__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

16/ PLUS

Manaus pulsa e ainda encanta Para comemorar o aniversário de Manaus e celebrar cada pedacinho que forma a identidade baré, convidamos o maior cartão postal da cidade: os manauaras Presidente Cassiano Anunciação

diariodoamazonas.com.br/

twitter.com/portalD24am

Domingo, 23 de outubro de 2016 d24am.com.br Manaus Amazonas Ano28 Número 11000

R$

2,00

facebook.com/D24am fale-nos contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br

20/ CIDADES

35% DOS PRESOS VOLTAM A PRATICAR CRIME, NO AM Em comparação com o ano passado, a taxa de presos reincidentes aumentou 1%, conforme as estatístias da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária. A taxa de reincidência é considerada muito alta

38/ RADAR

Simulados e videoaulas ajudam que fará o Enem

Ebc.com.br

16/ ECONOMIA

Dois em cada dez idosos usam a internet para fazer compras

27/ VENCER

15/ ECONOMIA

Flamengo volta ao ‘Maraca’ para grande desafio contra o Timão

Mulheres superam homens naprincipal grandebarreirapara conquistar estágio


02

Diário do Amazonas

Primeiro Plano

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

contato@d24am.com, redacao@d24am.com siga-nos

Claro&Escuro

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

IBAMA MULTA BANCO QUE FINANCIOU PLANTIO DE GRÃOS NA AMAZÔNIA

3643-5037

Reprodução

TCE constata corrupção e a má administração no interior

O

s municípios de São Gabriel da Cachoeira, Parintins e Manacapuru serão alvo de inspeções extraordinária de técnicos do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) nos próximos dias. Aprovado em sessão ordinária nesta semana, a decisão foi tomada pelo colegiado após o conselheiro Júlio Pinheiro — relator das contas de São Gabriel da Cachoeira — solicitar uma auditoria extra em São Gabriel, localizada no Alto Rio Negro, baseado em uma denúncia encaminhada pela Polícia Federal de possíveis irregularidades na aplicação de verbas públicas. Segundo Pinheiro, a denúncia, em São Gabriel, é de uso de dinheiro público para compras pessoais de bens e serviços para parentes e membros do primeiro escalão e ainda direcionamento de compras. A conselheira Yara Lins sugeriu a inspeção em Parintins, que, segundo ela, atravessa uma fase conturbada em várias setores. Ao sugerir uma inspeção também em Manacapuru, o procurador Carlos Alberto Almeida falou do abandono do município que se evidencia pela falta de limpeza e insegurança.

nObancoSantanderfoimultadoemR$47,5milhõespeloIbamaporfinanciaroplantiodegrãosemáreasdaAmazônia

quejáestavamembargadas peloórgãodefiscalização,por seremáreasdeproteçãoambiental. Afiscalizaçãoconstatou que recursos dobancofinanciar amaplantaçãodemilhares detoneladas demilhoe sojaemáreas jábloqueadas por causadeplantações irregulares anteriores. Em vez de serem revitalizadas,essas terras continuarama ser exploradas.

n

Prefeitos em apuros 1 Os mais de 50 prefeitos eleitos no Amazonas que estiveram em Manaus, na última semana, mostraram suas angústias com as dificuldades financeiras dos seus municípios.

n

Prefeitos em apuros 2 De acordo com o presidente da Associação Amazonense dos Municípios, Paulo Campelo, os prefeitos têm muitos desafios. Eles se reunirão em Brasília, nesta semana.

n

Curso de Enfermagem O Ministério Público do Estado abriu inquérito para apurar denúncias de irregularidades no curso Técnico de Enfermagem da Faculdade Estácio de Sá.

Salários não pode ser à custa dos desempregados Ementrevista,apresidente doSupremoTribunalFederal CármenLúciaRocha,disse que quer queos juízes brasileiros sejambem remunerados,mas que “nenhumbomjuiz quer queo aumentodo seu vencimento sejapagoàs custas de12 milhões dedesempregados”.

n

n

Ex-secretário fica preso 1 O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Neli Cordeiro, negou pedido de liberdade ao ex-secretário municipal de Finanças de Iranduba Davi Queiroz, preso por corrupção.

n

Ex-secretário fica preso 2 No processo, o ex-secretário Davi Queiroz alega que a mesma denúncia contra ele é alvo de um processo em tramitação na na 2ª Vara da Justiça Federal do Ama zona s .

Gilmar Mendes compara TST a tribunal soviético OministrodoSupremo TribunalFederal(STF)Gilmar Mendes comparou aJustiça trabalhistabrasileiraa uma estrutura soviética. Ele apontou quehá uma “má vontade”noexcessoda judicializaçãonoTST,fazendo com queocapitalexporteo empregodoBrasilparafora.

Condenação anulada 1 O Tribunal de Justiça do Amazonas anulou a condenação ao ex-secretário de Estado da Juventude, Desporto e Lazer Lupércio Ramos para devolver R$ 69 mil do Projeto Bom de Bola.

n

Condenação anulada 2 Para o Tribunal, Lupércio, que já foi deputado estadual e federal, não foi responsável pela assinatura do convênio e, por isto, não pode ser responsável por eventuais irregularidades cometidas pelos beneficiários do dinheiro repassado.

n

Obras inacabadas O Tribunal de Contas da União condenou o ex-prefeito de Rio Preto da Eva Luiz Chagas, por não concluir obras de drenagem em diversas ruas.

n

Milhões em papel 1 A Câmara dos Deputados realizará licitação para 80 mil resmas de papel, ou 40 milhões de folhas.

n

Milhões em papel 2 São quase 78milfolhas por parlamentar. Aprevisãoede gastar R$1,5milhãocomacompra.

MAIS INFO

85 processos das comarcas de Manaus e do interior do Amazonas estão na pauta do mês nacional do Júri, que será realizado de 1º a 30 de novembro, seguindo orientação da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública.

18% foi a queda nos preços de venda e locação de imóveis comerciais, em setembro, segundo Índice FipeZap. Em 12 meses, os preços de locação e venda tiveram queda real de 18,19% e 11,22%, respectivamente. O índice mede o preço médio com base em anúncios da internet.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

03

Foto: Divulgação

TCEorientaprefeitos eleitos noEstado sobre períodode transição Para contribuir com o processo de transição do Executivo municipal e de olho no cumprimento da Resolução nº 11/2016 do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), que obriga gestores públicos a instituir uma Comissão de Transição de Governo, para transmitir a situação do município ao candidato eleito, sob pena de multa, a Escola de Contas Públicas

Política

(ECP) realiza nos dias 26 e 27 de outubro (quarta e quinta-feira), seminário para 150 prefeitos, vice-prefeitos (eleitos ou em exercício) e equipes técnicas dos mesmos o curso ‘Orientações para Encerramento de Mandato e Transição’. A Associação Amazonense dos Municípios é incentivadora do curso e já viabilizou a inscrição de vários gestores. No curso, serão abordados, também, sobre os deveres, direitos e responsabilidades dos agentes públicos na transição, sobre os principais gargalos da

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos Diariodoamazonas.com.br

twitter.com/portalD24am

JUSTIÇA

MPF/AM: 32 AÇÕES DE IMPROBIDADE Justiça Federal Entre as principais ações abordadas estão falta de prestação de contas e irregularidades na aplicação de convênios na área da saúde e educação Benjamin Constant Ação de improbidade contra o ex-prefeito José da Silva Jr.

