Issuu on Google+

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | quarta-feira,04 de julho de 2012 | ANO XIX | N.º 1.857 | R$ 2,50

DO OESTE

Motorgerais Eis a Spin

Minivan estreia com motor 1.8, 5 ou 7 lugares

Divulgação

Após três anos de espera, conjunto Elizabeth Nogueira é inaugurado Mariana Gonçalves

Câmara

Escola do Legislativo realiza hoje, palestra sobre Propaganda Eleitoral página 03

Saúde

Finalmente contemplados pelo programa Minha Casa Minha Vida, puderam ocupar suas casas. Na tarde de ontem (3), as 300 pessoas sorteadas pegaram as chaves das novas residências. página 05

Após dois anos de espera, obras no Metalurgico reivindica melhorias bairro Dom Pedro II são realizadas nas condições de trabalho Mariana Gonçalves

Ele solicitou mais atenção por parte dos parlamentares e ressaltou que o salário dos metalúrgicos é baixo. página 02

página 07

página 07

Lazer

Escolas e clubes promovem colônias de férias Divulgação

Os moradores do bairro Dom Pedro II, em Divinópolis, agradecem as autoridades pelas melhorias realizadas no bairro. Segundo o presidente do bairro, Everton Jhonas, a espera valeu a pena. página 06

Análise feita em Divinópolis registra aumento no número de focos de dengue

UPA Ponte Funda terá obra entregue amanhã

página 11


02 POLÍTICA

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Evandro Araújo

contato@evandroaraujo.jor.br

Jaime Martins e integrantes do Grupo Parlamentar Brasil/ Alemanha cumprem missão oficial em Frankfurt e Berlim lógica de Minas Gerais (Cefet/MG), Valter Júnior de Souza Leite, que exerce a função de Coordenador do projeto do Centro de Excelência em Transporte Ferroviário do Cefet em Divinópolis (MG).

MG 050 No sábado, a caminho de Belo Horizonte, mais uma vez experimentei toda a fúrica contra a Nascentes das Gerais (sentimento que tenho cada vez que rodo pela MG 050). Desta vez fui obrigado a me arrastar pela rodovia, do trevo do Bento Meni até o posto da Polícia Rodoviária, atrás de três carretas. Um crime pagar R$ 4,10 de pedágio em uma estrada sem dupla e ficar preso atrás de caminhões. Quer mais crimes (crimes sim, porque esse tipo de situação coloca em risco a vida de milhares de pessoas diariamente): as pistas laterais em Itaúna já não tem mais onde ter tantos remendos e trepidação. A duplicação parou. Não se vê nenhum sinal de máquinas trabalhando entre Mateus Leme e Divinópolis, trecho no qual passo com frequência. Também não tenho notícia de grandes obras no sentido contrário. E estrada duplicada é sinônimo de segurança, já que elimina significativamente a possibilidade de dois veículos baterem de frente. O problema é que não vejo o retorno dos R$ 8,20 que paguei no sábado. E o pior é que o contrato é de 25 anos e agora é que se passaram cinco. Quantas vidas poderiam ter sido salvas ao longo dos quase 400 km de estrada se essa fosse uma prioridade da concessionária? Mas os motivos dos constantes reclames deste colunista estão despertando também a atenção de grande mídia da capital. Na segunda-feira, dia 02, o jornal O Tempo reforçou os problemas que já vem sendo denunciados há muito nas páginas desta Gazeta. Confira parte do texto da reportagem: “Cinco anos se passaram desde que, pela primeira vez, uma rodovia brasileira foi entregue à iniciativa privada por meio de uma parceria público-privada (PPP). De lá para cá, o sistema MG-050, BR-265 e BR-491 quase não passou por intervenções que justifiquem os cinco aumentos no preço do pedágio. A cobrança hoje chega a R$ 4,10 para veículos leves... Ao contrário, o que se vê são problemas de infraestrutura e apenas 14 km duplicados numa via de mais de 350 km, que recebe trânsito pesado diariamente. O agravante é que o alargamento das pistas não têm sequer prazo para começar. A cobrança de pedágio nas estradas não pode ser encarada pelas concessionárias apenas como fonte de lucro. O dinheiro precisa ser revertido em melhorias e as tarifas não podem ser abusivas. Essa é a análise do professor de direito administrativo da PUC do Rio de Janeiro, André Tostes. “A legislação exige que as tarifas de pedágios sejam módicas”, explica ele. POLUIÇÃO Repare só como estão os postes de iluminação pública das ruas centrais de Divinópolis. Já não tem onde mais colocar tanto fio. Tem cabeamento de alta e baixa tensão, telefonia, TV a cabo, gato, faixa publicitária, pombos, rolinhas e perto do Teatro Gravatá tem até mato nos cabos de energia. Bem, se você acha pouco, repare que todo dia tem gente espalhando novos cabos. Agora é a vez das fibras óticas, uma grande conquista nas comunicações. Só não entendo porque se essas fibras são tão boas e estão substituindo os cabos antigos porque não tiram os cabos velhos. E vai ficar pior. O mercado de banda larga mais rápida, que tem como base redes de fibra óptica, deve ganhar mais competição até o fim do ano. Nos próximos meses, a TIM e a Oi planejam lançar os seus serviços, fazendo frente à Telefônica, Net e GVT, que ainda nem chegaram a Divinópolis. Nessa brincadeira já estão oferecendo pacotes de 100 megas. Mas os cabos velhos continuam lá. INVASÃO Você acha que são só os sapatos de Nova Serrana e as confecções de Divinópolis que estão sofrendo com a concorrência des-

leal? Pois saiba que até a indústria da fé está pagando caro. A Palavra de Deus está sendo impressa em português em gráficas na China e na Índia. A vantagem comparativa em relação ao impresso nacional chega a superar 50%. De acordo com a Constituição Federal, as importações de livros, jornais, revistas e outras publicações são imunes e não pagam imposto. Se antes já tinha gente rezando para reverter essa situação, agora até comprando a Bíblia para ajudar fica difícil. FAZNEDO ARTE Confesso estar sem palavras para falar sobre o espetáculo do Projeto Fazendo Arte, no fim de semana. Foi algo grandioso, maravilhoso e extremamente profissional. Resultado da dedicação e do profissionalismo dos coordenadores e arte-educadores e, claro, do empenho dos cerca de 1200 estudantes envolvidos. SEM NOÇÃO Tem motorista de caminhão que depois reclama quando as pessoas de um modo geral falam mau dos caminhoneiros. Do alto de suas cabines, alguns acham que são Deus, passam por cima de tudo, deixam pessoas aleijadas, tiram a vida de pais de família.

O deputado federal Jaime Martins (PR) e integrantes do Grupo Parlamentar de Relações Brasil / Alemanha encerraram ontem (3) missão oficial ao país germânico, após agendas de trabalho e visitas nas cidades de Frankfurt e Berlim. Atual vice-presidente do grupo de trabalho, Jaime Martins informou que a missão oficial, (designada pelo Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Federal Marco Maia) teve um amplo roteiro de encontros com o objetivo de integração entre os dois países com a possibilidade de intercâmbio de informações as áreas econômicas, de tecnologia, sustentabilidade e de transportes. “O Grupo Brasil/Alemanha é tradicional e tem proporcionado importantes diálogos aos parlamentos dos dois países. Esta missão oficial, que teve inicio no último dia 27 e que se encerrada ontem (3) proporcionou encontros pontuais e assertivos de integração e troca de informações. Tivemos uma visita ao parlamento alemão (Bundestag), um encontro com o Embaixador Bernhard GrafVonWaldersee, visita à sede mundial do grupo ‘Deutsche Bahn’ com um Seminário sobre sistema de Transporte de Passageiros, encontro esse, inclusive com a presença do Consultor de Desenvolvi-

mento de Projetos Gustavo Gardini, que já fez uma visita a Campus do Cefet/Divinópolis, dentre outras atividades ligados ao setor logístico. Além disso, participamos também do Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2012 que debateu em painéis e workshops aspectos de investimentos, energias renováveis, desafios do setor transporte, infraestrutura e logística, bem como a atual guerra cambial e acordos de cooperação Brasil / Alemanha. Ou seja, uma agenda extensa, mas com ganhos efetivos para a relação de crescimento entre os dois países”, informou Jaime, que destacou ainda que já debateu ações e convênios específicos para o intercâmbio de tecnologias na área ferroviária, que vão fomentar o projeto de Centro de Excelência em Transporte Ferroviário na cidade de Divinópolis (MG). O GRUPO Integrantes do Grupo Parlamentar de Relações Brasil / Alemanha, os deputados Renato Molling (PP/RS) e Carlos Eduardo Vieira Da Cunha (PDT/RS) também acompanharam o Deputado Federal Jaime Martins (PR/MG) na missão oficial em solo europeu. Também fez parte da missão oficial o Doutor em Engenharia Elétrica e Professor do Centro Federal de Educação Tecno-

Encontro Econômico A Alemanha é considerada uma das maiores potências econômicas e tecnológicas da Europa. No comércio com o Brasil, dados de 2011 apontam que exportações brasileiras para a nação germânica somaram US$ 9 bilhões (crescimento de 11% em relação ao ano anterior), enquanto as exportações alemãs foram de US$ 15,2 bilhões. Para fortalecer essa relação, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e sua congênere alemã, Bundesverband der Deutchen Industries (BDI), realizam anualmente o Encontro Econômico Brasil – Alemanha. Em 2012, o Encontro foi realizado na cidade de Frankfurt, de 2 a 3 de julho. Na ocasião, foram realizados painéis sobre o diálogo entre o setor público e privado e oportunidades de negócios entre os dois países. Em workshops, os participantes do Encontro debateram sobre inovação e pesquisa, logística, mobilidade urbana, infraestrutura, desafios do setor de energia, agronegócios, inserção internacional de pequenas e médias empresas e cooperação na área de saúde. O evento englobou, ainda, o 30º Encontro Empresarial e a 39ª Reunião da Comissão Mista de Cooperação Econômica Brasil – Alemanha, de cunho governamental. Foi realizada também, com o apoio do Conselho Integrado das Câmaras Alemãs no Brasil, a Cerimônia de Outorga do Prêmio Personalidade Brasil – Alemanha, conferido àqueles que se destacam na dinamização dos negócios bilaterais. Centro de Excelência O projeto do Centro de Ex-

celência em Transporte Ferroviário em Divinópolis é uma iniciativa do Deputado Federal Jaiminho Martins que vem ao encontro da necessidade de novas tecnologias e modais de transporte que sejam viáveis e com o princípio da sustentabilidade. Esta idéia se formaliza em Divinópolis (MG), uma cidade de vocação e história ferroviária, em um grande centro tecnológico e acadêmico do setor. “Divinópolis reúne hoje todas as condições de ser a sede de um centro de excelência em educação ferroviária. Não só pelo histórico da cidade, pela vocação dos profissionais, pela mão de obra de qualidade. Mas também por estar alinhada em um grande processo que envolve o setor acadêmico e o mercado. Por isso, nossa expectativa é de que o transporte sobre trilho possa resolver o grande problema que nós temos hoje que é o problema da mobilidade, tanto a mobilidade urbana como a mobilidade entre os principais centros do país. Nesse sentido, em uma parceria entre Governo Federal, o Campus do Cefet de Divinópolis, ANTF, FCA, Sest/ Senat, Vale e outras entidades do setor, inclusive, multinacionais, queremos transformar em realidade esse Centro de Excelência em Educação Ferroviária. Ele estará produzindo profissionais técnicos, engenheiros e pós-graduados, para fazer essa absorção dessa tecnologia, até em parceria com outros países e atender aos grandes desafios que o Brasil precisa hoje para se desenvolver no setor de transportes”, avaliou Jaiminho, endossando mais uma vez o seu empenho junto ao Governo Federal na garantia de recursos para a efetivação do projeto.

Cidadão reivindica melhoria na saúde e segurança do trabalhador Conforme, Ivan Antônio, é preciso de mais atenção em relação ao salário dos metalúrgicos Assessoria Câmara Municipal

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

A Reunião Ordinária que foi realizada na Câmara Municipal, às 14hs, com a participação dos parlamentares, contou com a presença do diretor do Sindicato de Metalúrgicos de Divinópolis, Ivan Antônio de Oliveira, que pautou na tribuna livre, tema relacionado com a saúde e segurança do trabalhador. Conforme Ivan Antônio, o salário dos metalúrgicos da cidade é baixo e com isso os metalúrgicos são prejudicados. Para ele, o trabalhador deveria ter melhores condições para exercer o trabalho. “Assistimos nos últimos anos o crescimento de diversos produtos de consumo, dessa forma, é preciso entender que o nosso piso salarial que oscila entre R$701,05 e R$840,00; não atende a manutenção das condições de vida, tais como acesso pleno a saúde e educação de

qualidade”, ressaltou. Ivan Antônio ainda acrescentou durante o seu pronunciamento que o nível salarial dos metalúrgicos não vai de acordo com a riqueza que é produzida pelas empresas instaladas no Centro-Oeste. “Nós queremos um salário que equipare com o trabalho que desenvolvemos. Em Estados mais pobres, os metalúrgicos recebem 50% a mais do que nós”, disse. Em relação a não atenção à saúde e a segurança do trabalho, Ivan Antônio, relatou que já houve casos onde familiares dos trabalhadores já faleceram e que somente nesse ano já foram constatada três mortes no Município. No final do seu discurso, o tribuno solicitou aos parlamentares, que eles tomem as devidas providências diante essa situação. “Gostaria que vocês atuassem junto com Ministério Público para haver uma fiscalização mais rigorosa

Ivan Antônio reivindicou mais atenção no salário dos metalúrgicos.

para que os metalúrgicos trabalhem de forma correta e segura. Quero que os vereadores que estão aqui presentes entendam a minha reivindicação, pois é fundamental que nós lutemos pelos nossos salários e pelas melhorias da nossa condição de trabalho”, declarou. Ele encerrou dizendo que a alternativa que ele busca é

a aplicação de um Centro de Referência de Saúde do Trabalhador de Divinópolis e Região (CEREST), com uma parceria com a Secretaria de Saúde, com o objetivo de fazer com que o trabalhador não tenha a saúde prejudicada no trabalho e sim que ele tenha melhores condições para exercer o exercício da sua profissão.


política 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Vereador Beto Machado protocolou requerimento para acabar com o voto secreto A solicitação foi feita para a Mesa Diretora da Câmara Municipal Arquivo GO

Beto Machado disse que o fim do voto secreto é fundamental, para a aprovação de algum determinado projeto. Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

Durante a Reunião Ordinária na Casa Legislativa, que

ocorre às 14h, todas as terças e quintas, foi pautado o tema relacionado ao Voto Secreto, no qual já é um projeto que foi aprovado na Casa Legislativa

de Belo Horizonte, e que o vereador Beto Machado (PSDB), decidiu elaborar um requerimento para Mesa Diretora da Câmara Municipal, propondo que essa proposta seja instalada no plenário legislativo em Divinópolis. De acordo com o parlamentar, o objetivo do projeto é a apresentação da transparência no momento do voto por parte dos parlamentares. “Essa proposta já foi homologada na capital mineira. Eles estabeleceram o voto secreto naquela respectiva Casa e nesse contexto já que nós manifestamos alguns dias atrás a respeito da questão, pelo fato de que no nosso entendimento, o voto não mantém a transparência na votação, principalmente, de vetos e também de outros projetos, nós então, fizemos um requerimento para o fim do voto secreto, mas entendemos que talvez isso possa demorar. Nós estaremos então protocolando essa proposta de emenda da lei orgânica evidentemente com

mais cinco vereadores e assim nós estaremos colocando para que seja votado no segundo semestre a extinção desse voto nessa casa”, esclareceu. Ao ser questionado se ele acredita que com a extinção do voto secreto, a votação será mais democrática, Beto Machado, respondeu que sim, que essa forma de votar será mais transparente, sendo que cada vereador vai ter a possibilidade de entender os motivos por qual o parlamentar votou contra ou a favor e saber o seu voto. “De certa forma é um clamor social, pois nós entendemos que trará mais transparência. Nós entendemos que essa não é uma reivindicação somente minha, mas também da população popular”, relatou. Durante a entrevista, Beto Machado, abordou algumas situações complicadas que já ocorreram na Câmara, nas quais se estivesse já concretizado o veto secreto facilitaria nas decisões finais de alguns projetos. “O veto secreto faci-

litaria em alguns fatos que já ocorreram na Câmara, como por exemplo, quando a votação do veto sobre a Organização Social, a OS, apresentou diversas divergências, inclusive, o veto foi derrubado e houve por parte dos vereadores, uma desconfiança, isso gerou uma série de crises e nós a partir dessa situação, decidimos buscar mecanismos de acabar com o voto secreto, que no nosso entendimento é uma forma de darmos mais clareza para que a população saiba como os vereadores votam nessas situações mais complicadas. O nosso regimento interno, no artigo 243, no inciso I, II e II, tem as previsões da qual o voto secreto, ele é colocado em prática. Ele é aplicado nas hipóteses de cassação do vereador, na votação do veto e também na votação do projeto de resolução impugnado”, afirmou. Na tentativa de acabar com o veto secreto, Beto Machado, protocolou o requerimento 103/2012, solicitando para a

Mesa Diretora da Câmara Municipal, o fim desse voto. Junto com essa solicitação, o parlamentar, também cobra mudanças no sistema de eleição da Mesa Diretora, com as chapas sendo registradas com antecedência e os candidatos apresentarem propostas ao invés de discutir o loteamento de cargos de confiança. “Claro que a decisão deve ser da Mesa Diretora e não do vereador, mas eu fiz algumas sugestões, além do pedido do fim do voto secreto, como por exemplo, aquela questão da alteração da eleição da Mesa Diretora, com a proposta de que as chapas sejam registradas dez dias antes do pleito, para que cada candidato possa apresentar a sua proposta de gestão para acabar com aquela eleição que termina altas madrugadas”, encerrou. O requerimento seria entregue para a Mesa Diretora para as possíveis soluções para a solicitação do vereador. Beto Machado, afirmou que as respostas podem demorar, mas que ele está confiante.

