karla Faria

karlafaria@ortodontista.com.br

Que delicia...mas que perigo...

Divulgação

VACINA CONTRA A GRIPE REDUZ COMPLICAÇÕES RESPIRATÓRIAS

A sucção é um comportamento instintivo e natural, mas pode gerar problemas fisiológicos, estéticos, emocionais e até de convivência em sociedade. Divulgação

Os bebês chupam os dedos ainda no útero materno. Fazem isso para fortalecer as musculaturas responsáveis pelos movimentos da sucção, o que, depois do nascimento, tornam possíveis as mamadas. A sensação de conforto acalma a criança, que passa a relacionar o gesto com o estado de segurança e aconchego. O hábito pode durar um certo tempo, e tem como aliados os dedos, as chupetas e até as pontas de fraldas. Mas os problemas só aparecem quando o gesto se torna frequente, e se estende para além do primeiro ano de idade. Muito além, mesmo, como ocorre em alguns casos em que o “vício” persegue a pessoa até os 30 anos de vida. O bebê chupa o dedo — sucção não nutritiva — quando a saciedade de fome é eliminada antes da necessidade natural de sucção. Isto ocorre a fim de eliminar a energia muscular produzida para exercer essa função ou como uma forma de compensação emocional. Já a persistência pode ocorrer tanto pelo desenvolvimento de uma mania, gerada pelas sensações de prazer, como também pode ser indício de ansiedade. Por isso, antes de se preocupar com

a interrupção do hábito, deve-se tentar descobrir a origem do comportamento. Se é apenas uma mania, um gesto automático, pode-se substituir o dedo por outra forma de aconchego, de conforto emocional, dependendo da dinâmica familiar e das preferências da criança. Mas nos casos de um comportamento ansioso, antes de retirar o hábito, deve-se diagnosticar e solucionar a causa da ansiedade. Para os dentistas, o período de sucção não nutritiva é tolerado até os 4 anos de idade, quando é possível constatar maloclusões — desvio do fechamento normal da boca —, dependendo da duração, frequência e intensidade do hábito de sucção. Essas maloclusões poderão interferir na execução das funções de respiração, deglutição, mastigação e fala, casos em que a fonoaudiologia poderá intervir. A eliminação do hábito depende muito da dedicação e da disciplina dos pais, familiares e cuidadores das crianças, como avós e babás. Normalmente, usamos manobras que dependem da execução em casa, como envolver o dedo com materiais

colantes, desenhar objetos ou personagens na superfície interna do dedo ou na unha da criança, ou substituir o dedo por outro objeto, E ATÉ MESMO USAR ALGUNS DISPOSITIVOS ENVOLVENDO O PUNHO E O DEDO IMPEDINDO A CRIANÇA DE LEVA-LÔ A BOCA. Gesto automático A palavra mania vem do grego e significa loucura, ou um sintoma de graves distúrbios psíquicos. Mas, na concepção popular, virou sinônimo de tique nervoso, caracterizado pela repetição de gestos e elevado grau de dependência desses atos quase mecânicos, imperceptíveis muitas vezes para quem os pratica, como roer unhas ou chupar o dedo. Pode significar também fixação em determinados hobbies, como colecionar besouros, selos etc. As alterações dentárias ou de estrutura da cavidade oral dependem da duração da frequência e da intensidade do hábito de sucção, sem desconsiderar também outros fatores, como interferências ambientais e hereditárias. Quando o hábito de sucção persiste até os 4 anos, há uma prevalência maior de problemas como mordida aberta anterior e mordida cruzada posterior com saliência excessiva. O hábito também provoca retrognatismo mandibular, prognatismo maxilar, musculatura labial superior hipotônica, musculatura labial inferior hipertônica, atresia do palato, interposição de língua e respiração bucal. Portanto esta delícia também pode apresentar um grande perigo a arcada dentaria...todo cuidado é pouco...

O inverno se aproxima e, com ele, as crises respiratórias. O tempo frio e seco é responsável por aumentar a incidência de doenças como gripes e pneumonia, principalmente em crianças, idosos e pessoas com deficiência respiratória. No Brasil, a vacina contra gripe é dada anualmente para grupos específicos de pessoas, como idosos acima de 60 anos, crianças entre 6 meses e 2 anos de idade, cardiopatas, pacientes com doenças respiratórias, diabéticos, pacientes em tratamento do HIV, pessoas com doenças renais crônicas, gestantes a partir do terceiro mês e profissionais da saúde. Segundo o dr. Oliver Nascimento, diretor cientifico, da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), é importante estar atento ao calendário de vacinação. “Ao receber a vacina, esse grupo de pessoas têm o número de infecções respiratórias com complicação reduzidas. Por ser um tratamento preventivo, a vacina

atua como uma proteção para eles. Diferente da vacina contra pneumonia, que é composta por bactérias e aplicada a cada cinco anos, a vacina contra gripe é composta por vírus enfraquecidos e deve ser tomada anualmente”, afirma o especialista. Uma vez injetados através da vacina, os vírus enfraquecidos, incapazes de produzir infecção, são reconhecidos pelo organismo que, de imediato, passa a produzir anticorpos específicos contra eles, prevenindo o surgimento da doença. É essencial lembrar que indivíduo que recebe a vacina demora em média um mês para adquirir imunidade contra o vírus.

devem ser vacinadas.

Alerta A vacina da gripe é fabricada através de vírus inoculados em claras de ovo. Apesar dos benefícios comprovados, pessoas alérgicas a ovo, assim como indivíduos com grande comprometimento de imunidade, como portadores do HIV que não estão em tratamento, não

QUANTAS DOSES CRIANÇAS DEVEM RECEBER? Crianças vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com 30 dias de intervalo. Já as crianças que receberam uma ou duas doses da vacina em 2011 deverão tomar apenas uma dose neste ano.

FICAREI GRIPADO APÓS A VACINA? Não. A vacina contra a influenza (gripe) é inativada, contendo vírus mortos, fracionados ou em subunidades não podendo, portanto, causar gripe. Quadros respiratórios simultâneos podem ocorrer sem relação causa-efeito com a vacina. Na época em que a vacina é aplicada, circulam diversos vírus respiratórios diferentes – que não o da gripe em questão –, e as pessoas podem adquiri-los, pois não estão imunizadas especificamente contra cada um deles.

espaço médico

“Hiroshima e Nagasaki: um agosto para nunca esquecer” segue pelo interior paulista Mais de 15 mil pessoas já visitaram a mostra, promovida pela APM, que relembra a tragédia que mudou a história do planeta

De 15 de junho a 20 de julho, a Associação Paulista de Medicina (APM) promove a exposição itinerante “Hiroshima e Nagasaki: um agosto para nunca esquecer!” em sua regional de Presidente Prudente. A exposição, que circula por instituições de saúde e

Regionais da APM no Estado de São Paulo, foi inaugurada na sede da entidade e de lá seguiu para as cidades de Jales, Catanduva e Botucatu. A mostra tem entrada franca e pode ser visitada por grupos de alunos do ensino médio e universitários, que participarão de uma contextualização histórica e da proposta de feitura dos tsurus, pássaros de origami (técnica de dobradura em papel) que incentivam a paz. Mais informações em presidenteprudente@ apm.org.br ou nos telefones (18) 3223-3910 e 3221-8130. Inscrições abertas

De 22 a 27 de julho de 2012,

a SBCM promove, no Auditório do Hospital São Luiz do Itaim, na capital paulista, a quinta edição do Curso Avançado de Reciclagem em Clínica Médica. Trata-se de um curso de imersão com duração de uma semana que visa a atualização em Clínica Médica com foco no aprimoramento do exercício da Medicina. “O curso pretende trazer aos participantes de diversas regiões do país novas tecnologias, medicamentos e terapias disponíveis para o diagnóstico e o tratamento das várias doenças que fazem parte do dia a dia do atendimento do clínico”, afirma o prof. dr. Antonio Carlos Lopes, presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM). Programação e outras informações no site www. sbcm.org.br/reciclagem2012.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas por e-mail para acontece@acontecenoticias.com.br ou para o endereço: rua Cotoxó, 303, conjunto 81-82, São Paulo, SP, CEP 05021-000


VARIEDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

FABIANO TOLENTINO & PAULO mARIUS tv@campoenegocio.com

EM MEIO AOS BARES E BOTECOS DO PRATO DA CASA VEM CHEGANDO AS DELÍCIAS DA ROÇA

CALDOS DA ROÇA COM A CHEF JOANNE RIBAS (CONVIDADA ESPECIAL)

CARNE DE LATA COM A BARRACA DO BAR “TÕE DO BEJO”

SHOW BAR APRESENTA A COSTELA DE ADÃO. DELICIOSA COSTELA BOVINA AO MOLHO DE CERVEJA ARTESANAL. A CASA FARÁ UMA HOMENAGEM AO SR. MAIRINK, FUNDADOR DO SISTEMA MAIRINK DE COMUNICAÇÃO.

Show Bar receberá os jurados no dia 22 de maio

CAFÉ COM CREME APRESENTA UM PRATO MAIS DO QUE ESPECIAL. UMA IGUARIA TÍPICA DOS BOTECOS. LINGUIÇA DE CAPOTE. LINGUIÇA CALABRESA COBERTA COM QUEIJO DERRETIDO, POLENTA FRITA E MOLHO BARBECUE.

Primeiro festival de gastronomia rural de Divinópolis Uma realização do Prato da Casa e Campo & Negócio com o apoio do Sindicato Rural de Divinópolis Nos dias 25, 26 e 27 de Maio de 2012, na primeira semana da Divinaexpo, a população vai dar uma pausa na maratona dos bares do Prato da Casa e deixar de lado o glamour dos pratos elaborados da competição da cidade, para conhecer ou relembrar os velhos sabores da roça. Pois bem, chega de papo, vamos ver com nossos próprios olhos mais algumas iguarias do Prato Rural 2012.

Doces caseiros da Divino Doces

Quitandas da APRAFAD

www.campoenegocio.com tv@campoenegocio.com Twitter: @campoenegocio facebook: programacampoenegocio

Café com creme receberá os jurados no dia 23 de maio

Restaurante do Mercado Municipal participa com Fígado Acebolado com Jiló

NA CIDADE, O PRATO DA CASA SE PREPARA PARA DIA 15, INICIAR SUA MARATONA DE PRATOS E SABORES ENCANTADORES! SERÃO MUITAS NOVIDADES PARA O ANO DE 2012!

LEVISTAR SERÁ O PRIMEIRO BAR A SER VISITADO PELOS JURADOS. A CASA FARÁ UMA HOMENAGEM AO GUARANI. POR ISSO SEU PRATO DA CASA CHAMA GUARABOLINHA. UM DELICIOSO BOLINHO DE ARROZ RECHEADO COM PEIXE NA PIMENTA.

Levistar receberá os jurados no dia 17 de maio


10 VARIEDADES

Horóscopo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Novelas

Filha de Carminha em ‘Avenida Brasil’ tem dois pais na vida real

Marcos Rosa/Contigo

Amor Eterno Amor Globo - 18h

Bom astral para mostrar os seus talentos e conseguir alcançar seus objetivos no campo profissional. Aproveite o dia para lutar por um aumento salarial ou uma promoção.

Mantenha a calma para conseguir superar os imprevistos. Pense mais antes de falar para não se arrepender. Seu carisma estará em alta, aproveite para demonstrar seus sentimentos.