Alisson Castro redacao@diarioam.com.br Manaus

O

Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ingressou, neste ano, com 32 ações de improbidade administrativa contra gestores públicos do Amazonas, segundo informações do site da Justiça Federal no Estado. Segundo o MPF, entre as principais ações abordadas estão a ausência de prestação de

contas e irregularidades na aplicação de convênios federais na área da saúde e educação. Entre os processos mais recentes há uma ação por improbidade ingressada, no último dia 10, contra o ex-prefeito de Apuí Antonio Marcos Maciel Fernandes. O processo foi distribuído para o juiz da 3º Vara Federal Ricardo Augusto de Sales e tem como assunto ‘prestação de contas’. Em julho de 2013, o ex-prefeito de Apuí teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Con-

Reprodução/Mapio.net

tas da União e foi condenado ao pagamento de R$ 39 mil aos cofres da União, além do pagamento de multa de R$ 10 mil por irregularidades cometidas na Prefeitura de Apuí, envolvendo recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate) no ano de 2009. No mês de março deste ano, o MPF ingressou com ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de

administração pública e a continuidade administrativa, despesa de pessoal, além do aspecto dos orçamentos públicos e Lei de Acesso à Informação e transparência. Segundo o presidente do TCE, conselheiro Ari Moutinho Júnior, o curso é importante e demonstra a perfeita sintonia da ECP com o colegiado, que editou a resolução. Segundo ele, antes de punir, é necessário esclarecer sobre a legislação. “ O TCE, por meio dos nossos técnicos, vai acompanhar com lupa a transição”, disse o presidente.

Benjamin Constant (a 1.116 quilômetros a oeste de Manaus) José Maria Freitas da Silva Jr., dois engenheiros e a empresa Caram Empreendimentos Ltda., por dano ao patrimônio público federal. Mais de 1 milhão de reais repassados à Prefeitura de Benjamin Constant foram pagos à empresa, que não concluiu sequer metade das obras de calçadas, meios-fios e sarjetas nas vias da cidade. O município de Benjamin Constant recebeu repasse de R$ 1.178.550 do Ministério da

facebook.com/D24am

Defesa para construção de 14 mil metros de calçadas, meios-fios e sarjetas nas vias públicas da cidade, em convênio firmado em dezembro de 2006. O valor total foi repassado pela prefeitura à empresa Caram Empreendimentos Ltda., para a realização das obras. Em outra ação datada de agosto o órgão ministerial revelou ter conseguido na Justiça o bloqueio de, aproximadamente, R$ 20 milhões em bens e valores de empresas e de ex-funcionários da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e despachantes envolvidos em um esquema de corrupção e fraudes em operações fiscais do Polo Industrial de Manaus (PIM), desmontado durante a operação Rio Nilo, em 2007. As decisões de bloqueio de bens atenderam ao pedido do MPF em 17 ações de improbidade administrativa ajuizadas pelo órgão. De acordo com as investigações, o grupo era composto por empresários de Manaus e São Paulo e servidores públicos da Suframa. As fraudes eram praticadas na chegada de mercadorias no PIM para se beneficiar ilegalmente de incentivos fiscais e sonegar impostos. No esquema, investigado de 2004 a 2007, os vistoriadores da Suframa recebiam propina para chancelar os protocolos de ingresso de mercadorias sem a real conferência da carga e dos documentos apresentados pelas transportadoras. As cargas que simulavam entrada em Manaus chegaram a movimentar R$ 430 milhões, valor sobre o qual incidiu o cálculo dos créditos tributários recebidos pelas empresas envolvidas.


04

Política

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Cunha pretende revelar o preço do apoio a Dilma, informa revista Revista Época Ele atuou como um tesoureiro informal na campanha de 2014 e já relatou a amigos que o PMDB cobrou R$ 40 milhões do PT para a apoiar a chapa Reprodução

Das Agências Redacao@diarioam.com.br Brasilia

N

Em reportagem deste fim de semana, a revista Época revela que “faltavam 16 dias para o segundo turno das eleições de 2014 quando Eduardo Cunha enviou uma mensagem, em tom de ordem, ao presidente da OAS, Léo Pinheiro. “Vê Henrique seg turno”,escreveu o então líder do PMDB, em 10 de outubro, pedindo ajuda financeira para a reta final da campanha do aliado Henrique Eduardo Alves ao Governo do Rio Grande do Norte. Como o dinheiro demorava a cair, Cunha ficou impaciente. “Amigo,aeleição é semana que vem, preciso que veja urgente”,escreveu, três dias depois. “Tem de encontrar uma solução, senão todoesforço seráem vão”,insistiu,daliadois dias. Pinheiro respondia sempre queestavacomdificuldades para levantar novos recursos. Cunha, habilidoso negociador, decidiu resolveroproblemapor conta própria. Providenciou com dirigentes da Odebrecht uma transferênciaeletrônicade R$4milhões daempreiteirapara o comitê nacional do partido, em 23 de outubro. Naquele dia, umchequedomesmo valor saiu

Eleição de 2014 Cunhas arrecadou para a chapa que elegeu Dilma como presidente e Michel Temer como vice

da cúpula da sigla para o diretório do PMDB-RN e, ao longo da semana, todos os R$ 4 milhões chegaram à conta da campanha deAlves. Cunha conhecia todo mundo que doava e conhecia no PMDB todo mundo que receberia, ou deveria receber, o dinheiro. Tornara-se,decertamaneira, um tesoureiro informal do PMDB. Agora, está preso pelaLavaJato. Ele sabe quedificilmente sairá da cadeia sem fechar umadelação. Ele tem informações que podem ser determinantes para o desenrolar da investigação

que o Tribunal Superior Eleitoral conduz sobre as contas da chapa que elegeu Dilma como presidente e Michel Temer como vice. Já há provas abundantes, segundo a Lava Jato, de que dinheiro do petrolão abasteceu, sejanocaixaoficial, sejanocaixa dois,achapadeDilmaeTemer. É nesse ponto que o testemunho de Cunha pode se revelar comprometedor. Segundo ele disse a amigos, os compromissos financeiros dos grandes empresários misturaram-seentre PT e PMDB. De acordo com esses relatos e outras duas fontes envolvidas nas negociações,

o PMDB cobrou R$ 40 milhões do PT para apoiar a chapa de Dilma. Segundo as fontes, o acordo secreto foi fechado no primeiro semestre de 2014 por Aloizio Mercadante, homem de confiançadeDilma,epelo senador Valdir Raupp,quepresidiao PMDB. Pelo acordo, o PT usaria seu crédito junto aos grandes empresários – sobretudo empreiteiros do petrolão – para garantir queoPMDBrecebesseosR$ 40 milhões. Em troca, o PMDB apoiaria,enão somentepor esse motivo, a chapa de Dilma e Temer.

Supremo Tribunal Federal pode rever regra que blinda governadores Está nas mãos da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia,adecisãodepautar ou não um tema polêmico que afeta diretamente os governadores. São ações que questionam a necessidade de autorização prévia dos deputados estaduais para processar e julgar os chefes de Estado locais. No modelo atual, os governadores se tornam intocáveis, nas palavras de um ministro, uma vez que formam maioria parlamentar com razoável facilidadeeconseguemcontrolar as votações dentrodas Assembleias Legislativas. Nos últimos 15 anos, apenas a Assembleia de Rondônia autorizou o STJ a processar o então governador Ivo Cassol. No período, contabilizam-se 15 pedidos negados e 35nem sequer foram analisados durante o mandato do chefe de Estado. No momento, seis processos esperam ordem das Assembleias para andar. Um dos casos mais recentes envolveogovernador de Minas, Fernando Pimentel, indiciado pela PF por corrupção e lavagem de dinheiro. O caso está parado à espera da Assembleia. Se o STF mudar o entendimento antes, o processo volta a andar no STJ.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Política

05

Comissão especial da reforma política será instalada na próxima terça-feira Mudanças à Vista Parlamentares devem dar preferência ao projeto do Senado que estabelece a cláusula de barreira e o fim das coligações proporcionais e também ao financiamento de campanhas eleitorais Divulgação

Das Agências Redacao@diarioam.com.br Brasilia

O

presidente da comissão especial criada para discutir o tema, deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), informou que o colegiado será instalado na próxima terça-feira. Vieira Lima explicou que os partidos políticos vão apresentar sugestões de pontos da reforma para serem debatidos. Ele também afirmou que a comissão deve dar preferência ao projeto do Senado que estabelece a cláusula de barreira e o fim das coligações proporcionais e também as discussões sobre sistema elei-

toral e financiamento de campanhas. O parlamentar ainda pretende colocar em discussão temas que foram rejeitados na última reforma política votada pela Câmara. “A (última) eleição que teve 40% de abstenção e votos brancos e nulos é a demonstração clara de que a população não ficou satisfeita com o que nós aprovamos. Aquela minirreforma não passou nos testes das urnas. Então, o clima é justamente esse: os políticos estão convencidos de que precisam fazer alguma coisa. Nós não podemos fazer toda hora um remendo de reforma, nós temos que fazer uma reforma que fique definitiva por um longo período”, justificou Vieira Lima.