Palestra sobre Propaganda Eleitoral será realizada pela Escola do Legislativo O objetivo do encontro é esclarecer as dúvidas para a campanha eleitoral de 2012 Carla Mariela

A palestra será realizada no plenário legislativo, por meio da Escola Legislativa da Câmara Municipal de Divinópolis. Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

A palestra que visa esclarecer como vai funcionar a propaganda eleitoral nas eleições desse ano será realizada hoje, às 16h, no plenário legislativo, por meio da Escola Legislativa da Câmara Municipal de Divinópolis. O conteúdo da palestra será direcionado para candidatos que estão compondo a chapa proporcional e majoritária, para os representantes dos partidos políticos e para o eleitor ou pessoas que estiverem interessadas nos detalhes da propaganda eleitoral. O objetivo principal é fazer com que todos os convidados entendam o que pode ou não ser feito durante a campanha eleitoral. Os convidados presentes serão orientados

sobre como eles deverão agir no processo da eleição de 2012. Quem vai esclarecer as dúvidas diante o assunto, são: o Juiz Eleitoral, Dr. José Maria dos Reis, o Juiz de Direito Dr. Mauro Riuji Yamane, e os promotores Eleitorais Dr. Sérgio Giudin e Dr. Gilberto Osório Resende. A resolução de número 23.370/2011 foi publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral com as regras que devem ser seguidas pelos candidatos nas eleições 2012. Conforme, o site TRE/MG, a propaganda eleitoral só será permitida a partir do dia 06 de julho. De acordo com o Juiz Eleitoral, José Maria, a propaganda eleitoral segue uma legislação anterior. “Existe uma série de legislações que envolvem a questão da propaganda eleitoral. Temos

a resolução do TSE, sobre o que pode e o que não pode, e resoluções do tribunal regional eleitoral também sobre a questão do pleito que vai ser realizado agora no final do ano”, afirmou. A partir do dia 06 de julho, entre 8h e 22h, pode utilizar alto-falantes ou ampliadores de som, porém, não pode usá-los próximo às sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, nos hospitais, nas casas de saúde, igrejas, dentre outros. Em relação a passeatas e carreatas são permitidos a distribuição de material gráfico e o uso de carro de som com jingles. O que não pode fazer nas passeatas é utilizar microfones para transformar a passeata e carreata em comício. Os candidatos não poderão colocar outdoor pela cidade, se isso ocorrer, o candi-

José Maria afirmou que no site do TRE tem um link sobre o que pode e o que não pode.

dato, partidos e coligações será penalizado, sendo que além de ter que retirar o outdoor, terá que pagar multas. Em relação às redes sociais, José Maria, relatou que no site do TRE tem um link conhecido como orientações sobre a propaganda eleitoral e é disponível para todos que estiverem com dúvidas. “No site está bem especificado, pois o TRE procurou buscar de uma forma bem completa tudo aquilo que acontece nas eleições e procurou estudar diante dessas legislações colocarem o que pode e o que não pode, então, fica realmente mais fácil para os candidatos, para os partidos e até para o povo no geral ter conhecimento disso, pois o Juiz na verdade fica a distrito a legislação, e diante dela que podemos

analisar caso a caso. Eu não posso dizer, por exemplo, que isso pode dessa forma, ou não pode daquela forma, pois vai depender de cada situação, de cada caso que vier para podermos decidir, mas o importante é isso, tem o link no site do TRE a disposição de todo mundo, até para esclarecimento para aquele candidato que participará das eleições pela primeira vez”, esclareceu. É importante que os candidatos saibam que as publicações realizadas nos jornais e nas revistas, terão até a antevéspera das eleições, para divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita. O que eles não podem fazer é publicar a propaganda eleitoral que excede a 10 anúncios por veículo, em datas diversas, para cada candidato, em um es-

paço máximo, por edição de um oitavo de página de jornal padrão e um quarto de página de revista. Também não podem deixar de constar no anúncio, de forma visível, o valor pago pela inserção. O rádio, televisão e internet também têm as normas a serem seguidas. A regra vale tanto para o candidato a vereador, quanto para o candidato a prefeito. Por fim, o intuito da palestra é fazer com que aquelas pessoas que ainda não estão por dentro do que pode e do que não pode na propaganda eleitoral, esclareçam as suas dúvidas. A Escola do Legislativo é um órgão da Câmara que tem como objetivo integrar a comunidade para a cidadania. O propósito dessa escola é esclarecer todas as dúvidas da população sobre o legislativo.


04 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

editorial

Palavras mágicas “Desde que o mundo é mundo” que o ser humano tenta mudar sua direção trilhada por suas ambições, escolhas, transformações métodos tecnológicos e assim por diante. Mas há alguns poucos anos, as pessoas começaram a se preocupar com o rumo em que vem sendo desenhado para o fim de nosso globo terrestre. Daí olhando de dentro pra fora, os seres humanos descobriram os problemas que cercam nossa camada de ozônio, nossos rios, nosso ar, nossas terras improdutivas... Há alguns poucos anos, as pessoas começaram a se mobilizar e as palavras mágicas da época foram: ‘proteger a camada de ozônio’; depois veio ‘proteger a pele dos raios ultravioletas’ (contra o câncer de pele); em seguida surgiu a ‘globalização’ que pode se considerar uma das palavras mais citadas nos quatro cantos do mundo. Independente do continente em que estivesse, os seres humanos por muito tempo discutiram a ‘globalização’ e seus efeitos futuros para o mundo em que vivemos. Já cinematografaram carros voadores, tele-transportar pessoas, voltar ao passado ou avançara para o futuro, e até mesmo profetizaram o fim dos tempos programado para 21 de dezembro deste ano de 2012 em que ainda vivemos. Tudo isso retrata um pouco do inconsciente humano, que por muitas vezes sabe ‘os males’ e ‘o bem’ que fazem para o futuro da humanidade seja voluntariamente ou não. E para este século XXI a palavra mágica é: SUSTENTABILIDADE discutida entre empresários, líderes comunitários, lideranças políticas, formadores de opinião e sociedade civil. Sustentabilidade é um termo usado para definir ações e atividades humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Ou seja, assustentabilidade está diretamente relacionada ao de-

“Considerando que em período eleitoral os candidatos pleiteiam em seus planos de governo assuntos pautados como: meio ambiente, saúde, educação, mobilidade urbana e a tão falada sustentabilidade que esta em seu melhor momento para ser despejada entre as chapas e coligações. Contudo, o momento de sair das discussões em cima de ‘palavras mágicas’, e sim trazer soluções mais efetivas para o município, chegou [...]”

senvolvimento econômico e material sem agredir o meio ambiente, usando os recursos naturais de forma inteligente para que eles se mantenham no futuro. Seguindo estes parâmetros, a humanidade pode garantir o desenvolvimento sustentável. E partindo desta premissa, nossa cidade Centenária também segue as tendências se engajando em projetos paralelos aos propostos na recente RIO+20. Considerando que em período eleitoral os candidatos pleiteiam em seus planos de governo assuntos pautados como: meio ambiente, saúde, educação, mobilidade urbana e a tão falada sustentabilidade que esta em seu melhor momento para ser despejada entre as chapas e coligações. Contudo, o momento de sair das discussões em cima de ‘palavras mágicas’, e sim trazer soluções mais efetivas para o município, chegou, é agora na hora de escolher seu candidato, pois algumas palavras mágicas podem surgir em meio aos discursos! Pensem nisso... ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Marcos Fábio

olharempreendedor@formatar.com.br

Observatório de imprensa

www.observatoriadaimprensa.com.br

VOCÊ USA A INFORMÁTICA A SEU FAVOR?

O fim do “furo” e do “fechamento”

Na semana passada passamos a refletir sobre uma série de pendências que rodeiam a gestão dos negócios. Usamos para isso uma pesquisa do SEBRAE que identificou as principais deficiências da gestão. Dentre essas pendências, descobrimos que 80% das empresas não utilizam corretamente os recursos de informática para gestão do negócio; Vamos a uma rápida pesquisa: para que você utiliza a tecnologia da informação na sua empresa? a. ( ) Acessar e-mail; b. ( ) Acessar a internet; c. ( ) Usar o sistema para cumprir as exigências fiscais (SINTEGRA, ST, Etc.); d. ( ) Reunir um bando de dados que não está sendo usado para nada; e. ( ) Gerenciar sua carteira de clientes com indicadores de desempenho comercial; f. ( ) Gerencias suas operações de compra, estoque e logística; g. ( ) Gerenciar as finanças da empresa gerando DRE, Balanço e Fluxo de caixa diário atual e futuro; h. ( ) Gerar relatórios gerenciais que lhe permita uma rápida tomada de decisão no seu setor/negócio;

A cultura do “fechamento” está com os dias contados no jornalismo. A rotina já acabou porque as novas tecnologias já impuseram o ciclo 24 horas sete dias da semana na produção de noticias. Mas um hábito entranhado há décadas morre mais lentamente. Esta é a razão para problemas como o ocorrido esta semana nos Estados Unidos, a propósito de uma decisão judicial sobre um tema complexo. O veredito da Suprema Corte provocou interpretações divergentes entre jornais, redes de TV, sites de notícias e noticiários radiofônicos. Mas a polêmica que interessa é a que se estabeleceu entre os jornalistas sobre qual a forma correta de lidar com uma situação como esta. Pela primeira vez em muitos anos, em vez de recriminações mútuas os profissionais trataram de achar a solução. O caso da decisão judicial americana mostra como a pressa em ser o primeiro entra em conflito com a necessidade de informar corretamente. A conclusão geral foi de que a pressa deve ser sacrificada, o que significa uma virtual sentença de morte para a cultura do “furo” jornalístico. Mas a preocupação em ser o primeiro não é a única vítima nessa mudança de hábitos, rotinas e valores nas redações e fora delas. A necessidade de imprimir notícias levou os jornais a parar a produção de informações num momento determinado, que ficou conhecido como hora do fechamento, ou deadline. É a hora fatal para o profissional, pois ela determina se ele foi o não bem sucedido na sua missão de obter tudo aquilo que o leitor precisa saber. As novas tecnologias de comunicação e informação (TICs) acabaram também com essa tradição jornalística ao permitir que as notícias possam ser publicadas na web sem hora de fechamento. Isso não significou apenas o fim de uma rotina, mas também uma mudança no conceito de notícia. Ela deixou de ser algo com prazo de validade para se transformar num processo, já que a internet permite atualizações e reformulações a qualquer momento. Isso muda bastante a rotina das redações, mas também a dos leitores. Para os jornalistas, a mudança afeta a forma como tratam a informação, especialmente as mais complexas e especializadas. Em vez daobsessão com o furo e com o fechamento, os profissionais passam a se preocupar com o processo de produção da informação. Em vez de entregar um pacote informativo fechado em prazos determinados, os jornalistas passam a produzir uma sucessão de detalhes, novos enfoques, percepções e contextos de forma cumulativa, num processo que pode implicar em correções e recuos. O erro, quando reconhecido e corrigido, deixa de ser um pecado mortal para ser um acidente normal de percurso investigativo. No lado do leitor, ele terá que, gradualmente, passar a encarar a notícia como um processo de descoberta da realidade e formação de conhecimento individual. Isso fará com que ele tenha que substituir a postura passiva atual por outra proativa, já que ele não receberá mais um produto acabado, mas algo em permanente construção. Essas mudanças estão sendo estimuladas pela avalancha informativa deflagrada pela internet e pela web, responsáveis diretas pela maior percepção da complexidade das informações transmitidas aos leitores. A complexidade sempre existiu, mas nós não tínhamos condições de percebê-la porque os dados disponíveis era poucos. Como hoje o número de versões e percepções cresceu exponencialmente, os leitores passaram a ter um trabalho extra de selecionar e interpretar noticias, em vez de digeri-las sem reflexão.

Não me admiraria se a sua resposta se concentrar nas letras “a”, “b”, “c” e “d”. A famosa frase de Peter Drucker¹ “Se você não pode medir, você não pode gerenciar” nos ensina que verdadeira gestão se apóia em tomadas de decisão assertivas e na gestão da evolução dos indicadores. Um exemplo disso é que você não emagrece de uma única vez, mas aos poucos. Para isso a balança e a fita métrica são importantes aliadas para o monitoramento dos resultados e para lhe dizer se suas ações estão ou não sendo eficazes. Por algum tempo, enquanto ainda somos pequenos, até podemos conseguir tomar decisões confiando nas informações que estão em nossa cabeça, porém, à medida que a empresa cresce isso se tornará impossível. Vejamos o exemplo da gestão de uma carteira de clientes: se sua empresa possui 30 clientes você conseguirá se lembrar de todos e ainda monitorar sua rotina de compras, mas se você tiver 300, a coisa se complica. Ter um computador na empresa não significa usar recursos de informática. Aliás, o termo informática, segundo a Wikipédia, é usado para descrever o conjunto da ciência da informação (fonte: http://pt. wikipedia. org/wiki/Informática). Diante disso, uma pergunta se faz necessária: do que adianta termos o melhor computador, o software mais caro se ele não produz informação rápida e confiável para a tomada de decisão? Ou ainda, se seu sistema possui bons relatórios gerenciais, você reserva um tempo para analisar esses relatórios e para tomar as decisões baseadas neles? Veja a seguir uma série de perguntas cujas respostas só serão possíveis se você realmente utilizar de forma correta o seu recurso de informática: a. Quantos de seus clientes, que te compraram nos últimos 12 meses que representam 80% de sua venda? b. Quantos dos seus clientes que te compram hoje e que não faziam parte de sua carteira de clientes em 2010? c. Quantos de seus clientes atuais já estão há mais de 03 meses sem te comprar? d. Qual é o bairro ou a região que você possui a maior penetração de mercado? e. Qual a média de seus custos fixos nos últimos 12 meses? f. Quanto representa (em %) suas despesas não operacionais em relação ao seu faturamento? Para que saber isso? A resposta é simples, objetiva e direta: para não andarmos no escuro e sermos mais assertivos na condução dos negócios. Boa semana a todos! Marcos Fábio Administrador de empresas e mestre em administração profissional com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas 1. Peter Drucker foi escritor, professor e consultor administrativo de origem austríaca, considerado como o pai da administração moderna.

