Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | QUARTA-FEIRA, 18 de abril de 2012 | ANO XIX | N.º 1.805 | R$ 2,50

DO OESTE

Flaviane Oliveira

Idosa de 82 anos é atropelada no Centro Vinicius Soares

Microônibus atropela senhora de idade na Rua Sete de Setembro. Mulher teve várias lesões no crânio e perdeu parte do couro cabeludo, pernas também foram comprometidas. Até o início da noite o estado da vítima era gravíssimo e parte de uma das pernas seria amputada. página 13

Mais da metade das Cartão do SUS já é declarações de IRPF não foram entregues obrigatório página 07

página 12

Parlamentares atuais e ex-vereadores foram homenageados página 03

Paineiras florescem fora de época e embelezam calçadão no Porto Velho

Engenheiro florestal revela que devido às mudanças climáticas, árvores nativas da região têm florescido fora de época e deixado de produzir sementes, compromentendo seriamente a preservação de certas espécies.

página 03


02 POLÍTICA

Evandro Araújo

contato@evandroaraujo.jor.br

A história do homem que foi enterrado na rua

Reunião pública subsidia início da cobrança pelo uso da água no Rio Pará Com o objetivo de discutir as fórmulas de metodologia de cobrança na bacia do Rio Pará, o Comitê de Bacia do Rio Pará, com o apoio técnico do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e da AGB Peixe Vivo, entidade equiparada às funções de agência de bacia, realizam nesta quarta-feira (18), a 2º reunião Setorial com os setores da Indústria e Mineração. A reunião acontece às 9h, no Auditório da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em Divinópolis. Outras reuniões com os setores de saneamento, pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e outros usos, além de reuniões plenárias e de câmaras técnicas também estão previstas até o final

de 2012. “O objetivo dessas reuniões é ouvir os usuários de cada setor quantos às especificidades de uso da água, subsidiando assim a fórmula base para o cálculo dos valores da cobrança pelo uso da água na bacia do Rio Pará, que seja mais próximo à realidade da bacia”, disse a gerente de Cobrança do Igam, Sônia Ferreira. As contribuições para subsidiar a cobrança pelo uso da água na Bacia do Rio Pará podem ser enviadas para o endereço: cobranca.riopara@meioambiente. mg.gov.br Bacia do Rio Pará O Rio Pará nasce na serra das Vertentes, no município de Resende da Costa. A bacia representa uma das mais impor-

tantes da bacia do Rio São Francisco e abrange 38 municípios. A principal cidade da região é

Divinópolis, com mais de 200 mil habitantes, seguida de Itaúna e Pará de Minas.

Próximas reuniões Reunião Conjunta da Câmara Técnica Institucional e Legal (CTIL) e Câmara Técnica de Outorga e Cobrança (CTOC) Local: Auditório da Sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Divinópolis Data: 24/04/2012 Horário: 9h

UEMG) Data: 16/05/2012 Horário: 9h 1ª Reunião Pública baixo Rio Pará Local: Município de Pompéu . Data: 30/05/2012 Horário: 9h

Plenária do comitê do Rio Pará Local: Auditório da Fundação Educacional de Divinópolis (Funedi/ UEMG) Data: 03/05/2012 Horário: 9h

2ª Reunião Pública Alto Rio Pará Local: Município de Passa Tempo Data: 13/06/2012 Horário: 9h 3ª Reunião Pública Médio Rio Pará Local: Município de Divinópolis Data: 20/06/2012 Horário: 9h

2ª Reunião Setorial Rural e Irrigação Local: Auditório da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) em Divinópolis Data: 10/05/2012 Horário: 9h

Plenária do comitê de Bacia do Rio Pará Local: Auditório da Fundação Educacional de Divinópolis (Funedi/ UEMG) Data: 27/06/2012 Horário: 9h

2ª Reunião Setorial PCHs e Outros Local: Auditório da Fundação Educacional de Divinópolis (Funedi/

Governador Anastasia recebe secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton Chefes de Estado conversaram sobre a criação do consulado dos Estados Unidos em Minas Gerais Miguel Ângelo/CNI

Divinópolis deve muito ao folclorista Vinícius Peçanha. Batalhador incansável das tradições de nossa cidade, Vinícius tem , há décadas, gastado tempo e dinheiro próprio para resgatar, manter e valorizar a nossa religiosidade e tudo que ela representa, bem como se tornou um dos mais dinâmicos compositores de Divinópolis. Foi da Comissão Mineira de Folclore e é da ADL. Agora, às vésperas do Centenário, Vinícius nos revela mais uma história de suas pesquisas: “Quando eu era pequeno e ainda rapazinho, passava próximo ao cemitério e achava estranho boa parte do muro fora do alinhamento. Só depois fiquei sabendo que quando foi construído o Cemitério da Paz, conhecido como Cemitério do Centro, foi reservado uma área para enterrar as pessoas que não fossem católicas, conhecidas como ‘livre pensadoras’, que eram os maçons, os batistas, os espíritas e outros, já que desde a criação da cidade, sempre houve desavenças religiosas ocasionadas pela ocupação de um terreno de 40 alqueires pela Paróquia do Divino Espírito Santo.” E é aqui que começa a história de Francisco Gontijo Azevedo, nascido em 11 de abril de 1901, no Arraial do Divino Espírito Santo, hoje Divinópolis. Aluno do professor Chico Dias, fez curso de Farmácia na Faculdade de Pouso Alegre. Competente e bem sucedido na profissão, deu importante colaboração para o engrandecimento da cidade. Conhecido como Chico Doido, tinha uma farmácia na Avenida Primeiro de Junho, 740. Ele resolveu colocar uma laje no imóvel. No dia de tirar o escoramento, ali se reuniu uma multidão para ver tudo desmoronar, o que acabou não acontecendo. Assim surgiu a primeira casa de laje de Divinópolis. Fundou a escola Mário Casassanta, onde foi professor e diretor. Membro influente da Maçonaria, construiu o templo da Loja Maçônica Estrela do Oeste. Dizia que naquela época existiam dois partidos, os Machos e os Fêmeas. O Fêmeas eram os católicos, que seguiam os padres, homens de saia, numa referência à batina. O partido dos Machos, segundo ele, era dos que odiavam os padres, partido chefiado por Pedro X. Gontijo e por ele. Francisco Gontijo morreu ainda jovem, em 11 de outubro de 1948, quando participava de um congresso em Araxá. Deixou viúva e quatro filhos. Porém não permitiram que fosse ele fosse sepultado nem mesmo na área reservada aos anticlericais. O corpo, então, teve que ser enterrado fora do cemitério, isto é, no meio da rua. Para que a sepultura não ficasse muito exposta e para que carros e boi e carroças não passassem sobre ela, foi construída uma proteção, um muro baixinho, saindo do alinhamento. Imagine o sofrimento da família e dos verdadeiros amigos diante de tal crueldade e temeridade. Há pouco tempo me encontrei com Dalila, minha colega de ginásio São Geraldo e Martim Cyprien, filha de Chico Doido, e relembramos juntos a façanhas dele, um homem que viveu à frente de seu tempo e era a maior cultura da cidade na época. Dalila contava como foi difícil para ela e suas irmãs, que enfrentavam preconceitos e tinham poucas amizades. Famílias proibiam as moças de terem amizade com as filhas do Chico Doido, anticlerical, inimigo dos padres, maçom e excomungado pela igreja. Na verdade, hoje ele seria um grande herói de nossa época. E ela me disse que a família deve uma grande obrigação ao ex-prefeito Fábio Notini. No final dos anos 60, ele procurou a esposa de Chico Doido e disse que a Prefeitura iria colocar o muro do cemitério no alinhamento e que fossemos lá recolher restos mortais do meu pai para quem fossem colocados do lado de dentro do cemitério. A família, então , elegeu Hilário Azevedo, pai do prefeito Vladimir Azevedo e sobrinho de Chico Doido, para acompanhar o trabalho. Quando o coveiro começou a cavar, surgiram alguns dentes de ouro. Ele então disse que era melhor levarem essas peças porque os vândalos poderiam violar a sepultura para roubá-los. As filhas e a esposa se recusaram a pegar o material. Hilário resolveu guardá-los. Ao saber da história, resolvi procurar o Lalinho, que me confirmou tudo e afirmou estar de posse dos dentes de ouro de seu tio Chico Doido. Pedi para ver os tais dentes e ele pediu que voltasse depois, já que estavam guardados há muito tempo. Dias depois voltei e o Lalinho me mostrou os dentes, que fotografei para registrar um fato histórico que a cidade desconhece.”

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

O governador Antonio Anastasia se reuniu nesta segunda-feira (16), na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, com a secretária de Estado norte-americana Hillary Rodham Clinton. Durante o encontro eles conversaram sobre a abertura do novo consulado dos Estados Unidos em Belo Horizonte e sobre a relação comercial entre o país e Minas Gerais. Anastasia agradeceu à secretária pela abertura do consulado em terras mineiras, que tem, entre outros objetivos, o de melhorar ainda mais a relação entre os dois entes, e a convidou para visitar Minas Gerais tão logo seja possível. A expectativa é que em cerca de dois anos o novo consulado já esteja em funcionamento. Hillary afirmou ter ficado satisfeita com a decisão de seu país em abrir uma representação no Estado mineiro e disse conhecer bem a importância de Minas Gerias para a economia do Brasil e da America Latina. “A secretária de Estado Hillary Clinton não só confirmou a abertura do Consulado, como havia anunciado nos Estados Unidos, mas, mais do que isso, reafirmou a importância de Minas, que conhece a capacidade econômica de nosso Estado, o

relacionamento que temos com os Estados Unidos, a presença de mineiros naquele país, o fluxo turístico tão importante. Ficamos muito animados com essas perspectivas e com a presença também do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, que se comprometeu a adotar com a brevidade possível os procedimentos que, sabemos, são complexos, mas serão adotados agora para a concretização dessa abertura”, afirmou o governador. Encontro empresarial Anastasia e Hillary participaram, ao lado também do ministro do Interior norte-americano, Keneth Salazar, e do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, do encontro empresarial Visão para a parceira econômica no século XXI, organizado pela CNI e pela Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham-Brasil). O governador ofereceu a Shannon todo o apoio necessário à embaixada para a abertura do novo consulado em Minas. Durante o evento, a secretária de Estado disse que é possível reforçar os elos entre o Brasil e os Estados Unidos e que a abertura do novo consulado em Minas vai ajudar a melhorar ainda mais a

relação entre os dois países. “Queremos aumentar o turismo entre os dois países e aumentar o processamento de nossos vistos. O presidente Barack Obama está se esforçando para aumentar nossa capacidade de processar mais rapidamente os vistos nos países onde a demanda é mais importante, Brasil e China. Estamos abrindo dois novos consulados americanos em dois Estados, o governador de Minas está aqui, estamos aumentando o número de vôos entre o Brasil e os Estados Unidos para nos assegurar de que as empresas áreas vão responder as demandas à altura. Estamos muito animados com os resultados possíveis de tudo isso”, afirmou a secretária durante seu pronunciamento. Assim como Anastasia vem defendendo ao longo de sua gestão à frente de Minas Gerais, Hillary afirmou que Governo, empresários e sociedade civil devem caminhar juntos para garantir o desenvolvimento das nações. “Eu em geral descrevo uma sociedade exitosa como um banquinho de três pernas. Uma perna representa um governo responsável, que presta contas e é inclusivo. A outra perna do banquinho é um setor privado

sólido que funciona bem e que é essencial para criar riquezas e empregos para fazer crescer a economia. E a terceira perna é uma sociedade civil forte que defende aqueles que não têm voz para se expressar. Se essas pernas não são desequilibradas o banquinho cai”, disse Hillary. Relações Minas – EUA Os Estados Unidos são o principal emissor de turistas para Minas Gerais. Só em 2010, 18,2 mil daquele país visitaram Minas a negócios, eventos e convenções, lazer e turismo em geral. Os norte-americanos também são parceiros tradicionais dos mineiros quando a relação é comercial. Em 2011, os Estados Unidos foram o terceiro principal destino dos produtos mineiros, atrás de China e Japão, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). “A presença do consulado também vai facilitar muito as questões de comércio bilateral entre Minas e os Estados Unidos. Nós temos de cada vez mais adensar o que temos de identidade, inclusive culturais com esse país que é liderança econômica do mundo. Temos que estar ao lado de quem tem essa capacidade de gerar riqueza para conseguirmos cada vez mais desenvolver o nosso Estado”, afirmou o governador. As exportações mineiras somaram US$ 3,05 bilhões, 38% acima dos valores registrados em 2010. Com isso, o país norte-americano atingiu uma participação de 7,4% na pauta exportadora de Minas. Em relação às importações, os Estados Unidos foram o principal parceiro comercial dos mineiros, no ano passado. As importações de produtos “made in EUA” chegaram a US$ 2,17 bilhões.


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Vladimir Azevedo e Deputados se reúnem com Governador Anastasia e o Senador Aécio Neves

Elias Costa / Ass. Dep. Jaime Martins

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Na última segunda-feira, o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), juntamente com o vice-prefeito Francisco Martins (PDT), o Deputado Federal Domingos Sávio (PSDB), o Deputado Federal Jaime Martins (PR) e o Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD), se reuniram com o Governador Anastasia e o Senador Aécio Neves. O encontro serviu primeiramente para que o prefeito Vladimir fizesse o convite ao Governador Anastásia, que ele viesse até Divinópolis para participar do aniversário do Município, onde a cidade completará 100 anos no dia 1º de junho. Além do convite, foram pautados na reunião, assuntos relacionados a quatro temas: Duplicação da MG 050, Projeto Olho Vivo, Investimentos de custo para emergências na área da saúde e pavimentação de vias. Conforme Vladimir, o encontro foi fundamental e ocorreu

com o intuito de reunir lideranças políticas para que todos em conjunto pudessem avaliar a melhor maneira de resolver as questões necessárias para as áreas da saúde, segurança pública, infraestrutura, e alternativas para que o projeto Olho Vivo seja aplicado o mais rápido possível, para que as melhorias na Segurança Pública aconteçam, e serviu também para avaliar a priorização da duplicação da MG 050. “O nosso encontro foi proveitoso, uma vez que convidamos o Governador Anastasia e o Senador Aécio Neves, para virem a Divinópolis no dia 1º de junho, para fazer parte do Centenário da cidade, o governador Anastasia virá também para inauguração do terminal de passageiros no aeroporto Brigadeiro Cabral. Uma das propostas que preocupa e que foi pautada na reunião foi à solicitação de verba para solucionar o buraco da Avenida Paraná, que com a chuva e enchentes tornou-se uma questão que precisa ser resolvida”, declarou.

De acordo com o Deputado Federal, Domingos Sávio, algumas questões requerem união política e por isso é importante que ocorram essas reuniões. “Foi colocada para o Governador a questão da duplicação MG050 com aceleração das obras entre Divinópolis e Mateus Leme ligando Itaúna. Foi pedido também um apoio para recuperação de vias públicas devido às enchentes, e a Avenida Paraná, foi citada, pois ela continua interditada. Nós pedimos que o governo continue disponibilizando recursos para a concretização do Hospital Público regional de Divinópolis. E destacamos a importância da vinda da indústria de vidros conhecida como Galtier para que possa existir a possibilidade da geração de novos empregos na cidade”, ressaltou. Em entrevista, o Deputado Estadual Fabiano Tolentino, confirmou que além de debaterem os assuntos de infraestrutura, que há possibilidade da chegada de novas empresas em Divinópolis,

Jaime Martins, Fabiano Tolentino, Domingos Sávio, Aécio Neves, Vladimir Azevedo, Anastasia e Francisco Martins.

e que é necessário sim projetos como Olho Vivo, que visa distribuir câmeras na cidade para melhorar a segurança pública. Para Jaime Martins, esse projeto, foi debatido no encontro, porque já existe uma emenda relacionada a essa proposta. Já foram disponibilizados R$ 500 mil para esse projeto, sendo que o deputado também disponibilizou

outros R$ 500 mil, e o pedido que foi feito a Anastasia foi para que o governo disponibilizasse esse restante para que o projeto fosse colocado em prática. Em relação ao parecer do governador diante as solicitações feitas, o prefeito Vladimir e Deputados Federais e Estaduais, ressaltaram que dentro das possibilidades ele vai atender as

demandas, não foi estipulado nenhum prazo para que as questões fossem resolvidas, mas haverá uma análise diante de tudo que foi pautado, para que as possíveis soluções aconteçam. O Governador Anastasia vai analisar as propostas e pretende estar em Divinópolis no dia 1º de junho para participar dos acontecimentos em comemoração ao Centenário.