Astral positivo para lidar com gente influente e obter vantagens. Na conquista, invista no seu olhar.

Os astros aconselham a cuidar das suas responsabilidades, sem se importar com as críticas. O ciúme poderá ser um inimigo tanto no romance quanto na conquista: cuidado!

Hoje, tarefas cotidianas podem tomar mais tempo que de costume, mas não convém fazer nada com pressa, mantenha o seu ritmo. No amor, o seu carisma em alta.

Você poderá enfrentar pressões profissionais fortes neste dia. É possível que seus familiares tentem abusar da sua boa-fé.

É um dia para refletir e tomar decisões importantes. No romance, não permita que um clima de tensão se instale entre você e seu amor.

É um dia em que sua disposição será bem-vinda. A dois, aprenda a ceder às vontades de seu par.

Demonstre sua competência e habilidade em seu trabalho. Despesas imprevistas não estão descartadas, cuidado! Tudo azul no setor afetivo.

Este é o dia de virar o jogo: mostre a sua força no seu emprego. Chegou a hora de provar sua capacidade. A dois, procure ser mais flexível.

Mantenha a discrição no ambiente profissional se deseja conquistar bons resultados. É tempo de concentrar suas forças em suas atividades, mas tenha cuidado com pessoas oportunistas. Clima de sintonia no romance: intimidade quente!

Hoje, você deve direcionar suas forças em busca da realização de seus sonhos. Tudo indica que vai encontrar as oportunidades que procura. Não permita interferências desnecessárias em sua vida. No romance, busque momentos de tranquilidade.

Fernando se enfurece ao ver Miriam e Rodrigo juntos. Junior tem um ataque de raiva e deixa Melissa intrigada. Com a ajuda de Lexor, Rodrigo cura o pônei de Clara. Pedro encontra Priscila na praia. Divina repreende Junior por ter quebrado a fruteira de Melissa. Laura diz para Dimas não procurá-la mais. Miriam e Rodrigo andam a cavalo na fazenda.Tobias tenta consolar Jacira.Valéria se entristece ao saber que Rodrigo não está em casa. Virgílio conta para Laudelino que conseguiu dinheiro com Melissa para procurar Elisa. Miriam e Rodrigo se beijam.

cheias de charme Globo - 19h

Sandro acha que Alejandro está paquerando Penha e tem um ataque de ciúmes. Penha fica chateada com o comportamento de Sandro e diz que o casamento dos dois acabou. Inácio apoia a decisão de Sidney de ter aceitado o evento de Chayene e resolve ajudar. A equipe do bufê chega à casa de Chayene e Rosário leva um susto ao ver Inácio. Kleiton entrega o CD a Rosário. Inácio volta para o bufê e encontra Sidney desmaiado. Tom procura Chayene e os dois fazem as pazes. Rosário vai entregar sua gravação para Fabian quando Chayene surge e lhe toma o CD. Heraldo conta para Rosário que Sidney passou mal. Simone descobre que a festa de Chayene é uma cilada para Fabian. Sarmento vê Cida atarefada e desconfia. Sônia alerta Isadora que Sarmento não vai aceitar que ela fique com Conrado. Rosário chega ao hospital para ver o pai e é recebida por Inácio. Pressionada por Simone, Tom e Fabian, Chayene encerra a festa. Alejandro é rejeitado por Gracinha e resolve investir em Penha. Isadora visita Conrado e o seduz. Inácio e Rosário tentam animar Sidney. Penha envia uma mensagem para Lygia e Alejandro acha que ela vai entregá-lo para a esposa. Cida nota que Isadora não dormiu em casa e Sônia despista. Chayene ouve a música de Rosário. Rosário recebe a notícia de que o pai terá que ser operado.

avenida brasil Globo - 21h

Nina termina seu romance com Jorginho. Todos na mansão de Tufão sentem falta de Nina. Débora afirma que reconquistará Jorginho. Nina comenta com Lucinda que não pode ficar com Jorginho e esquecer de sua vingança. Jorginho se desespera com o fim do namoro com Nina. Tomás reage mal com a chegada de Cadinho e Noêmia se preocupa com o comportamento do filho. Olenka desconfia do bom humor de Darkson. Muricy convida Adauto para ir a um restaurante. Suelen diz que só ficará com Leandro se ele marcar um gol. Olenka descobre a farsa de Silas. Suelen torce por Iran e Leandro. Nina chora pensando em Jorginho. Carminha e Tufão se desesperam quando um policial chega com o carro do filho, que estava abandonado na rua. Jorginho tem uma crise de sonambulismo e lembra-se de seus pais biológicos. Nina procura Débora. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Rebelde Record - 20h30

Pedro e Alice se desentendem enquanto Roberta ameaça não ensaiar. Tomás explica toda a verdade para Pilar. Carla continua acreditando que Binho é o responsável pelas cartas e rola um clima entre os dois. Pilar flagra Binho e Carla em clima de romance. Os rebeldes se atrasam para o ensaio. Maria acha que Juju está fazendo drama em relação a Vinicius. Artur conta sem querer para Cilene que Pingo lhe deu uma lista de remédios. Marcelo consola Becky. Ela diz que não vai lutar por Vicente. Binho diz a Pilar que Carla está enganada. João e Penélope conversam sobre o problema de Alceu. Miguel e Lucy conversam sobre os rebeldes. Miguel diz para a irmã que realmente quer Alice. Pedro fica triste ao pensar que não tem mais chances com Alice. Carla resiste e não conta para as amigas o que aconteceu com Binho. Juju e Vinicius fazem as pazes. Leonardo compra flores para Silvia. Ele finalmente resolve pedir desculpas a Diego. Beatriz briga com Alceu e Dadá. Vitória tenta consolar Tomás, mas o rebelde não quer saber de papo. Pedro beija Lucy novamente. Cilene e Arturzinho pegam a lista de medicamentos de Artur. Beatriz e Raul combinam um plano para fugirem de casa. Binho enxerga Carla no lugar de Pilar. Binho diz a Pilar que quer terminar. Diego vê uma carta de amor na gaveta de Tomás e deixa o rebelde envergonhado. Carla conta a Roberta e Alice que é Binho quem está escrevendo as cartas. Becky ouve Vicente falar dela.

Máscaras Record - 22h

O imediato diz a Caio que a polícia não tem informações sobre Otávio. Caio pergunta sobre a identidade do passageiro que mostrou o video da gravação de Otávio na internet. Eliza fala para Otávio chamá-la de Liz. Edu pergunta a Eduardo Sotero qual das duas irmãs parece mais com a mãe de seu future filho. Elvira acusa Eduardo Sotero de tê-la condenado injustamente na frente de todos. Eduardo Sotero abre o presente dado por Elvira e se deparar com um machado. Evaldo expulse Elvira da cabine. Manuela diz a Caio que pediu ao imediato que lhe mostrasse a gravação de Otávio. Caio diz a Manuela que quer encontrá-la no Rio. Imaginando se tratar de Martim, Eliza fala para Otávio que ele deveria lhe entregar as instruções de uma maleta contendo dinheiro. Otávio tenta obter informações sobre Maria. Evaldo oferece seus serviços como ex-delegado a Eduardo Sotero. Edu, Tônia, Luma, Evaldo e Eduardo Sotero assistem a gravação de Otávio na internet. Otávio leva Eliza para passear. Big Blond fala para Eliza que a qualquer momento pode ordenar que ela mate Martim. Otávio tenta beijar Eliza, mas ela resiste.Tônia comenta que não sabe se deve escrever mais um livro sobre o casod e DPP de Maria. Os passageiros especulam sobre o destino de Otávio. Otávio comenta com Eliza que ela tem alguém lhe monitorando o tempo todo. Eliza implora a Big Blond que a libere da missão de matar Martim. Luma sente ciúmes de Edu com Tônia. Zezé e Zezé especulam se seu filho imaginário foi buscá-los no porto. Os passageiros desembarcam do navio. Décio mostra para Otávio a notícia de uma explosão em lancha. Otávio conclui que Boris tentou abrir a maleta com o dinheiro sem saber a senha.

Órfã de mãe e abandonada pelo pai biológico, Ana Karolina Lannes é criada pelo tio e seu companheiro, com quem posou para a ‘Contigo!’. Órfã de mãe, Ana Karolina Lannes, que interpreta a filha da personagem Carminha (Adriana Esteves) em Avenida Brasil, é criada há sete anos pelo tio, o comissário de bordo Fábio Lopes, e seu companheiro, o dermatologista João Paulo Afonso. Ao lado dos “pais”, ela posou para a revista “Contigo!”. “Eles educam, dão amor, carinho, ajudam quando preciso me arrumar. Uma babá que tive por um tempo falava para mim, coitada de você quando menstruar e for namorar. Imagina você

Ana Karolina Lannes, a Ágata de ‘Avenida Brasil”, entre o tio, Fábio (de camisa preta), e o companheiro dele, João Paulo

sozinha com esses dois homens (risos). Tenho certeza que quando tudo isso acontecer eles vão saber o que fazer”, disse ela à revista. Ao EGO, Ana Karolina contou que foi abandonada pelo pai biológico na infância, e que sua

mãe teve um AVC quando ela tinha cinco anos. “Acho que por causa disso aprendi que a gente tem que dar valor a tudo. Pois só damos valor quando se perde, né?”, disse ela, que completa 12 anos no próximo dia 11.

Globo quer interferir na escalação dos atores As próximas novelas da Globo podem ter novidade com relação aos elencos. A direção vai voltar a interferir na escalação. A medida seria tomada pelo departamento de elenco da emissora para evitar que só sejam escalados os coleguinhas, namorados e parentes dos autores

e diretores. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, desta terça-feira (8), a medida também impede que um ator faça uma novela atrás da outra. Um autor teria dito ao jornal que alguns novelistas chegavam a entregar lista de personagens

Conversa com a Presidenta

fechada e tinha até convite feito pelo Twitter. De agora em diante, os autores devem apresentar uma lista de sugestões, que será incrementada pela direção. Recentemente, a emissora teve problemas para a escalação de Gabriela e Guerr dos Sexos.

Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff

Roberto M. Ferreira, 44 anos, vendedor em Cuiabá (MT) – É verdade que o governo brasileiro, antes mesmo de cumprir as metas do Luz para Todos no Brasil, está implantando o programa em outros países? Presidenta Dilma – Roberto, o governo brasileiro não só cumpriu como ultrapassou em muito a meta estabelecida para o Luz para Todos. O programa foi lançado em 2003 com o propósito de levar energia elétrica para 2 milhões de famílias, o que foi alcançado em junho de 2009. Mesmo com as metas atingidas, decidimos prorrogar o programa – até agora, já levamos luz elétrica a 2,9 milhões de famílias. A boa experiência do Luz para Todos chamou a atenção de diversos países da América Latina, África e Ásia e assinamos acordo de cooperação com quatro países e estamos negociando com outros catorze. Nós damos assistência técnica para os governos implantarem programas similares ao Luz para Todos, sem descuidar das nossas metas. O Luz para Todos foi escolhido pela ONU como referência para estender às populações mais pobres de todos os países do mundo o acesso aos serviços de eletricidade. O Luz para Todos não serve apenas para iluminar os domicílios, mas também possibilita a utilização de diversos aparelhos eletroeletrônicos e impulsiona o trabalho no meio rural. A produção se multiplica e permite a comercialização dos excedentes. É essa revolução no campo que está encantando outros países, o que é motivo de orgulho para todos nós, brasileiros. Iris da Rosa, 73 anos, aposentada em Porto Alegre (RS) – Minha irmã, servidora aposentada, recebeu oferta de empréstimo de R$ 6 mil e, no extrato, apareceu o valor de R$ 23 mil. Qual o controle que o governo exerce sobre agentes financeiros que oferecem empréstimo para idosos aposentados? Presidenta Dilma – Iris, os segurados do INSS que tiverem problema com empréstimo consignado podem registrar reclamação pelo telefone 135 ou pelo site do Ministério da Previdência Social: www.previdencia.gov. br. Os bancos têm 10 dias úteis para responder ao INSS e, constatado o erro, dois dias úteis para devolver o dinheiro. Várias medidas foram tomadas para proteger o aposentado. Por exemplo, o valor do empréstimo tem que ser depositado na conta do segurado e, na assinatura do contrato, a instituição tem que fornecer cópia com o

total financiado, o valor e o número de prestações, além da soma do que será pago. Lembro que a melhor forma de conseguir um empréstimo é o segurado procurar o banco de sua preferência. Na contratação de operações de crédito em geral, inclusive empréstimos consignados, os bancos e financeiras devem respeitar as normas instituídas pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central. Quem se sentir prejudicado tem a opção de recorrer ao Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da própria instituição financeira ou do seu correspondente bancário. Ou então reclamar ao Banco Central pela página http://www.bcb.gov.br/?CIDADAO ou pelo telefone 0800-979-2345. Gildásio Brito, 22 anos, estudante em Barra do Corda (MA) – A situação da saúde é muito triste. O que a senhora está planejando para melhorar a saúde pública no Brasil? Presidenta Dilma – Nós já adotamos várias medidas para a melhoria dos serviços de saúde, Gildásio, e não vamos parar por aí. Desde o ano passado, por exemplo, estamos investindo R$ 550 milhões em cirurgias não urgentes. Implantamos o programa de atenção domiciliar, o Melhor em Casa. Lançamos o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica para avaliar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e poderemos até dobrar os recursos de custeio para aquelas que cumprirem metas na qualificação do trabalho das equipes de saúde. Criamos a Rede Cegonha, que garante cuidados que vão desde o planejamento da gravidez até o segundo ano de vida da criança. Atualmente 2.731 municípios já iniciaram o processo de adesão com previsão de atendimento de 1,58 milhão de gestantes em todo o país. Lançamos o Programa Nacional de Fortalecimento das Ações de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo de Útero e de Mama, que em 2011 realizou 3,9 milhões de exames de mamografia e 11,3 milhões de exames de Papanicolau. Aprimorando a gestão do SUS e adotando medidas de combate ao desperdício, conseguimos triplicar a oferta gratuita de medicamentos para hipertensos e diabéticos pelo programa Saúde Não Tem Preço, e economizar, em 2011, mais de R$ 1,7 bilhão na aquisição de remédios e insumos. São grandes vitórias que demonstram que estamos no caminho certo.

Você também pode fazer uma pergunta para a presidentaDilma Rousseff. Basta enviá-la para o e-mail: regional. imprensa@presidencia.gov.br, com nome completo, idade, ocupação e cidade de moradia.


cidades 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

42ª DivinaExpo

Luciano Eurides

Venda de ingressos individuais estão disponíveis pela primeira vez via internet

No dia de liberação de vendas, compradores já se encontravam em fila para obter ingressos. Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Foi liberada a venda de ingressos individuais inteiros através da internet. A liberação através do

meio digital é a primeira permitida pelo Sindicato Rural de Divinópolis. De acordo com a assessoria de imprensa do evento, a medida é uma “reivindicação que vinha sendo feita nos últimos três anos

por dezenas de internautas que tinham dificuldade de comprar antecipadamente os ingressos em suas cidades de origem, por não haver postos de venda fora da cidade de Divinópolis”. Antes,

a única opção de venda para os internautas era o camarote Arena Brahma Country. Os ingressos individuais serão vendidos pela mesma empresa que comercializa para a Arena Brahma Country, chamada Zetks. Os ingressos, válidos apenas para entradas inteiras podem ser comprados no site www.zetks.com. As compras podem ser realizadas com cartões Visa, Mastercard, Dinners Club International e American Express. Os ingressos individuais, para modalidade de pista, variam de R$ 30 a R$ 40, de acordo com a atração musical do dia. A assessoria ainda justifica sobre a liberação exclusiva para entradas inteiras: “os ingressos para estudantes ainda não tive-

ram a venda liberada e serão comercializados apenas nos postos autorizados em Divinópolis e nas bilheterias do Parque (no dia dos shows) devido à necessidade da apresentação do documento estudantil para efetivação da compra”.

DivinaExpo De acordo com a assessoria do evento, a DivinaExpo “é considerada uma das cinco maiores festas de rodeio do país. É um dos eventos mais bem estruturados de todo o circuito brasileiro nesse gênero”. O evento, que se encontra em sua 42ª edição, faz parte do calendário oficial de rodeio do país, representando o estado de Minas Gerais. Sendo assim, segundo nota divulgada pela assessoria,

algumas condições como infraestrutura de atendimento, planejamento de qualidade e segurança são alguns dos pré-requisitos para que possa vir a compor o calendário. Ainda de acordo com a assessoria, em 2010 a DivinaExpo passou a pertencer ao circuito Professional Bull Riders (PBR). Tal fato contribui para que as competições em touro sejam mais acirradas. Esse ano, a festa será realizada doa dia 24 de maio a 3 de junho, com as seguintes atrações musicais sertanejas: Chitãozinho & Xororó, Gusttavo Lima, Jorge & Mateus, Fernando & Sorocaba, Humberto & Ronaldo. Segundo a organização do evento, a grade de atrações é passível de alterações.

ONG abre inscrições para aulas de violino, viola de arco e violoncelo No próximo mês será realizado Festival de Música de Divinópolis Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Todas as semanas um grupo de músicos divinopolitanos se reúne para tocar violino, violoncelo e viola. Esse é mais um ensaio da Orquestra Cordas e Sons coordenada pela ONG que parte de um projeto socio-cultural que tem a proposta de contribuir para a transformação da realidade de crianças, jovens e adultos através da arte, da cultura e do conhecimento. Neste mês a Associação Cultural Cordas e Sons está com inscrições abertas para as primeiras turmas de violino, viola de arco e violoncelo. As aulas tem o objetivo de oferecer o aprendizado de instrumentos clássicos para pessoas que tenham interesse. A expectativa é de que futuramente, estes alunos possam participar da Orquestra Cordas e Sons, que hoje possui 27 músi-

cos. Os músicos que já recebem as aulas se reúnem duas vezes por semana para desenvolver as técnicas de música de câmara e a prática de conjunto. De acordo com Walter Caetano, regente e presidente da ONG, a Orquestra Cordas e Sons é o primeiro dos vários projetos que a ONG pretende implantar na cidade. O projeto da orquestra existe há mais de cinco anos, mas ficou desativado por falta de recursos. O sonho antigo, idealizado por Walter Caetano, foi revitalizado após a realização da primeira edição do Festival Nacional de Música de Divinópolis. A ONG é um projeto socio-cultural que trabalha para mudar a vida de muitas pessoas por meio da música, “Estamos fazendo história na área de música erudita em Divinópolis. A orquestra Cordas e Sons é uma realidade cotidiana, vivida por

nós há mais de dois anos” avalia Walter Caetano. No último ano, como reconhecimento pelo trabalho na área cultural, a ONG recebeu o título de Utilidade Pública Municipal e Estadual. Durante o Festival de Música de Divinópolis neste ano, a Orquestra apresentará um Concerto Especial com peças de Bach e Vivaldi em homenagem ao Centenário de Divinópolis. NOVAS TURMAS De acordo com Walter, a expectativa é de que cada uma das turmas para as novas aulas seja formada por 20 alunos. Ao todo serão quatro turmas, sendo uma de violino Suzuki para crianças, uma de violino e viola de arco para adultos e uma de violoncelo e as mensalidades terão valor simbólico, apenas para contribuir com a manutenção das ações da ONG e pagamento

COMARCA DE DIVINÓPOLIS/MG SECRETARIA DA 1ª VARA CÍVEL – EDITAL DE CITAÇÃO – PRAZO DE 30 DIAS – PROCESSO 223.09.292612-8 – CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO - Autora: Libertas Skate Shop Ltda – Réu: K Louco Surf Wear Ltda – OBJETIVO: CITAR K LOUCO SURF WEAR LTDA ME, CNPJ nº 03.622.569/0001-87, e FAN – FACTORINGE ASSESSORIA DE NEGÓCIOS LTDA, CNPJ nº 006.254.261/0001-14, para levantarem o depósito no valor de R$ 768,83 (setecentos e sessenta e oito reais e oitenta e três centavos) ou oferecerem resposta, no prazo de quinze dias, sendo certo que não sendo contestada presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelos autores (art.285 do CPC). E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados e ninguém possa alegar ignorância, publicou-se o presente edital. Divinópolis, 18 de abril de 2012. Eu, Eliana Capanema Hess, Escrivã da 1ª Vara Cível digitei e assino por ordem do MM. Juiz de Direito, Dr. Marlúcio Carvalho de Teixeira. Advogado: Dr. Ricardo Maia Pereira, OAB/MG 114.075

SECRETARIA DA 2ª VARA CÍVEL – COMARCA DE DIVINÓPOLIS/MG. EDITAL DE CITAÇÃO de DELMARCUS REINALDO DOS SANTOS E ÉRIKA DAS GRAÇAS LIMA SANTOS. Prazo de 30 (trinta) dias. Processo nº 223.11.009969-2 – MONITÓRIA, movida por Reginaldo Marques de Carvalho, em face de Delmarcus Reinaldo dos Santos e Érika das Graças Lima Santos. Objetivo: Citar DELMARCUS REINALDO DOS SANTOS, CPF 031.828.566-50, filho de Irene Maria da Silva, E ÉRIKA DAS GRAÇAS LIMA SANTOS, CPF 012.435.566-84, filha de Maria das Graças Lima, com endereço em lugar incerto e não sabido, para, no prazo de 15 (quinze) dias, efetuar o pagamento da importância de R$ 5.002,79 ou entregar a coisa objeto da ação, se for o caso, hipótese em que ficará isento de custas processuais e honorários, ou, no mesmo prazo, apresentar embargos. Advirta-se de que não pagando ou não apresentando embargos, será acrescida multa de 10% nos termos do art. 475-J do CPC. Divinópolis/MG, 09 de janeiro de 2012. Eu, Bruno E. Trajano dos Santos, Escrivão Judicial em substituição, o fiz digitar e assino. Dr. Fernando Fulgêncio Felisíssimo – MM. Juiz de Direito da 2ª Vara Cível. Adv.: Dra. Aryell Mary de Moraes Dias OAB/MG 125441

Sylvia Pagotto

dos professores. Walter ressalta ainda que os interessados em fazer as aulas podem entrar em contato pelo email ongcordasesons@gmail.com e informar o nome completo, idade e o instrumento que deseja aprender. A divulgação das inscrições está sendo realizada também pelo facebook. FESTIVAL DE MÚSICA O Festival Nacional de Música de Divinópolis terá processo seletivo aberto entre os dias 10 de maio e 10 de julho. Neste período os músicos e cantores deverão enviar seus currículos pelo site festivalmusicadivinopolis.com.br para participarem da seleção. Ao todo serão cerca de 150 vagas para alunos, que vão se dividir entre aulas de violino, violão, violoncelo, banda sinfônica, regência, canto coral, canto lírico e piano. Neste ano o evento irá con-

Os alunos dos cursos da ONG realizam apresentações na cidade

tar com oficinas de música com professores renomados, participação de alunos da cidade, região e de todo o país, além de apresentações gratuitas de concertos e orquestras, óperas

completas. As duas primeiras edições do Festival foram realizadas em janeiro nos dois últimos anos. Neste ano o Festival será realizado de 22 a 28 de julho.