Por Carlos Castilho


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Conjunto Elizabeth Nogueira é inaugurado Mais de 300 pessoas, foram beneficiadas com o sonho da casa própria Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

Após 3 anos de espera, os contemplados pelo programa Minha Casa Minha Vida puderam na tarde de ontem (3), enfim pegar as chaves do novo lar. A entrega do Conjunto Elizabeth Nogueira marcou o fim de uma longa espera pra muitas pessoas. A auxiliar de educação básica, Marisa Cordeiro, foi uma das sorteadas pelo Minha Casa Minha Vida. “Nossa, foram mais de dois anos esperando. Hoje não tenho nem palavras para descrever o tanto que estou feliz. É a realização de um sonho”, afirma Marisa Cordeiro. O conjunto possui trezentas e onze casas, mas, nem todas serão entregues “hoje nós vamos entregar 281 casas, que já estão prontas. O conjunto tem 311 casas, mas devido a um problema na Caixa Econômica Federal, a documentação de 30 casas ainda não chegou”, explica Liliane Rios, superintendente adjunta de

Habitação. Uma nova data será marcada para que as outras 30 casas sejam entregues. Mesmo que a tarde de ontem não tenha sido comemorada por todos os sorteados. A entrega de mais da metade das casas, marca uma grande conquista para os novos moradores, e para a cidade. No evento de inauguração marcaram presença, os representantes da Caixa Econômica Federal, além do prefeito Vladimir Azevedo, e o vice, Francisco Martins. O vice prefeito, que está a frente dos projetos Minha Casa e Minha Vida, ressalta que se sentiu muito emocionado. A entrega das casas significava muito mais, do que um simples projeto de governo. “A gente vê que cada pessoa aqui, vai entrar no seu lar, o que é sonho de uma vida inteira. Então, pensar que tem três anos que nós estamos trabalhando para fazer este sonho virar realidade é muito bom. Fico emocionado e com o sentimento de dever comprido”, completa Francisco Martins. As comemorações de entrega

Mariana Gonçalves

Os contratos assinados, marcaram o fim de uma longa espera dos novos moradores

do conjunto Elizabeth Nogueira, contou com a apresentação de algumas bandas da cidade, e uma área de lazer para as crianças. As emoções tomaram conta das pessoas que estava na fila para assinar os contratos. Uma delas e Celestina Ribeiro de Almeida, “Estou para “explodir” de tanta emoção, porque mesmo que a gente já está esperando há muito tempo por isso, o fato de poder pegar as chaves, mostra

que o sonho é verdadeiro, que realmente a gente conseguiu”, afirma. Quem também realizou o sonho da casa própria, foi Marisa Cordeiro, que segundo ela, quando realizou a inscrição não acreditava que pudesse ser sorteada. “Nossa tenho dois momentos que pra mim, serão lembrados pra sempre, no dia em que fui sorteada no Minha Casa Minha vida, e hoje porque estou pegando as

Decreto Regulamenta uso da Praça do Santuário de Santo Antônio

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Após as obras de revitalização da Praça Benedito Valadares, a praça voltou a ser ponto de lazer e encontro para muitas pessoas. Visando manter o espaço em boas condições e sendo usado de forma saudável, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios Mineiros de ontem (3), o decreto que regulamenta o uso do espaço da Praça mais conhecida como Praça do Santuário. Para a aprovação do decreto uma série de fatores foram levados em conta. Entre os pontos considerados está o fato de que a Praça Benedito Valadares é considerado como Centro Cultural do Povo, um espaço público destinado ao lazer e atividades artísticas e culturais. O decreto considera ainda o fato de que o espaço foi reaberto após obras de reforma e revitalização e que os frequentadores da Praça tem direito ao uso do espaço, da forma para o qual é destinado. Outro ponto levado em conta se refere ao fato de que é obrigação da administração municipal

cuidar dos bens públicos e garantir a utilização de forma correta desses espaços e também o fato de que o município possui áreas para práticas esportivas como ciclovias e pista de skate. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Pedro Coelho, as medidas do decreto visam manter a revitalização da praça. O secretário conta que após a entrega das obras na praça, uma série de reuniões foram realizadas para decidir a melhor forma de conter a degradação no espaço da praça. Dessa forma, a melhor solução encontrada foi a elaboração do decreto que entrou em vigor ontem. Para o secretário, as medidas estipuladas visam o controle do número de eventos abertos realizados na praça e assim a diminuição da depredação dos jardins e outros espaços. Outro trabalho que será realizado no local será em parceria com os vendedores ambulantes que vendem gêneros alimentícios todos os dias nas proximidades da praça. As ações junto a esses profissionais irá visar a maior organização e preservação da praça.

REFORMAS Recentemente a praça passou por revitalizações. A praça recebeu iluminação em pontos estratégicos e uma nova jardinagem e o local também ficou mais acessível com rampas para deficientes físicos. Além disso, novos bancos foram colocados e todo o jardim foi replantado. As fontes da praça também passaram por melhorias e agora já estão funcionando.

MINHA CASA MINHA VIDA II As primeiras casas mal foram entregues, e já começaram as inscrições para o Minha Casa Minha Vida II, as inscrições começaram no último sábado, e até o momento já passaram de dez mil inscritos no programa. Liliane Rios, explica que o lugar para a construção de mais duas mil

No ultimo dia (28), a companhia iniciou uma obra no Beco da Cerâmica, e até agora a obra não foi finalizada Mariana Gonçalves

Flaviane Oliveira

O decreto visa manter a revitalização da praça

casas, ainda está em negociação. Mas que a meta, é que para o final do ano que vem, boa parte dessas duas mil casas, sejam entregues. O vice prefeito Fransciso Martins, diz que devido ao grande sucesso do Minha Casa Minha Vida I, espera que para que em 2013, esse mesmo sucesso possa ser repetido. Tanto no prazo de entrega das obras, quanto na realização do sonho de muitos divinopolitanos.

Buraco feito pela Copasa no Planalto causa problemas

As medidas visam garantir o cumprimento do Código de Posturas do Município DETERMINAÇÕES A partir do decreto fica proibida a comercialização de qualquer produto, exceto os que já tem autorização da Prefeitura por meio de alvará. O consumo de bebidas alcoólicas na praça também passa a ser proibido. O decreto determina ainda a proibição do uso de veículos motorizados e de tração humana, como bicicletas, triciclos. Somente crianças até 10 anos de idade acompanhadas dos pais ou responsáveis poderão usar bicicletas na praça. Além disso, qualquer outra atividade artística ou cultural a ser realizada na praça deverá receber a autorização expressa do Administrador do Espaço. As atividades nas ruas do entorno da praça com previsão de grande público, também deverão receber parecer prévio do administrador da praça. Essa fiscalização será atribuída ao Gerente de Parques Jardins e Iluminação Pública a administração da Praça, cabendo a ele a responsabilidade pela conservação, manutenção utilização e segurança do local.

chaves da minha casa. Veio em boa hora mesmo”,finaliza Marisa

Segundo José Antônio Costa, deficiente visual, o local apresenta risco para ele e para os outros moradores. Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

Os moradores do bairro Planalto em Divinópolis, reivindicam uma solução da Copasa, para a obra realizada na semana passada . O problema começou quando a Copasa abriu um buraco na rua Beco Da Cerâmica, para arrumar a rede de esgoto do local. O buraco que ainda se encontra aberto, esta gerando grandes transtornos aos moradores. José Antônio Costa, reclama que a passagem de um lado para o outro no local esta difícil, a rua é um beco estreito e o buraco aberto esta atrapalhando a passagem das pessoas. “ Esta muito ruim passar aqui na rua, eu sou deficiente visual, então é um risco muito grande de cair”, afirma. O morador ainda reclama que os funcionários da Copasa deixaram além do buraco aberto na rua, um monte de pedras amontoadas, impedido a passagem no local. “Minha vizinha, Maria, é quem tirou essas pedras do caminho e juntou elas no

outro canto, perto do buraco. E a filha dela, teve que pegar um plástico, para tampar um cano ali que estavam espirrando água pra tudo quanto é lado,” afirma José Antônio. Segundo relato dos moradores, seis pessoas que estão enfrentando problemas com a obra tentaram entrar em contato com a Copasa. A resposta, foi que a obra seria finalizada na semana passada. Até na segunda-feira a obra se encontrava do mesmo jeito. Novas tentativas de contato foram feitas pelos moradores, e uma nova data foi passada. Que ainda segundo a população, o término da obra estava previsto para sexta-feira (6). Outra reclamação, vem do morador Donizete Aparecido da Silva, “a rede de esgoto que eles mexeram aqui no buraco, esta voltando toda na minha casa e do meu irmão”conta. A equipe de reportagem da Gazeta, esteve no local e comprovou as denúncias feitas pelos moradores. O buraco esta tomando o meio da rua todo, o cheiro forte vindo da

rede esgoto pode ser sentido logo na entrada do beco. A obra esta causando problemas para todas as pessoas que moram no beco da cerâmica, em especial a Dona Maria Piedade Gonçalves, o buraco está bem na frente de sua residência. Impedindo o acesso a garagem da casa. “Não tem como nem sair de moto aqui, está atrapalhando todo mundo a passar. Isso sem falar no mau cheiro, chega a tarde e o vento leva o mau cheiro pra dentro da minha casa. Tem dias que até fazer as refeições é ruim por causa do cheiro”,comenta. A população do bairro, cobra das autoridades uma solução para a obra. Como pode ser visto pela equipe de reportagem, o risco de alguém cair dentro do buraco é grande. Os moradores estão tendo que passar apoiados na parede, para tentar evitar uma queda. AUTORIDADES RESPONSÁVEIS Em resposta ao problema relatado pelos moradores do beco da cerâmica, a equipe da Gazeta entrou com contato com a Copasa, responsável pela obra no bairro. O gerente da Copasa Ronaldo Dias, informou que o problema no local ocasionando a abertura do buraco na rua, foi o entupimento do canal da rede de esgoto. Esse problema, segundo Ronaldo Dias, não tem muito tempo. Há previsão de término da obra para quinta-feira desta semana. A Copasa coloca que todas as providências, para não causar nenhum tipo de desconforto a população estão sendo tomadas.


06 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Bairro Dom Pedro II recebe melhorias

Conversa com a Presidenta Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff Maria de Fátima Silva, 42 anos, secretária em São Paulo (SP) - Como a gente sabe se as pessoas que recebem o Bolsa Família são mesmo necessitadas ou se estão recebendo só para não trabalhar? Presidenta Dilma – Maria, todas as avaliações do programa Bolsa Família mostram que o benefício chega realmente aos que mais precisam, e não desestimula o trabalho. O programa é direcionado às famílias com renda mensal de até R$ 140 por pessoa, cadastradas pelas prefeituras. As informações são fiscalizadas e atualizadas a cada dois anos, e a lista dos beneficiários é pública, o que garante maior controle por parte do governo e da sociedade. Além disso, qualquer pessoa pode denunciar irregularidades pelo telefone 0800 707 2003. Maria, é importante esclarecer também que os beneficiários do Bolsa Família trabalham tanto quanto quem não está no programa. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE mostra que mais de 70% dos adultos que recebem o benefício trabalham. Mesmo assim, recebem pouco e precisam do auxílio. Também é preciso lembrar que a maior parte dos beneficiários tem menos de 18 anos e, por sua idade, devem estudar, e não trabalhar. Uma das condições para as famílias receberem o benefício é que essas crianças e jovens frequentem a escola, e essa frequência é fiscalizada. Por isso, Maria, o Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do mundo, é reconhecido internacionalmente e serve de modelo a outros países que querem acabar com a pobreza. Glória de Souza, 63 anos, aposentada em Fortaleza (CE) - Como faço para pedir informações para o governo agora com a lei de acesso à informação? Pode ser por e-mail? Ou tem que ser por escrito? Presidenta Dilma – Glória, qualquer cidadão brasileiro pode pedir informações ao governo federal usando a internet ou se dirigindo pessoalmente ao órgão público de interesse. A Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011) determinou que o acesso agora é a regra, e o sigilo passou a ser a exceção. Por isso, todos os órgãos públicos federais instalaram o Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), para atender pessoalmente os interessados em obter informações. Quem preferir usar a internet pode fazer a solicitação por meio do Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC). No endereçowww.acessoainformacao.gov.br/ sistema/ o interessado faz um cadastro e recebe uma senha, com a qual registra o pedido, por meio de um formulário de solicitação. No fim, receberá um número de protocolo, que funciona como um comprovante. E nenhum cidadão precisa explicar os motivos da solicitação para que a informação seja prestada. Esse atendimento é o que a Lei denomina transparência passiva. Mas há também a transparência ativa, que é a divulgação espontânea de informações de interesse geral da sociedade, principalmente por meio da internet, o que também já está sendo feito. O acesso da população à informação pública é um dos grandes avanços da democracia brasileira. Ycaro Kallyo Rangel Lopes, 40 anos, cirurgiãodentista em Caicó (RN) - Existe algum programa que subsidie o consumidor residencial que queira investir em energia solar para seu consumo? Presidenta Dilma - Ycaro, nós incentivamos a geração de energia por fontes renováveis no Brasil, inclusive a micro e a mini geração, entre elas a solar. Em abril, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicou a Resolução Normativa nº 482/2012, que permite ao consumidor que tiver excedente de geração, por usar fontes próprias de energia, acumule créditos em energia para descontar da conta de luz. Esses créditos valerão por 36 meses. As distribuidoras de energia terão oito meses para se adaptar. A partir de 2013, o consumidor interessado em aderir ao sistema de compensação poderá procurar a concessionária de seu município. O Brasil, Ycaro, aposta em um modelo de crescimento econômico baseado em energia limpa e renovável, com inclusão social. Atualmente, 45% da nossa energia é renovável, incluindo a que move automóveis e máquinas, enquanto a média internacional é 13%. Na geração de eletricidade, nossa média sobe para 86%. No programa Minha Casa, Minha Vida 2, por exemplo, as moradias para as famílias de mais baixa renda terão aquecedores solares para água, o que reduzirá o consumo de eletricidade dos chuveiros. Isso trará economia para as famílias, para o país, que racionaliza o uso do sistema elétrico, e ajuda no usufruto racional dos recursos naturais. Você também pode fazer uma pergunta para a presidentaDilma Rousseff. Basta enviá-la para o e-mail: regional.imprensa@presidencia.gov.br, com nome completo, idade, ocupação e cidade de moradia.

Após reclamação, um antigo “bota fora” foi transformado em área de preservação ambiental

Mariana Gonçalves

Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

No ano passado os moradores do bairro Dom Pedro II, em Divinópolis, reclamaram do descanso com o local. A falta de pavimentação das ruas, era um problema principalmente em períodos de chuva. O presidente da Associação de moradores, Everton Jhonas, conta que “Sempre que chovia, o barro das ruas Arcos e Campo do Meio, era jogado todo na avenida principal, que é aqui na rua São João Del Rei”, relembra. Outro problema, é que depois que vinham as chuvas a poeira que ficava incomodava todos os moradores. Principalmente as casas que tem crianças, o risco das doenças respiratórias aumentavam ainda mais. O bairro é rodeado por uma área verde, que estava sendo usada de maneira incorreta. No ano passado a Gazeta do Oeste, foi até o local onde a área verde estava sendo usada como depósito de entulhos. Os moradores reivindicavam uma solução por parte das autoridades, para um melhor aproveitamento da área verde. Este ano a equipe da Gazeta voltou ao local, para mostrar os resultados da matéria realizada no ano passado. Felizmente, os problemas relatados pelos moradores estão sendo resolvidos.

A rua arcos, foi uma das que recebeu o calçamento.

“Uma das grandes melhorias foi o calçamento da rua Arcos, e o calçamento da rua Campo do meio”, afirma o presidente da associação de moradores. Dentre os pedidos dos moradores para o bairro, estavam além do calçamento das ruas, o reaproveitamento de uma área verde, e algumas melhorias no serviço de energia elétrica. Everton Jhonas, conta com satisfação a conquista realizada pelos moradores, “nós conseguimos plantar 114 mudas de plantas frutíferas, no espaço utilizado

como bota fora”. Outra melhoria para o bairro Dom Pedro II, foi a melhoria e a extensão dos serviços de energia elétrica. Durante a visita da equipe de reportagem ao local na tarde de ontem (2), os funcionários da companhia de energia da cidade, CEMIG, estavam no local ampliando a rede elétrica. O presidente da Associação de moradores, diz que valeu a pena esperar pelas melhorias. Todos os pedidos colocados pelos moradores do bairro, foram atendidos.

O número de bairros na cidade está cada vez maior, e a região onde fica o bairro Dom Pedro, ainda é uma região em desenvolvimento, um bairro “relativamente” novo. Os moradores do local agradecem as autoridades da cidade, pelos serviços prestados. “Eu (Everton Jhonas) como presidente da Associação de Moradores estou lutando a dois anos. Foi um dos primeiros pedidos pro bairro, que fiz eu meu mandato. Agora está sendo correspondido com sucesso, fico muito feliz por isso”,finaliza.

