Issuu on Google+

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | terça-feira, 02 de agosto de 2011 | ANO XIX | N.º 1.627 | R$ 2,50

DO OESTE

Número de mortos em acidentes aumenta durante as férias Página 11

André Bernardes

Amamentação traz benefícios para bebê e para a mãe Ontem foi comemorado o Dia da Amamentação, visando esclarecer os benefícios da prática para as mães. Em Divinópolis, as atividades começam apenas na semana que vem, porém a campanha já começou pela internet. Página 04

Veículos colidem e pegam fogo

O acidente ocorreu na MG-050, próximo a Itaúna, este fim de semana e uma pessoa morreu. Página 11

“Temos que escolher o que é mais grave. Como vou atender dois pacientes?” Esta é a denúncia feita pelo diretor técnico do Pronto Socorro Municipal Dr. Jorge Tarabal, ao atender sozinho os pacientes que utilizaram a unidade ontem pela manhã. Ele afirmou que a falta de médico é comum e em casos de urgência, o médico precisa escolher o caso mais grave. Página 05

Vereadores retornam ao trabalho legislativo hoje Página 03

Motos transportam botijões em Divinópolis sem fiscalização Página 04

Flaviane Oliveira

Casa em situação de risco é demolida A retirada da família da residência em risco de desabamento foi realizada na manhã de ontem. Ao longo do dia foi realizada a demolição e limpeza no local. Após a retirada, a família foi encaminhada à uma novo imóvel e a partir de agora, a prefeitura municipal irá arcar com as despesas do aluguel da nova residência. Página 06


02 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

editorial

C

Chame o ladrão

hico Buarque de Hollanda, poeta de tantas canções memoráveis, escreveu certa vez sobre um tema que o atormentava, que acabou virando música de protesto contra políticos e forças de segurança dos generais durante o período mais negro da ditadura militar. A música era ‘Acorda amor’, clamava pelo ladrão à guisa de proteção contra os invasores da noite, tripulantes do camburão do DOI-CODI. Pela mensagem manifestava sua revolta contra os que deveriam proteger a sociedade naqueles tempos de radicalismo. Invertendo a ordem do pedido de SOS, achou o ponto exato de mexer com a massa crítica do coletivo. O tema continua sendo absolutamente atual nos dias de hoje. No vizinho e aprazível município de Formiga, os encarregados de manter a ordem e estabelecer as regras de comportamento da sociedade se associaram para o objetivo de, levando vantagens pessoais, colocar mais ferrugem no apodrecimento da máquina social. Misturados estão membros do judiciário, policiais civis, donos e instrutores de autoescolas, todos eles empenhados na venda de facilidades para os candidatos a uma Carteira Nacional de Habilitação. Fraudes. As habituais falsificações que proliferam no Brasil, a cada hora em cada lugar. Deve valer a pena para os transgressores porque as punições (ou falta delas) não amedrontam. Segundo reportagens do ‘Hoje em Dia’, (que teve acesso “Mas a concussão não ao processo) o esquema envoltem parada fixa. Vender veria o juiz Ramon Moreira e um comissário do fórum de Formiga carteiras de motorista é – coincidentemente o juiz é ami- profissão antiga. A diferença go daquele que é considerado agora é que ela está perto de um dos cabeças do esquema, nós. Quem precisa viajar a Superintendente Regional de São Paulo para adquirir um Polícia Civil, delegado João Pedro Rezende. Na Superintendência bichinho desses?” (Shopping Pátio Divinópolis) a secretária não dá notícias do delegado e nem fornece o celular. Diz apenas que ele está de férias. Com certeza a orientação dessas autoridades está ligada a uma nova cultura que veio entranhando para cristalizar-se na sociedade brasileira: a banalização das relações entre pessoas e instituições. De modo formal, são apresentados às comunidades como autoridades das forças de segurança, dignatários da magistratura, instrutores, profissionais, profissionais especializados. E quando se espera que façam a diferença, alternam-se com os substratos da população, para os quais vender alfaces, couves, ou carteiras de habilitação é a mesma coisa. A cidade que mais entra na mídia negativa do que o contrário, conta agora com os bons serviços do superintendente regional de polícia civil, para mostrar a todos os quadrantes do Brasil que o interior de São Paulo não tem mais exclusividade em forjar CNHs. Na cidade de Formiga tem gente no corre-corre de atender à máquina cada vez mais solicitada de fraudar carteiras de motorista. Isso é falsificar documentos oficiais. Ou fraudar CNHs não é o mesmo que forjar moedas de circulação oficial nos engenhos particulares. Os brasileiros andam preocupados em contabilizar os prejuízos advindos da corrupção. Somente no conhecido Mensalão do PT foram perto de R$150 milhões durante apenas um período eleitoral. As empreiteiras (não é qualquer novidade) lideram o ranking da roubalheira, colaborando de modo invulgar com alguns milhões de reais a cada licitação em conluio com funcionários públicos. Exemplo mais recente é o DNIT. Mas a concussão não tem parada fixa. Vender carteiras de motorista é profissão antiga. A diferença agora é que ela está perto de nós. Quem precisa viajar a São Paulo para adquirir um bichinho desses?

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Eduardo Augusto

Observatório de Mídia www.observatoriodemidia.blogspot.com | observatoriodemidia@pitagoras.com.br

easteduardo@yahoo.com.br

A Justiça Brasileira face às relações de consumo Consumidores de todas as classes sociais nos procuram como advogados, operadores e consultores do direito, para consultar/sondar sobre seus direitos quanto à relação de consumo, colocando-nos a par de incidentes cada vez mais absurdos. Nota-se claramente que esses conflitos não são exclusividade da população mais carente e iletrada, mas de toda sociedade. Existe um aumento calamitoso de ocorrências de descumprimento do Código de Defesa do Consumidor por parte dos fornecedores, isto porque a resposta das autoridades não está correspondendo ao aumento das demandas. As agências reguladoras foram criadas pelo Governo para zelar pelos direitos dos consumidores e disciplinar a relação de consumo de suas reguladas X consumidores. Mas, de acordo com o atual quadro parecem estar passivas e submissas às vontades dos fornecedores. Não há em boa parte dos fornecedores aquela vontade de oferecer QUALIDADE na prestação de seus serviços, e nem muito menos o interesse de tratar com profissionalismo as reclamações recebidas pelos consumidores. Até a entrega do produto ou da prestação de serviço os fornecedores até se empenham para tratar bem o consumidor. Alguns damos até nota dez, mas, depois da venda concluída, salvem-se quem puder! É bom lembrar que são os consumidores que mantêm de pé e a todo vapor todas as empresas, sejam elas de fornecimento de produtos ou de prestação de serviços, explico: através dos meios de comunicação nosso presidente Lula pediu a população para não parar de adquirir produtos, uma vez que, caso isso ocorresse, o Brasil sofreria grandes conseqüências devido à crise mundial de 2009. Não seria óbvio que estes mesmos fornecedores de produtos e serviços tratassem e respeitassem melhor o consumidor? A resposta é sim. Mas, na prática, não é o que acontece. Os fornecedores de produtos e prestadores de serviços preferem gastar com a máquina administrativa, com o judiciário (custas processuais), aqui incluo os honorários de advogados, do que obedecer ao Código de Defesa do Consumidor. Sai mais barato litigar administrativamente e/ou judicialmente até a última instância, do que investir no próprio sistema de atendimento ao consumidor. Quando eu falo em sistema, digo desde o primeiro contato com o consumidor até a solução do vício do produto ou defeito na prestação de serviço, etc. O descaso passa dos limites toleráveis quando em audiência perante o juiz a maioria dos prepostos (representantes) das empresas e seus advogados nem sequer sabem o que se discute naquele momento. Pior ainda é quando são indagados pelo juiz sobre alguma proposta de acordo e dizem não ter autorização “dos cabeças” de aceitar o pedido ou propor qualquer outra solução. Mesmo estando a empresa diante de um processo “já perdido” diante dos elementos probatórios existentes, as empresas não assumem qualquer culpa com relação ao discutido. A ordem é protelar, enrolar, enganar o consumidor. O Governo é obrigado a criar a cada ano Delegacias Policiais, Promotorias e Varas Especializadas para atuarem especificamente nas relações de consumo para tentar minimizar o caos vivido pela população brasileira. Tanto o Executivo, quanto o Judiciário, gastam milhões de reais por ano para se adaptarem a realidade vivida. São milhões de reais investidos nessas repartições para se buscar “tampar o buraco”. Esse caos é fruto do descumprimento das normas e regulamentos existentes em nosso país por parte dos fornecedores de produtos e prestadores de serviços. Se a Justiça Brasileira tomasse como exemplo a Justiça dos americanos, resolveria boa parte da questão. Nos Estados Unidos as indenizações são de alto valor para obrigar os Réus a cumprirem a Lei. Aqui no Brasil existe o argumento de que se condenando as empresas ao pagamento de indenizações altas estaria trazendo ao consumidor “enriquecimento ilícito”. Ao meu ver foi um tiro no pé do povo e da Justiça. Existe atualmente uma quebra de humanismo nas relações, quase ninguém sofre a dor do outro. Somente quando é abalado o direito de algum poderoso, de alguma autoridade que vemos indenizações vultosas. Fundamentadas no jargão “enriquecimento ilícito”, as indenizações impostas pela maioria dos juízes brasileiros são de baixo valor em confronto ao desrespeito aos direitos dos consumidores, e muito mais ainda injusta em comparação a dor sofrida pelos consumidores que buscam nada mais do que a justiça para seu caso. Minorando as indenizações a sociedade paga duplamente, primeiro, para manter o sistema caro e ineficaz (ineficaz devido a grande demanda) e em segundo, pelas indenizações que nada faz do que estimular as atrocidades por parte dos fornecedores de produtos e serviços. Quanto àqueles que “inventam” situações para obter enriquecimento ilícito em detrimento ao direito das empresas, a Justiça deve ficar atenta para separar o joio do trigo. Ressalto que é muito mais fácil fazer esta separação do que enfrentar a situação caótica vivida pelo Judiciário atualmente. A sociedade quer resposta rápida. Afinal, em algum momento da vida somos ou seremos consumidores. O que queremos e buscamos é o respeito aos direitos consumeristas e a diminuição de processos desta magnitude. A Justiça precisa mudar seus argumentos em prol a sociedade. Pensar no coletivo. Já não é mais um ou outro consumidor prejudicado, e sim, uma sociedade toda. Desta forma tenho que, somente impondo através das sentenças judiciais o pagamento de indenizações de alto valor é que os fornecedores de produtos e prestadores de serviços reformularão a relação entre fornecedor-consumidor, dando maior ênfase à qualidade do serviço do que a quantidade. Dr. Eduardo Augusto Silva Teixeira Advogado Pós-graduado em Direito Público Pós-graduado Direito e Processo do Trabalho