12 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Fiemg oferece cursos de capacitação para empresários Marina Alves

Marcos Roberto alerta para a importância do desenvolvimento profissional Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A Fiemg Regional Centro-Oeste está realizando cursos na área de gestão, para empresários, funcionários e trabalhadores autônomos. Na área de gestão estão sendo desenvolvidos quatro cursos, de Gestão de Finanças e Controladoria, Gestão de Negócios, Gestão de Lideranças e Gestão Comercial. Os cursos de gestão são realizados em um período de sete meses, e a carga horária

total é de 168 horas. Os cursos acontecem quinzenalmente, na Fiemg, nos períodos noturnos na quinta-feira e sexta-feira, e no período da manhã dos sábados. Os encontros, desenvolvidos ao longo dos sete meses de curso são elaborados por especialistas das áreas de formação. No curso, os temas propostos são trabalhados e debatidos, incentivando a traça de experiências e o aprendizado de alunos e especialistas, com reciclagem e desenvolvimento de conhecimento. O curso possui um total de quatorze módulos, e é voltado para empresários, gerentes, supervisores. O curso de Gestão Comercial é também voltado para vendedores e o curso de Gestão de Lideranças é direcionado á pessoas que ainda não ocupam, mas pretendem ocupar cargos de chefia dentro das organizações. Segundo o coordenador dos cursos de Gestão, Marcos Roberto Gomes, os cursos são de grande importância para empresários: “Cursos como o de Gestão de Negócios ajudam o empresário a ter uma visão mais estratégica de seu negó-

cio, dentro do mercado onde ele atua. Estamos na oitava turma deste curso, já são praticamente quase quatro anos de curso, e nós observamos que aqui o empresário tem uma visão maior de sua empresa”, conta Marcos Roberto. Marcos Roberto conta também que profissionais liberais costumam participar do curso: “Temos dentistas, que são profissionais liberais, professores de educação física, fisioterapeutas, esteticistas, todos frequentando os cursos. São profissionais formados, que passaram pela faculdade, porém não tiveram uma visão de gestão, então, esses profissionais vêm para a sala de aula para aprender com a experiência de outros empresários e gerentes, como gerir sua agenda e suas finanças”. O coordenador dos cursos também faz o alerta para os empresários da região: “O empresário deve ficar atento ao desenvolvimento das pessoas que trabalham com ele. Hoje as empresas reclamam da dificuldade de encontrar o cliente, de fazer o crescimento acontecer, mas no dia-a-dia, ele

se esquece de que para se ter uma boa empresa é necessária uma boa equipe, e essa boa equipe requer desenvolvimento constante”. Após a conclusão do curso, o aluno que conseguir a aprovação receberá seu diploma específico, e também o certificado, que contém todas as disciplinas trabalhadas ao longo dos sete meses de curso. O curso de Gestão e Finanças e Controladoria já teve inicio, na última semana. O curso de Gestão de Negócios tem início no próximo dia 10, e as inscrições serão encerradas hoje, no período da tarde. A inscrição para os cursos pode ser feita no site http:// www.fiemg.org.br/regional-centrooeste. O formulário deverá ser preenchido e enviado para o e-mail indicado no documento. O curso é dividido em sete parcelas de R$ 295,00 por mês. Para a indústria, e para as empresas que enviam mais de cinco funcionários para o curso é concedido desconto na taxa. Os interessados podem também ligar no telefone 3690-4400, falar com Ângela no departamento comercial.

Medicamentos genéricos se consolidam no mercado Daniel michelini Da Redação

Os medicamentos genéricos atingiram uma significativa marca de 25,4% de vendas no mercado no primeiro trimestre desse ano. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró-Genéricos), do início do ano ao fim de março foram comercializadas cerca de 153 milhões de unidades, significando uma evolução de 23,5% se comparado ao mesmo período tempo de 2011. O mercado farmacêutico total também apresentou crescimento no período. As vendas da indústria evoluíram em 10%, menos da metade da comercialização de medicamentos genéricos. O conjunto da indústria registrou vendas quase 600 milhões de unidades entre janeiro e março de 2012 contra 544 milhões em igual período de 2011, tendo alta de 10%. Em nota, o presidente da Pró Genéricos, Odnir Finotti, os medicamentos genéricos são de grande importância na indústria farmacêutica: “Somos o setor economicamente mais dinâmico da indústria. Seguiremos crescendo nesses patamares e esperamos alcançar 30% de participação de mercado ainda em 2012”, afirmou. “São drogas mais modernas, ainda mais eficazes

e por isso possuem maior valor agregado”, explica. O consumidor brasileiro também segue se beneficiando dos genéricos. Desde que os medicamentos chegaram ao mercado, há 11 anos, a população já economizou cerca de R$26,7 bilhões em compras de medicamentos. “Os genéricos estão entre as maiores conquistas da saúde publica no Brasil. Uma parcela significativa da população compra medicamentos hoje graças aos genéricos”, conclui Odnir Finotti. O farmacêutico Rodrigo Ferraz explica que as vendas de medicamentos genéricos em Divinópolis aumentaram muito em relação aos anos anteriores. Na sua farmácia, ele diz que a venda de genéricos é 70% maior do que os de referência: “Os medicamentos que são mais caros normalmente são os mais vendidos na versão genérica. Isso é benéfico para o consumidor. Sou totalmente a favor da venda desses remédios nas farmácias”, diz. Ele salienta ainda que não há prejuízo em relação às vendas: “Isso nunca nos deixa no prejuízo. Pelo contrário. A quantidade vendida de genéricos hoje em dia supera o numero de vendas dos medicamentos que antigamente eram mais caros. Muita gente deixava de comprar devido ao preço”, conclui.


POLÍCIA 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Operação para identificar e prender suspeitos de homicídio é realizada Dois casos estão sendo apurados; um jovem foi preso e outros dois menores apreendidos Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Um dos objetivos maiores das autoridades se tratando de segurança pública juntamente dos crimes relacionados a tráfico de drogas, são os homicídios. Três pessoas foram detidas nesta terça-feira durante uma operação da Polícia Civil com a meta de combater os homicídios na cidade, que só neste ano

já somam 21. T.H.S de 21 anos e dois adolescentes, F.C.E e P.L.H, de 17 e 16 anos foram detidos durante a operação, nos bairros Davanuze, Niterói e Itaí. Eles são suspeitos de participar do assassinato de Rudson Martins Junior, morto a tiros durante uma festa regada a álcool e drogas em um sítio na zona rural, atrás do Posto Xavante e perto da rodovia que dá acesso a Nova Serrana (BR-494).

Responsável pelo caso, o Delegado de Crimes Contra a Vida, Marcelo Nunes, explica que os suspeitos foram identificados graças as imagens das câmeras de segurança de um posto de combustível que filmaram toda ação dos suspeitos após o crime. “A tecnologia foi nossa aliada nessa apreensão. Depois que vimos as imagens do circuito interno do estabelecimento, foi possível identificar

os foragidos. Só tivemos que notificar os nossos agentes para seguirem os rastros dos suspeitos.” O outro caso que está próximo de solução é a morte de Diego Sebastião de Oliveira, ocorrida em 26 de fevereiro, no bairro Santa Lúcia. Um suspeito do crime foi preso na última sexta-feira e a polícia ainda tenta encontrar o segundo envolvido.

Continuam freqüentes as ocorrências referentes a entorpecentes na região Tráfico de drogas é o maior empecilho da segurança pública na região Centro-Oeste Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Anteontem (07), por volta das 19h38, a Polícia Militar compareceu na Rua Pedestre, Bairro Grajaú, onde a solicitante havia informado ao militares no 23ºBPM, que o filho, menor infrator N”, 12 anos, estava traficando drogas. A solicitante entregou aos militares um pote plástico contendo 03 (três)

buchas e 01 (um) tablete de maconha, relatando ainda que o menor infrator havia evadido ao notar que ela o havia denunciado. Foi feito o rastreamento porém o menor infrator não foi localizado. A droga foi apreendida e levada a delegacia. Cláudio Também na terça, (07), durante patrulhamento no Conjunto Habitacional Lázaro

Gabriel de Melo, a Polícia Militar deparou com B.H.B.F., 21 anos, que ao perceber a presença da viatura policial correu e pulou um muro evadindo do local. Os militares conseguiram localizá-lo quando este retornava para sua casa, abordando-o e após busca pessoal foram encontradas três munições CBC de calibre 38. Na casa, foi abordado L.C.R., 21 anos, que também reside no

local. Foi procedida busca no local onde foi localizada uma pistola, calibre 38 e um carregador municiado com cinco munições intactas, vários aparelhos celulares e uma chave de um veiculo. Diante dos fatos os suspeitos foram presos e conduzidos até a Delegacia de Polícia, juntamente com a arma, munições e demais materiais apreendidos, onde foram autuados.

Falsificação de calçados é alvo de operação deflagrada em Nova Serrana Operação Lava Pés é uma ação conjunta do Ministério Público, SEF, Receita Federal, Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal e ainda Corpo de Bombeiros

Duas pessoas morrem devido a explosão numa fábrica de fogos em Santo Antônio do Monte

Gazeta Montense

A ambulância chegou ao Pronto Atendimento com pessoas em estado de choque. Os corpos das vítimas fatais foram levados do local do acidente para Bom Despacho.

Duas pessoas morreram em decorrência de uma explosão na Fábrica de Fogos Estrela, que fica há cerca de 9 km de Santo Antônio do Monte. Apesar da distância, várias pessoas afirmam ter ouvido o barulho da explosão. Como sessenta por cento da população trabalha nas fábricas de fogos, logo após a notícia da explosão várias pessoas se dirigiram ao Pronto Atendimento Municipal em busca de informações. As duas vítimas fatais, de acordo com as primeiras informações, estavam conduzindo um tipo de carro de mão carregado com artefatos de pólvora branca, que explodiu e atingiu um barracão. Outras duas pessoas foram atendidas no Pronto Atendimento Municipal com ferimentos leves e com crise nervosa. As polícias Civil e Militar ainda não divulgaram o nome oficial das vítimas. Já o Sindicato dos Traba-

lhadores nas Fábricas de Fogos – Sindifogos informou que morreram no acidente Claudiomar Custódio da Silva, de 42 anos e André Luiz da Silva, de 37 anos. Segundo as últimas informações, os corpos dos dois funcionários, depois da perícia no local do acidente, foram levados para Bom Despacho e o velório deverá ser realizado ainda nesta tarde. De acordo com trabalhadores da fábrica onde as vítimas trabalhavam, havia poucas pessoas no local da explosão e as duas vítimas receberam o impacto direto da explosão. Este é o primeiro acidente em fábrica de fogos que acontece este ano. De acordo com especialistas, neste período de seca, os riscos de acidentes nas fábricas aumentam por conta da queda da umidade do ar. Ademar de Oliveira, Gazeta Montense – Santo António do Monte.