Maia: Com o fundo partidário, de R$ 1 bi ao ano, não dá para financiar uma eleição

Na opinião do presidente Rodrigo Maia, o sistema eleitoral brasileiro “precisa ser refundado”. “Ou se muda o sistema ou daqui a pouco vai preci-

sar de mais dinheiro público para financiar as eleições. Ninguém está se dando conta disso, com esse financiamento atual do fundo partidário, de

R$ 1 bilhão por ano, não dá para financiar uma eleição geral. O sistema eleitoral é caro. Precisamos de um modelo mais legítimo e mais barato. O sistema atual, por mais que se reduza, não vai custar menos que R$ 2 a R$ 3 bilhões. Todos os modelos têm coisas boas e ruins, o único que só tem coisas péssimas é o brasileiro.” O líder do Democratas, deputado Pauderney Avelino (AM), explicou que o objetivo da comissão é começar a discussão do zero e incluir todos os temas relativos à reforma política. “Temos um sistema eleitoral confuso e caro, então precisamos fazer uma eleição que seja mais simples e barata e que o eleitor se sinta representado”, defendeu Avelino.


06

Política

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Polícia do Senado tentou impedir quatro vezes busca e apreensão na casa de Collor Lava Jato O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse que os quatro policiais do Senado que foram presos, na sexta-feira, cometeram uma série de atividades com o objetivo de obstruir a operação Reprodução

Das Agências Redacao@diarioam.com.br Brasilia

E

m relatório interno, a PolíciaFederalacusou a Polícia Legislativa do Senado de ter tentado impedir a realização de busca e apreensão no apartamento funcional ocupado pelo senador Fernando Collor (PTC-AL), realizada em julho de 2015. Enquanto a PF estava no imóvel, os policiais do Senado teriam batido à porta por quatro vezes. Alegavam que, como não foram avisados da operação, a medida era ilegal. Os policiais legislativos também teriam dito que, como o imóvel era funcional, a PF não poderiaentrar. A busca foi realizada na operação Politeia, derivada da LavaJato,porordemdoministroCelsodeMello,doSupremo Tribunal Federal (STF). A delegada Andrea Pinho Albuquerque, que comandou a missão, enviou ofício ao coordenador da operação, o delegado Tiago Delebary, contando o episódio. No relatório, ela disse que os policiais do Senado

“pertubaram o bom andamentodadiligência”. No dia da operação, não tinha ninguém no apartamento e, por isso, a PF solicitou a um chaveiro que abrisse a porta. Minutos depois, três policiais do Senado apareceram para pedir à PF a cópia do mandado de busca e apreensão. Andrea conta que advertiu os policiais do Senado, porque usavam trajes ostensivos e viatura caracterizada, em confronto com a decisão de Celso de Mello, que recomendavadiscriçãoàPF. Os policiais legislativos teriam ido emboradiantedoargumento. Minutos depois, uma nova equipe bateu à porta e as duas equipes discutiram sobrealegalidade da busca e apreensão. A polícia legislativa foi embora, masretornouem seguida.Onovo episódio foi parecido com o anterior e terminou comos servidores doSenadoindoembora. Por fim, já perto de concluídas as diligências, bateram novamente à porta, mas a delegada da PF se recusou a atender. Doladodefora,ouviu gritos: “É a polícia”. A delegada decidiu abrir somente quando terminou a busca e apreensão. Na porta, um homem identificado

Brasília A famosa Casa da Dinda, a mansão onde ele viveu durante os anos de presidência, foi o alvo da operação Politeia

como Ricardo teria impedido a saídadaequipedaPF. Adelegada conta que protestou, dizendo que era cárcere privado. O policial legislativo sucumbiu e, por fim, deixou os policiais federais passarem. Ministro O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse que os quatro policiais do Senado que

foram presos, na sexta-feira, cometeram uma série de atividades com o objetivo de obstruir a operação Lava Jato. Ele não quis listar essas condutas, porque alegou que o caso estaria sob segredo de Justiça. Mas garantiu que o problema não seria apenas as varreduras em apartamentos funcionais para eliminar eventuais escutas telefônicas instaladas pela La-

va-Jato. “As investigações levaram à conclusão de que alguns servidores da polícia do Senado Federal realizaram uma série de atividades direcionadas à obstrução da justiça. Em tese, extrapolaram o que seria de sua competência”, afirmou o ministro, em um evento realizado na Superintendência da Polícia Federal.

Comissão aprova multa de até 2 mil salários-mínimos a traficantes, para a Saúde PRISÃO

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou proposta que autoriza o juiz a condenar traficantes de drogas a pagar multa de até 2 mil salários-mínimos, além da pena de prisão. A intenção é reparar danos à saúde pública provocados pelo uso de drogas. O dinheiro será depositado pelo condenado em conta do Sistema Único de Saúde (SUS). O texto aprovado é o Projeto de Lei 4947/16, do deputado

Delegado Waldir (PR-GO). Relator da proposta na comissão, o deputado Ezequiel Teixeira (PTN-RJ) afirmou que a medida vai beneficiar os usuários do SUS. A proposta altera a lei do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad - Lei11.343/06). A legislação traz uma série de dispositivos sobre a utilização dos serviços de saúde pública para o tratamento dos usuários de drogas. A proposta ainda será analisada, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Política

07 Divulgação

Projeto prioriza ações judiciais contra cidadãos com foro privilegiado Senado O projeto poderá receber emendas até a próxima quinta-feira e ainda aguarda designação de relator na CCJ

Das Agências Redacao@diarioam.com.br Brasilia

A

ções penais que envolvam o chamado foro privilegiado contra autoridades com prerrogativa de função poderão passar a ter preferência de julgamento sobre as demais. É o que determina o projeto 388/2016, apresentado esta semana pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC). O objetivo da proposta, conforme o autor, é dar maior celeridade à punição de agentes públicos envol-

vidos em casos de corrupção. O texto está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). O Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3.689/1941) já confere prioridade de tramitação, em todas as instâncias, para processos que apurem crimes hediondos. Bauer quer também dar preferência para crimes equiparados aos hediondos e para o julgamento de autoridades com foro por prerrogativa de função, nos níveis municipal, estadual, distrital e federal. Na opinião do parlamentar, o processo do Mensalão e a

operação Lava Jato seriam “divisores de águas” na história da Justiça brasileira e decisivos para acabar com a cultura da impunidade no País. Como afirma Bauer, o momento exige do Congresso, como resposta a demandas da sociedade, a atualização das leis para tornar mais rigorosa e célere a punição de corruptos. O projeto poderá receber emendas até a próxima quinta-feira (27) e ainda aguarda designação de relator na CCJ, onde será votado em caráter terminativo, sem necessidade de ser analisado pelo Plenário do Senado.