Como simplificar a Comunicação nas Empresas – Parte 01 Atualmente, no mundo empresarial, são encontradas muitas referências sobre os termos trabalho em equipes ou equipes de trabalho. No entanto, os termos são usados, muitas vezes, de forma insatisfatória, pois cobra-se muito engajamento e oferece-se pouco para que as equipes realmente se formem e consigam atingir seus objetivos. É neste momento que a comunicação, processo de circulação de informações, ganha destaque. Equipe é considerado um conceito mais abrangente que o de grupo. Para atingir os objetivos determinados, os grupos utilizam em especial do ato de compartilhar informações, enquanto as equipes se engajam em um desempenho coletivo, mais envolvente e mais produtivo. A construção de equipes de trabalho nas organizações atuais, portanto, é uma das melhores estratégias para alcançar competitividade no mercado e aumentar a produtividade. O convívio social no trabalho é vantajoso, pois, entre outros benefícios, é capaz de estimular a criatividade das pessoas. Uma das principais características do ser humano é a vida em sociedade, a capacidade e necessidade de se relacionar com outras pessoas. O convívio no ambiente de trabalho, como em outros grupos sociais, proporciona o desenvolvimento às pessoas, pois satisfaz a questão da estima e ainda une trabalho e atividade social. Entretanto, as organizações podem se deparar com pessoas individualistas, com dificuldade ou resistência para relacionar-se e desenvolver tarefas em conjunto com outras pessoas, visando apenas seus objetivos particulares. As rápidas e constantes modificações no mercado levam as empresas à busca de novos modelos de gestão que lhe proporcionem vantagens em relação a seus concorrentes. As empresas já vêm percebendo que o principal diferencial que possuem são as pessoas, seu capital intelectual. Porém, para acompanhar essa evolução e aumentar sua produtividade, competitividade e sua eficiência, precisam se adaptar melhor a tal contexto. Para isso, percebem que não basta trabalhar apenas o individuo, levando em conta suas características particulares, mas enxergá-los como integrantes de um grupo maior, o que realmente fará diferença no contexto atual. Assim, mais que uma grande vantagem de melhoria de relacionamentos nas empresas e com as empresas, a construção de equipes de trabalho é também uma saída das organizações para sobreviver, desenvolver, se destacar e consolidar-se em um ambiente exigente, competitivo e desafiante como o contemporâneo. Os administradores, gerentes e líderes, como responsáveis pela construção e desenvolvimento das equipes nas organizações, devem estar atentos às propostas existentes para lidarem com a interação, motivação e sucesso do trabalho de sua equipe. Como não existe uma “fórmula” pronta para “motivar”, as empresas têm investido na divulgação de informações e integração de seus funcionários. A informação é o principal fator de aproximação e relacionamento entre empregado e empregador. E a integração entre funcionários é um fator importante para alcance de competitividade e aumento de produtividade, por satisfazer a necessidade de estima das pessoas de “fazer parte” de um grupo. Sob esse ponto de vista, a informação, quando bem trabalhada, pode ser considerada um fator motivador nas organizações, além de gerar um nível de integração necessário para melhorar o relacionamento entre áreas/setores da empresa. O processo de transmissão de informações deve ser entendido como uma troca, pois os mesmos funcionários que recebem determinada informação também devem transmitir aos dirigentes da empresa informações. Para que o processo obtenha resultado e faça sentido, ambas as partes devem ter informações que produzam diferença. Para alcançar os resultados almejados, as informações não devem ser “descarregadas” aleatoriamente ou sem planejamento nos funcionários, deve ser trabalhada de forma a chamar a atenção, despertar interesse e provocar mudanças de comportamento que consigam gerar o clima favorável para a construção de equipes de trabalho. Para isso é utilizado o endomarketing como uma ferramenta para envolver os colaboradores com a organização e entre si. Na próxima semana, na continuação do artigo, abordo o que é o endomarketing e o que esta estratégia/ferramenta pode trazer de benefícios para as organizações que desejam aumentar seu nível de competitividade. Ricardo Nogueira Jornalista, Mestre em Educação, Cultura e Organizações Sociais. Professor da Faculdade Pitágoras nos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Vereadores retornam aos Duplicação da MG 050 é trabalhos legislativos BATE BOLA

debatida com parlamentares

Na pauta nenhum projeto apto a votação

Arquivo GO Flávia Brandão

Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

Flávia Brandão

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

Após o recesso parlamentar, que teve início no dia 30 de junho, e foi quebrado por duas reuniões extraordinárias, os vereadores da Câmara Municipal de Divinópolis retomam hoje (2) os trabalhos legislativos. Nenhum projeto está apto a votação, apesar de existirem 17 do Legislativo e quatro do Executivo para serem analisados. O presidente do Legislativo, Pastor Paulo César (PRB), justifica a ausência de projetos devido à falta de pareceres de algumas comissões e outros que estão sobrestados. A expectativa, segundo ele, é que na próxima reunião ordinária, que acontece na quinta-feira (4), tenha projetos aptos à votação. O presidente do Legislativo citou como destaque deste segundo semestre a proposta do aumento no número de vereadores, a definição do apostilamen-

to no município e a alteração no Código de Posturas. Afirma ainda que a intenção seja dar seguimento aos trabalhos do primeiro semestre, inclusive com a conclusão da CPI do vereador Edson Sousa (sem partido). “A nossa expectativa é de continuarmos o trabalho que desenvolvemos no primeiro semestre tanto na elaboração dos projetos e no estudo de muitos, que os vereadores irão colocar na ordem do dia. E tem também os trabalhos da CPI e trâmite normal do dia a dia da Câmara”, declarou.

Apostilamento A polêmica extinção do apostilamento no município deverá se encerrar em agosto. Essa é a expectativa do presidente Paulo que informou que foi protocolado na Câmara um substitutivo ao projeto anterior encaminhado pelo Executivo - que provavelmente será lido hoje no expediente - o qual é resultado das várias reuniões entre o poder Legislativo, Executivo e servidores visando atender a recomendação da Procuradoria Estadual. “Acredito que agora no mês de agosto nos já tenhamos resolvido essa questão’, declarou.

Deputados estaduais destacam projetos importantes e prioridades no segundo semestre Flávia Brandão

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

A Assembleia Legislativa de Minas (ALMG) retomou, ontem (1), suas atividades legislativas. Essa primeira semana de agosto é marcada pela volta das atividades das comissões permanentes e do plenário, sendo que estão agendadas cinco audiências públicas, para debater temas diversos. Os deputados estaduais Fabiano Tolentino (PRTB) e Luzia Ferreira (PPS) - com atuação em Divinópolis e região Centro Oeste - apontaram os principais projetos para o segundo semestre e citaram as prioridades, que irão buscar dentro da elaboração do orçamento do Estado. O investimento nas áreas de lazer e esporte e verbas para conclusão do Hospital Público serão algumas das bandeiras defendidas pelos parlamentares. O deputado Fabiano Tolentino destacou como projetos importantes desse segundo semestre: a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA); a votação do projeto do Tribunal de Contas para que seja prescrita a partir dos cinco anos as contas dos prefeitos, dando mais celeridade na análise do órgão; e o aumento de salário dos servidores estaduais. “É muito interessante que os projetos sejam amplamente debatidos e votados da melhor forma possível atendendo o nosso objetivo que é fazer o bom trabalho e de estar ajudando a população dentro de cada situação”, salientou. A respeito das emendas para

o orçamento de 2012 com a alocação de recursos para a Divinópolis e região CentroOeste, o deputado destacou que as mesmas serão determinadas no final do ano, definindo exatamente, onde serão aplicadas. Mas adiantou que irá focar a área de esportes e lazer dos municípios e também a duplicação completa da MG-050 no trecho Divinópolis a Belo Horizonte. Esporte e Lazer Já nessa sexta-feira (5), deputado Fabiano terá reunião com a secretária Estadual de Educação, Ana Lúcia Gazolla, para discutir a situação das escolas na região centro-oeste principalmente no município de Divinópolis, abordando as áreas de esporte e lazer interna nas escolas. “Fizemos um levantamento e realmente a escolas estão muito precárias. Iremos aproveitar para discutir a questão do funcionalismo público em relação ao aumento do piso salarial para saber de que forma que o governo vai estar atuando, mas nosso foco principal serão as áreas de esporte e lazer dentro das instituição de ensino do estado”, declarou. A deputada Luzia Ferreira também destacou como projeto importante desse segundo semestre o reajuste dos servidores do Estado, já que o mesmo “atinge toda a máquina pública estadual”. Além disso, citou a LOA como grande destaque da atividade parlamentar, nesse segundo semestre, já que na discussão do orçamento que são destinados recursos para

os projetos sociais e obras de infra-estrutura do Estado, bem como oportunidade onde os parlamentares - por meio de emendas - alocam recursos para atender as cidades em que atuação. “No orçamento desse ano deveremos reservar recursos para conclusão do Hospital Público, em Divinópolis, que é uma obra importante da região Centro-Oeste. Além disso, não é só a questão da obra temos que fazer a previsão de recursos para equipamentos e mobiliários de modo que hospital possa começar funcionar logo em seguida ao término da obra’, declarou. Seminário Também como destaque do segundo semestre a deputada citou um “grande seminário para Redução das Desigualdades Sociais”, que será realizado em setembro e outubro pela ALMG. “No seminário as entidades, agentes políticos, prefeitos e vereadores de todo o estado serão ouvidos em encontros regionais, que irão culminar em grande seminário na ALMG”, explicou. O objetivo do evento é levantar as principais demandas e propostas para redução da pobreza extrema em Minas Gerais, sendo essa uma contribuição do Legislativo a ser apresentada já na LOA e no Plano Plurianual, que começa a ser discutido no início de 2012. De acordo com parlamentar, que faz parte da comissão organizadora, serão realizados 11 seminários regionais, sendo inclusive um na região Centro-Oeste.

A duplicação da MG 050 é alvo de discussão entre os representantes mineiros desde a implantação das praças de pedágio na extensão de Betim à São Sebastião do Paraíso. A duplicação total da rodovia é algo esperado por moradores de toda a região Centro-Oeste, entretanto, as pessoas são testemunhas do protelamento da duplicação compromissada desde o ano passado entre a Concessionária Nascentes das Gerais e as autoridades políticas. Sobre este contexto, a Gazeta do Oeste preparou cinco perguntas para os quatro representantes de Divinópolis, tanto na esfera estadual quanto na federal, o quarto representante a responder foi o deputado federal Domingos Sávio (PSDB): A duplicação da MG 050 vem sendo protelada há muito tempo. Como os representantes de Divinópolis pretendem lutar por esta obra? Tenho lutado permanentemente pela duplicação da MG 050 desde o início do meu primeiro mandato de deputado. Grandes obras exigem uma luta permanente por muitos anos, estou consciente disto e pretendo continuar cobrando do governo, do estado e da concessionária, a realização desta importante obra. Como fruto do nosso trabalho, já conseguimos do governo estadual, o compromisso de rever o contrato e cronograma de obras com o objetivo de garantir a duplicação do trecho Divinópolis / Belo Horizonte. Os motorista tem optado por passar pelo BR 262, primeiro por causa das boas condições da rodovia e segundo para não ter que pagar pedágio. O que os deputados pretendem fazer para mudar esta situação? A luta pela duplicação da BR 262 é mais antiga que a da MG 050 por razões óbvias. Esta também foi uma obra que demorou muito e muitos lutaram por ela, e ainda está longe de ser concluída. O trecho que foi duplicado ligando a BR 381 até o trevo da 494, não foi uma conquista isolada de agora. Quando eu era prefeito de Divinópolis, esta luta já era antiga, eu, mais um grupo de prefeitos e lideranças do Prodescom entregamos ao presidente Fernando Henrique Cardoso, no ano 2000, durante a inauguração da duplicação da Fernão Dias (BR 381 - BH / SÃO PAULO), um documento solicitando a duplicação da BR 262. Alguns meses depois, recebemos o presidente Fernando Henrique em Itaúna e ele anunciou a autorização da elaboração de

projetos de duplicação da 262. O fato de terem feito um trecho e ter ficado faltando menos de 10 km para chegar em Nova Serrana, fica evidente que não se trata de obra conseguida por “esta ou aquela pessoa”, e sim, parte de um projeto que liga Belo Horizonte ao Triângulo e que está projetado em etapas. Portanto, todas as duas duplicações são importantes para a nossa região e já que a 262, já está mais adiantada, temos todos que nos unir em defesa da duplicação da MG 050, para que esta obra saia mais rápido. Quanto tempo há mais os moradores do bairro Icaraí terão que esperar para que sejam feitas as obras do trevo do Icaraí? Se dependesse de mim, não teriam que esperar mais esta obra já deveria estar pronta. Não é falta de cobrar, este mês de julho, mesmo no recesso, estive reunido com o secretário de obras do estado, cobrando uma solução, já que a concessionária nos disse que está dependendo de desapropriações a serem feitas pelo estado, para realizar esta obra. E tenho lutado por uma solução imediata, mias econômica até que venha a duplicação definitiva, pois a situação atual é crítica. Já consegui um projeto no DER e estou cobrando sua execução. Outra questão é a perda que o município tem sofrido em relação a vinda de novas empresas, a exemplo da Coca-Cola que foi para Itabirito e não veio para

Divinópolis, por falta de LOGISTICA? Sendo que o município já teve e ainda tem toda a estrutura da empresa no bairro que Icaraí ? A situação da Coca-Cola não teve a ver com a MG 050, mas é claro, que a duplicação completa da rodovia, torna a cidade mais competitiva, porém, é bom deixar claro, que nós temos constantemente apoiado, empresas locais que estão crescendo e gerando mais empregos e ainda lutando para trazer outras. A estrada que corta a cidade de Igaratinga também é um obra que é esperada há anos, e irá privilegiar o acesso dos motoristas da região que optam por não pagar o pedágio e preferem passar pela estrada. Neste caso, já foi liberado um recurso para a pavimentação da via que ainda encontra-se no chão batido, e por isto gostaríamos de saber de nossas autoridades o por que da obra ainda não ter sido feita? Conseguimos depois de muita luta e muitos pedidos, incluir o trecho Divinópolis/ Igaratinga, no programa Caminhos de Minas, que será executado pelo Governador Antônio Augusto Anastasia. No último dia 20 de julho, solicitei em público, durante meu pronunciamento em São Gonçalo do Pará na presença de centenas de pessoas que o governador Anastasia priorizasse esta obra além da duplicação da MG 050. Em sua fala, o governador assumiu o compromisso de nos atender o mais breve possível!