Adilson Pacheco/ Gazeta de Nova Serrana

Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Foi deflagrada na manhã de ontem, (08), a Operação Lava Pés, para o cumprimento de mandados de busca e apreensão em quatro endereços residenciais e oito em endereços comerciais em algumas cidades do Centro-Oeste mineiro (Nova Serrana, Pará de Minas) e na capital, Belo Horizonte. A ação decorreu de denúncias e reclamações levadas ao conhecimento do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a respeito de atividades ilícitas que estariam sendo realizados por fabricantes de calçados localizados em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, principalmente a “pirataria” – falsificação de marcas famosas –, além da concorrência desleal e crimes de sonegação fiscal. Estima-se que esse grupo seja responsável por 90% do movimento econômico da região de Nova Serrana e a sonegação fiscal seja da ordem de R$ 12 milhões por ano.

A força-tarefa desencadeada nesta ação inclui o MPMG, Advocacia-Geral do Estado (AGE), a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF), a Receita Federal, a Polícia Civil e a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros Militar, além da Polícia Rodoviária Federal como colaboradora. A Operação Lava Pés conta com um procurador, quatro promotores de Justiça, dois advogados do Estado, 62 auditores fiscais da Receita Estadual, 98 policiais militares, 15 auditores da Receita Federal do Brasil, seis bombeiros militares, policiais civis e técnicos do Ministério Público. Segundo fontes um empresário de Divinópolis estaria envolvido no esquema, mas não confirmaram nada oficialmente. Várias caixas e malotes foram retirados das empresas e casas de outros empresários, porém nada foi divulgado sobre prisões e quantidade e valores apreendidos. As autoridades devem se pronunciar no fim da tarde ou

Mulher faz aborto em Nova Serrana e é denunciada por médica Agentes revistaram a casa do empresário dono da fábrica de calçados

amanhã de manhã. Retrospectiva A partir de levantamentos preliminares, constatou-se que as empresas envolvidas se utilizavam de um modus operandi , que envolvia a compra de insumos e matérias primas, utilizados na fabricação de calçados,defornecedoreslocalizados foradoEstadodeMinasGerais,sendo as respectivas mercadorias destinadas a empresas diversas daquelas constantes do documento fiscal. Dessa forma, embora saindo dos fornecedores com nota fiscal, tais insumos chegavam disfarçados aos

reais destinatários, fato que lhes permitia fabricar produtos falsificados e comercializá-los posteriormente no mercado paralelo, sem a emissão de documentos fiscais. Os destinatários fictícios das notas também eram beneficiados pelo esquema, uma vez que recebiam as notas fiscais e se creditavam do ICMS nelas destacado. Esses artifícios permitiram a prática de ilícitos fiscais, como o aproveitamento indevido de créditos do ICMS e venda de produtos sem documento fiscal, além da falsificação e comercialização de calçados de marcas famosas.

Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Outro crime envolvendo crianças ocorreu na manhã de ontem na região Centro-Oeste mineira. Desta vez, uma mulher provocou um aborto vitimando um feto de apenas cinco. A jovem de 22 anos deu entrada no Hospital São José, em Nova Serrana, com fortes dores abdominais. De acordo com a médica de plantão, durante o atendimento, a paciente abortou um feto de aproximadamente cinco meses, sexo feminino e 800 gramas de peso. O feto morreu poucos mi-

nutos após o aborto. Segundo a médica, ao examinar a mãe, a plantonista acabou encontrando duas cápsulas de medicamento abortivo em sua vagina. Por isso, a Polícia Militar de Nova Serrana foi acionada. Pressionada, a autora, N.T.S., confessou que ingeriu duas cápsulas e introduziu outras duas na genitália. Ela foi presa em flagrante por crime de aborto, porém não pôde ser levada para a Delegacia de Polícia, por ter permanecido internada. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil. A equipe médica e administrativa do hospital não quis se pronunciar.


14 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Cruzeiro encara a Copa do Brasil

Luciano Eurides

Luciano Eurides

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

JOGO HISTÓRICO Quem esteve no Divinópolis Clube no último final de semana teve uma oportunidade de ouro. As equipes da Alá Imóveis, comandada por Geraldo Martins encontrou um adversário a altura: Max Shop. O time da Alá venceu e o resultado foi justo, principalmente porque não tira os méritos da equipe do Euler Carneirinho. Um time bem montado e com um posicionamento praticamente impossível de ser driblado. Alá venceu na garra. Na técnica seu Max Shop. Imaginar que a competição somente está no começo, muita água ainda vai rolar e certeza de grandes jogos. Melhor em campo? Difícil, quero ver quem a organização vai escolher. Meu voto vai para o Paulo Faria.

LIMPEZA NO SALGADÃO Estive no último sábado no campo do Salgadão e realmente por pouco não percebia as crianças lá dentro. O mato dentro do campo alcançava os garotos pela cintura. Fora dele, ainda pior. Uma roçadeira, transformaria aquele espaço em um lugar para ser praticado esportes, mas da maneira como está, impossível. A Secretaria de Esportes e Lazer poderia interceder pela população do bairro e contar com a secretária de obras para uma limpeza. NOVA SERRANA SEDIA JEMG Os Jogos Estudantis de Minas Gerais (JEMG) faz parte do programa Minas olímpica terá sua etapa Microrregional aberta ontem, no Poliesportivo Apio Cardoso, em Nova Serrana. Nesta etapa da competição, Nova Serrana recebe equipes de 15 cidades que disputarão em quatro modalidades (Basquete, Futsal,

Handebol e Vôlei) e dois módulos (Modulo I, atletas nascidos entre os anos 98, 99 e 2000 e Modulo II, atletas nascidos em 95, 96 e 97). Segundo o Prefeito Paulo Cesar de Freitas, a realização desta etapa em Nova Serrana pelo terceiro ano consecutivo mostra a representatividade da cidade em relação ao Centro Oeste mineiro, tanto em infraestrutura quanto em participação e competitividade nas modalidades. Disse o prefeito: - Pelo terceiro ano consecutivo estamos sediando esta etapa, isto mostra que temos hoje infraestrutura e um projeto de promoção e apoio esportivo que é referência em todo o Estado”. JUDÔ O Estrela do Oeste Clube sediará a 1ª Etapa do Campeonato Mineiro de Judô, no Ginásio Poliesportivo do Centro Campestre, no dia 19 de maio de 2012, a partir das 8h30. Com apenas três anos de Judô no clube, o EOC tem conquistado excelentes resultados no ranking estadual e, pela primeira vez, tem a honra de sediar uma seletiva para o brasileiro, com participação de atletas de todo o estado. Os participantes somarão pontos para o Campeonato Brasileiro de Judô, já que, a primeira e a última etapa são as que oferecem maior pontuação aos concorrentes. A segunda etapa do mineiro será realizada em Belo Horizonte e a terceira e última etapa ainda está com local indefinido. O Torneio é realizado pela Liga Mineira de Judô e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Divinópolis e da Unimed. A expectativa é que mais de 200 judocas participem da seletiva nas categorias petiz, mirim, infantil, infanto-juvenil, pré-juvenil, juvenil, júnior e sênior. O torneio faz parte do Troféu Centenário de Divinópolis, que movimentará tanto Sede Urbana quanto Centro Campestre entre os dias 19 e 20 de maio. Na programação já está confirmada a realização do Estrela Night Run, da 6ª Copa dos Campeões do Brasil de Peteca e ainda competições de tênis, futsal, tênis de mesa e sinuca.

ter o apoio deles. Com certeza, vamos entrar em campo, correr muito e lutar até o fim para buscar essa classificação”. O a t a c a n t e We l l i n g t o n Paulista confia na vitória. Se vencer por 1 a 0, a decisão da vaga nas quartas de final será nos pênaltis. “É o que a gente quer. Ficamos fora da final do Campeonato Mineiro, e agora queremos avançar na Copa do Brasil. Vai ser um jogo importante. Vamos buscar a vitória e a classificação. A gente precisa ganhar o jogo. Não importa como, mas a gente precisa ganhar o jogo. Vamos para cima de todas as maneiras. Vamos buscar o gol a todo instante. Os primeiros 15 minutos serão importantes para a gente ditar o ritmo do jogo. Precisamos ganhar”, disse.

Para o Cruzeiro somente a vitória interessa

Galo inicia preparação para grande final do Mineiro Bruno Cantini

RURAL Encontro dificuldades em obter as informações oficiais da Copa Rural. Na Secretaria de Esportes e Lazer (SEL) fui informado que é necessário fazer o protocolo na prefeitura para obter a classificação. A justificativa é que a informação interessa apenas aos representantes das duas equipes. Isso é falta de respeito com a imprensa que acompanha a competição. Com os torcedores e jogadores. A nota oficial sobre a perda de pontos da Mata dos Coqueiros desapareceu, ninguém sabe, ninguém viu. Mesmo caso, tem de pagar para fazer um protocolo na prefeitura e esperar 15 dias para se ter acesso a informação. Tentamos de todas as formas manter a Copa Rural, a mais tradicional da cidade. Realmente é impossível. A toalha está jogada. Esse repórter não tem mais forças para acompanhar uma competição difícil, de muita rivalidade, que integra nossa população rural. Peço desculpas aos leitores, mas é óbvio ser pessoal essa burocracia. Se for para qualquer outra pessoa, a informação é fornecida.

Os jogadores fizeram coro para o apoio do torcedor e assim o time vencer o Atlético-PR, nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e avançar às quartas de final da competição. A Raposa precisa vencer por dois gols de diferença. Se vencer por 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. “A Torcida do Cruzeiro sempre foi fundamental em todas as situações. No ano passado, esteve junto com a gente o tempo todo. Falo por todos os jogadores: a gente espera a Máfia Azul e todos os Torcedores lá no estádio, para nos empurrar, do começo ao fim, pois precisamos muito de todos eles”, disse o volante

Charles. O volante Everton, que tem atuado como lateral-esquerdo, é outro que acredita na classificação cruzeirense, e que confia no incentivo dos Torcedores na partida decisiva desta quarta-feira. “A Torcida está sempre do nosso lado. E este é um momento que a gente precisa da força da Torcida. Sabemos da nossa qualidade e temos que reverter o placar do primeiro jogo, no Paraná. O apoio da Torcida será fundamental para empurrar o time do Cruzeiro”. Já Diego Renan, que tem atuado como lateral-direito, promete muito empenho e dedicação para o Cruzeiro vencer e sair da Arena do Jacaré com a classificação às quartas de final da Copa do Brasil. “Sabemos que o torcedor sempre esteve ao nosso lado, e é fundamental

Galo iniciou a preparação para o jogo final do Campeonato Brasileiro

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O elenco atleticano se reapresentou na tarde desta terça-feira, na Cidade do Galo, e realizou o primeiro treino visando ao clássico decisivo do próximo domingo, que decidirá o Campeão Mineiro de 2012. A partida contra o América acontecerá às 16h, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Os atletas realizaram atividade físicas na academia. O volante Leandro Donizete sofreu estiramento grau um na panturrilha esquerda e está fora da final. Nesta quarta-feira, haverá treino em dois períodos, às 9h30 e 16h. O volante Dudu Cearense, que ainda não havia atuado pelo Atlético-MG na temporada, fez

sua estreia no ano justamente no clássico decisivo contra o América-MG e espera ter uma sequência de jogos para provar que pode continuar no Galo. O jogador revela que a cerca de um mês teve um conversa com o técnico Cuca e desde então tem se empenhado mais nos treinamentos para conquistar espaço na equipe. “Acho que faltou um pouco de comunicação. Tivemos uma conversa muito boa um mês atrás, o que me deu mais motivação. Entendi a cobrança dele e já comecei a treinar com mais ânimo. Pude ver uma luz no fim do túnel e que eu poderia ter uma sequência, uma oportunidade. Ele mostrou isso para mim, e está aí o resultado. Fui convocado para a final e entrei no jogo”, declarou. Dudu Cearense chegou

ao Atlético-MG com o status de contratação de ponta, mas dentro de campo o jogador não conseguiu mostrar futebol e agora afirma que já está readaptado ao futebol brasileiro e quer conquistar títulos pelo Galo. O atleta admite que faltou um pouco de empenho na temporada passada e garante que dessa vez será diferente. “Eu não me cobrei tanto no ano passado, por causa da adaptação. Mas nesse ano, estou diferente, mais leve do que no ano passado. Falta ritmo de jogo. Por onde passei, fui campeão e espero que não seja diferente no Atlético-MG. Temos de pensar na atitude, na vontade com que vamos entrar em campo. É entrar focado e pensar na oportunidade que é levantar um título”, disse.