Paulo Bauer Senador é autor do projeto que prioriza ações de foro privilegiado


08

Política

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Defesa adia o habeas corpus, e Eduardo Cunha passa fim de semana preso no PR Tentativa de Cunha O principal argumento a ser apresentado pelos advogados de defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados será o de que a competência para julgar o caso não é da Justiça Federal do Paraná Reprodução

Agência Estado Redacao@diarioam.com.br Curitiba

A

defesa do ex-advogado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) decidiu deixar para a próxima segunda-feira a apresentação de um pedido de habeas corpus à Justiça para liberação do peemedebista. Com isso, Cunha passa o final de semana preso na custódia da Polícia Federal em Curitiba, onde está desde a última quarta-feira. O pedido será apresentado ao Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. O peemedebista foi preso dentro das investigações da

operação Lava Jato e por determinação do juiz federal Sérgio Moro. O principal argumento da defesa será a competência para julgar o caso não é da Justiça Federal do Paraná. “Ainda estamos analisando a decisão (da prisão), que é de um processo que já estava em trâmite no STF (Supremo Tribunal Federal). Já tinha a denúncia recebida, então, é preciso analisar com muita cautela, inclusive, a questão de competência. Essa é a principal linha da defesa”, declarou o advogado Marlus Arns de Oliveira. Na ocasião, Arns havia dito à imprensa, na sede da Polícia Federal em Curitiba, que apresentaria o pedido no mesmo dia, ou, no máximo, até a últi-

Curitiba peemedebista foi preso dentro das investigações da operação Lava

ma sexta-feira. A assessoria dele informou que o pedido só seria apresentado na segunda porque a peça, feita em conjunto com outro escritório, de-

pende de um posicionamento dos outros advogados. O processo que está com Moro - que apura se o peemedebista recebeu propina rela-

cionada à compra pela Petrobras de um campo de petróleo na costa do Benin, na África, em 2011 - foi aberto inicialmente pelo STF em junho passado. Cunha é defendido pelos advogados de três escritórios diferentes: em Curitiba, no Rio e em Brasília. O pedido será apresentado pelo escritório de Arns, da capital paranaense, o mesmo que defende a mulher do ex-parlamentar, Claudia Cruz, em parte dos processos em que ela é ré também na operação Lava Jato. Ne última sexta-feira, Cláudia Cruz visitou o marido na carceragem da PF em Curitiba pela manhã. A visita durou cerca de duas horas: das 8 às 10 horas.

‘Deixa eu responder em liberdade para tocar minha vida’, pede Dirceu Em depoimento ao juiz Sergio Moro na última sexta-feira, o ex-ministro José Dirceu fez um pedido ao magistrado para que responda ao processo em liberdade, a fim de “tocar sua vida” e “trabalhar para sustentar a filha”. “Eu preciso sair para trabalhar, para sustentar minha filha que tem seis anos de idade”, pediu Dirceu, ao final da audiência. “Não é crível que alguém acredite que eu vou fugir, que eu vou obstruir a Justiça, na situação que eu estou”. Réu em duas ações na operação Lava Jato e já condenado em uma delas a 23 anos de prisão, o ex-ministro está preso preventivamente há mais de um ano, desde agosto de 2015. “Eu não estou dizendo isso para ter piedade, porque a responsabilidade é minha pelo que aconteceu. Eu estou dizendo isso porque são fatos objetivos. A realidade da minha família é de dificuldade fi-

nanceira”. Moro respondeu que já decidiu a respeito, negou o pedido de liberdade, e que cabe às instâncias superiores reverterem a decisão. A defesa de Dirceu recorreu ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal, mas ambas as cortes negaram a libertação até aqui. Ainda falta a decisão da corte do Supremo. Na Justiça do Paraná, Dirceu é acusado de receber propina da empresa Apolo Tubulars para que ela fosse contratada pela Petrobras, com a intervenção do ex-diretor Renato Duque. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, foram R$ 7 milhões em propina no total. O ex-ministro teria recebido cerca de 30% do valor. No depoimento desta sexta, ele negou que tenha interferido em licitações na Petrobras e disse jamais ter solicitado propina a empresários em troca de contratos na estatal.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Política

09 Foto: Divulgação

PF aponta patrimônio irregular de filho de Lula Polícia Federal Análise verificou os rendimentos declarados por Luís Cláudio e sua movimentação financeira Agência Estado Redacao@diarioam.com.br São Paulo

L

audo da Polícia Federal (PF), com informações da Receita, apontam que a variação patrimonial de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz InácioLuladaSilva,é “formalmente incompatível” com seus rendimentos entreos anos de 2011 e 2013. A evolução pa-

trimonial foi considerada compatível no ano de 2014. Ele é alvodeinquérito sobreapropriedadedo sítioSantaBárbara,em Atibaia (SP), que os investigadores afirmam ser deLula. “Frente às informações prestadas ao fisco federal, bem como movimentação bancária do investigado, foi constatado que a variação patrimonial do Sr. Luis Cláudio Lula da Silva formalmente incompatível com as sobras financeiras correspondentes nos anos de 2011

Luís Cláudio Alvo de inquérito sobre a propriedade do sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP)

2013, no acumulado do período (2011-2014), apresentando-se compatível no ano de 2014?”, diz olaudo. APFanalisou acompatibilidade dos rendimentos declarados por Luís Cláudio e sua movimentação financeira. O delegado da PF, Márcio Adriano Anselmo,daforça-tarefadaLava Jato, havia solicitado, em agosto, a realização de perícias financeiras na documentação fiscal e bancária de Luís Cláudio, de seu irmão Fábio Luís, e

de seus sócios Fernando Bittar e Jonas Suassuna - que estão registrados comodonos do sítio emAtibaia. O relatóriodestacou queem 2013 a “evolução patrimonial descoberta (falta de recursos) atinge valores superiores a R$ 200 mil, quantia essa significativa frente a posição patrimonial do investigado”. O documento faz menção a Lils, empresa de palestras de Lula. “Essa variação descoberto em 2013, decorrente, em grande

parte, de gastos com cartão de crédito (superiores a R$ 300 mil), conforme registros na movimentação bancária do investigado. Observe-se que dos cerca de R$ 1,43 milhão de rendimentos brutos doinvestigado no período de 2011 2014, aproximadamente R$ 246 mil foram oriundos da empresa Lils Palestras, R$ 780 mil da LFT Marketing, R$ 100 mil de pessoas físicas, R$ 200 mil da sra. Marisa Leticia”, informa o documento.


10

Política

Diário do Amazonas

José R. Bessa Freire redacao@diarioam.com.br

Taquiprati

SE EU FOSSE IRACEMA

Nesses tempos bicudos com sérios riscos de trumperização do mundo, de temerização do Brasil, de crivellização do Rio de Janeiro e de marmelomerendização de Manaus, é recomendável se refugiar no terreno da beleza e da inteligência com a esperança de retirar de lá forças para combater o bom combate. Foi o que fiz no domingo, no Teatro da UFF, onde a atriz Adassa Martins apresentou "Se eu fosse Iracema", um monólogo criado por dois capixabas o dramaturgo Fernando Marques e o diretor Fernando Nicolau. Tudo começou em 2012 quando Fernando Nicolau leu a carta dos Guarani Kaiowá, de Mato Grosso do Sul, na qual anunciavam um suicídio coletivo planejado como resposta ao juiz Sérgio Bonacheia, que determinou a expulsão deles de suas terras tradicionais. O fato repercutiu internacionalmente e ganhou as redes sociais - "Somos todos Kaiowá". Solidários, os dois Fernando pesquisaram durante quatro anos a resistência histórica dos índios para criar a peça que estreou em abril de 2016 no Sesc Tijuca estrelada pela atriz Adassa Martins. Durante 60 minutos, o público participa de um espetáculo de qualidade, que faz uma síntese da história do Brasil. Os autores recolheram documentos, relatos e entrevistas, desde o diálogo de Jean de Léry com um velho tupinambá, no séc. XVI, no qual o índio expõe sua teoria do valor na relação com a mãe-terra, até discursos como o de Paulinho Payakã e de Davi Yanomami, no séc. XXI. Estão lá o pataxó Galdino Jesus dos Santos, assassinado em Brasília, o bebé kaingang, de dois anos, degolado recentemente diante da própria mãe em Imbituba (SC), o líder Marcos Veron e tantos outros que foram assassinados, mas também é possivel identificar as obras de Manuela Carneiro da Cunha, Betty Mindlin, Darci Ribeiro. A interlíngua O cenário é discreto e contido: no centro do palco, um tronco de árvore cortado na base, coberto com uma lâmina de vidro, numa associação de mundo urbano com a floresta. É sobre ele que Adassa Martins inicia e termina o espetáculo, vestida com uma saia comprida de látex, como se fosse o caule da árvore. O pajé, personagem inspirado no cacique Raoni, fala em guarani, num discurso traduzido pelo cineasta indígena Alberto Alvares Tupã Ray. Em torno do tronco, ora pedestal, ora assento, se desenvolve toda a peça.