Homenagem aos parlamentares que fizeram a história Legislativa do município Os ex-parlamentares receberam placa de reconhecimento pelo trabalho realizado em prol da cidade

Patrícia Rodrigues / PMD

Patrícia Rodrigues / PMD

Autoridades, vereadores atuais da Casa Legislativa e ex-parlamentares participaram de solenidade em comemoração aos 100 anos da Câmara. Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

A solenidade foi realizada na segunda, dia 16, à noite, e contou com a presença de autoridades, vereadores atuais e os ex-parlamentares de todas as legislaturas, que fizeram parte da história do Município de Divinópolis contribuindo para o desenvolvimento democrático da cidade. Durante a cerimônia, os vereadores receberam as placas comemorativas com o nome de cada um e assistiram vídeos, que foram apresentados com o objetivo de reconhecimento ao trabalho elaborado por eles em prol de Divinópolis. Os primeiros vereadores que foram eleitos em Divinópolis, em 31 de março de 1912, foram: Adolpho Machado, Antônio Olympio de Moraes, João Severino de Azevedo, José Nogueira Guimarães,

José Rodrigues Viegas, Manoel Antônio de Almeida e Octávio Machado Gontijo. Nesse mesmo ano, no dia 1º de junho, aconteceu a posse da primeira legislatura e a instalação do Município. Os vereadores eleitos foram empossados como os primeiros vereadores da Vila Henrique Galvão. Por determinação da Lei Estadual n. 570, de 30 de setembro de 1912, passou a se chamar Vila Divinópolis. Em 18 de setembro de 1915, por meio da Lei Estadual n.663, Divinópolis foi elevada a categoria de cidade. Na época, o controle da cidade era exercido pela Câmara de Vereadores, sendo que o presidente da Câmara assumia o papel de agente executivo, hoje, corresponderia à função de Prefeito Municipal. De acordo com o atual presidente da Casa Legislativa, Anderson Saleme (PR), o objetivo

da solenidade é reconhecer o trabalho de cada vereador, que realizaram projetos com a intenção de melhorar a cidade. “Nós estamos valorizando ainda em vida aqueles que construíram o poder legislativo e que nós temos muita honra e muito prazer de enaltecer a memória dos que se foram e a presença daqueles que aceitaram o nosso convite”, relatou. Conforme o ex-vereador Genico Penha Laine, é uma satisfação estar presente na cerimônia e ele se sente lisonjeado com a homenagem. “Para mim é um prazer muito grande, é uma coisa que acontece e que nos deixa emocionados. Em 1970, nos elegemos vereador quando o cargo não era remunerado e trabalhavamos por amor a cidade. Fui o primeiro vereador radialista eleito de Divinópolis, e passe o tempo que passar, eu fui, sou e sempre serei

radialista. Para mim é motivo de muita emoção participar de uma solenidade como essa, de poder perceber que Divinópolis é grande e acolhedora”, completou Genico. Conforme o ex-parlamentar, Rui Campos Tavares, ele fez parte da Câmara em um mandato de seis anos e teve a honra de participar das melhores Câmaras de Vereadores de Divinópolis, trabalhando junto com companheiros idealistas, composições ideológicas muito firmes onde foi feita uma gestão participativa sempre atendendo os interesses da população. Antônio Davi Filho, ex-vereador também homenageado, afirmou que é com muita honra que ele participa do evento. “Fazer parte de um poder constituído a mando do povo e nós tivemos três mandatos onde aprendi muito, colaborei com a história e fiz o

que estava a meu alcance e dei o meu máximo representando as comunidades rurais, representando a periferia da cidade. Eu surgi numa época, quando ganhei a minha primeira legislatura, as elites não me aceitavam muito porque achavam que eu era muito radical, mas depois essa concepção foi mudando de acordo com o trabalho que ia desenvolvendo”, afirmou. Segundo Wilson Santos de Medeiros, também ex-vereador e homenageado, foi uma emoção muito forte participar do encontro, pois para ele, o evento é definido como uma viagem ao passado e destacou que sua legislatura ocorreu em um período militar. “A nossa legislatura marcou uma época, que foi no período de um governo militar, onde a Câmara Municipal, a nossa bancada tinha a maioria e tinha voz junto ao

governo do estado. Nós reivindicamos em nome do Município importantes conquistas para a cidade, como por exemplo, a instituição do Corpo de Bombeiro, se ela está em Divinópolis foi uma conquista nossa junto ao governo do Estado. Nós também trouxemos para a cidade a escola do SENAI que está localizada no bairro Esplanada, o Centro Social Urbano no bairro Interlagos, o conjunto habitacional Danilo Passos 1 e 2, que para a época foi expressivo”, abordou. Cada ex-vereador possui uma história, sempre realizada em benefício da cidade. Foram entregues para todos ex-parlamentares presentes, as placas comemorativas, além disso, foram exibidos vídeos que apresentaram como era a cidade de Divinópolis, e os ex-vereadores falecidos também foram lembrados.


04 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

editorial

As Paineiras e a Rio+20

O

aquecimento global, causador de mudanças climáticas atuais e futuras, carrega consigo uma gama de situações que deixam expostas vulnerabilidades cada vez maiores para as populações. As mudanças climáticas influenciarão profundamente a biodiversidade, a agricultura, os regimes hídricos das chuvas e nas condições de saúde em geral. No aspecto saúde especificamente, as mudanças climáticas causarão o aumento das populações e a migração, o que acarretará no aumento do número epidemias o que afetará a distribuição geográfica das doenças, consequentemente, a redução da produtividade relacionada a produção agrícola e o aumento dos gastos com medicamentos e cuidados à saúde poderão levar à um colapso econômico financeiro em escala global. Novos estudos sobre os impactos ambientais, mais sensíveis e específicos, devem ser desenvolvidos e implementados. Sem esses cuidados será difícil estabelecer medidas que minimizem os impactos que ocorreram em “... o mesmo aquecimento global longo prazo. que causa tanta preocupação Especialmente na área da pode propiciar espetáculo saúde, será necessário estabemajestoso como o das Paineiras lecer um planejamento estraque floresceram fora de época no tégico que permita solucionar calçadão do Porto Velho.” problemas de abastecimento de alimentos, manter intercâmbios de informação entre os países, treinamento e atualização dos profissionais de saúde, além do aperfeiçoamento dos métodos de controle de vetores e diagnóstico de doenças. Parece catastrófico, e é. A partir do Protocolo de Kyoto, que caduca este ano, vão surgindo novos dados que evidenciam cada vez mais a urgência da tarefa de tentar conter o efeito estufa, o aquecimento anormal da atmosfera do planeta. Isoladamente esses estudos talvez não “provem” que esteja em curso uma importante e potencialmente perigosa mudança climática, mas, quando analisados em conjunto e aliados a vários outros indícios, sugerem que é preciso reduzir drasticamente as emissões de gases-estufa. A poucas semanas do início oficial das atividades da Rio+20, cada vez mais se tornam urgentes os temas a serem discutidos, como Segurança alimentar, energias renováveis e direito à água que estarão entre os temas em destaque nas negociações para a conferência que acontecerá em junho, no Rio de Janeiro. É necessário que cada um tome a sua responsabilidade e faça sua parte. Saindo do macro para o micro, o mesmo aquecimento global que causa tanta preocupação pode propiciar espetáculo majestoso como o das Paineiras que floresceram fora de época no calçadão do Porto Velho. Foco contrário à bela paisagem proporcionada pelas árvores, o engenheiro florestal que compareceu ao local, dividiu a preocupação com a escassa produção de sementes por árvores nativas da região o que irá comprometer de forma muito grave o reflorestamento da região. Prova inequívoca de que a natureza luta e se adapta às agressões constantes que sofre, da mesma maneira que esperemos que os países e seus dirigentes tomem providências, devemos cada um fazer a nossa parte também, porque talvez um dia essa mesma natureza se canse de nos proporcionar tão belas paisagens. ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Marcos Fábio

olharempreendedor@formatar.com.br

Idéias & Negócios

ideiasenegocios2011@gmail.com

FRANQUIA É GARANTIA DE SUCESSO?

Empreendedorismo que deu certo

Que tipo de negócio posso montar? Qual o melhor negócio atualmente? Em que ramo posso investir e que eu gaste pouco dinheiro, necessite de poucos empregados e que dê um bom retorno? Pode parecer engraçado, mas perguntas como estas fazem parte de nosso dia a dia e são feitas por pessoas interessadas em abrir o próprio negócio ou em diversificar seu ramo de atuação. Essas dúvidas são um retrato fiel da necessidade de segurança que temos, principalmente, quando vamos investir nossas suadas economias em um determinado negócio. O problema, porém, não são as perguntas e sim, as respostas. A dificuldade em responder a perguntas tão profundas e o medo de apostar o capital em uma “barca furada” vem fazendo com que as franquias ganhem terreno. Com vantagens aparentes, as franquias preenchem as necessidades de sucesso dos empreendedores, aliada à segurança de uma assessoria permanente na condução do negócio. Segundo o SEBRAE, aqui vão algumas vantagens de ser um franqueado: • Conhecimento do mercado, pontos fortes e fracos, com apoio de especialistas da franqueadora; • Elevada perspectiva de sucesso de um negócio que já foi experimentado em outros locais; • Instalação mais fácil (comunicação visual/arquitetura); • Marca consagrada no mercado; • Planejamento, pesquisas, orientações e aperfeiçoamentos sob a responsabilidade do franqueador. • Possibilidade de retorno mais rápido que nos negócios independentes. • Propaganda, publicidade e promoções freqüentes e customizadas;

O programa Ideias e Negócios desta quinta-feira (12) contou com a participação do empresário Vitor Gontijo da Katuxa Calçados, que contou como começou a ser empreendedor desde cedo ao lado do irmão gêmeo Wilson Gontijo conseguindo se sobressair no mercado. De acordo com Vitor aos 14 anos ele já trabalhava em uma mercearia e pegou um pouco de mexerica para vender aos domingos durante partidas de futebol no estádio Farião. Ele conta que percebeu que vender de porta em porta era lucrativo e que pensou em abandonar o emprego para investir nas mexericas. A mãe de Vitor não permitiu explicando que nem sempre haveria jogos, por isso ele deveria vender somente nos finais de semana. Vitor então começou a juntar o dinheiro das vendas extras e ao ter uma quantidade razoável, ele e o irmão Wilson decidiram abrir uma mercearia, os primeiros produtos vendidos eram laranjas e bananas. Gontijo afirma que ele e o irmão revezavam na venda durante certo tempo um ficava na mercearia e o outro vendia as frutas na rua Rio Grande do Sul e quando voltava o outro ia, assim aumentando as vendas. Para conseguir melhores produtos os irmãos recorreram aos seus antigos patrões que buscavam frutas em Belo Horizonte e traziam para eles por muito tempo. Somente aos 15 anos é que eles começaram a ir juntos para buscar as frutas. Depois de algum tempo, um freguês da mercearia ofereceu aos irmãos uma loja de sapatos que ele possuía e que pretendia largar o negócio, os irmãos pensaram muito e no final compraram o comércio em 12 parcelas e sem entrada.

Por outro lado, apesar do sistema de franquias oferecerem estudos sobre o mercado, torna-se indispensável que você realize o seu próprio estudo, pois erros de dimensionamento de mercado podem trazer sérias conseqüências para o seu bolso. O empreendedor deve também ter em mente como funciona a operação de uma rede de franquias, pois, ao mesmo tempo em que a pessoa vai ter o próprio negócio, o que para muitos é a realização de um sonho, deverá também cumprir regras severas, o que pode soar como voltar a ter um patrão. O empreendedor, na realidade, vive uma situação diferente dentro de um sistema de franquias: não é propriamente um funcionário e nem é verdadeiramente um dono. Aliás, é justamente neste ponto que mora “o pulo do gato” para o franqueador. O dono de uma franquia é o melhor funcionário que alguém poderia querer: o funcionário-dono. Este, ao mesmo tempo que segue regras e normas, precisa zelar para o sucesso do negócio pois está arriscando junto, mas sem ser sócio. Se sua franquia for mal, quem quebra é você e não a franqueadora. Por isso, outro fator importante é a gestão do negócio. A afinidade deve ser maior com a operação do negócio do que propriamente com o produto envolvido. Gostar de roupas, por exemplo, não significa que você poderá abrir e gerenciar uma confecção. Como em negócios não existem receitas de bolo, o melhor a fazer, seja na franquia ou num negócio avulso, é se cercar de todas as informações possíveis. Mas em especial para as franquias, aqui vão algumas informações que merecem atenção: • Busque informações do setor no qual pretende entrar; • Busque orientação de um consultor ou advogado especializado em Franquia; • Certifique-se de que os números informados pela franqueadora correspondem à realidade do negócio na cidade onde ele será instalado. Uma franquia de sucesso numa cidade pode não ser em outra; • Conheça o real funcionamento do sistema da franquia (regras, prazos, condições de pagamento, multas, etc); • Investigue o quanto você terá de remuneração e se esse valor é suficiente. Isso evitará que você queira retirar do negócio mais do que ele poderá lhe pagar; • Se auto-avalie para verificar você tem o perfil adequado para a atividade; No mais, é suar a camisa e lembrar que se ter um próprio negócio é trabalhar dobrado, ter uma franquia é trabalhar dobrado com um patrão em cima. Boa semana a todos! Marcos Fábio Administrador de empresas e mestre em administração profissional

CALÇADOS Os irmãos foram então trabalhar na loja de calçados e deixaram os dois irmãos mais novos trabalhando na mercearia. Pouco tempo depois eles adquiriram outra loja de sapatos e os dois gêmeos se dividiram para trabalhar mais. Aos poucos eles conseguiram com o apoio dos outros irmãos abrirem mais lojas, chegando a sete na cidade, cada uma com um nome diferente. Vitor explica que a certa altura foi preciso desfazer a sociedade e cada irmão ficou com uma loja, sendo que ele e Wilson ficaram com duas, por terem iniciado o trabalho. De acordo com Vitor um outro amigo de Formiga que também possuía loja de sapatos com o nome Katuxa fez uma proposta para que ele também colocasse o nome de sua loja como Katuxa para que os dois conseguissem comprar mais produtos com preços melhores e assim ele fez. Com o nome Katuxa, Vitor foi aumentando o seu negócio e hoje possui 54 lojas em Divinópolis e região. EMPREENDEDORISMO Para Vitor todas as pessoas podem ser empreendedoras, basta ter força de vontade e coragem para montar o negócio. Ele explicou que todos os dias têm pessoas entrando e saindo de todos os ramos, basta o futuro empreendedor escolher qual negócio vai seguir. INSTITUCIONAL Durante o programa nós apresentamos um vídeo institucional da Katuxa Calçados, que sempre treina seus vendedores a oferecerem os produtos de forma que o cliente seja bem atendido. O vídeo mostrou passo a passo como deve ocorrer a venda, quais são as opções de parcelamento da Katuxa, como o vendedor deve mostrar o produto, o que o vendedor não deve fazer durante o horário de trabalho e a maneira que o trabalhador deve seguir para ser líder de vendas. O empresário explicou que o cliente precisa ser bem atendido e por isso os funcionários sempre passam por treinamentos para executar as tarefas da melhor forma possível. Gontijo ainda frisou que a Katuxa oferece alguns serviços extras aos empregados como financiamentos de casas próprias e de motos.Segundo ele, durante uma pesquisa interna foi percebido que 80% dos trabalhadores moram de aluguel, por isso a empresa decidiu dar uma forcinha, as primeiras casas devem ser entregues no dia 12 de junho. Eduardo Alexandre Empresário


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Paineiras embelezam as ruas da cidade e surpreendem divinopolitanos

Flaviane Oliveira

Flaviane Oliveira

Osvaldo explica que o aquecimento global e a poluição podem alterar o ciclo reprodutivo da árvore Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