Agências dos Correios e Acccom lançam o Troco do Bem As doações irão para a Casa de Apoio do Associação de Combate ao Câncer do Oeste de Minas Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

OTroco do Bem é parte da parceria entre as agências dos Correios e a Associação do Combate ao Câncer do Centro Oeste de Minas (Acccom). A partir dessa iniciativa, as pessoas que forem às agências dos Correios nas cidades do centro oeste poderão fazer a doação do troco que sobrar do serviço solicitado. De acordo com a gerente de captação de recursos da Acccom, Dalva de Oliveira Pinto, a parceria é fruto do trabalho conjunto, “A parceria do Troco do Bem entre a Acccom e os Correios tem como objetivo captar doações através de depósitos que as pessoas farão nos Correios através do pagamento de suas contas ou em uma postagem de um documento” explica. Dalva ressalta que todas as doações realizadas serão revertidas em ações a favor da Casa de Apoio que presta assistência aos pacientes portadores de câncer que vem de outras cidades para fazer o tratamento em Divinópolis, “Essa parceria foi firmada em reuniões nossas com as agências, porque os Correios já são nossos parceiros para envio de documentos,entãonósconversamos

e resolvemos chegar nesse ponto. E porque os correios também tem esse objetivo de solidariedade e começamos a partir de hoje em todas as agências da região centro oeste” explicou a gerente. O gerente regional dos Correios no centro oeste, Luiz Brinatti falou da duração da parceria e a abrangência da ação,“A parceria começa hoje e vai até o dia 30 de setembro em todas as nossas 71 agências dos Correios do centro oeste de minas que vão captar o Troco do Bem que será repassado para a Acccom” disse. DeacordocomBrinatti,adoação será realizada na forma de depósito em conta por meio de uma parceria que os Correios tem com o Banco do Brasil, “Essas 71 agências atendem uma população de 1 milhão e 300 mil pessoas. Nós temos uma perspectiva de uma captação diária, nós vamos trabalhar com perspectiva no início. A partir do primeiro mês nós vamos sentar e reavaliar as ações para agosto e setembro” explica. O presidente da Acccom, Wilson Martins de Freitas avalia que a parceria irá somar muito ao trabalho da Casa de Apoio, “A Acccom, além de seu telemarketing, está sempre procurando alternativas de parcerias para conseguir mais recursos, já que a

Flaviane Oliveira

O lançamento foi realizado na Agência dos Correios da Antônio Olímpio

demanda está sempre aumentando e a gente precisa de mais recursos para poder atender nossos pacientes oncológicos. Essa parceria vai representar muito para nós porque essa regional dos Correios está nos dando oapoioenósvamosteresseapoioem 71 agências da região” comemora. CASA DE APOIO Todas as doações realizadas com o troco dos serviços solicitados nas agências dos Correios irão contribuir na manutenção da Casa de Apoio ao portador de câncer, “Hoje a nossa casadeapoiotemcapacidadepara80 leitos e a manutenção dela é bastante alta,portantoessetrocoserárevertido para a Casa de apoio” conta Dalva. O objetivo da Casa de Apoio

é atender aos pacientes que não moram em Divinópolis e precisam fazer o tratamento contra ao câncer no município, “Eles vem para fazer o tratamento e não tem condição financeira de ficar em um hotel, numa pensão e então eles vão para uma casa de apoio e recebem toda a assistência de alimentação, hospedagem, assistência médica, de enfermagem, psicológica na Casa de Apoio e esse atendimento na Casa de Apoio é totalmente gratuito” explica a gerente e completa,“Queremos pedir a população que todos que vierem ao Correio, que deixem o seu troco para a Acccom. Por menor que seja o valor, ele é muito importante, porque esse pouco de muitos faz a diferença” finalizou.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Levantamento aponta alto nível de infestação de dengue em Divinópolis Dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde Arquivo GO

Muitos dos focos de dengue foram encontrados em meio ao lixo nas residências. Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Divinópolis

divulgou nesta segunda-feira (2) o índice de infestação da dengue realizado através da terceira etapa do Levantamento do Índice Rápido do Aedes Aegypti,

o LIRAa. Segundo o apontado pelo levantamento, o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, está presente em 42 bairros da cidade. O índice de infestação está em 1,4%. Os dados divulgados na última segunda também mostraram que a região mais afetada pelos focos da dengue na cidade é a região nordeste do município, que possui ao todo 10 bairros com a presença do mosquito transmissor da dengue. O Relatório apresentado pela Semusa apontou a incidência de larvas em lotes vagos da cidade, em uma porcentagem de 10,6% dos locais analisados no LIRAa. 89,4% dos focos foram encontrados dentro das residências pesquisadas, em garrafas pet e de vidro, latas, vasos de plantas, caixas d’água, pneus

bebedouros de animais, ralos, pratos de plantas, lixo, entre outros locais. A vistoria foi realizada por 130 agentes de saúde, durante os dias 25 a 28 de junho, em cerca de sete mil residências em toda a cidade. Esta pesquisa é a terceira realizada no ano. A primeira pesquisa, realizada no início do ano, obteve um percentual de foco de dengue de 3,4%, número considerado muito alto, e que deixou Divinópolis em situação de risco. Já a segunda pesquisa identificou um índice de 1% no mês de março, o que apontou uma significativa redução no índice de focos de dengue encontrados no município. Na terceira pesquisa, que apontou o índice de 1,4%, deixou Divinópolis em situação de alerta. A previsão antes da aná-

lise feita no município era que o índice baixasse para menos de 1% de incidência dos focos do mosquito da dengue na cidade. A pesquisa revelou a presença dos focos em 42 bairros de Divinópolis. Esta é a terceira etapa do LIRAa realizada na cidade. As pesquisas acontecem em quatro etapas ao longo do ano, e tem como objetivo identificar os locais onde estão presentes os focos do mosquito da dengue, para direcionar as ações preventivas nos locais. Conforme nota divulgada pela Prefeitura Municipal de Divinópolis, a diretora de vigilância em saúde, Adriana Gomes, afirmou que as ações para minimizar a incidência de focos de dengue na cidade serão realizadas com mais intensida-

de: “Estaremos intensificando as visitas dos agentes de Saúde, priorizando aqueles locais com maior incidência do vetor, com o tratamento ou eliminação de depósitos, através da utilização de produtos químicos e arrastões de limpeza”, afirmou Adriana. Em recente entrevista a Gazeta do Oeste, o coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental, Wanderson Teixeira de Freitas, ressaltou a importância da colaboração da população para ajudar a minimizar os focos de dengue no município: “As pessoas devem observar as orientações dos agentes, que sigam o que é pedido e nos auxiliem. Para alcançarmos o objetivo de prevenção da dengue precisamos de mobilização social”, afirmou Wanderson.

UPA do bairro Ponte Funda será entregue amanhã Unidade de Pronto Atendimento irá auxiliar os serviços prestados pela saúde pública em Divinópolis Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

A Unidade de Pronto Atendimento do bairro Ponte Funda será entregue amanhã (5), as 20h30 em frente ao local da obra, na avenida Bonsucesso, que já está sendo finalizada. A inauguração contará com as apresentações de Gino e Geno, dupla sertaneja divinopolitana, de grande destaque no cenário musical do país. Além de Gino e Geno, haverá também apresentações com os cantores Thales Maia e Isabela Resende na abertura da festa. Projetada para atender o maior número de pacientes possível, a Unidade de Pronto Atendimento possui 1.800 metros quadrados. O objetivo da UPA é descentralizar o atendimento

de saúde do pronto socorro regional, localizado no centro de Divinópolis, e que atualmente tem problemas relacionados ao excesso de volume de atendimento prestado. O investimento total para a construção da UPA é um valor de cerca de R$ 3,6 milhões de reais. O Governo Federal investiu o correspondente a 75% do valor, e o governo Estadual foi responsável por 25% dos investimentos. Já o município foi o responsável pela compra do terreno e pelas obras de infraestrutura. Os funcionários a serem contratados para trabalhar na Unidade de Pronto Atendimento serão selecionados através de um processo licitatório, em que será escolhida uma Organização Social (OS), responsável por fazer um processo seletivo para contra-

tar os funcionários da UPA. Serão 211 novos contratados da área da saúde. Dentre os profissionais, a nova UPA contará com enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos e outros profissionais, que irão atender toda a população. Os funcionários terão uma carga horária de seis horas por dia, ou 44 horas semanais. Porém, amanhã será feita somente a entrega da obra. A inauguração será realizada após a colocação de equipamentos na UPA. É o que explica Gilmar Santos, secretário adjunto de saúde: “A inauguração será só depois de todos os equipamentos estarem colocados lá dentro. Agora nós faremos essa comemoração como a entrega da obra. Nós estaremos dando início, por ter tido o atraso na legislação da Organização Social na Câmara. Nós estamos ago-

Marina Alves

Infraestrutura do local já está pronta

ra abrindo o processo de licitação da O.S., pois a inauguração só pode ser feita após a O.S.”, conta. Quanto a finalização da UPA, Gilmar ainda ressalta que falta apenas a colocação dos equipamentos para o funcionamento

da unidade: “A entrega da obra acontece amanhã, mas ficam faltando ainda alguns detalhes externos. Tem uma parte aqui que é da prefeitura, até mesmo o forro na parte superior, a parte externa tem um asfaltamento que já

fizemos, tem a jardinagem, tudo é por conta do município de Divinópolis. Já está tudo pronto. O que falta agora é a instalação dos equipamentos, cuja verba já está depositada”, afirma o secretário adjunto de saúde de Divinópolis.


08 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Dra. Karla Faria

karlafaria@ortodontista.com.br Artigo escrito pelo médico convidado DR. EDUARDO PINHO TAVARES, que é médico geriatra, especialista em Geriatria e Gerontologia pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). Pós-graduado em Sexualidade Humana, Medicina Ortomolecular (SP) e Medicina Estética (Sociedade Brasileira de Medicina Estética), e proprietário da CLINLIFE.

Os hormônios e o metabolismo no processo de emagrecimento

Há alguns anos, aquele prato de macarrão de todo domingo, que antes não pesava na dieta, começou a fazer diferença na hora de abotoar o jeans. Porque será que isso acontece? De acordo com Eduardo Pinho Tavares, médico e diretor da Clinlife, clínica especializada no tratamento de obesidade, isso acontece porque a partir do momento que o corpo começa a entrar no processo de envelhecimento, o sistema metabólico e hormonal dá a largada inicial em sua falência. “Obesidade, queda de cabelo, unhas quebradiças, pele seca, perda de energia, entre outros, são alguns dos principais sinais dessa falência hormonal”, diz. O especialista explica que depois dos 25 anos as glândulas fundamentais para o funcionamento do organismo começam lentamente a entrar em processo de pausa hormonal. A velocidade que isso ocorre depende da here-

ditariedade, qualidade de vida e características de cada indivíduo. Tavares exemplifica com a menopausa, em que há queda dos hormônios ovarianos, culminado com o fim da menstruação da mulher. Segundo o médico, quando acontece a queda de outros hormônios, os sintomas são mais sutis e por aparecerem de forma mais lenta passam despercebidos pelas pessoas. “É preciso estar alerta, pois é com esses sintomas que o corpo fala de sua realidade interna e do comportamento metabólico, que inclui os hormônios produzidos pela glândula tireoide, suprarrenal e pelo pâncreas”, ressalta o dr. Eduardo Tavares. “A tireoide é a glândula do metabolismo, da queima de gordura, que vai influenciar diretamente no acúmulo de gordura. A suprarrenal, a do estresse, produz o cortisol, que em desequilíbrio leva à redução da reserva muscular à dificuldade de emagrecer e ao desânimo. Já o estresse

causa ansiedade, que leva ao uso exagerado do alimento como compensação”, destaca. Para Tavares, a insulina, produzida pelo pâncreas, se estiver em nível elevado causa aumento da gordura abdominal, enquanto em baixa, provoca fraqueza e sede excessiva. Outro hormônio, o do crescimento, quando está em queda também aumenta a gordura abdominal e diminuir a massa óssea. O médico destaca que a boa notícia é que essas pausas têm tratamento a partir de exames específicos para o reequilíbrio dos níveis hormonais, para chegarem a níveis semelhantes aos de um indivíduo de 25 a 30 anos. “ A correção deve ser feita com substâncias bioidênticas, que são reconhecidas como naturais pelo organismo. E que permitem obter resultados clínicos seguros”, aponta. Assim ao equilibrar o cortisol, a insulina e tireoide há uma resposta fisiológica para o emagrecimento baseada em dados científicos. “Isso, aliado à dieta e ao exercício físico, além de melhorar os outros sintomas, ataca a causa principal da obesidade e garante um resultado mais duradouro para quem necessita emagrecer”, finaliza Tavares. Dr. Eduardo Pinho Tavares

PREVINA-SE: A COQUELUCHE ESTÁ DE VOLTA

Assim como no restante do mundo, a incidência no Brasil cresce a cada dia

Divulgação

A coqueluche é uma doença infecciosa causada pela bactéria Bordetella pertussis. A transmissão ocorre por gotículas e aerossóis de saliva, que passam de indivíduo para indivíduo, geralmente por meio da respiração, tosse e espirro. Os casos de coqueluche têm aumentado de forma global nos últimos anos, atingindo principalmente os estados da Califórnia e Washington, nos Estados Unidos. No Brasil, desde 2011 a quantidade de casos da doença também vem aumentando. De acordo com a dra. Rosana Richtmann, infectologista, integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), em parte, o aumento no número de casos no país se deve à falta de imunização. “Somos vacinados contra a coqueluche aos cinco anos. O ideal é que haja um reforço após 10 anos da última aplicação, pois após esse período, o indivíduo fica novamente desprotegido contra a doença”, explica. Infelizmente, um complicador neste caso é que até pouco tempo atrás não havia vacina para adultos. Hoje, já é possível realizar o reforço, mas ainda não é oferecido pela rede pública de saúde. Sintomas A doença atinge os adultos de forma mais branda, ocasionando tosse seca com duração maior do que três semanas. Ao ser transmitida, a bactéria passa por um período de incubação de seis a vinte dias no novo organismo até que ele desenvolva a doença e comece a transmiti-la para outras pessoas. O perigo maior está na transmissão da doença para crianças menores de um ano. De acordo com dados de 2011, no Brasil, mais de 70% dos casos oficiais da doen-

ça foram detectados em crianças nessa faixa etária. E mais: 100% das mortes aconteceram entre pacientes menores de 6 meses. A incidência é mais alta nessa faixa etária porque a criança ainda não recebeu a vacina ou não desenvolveu anticorpos contra a doença, explica a médica. “Por ter sintomas muito parecidos com outras doenças, como gripe e resfriado, muitas vezes a coqueluche é esquecida na hora de avaliar o paciente, o que é muito preocupante. A doença é altamente contagiosa quando não tratada e pode ser transmitida para crianças que ainda não receberam a vacina, ocasionando obstrução das vias aéreas e até mesmo levando-as à morte.” Jovens e adolescentes também têm se tornado alvo fácil para a coqueluche. A permanência em ambientes fechados e o compartilhamento de copos e outros objetos aumentam as chances de contrair a doença. Diagnóstico O diagnóstico clínico da coqueluche, somente com base em sintomas, como a tosse, é mais

difícil. Geralmente são necessários exames complementares, como o teste sorológico e a técnica de PCR, que apesar de ser mais eficaz, está disponível somente em algumas regiões do Estado de São Paulo. Outro alerta importante da especialista é que, ao contrário do que se possa imaginar, a coqueluche pode ser contraída mais de uma vez, principalmente por quem está exposto diariamente a ambientes com grande quantidade de pessoas. “A vacinação é a melhor maneira de se prevenir contra a coqueluche, bem como não compartilhar objetos como copos e talheres e evitar locais abafados e aglomerados”. De acordo com a dra. Rosana, em caso de suspeita da doença, é importante procurar um médico para que o diagnóstico e início do tratamento sejam os mais breves possíveis. “E lembrem-se: em caso de diagnóstico confirmado, é importante levar um lenço descartável à região da boca e do nariz sempre que tossir, para evitar expor às outras pessoas a bactéria”, finaliza.

espaço médico Comissão é a favor do direito de médicos fazerem paralisações coletivas A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou nesta quarta-feira, dia 13, o Projeto de Decreto Legislativo 216/11, do deputado Mandetta (DEM-MS), que susta decisão da Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça, que proíbe o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) de promover paralisações coletivas de médicos e movimentos para descredenciamento de planos. A proposta ainda será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, será votada no Plenário.

De 17 a 25 de agosto acontece em São Paulo o tradicional Simpósio de Atualização em Anestesiologia – SIMPANEST. Esta 38ª edição acontece no Espaço ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, no bairro do Campo Belo. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio do site www.saesp.org.br. Dúvidas ou outras informações podem ser obtidas em (11) 3673-1388.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas por e-mail para acontece@acontecenoticias.com.br ou para o endereço: rua Cotoxó, 303, conjunto 81-82, São Paulo, SP, CEP 05021-000


VARIEDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

FABIANO TOLENTINO & PAULO mARIUS tv@campoenegocio.com

Cavalgada em Leandro Ferreira E este final de semana (29, 30, 01) a agenda do Programa Campo e Negócio andou apertada. Estivemos em vários eventos rurais, registramos os melhores momentos pra você nosso telespectador, leitor e ouvinte.