CBF confirma o Guarani na série D LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a lista dos 35 clubes que disputarão a série D do Campeonato Brasileiro. Entre eles está o Guarani de Divinópolis. A notícia não foi confirmada e nem desmentida pela diretoria. Uma reunião na quinta-feira determinará se um patrocínio existente será suficiente para ala-

vancar a equipe na competição. O Campeonato Brasileiro da Série D já tem 35 clubes confirmados para a edição deste ano, que acontecerá de 27 de maio a 30 de setembro. Ao todo serão 40 times disputando o título de campeão brasileiro da Série D em 2012. Cada um dos 26 estados e o Distrito Federal terão no mínimo um representante na competição. As cinco últimas equipes serão conhecidas na próxima

semana, quando os campeonatos estaduais de 2012 chegarem ao fim. Acre, Pará, Roraima, Sergipe e o Distrito Federal ainda não têm seus representantes definidos. Clubes já confirmados: Penarol/AM, Vilhena/RO, Santos/ AP, Sampaio Corrêa/MA, Mixto/ MT, Comercial/PI, Araguaína/ TO, Horizonte/CE, Campinense/ PB, Petrolina/PE, Ypiranga/PE, Baraúnas/RN, CSA/AL, Vitória da Conquista/BA, Feirense/BA,

Sousa/PB, CRAC/GO, Itumbiara/ GO, Cene/MS, Gurupi/TO, Aracruz/ES, Nacional/MG, Guarani/ MG, Friburguense/RJ, Resende/ RJ, Arapongas/PR, Veranópolis/ RS, Marcílio Dias/SC, Marília/ SP, Mogi Mirim/SP, Cianorte/ PR, Brasil/RS, Juventude/RS, Metropolitano/SC e Mirassol/SP. O Guarani, Nacional, Aracruz, Friburguense e Resende formam uma das chaves regionais.


ESPORTES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SÁBADO E DOMINGO, 05 e 06/05/2012

Chuva de gols na LMDD

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

No último domingo foram realizados os jogos de ida das quartas de final da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD). Bela Vista e Flamengo já haviam jogado no meio de semana e tentam marcar o jogo de volta para a noite de sexta-feira. Por conta do dia das mães se espera um pronunciamento oficial da entidade sobre os jogos de volta. Na Categoria de Pré-Escolinha o Minas empatou com o Jusa Fonseca em 1x1. O Sport não conseguiu suportar a foça do Vasco da Gama e perdeu por 8x0. A mesma situação ocorreu com o Independente de São José dos Salgados que foi goleado pelo Palmeiras por 7x0. Na Categoria de Mirim o São Lázaro demonstrou toda a força e perdeu para o Flamengo por 1x0 e para o jogo de volta, no Mendes Mourão, terá todas as possibilidades de surpreender. O Minas e Bela Vista empataram sem gols, já o Sport foi

Edimar Faria vence a Corrida do Trabalhador

Luciano Eurides

Independente de Salgados já era contado como uma força do futebol infantil da região

goleado pelo Vasco da Gama por 6x0, mesmo resultado da vitória do Palmeiras sobre a Associação Atlética Danilo Passos. Na Categoria de Infantil o

Padre Eustáquio foi goleado pelo Jusa Fonseca 7x1, o Tupi surpreendido pelo Independente, o placar de 5x3 para o time de Salgados somente não foi ines-

perado para aqueles que viram a equipe atuar muito bem no Dr Sebastião Gomes Guimarães. O Vasco da Gama perdeu para o Sport por 2x1.

Edimar Faria ocupou o lugar mais alto do pódio masculino LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Max Shop domina, mas perde para a Alá Imóveis

Luciano Eurides

Max Shop fez uma grande partida onde dominou a maior parte do jogo LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Campeonato do Divinópolis Clube colocou em campo duas grandes equipes do soçaite da cidade. Alá Imóveis e Max Shop fizeram uma partida para ficar na história do esporte da região. O jogo começou e terminou muito bom. Logo no inicio Marcinho foi obrigado a fazer boas defesas e honrar os tantos títulos de destaque da competição acumulados a muitos anos. Paulo Faria fazia uma grande partida e

se não fosse a ponta da chuteira do defensor, teria encontrado Marquinho Cidadão livre para abrir o placar. O jogo foi se equilibrando e a Max Shop levava mais perigo ao gol defendido por Marcinho e aos 25 minutos Marquinhos Cidadão entrou pela esquerda, olhou e escolheu, mesmo sem ângulo, um chute perfeito, forte e sem chances para Marcinho. A condição da equipe da Max Shop realmente confortável, muito bem postada na defesa e aos 27, Pablo Ferreira recebeu a bola no

Restaurante Castanheira Self-service sem balança

R$ 2,99

Aberto de 10h às 14h Segunda à sábado

Rua Pernambuco, 155 - Centro Divinópolis-MG - Tel: (37) 3214-0453

fundo e chutou forte para fazer 2x0. Emoção até o último minuto no primeiro tempo. Uma falta de Chumbreca, a décima da equipe da Max Shop e o segundo amarelo para o defensor o excluindo da partida. Na cobrança direta sem barreira Éder chutou para fora. No segundo tempo começou quente. Para exemplificar, em um lance quando Lucas elevou o pé mais alto que o normal. Houve empurrões e muita discussão. A Max Shop se fechava cada vez mais e isso acabou atraindo o time adversário que aos 20

minutos diminuiu o placar com Gustavo Lajinha. Ele recebeu a bola na entrada da área, colocou a bola alta e depois da cabeçada ela sobrou para Éder encher o pé e diminuir o marcador. O empate veio logo depois, aos 24 minutos, Lajinha recebeu a bola na área e com muita vontade fez o gol de empate para a Alá Imóveis. Aos 30, Pablo Nelito recebeu a bola no contra ataque e marcou o terceiro gol da Alá Imóveis que de virada manteve um invencibilidade de longa data.

Foi realizada no último domingo a 15ª edição da Corrida do trabalhador e a novidade ficou pelo local: Rua Pitangui. Tradicionalmente realizada no Parque da Ilha, a corrida ganhou nova forma e componentes. Na prova dos 10km, Edimar Antônio Faria foi o melhor no masculino e Cristina Marcia no feminino. No percurso alternativo, 5Km, Alexander Costa o vencedor e Angelina Mendonça a vencedora. O percurso alternativo teve um menor número de participantes e alguns corredores tradicionais dos 10 km optaram pela prova mais curta. Alexander Costa terminou em primeiro com o tempo de 19min26s, o segundo colocado Luiz Nei Resende com 19min55s e o terceiro André Souza em terceiro um minuto depois do segundo colocado. No feminino, Angelina Mendonça a primeira com 29min50s, em segundo Monica Ribeiro Silva com 32min03s e Ana Luisa Alves em terceiro com 32min06s. No percurso oficial de 10km Edimar Antônio de Faria teve um melhor final de prova e isso lhe rendeu o primeiro lugar com o tempo de 36min32s. Wanderli Aparecido Nascimento liderou boa parte da prova e foi ultrapasso na última volta, terminou em segundo com o tempo de

37min03s. Sidney Alves Santos também esteve sempre no pelotão da frente e terminou apenas 25 segundos depois de Wanderli, Janslley Daniel fez em 37min38s e Paulo César Pereira apenas oito segundos depois para ficar com a quinta colocação. Alguns destaques puderam ser observados na prova. Rogério Oliveira, apenas 20 segundos o separou do pódio. Ficou com o primeiro lugar na categoria 30 a 34 anos. Na categoria até 19 anos, Sávio Martins Silva teve uma torção no tornozelo direito, logo na segunda volta, se recuperou dentro da prova e chegou 58 segundos após Vitor Santos Silva, de Pará de Minas, que terminou em primeiro na categoria. No feminino, Cristina Márcia foi a melhor com 52min53s, a segunda colocada Chiara Luana com 53min13s. já a terceira colocação teve Wanderli Terezinha com 54min36s, Jaqueline Fátima a quarta colocada com 56min08s e a quinta colocada Agda Gontijo com o tempo de 56min52s. A próxima corrida do Circuito Conheça Divinópolis Correndo será a Corrida de São João, no dia 24 de junho com largada ás 9h. Dia 23 haverá um posto de inscrições e recebimento e entrega de números para os atletas já cadastrados no Circuito. De 8h ás 12h na porta da Papelaria Mirian, Av 1º de junho 318.


16 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SÁBADO E DOMINGO, 05 e 06/05/2012

Em Divinópolis, a agricultura familiar é valorizada e produz alimentos para as escolas municipais.

Fotos: Patrícia Rodrigues/PMD


Linha VW 2013 Fox concentra mudanças PÁGINA 4

Pelas terras do Brasil

BMW G 650 GS fica mais parruda na Sertão, versão desenvolvida bem ao gosto fora-de-estrada tupiniquim

Divulgação

Em 2009, a BMW iniciou a montagem da G 650 GS em parceria com a Dafra, em Manaus (AM). Tratava-se não somente de um grande passo para a marca alemã, atenta ao crescimento do mercado nacional, como também um marco – a fora-de-estrada foi a primeira moto da família GS construída em regime de CKD fora da Europa. O tempo passou e desde então mais de 4 mil unidades foram vendidas no país, consagrando o Brasil como um dos principais mercados para a BMW no mundo. Toda essa atenção rendeu o primeiro fruto: a G 650 GS Sertão, versão mais aventureira do modelo voltada a quem não abre mão de incursões na terra. Apresentada no Salão das Duas Rodas 2011, ela chega às concessionárias por R$ 32.800 ostentando uma nomenclatura inexistente no idioma alemão, mas que também estará presente na Alemanha, Itália e Espanha, onde a moto é vendida desde outubro. A carenagem é de uma mota mais parruda. Na dianteira, a roda aro 19 deu vez a uma maior, de 21 polegadas. A suspensão tem curso mais longo tanto na frente tanto atrás, com 210mm, o que diminui as chances do chassi bater no solo. Em todo caso, um protetor de alumínio foi adicionado sob o motor para proteção contra impactos. A distância entreeixos também cresceu: passou de 1,477mm para 1484mm. Nas dimensões, ela tem 2,18m de comprimento, 1,44m de altura e 920mm de largura.