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

O monólogo é sustentado pela versatilidade da atriz que se transfigura ao representar diferentes personagens. O capítulo da Constituição de 1988 sobre os índios é recitado por uma mulher bêbada, seguida da performance da miss moto-serra Kátia Abreu, representante do agronegócio e seu séquito de madereiros e garimpeiros e de uma palestrante "imparcial" que busca a cumplicidade com o público ao defender o desmatamento "sustentável" sob a justificativa de que "todo mundo quer ficar rico". A tentativa de diálogo entre índios e a chamada sociedade nacional envolvente surge aqui e ali, na luta contra o preconceito e em defesa da diversidade. A voz de uma velha índia sábia se faz ouvir em narrativas míticas sobre a origem do mundo e sobre os rituais de passagem, focando sobre a infância e a adolescência, assim como as vozes de mulheres indígenas após os massacres. Nesses momentos, a atriz cresce, falando uma interlíngua - o português fortemente marcado por línguas indígenas, tratado aqui com muito respeito e criatividade, sem qualquer folclorização, resultado de muita pesquisa: - “Ouvi os pajés e diversos índios falando em documentários e percebi os fonemas mais presentes. A ideia é criar uma fusão do português com uma língua indígena”, comentou a atriz em entrevista. xoxoxox Adassa Martins explora todos os recursos da voz para caracterizar os diferentes personagens, com um timbre ora agudo, ora gutural, como na cena em que representa uma mãe indígena amamentado um bebé que é, entre tantas outras, bastante original. A atriz, que cursou Artes Visuais na UERJ, reside em Niterói, onde participa ativamente da luta por políticas culturais que contemplem a diversidade. Faz parte do Teatro Inominável. Participou de festivais de teatro em Curitiba, em Recife, em Porto Alegre, em São Paulo apresentando diferentes peças. Na telinha da TV ela teve várias atuações na minissérie "Amazônia", em 2007, onde encarna a personagem que vai levar notícia a Chico Mendes sobre a tentativa de assassiná-lo e nas novelas "Joia Rara", "Em Família", "Além do Horizonte" e nas séries "Sensacionalista" e "Adorável Psicose". "Se eu fosse Iracema" é uma peça de denúncia da violência, sem cair na armadilha da "crônica do genocídio", que vitimiza os índios e retira deles o papel de sujeitos da história, de atores que resistem, fazem alianças e lutam. É um teatro político, consciente de que sem uma linguagem teatral refinada, não existe teatro, mas panfleto. Talvez por isso Adassa Martins tenha sido indicado qo Prêmio Shell de Melhor Atriz por sua atuação na peça dos dois Fernando.

Leandro Mazzini Jornalista contato@colunaesplanada.com.br

COLUNA ESPLANADA

Bancada antigrampo O agente da Polícia Legislativa que delatou o esquema de varreduras de escutas citou os nomes de pelo menos mais dez senadores e dois ex-senadores que contaram com o “serviço” anti-arapongagem, que começou quando a Lava Jato já chegava ao Congresso Nacional. Entre eles, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador cassado Delcídio do Amaral, sem partido, preso na Lava Jato. O sistema adquirido pelo Senado é o Oscor, uma maleta poderosa. Tudo com dinheiro público. Demanda na praça Desde que os equipamentos eletrônicos foram adquiridos, em janeiro de 2015, por mais de R$ 400 mil, foi intensa a demanda de parlamentares pelo “serviço”. Contramão O Senado deve explicações. Foram apreendidas dez maletas ‘Oscor’. Neste caso, foram investidos dinheiro público para obstruir investigações da Lava Jato. Do outro lado A Polícia da Câmara também ficou na mira da PF. Também tem autonomia para varreduras, mas não há – por ora – informações sobre equipamentos próprios. Vem mais De todo esse mistério, uma certeza: como havia escutas ambientais com senadores como alvos, segundo fonte, vem mais operação no Congresso em breve. Rota certa Oliver Hart, 68 anos, e Bengt Holmström, 67, ganharam o Nobel de Economia de 2016 pela tese da Teoria dos Contratos. É justamente a segurança jurídica nos negócios que a Comissão Especial na Câmara debate, há um ano, para o novo Código Comercial brasileiro. A Comissão é comandada pelo deputado Laércio Oliveira (SD-SE). Discurso pronto O Governo iniciou defesa prévia oral contra possível delação de Eduardo Cunha. O líder no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP),

tem discurso para blindar o Planalto: “Se houver denúncia consistente contra alguém, essa pessoa terá que pagar e o Brasil segue” El gado A JBS abriu seu maior frigorífico em Belén, no interior do Paraguai. Passaram de 40 as unidades do grupo no mundo. Turma do óleo O Rio vai receber pela primeira vez o Future Leaders Forum, com CEOs do setor de petróleo, no Riocentro. Homem que reabriu os estaleiros do Rio nos anos 2000, o atual secretário de Educação do Rio, Wagner Victer, profere palestra de abertura na quarta. Inocente Em sessão na Câmara, o deputado Mirim Luiz Eduardo improvisou discurso com críticas à PEC que limita os gastos públicos. “O investimento vai ser congelado. A gente não pode fechar os olhos para isso”. Volta às ruas “Mil escolas ocupadas! Viva a Ubes, viva o movimento estudantil! Viva os estudantes brasileiros, que não se rendem aos mandos de Michel Temer, com sua deformação do Ensino Médio e a PEC241”, gritou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Serviço público A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirma que o ex-presidente da Câmara tem que “prestar um serviço ao País” e contar tudo o que sabe. A parlamentar também envia um aviso ao Planalto: “E o Governo tem que agir com celeridade para que qualquer contaminação que tiver seja eliminada imediatamente”. Poetizar é preciso Cinco escolas estaduais da Região Metropolitana do Rio vão participar da 'Batalha de Poesia’, em que alunos vão declarar textos autorais por até três minutos. Iniciativa da Festa Literária das Periferias (Flupp), com apoio das Secretarias de Educação e Esporte Dirceu advogado José Dirceu pediu ao juiz Sérgio Moro prisão domiciliar para que possa trabalhar e sustentar a filha pequena. Com o perdão da pena do Mensalão pelo STF, ele retomou a carteirinha de advogado da OAB, porque o processo caiu na Ordem.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

11

Reinaldo Okita

Especialista mostra perfil de trabalho para empreendedor digital Começar bem cedo e terminar bem tarde, não ter férias, nem muito tempo livre para lazer, passar pouco tempo com a família e com os amigos. Essa é a ideia de algumas pessoas em relação ao dia a dia do empreendedor bem-sucedido. Entretanto, o empreendedor digital e idealizador dos sites Empreendedor Digital e Férias Sem Fim, Bruno Picinini, vê como

equivocada essa imagem, já que o objetivo de quem abre um negócio, seja físico ou virtual, é justamente não ficar restrito aos horários engessados de um emprego em determinada empresa, e, assim, ter mais tempo livre para outras atividades que não somente o trabalho. Para Picinini, esse modelo de trabalho, no qual é preciso dedicar-se em média 8 horas por dia, às vezes, até mais, fazia muito sentido no século 20 quando do surgimento das indústrias, porque se buscava produtividade e mais horas de atividade resultavam em

Economia

mais peças fabricadas. Contudo, segundo o empreendedor digital, na atualidade, em um mundo computadorizado, essa carga horário excessiva não é mais a ideal para as pessoas. Para o especialista, o foco do empreendedor deve estar sempre voltado para aquilo que aumentou suas vendas e o número de clientes e gerou mais lucro. “É só isso que interessa, principalmente, no início. Claro, depois você talvez tenha que desenvolver ou melhorar algum processo de comunicação, por exemplo, como um anúncio”, explica.