O chão coberto de flores rosas e frutos da imponente árvore que encanta quem passa pelas ruas do Porto Velho por seu tamanho e beleza. A paineira-rosa é uma árvore bastante popular, e isto se deve principalmente à sua beleza extraordinária e seu curioso fruto. Considerada como árvore com grande uso para o paisagismo, a Paineira fica florida entre o verão e outono, com a árvore semi ou completamente sem folhas, o que

a torna ainda mais bonita. De acordo com o engenheiro Florestal, Osvaldo Tatsuo Genta, a Paineira fica florada nos meses de dezembro a abril, porém com as mudanças climáticas, assim como várias espécies de árvores a Paineira pode apresentar variações no seu desenvolvimento devido as mudanças climáticas, o aquecimento global e também a poluição. Osvaldo ressalta que a Paineira é uma árvore de grande porte e não deve ser plantada na rua, “Talvez em uma avenida larga que tenha condição de suportá-la ou na beira de rios, porque ela é muito grande. A muda é usada na reconstrução de mata ciliar’ conta. PREOCUPANTE A situação que tem preocupado os profissionais é a falta de sementes notada durante as coletas realizadas pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF). O engenheiro Osvaldo é uma das pessoas que faz essa coleta e cataloga essas árvores, “Faço coleta de sementes aqui na região Centro-Oeste toda. Tem espécies de plantas que

estão há três anos, quatro anos sem produção de sementes. Tem espécies que produzem sementes de dois em dois anos ou menos, mesmo aquelas espécies que produzem todos os anos tem falhado a produção de semente” conta. O engenheiro explica que entre as plantas que já não apresentam tantas sementes estão no centro-oeste “A árvore do Óleo de Copaíba já está quatro anos sem produção, aqui na região, bem menos que o normal e o Pau Viola que ano passado não deu quase nada e se der esse ano vai ser bem pouco. É uma espécie que produz sementes em grande quantidade, é uma espécie pioneira e que tem crescimento rápido e produz sementes todos os anos. Aqui na região tem a espécie Sucupira Branca que está com sete anos sem produção em longa escala. Agora tem algumas árvores que tem produzido em quantidade até razoável, mas é uma ou outra árvore que está com sete a oito anos sem produção” analisa preocupado. DESMATAMENTO Quando questionado sobre

a questão do desmatamento na região, Osvaldo avalia que hoje tem diminuído de certa forma e a situação é bem melhor do que a encontrada nos anos passados, “As pessoas estão pensando mais na vida sustentável. É difícil porque tem muitos produtores que são criados no estilo de desmatar e plantar e até que a gente consiga muda essa mania demora, mas estamos chegando lá” disse. Osvaldo trabalha na região com a catalogação de espécies aonde já vem colhendo sementes, “Na produção de mudas do estado e do IEF no viveiro de Divinópolis, Arcos, Bom Despacho e Luz, Lagoa da Prata, nós temos 130 espécies catalogadas, época de florada, de frutificação, onde está. Esse é um trabalho que se futuramente quiser fazer uma avaliação genética dessas plantas tem condição de colher as sementes e preservar a espécie” ressalta. O IEF conta ainda com viveiros na região, onde são cultivadas mudas ornamentais e demais espécies, além do apoio prestado junto aos

Osvaldo explica que o aquecimento global e a poluição podem alterar o ciclo reprodutivo da árvore

produtores rurais, “...damos muita assistência ao produtor rural em termos de condição sustentável por causa do Eucalipto. A questão de Eucalipto, muita gente fala que a planta estraga a terra e seca a água, mas não é bem assim, porque

está plantando em lugar que não deveria ser plantado. Você respeitando o Código Florestal, Área de reserva ambiental, nascentes, não tem problema e evitar esse plantio em longa escala como muitas empresas fazem” finalizou.

Frente fria chega a Divinópolis, chuvas apenas no final de semana Divinópolis em contagem regressiva para a Festa da Cerveja As temperaturas de hoje até sexta-feira, durante a madrugada, deverão registrar uma baixa, chegando aos 12°C. Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Na última segunda-feira, 16, de acordo com o Divitempo, uma frente fria foi identificada avançando sobre o oceano entre o litoral fluminense e capixaba. A frente pode provocar instabilidades e possíveis pancadas de chuvas nas regiões Triângulo, Sul, Zona da Mata, Leste e Centro de Minas Gerais. Em Divinópolis, houve a incidência de pancadas de chuva na segunda-feira a noite e na terça-feira. Entretanto, chuvas deverão voltar a acometer a cidade apenas no

próximo domingo. Segundo previsão do Divitempo, as temperaturas de hoje a noite até amanhã deverão abaixar, chegando a ser inferiores a 14°C. As temperaturas frias deverão continuar baixas durante a madrugada até a próxima sexta-feira, 20, chegando aos 12°C. De acordo com o site, coordenado pelo meteorologista Marius Costa, “se compararmos com o mesmo período do último ano, estamos dentro da normalidade, mas se compararmos com o ano de 2010, já era para estarmos registrando temperaturas

de 10°C a esta altura do mês”. A previsão do site Climatempo registra como 0% a possibilidade de chuva em Divinópolis de quinta-feira a sábado. A umidade relativa do ar na quinta-feira ficará entre os 100% e 43%. Na sexta-feira, ela cai, ficando entre 77% e 48%. Já no sábado, há novamente um aumento, ficando entre 81% e 48%. Durante os dias, o sol deverá aparecer com algumas nuvens, o que indica tempo nublado em Divinópolis. No fim de semana, a previsão é de que não haja muito calor na cidade, principalmente durante as tardes. As temperaturas máxi-

mas poderão chegar aos 28°C. Já durante as madrugadas a previsão é de que a temperatura oscile entre os 15°C e 16°C. Já para o domingo e segunda-feira há a previsão de pancadas de chuva durante o dia e noite. No domingo deverá chover cerca de 2mm, com possibilidade de chuva de 90%. Na segunda-feira, a previsão é de 5mm de chuva, com 80% de possibilidade. Na data, durante a noite, o céu deverá permanecer limpo. As previsões são passíveis de alteração e podem variar de um dia para o outro.

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Uma das festas mais esperadas da região será realizada neste fim de semana. Nesta edição da Festa da Cerveja os grandes shows e toda estrutura que está sendo trabalhada promete levantar do chão todo mundo que for ao parque nesta edição do evento. Na tarde de hoje já é iniciada a troca dos ingressos pelo Abadá do camarote Kuringa e também os Vouchers que dão acesso a festa. Neste ano a festa será dividida em cinco setores: o espaço Park, os camarotes já conhecidos Divina Light, Kuringa, Divina Folia e também

o camarote reservado para os patrocinadores e convidados para a festa. ESTRUTURA Assim como no último ano, a organização do evento aposta na festa fora da arena do Parque de Exposições. Na tarde de ontem toda a estrutura dos palcos e camarotes já estava em fase final para receber os festeiros na próxima sexta e sábado. DIVINO ROCK As comemorações não param por aí. Na noite de hoje (18) as 10 bandas semifinalistas participam da Eliminatória do Divino Rock no hangar Music Bar a partir das 10 da noite.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

CDL reúne lojistas para preparar Campanha de Natal Associados se reuniram para preparar mobilização do período natalino e final de ano Marina Alves

Presidente da CDL apresentou projeto de promoção de Natal para lojistas associados Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis realizou nesta terça-feira (17) um café da manhã com os associados, para apresentar a Campanha de Natal proposta pela associação e pedir o apoio dos lojistas. O café teve início as 7:30 da manhã, na sede da CDL, na Avenida Getúlio Vargas, logo após o café foi apresentado o plano da Campanha de Natal. A proposta foi apresentada aos lojistas pelo presidente da

CDL, Rafael Pinto Nogueira. Como o período é caracterizado pela alta no índice de vendas de todo o comércio, a Câmara de Dirigentes Lojistas está se preparando com antecedência para realizar a Campanha de Natal, que deverá ter a adesão dos associados que possuem estabelecimentos comerciais em toda a cidade. Foi apresentado aos lojistas presentes o plano de ação, com todos os pacotes de adesão, com prazos e valores, também as datas de sorteio e entrega dos prêmios principais. A ideia da

promoção da CDL em parceria com os associados partiu da iniciativa que já acontece em outras cidades e tem gerado retorno positivo. A campanha “Natal do Centenário 2012” deverá acontecer em forma de premiação instantânea, com as chamadas seladinhas. Os principais prêmios serão um carro, uma moto, um notebook e 200 vales compra. O lojista que desejar aderir a ação em conjunto com a CDL deverá adquirir pacotes com os materiais necessários e disponibilizar a seus clientes

a promoção. Todos os custos e gastos necessários foram apresentados, ficando a critério dos lojistas adquirirem mais de um pacote e também materiais avulsos para fazer a promoção. Caso haja a adesão por parte de um bom número de lojistas, a campanha será consolidada e já estará preparada para acontecer no período de festas natalinas e final de ano. A CDL mostrou aos lojistas a intenção em fazer a promoção para fortalecer o comércio, com ações e profissionais capacitados. Rafael Nogueira ressalta

a importância da Campanha de Natal para o comércio “Não temos feito premiação, já há algum tempo. Achamos que agora seja um bom momento para fazer. A maior vantagem é incentivar o comércio local, entusiasmar os nossos associados, pois uma premiação sempre traz uma boa expectativa de vendas. Nossa maior intenção é movimentar a cidade, aproveitando o centenário de Divinópolis”. Os associados terão um prazo para aderir à promoção. Após a apresentação, foi solicitado

aos lojistas um rápido retorno, afim de prepararem melhor a campanha, que se obtiver sucesso deverá se repetir e ser ampliada nos próximos anos. Além da reunião, a CDL em parceria com o Sebrae, o Senac, a Acid e a Fiemg, irá realizar um seminário no próximo dia 25 de abril, com palestra de profissionais direcionadas á vendedores associados a CDL. Poderão participar associados e também funcionários desses associados. Para maiores informações, os interessados deverão procurar a CDL Divinópolis.

Quem tem São João de Deus Saúde tem a segurança de um plano com cobertura nacional em caso de urgência e emergência. De ser atendido em mais de 400 hospitais e clínicas em todo o país, através da Rede Abramge e das Santas Casas Unidas. Não importa onde esteja, uma coisa é certa, o São João de Deus Saúde está Sempre Perto de você. Sempre certo é ter o atendimento dos melhores médicos e profissionais de saúde. É contar com as melhores clínicas e laboratórios e a garantia do Hospital São João de Deus, um dos melhores e mais completos hospitais de Minas. Por isso, onde estiver, fique tranquilo porque estamos Sempre com você, em todo o país.

Sempre perto. Sempre certo.

Sempre com você.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Cartão do SUS já é exigido nos atendimentos Em caso de emergência, o paciente poderá ser atendido sem estar de posse do documento Daniel michelini Da Redação

Por determinação do Ministério da Saúde, a utilização e apresentação do Cartão Nacional de Saúde, o Cartão SUS, tornou-se obrigatória desde o dia 1º de março, em todos os estabelecimentos de saúde, públicos ou conveniados ao

Sistema Único de Saúde (SUS). O novo cartão do SUS é um documento gratuito de identificação individual. Ele é válido em todo o território nacional. O uso do Cartão facilita a marcação de consultas, exames, acesso ao fornecimento gratuito de medicamentos e a todos os procedimentos médicos e laboratoriais oferecidos

pela Rede Pública e privada. O cartão ainda permite que o histórico clínico dos pacientes seja consultado pelos agentes de Saúde, a partir de uma base de dados, facilitando assim a continuidade ou mudança dos procedimentos necessários. O usuário do SUS, que tirou seu cartão em outro município, não necessita fazer novo cadastro.

Basta ir até uma unidade de saúde munido de RG, CPF e comprovante de residência e atualizar o endereço, já que o Cartão SUS, além da identificação pessoal do usuário, também registra o vínculo ao domicílio. O objetivo fundamental do Cartão Nacional de Saúde é possibilitar ao SUS a capacida-

de de identificação individualizada dos usuários. Em Divinópolis, além da sede da Semusa, por enquanto três unidades de saúde estão disponibilizando os cartões: Nossa Senhora das Graças, São José e Ermida. Segundo Gilmar Santos, secretário adjunto da Semusa, o cartão só não é obrigatório em caso de emergência: “Caso o paciente

esteja em situação grave, ele será atendido mesmo sem a posse do cartão. Porém, após o atendimento, será feito o documento para a pessoa”. Ainda segundo Gilmar, mais de 70% da população divinopolitana já possui o cartão. O prazo que o cidadão possui para a obtenção do ‘Cartão SUS’ termina em 2014.

Chuvas causam estragos no Jardim Primavera Linhas de ônibus precisaram desviar itinerário para chegarem aos destinos finais Daniel Michelini

Motorista é obrigado a sair do veículo devido ao barro acumulado na rua

Daniel michelini Da Redação

Os problemas causados pelas chuvas não se limitam apenas ao meio urbano, com enchentes e inundações. Os moradores do bairro Jardim Primavera, na região de Ermida, reclamam das condições de várias ruas no local. A maioria das vias que formam o bairro é de terra, o que prejudica a passagem de veículos, após as chuvas que aconteceram nessa segunda e terça-feira. Márcio Alves motorista de uma linha de ônibus responsável

pelo itinerário local disse que há mais de três anos a situação está desta maneira quando chegam os períodos chuvosos. “Já atolaram uns três ônibus na rua em que fica o ponto final, pois não colocaram nem pedras para amenizar a situação”, disse Alves. A principal dificuldade do motorista é a obrigação em desviar as rotas do ônibus que atendem a região, tendo em vista a impossibilidade dos veículos atravessarem as vias. “A prefeitura não toma providência. A única rua calçada do bairro foi paga pelos donos de uma chácara”,

afirmou o motorista. Na região do Jardim Primavera, três ônibus precisam fazer o itinerário, e um deles não possui a opção de desviar a rota, já que não há outra estrada que chega ao local de destino da linha. O motorista conta ainda que o fiscal da Settrans compareceu ao local ontem, mas não passou nenhuma notificação aos moradores da região quanto à uma possível manutenção no local. Outro motivo de reclamação é quanto à quantidade de entulho que fica no meio das ruas do bairro, dificultando a passagem

de veículos grandes como ônibus, tendo ainda que passar por obstáculos como ruas estreitas e esburacadas nos locais. A coleta de lixo atende o bairro apenas uma vez por dia, durante duas vezes na semana. Segundo a trocadora Regina, uma moradora do bairro tinha marcado uma consulta em uma clínica às 7h desta terça-feira (17), mas não pôde usufruir dos serviços públicos, já que não havia maneira do ônibus passar na estrada. O único jeito foi pedir auxilio ao filho que mora em Divinópolis para buscá-la.

Projeto “Ler” no Lar das Meninas realiza distribuição gratuita de livros Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Piratas, princesas, animais falantes, tudo isso faz parte do vasto mundo que está nas páginas dos livros infantis. Hoje, dia 18 de abril, é comemorado o Dia do Livro Infantil e por esse motivo a Casa Arte e Cultura promove a visita da escritora Vânia Ordones ao Lar das Meninas com o intuito de levar histórias, poesias, além de fazer a distribuição gratuita de livros infantis. As obras que serão distribuídas farão parte do acervo da

instituição com uma proposta de incentivo à leitura visando tanto ao desenvolvimento do gosto pelos livros, quanto ao fortalecimento de laços afetivos, uma vez que o evento é permeado por intenções de despertar para a sensibilidade através das cantigas, contos e poemas apresentados pela escritora. No Lar das Meninas serão distribuídos 30 exemplares da obra “Vovó me contou e outras memórias”. A obra distribuída nas instituições de ensino fala da “poesia buscando a infância e trazendo dela os causos, as brincadeiras, as cantigas e sonhos que povoavam

o imaginário infantil” ressalta a organização do projeto. O livro traz poemas que aproximam as crianças de seu universo lírico fazendo com que participem da história também por meio dos espaços para desenhar, colorir que são apresentados na obra. Os textos são de Vânia Ordones e ilustrações de Nilton Bueno. O PROJETO O projeto “Ler” é um circuito itinerante, que leva à bibliotecas públicas, escolas municipais, CMEIs e outros espaços de leitura, um evento literário que reúne

recitais de poemas, contação de histórias, além de apresentação de obras de vários escritores de Divinópolis, além da distribuição gratuita de exemplares do livro “Vovó me contou e outras memórias” para compor o acervo da biblioteca do local das escolas visitadas. A direção da Casa Arte e Cultura ressalta que o projeto “Ler” é uma extensão do projeto “É MASSA LER NA PRAÇA”, que foi aprovado pela Secretaria Municipal de Cultura, através da lei municipal de incentivo à cultura do ano de 2010, que contempla a distribuição de

Renata Menezes

As crianças de várias escolas já receberam a visita da equipe que realiza o projeto

3000 exemplares da obra “Vovó me contou e outras memórias” com esta 2ª edição patrocinada

pela empresa Exdil. A Casa arte e cultura, idealizadora do projeto, é também parceira na sua realização.