Cavalgada na Comunidade Curral em Camacho Parabéns a Comunidade Curral localizada na cidade de Camacho – MG, que nos recebeu muito bem nesta cavalgada que foi um sucesso. Centenas de pessoas participaram do evento. O cantor sertanejo Nivaldo Braga alegrou a festa.

www.campoenegocio.com tv@campoenegocio.com Twitter: @campoenegocio facebook: programacampoenegocio

Gustavo Bicalho thegufaro@hotmail.com

A gente quer continuar a maratona pelos bares da cidade! O Prato da Casa tem aquele jeitinho gostoso do mineirinho... O mineirinho não gosta de parar com aquilo que o está agradando. Permanece parado no alto da montanha apreciando o cair da cachoeira por horas e horas... Permanece intacto na frente do forno esperando o pão de queijo corar. Permanece paradinho na janela olhando a banda passar. Então é isso, a gente não abre mão de continuar com as delícias do Prato da Casa 2012! Todas as semanas, fotos e fatos que comprovam nossa Divinópolis como a cidade mais boêmia do Centro – Oeste de Minas. E nós vamos assim, naquele clima de que se o Prato é bom, A GENTE REPETE! Abraços! Gustavo Bicalho


10 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Horóscopo

Novelas Clara tem uma visão de sua vida passada. Elisa se assusta com o gato Dom e Clara

Sua rotina profissional poderá ser alterada hoje. Se algum colega precisar da sua cooperação, ofereça auxílio. É provável que a pessoa amada necessite do seu apoio.

acha graça. Julinho e Laís fogem da pousada. Miriam se surpreende ao ver Dom ao seu lado. Clara procura pelo gato na mata mais densa da fazenda e se perde. Jáqui vê Priscila com Kléber na praia e arma um

Trabalho em equipe favorecido. Terá êxito ao participar de reuniões ou tomar decisões em conjunto. Se quiser visibilidade, exponha suas ideias com clareza. Demonstre lealdade junto à pessoa amada.

escândalo. Melissa questiona Virgílio sobre sua vida com Angélica. Mauro avisa a Gilda e Marlene que os filhos fugiram. Julinho e Laís discutem. Laura tenta convencer Priscila a se afastar de Kléber. Gil e Débora correm

Bom dia para se envolver no trabalho e finalizar tarefas pendentes. No relacionamento a dois, seja coerente ao falar com o par e evite discussões tolas.

Se quiser obter reconhecimento no seu trabalho, mostre-se mais eficiente ao desempenhar suas atividades. Para florescer a união, dê mais carinho e dedicação a quem ama.

juntos pelo calçadão. Zilda avisa a Miriam do sumiço de Clara e implora que a neta venha para a fazenda ajudar nas buscas.

cheias de charme Globo - 19h Penha, Cida e Rosário recebem as fãs antes de saírem para o aeroporto. Brunessa elogia Sônia. Elano fica tenso ao saber que Sarmento e Conrado estão prestes a con-

Antes de enfrentar as exigências no trabalho, é possível que encare situações desgastantes em casa. Solucione um problema de cada vez para não se prejudicar.

cluir seu plano. Liara apressa Rodinei para a entrevista com Emília. Lygia desenvolve uma pneumonia e Alejandro se preocupa. Sandro entra em pânico na decolagem do

Aprenda com a experiência dos outros. Assim conseguirá aperfeiçoar suas atividades rotineiras e aumentar sua produtividade. Em casa, assuma as responsabilidades dos seus atos. No amor, demonstre maturidade.

avião. Emília se interessa pelas declarações que Messias faz sobre Rodinei. Sidney avisa a Rosário para tomar cuidado com Chayene. Alejandro conta para Liara que o estado de Lygia é grave. Sandro reclama por não estar no quarto com Penha. Chayene é desprezada pelos fãs. Morvan engana Epifânia para

No trabalho, tente olhar os problemas por outro ângulo e conseguirá resolvê-los facilmente. No romance, não ceda apenas para fazer as vontades do par, busque o que acredita.

saber o paradeiro de Socorro.Tom incentiva as Empreguetes a provocar Chayene na coletiva de imprensa. Dinha pede para kickboxing. Chayene agride Socorro na

Ouça o conselho dos mais experientes com atenção. Conte com sua sabedoria para resolver os problemas do lar. No amor, um diálogo sério pode resolver os problemas existentes na relação.

No trabalho, seu empenho será a melhor forma superar as dificuldades e deixar os obstáculos para trás. No amor, nem tudo serão flores. Cuidado com as palavras para não magoar o par.

frente das Empreguetes, e o trio ameaça não subir ao palco.

avenida brasil Globo - 21h Max e Jorginho brigam. Janaína garante a Nina que, se Lúcio não pedir demissão da mansão, ela o denunciará. Jorginho ameaça entregar Lúcio para Tufão. Carminha desconfia de que Max esteja envolvido com

Os bons resultados atingidos na carreira virão de sua garra. A dois, seu cansaço pode interferir na qualidade da relação.

outra mulher. Roni propõe um casamento de fachada para Suelen, que aceita. Leleco cobra uma posição de Darkson em relação aTessália.Tomás e Débora se arrumam para

No trabalho, agir discretamente é uma ótima maneira de não chamar atenção de pessoas invejosas. Dê leveza ao relacionamento a dois.

o casamento de Cadinho e Alexia. Carminha consegue fazer com que Jorginho confesse que ainda está sofrendo por Rita. Noêmia e Verônica decidem impedir o casamento de Cadinho. Na igreja, Paloma revela a todos

No trabalho, procure se aperfeiçoar ouvindo pessoas mais experientes. O dia pede atenção aos detalhes na realização de qualquer atividade. No amor, converse e supere as diferenças.

que Cadinho é seu pai. Incentivado por Nina, Max diz a Ivana que deixará a mansão. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Jaime afirma a Carmen que depois de conversar com seu pai irá procurá-la. Os dois marcam encontro na casa abandonada. Adriano chega em sua casa e tenta acessar a outra dimensão por meio do buraco negro, mas não consegue. Revoltado, Cirilo diz ao pai que Jaime quer namorar todas as meninas da classe. Valéria comenta com a mãe, Rosa, a situação de Carmen. Ela diz que Jaime vai ajudar a colega. Valéria conta para Rosa que Maria Joaquina continua com o nariz empinado. A menina pede para a mãe prometer que irá levá-la para conhecer a Disney. Os garotos se reúnem na casa abandonada. Carmen conta a Inês que conversou com Helena. Carmen aconselha a mãe a ficar tranquila, pois tudo vai se resolver.

Rebelde Record - 20h30

Mesmo sendo flagrados por Vicente, Miguel e Diego pulam o muro do Elite Way. Maria fica espantada ao descobrir que haverá policiais à paisana no colégio. Vicente procura Jonas para dizer que Miguel e Diego saíram do colégio. Maria e Murilo saem do esconderijo chocados. A estudante diz que contará para todo mundo o que descobriu. Pedro, Tomás e Carla ficam preocupados com o sumiço de Diego. Alice morde o braço de um dos bandidos. Depois de ver Alice sendo capturada, Roberta decide não abandonar a amiga e volta para o cativeiro. Miguel e Diego vão para o sótão investigar o sequestro. Maria conta a Juju e Penélope sobre o sequestro. Os alunos chegam à conclusão que o sequestrador é o culpado por ter dopado os alunos. Leonardo e Silvia ficam preocupados ao saber que Diego fugiu do colégio.

A cantora Ivete Sangalo, 40, mudou a cor das madeixas e ficou loira. “Desde o Carnaval venho clareando os fios, então não foi uma coisa radical”, explicou à revista “Contigo!”. “Até tinha feito mechas loiras uns anos atrás, mas é a primeira vez

coisa de ser loira... Lembro logo da Marilyn [Monroe].” “Qual mulher nunca pensou em ser loira? Claro que eu também já tinha pensado nisso”, disse. “Me deu uma rejuvenescida, né?”, avaliou. “E, olhe, eu já sou um pouco exibida, agora loira, estou impossível, me achando.” Segundo ela, o novo visual foi aprovado pelo marido, Daniel Candy, 26, e pelo filho, Marcelo, 2. “[Daniel] disse que casou com uma mulher e agora tem duas”, divertiu-se. No ar como a Maria Machadão de “Gabriela” (Globo), ela disse que está adorando o papel.”Mas não existe a possibilidade de eu deixar de ser cantora”, garantiu. “Quero e vou seguir a carreira de atriz, desde que não atrapalhe o esquema.”

Sylvia Kristel, atriz de Emmanuelle, sofre AVC

Divulgação

A atriz do clássico erótico Emmanuelle, Sylvia Kristel, 59, está internada em um hospital de Amsterdã. Ela sofreu um AVC na última quinta-feira (28) e foi levada com urgência ao hospital. Ainda não foi divulgado o atual estado de saúde de Sylvia. O filho da atriz, Arthur, falou sobre a saúde de sua mãe. “Gostaria de

dizer que ainda há esperanças de que ela se recupere rapidamente, mas precisamos ser realistas”. Há dez anos que Sylvia Kristel luta contra um câncer na garganta. Ela ficou famosa com o filme Emmanuelle, de 1974, que ficou 13 anos em cartaz num cinema em Champs-Elysees, em Paris.

Ex-namorada de Danilo Gentili ameaça processá-lo por piada

Máscaras Record - 22h

Otávio (Martim) se arruma para o encontro. Ele não permite que Eliza o acompanhe. Novais e Pulga, que esperam fora do quarto, saem com o marido de Eliza. Big Blond convence Evaldo a acompanhá-lo no encontro com Otávio (Martim). Mário pega a caixa de um rifle que estava embaixo da cama. Geraldine aparece e o atirador logo esconde a arma. Ela percebe algo, mas disfarça. Mário sai, sem dizer para onde vai e Geraldine fica intrigada. Otávio (Martim) e Big Blond chegam para o encontro, acompanhados por seus capangas, mas se mantêm distantes. Mário chega em um ponto mais alto, com excelente visão. Perto da fazenda, Caio liga para Manuela e avisa que está indo buscá-la. Como não pode entrar no local, ele conta onde parou e exige que Manuela vá encontrá-lo. Animada, ela arruma algumas coisas e sai. Toga e Martim falam sobre negócios quando recebem uma ligação do porteiro, que avisa sobre a saída de Manuela. A dupla decide pegar o jipe para encontrá-la.

que pinto o cabelo todo.” “Gostei tanto que vou adotar para a minha vida”, afirmou. “É engraçado que a gente muda completamente o modo de se ver e até de se vestir, as cores das roupas tomam outra proporção. E tem uma sensualidade essa

Divulgação

Inácio treiná-la para um campeonato de

Carrossel SBT - 20h

Divulgação

Amor Eterno Amor Globo - 18h

Ivete Sangalo fica loira pela primeira vez na vida

Danilo Gentili revelou que tem um probleminha com uma ex-namorada. O humorista conta que ela ameaçou processá-lo por causa de uma piada, desde que o viu falando dela em um show em 2009. Em entrevista ele mostra que nem se importa. — Mesmo assim, continuo falando. No Dia dos Namorados, queria levá-la no meu pro-

grama para entrevista-la e ela não foi, inclusive me xingou e disse que eu já fazia muita m... em falar dela no show. Apresentador do Agora É Tarde (Band), ele ainda brinca. — Não sei se um dia ela vai me processar ou não. Mas, se for e me der prejuízo como ex-namorada, imagina o que não daria como ex-es posa.

Em protesto, Shakira se atira na frente de carro ministerial português

Divulgação

Shakira surpreendeu o ministro da Economia de Portugal, Álvaro Santos, ao se jogar em frente ao carro dele no último sábado (30) em Lisboa. A colombiana fechou a rua e muitos acharam que se tratava de uma gravação de um videoclipe. Mas Shakira foi para cima da Mercedes do ministro e, com um pé na estrela do carro, reivindicou mais trabalho para os portugueses, além de outras coisas.

Há suspeitas de que a cantora aderiu ao movimento: “Eu já me atirei para cima do carro do Álvaro”, divulgou

ela no Facebook. Portugal, assim como os países da zona do Euro, passa por uma grave crise financeira.


CIDADES 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Mais de 90% das crianças de Divinópolis já foram vacinadas contra a Poliomielite Divulgação

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite chega ao fim na sexta-feira (6). A meta é vacinar 95% do total das crianças de até quatro anos de idade. Neste ano, a campanha está sendo realizada em uma única etapa, iniciada no primeiro semestre com a vacina oral que são as duas gotinhas. No próximo mês, será realizada, em todo o país, a campanha para atualização dos esquemas vacinais do calendário básico de vacinação da criança. Dessa forma, as crianças que nunca foram vacinadas contra a paralisia infantil, irão tomar a primeira dose aos dois meses e a segunda aos quatro meses, com a vacina

dora do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Marcela Machado Santos, em Divinópolis até a tarde de ontem (03) 11.463 crianças já haviam sido vacinadas, o que representa 90,46% do esperado. Desse total, 2564 crianças menores de um ano foram vacinadas, representando 102,48% do esperado. Já com um ano, foram 2188 vacinadas, o que representa 87,45% do total esperado. Cerca de 90,42% das crianças de dois anos foram vacinadas. Já as crianças de três e quatro anos representam 84,61% e 77,75% do esperado respectivamente.

poliomielite inativada, de forma injetável. Já a terceira dose, dada aos seis meses, a dose de reforço, aos 15 meses e as demais doses de campanha continuam com a vacina oral. Para a campanha de vacinação, o Ministério da Saúde repassou 21,2 milhões de doses da vacina para as secretarias estaduais e municipais de saúde. No total, foram destinados R$ 16,7 milhões para a aquisição das vacinas. Na manhã de ontem foi divulgado um balanço parcial a nível nacional das vacinações. Até o momento, quase 12,3 milhões de crianças em todo o país já foram vacinadas contra a paralisia infantil. O número representa 86,9% do total de crianças de zero a cinco anos. De acordo com a coordena-

A POLIOMIELITE De acordo com o Ministério da Saúde, a paralisia infantil é uma doença infecto-contagiosa

viral aguda que atinge principalmente crianças de até cinco anos. É caracterizada por quadro de paralisia flácida de início súbito, principalmente nos membros inferiores. Sua transmissão ocorre pelo Poliovírus, que entra pela boca. Ele é carregado pelas fezes e gotículas expelidas durante a fala, tosse ou espirro da pessoa contaminada. Falta de higiene e de saneamento na moradia, além da concentração de muitas crianças em um mesmo local favorecem a transmissão. O Ministério ressalta que o período entre o contágio e o desenvolvimento da doença é geralmente de 7 a 12 dias, podendo variar de 2 a 30 dias. A transmissão também pode ocorrer durante esse período. É importante ressaltar que não

A vacina é feita por meio de duas gotinhas

existe tratamento para a Poliomielite, apenas a prevenção por meio da vacina. O último caso da doença no Brasil foi registrado no ano de 1989, na Paraíba. Em 1994, o país recebeu da Organização Mundial da Saúde (OMS) o certificado de

eliminação da doença. Embora não haja circulação do vírus no Brasil, neste ano, 16 países registraram casos de paralisia infantil e é por isso, para evitar a reintrodução do vírus no Brasil, é fundamental a manutenção da vacinação.

Colônia de férias é alternativa para crianças em julho Arquivo GO

Colônia de férias será a alternativa dos pais do Lucca Marina alves

marina.alves@gazetaoeste.com.br

O mês de julho é tradicionalmente marcado pelo período de férias escolares. Crianças e adolescentes dos ensinos fundamental e médio têm pelo menos duas semanas de descanso, sem aulas. Porém, por muitas vezes as férias

das crianças não coincidem com as férias dos pais que trabalham. Uma opção válida para estes pais é a colônia de férias, oferecidas por clubes e escolas particulares em toda a cidade. A colônia de férias é uma alternativa muito procurada pelos pais. A professora Diolina Alvim Neta conta que no período de

férias escolares as crianças buscam diversão, que é encontrada nas atividades oferecidas nas colônias de férias: “As crianças nessa época querem se divertir, brincar, e as colônias de férias são uma excelente alternativa para nós pais, que trabalhamos, mas não abrimos mão de deixar os nossos filhos se divertirem nesse período que para eles é somente para aproveitar mesmo”, conta Diolina. A educadora é mãe de um casal, e conta que seus filhos já freqüentaram as colônias de férias, e que tem a intenção de levar novamente o caçula, Lucca, de 8 anos: “Esse ano o Lucca deve ir na colônia de férias. Meus filhos já foram e adoraram participar. Lá eles tem atividades, brincadeiras, recreação, e se divertem muito, além de ter contato com outras crianças. Eu me sinto segura deixando meu filho lá, pois eles estão sendo monitorados o tempo todo, estão brincando, se divertindo, conhecendo pessoas novas e aprendendo” ressalta a

Jair Antônio de Azevedo ( Sargento Jair) Missa de Sétimo Dia “ Senhor, eu quero a Paz de criança dormindo...Quero a ternura de flores se abrindo.... Para alegrar a vida dos meus queridos...” Dª Alzira(esposa) e filhos, Loranei, Hevton, Ariadne, William, Valéria, Sandra e Carla, genros, noras e netos de Jair Antônio de Azevedo( Sargento Jair). Agradecem as manifestações de pesar e carinho,recebidas pelo seu falecimento e convidam para a Missa de Sétimo Dia, em intenção de sua alma, a ser celebrada 05/07/12, quinta-feira às 18:30 horas na Igreja Nossa Senhora de Fátima, Bairro Porto Velho Divinópolis. Antecipam agradecimentos.

mãe de Lucca. Colônias de férias em Divinópolis As colônias de férias costumam ser oferecidas por clubes da cidade e por escolas particulares, principalmente as escolas especializadas em educação infantil. Em Divinópolis, as inscrições para as colônias de férias já estão abertas, e os pais tem pouco tempo para escolher o local, já que alguns clubes encerram o prazo de inscrições na próxima semana. Na cidade, alguns clubes irão oferecer as colônias de férias. O Divinópolis Clube irá realizar a colônia dos dias 16 a 27 de julho, na sede campestre do clube. Nas semanas de colônia de férias serão oferecidas várias atividades, como Gincanas, piqueniques, pintura de rosto, cinema, dia da princesa, caça ao tesouro, dentre outras atividades. No clube as inscrições poderão ser feitas até o dia 13 de julho, e serão abertas para sócios e não sócios. Já no Estrela do Oeste Clube

as inscrições para a Colônia de férias estão abertas até o dia 06 de julho, na Secretaria de Esporte, e a Colônia irá acontecer dos dias 16 a 20 de julho, de 12h30

as 17h30, também com várias atividades recreativas. Algumas escolas infantis particulares da cidade também oferecem a colônia de férias para seus alunos.