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos Diariodoamazonas.com.br

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

TRABALHO

MERCADO ACEITA 83 MIL JOVENS APRENDIZES Trabalho De acordo com o governo federal, pode ser aprendiz o jovem entre 14 e 24 anos e que esteja cursando o ensino regular, Fundamental ou Médio e a jornada de trabalho é de seis a oito horas Programa A cota de aprendizes está fixada entre 5% e 15% do total de empregados cujas funções demandem formação profissional

Da Redação com Agências redacao@diarioam.com.br Manaus

D

e janeiro até setembro, 83.646 aprendizes entre 14 e 24 anos foram inseridos no mercado de trabalho em todo o Brasil, de acordo com a Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho (SIT). Segundo o órgão, a faixa etária com maior colocação foi a de 16 a 18 anos, com 49,7 mil aprendizes contratados. Com os resultados, já foram alcançadas 66% da meta de fiscalização prevista para a SIT este ano, na inserção de jovens na

Aprendizagem Profissional. Os auditores do trabalho fiscalizam o cumprimento da Lei da Aprendizagem, observando se as empresas de médio e grande porte mantêm, como funcionários, jovens de 14 a 24 anos na modalidade Aprendiz. Acotadeaprendizes estáfixada entre 5% e 15% do total de empregados cujas funções demandem formação profissional. As empresas que contratam aprendizes recebem incentivos fiscais e tributários. Deacordoo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nos primeiros seis meses deste ano, 205 mil aprendizes foram contratados noPaís. Em 10 Estados brasilei-

CONTRATAÇÕES

49,7 mil aprendizes contratados têm idade entre 16 e 18, de acordo com a Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho (SIT). Com os resultados de contratação, já foram alcançadas 66% da meta de fiscalização prevista para a SIT este ano na inserção de jovens na Aprendizagem Profissional.

ros, a meta da fiscalização da SIT superou 100% da expectativa. O Espírito Santo se destacou com 4.581 jovens no programa de apren-

dizado, alcançando 215% da meta proposta. No Ceará, também houve um bom resultado, com 4.560 aprendizes, 130% da meta. Os Estados de Minas Gerais - onde foram contratados 15.736 aprendizes - Rio de Janeiro, com 12 mil jovens nas empresas, também, superaram em mais de 100% a meta. Pode ser aprendiz o jovem entre 14 e 24 anos e que esteja cursando o ensino regular, Fundamental ou Médio. Especialistas apontam que a prioridade é para a faixa entre 14 e 16 porque, a partir dos 16 anos, o adolescente já pode ser contratado como empregado. A jornada de trabalho é de

Agência Brasil

seis a oito horas, com a obrigação de uma parte do tempo para formação teórica, que pode ser no início do programa ou com horas intercaladas ao trabalho, de acordo com a entidade que fornece o curso. A secretária de Inspeção do Trabalho, Maria Teresa Jensen, observou que os números demonstram que a fiscalização do Trabalho tem cumprido um papel social importante. Ela fez um apelo para que as empresas não encarem a contratação de aprendizes como um mero dever legal, “mas como uma possibilidade de ter jovens preparados para o mercado de trabalho e como um grande benefício social”.


12

Economia

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Trabalhadoras com câncer têm direitos assegurados por lei Diagnóstico Na fase sintomática da doença, toda trabalhadora cadastrada no FGTS ou que tenha dependente com câncer poderá fazer o saque do recurso Foto: Divulgação

Incidência O câncer de mama é o que atinge a maior parte da população feminina mundial e brasileira, depois do câncer de pele

Da Redação Redacao@diarioam.com.br Manaus

T

rabalhadoras diagnosticadas com câncer devem ficar atentas aos direitos garantidos em lei, segundo o Ministério do Trabalho. No Brasil, o câncer de mama é o tipo mais incidente na população feminina mundial e brasileira, atrás apenas dos casos de câncer de pele. No País, segundo informações do Ministério da Saúde, este é também o tipo

mais letal entre as mulheres e afeta, por ano, mais de 57 mil brasileiras. Na fase sintomática da doença, toda trabalhadora cadastrada no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou que tenha dependente com neoplasia malígna (câncer), poderá fazer o saque do recurso, assim como do benefício PIS/Pasep, de acordo com o Ministério do Trabalho. Este recurso, no valor de um salário-mínimo, poderá ser retirado em agências da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil. Nestes casos, a tra-

balhadora terá acesso ao saldo total de quotas e rendimentos. Foi o que aconteceu com a servidora pública aposentada Lúcia Elisa Silva, de 57 anos. Há 13 anos diagnosticada com câncer de mama, a trabalhadora precisou se afastar das atividades para iniciar o tratamento. “Busquei saber todos os meus direitos: usei o FGTS, o PIS e solicitei o auxílio-doença”, conta Lúcia. A servidora pública lembra ainda que após os quinze dias em que permaneceu recebendo o benefício do auxílio-doença, pôde requerer a

aposentadoria por invalidez. Além da aposentadoria por invalidez, as trabalhadoras que necessitam de cuidados permanentes de outra pessoa também têm direito a um acréscimo de 25% no valor do benefício. O adicional está previsto na Lei nº 8.213/91, conhecido por auxílio acompanhante. O acréscimo no valor da aposentadoria é um abono para trabalhadores aposentados que, por problemas de saúde, necessitam de um cuidador. O valor adicional é pago pelo INSS até a morte do segurado.

Segurado quepode seaposentar deverá ser comunicado, prevêprojeto PREVIDÊNCIA

Os deputados aprovaram na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, nesta última semana, projeto do deputado Alceu Moreira (PMDB-RS) que obriga a Previdência Social a comunicar ao segurado, por meio de correspondência registrada, o cumprimento das condições mínimas para obtenção da aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição. A proposta altera a Lei 8.213/91, que trata dos Planos de Benefícios da Previdência Social, e recebeu parecer favorável do relator na comissão, deputado Jones Martins (PMDB-RS). O texto determina que o comunicado deve informar também a quantidade de contribuições registradas no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e o valor estimado da aposentadoria. O relator lembrou que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotou uma resolução em 2009 que determina o envio de um comunicado semelhante ao segurado – chamado de Aviso para Requerimento de Benefício –, mas que informa apenas o cumprimento das condições para a aposentadoria por idade. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Diรกrio do Amazonas

Economia

13


14

Economia

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Sobram empregos para os profissionais com qualificação técnica Levantamento Pesquisa ‘Escassez de Talentos’ mostra que 41% das empresas não conseguem encontrar essa mão de obra Eraldo Lopes