08 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Dra. Karla Faria

karlafaria@ortodontista.com.br

Supervisão do Dentista é fundamental em tratamentos de clareamento dental

Assim como diversos procedimentos que visam à estética, o clareamento dental é uma excelente opção e cada vez mais procurado por pacientes que desejam um sorriso mais belo. Entretanto, o que muitas pessoas não sabem é que mais do que um mecanismo para deixar os dentes mais brancos, o clareamento dental é um tratamento odontológico que deve ser tratado como tal, com indicação correta, na qual os Dentistas devem executar e orientar o procedimento da maneira mais efetiva e ética possível. Embora haja o clareamento feito em consultório, atualmente, o clareamento dental caseiro tem sido o mais procurado em virtude do preço e da facilidade de se adquirir o produto- Kits são vendidos indiscriminadamente pela Internet, em sites de compras coletivas, e mesmo

nas lojas físicas. O problema é que grande parte das pessoas adquire a mercadoria e realiza a auto-aplicação sem a orientação de um profissional. O procedimento caseiro deve ser realizado com a supervisão de um Cirurgião-Dentista para assegurar a escolha correta do produto que será usado e sua aplicação adequada: quantidade, tempo e duração do tratamento. Além disso, o Cirurgião-Dentista é que tem condições de avaliar o grau de manchamento dos dentes, e com o conhecimento do histórico do paciente determinar qual a melhor concentração de peróxido para o caso, melhor regime de uso, entre outras questões. Muitas vezes, os pacientes são enganados e compram produtos em farmácias ou pela Internet com pouquíssima eficácia, e acabam acreditando que o clareamento dental não

funciona. Outras vezes, são levados a comprar sistemas de clareamento caseiro, em que deve-se aplicar uma fonte de luz para melhorar o desempenho dos géis clareadores. O que os pacientes não sabem é que esta fonte de luz vendida desta forma em nada ajuda o procedimento clareador. Dessa forma, os pacientes acreditam que estão economizando por não procurar um Cirurgião-Dentista quando, na verdade, estão desperdiçando dinheiro com produtos pouco ou nada eficientes. O grande problema da auto-aplicação sem acompanhamento profissional é que “com um pensamento leigo”, os pacientes acreditam que quanto maior a concentração, a quantidade, o tempo de uso e de contato do agente clareador com os dentes, melhores serão os resultados. Mas, ao contrário, isso pode iniciar uma série de problemas como: sensibilidade dos dentes, irritação gengival, prejuízo ao esmalte dental(causado pelo uso indiscriminado por longo período), bem como comprometimento do resultado estético como no caso de o indivíduo que possui restaurações em resina composta ou cerâmicas- estas não respondem ao clareamento e os dentes ficam mais claros, contrastando com as restaurações. Os indivíduos com lesões cariosas ou restaurações com margens mal adaptadas terão muita sensibilidade ao usar o gel clareador e, sem acompanhamento de um profissional, não saberão como solucionar os problemas. Fique atento...

Medicina Personalizada: O FUTURO JÁ CHEGOU! Pensar a medicina de forma individualizada, respondendo às características genéticas de cada paciente, é um desafio mundial. No Brasil, centros de excelência, como o Instituto do Coração, a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e a Escola Paulista de Medicina-Unifesp, caminham a passos céleres nesse sentido. O mesmo no Instituto Avanços em Medicina, que administra, de forma pioneira e com sucesso, tratamentos personalizados aos portadores de cânceres, baseados nas características próprias dos tumores, priorizando a humanização. “Se um tumor expressa determinados genes, proteínas específicas e particularidades moleculares, o tratamento é ministrado para aquele tipo de tumor, para aquela assinatura genética”, afirma a diretora Nise Yamaguchi, oncologista e pesquisadora da FMUSP.O objetivo é melhorar a resposta imunológica. “Esse é um caminho para obter dados seguros sobre vários pontos, como a efetividade de uma droga no tratamento. Um remédio não age igualmente em todos. Tem gente que responde rápido, outros devagar, e para certos grupos, o resultado é nulo. Aliás, há paciente que não possui enzimas para eliminar determinados quimioterápicos, sendo que os mesmos podem ser extremamente tóxicos. Enfim, uma coisa simples para uns pode complicar o quadro de outros”. Há quem questione a relação investimento-benefício da medicina personalizada. Para averiguar a sensibilidade aos quimioterápicos, um teste seguro estaria na casa de R$ 1.500,00 para um determinado gene, e podem ser necessários vários estudos. Obviamente o argumento de alto custo não resiste às evidências, especialmente sob

Tratamentos de última geração já disponíveis no Brasil. Falta torná-los acessíveis a todos

o aspecto da humanização. Muito maiores são os custos de dias e mais dias em uma UTI de ponta, sem falar no agravamento da saúde ou da morte de um paciente, desdobramentos que não têm preço. “Pleiteamos que convênios passem a cobrir a farmacogenômica de quimioterápicos; é um procedimento importante, pois diminui o risco de o paciente se intoxicar desnecessariamente. No Instituto Avanços também é protocolo testar a sensibilidade de um tumor a determinados quimioterápicos. Fazemos uma espécie de antibiograma para conhecer a reação”. Hoje, já há exames que, realizados em câncer de mama inicial, por exemplo, evitam que a portadora se submeta à quimioterapia; e ainda indica se a medicação pode complicar a evolução e a vida

média. Portanto, são testes fundamentais. Esses, de fato, possuem custo mais elevado. Entretanto, se administrados em maior escala baratearão, criarão demanda, competitividade, diminuindo os valores e tornando-se mais acessíveis. A experiência do Instituto Avanços demonstra que, dessa forma, interna-se menos, as complicações diminuem, reduz-se a necessidade de sangue e as distorções nos exames sanguíneos, opera-se somente o necessário; enfim, todo o processo tem maior controle e resolubilidade. “Se conseguirmos evidenciar isso ao sistema público e aos convênios, um passo essencial será treinar uma plataforma de rede molecular para o Brasil, com patologistas e biólogos que entendam de genética de câncer e desses testes mais modernos”.

espaço médico Minas Gerais recebe Simpósio Internacional de Trombose e Anticoagulação

Em 18 e 19 de outubro, Belo Horizonte (MG) abre suas portas para a realização da quinta edição do Simpósio Internacional de Trombose e Anticoagulação (ISTA 2012). O evento, que acontece no Hotel Ourominas, receberá prestigiados convidados internacionais para debater o que há de mais novo em trombose e anticoagulação, além de discutir as perspectivas futuras sobre o tema. O simpósio, promovido pelo Brazilian Clinical Research Institute (BCRI), pelo Duke Clinical Research Institute (DCRI) e pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital do Coração (HCor), recebe apoio da Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e do Anticoagulation Forum. Mais informações pelo site: www. ista2012.com.br.

Após oito anos, sai aprovação do STF

Ocorrida nos dias 11 e 12 de abril, em Brasília,

a votação de uma das mais polêmicas ações no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília finalmente chegou ao fim. Após tramitar por oito anos, foi aprovada por 8 votos a favor, e 2 contrários, a descriminalização da antecipação do parto de fetos anencéfalos. Até então, gestantes decididas em não levar gestação nestas condições adiante eram obrigadas a mover ações para análise individual. A análise, subjetiva, dependia da interpretação de cada juiz ou promotor, e, em alguns casos, era negada. Agora, caberá às gestantes decidir se levarão a gravidez adiante, mesmo sabendo da absoluta impossibilidade de sobrevivência, ou se interrompem a gestação. Estiveram presentes na votação representantes de entidades como a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Comissão de Bioética e Biodireito da Ordem dos Advogados, seção Rio de Janeiro (OAB-RJ) e o Grupo de Estudos sobre o Aborto – GEA, todos favoráveis à ação.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas por e-mail para acontece@acontecenoticias.com.br ou para o endereço: rua Cotoxó, 303, conjunto 81-82, São Paulo, SP, CEP 05021-000


VARIEDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

FABIANO TOLENTINO & PAULO mARIUS tv@campoenegocio.com

PROGRAMA CAMPO & NEGÓCIO JÁ É SUCESSO NA RÁDIO! Enquanto a trupe do Campo & Negócio faz sucesso absoluto na rádio, Gustavo Bicalho e Cleuber capricham nos flashes ao vivo da cavalgada que saiu de Ermida e foi direto para os Branquinhos.

E por falar nos Branquinhos...

Quem esteve no Programa Campo & Negócio? Markos Moura e Itamar na Sanfona se apresentam na Tv Alterosa!

J. Júnior apresenta as novidades da Balada Sertaneja, dia 27 de Abril na Lux Lounge. O Programa Campo & Negócio é parceiro desta festa!

Cigano e Violeiro, Harlen, Pedro Henrique e Samuel

Prêmio Prato da Casa de Música de Barzinho A todo vapor está a seleção dos músicos de barzinhos de Divinópolis e região para as apresentações no Prato da Casa 2012. O Shopping Pátio Divinópolis empresta sua Praça de Alimentação todas as quartas feiras para que os músicos façam suas apresentações. Na oportunidade, além de uma confraternização entre os artistas, o grande valor desta etapa se faz pela troca de experiências entre os profissionais. O grande campeão recebe na festa de encerramento um cheque de R$ 1.500,00!

www.campoenegocio.com tv@campoenegocio.com Twitter: @campoenegocio facebook: programacampoenegocio


10 VARIEDADES

Horóscopo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Novelas

Cuidado com as palavras – pense antes de falar. No campo afetivo, não faça promessas que não possa cumprir.

Evite expor seus objetivos aos colegas. No amor, aposte no diálogo para se aproximar do seu alvo. Mas, se já tem um par, esclareça já os mal-entendidos.

Seja mais flexível e troque ideias com pessoas experientes. Assim, vai amadurecer seus projetos. Participe da vida da pessoa amada e o romance vai deslanchar.

. Ao lidar com alguma situação nova, não se deixe influenciar pela insegurança: enfrente e mostre o seu valor!

Problemas de comunicação podem surgir ao longo do dia. Pense mais antes de falar ou poderá magoar as pessoas com sua sinceridade.

Dê uma atenção especial às finanças, pague suas contas e cobre quem está lhe devendo algo. No romance, aproxime-se mais da sua cara-metade.

Aprenda a aceitar a opinião dos demais. No campo sentimental, converse com sua cara-metade.

Excelente momento para refletir sobre suas ações profissionais mais recentes. No romance, mal-entendidos podem surgir. Então, tenha cuidado com suas atitudes.

No trabalho, faça mais e fale menos. Excelente momento para brincar e interagir com familiares. Um jantar romântico conta com boas energias.

Não tenha receio em assumir a liderança no campo profissional desde que tenha objetivos claros em mente. Acabe com os conflitos em família: é tempo de unir forças.

Você vai sentir vontade de compartilhar suas conquistas com as pessoas ao seu redor. Porém, tenha mais cautela: alguém pode não ser receptivo ao seu jeito mais expansivo.

Já é hora de cortar gastos e começar a economizar. Na área sentimental, divida suas preocupações e conte com o apoio de sua alma gêmea para o que precisar.

Todos se emocionam ao ver Rodrigo tocando piano. Gabi vai embora ao ouvir Clara dizer que Verbena está ao lado do filho. Juliana chama Beto para trabalhar em seu projeto para a revista. Miriam se incomoda ao saber que Rodrigo quer encontrar Elisa com ajuda da ONG. Cris acredita que Kléber tirou a barba por sua causa. Francisco conta para Bruno que está morando com Beatriz. Fernando sugere uma data para seu casamento com Miriam.Valéria fala para Josué esquecer dela. Zé e Carmem ficam com medo de viajar de avião, enquanto Valéria fica eufórica com a chegada ao Rio de Janeiro.

cheias de charme Globo - 19h

Penha bota Sandro para fora de casa. Inácio beija Rosário. Conrado demonstra interesse em Cida. Rosário desconfia da semelhança de Fabian com Inácio. Apesar das queixas dos filhos, Lygia não percebe as falhas de Socorro. Penha é contratada por Máslova. Rosário e Penha levam um presente de aniversário para Cida. Lygia constata que Manuela está com febre e pede para Socorro não deixá-la sozinha. Inácio visita sua tia Romana e é perseguido por dois motoqueiros. Máslova encomenda flores para Cida, mas manda entregar sem cartão. Socorro conta para Laércio que Rosário e Penha são amigas. Rodinei entrega as flores de Cida, mas diz que são para a filha do patrão. Elano propõe que Chayene pague uma indenização a Penha na audiência de conciliação. Rodinei dá a Cida o anel que mandou fazer para ela. Inácio se instala na mesma pensão de Dinha. Alejandro conta para Lygia que Socorro deixou Manuela sozinha. Sandro é levado machucado para a casa de Penha. Cida avisa a Rodinei que está tudo acabado entre eles. Conrado acha que Cida é filha dos Sarmento, e a deixa constrangida.

avenida brasil Globo - 21h

Carminha diz a Max que desviou dinheiro da creche. Jorginho fica desapontado por Nina deixá-lo sozinho na casa de Lucinda. Iran não gosta de ouvir Tessália elogiar Leleco. Carminha manda Max parar de se insinuar para Sheila. Adauto fica feliz com a separação de Muricy e Leleco. Suelen compra comida na padaria e põe na conta de Diógenes. Nilo segue Lucinda. Adauto surpreende Muricy com um pedido de casamento. Débora procura Jorginho. Nilo vê Lucinda entrar no prédio de Nina. Lucinda implora que Nina esqueça seu acerto de contas com Carminha. Jorginho fica angustiado perto de Débora. Nilo vai à casa de Nina. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Marcos Serra Lima / EGO

Amor Eterno Amor Globo - 18h

Após boato de ‘festinha íntima’, ex-BBB Rafa afirma: ‘Não curto suruba’

Rebelde Record - 20h30

Alice obedece ordem de Miguel deixando Pedro chocado. Pedro fica impressionado com Miguel após ele dizer que já teve uma vida passada como vampiro. Diego, como vencedor da rodada, ordena Lucy a dizer a verdade. Lucy confessa para Diego que estava muito afim dele mas que acabou gostando do Pedro. Diego diz para a Lucy que não queria jogar por causa dela. Murilo conversa com Guto e Vinícius sobre a Maria e diz que sabe o que está fazendo. Roberta e Alice procuram o presente que Miguel deixou. Elas ficam impressionadas ao ver que o presente é um lindo vestido deixado para Alice. Marcelo tenta se esconder de Pingo. Pingo pressiona Marcelo para que ele possa morar no loft. Beatriz fica feliz com a volta do seu pai. Alceu diz para a sua filha que vai se separar da Dadá. Ele afirma que precisa de um tempo. Beatriz não concorda com a separação de seus pais e fica indignada. Tomás e Carla conversam sobre o relacionamento dos dois. A rebelde diz estar gostando de ter um espaço.Tomás fica triste ao entender que Carla não sente tanta falta dele. Leila encontra Maria na sala de estar jogando almofadas para o alto. Maria se desculpa e diz estar chateada com Murilo. Leila aconselha Maria a dizer tudo o que sente para Murilo. Alice se encontra com Miguel na gruta e ambos se beijam.

Máscaras Record - 22h

O segurança da portaria diz a Otávio que Martim saiu com seu carro. Otávio conta para Toga que Martim o roubou. Otávio para de repente e cai no chão, lembrando de seu casamento com Maria. No Rio de Janeiro, Martim conta para Manuela que conseguiu cem mil reais de Otávio. Martim fica intrigado ao saber que Nameless prometeu encontrá-lo no Rio. Nameless ouve a conversa de Manuela e Martim através do GPS. Olívia conta para Décio que suspeita que Martim tenha roubado Otávio. Décio suspeita que Otávio tenha recebido mais remédios. O médico afirma que Otávio precisa de alguém para acompanhá-lo em tempo integral e Olivia se oferece.Toga retira as balas da arma guardada em uma gaveta. Toga conta para o sequestrador que deu um sedativo para Otávio. O sequestrador afirma que Big Blond ordenou queToga mate Otávio. Ele manda o auxiliar drogar Otávio para que a culpa recaia sobre Décio. Manuela pede a Martim trezentos mil reais para abrir uma boutique. Martim afirma não querer se apaixonar por Manuela. Sônia conta a Geraldine sobre o sonho com seu pai. Décio conta para Olívia e Maria do Socorro que alguém deu sedativos a mais para Otávio. Décio suspeita de Toga e afirma que levará Otávio de volta para a clínica. O sequestrador conta para Big Blond que Otávio voltou para a clínica. Big Blond ameaça Nameless caso ela tente fugir dele. Big Blond ordena que Nameless vá para Cuba, sob a vigília de homens americanos. Sete meses mais tarde, Manuela recebe notícias de Nameless de Cuba. Martim suspeita que Nameless tenha alguma ligação com Otávio e Maria.