04 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Transporte de botijões em motos continua em Divinópolis

Prato da Casa na reta final

O município alega não ter ainda condições de fiscalizar o transporte irregular de botijões e galões de água mineral Natalia Santos

Jéssica Ramos Da Redação

A fiscalização relativa à lei que proíbe transporte de água mineral e botijão de gás em “garupas” de motocicletas deveria ter começado ontem. Apesar disso, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) ainda não se adequou para que a medida passe a valer como infração em Divinópolis. Segundo o secretário adjunto Gilberto Silva, o município deve estar pronto em algumas semanas e as dificuldades de adequação não se dão apenas na cidade, mas em todo o Brasil, inclusive em Belo Horizonte. Enquanto isso não ocorre, o transporte irregular continuará pelas ruas de Divinópolis, sem estar sujeito a penalidades. Pela determinação do Contran, botijões de gás e galões de água mineral devem ser transportados em sidecars (carrinhos anexos presos ao gancho de motocicletas), reboques, carros ou caminhonetes. Além disso, a quantidade máxima de produtos a serem carregados é dois. O não cumprimento da norma prevê como penalidade a multa

NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

O transporte em motos só pode ser feito em sidecars e com quantidade máxima de dois produtos

de R$83,15 mais 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor ou proprietário da moto , retenção e apreensão do veículo. A resolução feita pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) entrou em vigor ontem (01) em todo o Brasil, porém a Settrans ainda não tem condições de iniciar a fiscalização, pois a uma das normas de regulamentação da lei é que sejam colocadas, nesses veículos, placas chamadas “de aluguel”

que diferenciam o profissional remunerado de um motociclista comum. Para efetuar esse emplacamento é necessário que a empresa proprietária da motocicleta tenha um documento de autorização do município. “Assim que a Settrans se regulamentar para liberação desse documento, o que deve acontecer em uma semana, nós iremos abrir uma portaria, que deve durar quinze dias, para que as pessoas tenham tempo de fazer as modificações necessárias e assim começarmos

com a fiscalização” explicou Gilberto. Após as adaptações, nos quinze dias em que a portaria estará aberta, a regulamentação deve ser feita nas empresas de água mineral e gás, pois após isso se inicia a fiscalização. Ao efetuar a compra dos sidecars e motocicletas, o secretário adjunto orienta que os proprietários das empresas utilizem o nome de pessoa jurídica. Isso facilita que a autorização do emplacamento de aluguel seja feito.

Dia da amamentação visa conscientizar sobre a importância do leite materno Divulgação

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Ontem foi comemorado o Dia da Amamentação. A data foi criada para conscientizar as mães da importância do leite materno. Combater a desnutrição infantil e os benefícios que a prática traz para a saúde da criança e até mesmo da mãe. Em Divinópolis, os eventos relacionados a amamentação serão realizados na próxima semana. O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado para a criança, pois atende a todas as necessidades de nutrientes e sais minerais até os 6 meses de idade. Ele evita cólicas no bebê, colabora para a formação do sistema imunológico da criança, previne alergias, obesidade, intolerância ao glúten. Mas além dos aspectos de saúde, a amamentação é o momento de criação do vínculo entre mãe e filho, fazendo com que a criança tenha facilidade de relacionamento com as pessoas. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade do Oeste da Austrália, amamentar além dos seis meses de vida faz bem a saúde mental até a adoles-

O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado para a criança

cência. Os pesquisadores alegam que a leptina, substância presente no leite, ajuda no combate ao estresse. Mas não é só a criança que se beneficia com a amamentação. Apesar de ser uma tarefa difícil e em alguns casos dolorida, a amamentação traz muitos benefícios para a mãe. Ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Com isso, também evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe sofra de anemia, protege contra o cân-

cer de mama e de ovário, reduz o risco de a mulher desenvolver síndromes metabólicas como doenças cardíacas e diabetes após a gravidez, inclusive para aquela que teve diabetes gestacional. A amamentação dá às mães as sensações de bem-estar, de realização, e também ajuda a emagrecer, pois consome até 800 calorias por dia. São inúmeros os benefícios que são reforçados no dia da amamentação. Em Divinópolis, por falta de data, a secretária municipal de Saúde (Semusa)

irá realizar ações para o Dia da Amamentação na próxima semana. A enfermeira da atenção primária, Rita de Cássia, diz que o município promove durante todo o ano estes esclarecimentos com as mães nos atendimentos de pré natal. Ela contou que na próxima semana serão desenvolvidas ações nos postos de saúde como palestras e murais. “O tema da campanha este ano é “Amamentação: uma experiência 3D” e nesta semana já vamos começar a lançar frases educativas nas redes sociais” contou. O objetivo da campanha este ano e utilizar as redes sociais como Twitter e Facebook para divulgar a campanha. No Brasil, o aleitamento materno é levado muito a sério, possuindo a maior e melhor organização de bancos de leite do mundo. São 163 unidades espalhadas por todo o país. Porém Divinópolis ainda não possui um banco de leite. Apesar disso, Rita afirma que as mães atendidas pelo pré natal acatam as informações que são passadas. “Apesar de não termos dados estatísticos, nosso índice de aleitamento é muito bom” garantiu.

Só faltam três bares para finalizar o circuito do festival gastronômico Prato da Casa 2011. Os estabelecimentos participantes já estão preparados para divulgar suas especialidades e concorrer ao melhor tira gosto de Divinópolis. Ao todos são 10 bares da cidade participando do concurso que também leva em conta a melhor cerveja, o melhor atendimento e a higiene do local. Durante o mês de julho sete bares participaram do circuito com pratos dedicados ao Prato da Casa. Entre os participantes estiveram: Levistar promovendo a abertura, Dia Útil, Pasta Rica, Cervejaria Catedral, Roberto da Sopa, Divina Pizza e Show Bar. Esta semana é a vez da Saudosa Maloca, Peixe Dourado e o Bar da Tia Elza. Além do prato, outro critério a ser observado é a estrutura e atendimento de cada bar. “Sabemos que o evento praticamente quadriplica o número de frequentadores, então devem estar todos preparados para receber este público. Já houve casos de bares que não comportaram a movimentação. É preciso que o bar se comprometa em mudar

a estrutura, aumentar o número de garçons, de bebidas e principalmente do prato concorrente. Como exemplo, temos o Roberto da Sopa que alterou a estrutura do bar para receber o evento este ano”, pontuou o organizador do circuito Gustavo Bicalho. O grande campeão desta edição viajará com acompanhante para Maceió, de forma que é um bom motivo para o esforço de todos os participantes. Férias merecidas no hotel Salinas de Maceió – Beach Resort. Um pedaço do paraíso em que o campeão passará uma semana com acompanhante. O Resort oferece seis refeições diárias e um atendimento cinco estrelas, típico do merecimento de um grande campeão. Para o organizador do evento a cada edição o Prato da Casa procura inovar na premiação e para o ano que vem, Gustavo afirmou que a premiação será melhor ainda. Agenda 02 – Saudosa Maloca – Jilogrete Especial 03 – Peixe Dourado – Filé de Tilápia 04 – Bar da Tia Elza – Falso Escondidinho FESTA DE ENCERRAMENTO: 13 de Agosto Local: Praça da Catedral

Jessica Ramos

Será o piromaníaco? Mais uma queimada foi registrada na cidade na tarde de ontem, 1º de agosto. O incêndio podia ser visualizado de longe e foi registrado na avenida Divino Espírito Santo,

esquina da Rua Mato Grosso. Ainda não se sabe as causas do incêndio, mas existe a hipótese de ser ação de um piromaníaco, como já divulgamos em outras edições.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Jogo de empurra na saúde de Divinópolis André Bernardes

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Divinópolis comemorou ontem os 25 anos da instalação do Pronto Socorro no município. Para a surpresa da população, nenhuma festividade foi realizada. A única manifestação foi a denúncia do médico Doutor Jorge Tarabal com a falta de médicos para atender a população. “Tem uma médica de férias, e já algum tempo que foram programadas essas férias, estou sozinho para atender emergência, urgência, as consultas e triagem. Com dois médicos é difícil, com um é impossível” protestou. Doutor Jorge Tarabal trabalha no Pronto Socorro desde a sua criação em 1986. Hoje ele atua como diretor clínico e afirmou que a situação dos trabalhadores é precária. Dois médicos atuam em cada turno. Uma médica programou suas férias para este mês e ontem já não foi trabalhar. A secretária Municipal de Saúde, Semusa, não conseguiu contratar outro profissional para substituí-la deixando apenas um médico para atender todos os casos que passam pelo pronto socorro. “A gente fica desesperado pois não sabemos se atendemos aqui fora, ou os internados ou a emergên-

:“Temos que escolher o que é mais grave. Como vou atender dois pacientes?” disse Dr Jorge Tarabal

cia. A gente fica em uma situação difícil pois podemos cometer erros, o tumulto é tão grande, a população fica prejudicada pois sabemos que vão ficar a tarde toda esperando atendimento ou até a noite, os pacientes da urgência vão ficar mal atendidos pois atendemos correndo, e isso acontece frequentemente” denunciou Dr. Jorge. O diretor clínico contou que no sábado o médico de plantão trabalhou por 24 horas seguidas. Dr. Jorge diz que diversos editais para contratação de médicos já foram feitos mas devido a precariedade de materiais e baixos salários, o município não consegue contratar profissionais. “A primeira questão é a financeira. O pronto socorro é uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas ela não pode ter CTI então está fora dos padrões e nós não somos hospital pois não temos esta características.Tudo muito precário” disse. Quando o Pronto Socorro foi criado, eram 14 médicos na equipe. Hoje apenas quatro continuam trabalhando para o município. Dr. Jorge define atuação do profissional no Pronto Socorro como “sufoco”. “O pronto socorro carrega a saúde pública de Divinópolis. A secretária deveria ter mais cuidado com o corpo clínico do pronto socorro, dar mais assistência, mais médicos a disposição. Eu sou o diretor clínico do Pronto Socorro, já fui várias vezes ao Ministério Público, fomos na Semusa, mas até agora não conseguimos nenhuma solução. Nós estamos sendo vítimas de muitas situações aqui. Muitos médicos não tem a coragem de reclamar, mas eu como representante da categoria tenho obrigação de fazer isso. Faço isso pelo bem da população e do pronto socorro. As coisas chegaram no limite” frisou. Questionado sobre o que