Da Redação com Agências redacao@diarioam.com.br Manaus

O

mercado de trabalho tem hoje vagas para os profissionais com competências técnicas, mesmo com a taxa recorde de desemprego no País. De acordo com a pesquisa ‘Escassez de Talentos’, do ManpowerGroup, 41% das companhias consultadas não conseguem encontrar essa mão de obra para ocupar os cargos de nível técnico. No Brasil, a maior carência de profissionais é na área de técnicos que atuam na produção, como operadores e técnicos de manutenção. Outra grande procura é por profissionais qualificados da área administrativa, que inclui secretárias, recepcionistas e assistentes administrativos, além de operadores de maquinário e produção. “Os dados apontam um desafio para as empresas em atrair profissional qualificado e, mais do que nunca, oportunidades para profissionais que estão no mercado”, diz o CEO do ManpowerGroup no Brasil, Nilson Pereira. De acordo com o estudo, as principais dificuldades das empresas para preencher as posições abertas estão relacionadas à falta de habilidades técnicas (41%), falta de habilidade pessoais (17%), falta de experiência (14%), procura por um salário maior do que o oferecido (14%) e falta de candidatos disponíveis/ nenhum candidato (5%). Mapa OMapadoTrabalhoIndustrial divulgado na semana passada pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai) mostra que o País precisará capacitar 13 milhõesde trabalhadoresemocupações industriais nos níveis Superior, Técnico até 2020. A demanda por formação inclui a requalificação de profissionais que já estão empregados e aqueles que precisam de capa-

Chances Operadores e técnicos de manutenção estão entre os mais requisitados

VAGAS

citaçãoparaingressar emnovas oportunidades nomercado. No caso específico da indústria, cinco ocupações técnicas devem ter maior demanda para os próximos quatro anos. As chances estão direcionadas para programador de produção, técnicos em eletrônica, em eletrotécnica, em segurança do trabalho e em informática. São profissões que exigem cursos de qualificação de, pelo, menos até 1,2 mil horas ou de um ano e meio.

Entre as áreas de formação que terão maior demanda por técnicos com 800 a 1,2 mil horas deformação,até 2020,estão meio ambiente e produção, metalmecânica,energia, tecnologiasdeinformaçãoecomunicação, construção, petroquímicae química,indicaoestudo. A maior demanda do Norte, segundo o estudo é pela qualificação de profissionais que buscam desenvolver novas competências com cursos de até 200 horas.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Economia

15

Mulheres superam homens no Português, a principal barreira para obter um estágio Bolsistas Mesmo com melhor desempenho, 34,5% das candidatas não passaram nos exames, enquanto que entre os universitários em busca de uma bolsa, o índice de reprovação atinge 41,34%, indica pesquisa

Da Redação redacao@diarioam.com.br Manaus

A

s mulheres se saem melhores do que os homens nos testes de Português, a maior barreira para os universitários que buscam uma vaga de estágio. Pesquisa do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) mostrou que quatro em cada dez candidatos a obter uma bolsa perdem as vagas por causa de erros da língua mãe. As mulheres tiveram resultados melhores do que os homens nos testes de ditado, mas mesmo assim 34,52% não passaram nos exames. Entre

os homens, o índice de desempenho ruim chegou a 41,34%. O teste foi aplicado na forma de ditado, com 30 palavras como ‘exceção’, ‘textura’, ‘artificial’, ‘autorizar’, ‘licença’, ‘desperdício’ e ‘sucesso’. Era considerado reprovado quem cometesse mais de sete erros. No total, 3.111 candidatos (37,9%) foram eliminados. A pesquisa foi feita em todo o ano de 2015, com 8.208 candidatos. “As pessoas escrevem e até se comunicam mais por meio dos aplicativos de mensagens. Entretanto, a cada palavra digitada, o celular vai corrigindo. Quando o jovem precisa mostrar seu conhecimento com uma caneta e um papel, ele

mostra sua fragilidade e barreiras com a língua”, diz o coordenador de seleção do Nube, Erick Sperduti. De acordo com o coordenador, é comum ver estudantes com melhor desempenho no segundo idioma do que no português. “Surpreende o fato de os jovens da graduação ainda registrarem erros graves na escrita. Nessa primeira etapa de seleção, muitos são excluídos por terem pouca intimidade com as palavras”, observa. Os candidatos comidadeentre 14 e 18 anos tiveram um resultado muito ruim, com 60,16% dedesclassificados. Oíndice também foi alto em outras faixas etárias: entre 19 e 25 anos (37,27%), 26 e 30 anos (40,61%)

eacimade 30 anos (39,53%). Entre os cursos, na categoria superior tecnólogo, eventos (89,47), gestão comercial (84,38%), e gestão empresarial (75%) tiveram os maiores índices de aprovação. Já no segmento do nível médio técnico, 73,91% dos estudantes de logística tiveram bons resultados nos ditados “O desafio para os profissionais esperados pelo mercado não é apenas ganhar o diploma, mas também mostrar domínio da nossa língua. A prática de leitura e, principalmente, exercitar a escrita é um bom exercício para aprimorar a linguagem e não perder boas oportunidades na carreira”, diz Sperduti.

DESEMPENHO PERFIL DOS ACADÊMICOS MAIORES ERROS Design Sistemas de informação e computação

73,50% 53%

MAIORES ACERTOS Turismo Economia

96,70% 82,93%

Fonte: Nube


16

Economia

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

E-COMMERCE

DOIS EM CADA DEZ IDOSOS INTERNET PARA FAZER COM

Observação O principal meio de acesso é pelo smartphone e o relacionamento com família e amigos é a motiv e entre as redes sociais estão o Facebook, o WhatsApp e o YouTube. Especialista aponta que isso mostra opor Divulgação

Da Redaçãp Redacao@diarioam.com.br Manaus

M

ais da metade das pessoas da terceira idade (53,9%) acessam a internet, de acordo com uma pesquisa com idosos acima de 60 anos que mapeou o estilo de vida dessa população e a sua relação com a tecnologia, realizada Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). A pesquisa aponta que, dos idosos que acessam a internet, 39,3% a utilizam o serviço diariamente e dois em cada dez (19,1%) usam para compras online. Os eletroeletrônicos (51,2%), eletrodomésticos (43,1%) e viagens (41,9%) são os itens mais comprados pela internet. Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a pesquisa sugere que há oportunidades significativas para ampliar o comércio eletrônico entre as pessoas com mais de 60 anos. “A adesão ainda, relativamente, baixa mostra que é preciso engajar mais o público da terceira idade, propondo meios para facilitar seu acesso a esse canal de venda”, explica. “Além disso, linhas de produtos específicos para os idosos, em áreas facilmente acessíveis, poderiam proporcionar uma melhor experiência e estimulá-los a se interessar mais pelas compras online”. Aplicativos O levantamento identificou que o uso de smartphones para se conectar entre os idosos já é maior do que o de aparelhos mais tradicionais: 61,1% utilizam os smartphones, 53,6% usam os computadores tradicionais de mesa, 37,7% o notebook e 11,4% o tablet. Ainda que o smartphone seja o principal meio utilizado para se conectar, o uso de aplicativos para esse aparelho ainda não é significativo: praticamente cinco em cada dez pes-

Cliente Especialista diz que é válido pensar em estratégias e ações de marketing que ofereçam novas oportunidades para os idosos

soas entrevistadas (47,9%) possuem celular, mas não usam nenhum app no dia a dia, contra 27% que usam. Os mais frequentes são os de transações bancárias (11,8%), serviços de transporte individual (8,4%) e de viagens (6,3%). A pesquisa mostra que entre as principais motivações para o uso da internet estão o relacionamento com familiares (62,9%), amigos (59,8%), a busca por notícias sobre economia, política, esportes e moda (47,8%), e informações sobre produtos e serviços (43,0%). Entre as redes sociais e aplicativos de celular mais utilizados pelas pessoas da terceira idade estão o Facebook (77,3%), o WhatsApp (73,5%) e o YouTube (39,8%). Saúde O levantamento do SPC BrasileCNDL tambémmapeou o estilo de vida das pessoas da terceira idade e sua relação com questões referentes à saúde, beleza e lazer. Em relação à saúde, o resultadoépositivo:96,3% dos