Para-brisa ficou mais alto, para proteção de poeira e pedras. O assento também subiu Divulgação

e agora tem altura de 860mm (contra 800mm da G 650 GS). Outra novidade igualmente importante para a pilotagem na terra é o protetor de mão. Fora as novidades, os equipamentos de série são os mesmos, incluindo aquecedor de manoplas e freios ABS, que pode ser desabilitado

para rodagem na terra por meio de um botão no lado esquerdo do guidão. Ainda assim, falta marcador de combustível e o tanque de combustível – com capacidade para somente 14 litros – é pequeno para o segmento. Projetado pela BMW e pro-

duzido pela marca chinesa Loncin, o motor monocilíndrico de 652 cm³ possui injeção eletrônica e refrigeração líquida, gera 50 cv (cavalos) de potência e 6,11 kgfm de toque. A máxima anunciada é de 170 km/h. A BMW espera vender 500 unidades do modelo até o fim

de 2012, uma média de 60 unidades/mês, contra 200 da G 650 GS standart.

saiba mais

Divulgação

As grandes concorrentes da Sertão: Honda XL 700V Transalp Motor: dois cilindros, 680 cm³, 60 cv Peso seco: 201 kg a 205 kg (com ABS) Comprimento: 2,25 m Tanque: 17,5 litros Preço: a partir de R$ 31.800

Divulgação

Kawasaki Versys Motor: dois cilindros, 649 cm³, 64 cv Peso seco: n/d Comprimento: 2,12 m Tanque: 19 litros Preço: a partir de R$ 29.990 Yamaha XT660Z Ténéré Motor: um cilindro, 660 cm³, 48 cv Peso seco: 186 kg Comprimento: 2,24m Tanque: 23 litros Preço: R$ 31.110


02 MOTORGERAIS

Fernando Calmon

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

REDUZIDAS

motorgerais@gmail.com | motorgerais.blogspot.com

fernando@calmon.jor.br

CRESCER OU ESTAGNAR? O mercado brasileiro de veículos vive uma fase de sinalizações de certa forma contraditórias. As vendas estão em queda de 5,7% quando comparadas as médias diárias entre os primeiros quadrimestres de 2012 e de 2011. Os estoques totais nas lojas das concessionárias e nos pátios dos fabricantes cresceram de 35 dias para 43 dias, de março para abril deste ano. A média diária de vendas de veículos nos primeiros quatro meses de 2012 (período ampliado de análise filtra melhor sazonalidades e feriados) situou-se ligeiramente abaixo de 13.000 unidades, incluindo caminhões e ônibus. Portanto, será necessário um aumento firme dessa média nos próximos meses para que resultado final chegue ao crescimento entre 4% e 5% previsto pela Anfavea. A entidade prefere esperar o fechamento do primeiro semestre para rever previsões. Por outro lado, a Fenabrave, associação das concessionárias, que trabalha suas análises com suporte da consultoria MB Associados, acaba de rever a estimativa de crescimento no ano para 3,4% ante 5,6%, em janeiro. A consultoria também prevê aumento das importações, apesar do IPI mais alto. No entanto, isso não está ocorrendo. De outubro de 2011 até o mês passado, a participação de mercado dos modelos importados caiu de 25,3% para 22,6%, incluídos veículos argentinos que têm maior parte de seu conteúdo de origem brasileira. Importadores de outras regiões preveem queda de no mínimo 15% sobre o ano passado. A maior seletividade dos bancos para conceder financiamentos continua a atingir os chamados modelos de entrada, em que há maior participação dos motores de 1.000 cm³ de cilindrada. Estes caíram para menos de 40%, exatamente 38,6%. Uma fonte no mercado financeiro informou à coluna que será difícil redução maior na taxa de juros porque o spread (diferença entre captação e aplicação por parte dos bancos), no caso de veículos, já é relativamente baixo pela garantia que representa o carro em caso de inadimplência. Ainda assim, como o índice de atraso (superior a 90 dias) das prestações atingiu o recorde 5,7%, continuam exigências severas para aprovação dos cadastros nos financiamentos longos e sem entrada. É bom ficar claro que todo o barulho do governo federal em torno dos juros surtiu pouco efeito, até agora. As melhores condições são para compradores de menor risco, que podem dispor de uma boa entrada, de 20% a 30%, e assumir até 36 prestações. Bancos estatais têm participação discreta em financiamentos de veículos. Acomodam-se e não apreciam trabalhar nos fins de semana, quando os “feirões” são bancados pelas instituições financeiras. Apesar de a pulsação do mercado estar longe de oferecer emoções, o presidente da Anfavea, Cledorvino Belini, acredita que o bom nível de emprego e a renda em crescimento, além de algum impacto positivo das taxas de juros, reanimarão o consumo no segundo semestre. E a contradição mais relevante vem do Índice de Confiança do Consumidor, pesquisado pela FGV. Em abril atingiu 125,7 pontos (escala de 0 a 200; índice maior que 100 indica otimismo). São 4,9 pontos a mais em relação a março de 2011, quando as vendas ainda bombavam. Vamos esperar pelo melhor. RODA VIVA AMIA, associação dos fabricantes mexicanos, divulgou a cota de exportações em valores para o Brasil. Levou em conta participação na produção do México e a média das últimas vendas ao País, principalmente. Nissan recebeu a maior cota, seguida da Ford, Volkswagen, Chrysler/Fiat, GM e Honda. Nada impede ultrapassar cotas, mas incidirá imposto de importação de 35%. IMPACTO das cotas sobre as vendas de modelos mexicanos aqui ainda não pode se avaliar com precisão. Tendência, porém, de a Nissan ser a mais atingida. Afinal, volume de unidades que importa é bem maior em relação aos modelos produzidos no Paraná. Graças à Chrysler, Fiat pode administrar melhor o que pretende trazer de lá, em especial o subcompacto 500. OPTIMA, da Kia, faz esquecer completamente seu antecessor insosso, Magentis. Linhas se confundem com as de marcas premium europeias. Materiais e acabamento

encontram-se em nível próximo àqueles sedãs. Motor 2,4 l/180 cv e câmbio de 6 marchas garantem bom desempenho. Tudo por preço atraente entre R$ 97.000 e 106.000. Mas sensação de solidez é discreta. ANDAR no Audi A4 2013, na mesma semana que o Optima, permite observar diferenças, além do preço: R$ 149.700. Sedã alemão é mais equipado que o sul-coreano e oferece, por exemplo, controlador de velocidade funcional em descidas. Motor tem mesma potência, porém torque é quase 40% maior graças ao turbocompressor. Mais íntegro, sem dúvida. NAVEGADOR GPS Navbras Access introduz interessante função ao captar sinal de internet de celulares a bordo com tecnologia 3G e Wi-Fi. Pode-se acessar a rede mundial e via Google ou outros buscadores realizar pesquisas. Não só dos melhores caminhos como pontos de interesse ilimitados, de restaurantes a postos de abastecimento. É a convergência digital.

Com novo motor e transmissão, Daily inicia família Ecoline

Acompanhando a onda de lançamentos adequados à legislação antipoluentes Proconve P7, a Iveco apresenta a família Daily com motores aprimorados, câmbio de seis marchas no painel, inédita configuração Minibus e a denominação Ecoline. Com potência que varia entre 147 cv (na versão 35S14) a

170 cv, o motor 3.0 FPT FIC Dual Stage adota a tecnologia EGR (traduzindo do inglês, recirculação dos gases de exaustão), que dispensa a adição do Arla 32, e vem somado a uma nova transmissão ZF com a sexta marcha desmultiplicada (em overdrive). E economia de combustível, afirma a Iveco, chega a 9%. Por

dentro, um novo painel – em dois tons de cinza – foi adotado, além de novo estofamento nos bancos e porta-objetos no teto. A chave agora é do tipo canivete, tendência lançada em automóveis. Ar-condicionado automático, freios ABS com EBD, navegador, rádio CD MP3, retrovisores com aquecimento

e tacógrafo. são opcionais para toda a linha. No furgão também são oferecidos câmera e sensor de estacionamento. Com capacidade que varia de 15 a 19 passageiros, a configuração Minibus pode vir nas versões 45S17, com entreeixos de 3,30 m, e 5517, de 3,95 m. O motor é o de 170 cv.

TRAKKER TAMBÉM

Outra novidade da família

Ecoline da Iveco é o pesado

fora-de-estrada Trakker com

PAJERO EM LED Em alusão aos 30 anos do Pajero Full, a Mitsubishi aproveita a realização da SP Arte – um dos principais eventos do gênero na América Latina – para expor uma obra criada pelo consagrado artista Muti Randolph: o utilitário-esportivo em LED. “Foram usados tubos de ferro e cubos de acrílico com LED RGB controlados individualmente, aplicados em animações de linhas se deslocando em velocidades variadas, simulando o movimento do carro, vento, água e a poeira passando por ele”, explica o artista, que levou cerca de três meses para finalizar o projeto.

motor adequado à legislação e opção do câmbio automatizado Eurotronic de 16 marchas. Utilizando a tecnologia SCR, o motor Cursor 13 passa a gerar potências de 420 cv e 480 cv (acréscimo de 40 cavalos respectivamente) e toque até 18% superior. Outras boas evoluções estão no interior, com novo painel, sistema de engate da transmissão manual do tipo single H, e opção de cabine leito. A lista de equipamentos de série inclui ar-condicionado, rádio CD MP3 e vidros elétricos. Além disso, duas novas versões de entreeixos passam a ser oferecidas para o cavalo mecânico: 3200mm e 3500mm. A Iveco promete também a chegada, até o fim do ano, da versão plataforma com 4800mm.