A Secretaria Municipal de Saúde, Semusa, não conseguiu contratar outro profissional para substituir a médica de férias

acontece quando chegam vários pacientes em caso grave correndo risco de morte ele respondeu. “Temos que escolher o que é mais grave. Como vou atender dois pacientes? Um sofrimento para o paciente, família e para nós. A população acha que nós estamos fazendo corpo mole” afirmou. Nossa reportagem conversou com o diretor da urgência e emergência Maurício Couto Silva. Ele afirma que a situação já está resolvida e foi ocasionado pela falta de uma médica com atestado de saúde. “É compreensível a angústia do Dr. Jorge em relação aos episódios, pois muitas vezes o médico fica sozinho no plantão, mas hoje foi uma situação de saúde de uma médica que estaria de plantão, mas foi resolvido com outro médico que chegou no período da tarde. Hoje contamos com 83 vínculos com médicos apenas no Pronto Socorro” explicou. O diretor afirma que o excesso de pessoas no Pronto Socorro é devido ao mau uso da

população com a rede de saúde. “A população procura aqui, pois em um dia ela consegue o exame, atendimento e medicação, mesmo esperando um dia inteiro. Nos postos, como o trabalho é de prevenção, ele tem a consulta, marca laboratório, marca retorno. É um comportamento da população de querer o imediato. A população precisa de educação para usar o sistema de saúde de forma adequada” orientou Maurício diz que Dr. Jorge Tarabal como diretor técnico, tem como responsabilidade fiscalizar as faltas de médicos no pronto socorro. Ele afirmou que o índice de faltas por motivos variados chega a 40%. “Dentro da discussão com gestão, ele precisa rever escalas, rever condições de trabalho e também indicar indisciplina. Levar para comissão de ética alguma situação que o usuário reclame do médico. É a função dele que eu estou esperando até hoje” disse. Procuramos o Ministério Público e o Dr. Ubiratan Domingues Promotor de Justiça

de Defesa da Saúde da Comarca de Divinópolis comunicou em nota que já foram realizadas diversas visitas ao local, requisição de auditoria pela Secretaria Estadual de Saúde, para verificação, dentre outros pontos, da estrutura física, equipamentos e recursos humanos, adequação, resolubilidade e qualidade dos serviços prestados, solicitação de verificação, pela Secretaria de Estado da Saúde, da escala atual de plantões se é adequada para atender à demanda, porém a secretária não enviou o relatório da auditoria. A nota ainda explica “No que se refere à verificação da escala de plantão, a Secretaria informou que, conforme a Resolução 2000/2009, o Estado repassa recursos para manutenção de uma escala mínima, com um clínico, sendo que as demais escalas são de responsabilidade e avaliação quantitativa e qualitativa direta do município. Diante dessa informação e da necessidade de uma avaliação técnica das escalas, tal requisição será feita ao CRM” explicou.

O promotor credita a insuficiência ao atendimento do Pronto Socorro a dois fatores “grande parte das internações hospitalares poderiam ser evitadas com uma atenção primária resolutiva e a cobertura de PSF’s no município está muito abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde” e “insuficiência de leitos retaguarda nos hospitais, o que faz com que pacientes fiquem dias “internados” no Pronto Socorro aguardando encaminhamento a hospital. As unidades de Pronto Atendimento são destinadas a estabilização do paciente e, num prazo máximo de 24 horas, os pacientes deveriam ser transferidos para unidade hospitalar” esclareceu. Visando diminuir o número de internações e agilizar as transferências dos usuários do Pronto Socorro a hospitais, o Ministério Público moveu duas ações civis públicas para aumento de PSF's e uma para o pronto socorro encaminhar no prazo de 24 horas os casos de emergência, urgência com risco de morte e CTI.

As aulas voltam e a greve permanece em apenas uma escola Da Redação

Ontem (01) as escolas da rede pública e privada retornaram as aulas. Além do fim das férias de julho, as escolas estaduais São Tomás de Aquino e Manuel Correia deixaram a greve, que se iniciou no Estado em junho, e os professores decidiram voltar ao trabalho. Apesar disso, alguns professores da escola Monsenhor Domingos, que também retornou às atividades, ainda estão paralisados. A diretora da escola, Geralda Maria de Castro afirmou que as aulas estão ocorrendo normalmente, mas na última segunda-feira três professores não compareceram, segundo ela, por motivo de falta de comunicação. Geralda disse ainda que haverá reposição para os

onze dias letivos perdidos no período em que a escola aderiu à greve. As medidas a serem tomadas para que isso ocorra serão definidas em uma reunião no próximo sábado. A coordenadora do Sind-UTE (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação) Maria Catarina disse que o não comparecimento de alguns professores na manhã de ontem na escola Monsenhor Domingos tem relação com a greve. Maria Catarina explicou que amanhã haverá uma assembleia de negociação em Belo Horizonte para que sejam tomadas as decisões quanto ao piso salarial dos professores. A afirmação vai contra o que havia declarado o governador do estado, Antônio Anastasia, ao informar que a negociação já havia sido feita. Segundo a coordenadora,

Jéssica Ramos

Jéssica Ramos

A escola estadual São Tomás de Aquino deu fim a greve após as férias de julho

além da informação dada pelo governador não ser verdadeira, o retorno das atividades nas escolas citadas não significa que a greve tenha acabado, mas sim que a permanência só foi dada na escola Monsenhor Domingos por alguns professores que optaram por não dar aula na parte

da manhã e da noite. Catarina disse considerar a greve em Divinópolis como a mais branda de todo o estado, o que segundo ela, enfraquece o movimento idealizado pelos profissionais da educação. Geralda Castro concordou com a afirmação de Maria Cata-

rina em relação ao enfraquecimento do movimento. Segundo a diretora, vários motivos colaboram para que a greve não resulte na conquista dos ideais dos professores. “A greve não dá resultado, pois ela é boa para o governo que durante esse tempo fica sem pagar luz, água, lanche” disse, afirmando ainda que a arma mais eficaz é o apoio da população e da imprensa. “Temos que ter a opinião pública do nosso lado e isso nós não temos” revelou, explicando que as propagandas feitas pelo governo na mídia em relação às ações destinadas à educação enchem os olhos e convencem a população. Trânsito na área escolar A Settrans em parceria com a Polícia Militar começou ontem (01) a operação de trânsito

“Volta às Aulas” em Divinópolis. Segundo o agente de trânsito Demetrius Ramos, o objetivo é fiscalizar vans e microônibus, visando a segurança do transporte escolar para crianças e também adultos. A primeira fiscalização ocorreu das seis às sete horas em uma área escolar na esquina da rua Espírito Santo com a rua Rio de Janeiro. Participaram da operação três policiais militares, três agentes de trânsito e um fiscal de transporte. “Nós conseguimos fiscalizar 23 vans e uma foi removida por falta de licenciamento, pois o veículo estava com o documento atrasado” contou Demetrius. Segundo ele, 25 operações estão previstas para todo o mês de agosto. Essas ocorrerão sempre próximas à áreas escolares em horários de chegada ou saída de alunos das escolas.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Família é retirada de área de risco na Vila Olaria

Toda Terça Gravatá apresenta: “Os Polígamos”

O aluguel da nova casa será custeado pela prefeitura municipal Flaviane Oliveira

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Paredes rachadas, teto a ponto de desmoronar, piso comprometido. Essa era a situação da casa que foi desocupada na Vila Olaria na manhã de ontem (01). A área já é conhecida pelas ocorrências de desabamentos durante os períodos de maior ocorrência de chuvas. A gerente de Defesa Civil, Edna Marta Faria relata que a retirada da família foi necessária devido ao grande risco de desabamento da residência. A retirada da família foi iniciada às oito da manhã. Ao longo do dia foi realizada a demolição da casa. Edna confirmou que no local morava uma idosa, um adulto e uma criança. Após a retirada do local a família foi encaminhada à nova casa. A partir de agora, a prefeitura municipal irá arcar com as despesas do aluguel da nova residência. A gerente destacou ainda que o local onde a família morava na Vila Olaria já era monitorado

Toda a estrutura da casa estava comprometida e corria risco de desabar

devido ao grande risco de desabamento. Quando questionada sobre a possibilidade de outras famílias

receberem a transferência do local, Edna explicou que somente essa família será remanejada inicialmente. Caso surjam novas

demandas de imóveis em risco iminente de desmoronamento, a situação será avaliada, ela ressaltou ainda que com o início da distribuição das casas populares na cidade, essa família poderá ser beneficiada. DEMOLIÇÃO Para realizar toda a demolição da casa, foram necessários 11 funcionários da Defesa civil, que também se encarregaram da limpeza do local. Gilberto Gonçalves, agente da Defesa Civil informou que o trabalho completo de derrubada da casa e limpeza do local, levaria cerca de duas a três horas. O agente avaliou ainda as condições da construção, “A situação da casa estava bem precária, em risco iminente, tivemos que fazer a retirada da família antes que tudo caísse. Então a vistoria foi realizada e detectamos várias rachaduras nas paredes. O piso e o telhado todo comprometido, parede irregular. Então o risco era de queda mesmo” revelou.

Depois das férias, o humor permanece em alta dentro do projeto Toda Terça Gravatá. E para deixar o astral lá em cima, volta ao palco do Teatro Municipal Usina Gravatá, hoje, às 20 horas, a hilariante comédia “Os Polígamos”. Umas das peças de maior sucesso de público do grupo Os Teatráveis, “Os Polígamos” será reapresentada para quem curtiu e quer rever, e para aqueles que ainda não se divertiram com as armações de uma turma que se mete na maior confusão. “Os Polígamos” conta a história de dois amigos que resolvem passar o final de semana na barragem de Carmo do Cajuru com suas esposas. Mas um é amante da mulher do outro. A confusão está feita, mas se complica ainda mais com a presença de

uma empregada muito esperta. Com humor contemporâneo e pequenas críticas sociais, esta é uma das melhores comédias já apresentadas em Divinópolis. O texto é de Cristiano Gauter; direção de Hamilton Costa; sonoplastia de Christopher Costa; iluminação de Ito Costa e elenco composto por Ana Cláudia dos Santos, José Ricardo Soares, Hamilton Costa, Nayara Naila e Ronara Soares. Os ingressos antecipados podem ser comprados na sorveteria Slep da Praça do Santuário por R$ 10, ou pelo mesmo valor até uma hora antes da apresentação na bilheteria do teatro. Para quem deixar para comprar na hora do espetáculo, pagará R$ 20 inteira e R$ 10 por meia entrada. Mais informações no site www.osteatraveis.com.br


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Getúlio Vargas ganha faixas de pedestres elevadas Jéssica Ramos

Jéssica Ramos Da Redação

Foram iniciadas ontem (01) as obras de reforço na sinalização de trânsito da avenida Getúlio Vargas em Divinópolis. Após muita cobrança por parte da população, estão sendo colocadas na avenida as faixas de pedestre com elevação. A primeira faixa foi feita em frente ao Pronto Socorro Regional (PSR) com o intuito de facilitar a travessia e o acesso à unidade de saúde e ao Restaurante Popular. O secretário adjunto da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Settrans, Gilberto Silva explicou que a demora ocorreu devido ao cancelamento de contrato feito por parte da empresa que era responsável por várias obras no município e fez com que a execução fosse paralisada no meio do processo. Agora a obra prossegue segundo Gilberto, buscando oferecer maior segurança e tranquilidade para o trânsito na cidade. “O município agora contratou outra empresa que está fazendo não só a faixa de pedestres, mas uma travessia elevada” disse Silva. Além das faixas elevadas estimularem a redução de velocidade dos veículos, elas ainda promovem a acessibilidade. “Ela tem