Comunicado – Cerâmica Beira Rio LTDA – Por determinação do Conselho Estadual de Política Ambiental – COPAM - torna público que requeriu junto ao órgão ambiental o pedido de Licença de Instalação Corretiva – LIC para suas atividades de Fabricação de telhas, tijolos e outros artigos de barro cozido, exclusive de cerâmica, e outras formas de tratamento ou disposição de resíduos não listados ou não classificados. Segundo o Requerimento de Licença 00166/2012. O empreendimento está localizado na Rodovia MG 280 km 41,4 s/n, Cacique, na Cidade de Cláudio. EDITAL DE CIENCIA DE LEILAO Pelo presente edital vimos Cientificar o(s) mutuário(s) abaixo, devido decurso prazo para purgação de débito, a realização da hasta pública do IMÓVEL RUA CARAGUATATUBA, Nº251, CASA, DAS OLIVEIRAS DIVINOPOLIS MG CEP 35502110 1º leilão 09/07/12 partir 09:30 horas 2º leilão 30/07/12 partir 09:30 horas Local CAIXA ECONOMICA FEDERAL - AGENCIA DIVINOPOLIS - AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO NUM 325, CENTRO DIVINOPOLIS MG Agente Financeiro: CAIXA ECONOMICA FEDERAL Mutuarios: MAURICIO CESAR WERNECK LEITE, CPF 85841030663, e cônjuge, se casado(a) estiver. 2º Leilão ocorrerá se não houver licitante que ofereça lance mínimo para venda no 1º Leilao Informações tel 3438142286 ou AV. FRANCISCO DE PAULA FERREIRA, Nº 959 RESIDENCIAL GRAMADO PATOS DE MINAS MG CEP 38706209 FLAVIO DUARTE CERULI. Leiloeiro Oficial SED:68384 03/07/12;04/07/12;05/07/12


12 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Estação do artesanato está com inscrições abertas Mariana Gonçalves

As peças são comercializadas em uma loja montada na própria Estação do Artesanato Mariana Gonçalves

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

A estação do artesanato esta com inscrições abertas para os cursos artesanais de pintura, montagem de bonecas e pulseiras. Os cursos serão ministrados na próxima sexta-feira (6), na parte da tarde, de 14h00 ás 17h00. As inscrições podem ser feitas ate a sexta-feira, no dia em que as oficinas irá acontecer. Lia Braga, responsável pelo setor de artesanato, ressalta que os interessados em participar das oficinas devem procurar fazer a inscrição antecipada. “As pessoas devem fazer

aqui (Na estação) sua inscrição antecipada. Porque as vagas são limitadas,”completa. Para essas oficinas, serão cobrados uma taxa de matrícula, o que segundo Lia Braga, geralmente fica em torno de R$10,00 á R$15,00. Essa taxa é para a remuneração do profissional que irá ministrar as oficinas. As inscrições podem ser feitas na Estação do Artesanato. Na Praça Pedro X Gontijo, 21, atrás da UPA Central, no centro da cidade. Em algumas oficinas especificas, é pedido que o artesão leve já alguns materiais. A coordenadora das oficinas, explica, “pedimos

para trazer os materiais, por exemplo, dos cursos de pintura. No caso a pessoa deve trazer o seu pincel e às vezes pedimos também que ela traga a sua termolina. Os materiais não ficam aqui para nós, esses materiais ficam para elas treinarem em casa. O objetivo é que elas já saiam daqui e treinem o que aprendeu com o seu material”,finaliza. ATIVIDADES REALIZADAS A estação, abriga a quatro anos as artesãs da cidade. A intenção é incentivar o artesanato e atrair pessoas para uma técnica antiga de arte. A responsável por

Lia Braga é a coordenadora das oficinas de artesanato.

coordenar as oficinas de artesanato, comenta que esta em busca de oportunidade para levar as peças criadas na estação, para um local com maior visibilidade na cidade. Dentre as atividades realizadas no local, os artesãos podem participar das oficinas de boneca de pano, fuxico, bordados e patchwork. Os trabalhos artesanais elaborados nas oficinas são expostos e comercializados na loja da Estação da Cultura. Maria Angêla da Silva, é uma das artesãs da estação, há três anos. Segundo Maria Angêla, o lucro das vendas do artesanato, fica com os pró-

prios artesãos. PARCEIRIAS As oficinas de artesanato contam com a participação de aproximadamente 40 pessoas. Os materiais usados nas confecções dos produtos artesanais, são cedidos através de parceria com a Associação Reciclarte. E por confecções de Divinópolis, que oferecem materiais como botões, tecidos, linhas e outros usados na confecção das peças. HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO A loja da Estação do Arte-

sanato está aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. O estabelecimento comercial oferece produtos feitos durante a oficina como opção para decorar e presentear. “O curso sempre traz novidades nas peças, e o resultado mostra que os consumidores tem gostado”, afirma Lia Braga. Os cursos oferecidos para iniciantes são realizados todas as sextas-feiras. A estação conta com várias opções de oficinas artesanais. A Feira de Artesanato passou a funcionar aos domingos no Feirão no Parque de Exposições de 9h às 13h.


polícia 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Operação Impacto Polícia Militar consegue prossegue com a localizar e prender assaltantes Polícia Militar e Civil Os assaltos ocorreram em Divinópolis e São Gonçalo do Pará

Divulgação PM

Material utilizado no Assalto em Gonçalo do Pará Camila Caetano

camila.caetano@gazetaoeste.com.br

Na tarde dessa segunda-feira a Polícia Militar teve que comparecer no bairro Jardim das Acácias para averiguar um assalto que teria acontecido na Avenida Mozart Nogueira Soares, em um estabelecimento. De acordo com a vítima, J.A.J., 75 anos, o indivíduo anunciou o crime com uma arma de fogo, possivelmente um revólver, mas roubou apenas 50 reais e ainda fugiu a pé, em direção ao bairro Padre Herculano. Assim que a Polícia Militar foi acionada, iniciou-se o rastreamento da região, conseguindo então localizar o infrator, A.L.O., 17 anos, que foi

apreendido e reconhecido pela testemunha e vítima. O material que o jovem utilizou, assim como o dinheiro roubado, não foram localizados. No mesmo dia, porém à noite e em São Gonçalo do Pará, J.M.S., 52 anos, declarou que foi abordado enquanto transitava pelo bairro Nossa Senhora Aparecida, Avenida João Nogueira Maia, por um indivíduo armado com um revólver, o qual roubou o seu carro, uma Pick Up Fiat/Strada Adventure. O assaltante após realizar o crime fugiu para Divinópolis. Deste modo, com o intuito de encontrar o infrator, a Polícia Militar organizou um bloqueio na região com o apoio de outras Unidades.

No momento da busca, avistaram o automóvel no bairro Icaraí, Rodovia MG 050, com o criminoso em fuga. O mesmo chegou a evitar a abordagem, ocasionando a perda de direção do veículo e em consequência o choque em um barranco presente na pista. No momento do acidente o indivíduo ainda abandonou o automóvel e tentou evadir a pé, entretanto, foi alcançado e detido pelos policiais militares. A Polícia Militar realizou as buscas, que possibilitou a apreensão de um revólver Taurus calibre 32, com danificações na numeração, que estava raspada, além de dois cartuchos intactos e mais dois deflagrados, entre ou-

tros objetos de menor relevância. Com a documentação do criminoso em mãos, os militares tiveram acesso ao nome e dados do indivíduo, Glauber de Castro Pereira, de 27 anos, que foi reconhecido pelo proprietário do carro roubado. O infrator a princípio levado ao Pronto Socorro, devido ao acidente ocorrido, foi conduzido para a Delegacia de Polícia, junto com todo o material apreendido. É válido ressaltar que durante a confecção do REDS, a vítima A.L.L.C., 28 anos compareceu na Delegacia, relatando que o indivíduo é o autor de outro roubo de veículo que ocorreu no mês de junho.

Abordagem também é realizada em conduções coletivas Camila Caetano

camila.caetano@gazetaoeste.com.br

A Polícia Militar e Civil deu continuidade à Operação Impacto nesta teça-feira (03), que visa atuar nos pontos centrais de Divinópolis. Desde a segunda-feira estão sendo feitas abordagens em veículos e pedestres, a fim de garantir maior segurança à

Camila Caetano

camila.caetano@gazetaoeste.com.br

Força-tarefa pretende combater roubo de explosivos utilizados em crimes de Minas Gerais

Arquivo GO

De acordo com estatísticas, aumenta-se de maneira considerável a quantidade de caixas eletrônicos que são furtados com a ajuda de explosivos. Deste modo, uma das alternativas é a melhoria da fiscalização em mineradoras, locais onde os criminosos roubam os materiais explosivos. Assim, as instituições responsáveis pela Segurança Pública decidiram realizar uma operação denominada de “Forças de Minas” que atuará em todo Estado de Minas Gerais. Já foram realizadas três reuniões onde discutiram toda essa problemática, assim como, possíveis soluções e ações de combate. Segundo informações da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) esta força-tarefa terá

caráter permanente. Além disso, o trabalho será sistematizado, subdividido em quatro grupos, um será responsável pela formação de um banco de inteligência que abordará as táticas que são utilizadas nesses crimes, outro para um reforço nas ações repressivas e investigativas, também haverá um destinado para fiscalização de toda a comercialização dos explosivos, e por último mais um com o intuito de fiscalizar, mas de maneira genérica as atividades das mineradoras. É válido ressaltar que Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Exército Brasileiro, Ministério Público, Prefeitura de Belo Horizonte e Secretaria de Estado da Fazenda (Sef) realizarão a Operação “Força de Minas” em conjunto.

população. Neste sentido, a operação que contou com nove policiais militares e quatro civis além de repressiva tem o intuito de trabalhar na prevenção, com o objetivo de diminuir a quantidade de crimes da região. Houve a abordagem em 70 veículos e 105 pessoas, e não foi necessário realizar autuações.

Acidente na BR-262 em Bom Despacho, causa morte de duas pessoas

Fiscalização em mineradoras será intensificada com operação

camila.caetano@gazetaoeste.com.br

Camila Caetano

Assaltante Glauber de Castro Pereira, 27 anos

“Forças de Minas”

Camila Caetano

O intuito da operação é diminuir a criminalidade na região

Durante a madrugada dessa terça-feira, 03 de julho, um veículo VW Gol colidiu na lateral de uma carreta, na BR-262, km 479, na região de Bom Despacho no centro oeste de Minas. Segundo informações, estaria no automóvel uma mulher de 34 anos e um homem de 26 anos, os quais não sobreviveram, já que com

o impacto do acidente ficaram presos às ferragens. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal há possibilidade do condutor do carro ter perdido o controle da direção quando foi fazer uma conversão na estrada, ocasionando a batida na carreta. Os corpos das vítimas já foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Bom Despacho.

Suspeitos de tráfico de drogas são presos em Arcos centro-oeste Camila Caetano

camila.caetano@gazetaoeste.com.br

Caixas eletrônicos são furtados com o uso de materiais explosivos

Funcionários de uma indústria de calcinação suspeitos de comercializarem drogas no horário de trabalho, no Bairro Nova Morada Dois em Arcos/ MG, foram presos nesta segunda-feira (2) pela Polícia Militar.

Ao total foram três indivíduos, abordados em um ponto de ônibus, onde os policiais militares localizaram 13 tabletes e uma bucha de maconha. As drogas já estavam embaladas para serem comercializadas, assim, os infratores foram presos em flagrantes e levados à Delegacia da cidade.


14 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Mesmo elogiado Giovanni deixa o time titular do Galo

Luciano Eurides luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

Bruno Cantini

CIMTB DIVINÓPOLIS

A redação da Gazeta do Oeste recebeu o ofício 20122002 da Associação Divinopolitana de Ciclismo (ADC) assinado por Mozar Paulino Prado, presidente; Marlen Ferreira, diretor de eventos e Glaidiany de Cassia, tesoureiro. O objetivo da longa correspondência a qual (não tem possibilidade de reprodução na íntegra) é a matéria publicada na Gazeta do Oeste do dia 27/06/2012. De acordo com o documento a matéria “deveria ser complementada, de forma a esclarecer com mais detalhes para as pessoas leigas e que desejam conhecer e iniciar no mountain bike”, segundo o ofício, para a realização da competição internacional a ADC passou por inúmeros problemas, que foram superados pela força de vontade e perseverança de todos os envolvidos diretamente “por nossos atletas locais, que a principio ‘não estavam acreditando’ que esse evento iria acontecer. Esse evento iniciou em junho de 2009, quando a ADC enviou um oficio a SEL – Secretaria de Esporte e Lazer. A realização desse evento foi uma batalha e com lutas diárias, que só foi possível ser concretizada pela determinação e união de todos os envolvidos e amantes da bike”, esclarece. Em momento algum a reportagem da Gazeta do Oeste fez menção a ausência ou descrédito da competição, sabemos e acreditamos no esforço de todos, apenas lamentamos que nem todos os seguimentos da cidade tenham a mesma garra e determinação. PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO A matéria cita que a alimentação oferecida não era habitual a atletas e a ADC concorda que não atendeu as expectativas, destes e do público em geral que foram ao evento. “Infelizmente as barracas foram montadas no evento pelo pessoal do feirão de carros, que não tem experiência com alimentação e nutrição de atletas, mas para a próxima edição da CIMTB essa deficiência será sanada”, diz o ofício, mas ressalto que não apenas dentro do parque, até mesmo os restaurantes da cidade não estão preparados para recepcionar os 800 atletas e suas equipes, um montante talvez de 3600 pessoas diretamente envolvidas. Não é culpa da ADC ou organização e nem há poder de mudar, cabe uma mudança de cultura, uma quebra de paradoxo, isso nunca é fácil. MATERIAL ESPORTIVO Os preços dos acessórios do ciclista que foram publicados no jornal foram pesquisados nas barracas montadas no evento e segundo o ofício podem ser encontrados mais baratos. O importante em contar esses valores é mostrar o poder econômico do evento e o investimento que cada um faz para se estar no esporte, portanto a cidade deve melhor acolhimento. REDE HOTELEIRA Dentro do ofício a ADC esclarece que a rede hoteleira de nossa cidade infelizmente é insuficiente para atender a grandes demandas de hospedes “por isso esperamos que nossos empresários façam investimentos nesse setor. Vale ressaltar que infelizmente tivemos poucos parceiros tanto dos hotéis como dos restaurantes, mas esperamos que no próximo ano tenhamos mais parceiros, mesmo assim toda a

Cuca elogia, mas saca Giovanni do time titular

A boa atuação do goleiro Giovanni diante do Grêmio não deve ser o suficiente para manter o jogador na meta atleticana. Na última sexta-feira o Atlético anunciou a contratação de Victor, que estava no Tricolor Gaúcho e, segundo o técnico Cuca, chega para ser titular do Galo. O treinador alvinegro elogiou a atuação e a postura profissional de Giovanni, que para o Cuca vai deixar a camisa 1 do Galo como homem. “Giovanni teve uma atitude profissional exemplar e sai na condição de homem, de decência total. Deixei a posição na mão dele. Falei para o Chiquinho (preparador de goleiros) que

capacidade hoteleira estavam com 100% de ocupação” diz e explica que na cidade de São Lourenço o comercio local fica aberto nos finais de semana, não só quando da realização da CIMTB, por ser uma cidade turística com alta rotatividade de visitantes, principalmente nos finais de semana, ficando a folga durante a semana e sugeriu “para a próxima edição da CIMTB sugiro o jornal Gazeta encaminhar essa proposta a CDL”, acho não caber ao jornal e sim a organização do evento e não apenas a Câmara dos Dirigentes Lojistas, mas aos shoppings populares e atacadistas, Sinvesd, e quem sabe um horário especial com uma divulgação da organização não seria um projeto a se iniciar?

o Giovanni jogando, faria a sétima partida. Ele se dispôs a jogar. Fez o melhor jogo no Galo. Fez uma boa partida. E além de tudo, é bom goleiro, grande caráter e profissional. Mostrou isso”, disse. Mesmo elogiando Giovanni, Cuca não deixa dúvidas sobre a titularidade de Victor. No próximo domingo, o Atlético vai enfrentar a Portuguesa no Independência, e já nesta partida o Galo terá um novo goleiro. Para Cuca o Galo vinha sofrendo há muito tempo com a posição, e por isso, não quer esperar para escalar Victor. “Vem para jogar. Domingo ele joga. Na mesma condição temos o Giovanni e o Renan. O cargo

de goleiro não é fácil. Tem uma tolerância zero com eles. Victor chega nessa condição, para dar um suporte e uma acalmada ainda maior no torcedor. Veio para ser titular e não adianta ficar adiando”, comentou. Satisfeito com a vitória do Atlético-MG fora de casa, contra o Grêmio por 1 a 0, o técnico Cuca fez questão de enaltecer os jogadores atleticanos, que mostraram personalidade para suportar a pressão gaúcha e ainda tiveram chances para conseguir uma vitória por maior diferença. Segundo Cuca, no triunfo alvinegro todos os ingredientes necessários de um grande jogo estiveram presentes, e o treinador ainda destacou a qualidade técnica do Galo na partida “Teve todos os ingredientes, inclusive qualidade técnica também. No segundo tempo, perdemos três ou quatro gols na cara do goleiro, que fez uma grande partida também, do contrário teríamos definido antes. O Atlético está de parabéns pelo jogo que fez. Foi uma segunda etapa preciosa”, analisou. Com a vitória diante do Grêmio, o Atlético assumiu a

Nacional e Aracruz ficam no empate sem gols Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

PÚBLICO O ofício esclarece ser oito mil, o público ‘estimado’ pelo corpo de bombeiros e técnicos especializados, são dois estádios do tamanho do Waldemar Teixeira de Faria lotados ou mesmo 1600 carros (contando cinco pessoas em cada), ou mesmo 200 ônibus completamente lotados. É um movimento intenso e insuportável pelas vias urbanas da cidade.