MOTORGERAIS 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Hilux e SW4 evoluem no motor diesel, transmissão automática e conteúdo Divulgação

Se adequando às exigências do Proconve L6 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores) – em vigor desde janeiro –, a Toyota promove mudanças na linha 2012 da picape Hilux e do utilitário-esportivo SW4. A principal delas é a aprimoramento do motor 3.0 16v diesel com intercoolet e injeção direta, que passa a gerar 171 cv (cavalos) de potência a 3.600 rpm e torque máximo de 36,7 kgfm entre 1.400 rpm e 3.200 rpm. Em contrapartida, o motor 2.5 diesel de 102 cv foi descontinuado, o que significa que a versão Standart passa a ser equipada com o propulsor mais potente. Para funcionar de acordo com a nova legislação, o motor 3.0 recebeu um sistema de controle de emissões com funcionamento cíclico fechado, que ajusta a injeção de combustível eletronicamente, favorecendo a redução das emissões de poluentes, por meio da queima completa do combustível antes da sua liberação no escapamento. Outra boa evolução está na

Divulgação

acordo com o estilo de direção do motorista, posição do acelerador, velocidade do veículo, rotação do motor, atuação dos freios e a via.

transmissão automática, que passa a ser de cinco velocidades com sistema de inteligência artificial – mecanismo que seleciona a marcha mais adequada de

Divulgação

Um novo navegador integrado, com tela touchscreen de 6,1 polegadas, câmera de ré e conexão bluetooth com microfone localizado no console do teto, passa a ser item de série. O sistema multimídia com GPS também possui tecnologia complementar 3D Gyro e Speed Pulse, que analisa o posicionamento do veículo por meio de referenciais inerciais, evitando a perda de navegação por eventual sombra no sinal da constelação de satélites ao percorrer o interior de túneis, garagens, encostas de morros, entre outros. Até então oferecida com câmbio manual de cinco velocidades, a Hilux cabine dupla SR 4X4 passa a ser disponibilizada com a nova transmissão

(transmissão automática) ou M/T (transmissão manual) e SRV TOP 4x4 com transmissão automática. Completam a linha Hilux, ainda, as novas versões 2.7 flex SRV 4x4 e SR 4x2, ambas com transmissão automática. Na SW4 a novidade é a versão SR 4X4 3.0 diesel com a nova transmissão automática, para cinco passageiros.

automática. Ao todo, a linha é composta por nove versões: chassi/cabine 4x4, Standard cabine simples e dupla com tração 4x4, Standard cabine dupla com tração 4x4 e Power Pack (vidros, travas e retrovisores elétricos), SR cabine dupla 4x4, A/T (transmissão automática) ou M/T (transmissão manual), SRV cabine dupla 4x4 A/T

Equipe da UFMG vence competição de aerodesign nos EUA América e – pela primeira vez –, Ásia. “Vencemos times dos EUA (KSU, CSU, UCDavis, Akron), Canadá (Manitoba, IST, Montreal), China, India e de universidades brasileiras. Um grande trabalho dos nossos alunos de Engenharia Aeroespacial e de uma das últimas turmas da ênfase em Engenharia Aeronáutica da Engenharia Mecânica”, comemora Divulgação

Equipe Uai, Sô! Fly!!!, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), é campeã pela Classe Regular da SAE Aero Design East

o orientador da equipe, professor Paulo Iscold. Formada por 11 estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica e Aeroespacial, a Uai, Sô Fly!!! Projetou um avião de 3,5 kg e 3 metros de envergadura (comprimento da ponta de uma asa até a outra), que transportou 16,5 kg de carga, o segundo maior valor registrado pela Classe Regular. Para otimizar o desempenho do projeto a equipe lançou mão de uma estrutura do tipo sanduíche, leve e resistente, com uso de madeira fina e aramida. Estreante na competição, a equipe Aerofeg, da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP), campus Guaratinguetá, também representou o Brasil na categoria, e obteve a terceira colocação na classificação geral. A aeronave da equipe transportou 17 Kg, o que lhe valeu menção honrosa pela maior carga paga transportada. Somando as cargas transpor-

Divulgação

Pela sexta vez brasileiros venceram a SAE Aero Design East Competition, competição de aerodesign realizada entre os dias 27 e 29 de abril em Marietta, nos EUA. E desta vez, o título é dos mineiros: a equipe Uai, Sô! Fly!!! da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) sagrou-se campeã na Classe Regular disputando com outras 75 equipes da Europa,

Projeto da UFMG foi considerado o melhor entre as 75 equipes inscritas

tadas pelas equipes Uai, Sô Fly!!! e Aerofeg, de 16,5 kg e 17 kg respectivamente, os universitários brasileiros voltam a deter o recorde absoluto de peso transportado da Classe Regular, superando a marca estabelecida em 2011 por uma equipe da Universidade de Cincinatti, após longa hegemonia de equipes brasileiras no quesito específico. Na Classe Avançada, a equipe Leviatã do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), de São José

dos Campos, foi a terceira colocada. Ela recebeu menções honrosas pela segundo melhor relatório técnico e a terceira maior carga paga transportada: 17,9 kg. Outra estreante, a Taperá Baby, do Instituto Federal Educacional de Ciências e Tecnologia de São Paulo, campus Salto, recebeu menções honrosas nos quesitos apresentação oral e carga transportada paga (1,95 kg) na Classe Micro. Na soma geral, a equipe ficou em oitavo lugar.

Cilindro de freio é motivo de recall da CB 300R 2012 A Honda convoca proprietários de 3.314 unidades da CBR300R 2012 para inspeção e, se necessário, substituição do cilindro mestre do freio dianteiro. Segundo a marca, algumas unidades da motocicleta podem apresentar perda súbita da capacidade de frenagem da roda dianteira, gerando risco de colisão ou queda. O recall deve ser agendado na central de atendimento da Honda (telefone o800-701-3432), de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h. Para conferir se sua moto está inclusa na convocação, basta consultar o site www.honda.com.br/recall/motos e fazer uma pesquisa pelo número do chassi para verificar se a sua moto deve passar por este recall. Endereços e telefones de concessionárias podem ser obtidos em www. honda.com.br/concessionarias.


04 MOTORGERAIS

A vez do Fox

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 09/05/12

Volkswagen dá sequência à linha 2013 concentrando novidades no hatch, que ganha versão BlueMotion e câmbio I-Motion no CrossFox. Saveiro, Polo e Golf mudam no conteúdo

Depois de iniciar a chegada da linha 2013 com pouquíssimas alterações para Gol G4, Gol, Parati e Voyage, no início de março, a Volkswagen dá sequência à atualização de Fox, Saveiro, Polo hatch, sedã e Golf com novos detalhes de estilo, acabamento e conteúdo. As duas maiores novidades, entretanto, são para o Fox: a versão 1.6 BlueMotion – focada na redução do consumo de combustível e nível de emissões, por uma diferença de preço de 3% em relação ao Fox 1.6 – e a disponibilidade do câmbio automatizado I-Motion no CrossFox. O Fox é o terceiro Volkswagen brasileiro a contar com o conceito BlueMotion – os primeiros foram o Polo (abril de 2009) e Gol G4 Ecomotion (abril de 2010). Para ficar mais eficiente, o carro teve cada detalhe de aerodinâmica analisado para alcançar o menor arraste. O resultado está na grade frontal com aberturas mais estreitas, grade do para-choque com perfil alterado e pneus 175/70 aro 14 de menor resistência ao rolamento. No painel, um indicador digital de consumo instantâneo orienta o motorista a uma condução mais econômica por meio de uma barra gráfica. Outro dispositivo de auxilio é o indicador digital de troca de marchas. O motorista recebe a informação da marcha ideal a ser engatada, por meio de um indicador numérico e por setas orientando o

Volkswagen Fox BlueMotion

motorista a reduzir ou aumentar a marcha. Bancos são revestidos de tecido Malharia Fresh azul. O motor 1.6 de 101 cv/104 cv (cavalos) recebeu nova calibração que harmoniza o desempenho com as mudanças na transmissão, que foi alongada. Dessa forma, acelera até 100 km/h em 10,3 segundos e alcança máxima de 185 km/h, números comparáveis aos de versões tradicionais do mesmo porte e motorização, garante a Volkswagen. Nos testes de consumo, de acordo com a norma NBR 7024, o Fox BlueMotion obteve a marca de 16,1 km/l (média ponderada, cidade/estrada, abastecido com gasolina) melhora de 12,7% em relação à versão normal, que obteve 14,3 km/l. Abastecido com etanol, o Fox obteve neste mesmo ciclo a marca de 10,9 km/l, 12,6% melhor que a versão de série (9,7 km/l). Para manter a dirigibilidade, a suspensão teve seus amortecedores recalibrados. A versão pode vir com duas ou quatro portas, nas cores sólidas Branco Cristal e Preto Ninja ou nas metálicas Prata Sargas, Cinza Quartzo e Azul Boreal. CrossFox No versão aventureira do compacto, a transmissão automatizada I-Motion elimina a necessidade de uso do pedal de embreagem e permite também trocas de marchas sequenciais. As mudanças podem ser feitas

Volkswagen Polo hatch 2013

Volkswagen Saveiro Trooper 2013

por meio da alavanca no console ou por meio de borboletas (opcionais) no volante. A caixa é baseada na transmissão manual de cinco velocidades MQ200, utilizada em toda linha da marca e agrega um sistema de acionamento inteligente que elimina a necessidade do pedal da embreagem. Internamente, Fox 1.0 e o 1.6 receberam nova forração Tear Nostalgic para os bancos, enquanto a versão Prime passa a utilizar a Tear Holy e o CrossFox, Malharia Fractal. O Fox Prime adiciona ainda pedaleira esportiva de alumínio, acendedor de cigarros e cinzeiro removível no console central e o CrossFox, nova moldura lateral de proteção das portas. Tanto o Fox Prime como o CrossFox trazem novo design para as rodas de liga leve e a opção de revestimento dos bancos em couro Native. Palheta do limpador de para-brisa tipo Aerowisher foi adotada em todas as versões do hatch. Saveiro As versões básicas com ca-

Volkswagen CrossFox 2013

bine simples ou estendida agora incorpora de série alça de segurança no teto, podendo trazer, como opcionais, friso lateral na cor da carroceria integrado aos pacotes Trend. A principal novidade para essas versões é o novo módulo Work, que inclui janela traseira corrediça, bagageiro no teto (apenas para a cabine estendida), santantônio com spoiler incorporado, brake light, ganchos deslizantes e iluminação na caçamba. Na Saveiro Trooper, as criticas rodas de aço foram substituídas por novas rodas de liga-leve aro 15, acompanhadas pelo para-brisa degradê. Na Cross, airbags frontais e freios ABS passam a vir de série, adiantando obrigatoriedade dos equipamentos de segurança nos carros nacionais a partir de 2014. A versão topo de linha também recebeu a função Coming & Leaving Home, pedaleira em alumínio e inscrição Cross, também em alumínio, na soleira interna das portas. Além disso, duas novas opções de cores foram criadas para a linha: Cinza Marine (sólida) e

Cinza Quartzo, metálica. Polo hatch e sedã Novos equipamentos de série antes oferecidos como opcionais foram adicionados à toda linha, incluindo a versão 1.6 BlueMotion: abertura externa do porta-malas por meio de chace e controle remoto, alarme Keyless faróis com a função Coming & Leaving Home, para-sóis com espelho iluminado, retrovisores externos elétricos com auto-rebatimento no lado direito, travamento central das portas por controle remoto, vidros elétricos. Além de ganhar mais equipamentos de série, a linha 2013 ficou mais barata. No Polo hatch, a redução média na tabela de preços é de R$ 1.300, e no sedan, de R$ 1.900. Golf Para tentar atualizar a obsoleta quarta geração do médio, descontinuada na Europa em 2003 (!), novos detalhes estéticos

Volkswagen Golf 2013

foram aplicados nas versões de entrada 1.6 e 2.0. Faróis agora vem com máscara negra, a grade do radiador pintada na cor preto brilhante, há nova luz traseira de neblina e novas rodas de liga leve aro 16 calçadas em pneus 205/55 aro 16. Por dentro, mudam volante, tecido dos bancos (em malharia Mask Cinza), bancos dianteiros com formato Conforto, banco traseiro bipartido com três apoios de cabeça e cinto de segurança traseiro central retrátil de três pontos. As versões 1.6 e 2.0 Sportline e 2.0 Black Edition agregam também retrovisor interno eletrocrômico, sensores de chuva e crepuscular e novo volante com revestimento em couro. O Golf 2.0 GT vem com como rodas de liga leve Sarasota aro 17, pneus 225/45, bancos de couro, tapetes adicionais em carpete e novo volante revestido de couro. O preço das versões foi reajustado para baixo em R$ 1.400, em média.


Gazeta do Oeste  

edição 1819

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you