As faixas elevadas estimulam a redução de velocidade dos veículos e promovem mais acessibilidade a cadeirantes

uma elevação mais ou menos no nível do passeio, trazendo mais segurança para o pedestre, para o idoso e para o cadeirante” explicou o secretário adjunto. Gilberto alertou que apesar das obras oferecerem maior tranquilidade ao pedestre, este ainda é o maior responsável por sua segurança. “O pedestre tem deveres a cumprir, de observar

bem o trânsito, de fazer o sinal de braço antes da travessia, não atravessar disperso ou enquanto fala ao celular, porque isso acaba trazendo riscos a essa pessoa que mesmo com a faixa, pode ser atropelada. Então nós pedimos que o pedestre possa nos ajudar nesse sentido, cumprindo também seus deveres de observação, atenção e sinalização” orientou.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA Pelo presente edital o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Divinópolis com base territorial em Bom Despacho, Carmo do Cajurú, Cláudio, Nova Serrana e Oliveira, com sede na Rua do Comércio nº 11 – Centro – Divinópolis/MG, Cep: 35.500-038, na pessoa de seu representante legal, convoca todos os trabalhadores em transportes rodoviários, urbanos, cargas próprios, vias rurais e públicas, áreas internas, existentes nos municípios de Bom Despacho, Carmo do Cajuru, Cláudio, Divinópolis, Nova Serrana e Oliveira, todos no Estado de Minas Gerais, para comparecerem à Assembléia Geral Extraordinária que será realizada no dia 13 (treze) de agosto de 2.011 (dois mil e onze) as 07:00hs em primeira convocação, em sua sede social no endereço acima mencionado, para tratar das seguintes ordens do dia: a) Leitura do Edital de Convocação; b) Adequação do Estatuto Social e Ratificação da base territorial do sindicato; c) Alteração do nome da entidade com criação de sigla; ) Deliberação e Aprovação de propostas para adequações do Estatuto Social da entidade ao Código Civil; e) Modificações às formas e mandato administrativo e representativo; f) Especificações das atividades da categoria profissional que representa e às normas do Ministério do Trabalho e Emprego; g) Nova redação das cláusulas estatutárias. Não havendo número legal de trabalhadores presentes para a realização da Assembléia em primeira convocação, a mesma será realizada as 09:00hs, em segunda convocação, no mesmo dia e local, com qualquer número de presentes, prevalecendo as decisões destes, para todos os fins convocados. Divinópolis, 02 de agosto de 2.011. ERIVALDO ADAMI DA SILVA Presidente

PROCLAMAS Leila Maria Fagundes Isolani, Oficiala e Tabeliã de Registro Civil das Pessoas Naturais do distrito de Santo Antônio dos Campos, município e comarca de Divinópolis- MG, situado na Rua João Martins Coelho, nº 331, em Santo Antônio dos Campos, município de Divinópolis-MG, em pleno exercício de seu cargo e na forma da lei, faz saber que pretendem se casar: LIBÉRIO MATIAS DE JESUS, Filho de Dª. Geralda Iolanda de Jesus e EDILANE MARIA DE OLIVEIRA, filha de João Vicente de Oliveira e de Dª. Maria da Conceição de Oliveira. Santo Antônio dos Campos, 01 de agosto de 2.011.

Ação solidária Print Júnior e Amigos leva mais de 400 crianças ao Parque Trombini Mais de 400 crianças das escolinhas de futebol do Jusa Fonseca, União Belvedere, Minas do Alto São Vicente e APEC Candelária foram incluídas na ação solidária da Print Júnior e Amigos e passaram o dia no parque de diversões Trombini. No sábado, 16 de julho o parque abriu em horário especial das 9 as 11 da manhã para atender as crianças que se divertiram e brincaram muito. O idealizador e organizador do evento Eduardo Print Júnior afirmou que ficou muito feliz com a quantidade de crianças que estiveram no parque e se emocionou ao enfatizar que com a solidariedade este mundo pode ser diferente já que com tão pouco agradou tantas crianças de nossa cidade e agradeceu a parceria feita com o parque Trombini. O empresário agradeceu ainda a todos funcionários do parque e em especial aos amigos da Print Júnior, sendo: Thiago,Marquinho, Lucas, Lorena, Flávia, Xucra , Junia, Fernando, Fred, Danilo,André, João, Adriano Ana Cláudia, Raquel, Carol, Victor, Juninho e a todos que compareceram e puderam fazer a alegria da criançada. Eduardo frisou a importância de se fazer ação social e que a Print Júnior tem este lado social com a cidade. “Mais empresas em Divinópolis têm condições

de realizar essas ações e acabam deixando pra depois, por isto acredito que está na hora das empresas deixarem as dificuldades de lado, arrumarem tempo, terem disponibilidade e carinho para poder ajudar os menos favorecidos de nossa cidade”, disse Eduardo. Caso haja alguma empresa que necessite da ajuda ou parceria com a Print Junior, pode entrar em contato pelo telefone (37) 3221-4876 assim

será indicado onde, quando e qual a necessidade das crianças dos bairros já atendidos com a caravana do Natal Solidário, que completa a 9ª edição este ano, e promete atender 8.000 crianças de Divinópolis. As empresas que tiverem interesse em participar do maior evento solidário para crianças de Divinópolis é só procurar o Eduardo da Print Júnior, pois os brinquedos já começaram ser arrecadados.


08 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Dra. Karla Faria

Carol Corrêa

karlafaria@ortodontista.com.br

carolina@lacuisinecorrea.com.br

Remédios para emagrecer afetam a saúde bucal

Com o assunto “Remédios Anorexígenos” em alta na mídia, é pertinente que outros tópicos relacionados à eles sejam tratados, como as consequências da sua administração na saúde bucal; não discutindo aqui se devem ou não ser banidos. A decisão sobre usar ou não um remédio para emagrecer deve ser tomada sempre por um médico, baseando-se na avaliação cuidadosa dos benefícios e dos riscos envolvidos. Como já está bem comprovado que o excesso de peso traz pode trazer sérios problemas de saúde, na maior parte dos casos esta relação risco/ benefício será extremamente favorável, desde que realmente a pessoa esteja obesa. Vale lembrar que muitas pessoas que procuram um médico para emagrecer estão dentro da faixa de peso

considerada normal. Nestes casos, em que o problema se resume à estética, questiona-se a conveniência de usar remédios. Apesar de contarmos hoje com opções de medicamentos muito mais seguros que os antigos, não existem remédios sem riscos. A função dos anorexígenos é inibir a fome, dessa forma, a substância química envia uma mensagem para o cérebro “dizendo” que o organismo está saciado; o cérebro, por sua vez, envia uma mensagem de saciedade para o corpo. Na falta de uma alimentação adequada, o organismo passa a utilizar a energia (calorias) existente no corpo. Geralmente, os moderadores de apetite, dentre outras substâncias químicas, trazem, além da anfetamina, que é um estimulante, um outro composto químico para reduzir a ansiedade. Os remédios anorexígenos atuam sobre o sistema nervoso central e causam, entre outros efeitos adversos, a diminuição da secreção salivar, ou “xerostomia”.

Sardela Bom dia, queridos leitores!!! Vocês querem receber amigos em casa para um encontro informal e não sabem o que servir?? Pensaram em torradinhas com patês, mas querem fugir dos convencionais? Então lhes passo hoje a receita de Sardela, ótimo antepasto que acompanha muito bem torradas.

semente picados 2 latas de sardinha em molho de tomate 100 gramas de anchovas 1 colher de sopa de extrato de tomate Pimentas dedo de moça sem semente e picadinhas á gosto (eu usei duas!) Sal à gosto Muito Azeite (mais ou menos uma xícara)

Ingredientes 1 cabeça de alho amassado (ou passado no processador) 3 pimentões vermelhos sem

Modo de preparo Doure o alho no azeite e reserve. Coloque o pimentão picado no processador por 2 minutos, depois

a pimenta, a sardinha e as anchovas (com o molho e o azeite) e a polpa de tomate, a cada ingrediente que adicionar, deixe uns 2 minutos, depois adicione o alho dourado com o azeite e processe tudo por 5 minutos. Cubra o fundo de uma panela com azeite e quando estiver quente coloque a mistura na panela. Deixe apurar em fogo baixo por mais ou menos uns 40 minutos, mexendo de vez em quando pra não queimar. Acerte o sal e leve à geladeira… Sirva com pão italiano ou torradas!

A saliva tem por principais funções digestão e facilitação da deglutição dos alimentos. Ela também “lava” a boca removendo restos alimentares retidos. A diminuição salivar causa também lábios rachados , sensação de secura na garganta, feridas na boca e um paladar reduzido, além do mal hálito, ou halitose, a qual é ocasionada por diversos motivos. Halitose A halitose é um sinal de que algo no organismo está em desequilíbrio e deve ser identificado e tratado. Existem mais de 50 causas e, em aproximadamente 90% dos casos, se manifestam na boca. Pode ser de origem fisiológica (hálito da manhã, jejum prolongado, dietas inadequadas), razões locais (higiene bucal deficiente, placas bacterianas retidas na língua e/ou amígdalas, baixa produção de saliva, doenças da gengiva) ou mesmo razões sistêmicas (diabetes, problemas renais ou hepáticos, prisão de ventre e outros).

Dra. Karla Faria Especialista em Ortodontia Mestre em Ortodontia pela SLM – Campinas – SP Membro da Associação Brasileira de Ortodontia (37) 3222.7932

Carol Corrêa Administradora, Chef de Cozinha Proprietária do La cuisine Corrêa - (37) 8838-8825


VARIEDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Polêmico

O grupo Supermercado ABC entrou com uma solicitação polêmica junto a Prefeitura de Divinópolis para viabilizar a ampliação de sua unidade na Av. Paraná, no bairro São José. O projeto, que ainda não foi totalmente aprovado, pretende ampliar a área construída do supermercado para 7.200 m². A Comissão de Uso e Ocupação do Solo de Divinópolis já enviou recomendação para que a Settrans elaborasse um estudo de impacto viário com a possível implantação do empreendimento, já que serão construídas cerca de 250 vagas de garagens e isso poderá trazer sérios impactos no trânsito da avenida Paraná, já tão conturbada. Ouvimos especialistas na área e todos foram unânimes em dizer que a ampliação deve ser precedida de um Estudo de Impacto de Vizinhança, nos termos da Lei Federal nº 10.257.

Mudanças

Bastidores políticos sinalizam que o prefeito Vladimir Azevedo irá fazer um remanejamento na sua equipe de governo, já no início deste mês. Segundo fontes, o Controlador Geral Dr. Kelsem Ricardo Rios deverá ser remanejado para a Procuradoria Geral do Município e o atual procurador geral, Rogério Farnese, deverá ocupar a Controladoria Geral. Segundo um tucano influente, o prefeito também estuda a possibilidade de trocar alguns titulares do primeiro escalão, visando o próximo pleito, para acomodar alguns aliados políticos.

A médica Camila Mourão Duarte com os filhos

Sunset

O jovem Túlio Amaral, filho de Juarez e de Marilda Amaral, convocou o amigo Leo Malta e, juntos, organizaram uma festa na tarde do último sábado. O encontro, que levou o nome de ”Sunset” e que foi realizado no condomínio Villa das Pedras, reuniu a turma de amigos e serviu para o tradicional “bota-fora”, já que Túlio segue esta semana para a Califórnia, nos Estados Unidos, onde passará um ano estudando e atuando como tenista.

Dica

Miriam Guimarães e Edson Gontijo em Machu Pichu

Dança

A fotógrafa Michelle Silva, que nunca abandonou totalmente a dança, movimenta a cena paulista e integra grupo de bailarinos que irão apresentar o espetáculo de ballet contemporâneo “4 movimentos do amor”. O evento será no dia 13 de setembro no CEU Butantã, em São Paulo, e será estrelado pela Companhia Marize Matias.

Waleska Mourão e o filho Mário curtiram as maravilhas de Trancoso

Semana

De 1° a 7 de agosto é comemorada a Semana Municipal do Aleitamento Materno com a intenção de promover os benefícios da amamentação tanto para o bebê quanto para a mãe. Há dois anos a data tornou-se lei municipal. O autor do projeto é o vereador Geraldinho da Saúde, autor do projeto que em 2009 transformou na lei n° 6.960.

Pela primeira vez na capital mineira, a canadense Avril Lavigne faz show da turnê The Black Star, logo mais, às 21h, no Chevrolett Hall, em Belo Horizonte. A cantora vem divulgar o disco Goodbye Lullaby, lançado em março deste ano e promete agitar o público com sucessos como What The Hell, Smile e Black Star. A produtora responsável por trazer a artista para BH é a Nó de Rosa Produções. Além da música, a canadense também se dedica a atividades filantrópicas. Ela fundou o The Avril Lavigne Foundation, que atua em parceria com importantes organizações beneficentes, a fim de projetar e desenvolver programas, conscientizar e mobilizar apoio a crianças e jovens vítimas de doenças ou deficiências graves.


10 VARIEDADES

Horóscopo Bom dia para levantar as mãos para os céus e fazer as suas orações e seus pedidos.

As coisas podem não estar tão ruins como você avalia, lembre-se que a fé também ajuda.

Dê um basta no baixo astral, erga a cabeça e procure forças maiores em sua religião.