Na noite de segunda-feira o Nacional de Nova Serrana estreou na Série D do Campeonato Brasileiro, com um empate 0x0, não faltou luta para a equipe da cidade do calçado, a bola insistiu em não querer entrar e o time capixaba leva um ponto para o Espírito Santo. O Búfalo não conseguiu conquistar sua primeira vitória na competição. Com o resultado o Nacional fica com um ponto, na terceira colocação. O Nacional buscou a vitória, enquanto o Aracruz veio com uma proposta extremamente defensiva. O time de No Serrana teve muita dificuldade para penetrar no sistema defensivo do Aracruz, mas mesmo assim criou algumas oportunidades. O jogador Caleb chegava com perigo. Reinaldo Alagoano cruzou da esquerda e Marcelinho desviou de cabeça, mas a bola saiu rente ao travessão do goleiro Hiran. A melhor chance foi aos 30 do segundo tempo

PARTICIPAÇÃO Estiveram nesse evento as grandes “feras” do mountain bike nacional, e alguns atletas estrangeiros, uma modalidade olímpica que estará representada em Londres/2012 pelo atleta Rubens Donizete Valeriano, que foi vitorioso na etapa da Copa Internacional de MTB em Divinópolis. O atleta Suíço Lukas Kaufmann que é um dos principais atletas do mountain bike internacional, sendo que ele já figurou entre os Top-10 do mundo. Já com relação ao Sprint eliminator, evento de uma emissora de televisão.

Jogo entre Nacional e Aracruz não foi bom

quando Caleb cruzou da direita, Diego Silva chutou e Hiran fez boa defesa. Nos minutos finais, o Nacional fez o que pôde para conseguir a vitória, a defesa do Aracruz foi mais eficiente e a partida terminou sem gols. Para Caleb luta não faltou. “Luta não faltou, mas tem de ter mais futebol também, deixamos a desejar nas finalizações, mas eles vieram também somente

para marcar lá atrás e fica difícil. Da minha parte não houve ansiedade. Tivemos chances eu arrisquei umas três ou quatro, mas a bola não entrou”, disse. Entre os jogadores conhecidos do Aracruz estão Eli Thadeu, que defendeu o Guarani, Hiran (ex Internacional de Porto Alegre) e Léo Gonçalves (ex Flamengo). O Aracruz vai à Nova Friburgo, onde enfrenta

Julho Mês de Férias! R$

18,40

Cadeira Giratoria

R$

109,90

o Friburguense. Já o Nacional entra em campo na amanhã, quando vai enfrentar o Volta Redonda, na cidade de Volta Redonda no Rio de Janeiro, às 18 horas. O time ficará concentrado no Sider Palace Hotel. Hoje, o técnico José Ângelo comandará um treino recreativo. O retorno da delegação para Nova Serrana está previsto para logo após a partida.

Som Multilaser

R$

Em todos os momentos com você!

Suporte CPU Rodinha

liderança do Campeonato Brasileiro com 16 pontos, mesma pontuação do Vasco, mas o Galo leva vantagem nos critérios de desempate. Para o técnico Cuca, o time tem que manter os pés no chão, mas o treinador frisou que o time atleticano tem que se acostumar a ser líder. “Buscamos a liderança e temos que ter humildade, pés no chão e trabalhar ainda mais essa semana porque a gente não pode se enganar. O campeonato é longo, é muito gostoso estar na liderança, mas a gente tem que se acostumar a isso e não fazer disso uma coisa do outro mundo”, disse. Cuca ainda explicou o motivo de ter optado por oscilar o meia-atacante Danilinho e o volante Serginho na lateral direita atleticana, deixando Marcos Rocha, que é lateral de ofício, no banco de reservas. “O Serginho jogou para preencher meu meio-campo. O Grêmio joga com um losango. Se eu jogar só com três no meio-campo, eu perco o jogo. Serginho encorpou bem e fez uma partida preciosa. Mas Marcos Rocha é tão titular quanto ele”, afirmou.

109,00

CD Virgem Cis - Unid

R$

0,55

Avenida Antônio Olimpio de Morais, 41 – Centro - (37) 3221-4876


ESPORTES 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Rominho Duarte inicia formação do Conselho Municipal do Esporte Luciano Eurides

Secretário Municipal de Esportes se reúne com gerente da Casa dos Conselhos para estruturação do Conselho Municipal do Esporte

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Conselho Municipal de Esportes e Lazer, foi votado e aprovado na câmara municipal de Divinópolis e segundo o projeto, será constituído de forma paritária, por 10 membros efetivos e seus respectivos suplentes, sendo um representante da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer; Secretaria Municipal de Educação; Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Governo; Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Pela sociedade civil, um representante das entidades espor-

tivas; dos profissionais desportivos das atividades educacionais; das entidades organizadas regularmente instituídas no Município; representante da mídia esportiva local e representante dos conselhos escolares da rede ensino pública e privada. A escolha dos representantes de cada instituição se dará em assembleia geral convocada para este fim de semana. A ausência não justificada, por três reuniões consecutivas ou quatro intercaladas, no período de um ano, implicará na exclusão automática do conselheiro. O Conselho Municipal de Esportes e Lazer contará com uma

diretoria, eleita pelos membros do Conselho, constituída por um Presidente, um Vice-Presidente, um Secretário Geral, um Diretor Financeiro e um Diretor de Eventos. A primeira diretoria será eleita na primeira reunião ordinária realizada, a ser convocada pelo Secretário Municipal de Esporte e Lazer. Segundo Rômulo Augusto Duarte, ainda esta semana será iniciado o processo de formação desse instrumento que deverá agregar ao esporte divinopolitano o diálogo. “Mais uma conquista, obviamente com ação conjunta, a câmara teve papel fundamental e temos de seguir o que está no

projeto. Procurar definir e ganhar representatividade com um corpo técnico, visionário e capaz de delinear as primeiras ações para termos o reforço que esperamos para o esporte e lazer de Divinópolis”, disse o secretário. A composição deverá seguir pelos representantes das entidades esportivas, como Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD), Associação de Corredores de Rua de Divinópolis (ACORD), Associação de Pais e Amigos da Natação (APAN), Fundação Educacional de Divinópolis (Funedi) e outras que buscam o crescimento desportivo do município.

Tudo definido no soçaite do Divinópolis Clube Divulgação

Confraternização dos alunos do Divinópolis Clube e Líder

No domingo foi encerrado a 1ª Fase do Campeonato de Futebol Soçaite do Divinópolis Clube, na sede campestre, com a partida entre Karinho / Paranauto / Pimenta Embalagens e Lugo Esportes no qual a Karinho venceu e consolidou a classificação. A segunda fase estava agenda para iniciar no dia 7 de Julho, porém devido a Festa Junina que será realizada na Sede Campestre do clube, a bola irá voltar a rolar somente dia 14, com três partidas desta faze da competição. Alá Imóveis / Cedro Seguros, Max Shop, Gente e Música / Unibrás / Universo da Empada, Karinho / Paranuato / Pimenta Embalagens, Total Parts / Jr Ferragens / Decor / Larama e Lugo Esportes são as grandes classificadas para a segunda fase da competição. VETERANO Será amanhã, às 19hs que o quarto colocado da primeira fase

do Campeonato de Futebol Soçaite Veterano do Divinópolis Clube saíra da disputa entre as equipes Seta Sport e Max Shop. A rodada do final de semana teve a vitória da Cedro Seguros / Alá Imóveis sobre a Lugo Esportes e a vitória da Dimel / Madeireira Candidés / Deposito Icaraí sobre a Max Shop, assim as duas equipes vitóriosas se classificaram para a próxima fase da competição. No segundo jogo de sábado entraram em campo Dimel e Max Shop que realizaram uma bela partida que mostrou a qualidade da competição no ano de 2012. A Dimel precisava dos pontos para a classificação já Max Shop com empate garantia sua vaga. As duas equipes saíram para o jogo e com menos de dez minutos já estava em 1 x 1 , a Dimel com as substituições do treinador José Maria Silva acabou sendo mais feliz e abriu vantagem fazendo 3 x 1 , com o grande artilheiro Mauro

Restaurante Castanheira Self-service sem balança

R$ 2,99

Aberto de 10h às 14h Segunda à sábado

Rua Pernambuco, 155 - Centro Divinópolis-MG - Tel: (37) 3214-0453

Fabiano. Na segunda etapa, depois de muita insistência da Max Shop em bela cobrança de falta, Piolho descontou, a equipe ainda colocou duas bolas na trave e uma grande pressão no adversário que conseguiu suportar e vencer a partida. Na próxima quarta, Seta Sport e Max Shop estarão em campo para decidir a última vaga para a segunda fase que terá inicio no dia 15 de Julho, a Max Shop tem o empate como vantagem, a Seta resta a vitória para se garantir na próxima fase. MASTER Com o número de 185 atletas o Campeonato Máster irá ganhar espaço na Sede Campestre do Divinópolis Clube no mês de Julho com a realização do sorteio, formação das equipes e abertura da competição com a expectativa de que 12 equipes sejam formadas para a disputa. Para o Diretor de Futebol,

Márcio Henrique, muitas conversas estão sendo realizadas com possíveis diretores de equipe, além da diretoria que tem olhado com bastante carinho para mais este Campeonato que tem tudo para ser um sucesso no ano de 2012. AMISTOSOS No sábado, 30 de Julho foi realizado na Sede Campestre do Divinópolis Clube três partidas amistosas de Futebol Soçaite entre as escolinhas do Divinópolis Clube e a Líder de Carmo do Cajuru, nas categorias 99/00, 01/02 e 03/04 com a presença do associado do clube. Na primeira partida da tarde pela categoria 99/00, o Divinópolis Clube e Líder fizeram um grande jogo, muito disputado e cheio de lances emocionantes e muito contra ataque, a Líder venceu no último lance da partida de virada em cobrança de falta pelo placar

de 2 x 1. No 2001/02, novamente vitória da Líder pelo placar de 4 x 3, em partida muito disputada com as duas equipes com atletas que irão se despontar para o futebol da região , a Líder foi superior aproveitou as oportunidades, assinalou os gols e venceu. Já pela 2003/04, o Divinópolis Clube venceu pelo placar de 2 x 1 em uma partida que deixou a plateia de pé, com muito barulho os

meninos cheios de habilidade nas duas equipes, a garotada apresentou um futebol de gente e grande. Para Mateus Levi, Coordenador da Escola de Futsal e Futebol Soçaite do Divinópolis Clube, a ação foi muito importante para as equipes se preparem para a Copa Decor Interiores de Futebol a ser realizada no Divinópolis Clube, isso estimula os meninos a terem mais comprometimento e disciplina nos treinamentos.


16 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

www.mineriocommaisjustica.com.br


Eis a Spin

Nova Minivan substitui Meriva e Zafira PÁGINA 4

Duas em uma Spin, a nova minivan da Chevrolet, substitui de uma só vez Meriva e Zafira com configurações de cinco ou sete lugares Uma criação brasileira, fruto do centro de desenvolvimento de São Caetano do Sul, a Spin dá sequência à aguardada renovação de produtos da Chevrolet com uma dupla missão: substituir de uma só vez as veteranas Meriva e Zafira. Embora ambas sejam de segmentos distintos, o novo modelo compacto demonstra ter dimensões suficientes para tal ao oferecer opções de cinco ou sete lugares num mesmo formato de carroceria (e comprimento). Em duas versões de acabamento – LT e LTZ –, motor 1.8, câmbio manual ou automático de seis velocidades, a minivan parte de R$ 44.590 e em breve também será vendida em países da América do Sul e Ásia. Construída na plataforma do Cobalt, a Spin herda diversos detalhes de estilo do sedã. A dianteira ostenta a tradicional grade bipartida. Os faróis cresceram e se tornaram mais agradáveis ao gosto da maioria. Os ressaltos sobre os para-malas igualmente marcam as laterais, de linha de cintura alta. Na traseira, um detalhe interessante: as lanternas possuem uma saliência que dispersa a turbulência do ar, evitando assim que as luzes fiquem sujas e, portanto, percam a eficiência diante de intempéries da natureza. A adoção de um generoso entre-eixos de 2,60 metros – distância típica de carros médios – favoreceu o espaço interno, compensando a perca do rebatimento total da terceira fileira de assentos antes disponível na Zafira. O painel, moderno e amplo, possui dons tons de

Fotos: Divulgação

cor e o porta-luvas fica localizado na parte superior. Um cuidado no acabamento é percebido na adoção de detalhes cromados e prateados no volante, botões do ar-condicionado, rádio, manopla do câmbio e freios de mão. A instrumentação em cor branco gelo combina itens analógicos (como conta-giros) e digitais, sem se esquecer do imprescindível computador de bordo. A lista de equipamentos de série é atraente, apesar de oferecer o piloto automático apenas como opcional. A versão LT vem com airbags frontais, ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS com EBD, vidros e travas elétricas e ajuste de altura do banco do motorista e do volante. Opcionalmente também são oferecidas rodas de alumínio, rádio CD MP3 e Bluetooth. A versão LTZ adiciona terceira fileira de bancos, rack de teto, computador de bordo, sensor de estacionamento e controles no volante. O motor é o velho 1.8 com melhorias no sistema de admissão de ar e escape e o sufixo Econo.Flex no nome. Agora a unidade gera 106 cv/108 cv (cavalos) e torque de 16,4/17,1 kgfm quando abastecido com gasolina e etanol, na ordem. Cerca de 90% do torque está disponível entre 2.500 e 4.700 rpm. O câmbio pode ser manual de cinco velocidades ou automático de seis velocidades com trocas sequenciais – mesma caixa de transmissão utilizada no recém-lançado Sonic e no Cruze –, algo único no segmento.

saiba mais Preços: Com sete lugares na versão LTZ, a Spin custa R$ 50.990. Equipada com câmbio automático e piloto automático, a minivan vai a R$ 54.690. Oito opções de cores: Branco Summit, Preto Global, Bege Desert, Azul Macaw, Prata Polaris, Cinza Mond, Cinza Rusk e Verde Lotus. Acessórios: Para os fãs de personalização, a Chevrolet oferece acessórios que vão desde a ponteira cromada do escapamento aos frisos laterais pintados na cor da carroceria. Há ainda farol de neblina para a versão LT, tapetes em carpete para passageiros, protetores de plástico para os para-choques dianteiro e traseiro e telas de DVD de sete polegadas para os encostos de cabeças traseiros.


