Issuu on Google+


Duas Mãos Direitas

Epitáfio I

No dia que morrer Quero ser enterrado debaixo do teu céu Tu, que apesar de tudo, és a verdade das coisas inteiras.

Apeiron Edições

|

9


N. M. Cruz Rosa

Epitáfio II

Quando eu morrer Não quero o meu nome gravado na pedra fria Não quero que me incendeiem num corredor de aço Não quero as cinzas da minha carne largadas no oceano Quero sete palmos de terra sobre o peito Do calor da minha terra.

10

|

Apeiron Edições


Extracto 2mdireitas