Sensibilidade aflorada e percepção extrassensorial ampliada. Acesso ao mundo espiritual.

Possível instabilidade emocional e dificuldade nos relacionamentos. Agarre-se em sua fé.

As pessoas podem estar olhando você meio torto, mande esse azar embora! Recorra à sua fé.

Problemas com comunicações e certas fantasias podem deixar você afastada das pessoas.

Ótimas oportunidades de se destacar perante o público, use um pouco de criatividade.

Alto astral e criatividade para resolver as situações. Fortes intuições vindas do alto.

Quem manda no dia hoje são coisas que você não entende direito: criatividade e fé.

O dia não está para conversas furadas, profundidade e compromisso nos seus contatos.

Dia de ser arrebatada pela sua espiritualidade. Sensibilidade e criatividade ampliadas.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Novelas Cordel Encantado Globo - 18h

Jesuíno descobre que o tesouro de Augusto foi roubado. Inácio confessa a Miguézim que está impressionado com a coragem de Antônia. Jesuíno comenta com Dora que acredita que o tesouro de Seráfia está com Miguézim. Florinda confessa a Zenóbio que está confusa em relação a Petrus. Felipe e Açucena se beijam. Nicolau vê Maria Cesária eTibungo saindo da casa onde estão Augusto e Petrus. Jesuíno e Dora entram na casa de Miguézim à procura de uma arca e são surpreendidos pelo profeta.

Morde e Assopra Globo - 19h

Élcio vai deixar Raquel em casa e se depara com Abner. Xavier visita a casa de Marli e ao voltar para a cidade cruza com Elaine/Élcio na estrada. Áureo sugere que Celeste use um arranjo na cabeça no casamento e ela comenta que tem uma tiara de diamantes para colocar. Isaías leva Virgínia ao museu de cera e arma uma cilada para ela. Leandro procura Palmira e pede para ver Naomi robô. Palmira leva Leandro ao laboratório de Ícaro e ele encontra Naomi robô desligada. Guilherme comenta com Tânia que pretende levar Dulce e Amadeu para o Rio de Janeiro e Tânia rejeita a ideia.

Insensato Coração Globo - 21h

Cortez pega as joias de Natalie e vai embora. Leila conversa com Cecília sobre sua gravidez. Vinícius fala com Serginho sobre o desentendimento que teve com Quim. Daisy pede para voltar a trabalhar com Beto e eles decidem esconder a relação. Léo invade o apartamento do irmão e sabota a mangueira de gás. Pedro acende o interruptor de sua casa e ocorre uma explosão. Raul conta para Marina e Pedro sobre o passado de Norma. Natalie afirma a Douglas que convencerá Haidê a vender a casa de Cortez. Carol se anima quando André concorda em comprar um apartamento com ela. Raul pede para falar com Norma sobre Armando.

Amor e Revolução SBT - 22h15

Feliciana briga com Vadão e diz que ele não podia ter deixado Ana escapar. Ana conta a Lobo Guerra que tem recebido ligações anônimas com frequência. Ana revela ao general que o bandido lhe disse que tinha ordens para matá-la. Ela pergunta a Lobo Guerra se a tentativa de assalto tem a ver com a demissão de Feliciana. Miriam encontra José no parque e diz que Maria decidiu ir para a guerrilha. Ela revela a José que está grávida dele. Thiago comunica Marina que vai sair da casa dela

Vidas em Jogo Record - 22h15

Andrea recebe os taxistas da empresa em sua casa. Eles se irritam com o fato de serem obrigados a andar com os seguranças contratados pela milionária. Andrea diz que ainda não confia em ninguém. O líder dos taxistas afirma que também não confia em sua nova patroa. Zé e Fifi fogem de seus donos. A namorada de Lucas fica surpresa. Patrícia vai até o consultório médico para fazer uma ultrassonografia. A médica diz que o bebê apresenta algumas complicações e afirma que existe a possibilidade de a criança ser portadora da síndrome de down. Patrícia fica chocada. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Após ser vaiado em show em Recife, Luan Santana decide doar cachê forçou o pedido de desculpas que já havia feito no sábado. “Quero mais uma vez pedir desculpas aos meus fãs pernambucanos pelo meu atraso no Maior Show do Mundo. Tivemos problemas com nosso avião”. Esta não é a primeira vez que Luan é vaiado durante uma apresentação. No ano passado, durante evento em São Paulo, ele também foi repreendido pelo público ao cantar o Hino Nacional. No show de Recife, ele voltou ao palco após sua apresentação, a convite de Ivete, para cantar mais músicas suas, e pediu desculpas ao público.

Após ser vaiado durante apresentação em Recife no último sábado (30) - quando atrasou quase duas horas e ficou no palco apenas por 30 minutos - o cantor Luan Santana anunciou em sua página no Twitter que vai doar o cachê do show. Luan era uma das atrações do Maior Show do Mundo, que ainda teve nomes como Exaltasamba e Ivete Sangalo. “Decidi doar todo meu cachê desse show para instituições de caridade de Recife que meu escritório vai definir quais são”, disse. Alguns minutos antes, ele re-

Vera Fischer continua internada em clínica de recuperação A atriz Vera Fischer foi internada na última terça-feira numa clínica de reabilitação para dependentes químicos na Barra da Tijuca, Zona Oeste, do Rio. A atriz, de 60 anos, contou com o

Jiham Souki

apoio de amigos e parentes na decisão de se internar. Em entrevista ao Extra em 2008, Vera falou abertamente sobre o vício: “Esta é a parte mais difícil: admitir que está doente, que tem um proble-

ma. Não adianta alguém impor ou obrigar a nos tratarmos. A gente tem que ter essa atitude. Não cheguei a pedir para me afastar de um trabalho, mas deu muito trabalho me recuperar".

jisouki@hotmail.com

DESAPEGANDO (SEGUNDA PARTE)

No último artigo, discorri sobre o desapego de objeto, de emoções e seus benefícios.Hoje quero aprofundar sobre o desapego nas relações.Sendo estas relações de amizades,filiais,conjugais de trabalho,ou seja todas as interações que temos com os outros. Muitas pessoas sofrem consideravelmente porque ou aprisionam ou são aprisionadas nos relacionamentos. Alguns fazem isso se justificando: Faço isso por amor. Outros tantos dizem que tem medo de perder o amado ou a amada. Os aprisionados reclamam da prisão mais poucos fazem movimento para mudar isso. O conceito de amor está distorcido. Ter posse sobre alguém, jamais significa que está pessoa estará com você de corpo e alma. É fundamental construir a sua individuação, para conseguir estar com o outro. È importante destacar que individuação é muito diferente de individualismo. A individualidade é saber que cada um de nós somos pessoas únicas e não depositar a felicidade nos outros.As relações acrescentam é muito. Mas não é aprisionando o outro que a relação será satisfatória. Mas há pessoas que acham que somente serãofelizes, se dominarem e terem o controle sobre o outro. Cuidado agindo assim perde-se qualidade e satisfação no relacionamento. Deixo para vocês um texto belíssimo que retrata os benefícios de desapegar do controle. “Era uma vez uma menina que tinha um pássaro como o seu melhor amigo. Ele era um pássaro diferente de todos os demais: era encantado. Os pássaros comuns, se a porta da gaiola ficar aberta, vão embora para nunca mais voltar. Mas o pássaro da menina voava livre e vinha quando sentia saudades... Suas penas também eram diferentes. Mudavam de cor. Eram sempre pintadas pelas cores dos lugares estranhos e longínquos por onde voava. Certa vez voltou totalmente branco, cauda enorme de plumas fofas como o algodão... “– Menina, eu venho de montanhas frias e cobertas de neve, tudo maravilhosamente branco e puro, brilhando sob a luz da lua, nada se ouvindo a não ser o barulho do vento que faz estalar o gelo que cobre os galhos das árvores. Trouxe, nas minhas penas, um pouco do encanto que eu vi, como presente para você...” E assim ele começava a cantar as canções e as histórias daquele mundo que a menina nunca vira. Até que ela adormecia, e sonhava que voava nas asas do pássaro. Outra vez voltou vermelho como fogo, penacho dourado na cabeça. “– Venho de uma terra queimada pela seca, terra quente e sem água, onde os grandes, os pequenos e os bichos sofrem a tristeza do sol que não se apaga. Minhas penas ficaram como aquele sol e eu trago as canções tristes daqueles que gostariam de ouvir o barulho das cachoeiras e ver a beleza dos campos verdes. E de novo começavam as histórias. A menina amava aquele pássaro e podia ouvi-lo sem parar, dia após dia. E o pássaro amava a menina, e por isto voltava sempre. Mas chegava sempre uma hora de tristeza. “– Tenho de ir”, ele dizia.

“ – Por favor, não vá. Fico tão triste. Terei saudades. E vou chorar...” E a menina fazia um beicinho... “ – Eu também terei saudades”, dizia o pássaro. “- Eu também vou chorar. Mas eu vou lhe contar um segredo: as plantas precisam de água, nós precisamos de ar, os peixes precisam dos rios... E o meu encanto precisa da saudade.É aquela tristeza na espera da volta, que faz com que minhas penas fiquem bonitas. Se eu não for não haverá saudade. Eu deixarei de ser um pássaro encantado. E você deixará de me amar.” Assim, ele partiu. A menina, sozinha, chorava de tristeza à noite, imaginando se o pássaro voltaria. E foi numa destas noites que ela teve uma idéia malvada: “ – Se eu o prender numa gaiola, ele nunca mais partirá. Será meu para sempre. Não mais terei saudade. E ficarei feliz...” Com esses pensamentos comprou uma gaiola, de prata, própria para um pássaro que se ama muito. E ficou à espera. Finalmente ele chegou, maravilhoso em suas novas cores, com histórias diferentes para contar. Cansado da viagem, adormeceu. Foi então que a menina, cuidadosamente, para que ele não acordasse, o prendeu na gaiola, para que ele nunca mais a abandonasse. E adormeceu feliz. Foi acordar de madrugada, com um gemido do pássaro... “ – Ah! Menina... Que é que você fez? Quebrou-se o encanto. Minhas penas ficarão feias e eu me esquecerei das histórias... Sem a saudade o amor irá embora...” A menina não acreditou. Pensou que ele acabaria por se acostumar.Mas não foi isto que aconteceu. O tempo ia passando, e o pássaro ia ficando diferente. Caíram as plumas e o penacho. Os vermelhos, os verdes e os azuis da penas transformaram-se num cinzento triste. E veio o silêncio: deixou de cantar. Também a menina se entristeceu. Não aquele não era o pássaro que ela amava. E de noite chorava, pensando naquilo que havia feito ao seu amigo... Até que não mais aguentou. Abriu a porta da gaiola. “ – Pode ir, pássaro. Volte quando você quiser...” “ – Obrigado, menina. É, eu tenho de partir. É preciso partir para que a saudade chegue e eu tenha vontade de voltar. Longe,na saudade, muitas coisas boas começam a crescer dentro da gente. Sempre que você ficar com saudade eu ficarei mais bonito. Sempre que eu ficar com saudade, você ficará mais bonita. E se enfeitará, para me esperar...” E partiu. Voou que voou, para lugares distantes. A menina contava os dias, e a cada dia que passava, a saudade crescia. “ – Quem sabe ele voltará amanhã...” E assim dormia e sonhava com a alegria do reencontro...” Jiham Souki é psicóloga Blog:psicologianavidajihamsouki.blogspot.com


POLÍCIA 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Polícia Rodoviária divulga balanço da operação “Férias Seguras” Número de vítimas fatais aumentou em relação a 2010