02 MOTORGERAIS

Fernando Calmon

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

REDUZIDAS

motorgerais@gmail.com | motorgerais.blogspot.com

fernando@calmon.jor.br

LANÇAMENTOS EM CADEIA O calendário está ficando cada vez mais curto para tantas novidades no mercado brasileiro, sem contar o que chega do exterior de países que não Argentina e México, com os quais o país fez acordos comerciais e taxação diferenciada. O monovolume Chevrolet Spin e as novas picapes Ford Ranger foram apresentadas à imprensa com intervalo de três dias. As vendas de ambas começam ao longo deste mês. O Spin, baseada na mesma plataforma do Cobalt, toma o lugar do Meriva e acrescenta uma versão de sete lugares. O Zafira, também de sete lugares, na prática deixou de ter um sucessor, pois se derivava do médio-compacto Astra e a distância entre-eixos era 8 cm maior. Curiosamente, o Spin é 2,5 cm mais comprido que o Zafira, mas se trata de veículos de conceitos e gerações diferentes. Na Europa, a Opel produz Meriva e Zafira bastante diferentes entre si e do que deixou de ser produzido aqui. Livina e Grand Livina (sete lugares), Idea e C3 Picasso, além do chinês J6, são rivais em um segmento que encolheu ao passar do tempo com o avanço de sedãs e SUVs. Esteticamente o Spin não empolga, em especial na harmonia entre frente e traseira. O leiaute interno reserva bom espaço para cabeça, pernas e ombros: ora perde, ora ganha por diferenças milimétricas dos concorrentes da Nissan e da Fiat. Na média, um pouco melhor. Painel e acabamento, iguais ao do Cobalt, apostam na boa relação custo-benefício. A terceira fileira de bancos, previsivelmente, tem acesso razoável para entrar e nem tanto para sair. O Chevrolet destaca 32 porta-objetos e maior porta-malas (5 lugares, 710 litros; 7 lugares, 162 litros apenas). Entre os acessórios de concessionárias há câmera de ré. Seu motor de 1,8 litro (108 cv/17,1 kgf.m) ficou mais econômico, porém perdeu potência e torque em relação ao anterior, fato desabonador. Preços demonstram que poderá segurar a liderança entre os seus pares: LT parte de R$ 44.590 e a LTZ, de R$ 50.990. Por pouco menos de R$ 4.000, LTZ pode vir com câmbio automático de 6 marchas e controle de cruzeiro. Quanto à Ranger, a Ford executou um trabalho realmente forte. Investiu mais de US$ 1 bilhão, recriou tudo na sua picape média e cobriu todo o espectro do segmento. A oferta impressiona: três motores (dois a diesel e um flex), três caixas de câmbio (duas manuais de 5 ou 6 marchas e automática, de 6), quatro versões de acabamento, cabines dupla e simples, tração 4x2 (só com motor flex) e 4x4. O motor diesel, um 5-cilindros de 3,2 l de origem Ford, é o mais potente entre as picapes: 200 cv. Torque de 47,9 kgf.m se iguala ao da S10. O motor flex de 2,5 l/173 cv é o mesmo do novo Fusion, este com diferente calibragem. Linhas imponentes destacam a forte inclinação do para-brisa e um santantônio estilizado, sem exageros. O nome Ranger aparece valorizado em friso cromado frontal e na tampa da caçamba. Generosa distância entre-eixos, de 3,22 m, garante bom espaço para joelhos de quem senta no banco traseiro. Evolução marcante no interior inclui quadro de instrumentos de visual moderno e tela multimídia de 5 pol para navegador GPS. Acabamento surpreende e não existem parafusos aparentes. Câmera de ré (imagem no retrovisor) fica embutida no logo traseiro. Capacidade de carga – até 1,4 tonelada – e de ultrapassar cursos de água (vau) – 80 cm – também são referências na categoria. Posição de guiar assemelha-se à de um automóvel e com os mesmo recursos, nas versões mais caras, como comandos elétricos nos bancos. Suspensões e nível de ruído estão bem melhores que antes. Câmbio manual de 6 marchas mostra alguma imprecisão, mas o automático é muito bom. Controle de trajetória com oito funções e seis airbags colocam em nível alto a segurança. Os preços vão de R$ 61.900 a R$ 130.900 e cobrem as brechas de mercado. Em comum, Spin e Ranger oferecem três anos de garantia total, que deveria ser o padrão no Brasil.

Competitiva, nova Ranger estreia motores flex e diesel de 200 cv Revelada ao poucos em uma série de apresentações, a nova geração da Ranger finalmente é lançada pela Ford. Disponível em 10 versões de cabine simples ou dupla, estilo e interior totalmente renovados – algo que não ocorria desde sua estreia no país, em 1993 –, a picape média produzida em Pacheco (Argentina), incorpora tardiamente a tecnologia flex no motor 2.5 16v Duratec. A potência chega a 168/173 cv (cavalos), mas o câmbio é apenas manual de cinco ou seis marchas. Um dos destaques, a transmissão automática de seis velocidades, é restrita às opções à diesel, que igualmente trazem um grande trunfo: o inédito motor 3.2 Duratorq cinco cilindros em linha de 200 cv, a maior potência do segmento. O torque é de 47,9 kgfm e a tração 4x4. A lista de equipamen-

Fotos: Divulgação

tos da versão inicial XL, voltada à frotistas, é interessante. Inclui ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS com EBD e traves elétricas. A intermediária XLS adiciona rádio CD MP3, rodas de liga leve aro 16, tela central colorida

R$ 130.000. Os valores comprovam que os importadores apertaram bem suas margens para competir. O Série 3 tem ido além do esperado no mercado mundial. Trajetória da AMG completa 45 anos como uma operação de sucesso de “esportivação” de modelos de rua. Especializada em produtos da Mercedes-Benz, foi comprada pela marca alemã aos poucos e há sete anos é uma divisão integral da companhia. SLK 55 AMG, motor V-8 biturbo de 421 cv/55 kgf•m, acaba de ser lançado no Brasil. Preço: US$ 244.900 (R$ 485.000).

mento e na carroceria. A Limited, topo de linha, vem completa com acendimento automático dos faróis, airbags laterais e do tipo cortina, bancos de couro, câmera traseira, navegador, santantônio, sensor de chuva, entre outros.

A garantia é de três anos. Confira os preços: Ranger 2.5 flex XLS 4x2 CS – R$ 61.900 Ranger 2.5 flex XLS 4x2 CD – R$ 67.600 Ranger 2.5 flex XLT 4x2 CD – R$ 75.500 Ranger 2.5 flex Limited 4x2 CD – R$ 87.500 Ranger 3.2 diesel XL 4x4 CS (frotistas) – de R$ 77.900 a R$ 92.500 Ranger 3.2 diesel XLS 4x4 CS – R$ 97.900 Ranger 3.2 diesel XLS 4x4 CD – R$ 106.900 Ranger 3.2 diesel XLT 4x4 CD – R$ 114.900 Ranger 3.2 diesel XLT 4x4 CD automática – R$ 120.400 Ranger 3.2 diesel Limited 4x4 CD automática – R$ 130.900

CELTA CONTINUA unidades produzidas em território gaúcho. E continuará à venda como opção de entrada, garante o vice-presidente da GM do Brasil, Marcos Munhoz. “Trata-se de um produto que cumpre um papel importantíssimo em nosso portfólio e que permanecerá atendendo aos consumidores por muito tempo ainda”, diz o executivo.

RODA VIVA Apenas no primeiro semestre de 2013 a filial argentina da PSA Peugeot Citroën terá fôlego para colocar em produção o sucessor do Citroën C4 Pallas. Linhas já são conhecidas porque o carro estará à venda antes na China, como C-Elysée e C4 L (entre-eixos maior), e fotos foram divulgadas. Como de praxe, os modelos do oriente e do ocidente não serão idênticos. Novo Série 3, da BMW, chegou ao mercado brasileiro nas versões 328i, 245 cv (R$ 171.400 a R$ 229.950) e de topo 335i, 306 cv (R$ 294.950). Em um mês, a 320i, de menor preço e mais vendida, ficará abaixo de

de 4,2 polegadas, vidros e retrovisores elétricos. Na Ranger XLT há airbags frontais, ar-condicionado digital de duas zonas, Bluetooth, controle eletrônico de estabilidade (ESP), sensor de estacionamento e detalhes cromados de acaba-

Lá se vão 12 anos desde que o primeiro Celta deixou a linha de produção de Gravataí (RS). Prestes a

ser suplantado por um novo hatch oriundo do projeto Ônix, o modelo alcançou a marca de 1 milhão e 500 mil

GPS INTEGRADO Depois do Sorento e Mohave, a Kia finalmente passa a oferecer navegador integrado de série ao utilitário-esportivo Sportage. Inicialmente restrito à versão topo de linha P.588 (R$ 115.900), o equipamen-

to vem integrado à câmera de ré com visor no sistema multimídia, rádio CD MP3 e tela sensível ao toque. O motor é o 2.0 flex de 169cv/178 cv (cavalos) acoplado ao câmbio automático de seis velocidades e tração 4x2.

CELTA CONTINUA (2) Juntamente com o sedã Prisma (este sim será substituído pelo sedã do Ônix), o Celtinha ajudará a fábrica a

obter a marca de 1 milhão e 900 mil carros em julho, abrindo a contagem regressiva para o número de dois milhões de unidades. Para os próximos anos, a meta da General Motors é ampliar a capacidade de produção da fábrica dos atuais 230 mil carros/ano para 380 mil unidades. Mas em 2012 entra em vigor a obrigatoriedade airbags e freios ABS em todos os carros nacionais. Celta e Prisma não os oferecem nem como opcionais. Será que o Ônix vai atingir a meta antes que se imagine?


MOTORGERAIS 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Chrysler convoca proprietários de Town & Country e Dodge Journey para recall

Fotos: Divulgação

Três diferentes tipos de recall foram anunciados pela Chrysler do Brasil para os modelos Town & Country 2008 e Dodge Journey ano/modelo 2007, 2008 e 2010.

A primeira das ações é motivada por um vazamento de água do dreno do radiador do sistema do ar-condicionado da minivan e inclui a inspeção e troca do módulo de controle de ocupação do assento – parte do módulo de Retenção Complementar do Passageiro (ORC). De acordo com o fabricante, o vazamento de água no carpete do lado do passageiro ou sobre o módulo contamina o módulo de controle de ocupação, gerando o acendimento da luz do airbag no painel e, em casos extremos, o acionamento involuntário da bolsa de ar. 292 veículos estão envolvidos no serviço, cujo tempo estimado de execução é de 1h30. Informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800-703-7130. No Dodge Journey, os motivos da convocação às oficinas são distintos. Em 402 unidades produzidas entre novembro de 2007 e 2008, ficou constatado que o chicote elétrico – alvo da troca – pode se romper, interromper os sensores laterais de impacto e ligar a lâmpada de advertência do airbag, perdendo a capacidade de detecção de colisão lateral. Em 88 unidades do modelo 2010, a causa é a mangueira de pressão da direção hidráulica. Ela pode se romper, vazar fluido da direção hidráulica e resultar em incêndio no compartimento do motor. Em ambos serviços, o tempo médio de reparo é de 1h, e o telefone de contato é outro: 0800-703-7140. Para conferir quais chassis estão envolvidos, também é possível consultar os sites das marcas (chrysler. com.br e dodge.com.br.).

Ford atualiza SYNC em Fusion e Edge produzidos de 2010 à 2012 Parte das unidades do sedã Fusion e os primeiros crossover Edge importados ao Brasil sem a opção de comandos de voz em português e navegador com mapas do Brasil no SYNC são convidados pela Ford para uma atualização gratuita do sistema nas concessionárias. A ação, semelhante a um recall, tem como objetivo “a satisfação dos clientes”, afirma o fabricante. No lançamento dos modelos, parte da imprensa fez críticas sobre as limitações do SYNC no país. A atualização é estendida a unidades do Fusion V6 2010 a 2012, Fusion Hybrid de 2011 a 2012, Edge SEL 2009, Edge

Limited 2010 e 2011. Nos Fusion, Edge SEL e Limited 2010, as funções de reconhecimento de voz para rádio, CD/DVD, jukebox e ar-condicionado serão desabilitadas em todos os idiomas, assim como as confirmações de nome de estação da rádio satélite, modo de interação de reconhecimento de voz (Standard/Advanced), confirmação de reconhecimento de voz (On/ Off) e reconhecimento do perfil de usuário (Profile1/Profile2/ Default). Comandos de voz para dispositivos externos como Bluetooth e entrada USB, telefone e configurações dos comandos

vocais continuam disponíveis e também passam a contar com a opção em português. No Edge Limited 2011, os mapas do GPS serão disponibilizados por meio de um cartão de memória SD, oferecido pelo fabricante no momento da atualização, mas que não será reposto gratuitamente em caso de extravio. A Ford ressalta que só poderão passar pelo serviço os carros que tiverem toda a parte elétrica em estado original, sem qualquer tipo de instalação de softwares não recomendados pela marca. Maiores informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800-703-3673.


Superexclusivo 04 MOTORGERAIS

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUARTA-FEIRA, 04/07/12

Somente um Lexus LFA será colocado à venda no Brasil por R$ 2,9 milhões

Fotos: Divulgação

Um carro único, sem igual. Para o ricaço que estiver interessado na compra de um superesportivo, pode até parecer mais um papo de vendedor. Mas é a pura verdade. Também é o principal argumento de vendas da Lexus ao convencer um brasileiro a levar para casa uma das 500 unidades do LFA – principal estrela na inauguração de sua primeira concessionária no Brasil. Montado artesanalmente na fábrica de Motomachi, no Japão, o superesportivo será importado em única unidade, que ainda nem foi produzida – a previsão da marca é que ela seja entregue no início de 2013 – mas o preço já desperta atenção: R$ 2,9 milhões. O valor supera em muito as bagatelas pedidas por superesportivos conhecidos, como Ferrari F458 Itália e Porsche 911 Carrera. A Lexus, por outro lado, ressalta que o LFA é mesmo um carro diferenciado. Numeradas, as unidades não passam de 20 fabricadas por mês. E o feliz comprador terá direito a conhecer a fábrica japonesa e acompanhar de perto a produção do superesportivo. Composto de um estilo fluído, o LFA incopora a filosfia L-finesse da Lexus, que busca expressar três elementos: simplicidade incisiva, elegância intrigante e antecipação contínua. Seus faróis são de xenônio de alta intensidade e as luzes de freio, em LEDs (diodos emissores de luz). Os

espelhos retrovisores foram projetados não apenas para oferecer excelente visibilidade, como também para canalizar ar frio para as entradas de ar traseiras, integradas acima das lanternas. Ao abrir a porta, um cockpit rebaixado e montado artesanalmente reflete uma dinâmica totalmente voltada ao motorista. A cabine, para dois ocupantes, é dividida em três áreas definidas como mecânica, o esqueleto do carro; humana, com os assentos; e de dirigilidade, o que inclui a instrumentação do painel e a interface que permite uma integração entre homem e máquina. Sob o capô está o coração que define toda esta essência. Especialmente desenvolvido para o LFA, o motor V10 adota o sistema VVT-i, que controla o tempo de abertura das válvulas de admissão. Otimizando tanto a admissão quanto a exaustão, e a utilização de bicos injetores de alto volume, contribuem para que 90% torque do LFA esteja disponível já a partir dos 3.700 rpm. O resultado final é uma aceleração até 100 km/h em 3,6 segundos e uma máxima de 325 km/h. O baixo peso em ordem de marcha de 1.580 kg – obtido por meio do uso extensivo de fibra de carbono no chassi e na carroceria – e os 560 cv de potência do motor, credenciam o LFA à uma relação potência/peso de 377,9 cv por tonelada e 116,5 cv por litro.

Som de Fórmula 1 Além da performance, o motor se destaca pelo ronco característico, assinatura elaborada com a ajuda da Yamaha onde foram estudados os sons dos monopostos de Fórmula 1 em altas rotações. Isso só foi possível por meio de ajustes no sistema de exaustão de múltiplos estágios do carro. Após passar pelo conversor catalítico, a exaustão do lado direito e esquerdo passam primeiro por um silenciador pequeno e depois pelo silenciador principal de múltiplos estágios, localizado atrás da caixa de transmissão.

O silenciador principal é feito em titânio e possui uma estrutura de dois estágios com válvula de atuação que canaliza o fluxo de exaustão de acordo com a velocidade do veículo. Até os 3.000 rpm, a válvula de exaustão permanece fechada, guiando a exaustão por múltiplas câmaras e gerando um som moderado. Acima dessa rotação, a válvula é aberta e a exaustão não passa pelas múltiplas câmaras, indo direto para uma câmara de ressonância e de lá para o sistema de escapamento triplo do LFA.

Desenvolvimento Inicialmente criado como um projeto de pesquisa e desenvolvimento avançado da Toyota (a controladora da Lexus), o LFA acabou se tornando num modelo sob medida para a Lexus, que necessitava de um esportivo de imagem para compor sua linha – prioritariamente focada no mercado norte-americano. Em 2008 e 2009 o supercarro participou das 24 Horas de Nürburgring com o objetivo de ser levado ao limite até que, poucos meses depois, foi lançado mundialmente no Salão de Tóquio.

saiba mais Potência para voar Motor 4.8 V10 560 cv (cavalos) 48,9 kgfm a 7.800 rpm de torque Aceleração até 100 km/h em 3,6 segundos Máxima de 325 km/h


Gazeta do Oeste