O ex-BBB Rafa está indignado com o boato de que teria feito uma festinha íntima após o evento Axé Brasil, que aconteceu neste fim de semana, em Belo Horizonte. Em entrevista ao EGO, o carioca deu detalhes de tudo que fez depois de curtir os shows

e garantiu que não curte ‘suruba’. “Não sei quem são as meninas que estão falando por aí. O que aconteceu foi o seguinte: após o show, eu e um pessoal da organização - Cauê, Priscila e Juliana- íamos para uma boate e depois decidimos não ir mais. Por volta das 3h, subi junto com o mesmo pessoal para um quarto onde funcionava o escritório da organização do evento para decidir se íamos sair para comer ou pedir algo lá mesmo, até que decidimos sair para comer. Descemos eu e o Cauê para procurar algo na rua até que encontrei o ex-BBB Diogo Pretto no hotel e ele falou para esperarmos até as 5h que abriria o café-da-manhã do hotel. Fiquei lá até quase 7h e

depois vim para o quarto dormir”, explicou. Sobre o destino de seus companheiros Yuri e Ronaldo após o evento, Rafa disparou: “Não sei deles. Sei de mim. A única coisa que vi foi o Ronaldo dar uns beijos em uma menina no evento. Depois não sei o que ele fez. Sou solteiro, não teria problema nenhum eu dizer que fiquei com meninas, mas isso não acaonteceu. Isso tudo é mentira. Se tivessem falado que eu entrei sozinho no quarto com três mulheres, poderia até ser. Porque sou homem e solteiro, mas mesmo assim isso não aconteceu. Mas dizer que fiz suruba, é demais. Não curto suruba. Nunca fiz e não é a minha praia”.

Suposto affair de Príncipe Harry desconversa em entrevista Mollie King, a suposta affair do Príncipe Harry, desconversou quando o assunto foi o relacionamento com a realeza. A cantora foi entrevistada por uma rádio britânica, de acordo com o jornal Daily Mail, ao lado de seus companheiros na banda The Saturdays, quando o apresentador Nick Grimshaw

tocou no assunto. Durante a conversa, ela e seus colegas comentaram que são fãs de Justin Bieber. O apresentador aproveitou a deixa para a indireta: - Você diria que Justin Bieber é o Príncipe do Pop? Ao que ela responde um tanto nervosa:

- Sim, eu diria que sim. O apresentador não deixa barato: - Você gosta de príncipes pops? Em seguida, ele coloca uma música romântica no fundo e explica que achou que ela queria dividir alguma informação nova com os ouvintes.

Conversa com a Presidenta

Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff

Aarón Holanda Lino, 34 anos, instalador de portas de garagem em Miami, Flórida (EUA) – Com a crise, muitos cientistas, engenheiros de tecnologia etc., da Europa e dos Estados Unidos, estão precisando trabalhar. Por que não atrair para o Brasil estas pessoas, que podem passar suas experiências para os brasileiros? Presidenta Dilma – Aarón, além de enviar mais de 100 mil estudantes para o exterior até 2014, o Ciência sem Fronteiras abrange dois outros programas, que visam justamente atrair estrangeiros e brasileiros que atuam em outros países. O primeiro é o Atração de Jovens Talentos, que objetiva trazer para o Brasil jovens pesquisadores, de preferência brasileiros, que participem de destacada produção científica e tecnológica no exterior. O programa prevê uma bolsa mensal, além de recursos para pesquisas, passagens aéreas, auxílio deslocamento e auxílio instalação. O segundo programa é o Pesquisador Visitante Especial, voltado para fomentar o intercâmbio e a cooperação internacional, atraindo lideranças científicas durante um a três meses por ano, por um período de dois a três anos. Entre os benefícios, destaco a mensalidade de R$ 14 mil e o auxílio à pesquisa no valor de R$ 50 mil anuais. Nossos estudantes vão aprender nas melhores universidades do mundo e pesquisadores consagrados no exterior virão ao Brasil para nos transmitir suas experiências. Essas iniciativas ajudarão a alçar o Brasil para um novo patamar científico e tecnológico. Juliana de Almeida Correa, 34 anos, advogada em São Paulo (SP) – Conheço um caso de pessoa viciada em crack e vejo o sofrimento dos pais e do próprio usuário, que se mata a cada tragada. O que o governo tem feito para resolver o problema? Presidenta Dilma – Essa é uma pergunta que surge com muita frequência aqui na coluna. Isso confirma a seriedade do problema e o acerto em darmos prioridade ao seu enfrentamento. Nossa principal iniciativa é o programa Crack, é possível vencer, para o qual estamos direcionando R$ 4 bilhões até 2014, para investimento na prevenção ao uso de crack e outras drogas, no tratamento de saúde e na repressão ao tráfico. A iniciativa envolve o trabalho conjunto dos ministérios da Saúde, da Justiça, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além de

outros órgãos. Mas para ser bem-sucedido, Juliana, nós sabemos que o programa depende de mais parcerias. Isoladamente, ninguém conseguirá vencer essa luta. Por isso, estamos estruturando um trabalho conjunto com prefeitos, governadores, com os demais poderes da República e com a sociedade civil. Pernambuco, Alagoas e Rio de Janeiro já se engajaram no programa e assinaram o termo de adesão, assim como as capitais Recife, Maceió e Rio de Janeiro. Nesta semana aderem o Rio Grande do Sul e a capital do Estado, Porto Alegre. Aos poucos, chegaremos a todo o Brasil. Com determinação e com as parcerias que estamos realizando, certamente superaremos mais este desafio. Ana Lúcia de O. Moreira, 47 anos, servidora em Petrópolis (RJ) – Gostaria de pedir que a senhora reformasse o Fies, para as prestações ficarem mais baixas. Presidenta Dilma – Nós promovemos uma ampla reforma no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em janeiro de 2010, e temos continuamente aperfeiçoado suas condições. O objetivo, Ana, é justamente facilitar a contratação do financiamento e reduzir o valor das prestações. Os juros, que eram de 9%, baixaram para 3,4% ao ano. E a nova taxa passou a valer também para o saldo devedor dos contratos antigos, firmados antes de 2010. A própria Caixa Econômica Federal recebe os pedidos de renegociação e faz as simulações dos novos valores. Além do mais, ampliamos o prazo para o pagamento do financiamento, que passou a ser de três vezes o tempo de utilização do benefício, acrescido de 12 meses. E tudo isso só começa a contar depois de uma carência de 18 meses após a formatura. Se um curso dura quatro anos, por exemplo, o estudante terá 14 anos e meio para pagar. O programa financia até 100% da mensalidade e os estudantes de licenciatura e medicina, que atuarem nas redes públicas de educação e saúde, amortizam 1% da dívida por mês de trabalho. Ou seja, o curso pode até sair de graça. E acabou também a exigência do fiador para bolsistas parciais do ProUni e para estudantes de licenciatura que vêm de famílias com renda mensal por pessoa de até 1,5 salário mínimo. Como você vê, Ana, estamos criando as condições para que todas as pessoas, que tenham o sonho de fazer um curso superior, possam realizá-lo.

Você também pode fazer uma pergunta para a presidentaDilma Rousseff. Basta enviá-la para o e-mail: regional. imprensa@presidencia.gov.br, com nome completo, idade, ocupação e cidade de moradia.


cidades 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Revitalização do Parque da Ilha prevê reforma de pista de skate e construção de pista infantil Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Foi publicado na última segunda-feira, 16, no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, o processo licitatório para “contratação de empresa para execução de obras de reconstrução de pista de skate e reforma de equipamento esportivo no parque da ilha”. A abertura dos envelopes com dados das empresas que quiserem ser responsáveis pela obra será no dia 7 de maio. Em julho de 2011, o Parque da Ilha foi passado para a responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente e Políticas Públicas. Antes do período o local era mantido pela Secretaria de Esporte e Lazer. De acordo com o secretário de meio ambiente e políticas

Revitalização do Parque da Ilha As obras de revitalização do local foram iniciadas no início de 2012. A previsão é de que sejam concluídas no dia 5 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Além da reforma da pista de skate, estão previstas obras para pavimentação das visas, construção de portal de entrada, criação de playground, mudanças na iluminação, entre outras. As mudanças visam disponibilizar espaços e ações voltadas para atividade física, lazer, contato com o meio ambiente etc. Em entrevista cedida ao Gazeta do Oeste em março, Pedro Coelho diz que será investido em segurança no Parque e que as obras ainda prevê modificações na estética do local, modificando, por exemplo, sua jardinagem.

urbanas, Pedro Coelho, as obras da pista de skate do Parque da Ilha são de responsabilidade da Usina de Projetos. As atividades no local estão suspensas há algum tempo, devido às suas más condições físicas. Muitos campeonatos de skate já utilizaram o Parque da Ilha como sede da competição. De acordo com o superintendente de Obras e Projetos Especial da Usina de Projetos, Lúcio Espíndola, a licitação prevê a reforma da pista de skate e construção de uma pista de skate infantil. A previsão é de que a obra seja iniciada em maio e concluída entre o final de julho e início de agosto. Lúcio diz que a obra está mensurada em cerca de R$ 110 mil, sendo o recurso arrecadado pelo Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD).

Cláudio Ramalhão

Campeonatos de skate em Divinópolis já utilizaram o Parque da Ilha como sede de suas competições.

Segundo ele, o investimento total para a revitalização do Parque da Ilha gira em torno de R$ 140 mil. Pedro ainda explica que também será realizada a recuperação das margens do Rio Itapecerica, principalmen-

te no que diz respeito a mata ciliar. Ainda será realizada a despoluição do Rio Itapecerica. O secretario argumenta que tais ações irão auxiliar na prevenção de enchentes. O local, de 200 mil metros

quadrados, foi bastante danificado pelas duas enchentes ocorridas em Divinópolis, em dezembro de 2008 e janeiro de 2012. Colaboração Marina Alves

Inscrições abertas para processo seletivo na escola de música em Divinópolis Provas para ingresso na escola de música estão previstas para mês de maio Marina Alves

Escola de música irá disponibilizar 61 novas vagas Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A escola de música Maestro Ivan Silva irá abrir processo seletivo para os interessados em fazer o curso de música da instituição. As inscrições serão feitas a partir desta quinta-feira (19), pelo site da prefeitura municipal de Divinópolis, em um link que será disponibilizado na página. Ao todo serão disponibilizadas 61 vagas, para nove instrumentos diferentes. Estarão dis-

Fale com a redação

(37) 3212-7838

3222-6322

poníveis aulas de canto erudito, clarinete, flauta, bateria, piano, saxofone, teclado, trompete, violino e trombone. Para se inscrever, é necessário acessar o http://www.divinopolis.mg.gov. br, e entrar no link que será disponibilizado a partir de amanhã, e preencher o cadastro com os dados necessários, como nome, endereço, documentos, data de nascimento, entre outros. No site também estará disponível o edital, com maiores informações a respeito do concurso, das provas,

das matriculas e das aulas. A prova será dividida em duas etapas. A primeira etapa irá ser escrita, para avaliar a percepção musical do candidato, com noções básicas de notas musicais, de músicas de ritmos conhecidos, para avaliar a noção do candidato sobre o assunto. A segunda etapa tem maior teor prático, onde irá ser testada a afinação, a coordenação motora e o ritmo do candidato, sendo esses os três critérios básicos na avaliação do candidato. A primeira etapa da prova está prevista para acontecer no próximo dia 06 de maio, no teatro municipal, por ser uma prova coletiva. O resultado da primeira etapa sai na semana seguinte, dia 15 de maio, e os convocados irão para a segunda etapa do processo seletivo, que acontece nos dias 26 e 27 de maio. As aulas estão previstas para iniciar no dia 30 de julho. A escola registrou um aumen-

to no numero de inscrições nos últimos anos. O aumento quase triplicou no ano de 2011, e as vagas deste ano são em menor número devido aos alunos que já estão frequentando a escola de música. A escola também planeja aumentar suas vagas: ”Estamos trabalhando nisso, para tentar fazer neste processo seletivo. Estamos ainda em uma fase de estudos, porém vamos tentar fazer já para esse processo seletivo”afirma a diretora da escola de música, Maria Tereza. “A intenção é aumentar o número de alunos com o que a gente tem, dobrando as aulas individuais, por exemplo, o que é uma prática adotada em muitas escolas pelo mundo e que alcançaram bons resultados”, completou a diretora. O curso tem a duração de quatro anos e é dividido em oito semestres. Algumas disciplinas estão sendo atualizadas e o curso reformulado. Atualmente a escola leciona matérias que

trabalham o conjunto musical. O curso também possui as avaliações ao longo da formação do aluno, avaliações e reprovação, caso não sejam atingidos os resultados mínimos. No curso atual são três aulas teóricas e uma prática, e também haverá grupos onde os alunos vão atuar para experimentar a prática das aulas na escola de música. As aulas acontecem nos turnos da manhã, tarde e noite. Porém,

alguns instrumentos não estão disponíveis em todos os horários, como a aula de canto, que é oferecido somente nos turnos da manhã e da tarde. Para quem deseja trabalhar com música e não pode fazer o curso, a Escola de música também possui dois corais. Para participar dos corais, deve-se entrar em contato com a escola de música Maestro Ivan Silva através do telefone (37)3222-7488.

PROCLAMAS Leila Maria Fagundes Isolani, Oficiala e Tabeliã de Registro Civil das Pessoas Naturais do distrito de Santo Antônio dos Campos, município e comarca de Divinópolis- MG, situado na Rua João Martins Coelho, nº 331, em Santo Antônio dos Campos, município de Divinópolis-MG, em pleno exercício de seu cargo e na forma da lei, faz saber que pretendem se casar: EDILSON ANTÔNIO DE SOUZA, Filho de Antônio José de Souza e de Dª. Ascendina Ferreira de Souza e GRAZIELA APARECIDA LEITE ANDRADE DE OLIVEIRA, filha de José Jalmiro de Oliveira e de Dª. Antônia Leite de Brito. Santo Antônio dos Campos, 17 de abril de 2012.


12 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Cerca de 61% dos contribuintes ainda não enviaram declaração do Imposto de Renda Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

De acordo com balanço divulgado pela Receita Federal, cerca de 61% dos contribuintes não enviaram a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2012, referente ao ano de 2011. O prazo limite para a entrega termina em duas semanas, no dia 30 de abril. As declarações estão sendo recebidas pela Receita Federal desde o mês passado, no dia 1° de março. Segundo dados do balanço, aproximadamente 9,8 milhões e declarações foram recebidas até na última segunda-feira, 16. O número total de declarações esperadas para 2012 são 25 milhões. Ou seja, apenas 39% dos contribuintes já declararam o documento. A multa para o atraso na declaração é de R$ 165,74 ou 20% do imposto, sendo maior valor é prevalecente. O contribuinte que ainda irá declarar seu imposto, poderá ter acesso ao documento para a declaração do IRPF na página da Receita Federal (www.receita. fazenda.gov.br). O programa Receitanet, utilizado para transmitir a declaração ao Fisco, poderá ser baixado também no próprio site. Deve declarar o Imposto de Renda quem obteve rendas tributáveis anuais no valor maior de R$ 23. 499,15 e também quem

recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados em valor maior que R$ 40 mil. Aqueles que tiverem renda bruta anual acima de R$ 117.495,75, provenientes de atividades rurais. E também quem possui bens em valor superior a R$ 300 mil. Até o dia 31 de março, a Delegacia da Receita Federal em Di-

vinópolis, havia registrado cerca de 29.929 declarações do IRPF. A Delegacia é responsável por 81 municípios da região. Até a data de ontem, terça-feira, 17, cerca de 57.500 contribuintes declararam o Imposto junto à Delegacia. A estimativa é de que haja a declaração de 154.992 pessoas físicas em 2012 na região. Fonte: Receita Federal

Delegacia da Receita Federal em Divinópolis espera que sejam declarados cerca de 154.992 documentos na região.