Flaviane Oliveira

NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

Mais acidentes, mais mortos e feridos graves esse foi o balanço da Polícia Rodoviária de Divinópolis nas três semanas de Operação “Férias Seguras” em Divinópolis e região. O número de vítimas fatais aumentou 140% em relação a 2010. Diferente do balanço passado que houve diminuição, a região apresentou 42% a mais de acidente nas estradas comparado com 2010. Os dados divulgados pela 7ª Região da Polícia Militar Rodoviária correspondem a 51 municípios. O período de férias escola-

res é um bom momento para viagens e passeios em família. Apesar de ser um momento propício ao descanso e lazer, é nessa época, com estradas cheias que muitos acidentes são registrados. Na busca pela segurança e proteção dos motoristas e passageiros, a 7ª Companhia de Meio Ambiente e de Trânsito promoveu a operação Férias Seguras. No entanto os números registrados não foram satisfatórios como foram no ano passado. Em 2010, cinco pessoas morreram durante o período de 16 a 31 de julho. Este ano, o mesmo período registrou 12 vítimas fatais, sofrendo assim

um aumento de 140%. O mesmo aconteceu com o número de acidentes, que de 69 passaram para 98 este ano. A operação foi iniciada no último dia 15. Porém as ações foram intensificadas na tarde de sexta-feira seguindo por toda manhã do dia 16, período em que as famílias iniciam as viagens. A intensificação da operação também ocorreu no final da operação em 31 de julho, quando todos já voltam seguindo em suas residências. Para isso todas as viaturas da Polícia Rodoviária foram empenhadas, militares da área administrativa e da Companhia também estiveram presentes durante o patrulhamento uma vez que o maior fluxo de veículos foi registrado na região em torno de Divinópolis. Para garantir a segurança nas estradas, militares posicionaram em pontos estratégicos com viaturas, etilômetros e radares, para oferecer segurança aos usuários das estradas e também combater

Aumenta número de mortos nas estradas da região mesmo com Operação Férias Seguras

infratores. Durante a operação, militares repassaram aos condutores uma maior consciência ao volante, “Os condutores devem ver no outro veículo não uma máquina e sim o ser humano, que tem os direitos iguais e que quer ir e vir com segurança” reforçou o subtenente Costa, da Polícia Rodoviária. ESTATÍSTICAS Quando questionado sobre

as principais infrações registradas nas estradas nesse período, Costa destaca que a maior parte dos registros são referentes a imprudência do condutor, “A ultrapassagem proibida que as vezes causa acidentes, excesso de velocidade. Há aqueles que também ingerem bebida alcoólica e acham que estão bons para dirigir, então essas são as infrações mais frequentes”. A operação de férias realizada no ano passado apresentou

resultados mais positivos em relação ao mesmo período do ano de 2009. Em 2010 houve a redução de 38% no número de acidentes. O subtenente explicou que no ano passado, na área de abrangência dos 51 municípios da região foram registrados 69 acidentes. Desse total, foram 63 acidentes com vítimas, sendo cinco fatais. Costa reafirmou que muitos condutores ainda insistem em dirigir com imprudência.

Veículos pegam fogo após colisão na MG-050 Mais três pessoas O acidente ocorreu nesse domingo, uma pessoa morreu Divulgação

morreram em acidentes em Divinópolis e região NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

O motorista da Saveiro teve o corpo carbonizado, após colidir com um caminhão de combustível NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

Um homem morreu carbonizado e outro ficou ferido em um acidente ocorrido na MG – 050, próximo a Itaúna nesse domingo (31). Após a colisão, houve um incêndio, uma vez que um dos automóveis envolvidos era um caminh��o que transportava combustível do município de Azurita para Itaúna. O trânsito ficou interrompido parcialmente por quatro horas. Segundo relatos do condutor do veículo MBL, J.N.R.C., 39 anos, motorista do caminhão que transportava combustível, o mesmo transitava pela rodovia no sentido Azurita / Itaúna pelo km 80, quando o outro veículo,

uma Saveiro que seguia sentido contrário invadiu a contramão de direção colidindo frontalmente com a carreta de combustível. Após o impacto, a Saveiro pegou fogo, carbonizando Jonatha Henrique de Lima, 22 anos, condutor do veículo. Compareceu ao local uma equipe do Corpo de Bombei-

ros de Itaúna que controlou o incêndio e uma equipe do Grupamento de Meio ambiente também de Itaúna, visto que a carreta transportava 15 mil litros de combustível, porém o tanque não sofreu avarias; a cabine ficou danificada devido ao choque e ao incêndio e houve apenas um pequeno vazamento de óleo

diesel do tanque de combustível da carreta, que foi controlado. De acordo com a perícia que compareceu no local e realizou seus trabalhos, não houve danos ambientais. O trânsito na rodovia permaneceu em meia pista por cerca de 4 horas para o transbordo da carga e a retirada dos veículos.

Em Cláudio, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas em uma batida nesse último domingo (31), na MG260. Pedro Henrique de Moraes Mascarenhas, de 26 anos, morreu na hora. O motorista e uma passageira do outro veículo tiveram ferimentos leves, foram atendidos e liberados. Já em Divinópolis, dois motociclistas bateram de frente, um deles não resistiu aos ferimentos, morrendo antes de chegar ao Pronto Socorro Regional, o outro morreu na manhã de ontem, 1º de agosto. Pedro Henrique de Moraes conduzia um Toyota Corola sentido Cláudio, quando segundo a Policia Rodoviária, invadiu a contra mão colidindo com uma Courier. Quem dirigia a caminhonete era M.P.R., natural de Desterro de Entre Rios, e D.C.R. como passageira. A colisão ocorreu na Rodovia

MG-060 sentido BR 381/ Cláudio, na altura do km 20, sem motivo aparente, M. se deparou com o Corola transitando pela contra mão de direção, não sendo possível evitar a batida. Pedro Henrique devido a gravidade dos ferimentos faleceu no local.O condutor e a passageira da Courier, tiveram ferimentos leves, foram socorridas pela ambulância da Santa Casa da cidade de Cláudio, sendo conduzidos ate o pronto atendimento médico da cidade. A perícia compareceu ao local, realizou os trabalhos para a liberação do corpo. Divinópolis Em Divinópolis, dois motociclistas bateram de frente na noite desse domingo, no bairro Mangabeiras. J.S.O., de 34 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O outro piloto foi atendido e encaminhado para o hospital em estado grave, mas também não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de ontem, 1º.


12 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Diego Renan quer jogar amanhã

Explicações e desculpas que não convencem Sempre haverá uma justificativa para maus resultados, corretas ou não. Mas quando as coisas não vão bem as “explicações” ficam desencontradas, dentro do próprio grupo, onde cada um acha uma coisa e muita gente fala ao mesmo tempo, sem ter certeza de nada. Ou então, culpa-se o árbitro, mesmo que seja em três jogos seguidos. Mais fácil do que assumir uma ou mais falhas do próprio goleiro, uma zaga vacilante e a demora em definir um time. Joel Santana conseguiu cinco vitórias comandando o Cruzeiro. Depois de tirar a invencibilidade do Corinthians foi chamado de gênio por causa da formação do meio campo que surpreendeu ao adversário. Houve até quem usasse a velha, ridícula e pobre de consistência frase “nó tático” do Papai Joel no Tite. Mudança Na terceira derrota sob seu comando, contra o Botafogo, Joel foi vaiado e chamado de burro pela torcida e por 20 mais comentaristas. O gênio virou uma besta de uma hora para outra. As vaias aumentaram depois das substituições do Gilberto e Fabrício, mas quem vaiou não sabia que o Gilberto já tinha manifestado verbalmente cansaço ao treinador e que Fabrício estava sentindo dores, também querendo sair. Joel pediu a ele que fosse até quando aguentasse. Foi mal Roger apagou incêndio com gasolina, ao dizer dizer que o “Cruzeiro ainda não se adaptou à filosofia de Joel Santana”. Coincidentemente, na capa da revista Placar deste mês, voltada a BH, o técnico cruzeirense, pede, “Me levem a sério”. A instabilidade do Cruzeiro não é culpa do Joel, como não era do Cuca. É um time cuja data de validade está vencendo, se já não tiver vencido. Alguns grandes jogadores, porém, cavalos cansados, que se machucam com frequência ou já não aguentam correr como em tempos atrás. Foco errado Dorival Júnior preferiu jogar, de novo, a culpa da derrota na arbitragem, agora do Sandro Meira

Ricci: “Ele, árbitro, desequilibrou. Estamos tendo contra o Atlético erros constantes, que têm nos tirado pontos importantes. E aqui não é chorar, não. Não é lamentar, não. É uma constatação.” Não vi o Meira Ricci errando ao ponto de prejudicar o Galo. Mesmo depois de rever o lance na TV, não tenho convicção se houve falta do atacante do Palmeiras que originou o segundo gol verde. Convicções Estou convicto que o goleiro Giovani falhou feio no 1 x 0 do Palmeiras, também no terceiro palmeirense. Claro que o Dorival não vai reconhecer que a cada jogo um ou mais de seus jogadores entrega a rapadura, e nessa toada o Atlético vai marcando passo na classificação. Bola pelo alto na zaga atleticana é um suplício. Berola e Wesley entraram bem no jogo. Dá não! Neste sábado perdi minhas ilusões em relação a briga pelo título por um dos nossos clubes. O Atlético tem demonstrado raça, muita vontade, mas nem sempre “querer é poder”. Sem um elenco mais qualificado fica difícil. Tá certo! O Campeonato ainda tem muita bola pra rolar, e com muito boa vontade e fé, dá pra dizer que Atlético e Cruzeiro vão lutar por uma vaga na Libertadores.

www.g37.com.br gazeta@gazetaoeste.com.br

O lateral-esquerdo Diego Renan pode ser a novidade no Cruzeiro para a partida de amanhã, contra o Flamengo, às 21h50, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Recuperado de um estiramento na coxa direita e liberado pelo Departamento Médico, o jogador intensificou o treinamento físico durante a semana passada, e garante estar apto para jogar. “Estou em condições. Fiquei durante a semana passada treinando a parte física, estou à disposição e, se precisar, estarei preparado para ajudar. Seja na lateral direita ou esquerda, o importante é estar preparado para ajudar a equipe”, disse.

Washington Alves / VIPCOMM

chicomaiabd@gmail.com

A situação do Cruzeiro exige mudança, frente o Botafogo, nada deu certo

Na última vez que voltou ao time, o lateral esteve bem e ainda trouxe sorte. O Cruzeiro estava sem vencer no Campeonato Brasileiro e, na 6ª rodada, Diego Renan reapareceu na equipe,

Grupo atleticano treina hoje em Porto Alegre Depois de treinar na manhã de ontem, no CT do São Paulo, o grupo atleticano seguiu para Porto Alegre, onde enfrentará o Grêmio, na noite de amanhã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta segunda-feira, Dorival comandou um trabalho técnico de posse de bola, seguido de treino de finalizações. Hoje, também às 9h, o Galo treinará no CT Pedra Branca, em Porto Alegre. Werley elogiou a exibição do Atlético e pensa que as duas equipes tiveram condições de triunfar. Contudo, o zagueiro acredita que o Alvinegro falhou em alguns lances que culminaram em gol palmeirense. “Nós jogamos bem. No meu ponto de

vista, foi um jogo de igual para igual. Tomamos dois gols que não podemos sofrer. Foi um jogo difícil contra o Palmeiras, mas não adianta lamentar a derrota”, analisou. Embora ainda pense nos erros cometidos no sábado passado, o capitão alvinegro tenta desviar o foco para o duelo contra o Grêmio, na próxima quarta-feira, às 19h30, no estádio Olímpico. Werley espera uma vitória do Galo. “Agora, temos de levantar a cabeça e começar a pensar no jogo da próxima quarta-feira, contra o Grêmio. Não tem outra maneira, a não ser vencer, para nos recuperarmos no campeonato. Não adianta ficar empatando ou perdendo.

que venceu o Coritiba por 2 a 1, em Sete Lagoas. Na sequência, mais duas vitórias: 3 a 0 sobre o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro, na partida que marcou o 100º jogo de Diego como

profissional do Cruzeiro; e 2 a 0 sobre o Grêmio, novamente na Arena do Jacaré, quando se contundiu. Agora, caso volte ao time, ele espera trazer mais sorte. “Espero que sim. Espero que eu possa voltar a jogar e que a equipe possa vencer também. O importante é a equipe estar tranqüila. Sabemos que temos um bom elenco e que podemos brigar pelo título”, afirmou o jogador, bastante confiante. Questionado sobre as lesões, Diego Renan torce para que elas deem um tempo. “Nos últimos dois meses eu tive as lesões mais graves, voltei, fiz três partidas, machuquei de novo. Mas, se Deus quiser, até dezembro, espero ficar longe do departamento médico”.

Bruno Cantini

Chico Maia

Atlético treina para espantar faze ruim

Antônio Lopes deixa o Coelho Alegando problemas particulares, o técnico Antônio Lopes pediu demissão na manhã de ontem e não é mais treinador do América. A diretoria americana já está trabalhando na contratação de um novo treinador. O técnico da categoria júnior, Marco Antônio Millagres, assume interinamente o cargo e comandou o treino da tarde de ontem, no CT Lanna Drumond. Recordista de jogos pelo América, o ex-goleiro Millagres estava comandando o time jú-

nior na disputa da Taça BH. O time americano foi eliminado ontem, nos pênaltis, pelo Fluminense, após empate sem gols no tempo normal. Os jogadores do América reconheceram os inúmeros erros na noite deste domingo, que foram determinantes para a derrota por 3 a 1 para o Coritiba. Mas tentam manter acesa a chama da esperança, prometendo muito trabalho para tirar o time desta situação. "É complicado. não podia ter perdido e agora é tentar

buscar o resultado contra o Corinthians. É muito difícil reverter um placar quando sai perdendo por 2 a 0", reconheceu o zagueiro Otávio, que voltou a ser titular no jogo de hoje no esquema 3-5-2. Givanildo em BH O técnico Gilvanildo Oliveira, até o fechamento dessa edição, negociava o retorno dele ao América. Ele deve ser o substituto de Antônio Lopes, que entregou o cargo. Givanildo já treinou o América duas vezes. A primeira

foi em 1997, quando foi campeão da Série B do Brasileiro. Em 2009, ele retornou ao Coelho para disputar a Série C e conquistou mais um título. Se acertar com o Coelho, Givanildo terá uma árdua missão pela frente. O América está na lanterna do Nacional, com apenas oito pontos, em 13 rodadas. A única vitória até agora foi sobre o Bahia, por 2 a 1, na Arena do Jacaré, na abertura da competição. Depois, o time sofreu sete derrotas e empatou cinco vezes.


ESPORTES 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Hoje será definido o último finalista da LMDD luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A partida de hoje à noite, no Mendes Mourão, entre Flamengo e Vasco da Gama, pela categoria mirim, definirá o último finalista do campeonato promovido para a Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD). Palmeiras é finalista nas categorias de pré-mirim, mirim e infantil. Jusa Fonseca é o adversário no infantil e Flamengo no pré-mirim. O Palmeiras se classificou para a final da categoria pré-mirim depois de vencer o União Belvedere por 3x0, gols de Marcelinho, Caio e Lucas. Na decisão por pênaltis o time da casa levou a melhor, pois dois jogadores do

União erraram o gol. O Alviverde do Afonso Pena faz a final contra o Flamengo, provavelmente domingo, sendo a primeira partida no Mendes Mourão, às 8h15min. O rubro-negro venceu o Bela Vista de Claudio, 2x1, no Mendes Mourão. Na categoria infantil o Palmeiras venceu o Bela Vista por 2x1. O time de Cláudio vencia até 28 minutos do segundo tempo. Igor entrou em campo e mudou a história do jogo. Ele deu nova movimentação a equipe, conseguiu um escanteio e na cobrança, Fusca de cabeça empatou. Na jogada seguinte Igor deu um belo toque de calcanhar para Wellington que marcou o gol da vitória Palmeirense. No Jusa

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

Palmeiras passou pelo Jusa Fonseca e espera adversário para a final

Fonseca, o time da casa venceu o Flamengo por 4x0, e deveria fazer a partida da final ema casa, porém o site oficial da LMDD marca primeiro jogo no Jusão e a decisão no estádio Pelezinho, recebendo assim a grande final das três categorias. A decisão do adversário do Palmeiras na categoria mirim será hoje, no Mendes Mourão, quando o Vasco da Gama, favorito a vaga, pois venceu a primeira partida, entra em campo precisando de uma vitória no tempo normal ou nas penalidades máximas para ficar com a vaga. Para o Rubro-Negro da Estação Velha somente a vitória, no jogo e nos pênaltis, serve para a conquista da vaga.

Way Academia Existe vida além da Taça BH promove aulão de lançamento Mix Jump

O Palmeiras conquistou o direito de jogar a final do mirim depois de vencer o Jusa Fonseca, 2x0, gols de Poeta e André. O time da casa saiu na frente, depois de um cruzamento, Poeta completou e perna direita, a bola tocou no travessão e caiu dentro da meta. O alviverde melhor em campo poderia ter ampliado e o fez no início do segundo tempo, André marcou o gol da classificação. A LMDD deve confirmar os locais, data e horários dos jogos na noite de hoje, com possibilidade de alteração na quinta-feira, a exemplo das semifinais onde na última hora mudaram a data e horário dos jogos do Bela Vista.

Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Divulgação

A Way Academia surpreende mais uma vez com uma proposta dinâmica e diferenciada para seus alunos. Na última quarta, os professores Pablo, Cristian e Priscila realizam um encontro entre os alunos da Modalidade de Jump e realizaram o lançamento do Mix Jump para o segundo semestre. Esta atividade faz parte da programação em comemoração a um ano das atividades da Way Academia, como explica o coordenador Mateus Levi. “Como já sabemos, o Jump é uma das modalidades que estão em alta e cada vez mais em evidência. O público alvo é atingido tanto por homens quanto por mulheres e a demanda cresce com a chegada do verão e a Way Academia com isso irá oferecer uma demanda de horários novos para nossos alunos. Na última semana com o in-

tuito de agradar os alunos houve uma programação especial; nas aulas de segunda e terça-feira com a participação especial de um professor convidado cujo tema foi Aerobahia. As aulas de quarta e quinta contaram com a participação dos professores Christian Bastos (professor de jump), Pablonelli Tiele (professor de jump) e Priscilla Melo (instrutora e coordenadora), para o lançamento do Mix Jump. Além da animação dos alunos teve uma mesa de frutas, sala enfeitada e jogo de luzes para intensificar ainda mais a aula programada. Os interessados na mais nova atividade da Way Academia pode fazer a matrícula e conferir. As aulas de manhã acontecem às quartas e sextas-feiras, 7h15min e 8h15min. As da tarde às terças e quintas-feiras, 16h30min e 17h30min. As noites de segunda a quinta-feira, sempre as 19h.

Restaurante Castanheira Self-service sem balança

R$ 2,49

Aberto de 10h às 14h Segunda à sábado

Rua Pernambuco, 155 - Centro Divinópolis-MG - Tel: (37) 3214-0453

Uma avaliação da participação do Guarani na Taça BH de Futebol Junior mostra a plena necessidade de um trabalho voltado para a competição. A comissão técnica e jogadores fizeram o máximo, e às vezes até mais, mesmo com uma entrega total, não foi possível retirar toda a diferença a favor das grandes equipes do futebol brasileiro. O Bugre estreou com muita vontade. Encarou o Olaria, equipe de potencial e preparada por uma disputa seletiva ocorrida dentro da Federação Carioca de Futebol. Perdeu por 2x0. A segunda partida foi frente o forte Atlético Paranaense. A equipe estava na disputa do campeonato estadual e volta após a Taça BH para o quadrangular final. Reforçou o time com três profissionais, sendo dois da seleção brasileira de base. O jogo ficou 2x1 para o time do Paraná e foi a melhor apresentação do Bugre. Em Nova Serrana as pernas não ajudaram. As jogadas não evoluíram, o time até tentou uma reação, faltou gás, nova derrota, dessa vez 3x2. O placar contrário não desmotivou o time que ainda encarou o Internacional, fez um grande primeiro tempo, no segundo novamente o time sentiu a sequência de jogos e nova derrota, 2x0. Já na última sexta-feira o time entrou em campo sentindo o cansaço. O placar de 5x0 para o Botafogo foi reflexo de uma preparação dos cariocas para a competição. Em momento algum faltou luta e disposição dos jogadores e comissão técnica. As equipes adversárias incorporaram a com-

O Guarani reuniu um elenco de muita coragem e disposição, não demonstrou medo ao encarar os melhores times do Brasil, precisa de continuidade para o ano de 2012

petição em seus calendários e vieram no auge da preparação. Por exemplo, o Atlético Paranaense ainda jogará a fase final do estadual, o brasileiro e já iniciou a preparação para a Copa São Paulo de Futebol Junior. Todos os jogadores elogiaram a preparação física e lamentaram não terem iniciado antes, pois visualizavam uma chance de brigar na igualdade com os grandes. Na avaliação técnica: Rosquinha, Caíque e Guilherme Braga foram os melhores jogadores bugrinos na competição. Sem dúvida alguma eles terão de se juntar ao elenco dos profissionais para a Taça Minas Gerais. Ainda tiveram uma participação expressiva o goleiro Gustavo, imaturo por conta da pouca idade e reduzido número de competições, mas desenvolveu muito com o trabalho feito pelo treinador Ronaldo Gontijo e este crescimento não pode ser interrompido. Os zagueiros: Carola, Igor e Guilherme. Igor foi surpreendido com a titularidade e não comprometeu já Guilherme estava no auge, porém a documentação levou três rodadas para ficar pronta, foi um balde de água fria para ele. Rodolfo Henrique teve grandes atuações

embora muito recuado. Davi é um atacante experiente para a pouca idade e foi prejudicado pelas poucas jogadas de ataque criadas. Jeferson deveria ter se entrosado com o grupo. Pedrinho, com virose, jogou no sacrifício. Renatinho quando necessário esteve sempre preparado. Outros jogadores também tiveram uma participação considerável. Para o treinador Gustavo Brancão a situação podia ter sido diferente se houvesse um tempo maior de preparação e um planejamento específico, não houve e cada um fez o melhor. “Uma avaliação positiva, pois dentro das limitações e a grandeza da competição. A diferença é muito grande, um trabalho difícil, mas estão todos de parabéns principalmente pelo esforço”, avaliou. Um dos destaques da competição, lateral direito Rosquinha também sentiu falta de uma preparação específica e viu a chance de encarar de frente os grandes clubes do Brasil. ““Pouco trabalho é isso que acontece, pouco treinamento para enfrentar equipes fortes, os melhores do Brasil, na parte da raça não faltou, perdemos muitas vezes de bobeira. “Um jogo dia sim e outro

não, fizemos um bom trabalho físico, mas por pouco tempo”, considerou. Outro destaque da competição, o volante Guilherme Braga, emprestado do Uberaba, não ficou satisfeito, espera um acordo entre as diretorias para ficar no profissional para se dedicar ainda mais. “Nunca tinha disputado a Taça BH, e infelizmente nosso objetivo não foi alcançado que era a classificação, mas agora é bola para frente e quem ficar para o profissional é agarrar essa oportunidade. Volto para Uberaba e espero uma definição da diretoria para saber se volto, gostaria muito de vestir novamente a camisa do clube, pois fui acolhido de braços abertos e fico na espera. Tenho um contrato com Uberaba e espero mesmo as coisas surgirem”, confessou. Para Davi, atacante de Luz, também não é diferente, ele garante poder fazer muito mais com a camisa do Guarani. “Valeu a pena pelo aprendizado, entramos com o intuito da classificação, não foi possível, estou esperando para saber do meu futuro, não tenho empresário e aguardo a fala da diretoria do Guarani”, disse.


14 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - TERÇA-FEIRA, 02/08/11

Antecipe suas compras para o Dia dos Pais e aproveite as ofertas! Camisa gola pólo a partir de 29,90 Calça jeans a partir de 45,90 Cueca boxer só 12,90 Camisa + Gravata só 65,00 Calça Social a partir de 35,90 Sueter de cachimier só 65,90 Kit cueca Lupo c/3 unid. só 24,90 Kit c/ 3 Gravatas de Jacard apenas 50,00 Temos Carteira e Cinto de Couro Preço Especial

A INFORMAÇÃO DO MELHOR E MAIS NOVO DIÁRIO DA REGIÃO, TAMBÉM NA INTERNET

Av. 1º de junho, 387 Rua Minas Gerais, 310 Centro - Divinópolis (37) 3221-3942

G37.com.br

Quem acessa, sabe mais.


Gazeta do Oeste