Balanço do IPVA 2012 é divulgado e é superior a arrecadação de 2011 Marina de Morais

Marina de Morais

marina.morais@gazetaoeste.com.br

Foi apresentado ontem, segunda-feira, pelo subsecretário da Receita Estadual, Gilberto Silva Ramos, o balanço do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2012 em Minas Gerais. Segundo dados divulgados, a arrecadação até 31 de março foi de R$ 2,15 bilhões. Em relação ao ano anterior, a arrecadação representa um aumento de cerca de 11%. A previsão é de que o recebimento do IPVA 2012 chegue a 95% de arrecadação até o fim do ano. De acordo com estudos da Secretaria de Estado de Fazendo (SEF), que tiveram como base uma pesquisa de mercado realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) do Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, a redução média do imposto foi registrada em 5,46%, tendo como referencial o ano anterior. Sobre o desconto de 3% oferecidos a quitação do imposto por parcela única, estima-se que o valor chegue aos R$ 29,7 milhões. A verba arrecadada pelo importo possui três destinações: 40% vão para o caixa único do Estado, outros 40% para o município de emplacamento do veículo e o

A previsão é de que o recebimento do IPVA 2012 chegue a 95% de arrecadação até o fim do ano.

restante, cerca de 20%, para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb). Segundo nota divulgada pela Agência Minas, “Minas Gerais possui frota de mais de 7 milhões e 200 mil veículos sujeitos ao pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores. O município de Belo Horizonte tem a maior frota do Estado (18%), com 1.340.000 veículos registrados”. Cerca de 76% do valor emitido do IPVA 2012 já foi quitado, sendo que 34% dos proprietários realizam o pagamento via parcela única. Já em relação ao pagamento parcelado, dados apontam que 15% dos contribuintes realizaram o pagamento referente à primeira parcela, 14% já pagaram a segunda e 12% a terceira. Cerca de 9 recursos questionaram o valor do imposto no estado. Cinco deles foram deferidos. Ainda segundo a Agência

Minas, “a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículos (TRLAV), no valor de R$ 66,38 para todos os veículos, venceu no dia 2 de abril e 53% do total emitido já foi recebido, representando R$ 256 milhões. As penalidades para quem não pagou a TRLAV no prazo são: multa de 0,15% ao dia (até o 30º dia), de 9% do 31º ao 60º dia e de 12% a partir do 61º dia, além de juros (taxa Selic)”. Para que o contribuinte receba seu Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo de 2012 é necessários que o IPVA, a TRLAV, o Seguro Obrigatório e multas de trânsito sejam quitadas. Tabela de prazos da renovação do licenciamento anual dos veículos em MG, segundo o Detran/MG:

Finais de placas 1e2 3 e 4 5, 6 e 7 8, 9 e 0

Mês Maio Junho Julho Agosto


POLÍCIA 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Atropelamento na Sete de Setembro com Goiás deixa idosa gravemente ferida Vítima teve traumatismo craniano, múltiplas fraturas nas pernas e severa hemorragia. Até o final da noite ela aguardava tranferência para o HSJD. Vinícius Soares

População ficou sensibilizada com a cena do atropelamento por se tratar de uma idosa

Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Na tarde de ontem (17), por volta das 17h, uma senhora de idade foi atropelada na esquina da Rua Sete de Setembro com Rua Goiás, no centro de Divinópolis. Um microônibus de transporte escolar fez a conversão da Goiás para a Sete de Setembro, atingindo a senhora pouco depois do cruzamento. A vítima, C.A.G, de 82 anos, foi surpreendida quando atravessava o local. A idosa sofreu traumatis-

mo craniano, perdeu parte do couro cabeludo e múltiplas fraturas nos membros inferiores (duas pernas quebradas, tíbia e fêmur) A população, sensibilizada, logo chamou as autoridades. Rapidamente, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e alguns agentes da Settrans cercaram o perímetro. A senhora foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), às pressas. A rua ficou impedida no lado direito durante cerca de 40 minutos, a polícia teve que conter os cidadãos que pas-

savam pelo local, para evitar tumultos. O motorista do microônibus aparentava bastante nervosismo após o incidente, entretanto, ficou no local e aguardou pelos guardas, para que o B.O fosse registrado. A cena da ocorrência foi mantida por certo tempo, para que os peritos pudessem chegar a tempo, a fim de examinar com maior precisão o local da colisão entre o veículo e a vítima. O condutor não quis gravar entrevistas. Até o fechamento da edição, a senhora ainda recebia

atendimentos no Pronto Socorro e a única informação que se tinha é que o estado dela era gravíssimo. Devido à idade, a preocupação por parte da equipe médica é enorme, pois os ossos já não são tão resistentes quanto os de uma pessoa jovem. Os médicos não descartam a possibilidade de óbito. A mulher aguarda transferência para o CTI do Hospital São João de Deus, para receber maiores cuidados. Já se sabe que ela terá que amputar parte de uma das pernas abaixo da canela.

Blitz no Bairro Niterói fiscaliza condutores Polícia Militar em conjunto com a Settrans apreende CNH’s irregulares e veículos descaracterizados Vinícius Soares

Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Ontem a tarde (17), a Polícia Militar em cooação com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de Divinópolis, (Settrans), realizou uma operação de rotina, conhecida popularmente como blitz. A movimentação foi no Bairro Niterói, próximo ao trevo de acesso a Gerdau e Mangabeiras, ao lado do Canto da Mina. Os militares e agentes de trânsito se reuniram naquele ponto por ser um local de muito movimento haja vista a

demanda atual da cidade. Cerca de 7 carros da PM e do órgão da secretaria estavam na operação. O movimento começou as 13h e terminou as 18h. O ponto foi escolhido estrategicamente, devido ser um local de acesso a vários bairros com alto registro de ocorrências e periculosidade eminente. Não só por isso, as infrações de trânsito também são presentes e constantes. Existe toda uma logística das autoridades derivada de um longo estudo feito nos últimos anos sobre o espaço. A ocorrência visava apre-

ender não só documentos fora dos padrões e com vencimento atrasado, como também veículos que não estão em dia com as taxas de IPVA, guinchar carros que estejam desfigurados, como rebaixamentos de suspensão iregulares e no caso das motos foram verificados retrovisores, o uso de capacete e demais constâncias. Todos os automóveis e motocicletas, assim como os pilotos e motoristas foram revistados, a fim de verificações de porte ilegal de armas e entorpecentes de todos os tipos. Cabo Benedito, coordenador

da operação, explicou o motivo da blitz. “Estamos priorizando a interceptação de motocicletas, devido o alto número de assaltos registrados ultimamente. Até agora foram apreendidos alguns veículos descaracterizados, documentos irregulares e condutores com falta de CNH. Porte de armas ilegais e substâncias ilícitas também serão recolhidas” A nossa equipe de reportagem não conseguiu os números do balanço completo das ocorrências até o fechamento desta edição, porém, os mesmos serão disponibilizados posteriormente.

CNH’s alvo de processos administrativos serão recolhidas Muitos condutores com mais de 20 pontos na carteira irão ser convocados pra prestar contas Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

O Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) fará um mutirão para recolher Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) irregulares de motoristas de Belo Horizonte e da região metropolitana. Irão ser convocados por carta mais de 1.500 condutores que respondem a processos administrativos por terem violado o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O movimento será nos dias 25 e 26 de maio. “Queremos agilizar os processos e dar uma resposta mais rápida à sociedade. Queremos evitar a burocracia e fazer valerem as leis de trânsito”, disse a delegada geral do Detran, Inês Borges Junqueira. Serão chamados ao órgão de trânsito motoristas que perderam mais de 20 pontos no prontuário ou foram flagrados alcoolizados, além de motociclistas com diversas infrações. Os condutores deverão ir ao Detran, na rua Bernardo Guima-

rães, 1.468, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul da capital, e entregar o documento. Os convocados terão a carteira suspensa por um período que varia de um a 12 meses, dependendo da infração de trânsito cometida. Em caso de reincidência, o tempo da suspensão pode ser dobrado. Para ter a carteira de volta, os convocados deverão passar por um curso de reciclagem de 30 horas em um Centro de Formação de Condutores (CFC) credenciado. Depois disso, conforme explicou a delegada, o motorista será submetido a um teste de legislação no Detran, após pagar taxa de R$ 46,00. A CNH somente será devolvida quando o processo administrativo for finalizado. Os motoristas que forem convocados e não comparecerem ao Detran terão automaticamente a carteira suspensa. Caso sejam flagrados em uma blitz terão a carteira cassada. O motorista que tiver mais de 20 pontos na carteira e não for con-

vocado deve aguardar a instauração do processo administrativo. “Eles só podem ter a carteira apreendida pelos agentes de trânsito após a conclusão do processo administrativo”, disse o chefe da Divisão de Habilitação do Detran-MG, delegado Anderson França Menezes. Ele informou ainda que o motorista com pontuação excedente, mas que ainda não é alvo de processo poderá renovar a CNH normalmente quando o documento expirar. “Pode renovar sem problema. Mas a pontuação vai permanecer no prontuário do condutor”, explicou. Segundo ele, o número de motoristas infratores é muito superior a 1.500, porém, foram convocados aqueles com processos mais antigos. Ele explicou ainda que os motoristas infratores deixados de fora do mutirão também serão convocados posteriormente a comparecerem ao órgão e passar pelo mesmo procedimento. Durante o processo, os motoristas podem entrar com recurso na Junta Administrativa

de Recursos de Infrações (Jari), no prazo de 30 dias. Divinópolis No município divinopolitano, não se sabe ao certo quantos veículos estão rodando de forma ilegal, entretanto, dezenas deles deverão ser autuados em uma operação similar a da grande BH, que já está sendo preparada. Muitas intercessões e blitze tem sido realizadas. Desde 2010, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte de Divinópolis (Settrans) em operações conjuntas com a Polícia Militar, tem atuado com firmeza haja vista o excesso de ocorrências no setor. O Delegado da Regional do DETRAN-MG em Divinópolis, Fernando Villaça, falou sobre o planejamento. “A operação na cidade é feita de forma contínua ao longo de todo o ano. Só aqui na minha sala existem mais de 500 processos administrativos para dar baixa nesse aspecto, fora os que estão entrando no cartório diariamente.” resumiu.

Autoridades enquadraram veículos com documentos irregulares

Polícia apreende jovem e menor por furto e porte de armas Ocorrência foi registrada em São Gonçalo do Pará. Indivíduo de 20 anos e outro de 15 foram autuados pela PM Vinícius Soares

vinicius.soares@gazetaoeste.com.br

Na tarde de ontem (17), por volta das 14h, em São Gonçalo do Pará, a Polícia Militar, foi acionada por uma vitima de 34 anos, relatando que teve sua moto Yamaha cor bege furtada. Durante rastreamento, foi abordado um jovem de 20 anos, que confirmou ter de fato furtado a moto de seu vizinho. No momento do furto ele estava sozinho, mas, posteriormente se encontrou com um menor de 15 anos e juntos seguiam para Divinópolis, quando foram avistados pela PM

e fugiram por um matagal a pé, abandonando a moto furtada e ainda esconderam uma arma de fogo próximo a uma igreja evangélica situada na Rua Pará de Minas. Com as informações, os policiais foram ao endereço indicado e localizaram um revólver calibre 22 com numeração de série raspada. Segundo o rapaz, a arma pertence ao menor, que durante as buscas também foi localizado. Diante dos fatos o autor foi preso e o menor apreendido. Ambos foram conduzidos a delegacia juntamente com a arma de fogo. A moto foi conduzida ao pátio do socorro.


14 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Chico Maia

chicomaiabd@gmail.com

Luciano Eurides

Decisão será boa, mas precisamos mudar tudo!

Copa do Brasil movimenta a quarta-feira esportiva

Seria muito bom que houvesse surpresas na decisão do título mineiro, mas é difícil imaginar que não tenhamos mais uma final entre Atlético x Cruzeiro, pelo que ambos mostraram na fase de classificação. O América foi o adversário mais duro da dupla, começou inclusive vencendo, mas não teve forças para segurar a vitória. Culpar a arbitragem é um exagero, mas, para os jogos decisivos, pedir apitadores de outros Estados é válido pelo aspecto psicológico, pois na dúvida, os do quadro da FMF, normalmente apitam a favor de Galo e Raposa, cuja pressão é maior. Vale sonhar O ideal mesmo é que a Federação e os clubes das três divisões jogassem essa fórmula de disputa no lixo e anunciassem já para 2013, mudanças radicais, para motivar a todos e revelar jogadores. Deveriam manter Uberaba e Democrata-GV na primeira divisão, mais os quatro que vão decidir a segundona (Ipatinga, Mamoré, Araxá e Tombense), e incluir até mais sete ou oito, tirando Atlético, Cruzeiro, América e talvez o Boa, que estão nas Séries A e B do Brasileiro. Regionalização Teríamos também 20 clubes na segunda divisão e campeonatos regionalizados, ocupando a maior parte do calendário anual, com acesso e descenso de quatro. Os quatro primeiros da elite disputariam um “Super-Campeonato” contra os três da capital, mais o Boa ou quem estiver no Brasileiro da A ou B. Poderíamos continuar tendo a terceira divisão, porém, disputada por jogadores até 23 anos de idade ou menos, forçando os clubes a lançar jogadores formados em casa. Zona de conforto Mas, é sonhar demais. Essa ou outras tantas boas ideias de fórmulas que chegam dos leitores, não será adotada porque a Federação e quem manda no futebol mineiro não pensam nisso. Enquanto a Globo encher os cofres deles de grana, ficarão na zona de conforto, resistentes a mudanças. Agonia E continuaremos nessa agonia de todos os anos, numa pobreza técnica de dar dó e médias de públicos decrescentes. A primeira e segunda divisões acabam agora e no segundo semestre começa a terceira, onde os veteranos e demais jogadores que estão em atividade no momento, farão uns “bicos” de mais três meses, “reforçando” os concorrentes a duas vagas na segundona do ano

que vem. Nada mais sofrível. Os bestas aqui Enquanto isso eu e alguns colegas ficamos repetindo a mesma choradeira, suplicando mudanças, e a maior parte da imprensa, gastando enormes e valiosos espaços com os campeonatos europeus, além do paulista e carioca, ao invés de entrar na briga e mostrar para a população que estamos indo para o buraco. Na sequência, péssimo para todos nós, porque estamos regredindo. Só uma enorme pressão popular, que enchesse a paciência dos dirigentes, os faria mudar e sair do seu conformismo. Kalil no PFC O programa “Camarote FC”, do canal pago Premiére, recebe Alexandre Kalil, amanhã, às 23 horas, para falar sobre o Atlético e o futebol brasileiro. A jornalista e apresentadora do SporTV Vanessa Riche e o repórter da Globo Minas, Josino Ribeiro participarão do bate-papo. Vitor no ESPN Ontem, o entrevistado em rede nacional a cabo, foi o goleiro do Cruzeiro e Santos, dos anos 1970/80, Vitor Braga, no canal ESPN Brasil, na reprise do programa “Os Súditos do Rei”, especial sobre os 100 anos do time do Pelé. Atualmente, um dos maiores marchand do país e produtor da Cachaça Vitorina, Vitor falou sobre o mercado de arte, sua vida no Santos, e o prazer de produzir a cachaça, escolhida pela Revista Encontro, em degustação às cegas, a melhor de Minas. A reportagem focalizou também a pequena e charmosa Fortuna de Minas, onde ele mora, cidade declarada “Capital nacional do pássaro solto” em reportagens do Jornal Nacional, Globo Rural e Globo Repórter. Para quem não se lembra do Vitor, ele jogou naquele time “ruim” do Cruzeiro, vice-campeão Brasileiro em 1974.

Mauricio Victorino na vitória de 3 a 2 sobre o Uberaba, no último domingo, na Arena do Calçado, em Nova Serrana LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Serão seis equipes em campo nessa quarta-feira e ainda Bahia x Remo que jogam a amanhã. São Paulo, Atlético Mineiro e Palmeiras já estão garantidos na

próxima fase. Poupado do jogo de domingo contra o Uberaba, pelo Campeonato Mineiro, o atacante Anselmo Ramon estará de volta no duelo decisivo que o Cruzeiro vai travar com a Chapecoense, valendo uma vaga nas oitavas de final da

Copa do Brasil. Concentrado na partida que vai acontecer hoje, às 21h50, na Arena do Jacaré, o artilheiro celeste sabe quais dificuldades o time tem que superar para passar de fase e receita o caminho para a vitória. Anselmo Ramon exalta o fato de o Cruzeiro jogar diante da sua torcida, em um campo bem melhor do que aquele que foi palco do jogo de ida, em Chapecó-SC. O atacante acredita que, na Arena do Jacaré, a equipe estrelada poderá desempenhar o futebol técnico e de velocidade que está acostumada. “O gramado vai ajudar nosso time sim. Lá em Chapecó, o gramado é pequeno e ruim. O que eles queriam mesmo eram faltas para alçar as bolas na área. Aqui vai ser complicado eles fazerem isso, porque o campo é grande. Vamos procurar fazer um bom jogo” disse. “Temos que jogar com bola no chão, o que vai dificultar muito pra eles, que têm a zaga alta. Com a bola área vai ser complicado pra gente. Temos que explorar o jogo rápido, com a bola no chão”, completou. Para que o Cruzeiro não seja surpreendido, Anselmo Ramon pede atenção redobrada no jogo

de quarta, já que vários times considerados favoritos costumam ser eliminados por equipe de menor expressão na Copa do Brasil. O atleta garante que o elenco da Raposa está consciente e ligado para se impor dentro de campo e não deixar a vaga escapar. “Copa do Brasil é uma competição muito perigosa. Times teoricamente pequenos tiram alguns times grandes e a gente tem que estar ligado nisso aí. A gente sabe como é e não pode vacilar de jeito nenhum”, salientou. Para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro precisa apenas de um empate sem gols contra a Chapecoense-SC, já que o time celeste marcou um gol na casa do adversário no jogo de ida, que ficou 1 x 1.

Próxima rodada Botafogo Vitória Ponte Preta Paraná Cruzeiro Nautico Bahia

X X X X X X X

Guarani ABC Atlético/GO Ceará Chapecoense Fortaleza Remo

Clássico divinopolitano na Copa Pará de Minas termina empatado Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A Copa Pará de Minas colocou Vasco da Gama e Jusa Fonseca para realizarem um clássico que a cada ano ganha mais rivalidade. Os atletas da cidade de Divinópolis se enfrentaram na categoria nascidos em 2000 e o resultado de 1x1 foi muito lamentado pela equipe alvinegra. A partida foi realizada no estádio Dr Sebastião Gomes Guimarães, o campo do Vasco. A categoria 2000 é marca por jogos de muita intensidade onde os jogadores se doam em campo. No primeiro tempo houve um empate, até certo ponto frustrante para a equipe da casa. No segundo tempo Lucas dominou na área, se livrou da marcação e chutou no canto para fazer 1x0 Vasco da Gama.

No final da partida o castigo. Depois de dominar a partida, o Jusa Fonseca encontrou um bom ataque e Felipe marcou o gol de empate. O resultado acabou fazendo justiça a bela atuação do goleiro azul e branco. O resultado não foi de tudo ruim. Embora para o Vasco da Gama tenha tido sabor de derrota por ter dominado todo o jogo. O regulamento da competição prevê que os empates sem gols cada equipe soma um ponto, empate com gols, cada uma soma dois pontos. Pela Copa Pará de Minas, o Jusa Fonseca folga na próxima rodada. O próximo adversário é o Minas, no Jusão. O time fez três jogos, duas vitórias e um empate. Depende somente dele para ser o primeiro da chave. O Vasco da Gama em três jogos conquistou uma vitória, um

Atletas da categoria 2000 se doaram em campo

empate e uma derrota. PREOCUPAÇÃO A direção do Jusa Fonseca está preocupa com os andamentos das obras de reforma do Jusão. No sábado haverá CSU e Cruzeiro de Pará de Minas e no domingo três categorias da Liga Municipal

de Desportos de Divinópolis. Ainda falta o aterro, nivelamento e a recolocação do alambrado, para somente depois poder ser marcado o campo conforme manda a regra de jogo. A expectativa é da obra ser concluída antes para haver a topografia do local.


ESPORTES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Ricardo Eletro volta a vencer no EOC

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A rodada do final de semana, do Campeonato de Futebol Soçaite do Estrela do Oeste Clube foi marcado pela primeira vitória da Ricardo Eletro e a volta de Fredinho aos gramados. Foram marcados 29 gols, uma média de 7,25 por partida. Leandro Morcego com cinco gols continua como artilheiro da competição. O melhor ataque é da Gente & Música com 23 gols marcados e a melhor defesa é da Gente & Musica que sofreu quatro gols até agora. A Ricardo Eletro começou arrasadora, logo fez 5x0 na desfalcada Kéntron. No segundo tempo uma bela jogada de Daniel Lara, com um drible de corpo tirou a marcação de Iguinho, tocou para Maradona fazer o

sexto gol. Em um outro contra ataque perfeito, PH e Maradona consolidaram o sétimo gol, que valeu pela linda troca de passes. A facilidade do ataque em tocar a bola de primeira, pé em pé, até dentro da pequena área, tirava qualquer chance de defesa do goleiro André Chitão. O lance mais duto foi quando André Chitão dividiu a bola com o jogador da Ricardo Eletro e levou a pior, o árbitro aplicou cartão vermelho para Augusto e PH, e irão desfalcar o time na próxima rodada, contra a Masterçucar. Embora o time com um número reduzido de jogadores, ainda conseguiu fazer mais um gol e fechou o placar em 8x0. A Ricardo Eletro agora é a terceira colocada com quatro pontos ganhos, em quatro jogos, duas vitórias e duas derrotas.

Marcaram 18 gols, tem o artilheiro Leandro Morcego e o vice artilheiro Henrique (quatro gols). A defesa sofreu nove gols. A Kéntron é a quarta colocada, quatro pontos ganhos em quatro jogos. Duas vitórias e duas derrotas. Nove gols marcados e 12 sofridos, o próximo adversário é a Auto Escola Consoli.

Consoli O time entra em campo com um uniforme todo planejado para as comemorações dos 100 anos de Divinópolis. A iniciativa partiu da própria equipe e já caiu nas graças da torcida. Até mesmo Vladimir Azevedo, prefeito de Divinópolis vestiu a camisa do time. Dentro das quatro linhas a equipe perdeu por 4x0 frente a líder Gente & Música e amarga a vice-lanterna.

Ricardo Eletro passou pela Kéntron e sobre na tabela de classificação

RESULTADOS RICARDO ELETRO 8 x 0 K É N T R O N VERONA / CIMCAL 8 x 1 PRINT JÚNIOR / O A B GENTE & MUSICA 4 x 0 AUTOESCOLA CONSOLI MASTERÇUCAR

2 x 6

COFEPE FERRO E AÇO

Natação divinopolitana confirma boa fase em Lavras Luciano Eurides

A atleta Letícia Silva foi uma das que se destacaram na etapa de Lavras da Regional de Natação

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A Natação regional teve a segunda etapa realizada na cidade de Lavras e contou com a presença das equipes de Divinópolis. O Divinópolis Ténis Clube (DTC) em parceria com o Centro Esportivo Olimpico (CEO) e Estrela do Oeste Clube (EOC) foram as equipes visitantes que destacaram, além do Lavras Tênis Clube (LTC) que nadava em casa. As atletas Leticia Silva e Mariana Franco foram as grandes estrelas da competição, mas toda o trabalho desenvolvido desde

o início do ano pelo professor Fernando Camargos vem sendo recompensado. “Uma apresentação boa e mais uma vez tivemos atletas ainda sobrecarregados pelo trabalho realizado e uma viagem cansativa e afeta resultado, mas já tínhamos isso previsto. Mostra-se que eles podem mais, nos resultados foi positivo. A Letícia Silva mais uma vez conquistou índice para brasileiro e Maria Franco, uma renovação, atleta excepcional e vai mostrar a que veio”, disse. Para a próxima etapa a disputa aumenta já que é a oportunidade para índices estaduais e brasileiros. “Uma competição onde o

atleta terá uma condição melhor, é uma piscina boa para se nadar e esperamos estar nadando dentro de resultados melhores, isso dentro do planejamento. Acontece o brasileiro em maio e o mineiro em junho e estamos já na correria para estas competições”, acrescentou. O Estrela do Oeste Clube conquistou 46 medalhas de ouro, 27 de prata e 19 de bronze, totalizando 92 medalhas, na 2ª etapa do Torneio Regional de Natação Centro Oeste, realizada no sábado (14), em Lavras. O Estrela foi representado por uma delegação de 38 nadadores.

De acordo com o professor da equipe, Bruno Tavares, com esse resultado os atletas conquistaram vários índices necessários para a participação nos campeonatos mineiros. “Campeão do Circuito Regional 2011 e do último Campeonato Regional de Natação de Verão, o EOC começou muito bem a temporada 2012”, afirmou Bruno. Na primeira etapa da competição realizada no dia 24 de março, em Itaúna, a equipe conquistou 53 medalhas de ouro, 35 de prata e 15 de bronze, e lidera o circuito 2012. A terceira etapa está prevista para o dia 19 de maio, em Divinópolis.

Campeonato do Divinópolis Clube terá inicio neste sábado

Divulgação

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Neste próximo sábado, às 14h será realizado na Sede Campestre do Divinópolis Clube o tradicional Campeonato Adulto de Futebol Society 2012. Com a participação de oito equipes e 160 associados com duração de quatro meses de competição com partidas aos sábados e domingos. De acordo com o diretor de futebol Márcio Henrique, a expectativa é muito grande para este campeonato, o nível técnico será muito competitivo e a competição tem tudo para ser um grande momento do futebol divinopolitano. A competição terá quatro

Fases neste ano com previsão de encerrar na última semana de agosto, as oito equipes se enfrentam em turno único na 1ª Fase e as seis melhores equipes se classificam para a 2ª Fase. Novamente em um turno as seis equipes irão se enfrentar e somente as quatro melhores irão se classificar para a fase semifinal do Campeonato. A 3ª e 4ª Fase , respectivamente semifinais e finais serão realizadas e duas partidas sem vantagens para os finalistas. A grande novidade fica por conta da equipe Seabra Center / RM Joías / Print Júnior e Lugo Esportes / Juventude que são equipes iniciantes na competição, a primeira oriunda da Série B

Restaurante Castanheira Self-service sem balança

R$ 2,99

Aberto de 10h às 14h Segunda à sábado

Rua Pernambuco, 155 - Centro Divinópolis-MG - Tel: (37) 3214-0453

do ano de 2011 no qual se tornou equipe Campeã e a Lugo Esportes / Juventude ex alunos da Escola de Futsal e Futebol Society do Divinópolis Clube. As demais seis equipes chamam atenção pelas novas contratações e manutenção do plantel, a Alá Imóveis / Cedro Seguros novamente forma uma grande equipe em busca do Tri Campeonato. A Total Parts / JR Ferragens / Decor / Larama vice campeão tem grande reforços para a temporada em busca novamente de fazer um brilhante torneio e buscar o título. A Max Shop renova seu plantel e apresenta novas caras para a competição. A Divimed / Drogarede irá apresentar um novo reforço, neste ano no

Gente e Música / Unibrás / Universo da Empada equipe renovada para 2012

ataque em busca de chegar mais próximo ao título da competição. Gente e Música / Unibrás / Universo da Empada, vem com muita

força e grandes nomes do futebol recente de revelações. A Karinho / Paranauto/ Pimenta Embalagens / Cimcal reforçou bastante seu

plantel e irá lutar diretamente pelo título da competição contratou grandes nomes do futebol amador divinopolitano.


16 GERAL GAZETA.pdf

1

31/01/12

17:00

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Área de Lazer

C

M

Y

CM

MY

CY Espaço Fitness

CMY

K

Área de Lazer

SEU CARRO NOVO,É NA PROCAR!!! • • • • • • • •

AUDI SPORTBACK 2007 AUT. PRATA TOYOTA COROLLA XEI AUT.FLEX 2011 PRETO HONDA CR-V 2008 PRATA HONDA CIVIC LXS AUT. 2010 PRETO MITSUBISHI TR-4 GLS 4X4 2011 PRETO MITSUBISHI L-200 TRITON AUT.2008 PRATA KIA SPORTAGE 2009 AUT. PRATA HYUNDAI TUCSON GLS AUT.PRETO 2009

• • • • • •

FORD FOCUS 2.0 AUT.PRETO 2009 TOYOTA HILUX 3.0 SRV PRETO 2006 TOYOTA CORLLA XEI PRATA 2006 KIA PICANTO 1.0 AZUL 2008 SIENA HLX 1.8 DUALOGIC PRETO 2010 STRADA WORKING 1.4 COM AIR BAG E ABS PRATA 2012 • STILO 1.8 COMPLETO PRETO 2010

Só aqui você encontra seu seminovo de qualidade e procedência garantida. Agora a Procar com mais um endereço, localizado no ANEL AUTO SHOPPING em frente ao trevo do bairro Bom Pastor. Av.Jk 101 Centro - Divinópolis - Fone:32162470 www.procarveiculos.com.br

Respeite a sinalização de trânsito

DIVINÓPOLIS 37. 3229.3200 - NOVA SERRANA 37. 3226.6000 - BOM DESPACHO 37. 3522.5000

Venha conferir!


Dafra Next 250 Primeira naked da marca vai além da concorrência Página 4

Evolução vermelha Chinesas Chery e Jac revelam no Salão de Pequim novidades que chegam em breve ao Brasil

Produzindo carros bem equipados a preços abaixo da média, a indústria automobilística chinesa se fortalece a cada ano. Há, inclusive, quem aposte que a qualidade dos seus produtos vai se equiparar

à dos coreanos em no máximo dez anos. Uma demonstração do que será a futura evolução vermelha estará no Salão de Pequim – a partir da próxima semana –, com novidades próximas do mercado brasileiro.

As principais vem da Jac Motors. Modelo mais vendido da marca, o J3 (ou Tongyue na China) aparece profundamente reestilizado com uma frente de estilo mais maduro e refinado. No interior, o hatch

eo sedã compacto também ganharam um painel novinho em folha, com console central de moldura tipo black piano e volante de três aros com base prateada. Na minivan J6 as altera-

ções foram ainda mais profundas. Acompanhando as imagens do novo J3 disseminadas na web, o modelo familiar apareceu em sketchs que apontam uma forte influência do estilo escultura fluída da

Hyundai na parte frontal. Na traseira, as lanternas abandonam o formato vertical e agora passam a invadir a tampa do porta-malas. Como no J3, o painel foi totalmente modificado (para melhor).

Carros-conceito

O estande da Chery terá, no mínimo, dois novos conceitos que servirão de estudo para a criação de futuros modelos da marca. O mais chamativo deles é o TX, crossover que mescla as propor-

ções de um utilitário-esportivo compacto com as formas de um esportivo, moda lançada pelo X6 da BMW. A própria Chery afirma que as linhas do conceito servirão de base para o futuro, o que deixa

claro que ele servirá de inspiração para a segunda geração do Tiggo. Já o segundo conceito é mais sustentável. Inspirado na movimentação e formação das formigas, o microcar Ant aponta uma

tecnologia anti-engarrafamento, onde cada unidade é capaz de se conectar com outros carros, formando filas que facilitam a mobilidade em centros urbanos ou estradas.

saiba mais

Outras novidades do salão BMW Série 3 alongada Brilliance H 230 Brilliance It´s Me

Novo Ford EcoSport (versão chinesa) Porsche Cayenne GTS Volkswagen Beetle conversível


02 MOTORGERAIS

Fernando Calmon

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

REDUZIDAS

motorgerais@gmail.com | motorgerais.blogspot.com

fernando@calmon.jor.br

O FUTURO EM JOGO Vários aspectos do novo regime de produção para a indústria automobilística, que começa em 2013 e vai até 2017, ainda estão em profundas análises por quem já produz ou pretende produzir aqui. O que esperar do futuro? Para o consumidor importa saber se comprará carros mais baratos, atualizados e econômicos. Torna-se necessário diferenciar preço nominal (nas tabelas sugeridas) e preço real, que considera a inflação. Apesar de aceitar a matemática na discussão ser incomum, de fato nos últimos cinco anos praticamente todos os automóveis baixaram de preço em termos reais, ou seja, subiram menos que a inflação. Sem falar do acréscimo de equipamentos sem reajuste de preço ou com reajuste parcial, forma disfarçada de descontos. Se a nova política de atrair investimentos alcançar pleno sucesso, cinco ou seis novos fabricantes produzirão no Brasil e a oferta de modelos será ainda maior que hoje. Caminho certo para compras mais acessíveis, considerado ainda o maior poder aquisitivo nos próximos anos. Haverá também estímulos, em forma de crédito de até dois pontos percentuais no IPI, para as empresas que comprovarem investir um percentual do faturamento (excluídos impostos) em pesquisa, inovação e engenharia locais. A intenção é incentivar tecnologias mais modernas e próximas ao que existe hoje no exterior. A forma de se atestar continua meio obscura, porém o governo pretende delegar essa responsabilidade a certificadoras independentes. Exemplo: freio ABS será obrigatório, mas adoção de controle de trajetória/estabilidade (ESC, em inglês), que se associa ao ABS, fará jus ao desconto? Modelos híbridos estarão incluídos? Ponto positivo é o incentivo empresa a empresa, caso a caso, a fim de estimular a concorrência. Muito ruim para o consumidor foi o governo permitir os fabricantes escolherem três, entre quatro requisitos, para se habilitar ao novo desenho industrial: pesquisa/inovação; engenharia/tecnologia industrial; etapas fabris/aumento de conteúdo local; e adesão ao programa de etiquetagem de consumo de combustível. Em outros termos, a informação primordial da eficiência do veículo continua facultativa, em vez de obrigatória. Os que optarem pelas etiquetas terão, agora, até cinco anos para incluir todos os modelos de sua produção e não somente alguns, como hoje. A chamada Nota Verde, do Ibama, ficou de fora, pois rendimento energético (controle de CO2) é mais relevante. A mudança na aplicação de conteúdo local obrigará as fábricas a importar menos componentes com dólar barato e se esforçar em comprar autopeças para gerar empregos aqui e não no exterior. Adotou-se um modo complexo de cálculos, sem índice fixo, como ocorria antes e de forma, digamos, amigável. No entanto, induzirá o aumento desse índice, o que não agradou a todos, claro. Importadores que decidirem produzir no Brasil terão normas flexíveis de nacionalização. Poderão, ainda, ter desconto no acréscimo do IPI nos modelos que trazem do exterior, limitado a 50% do volume que fabricarão aqui. Tudo só será concedido depois do início da produção, para evitar falcatruas como a da Asia Motors, no final dos anos 1990, que importou sem impostos em troca de construir fábrica na Bahia e nunca saiu do papel. RODA VIVA IMPORTADORES que já têm planos anunciados de fábricas no Brasil – Chery, JAC, Suzuki, entre outros – tentarão acelerar os projetos. Quanto mais cedo começarem a produzir, mais cedo receberão de volta créditos de IPI sobre os modelos vindos do exterior no momento. Entretanto, as dificuldades são grandes porque há vários obstáculos que não existem na China ou Japão. PARA a BMW o novo regime da indústria automobilística exige outras avaliações de médio e longo prazos. A marca alemã não deseja abrir mão de ter fabricação local. Legislação faz algumas exigências que impactam os custos e o volume dos investimentos. Movimentos de concorrentes diretos, como Mercedes-Benz e Audi, também entram nessas conjeturas. ENQUANTO Anfavea mantém inalteradas suas previsões sobre crescimento de 4% a 5% do mercado interno em 2012, os menos otimistas acham que as

vendas estacionam este ano, se os bancos continuarem seletivos demais e assustados com a inadimplência. Também se deve considerar que o primeiro semestre de 2011 foi muito bom e distorce as comparações. MAHINDRA pretende fazer produto mais adaptado ao Brasil, quando decidir anunciar seu investimento em unidade industrial no Rio Grande do Sul. Além de reformulação estilística, em relação ao existente na Índia, já sabe que o brasileiro gosta de modelos robustos, mas não abre mão de conforto de marcha. Nisso, nossa engenharia de suspensões dá bailes. NOVA resina para reparos de trincas em para-brisas começa a ser aplicada nas lojas brasileiras da Carglass. Desenvolvida na Inglaterra, objetivo é aumentar a durabilidade do conserto. Ao mesmo tempo, melhora o acabamento final, diminuindo a tendência, com o passar do tempo, de amarelecimento da resina no local do impacto.

Fiat revela Viaggio e Linea 2013 em detalhes

Divulgação

Mal faz um mês que o Grand Siena foi lançado, a Fiat vaza outras duas novidades no mercado de sedãs que podem vir em breve para o Brasil. A primeira – adiantada por Motorgerais –, é a versão Fiat do Dodge Dart, em testes na fábrica de Betim. Chamado de Viaggio (mesma nomenclatura adotada pela Marcopolo num

ônibus rodoviário), o modelo apareceu na web em forma de teasers, antecipando sua apresentação no Salão de Pequim, a partir do dia 23. A troca de marca incluiu alterações no desenho da carroceria, como novos faróis, grade, para-choques e lanternas, além da posição da placa traseira, que subiu para a tampa do porta-

AUTOMÁTICO Aguardado desde o lançamento, o Cobalt equipado com câmbio automático já saiu do forno. Mas a Chevrolet ainda faz mistério quando o sedã será finalmente lançado – especula-se que seja até setembro. Dias atrás, o modelo, equipado com motor 1.8 na versão topo de linha LTZ, deu as caras na Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação,

Inclusão e Acessibilidade. A exposição não foi por acaso, uma vez que o Cobalt será oferecido com descontos para portadores de necessidades especiais. Faróis e lanternas de máscara negra, novas rodas de liga leve aro 15, bancos e pintura bege, além de um discreto aerofólio traseiro, fazm parte da lista de detalhes que diferenciarão a novidade.

AUTOMATIZADO Enquanto o Cobalt automático não vem, a marca da gravata dourada começa a faturar a linha 2013 do Agile com a transmissão automatizada Easytronic. O hatch

acompanhará a aplicação do conjunto ótico escurecido do sedã, assim como as novas cores para o acabamento interno e as rodas na versão 1.4 LTZ.

BUSÃO 13.000° Prestes a comemorar nove anos em maio, a encarroçadora Mascarello, de Cascavel (PR), acaba de alcançar a marca do 13.000° ônibus produzido. O modelo é um Gran Via Midi encarroçado sob o chassi Volvo B-270 F, encomendado pelo Grupo Paschoalin para operar as linhas do transporte coletivo de Betim. Desde que passou a adquirir urbanos da marca, o grupo mineiro – que detém controle sobre as Viação Torres e Santa Edwiges, além da concessionária Volvo Treviso – já adquiriu 539 ônibus Mascarello.

-malas. As vendas começam na China a partir de junho. A segunda boa nova é o Linea reestilizado, cuja produção foi colocada em cheque pela presença do próprio Dart sob a logo Fiat. Revelado em imagens na linha de produção da Tofas, na Turquia, o três volumes exibe novo estilo frontal, composto de grade e entradas de ar do para-choque

acrescidas, além de cromados. Por dentro o painel deve evoluir, a exemplo do que ocorreu no Punto Evo. Há possibilidade do Linea 2013 ser lançado no Brasil até o fim do ano, somente alguns meses depois do hatch. No futuro, quem sabe poderá conviver como opção inferior aoViaggio, com chances de ser produzido na fábrica que a Fiat está construindo em Goiana (PE).

EM UBERLÂNDIA

Como parte do plano de ampliação da rede de concessionárias, a Chrysler acaba de inaugurar em Uberlândia (Região do Triângulo Mineiro), a Eurobike. Construída de acordo com o novo padrão Milenium de identidade visual do grupo norte-americano, a loja – que também divide o showroom com os modelos da Dodge, Jeep e Ram – é a sétima

bandeira do grupo paulista e espera comercializar até o fim do ano 200 veículos. Das 29 concessionárias abertas até dezembro do ano passado, a Chrysler planeja abrir outras 21 até o fim do ano. Para isso, tem apostado em lançamentos frequentes: a última novidade a chegar foi a picape Ram 2500, antecedida pelos Jeep Wrangler Pentastar V6 e Compass.


MOTORGERAIS 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Motor do Ducato 2013 é enquadrado ao Proconve L6 Enquanto a nova geração do Ducato – programada para chegar ao mercado nacional em 2013 – não vem, a Fiat aplica aquela que talvez seja a última mudança da atual família. Enquandrando-se na norma anti-poluentes Proconve L6, a marca italiana aplica na van o motor 2.3 MultiJet Economy retrabalhado por meio do sistema EGR (traduzindo do inglês, recirculação dos gases de escape), o que garante, segundo o fabricante, aumento médio de torque de 6% e redução no consumo de diesel de até 8%. No desenho e interior do Ducato, nada mudou. Produzido pela FPT Industrial, subsidiária do grupo Fiat, o motor recebeu nova calibração e aplicação de tecnologias que

melhoraram o desempenho nas acelerações e retomadas. A potência se manteve nos 127 cv (cavalos) a 3.600 rpm, mas o torque subiu de 30,7 kgfm para 32,6 kgfm a 1.800 rpm. Além do sistema EGR para redução da emissão de NOx, foram adotados filtro catalisador tipo DOC (catalisador de oxidação de diesel) e filtro de gases de escapamento DPF (filtro de partículas de diesel) para menor emissão de material particulado. Com isso, obtém-se uma eficiência de até 99%, atendendo aos requisitos do Proconve L6. Este sistema, comparado ao SCR (Redução Catalítica Seletiva) utilizado em caminhões e ônibus, tem como grande vantagem a dispensa da adição do Arla 32

(Agente Redutor Líquido Automotivo), uréia comercializada em postos e concessionárias. São sete as versões do Ducato: entre as de passageiros estão o Minibus Teto Baixo (15+1 passageiros mais espaço de bagagem) e o Minibus Teto Alto (15+1 passageiros mais espaço de bagagem). As de transporte de carga incluem o Cargo 7,5m³, o Cargo L 9,0m³, o Maxi Cargo 10m³ e o Maxi Cargo 12 m³. Há ainda a versão Multi Teto Alto, que pode ser transformada para atender necessidades específicas, como para executivos, transporte escolar e passageiros com necessidades especiais. O modelo é comercializado e reparado por 230 concessionárias da rede Fiat no Brasil.

saiba mais Versões e preços: Cargo 7,5m³ R$ 76.380

Cargo L 9,0m³ R$ 80.770

Maxi Cargo 10m³ R$ 84.590

Maxi Cargo 12 m³ R$ 86.820 Minibus Teto Baixo R$ 93.090 Minibus Teto Alto R$ 99.950 Multi R$ 86.300

Tamanho da encrenca Exigência na redução do consumo de combustíveis e emissão de CO2 preocupa revendedores americanos e pode acabar influindo na economia Fernando Calmon fscalmon@gmail.com

Os governos dos Estados Unidos e da União Européia apresentam diferentes estratégias para diminuir o consumo de combustíveis fósseis e, por consequência, a emissão de CO2. Esse é principal gás de efeito estufa e seus possíveis efeitos sobre mudanças climáticas ainda se discutem em termos de prazos e abrangência. Na Europa existem metas de emissões com cobrança de imposto sobre os carros que estiverem acima da média de 130 g/ km de CO2 e bônus para os que se situarem abaixo. Nos EUA foi definida a obrigatoriedade de consumo médio de 23 km/l de gasolina, igualmente para a média dos automóveis vendidos por cada fabricante, até 2025. O governo americano deseja, ao mesmo tempo, reduzir sua dependência do petróleo e diminuir CO2 emitido nos escapamentos. Sempre se deve reforçar: não existem filtros ou

catalisadores para esse gás, mesmo porque é atóxico. Para controlá-lo, só com veículos mais econômicos. Sem dúvida, melhorar em mais de 50% os padrões atuais de consumo dos carros vendidos nos EUA trata-se de algo bastante ambicioso. Tanto que o governo até admite reavaliar esse alvo em 2018. Os fabricantes nem puderam espernear. Veio a ordem: cumpra-se. Onde entra o consumidor nessa história? Justamente isso ecoou durante a convenção anual da NADA (equivalente à Fenabrave), em fevereiro passado, em LasVegas (Nevada). O presidente da entidade que reúne 18.000 concessionárias de automóveis e comerciais leves, William Underriner, foi incisivo. “Quase 80% dos nossos clientes pesquisados não estão dispostos a pagar mais por um veículo que gaste menos combustível.” Ele citou o estudo da própria EPA (sigla, em inglês, para Agência de Proteção Ambiental) que estimou em US$ 3.000 (R$ 5.500) o acréscimo provável no preço sugerido

para os automóveis, em média. Na realidade, o acréscimo deve chegar a US$ 5.000 (R$ 9.000) porque as modificações não se restringirão apenas a motores e câmbios. Haverá necessidade de usar materiais leves e caros, além de redução das dimensões externas e internas dos veículos. Seria necessário quase uma revolução cultural para que os compradores abrissem mão do conforto e ainda tivessem que pagar mais. Underriner ressaltou que, historicamente, as concessionárias sempre apoiaram a fabricação de veículos que consumissem menos combustível. “Agora, se a política do governo vai encolher nossa base de clientes, não devemos ficar preocupados? A NADA questiona porque não desejamos ter de volta os salões de venda vazios. Quantas pessoas serão forçadas a comprar algo que não querem?” Embora essa reação pareça emocional, o risco existe. O pior dos cenários, levantado por Underriner, seria os clientes decidirem manter

seus veículos atuais. “Se ocorrer, iria na contramão do objetivo de incrementar a economia de combustível.” Mudar a mentalidade das pessoas pode ser tão difícil como os desafios técnicos à frente. Há muita pesquisa em desenvolvimento e, provavelmente, se poderia atender a meta exigida pelo governo. O problema é saber a que preço. Nos EUA, aumento de imposto, como ocorre

na Europa, é palavrão. Alternativas, porém, escasseiam. Os combustíveis vão aumentar porque o preço do petróleo continuará a subir. E o dos carros, também. Dá para imaginar o tamanho da encrenca. Os motoristas europeus estariam mais resignados porque lá o combustível é caríssimo em razão dos impostos. Parte do acréscimo, na hora de preencher o cheque na loja, se compensaria ao diminuir o custo

do quilômetro rodado. No Brasil, estamos a meio caminho, em termos de combustíveis, em relação aos dois lados do Atlântico Norte. O governo, para tourear a inflação, congelou o preço da gasolina por cinco anos, a ponto de dar prejuízo à Petrobras no momento em que precisa de muito dinheiro para investir, e inviabilizou o etanol. Certamente, alguma encrenca surgirá à frente.


04 MOTORGERAIS

A picada da Dafra

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 18/04/12

Desenvolvida em parceria com a taiwanesa Sym, naked Next 250 é bem equipada e custa menos que concorrentes. Câmbio de seis marchas e refrigeração líquida são grandes diferenciais

A parceria da brasileira Dafra com a Sym, de Taiwan, gera seu segundo fruto. Após o scooter Citycom 300i, é a vez da Next 250, naked da marca que estreia bem equipada e traz na bagagem um desenvolvimento compartilhado entre os dois fabricantes – indo muito além da adaptação de produto para o Brasil. Para tanto, câmbio manual de seis velocidades e motor 249,4 cm³ de refrigeração líquida são seus grandes diferenciais. O lançamento também marca o ingresso da Dafra em um importante segmento de mercado, que em 2011 emplacou mais de 110 mil motos com praticamente dois

concorrentes de peso. Em três opções de cores, a moto aposta ainda no preço competitivo para atrair novos consumidores: R$ 10.190. A carenagem exibe linhas que mesclam agressividade e robustez. O farol em formato piramidal, como na CB 300R, da Honda, vem integrado ao conjunto frontal e traz um visual mais moderno à motocicleta. Rodas são de liga leve aro 17 com desenho tridimensional, acompanhado da tampa do tanque musculosa, spoiler do motor e alças traseiras na cor da moto. Na traseira, as lanternas vêm com LEDs (diodos emissores de luz). O escapamento

em inox é um detalhe à parte. No painel, itens analógicos são combinados aos digitais. Além de mostrador analógico de RPM, possui display digital com iluminação azul em LED que informa hodômetro total e parcial, velocímetro, hora, voltagem da bateria, indicador de marcha, combustível e gravação da velocidade máxima atingida. Também há luz indicadora para troca de óleo do motor, aviso para que o condutor desacione o cavalete lateral para a saída da motocicleta, gerenciamento da injeção eletrônica, tacômetro, indicador de neutro e alerta de temperatura do motor.

1,77 m de estatura Para agradar ao motociclista brasileiro, a posição de pilotagem é própria para o mercado nacional. Diferente do projeto do modelo voltado à Ásia e Europa, a Dafra reposicionou o guidão e as pedaleiras tendo como base um piloto com estatura média de 1,77 m. O assento vem com revestimento

antiderrapante. Freios são a disco na dianteira e traseira, o que auxilia a segurança e a capacidade de frenagem. Na frente, destaque para dois itens que são semelhantes aos de superesportivas: mangueira de malha de aço e regulagem da altura do freio em quatro níveis.

O chassi com motor centralizado favorece a estabilidade, evitando torções em curvas ou frenagens. A Next 250 conta ainda com sensores de segurança na embreagem, cavalete central, engine stop e foi preparada e testada para a utilização de bauleto com 5 kg de carga.

25 cv (cavalos)

Motocilíndrico, o motor de 249,4 cm3, conta com refrigeração líquida, tecnologia que segundo a Dafra permitiu que a Next 250 alcançasse 25 cv (cavalos) de potência a 7.500 rpm e torque de 2,75 kgfm à 6.000 rpm , o maior da categoria (mesmo em comparação com motores de maior cilindrada

presentes nesse segmento), assegura a marca. Um dos destaques do motor é o sistema de injeção eletrônica Keihin, desenvolvido em trabalho conjunto entre as engenharias da Dafra e Sym. O câmbio manual de seis marchas, único no segmento, foi projetado para priorizar o

melhor uso do conjunto, por meio de um escalonamento bem distribuído. O sistema de um comando e balancins roletados acionando as quatro válvulas diminui o atrito do motor, reduzindo o consumo de combustível. O tanque de combustível tem capacidade para 14 litros.

saiba mais As principais concorrentes Honda CB 300R Motor: monocilíndrico, quatro tempos, refrigerado a ar, 291,6 cm³; potência de 26,53 cv a 7.500 rpm e torque de 2,81kgfm a 6.000rpm Cores: Amarelo, azul metálico, branco e vermelho Preço: R$ 11.690 (Standard) e R$ 13.390,00 (equipada com freios C-ABS) Yamaha Fazer YS250 Motor: monocilíndrico, quatro tempos, refrigerado a ar, 250 cm³; potência de 21 cv a 8.000 rpm e torque de 2,1 kgfm a 6.500 rpm Cores: Preto, roxo e vermelho Preço: R$ 11.279

Gazeta do Oeste  

edição 1805

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you