SMARTPHONES

61,1% Dos idosos que utilizamos smartphones para seconectarem,o usodo telefoneémaior se comparadoaoutros aparelhos mais tradicionais. Em seguida,apareceo usodecomputadores tradicionais demesacom53,6%,odenotebook 37,7% eode tablet 11,4%

entrevistados afirmam manter algum cuidado, principalmente, através de consultas médicas (54,5%), manter os exames em dia (49,3%) e evitar alimentos gordurosos (43,6%). Como consequência desses cuidados, a autoavaliação para a própria saúde teve uma nota médiade 7,7,em umaescalade1 a 10. No entanto, quase metade dos idosos brasileiros (48,9%) não possuem um plano de saúde, percentual que chega a 60,9% entre os pertencentes às classes C, D e E, ficando totalmentedependenteda saúdepú-

blicaedeconsultas particulares. Entre os entrevistados que praticam alguma atividade física (30,9%), a caminhada é a atividade mais recorrente (80,2%). Em média, os exercícios físicos são realizados quatro vezes por semana. Na categoria ‘lazer’, percebe-se que os entrevistados da terceira idade gostam de diversas atividades e apenas 3% não fazem nada. Ver televisão (59,1%), ouvir música (32,9%) e navegar na internet (27,1%) são as atividades mais frequentes e 25,2%dos entrevistadospassam boapartedo tempocomamigos. Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, para empresas que estejam interessadas em atender o mercado de consumo da terceira idade, é válido pensar em estratégias e ações de marketing que ofereçam novas oportunidades para esse público. “Os empresários devem pensar em novos produtos e serviços que possam despertar o interesse dos idosos, além de atividades que viabilizem a interação entre as pessoas”, explica Kawauti.

SAÚDE

7,7 É a nota média em uma escala de 1 a 10 dada pelos entrevistados quando avaliaram a própria saúde. No entanto, quase metade dos idosos brasileiros (48,9%) não possui um plano de saúde, percentual que chega a 60,9% entre os pertencentes às classes C, D e E, que dependem da saúde pública e consultas particulares.

Metodologia Foram entrevistados 619 consumidores com idade acima de 60 anos de ambos os gêneros e de todas as classes sociais nas 27 capitais brasileiras. A margem de erro é de no máximo 3,9 pontos percentuais para um intervalo de confiança a 95%. Isso significa que em 100 levantamentos com a mesma metodologia, os resultados estarão dentro da margem de erro em 95 ocasiões.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Economia

17

BRASILEIROS USAM A MPRAS, APONTA PESQUISA

ção mais citada para usar internet. Aplicativos de celular mais utilizados são de bancos, transporte e viagens unidades significativas para ampliar o comércio eletrônico entre as pessoas com mais de 60 anos VENDAS

Comércio eletrônico deve dobrar em cinco anos e atingir R$ 85 bi no País, diz pesquisa do Google Pesquisa do Google mostra que o comércio eletrônico deve dobrar sua participação no faturamento do varejo até 2021, crescendo em média 12,4% ao ano. Isso representa que as vendas vão dobrar em cinco anos, chegando a R$ 85 bilhões. A participação deve sair de 5,4%, em 2016, para 9,5%, em 2021. Um dos fatores para o crescimento da receita do e-commerce virá de novos consumidores virtuais. Segundo a pesquisa, nos próximos cinco anos, mais 27 milhões de pessoas irão fazer sua primeira compra online, totalizando 67,4 milhões. Isso irá representar 44% dos internautas em 2021, segundo o estudo.

O levantamento foi realizado, entre 14 e 22 de março deste ano, com cerca de 4,5 mil pessoas nas faixas etárias de 16 a 75 anos. Cada uma respondeu a questões sobre três categorias de produtos que foram, aleatoriamente, selecionadas com base nas compras realizadas nos últimos três meses, online ou offline, pelo menos em uma das 14 categorias do estudo: roupas e acessórios, calçados, móveis, beleza e cosméticos, livros, eletroportáteis, eletrodomésticos, artigos e roupas esportivas, televisores, computadores e periféricos, equipamentos de áudio e vídeo, tablets, smartphones e alimentos e bebidas.

ACESSOS

Smartphones vão impulsionar investimentos em mobile Os smartphones terão maior participação nas compras e vão impulsionar os investimentos em iniciativas com foco em mobile, de acordo com a pesquisa realizada pelo Google. Até o final deste ano, a previsão é de que 19% das vendas do e-commerce deverão ocorrer em dispositivos móveis. Em 2021, a participação será de 41%. Hoje, 30% dos internautas só podem ser alcançados através do mobile, pois não acessam a internet em outros dispositivos. Os consumidores serão mais informados e os varejistas terão foco cada vez maior em entender as motivações, comportamentos e afinidades deles. As iniciativas omnichannel, nas quais há a integração entre o online e o offline, receberão maior investimento para aumento de competitividade. O

consumidor omnichannel usa todos os canais de vendas (físicos e virtuais), simultaneamente, e as empresas irão acompanhar esses clientes. Esses consumidores multicanal gastam até 40% a mais e são mais fiéis se comparado àqueles que fazem compras apenas em um canal, segundo a pesquisa. De acordo com o levantamento, eletrônicos, livros e eletrodomésticos ainda são categorias nas quais o online exerce mais influência nas vendas na loja física. Seis em cada dez vendas desses produtos são precedidas pela interação com a web, e até 2021 essa influência deverá ser ampliada, atingindo oito em cada dez vendas. Os smartphones são os produtos com a maior influência da web, ou 69% das vendas totais. Moda e calçados têm uma influência média (30%).

Com o amadurecimento desses consumidores, a variedade de produtos comprados será ampliada. Itens como roupas, calçados, beleza e alimentos devem crescer acima da média do e-commerce, ampliando sua participação no montante total já em 2018. A previsão é de que artigos e roupas esportivas e livros cresçam 17%, e roupas e beleza, 15%, entre 2016 e 2021, acima da média anual de 12,4%. Assim, roupas, calçados, beleza e alimentos, que em 2010 tinham 11% no montante de participação das vendas, em 2018, devem ter 25%. Já os eletrônicos, computadores, livros e mídia devem cair de 65% para 52%.


18

Economia

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com EBC

Análise sobre economia indica uma ‘reviravolta impressionante’ no País Confiança Maior gestora de bônus no mundo, a Pimco afirma que Brasil pode recuperar a confiança dos investidores

Agência Estado Redacao@diarioam.com.br Brasilia

A

Pimco, maior gestora de bônus do mundo, com US$ 1,5 trilhão em ativos, divulgou uma análise otimista sobre o Brasil na última sexta-feira, em que vê uma “reviravolta impressionante” na política econômica brasileira desde o impeachment de Dilma Rousseff e estima que o atual ciclo de corte de juros, iniciado nesta última semana pelo Banco Central, pode levar a Selic a

cair para 9% até janeiro de 2018 ou para um nível ainda mais baixo. A operação Lava Jato, porém, é apontada como um dos principais riscos para o cenário. “O impeachment abriu caminho para um presidente centrista, mais amigável aos negócios, que tem uma equipe econômica capaz de conseguir fazer as coisas”, afirmam os estrategistas da Pimco para mercados emergentes, Yacov Arnopolin e Lupin Rahman. De volta aos Estados Unidos após uma viagem ao Brasil, os dois gestores acreditam que, se o presidente Michel

Temer conseguir avançar com as reformas e medidas que podem desencadear “um círculo virtuoso” de mudanças mais profundas no País após as eleições de 2018. Com a confiança no governo dando sinais de melhora, o Brasil pode estar no caminho de uma recuperação, que levaria os juros novamente para um dígito e deixaria o País com chances de ter melhora do rating soberano, de acordo com a Pimco. Tudo vai depender, ressalta o documento, da habilidade de Temer seguir avançando com a agenda de reformas no Congresso.

Ciclo Pimco estima que o atual ciclo de corte de juros pode levar a Selic a cair para 9% até janeiro de 2018 ou para um nível ainda mais baixo nesse período


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

19

Eraldo Lopes (11/11/2012)

Vestibular da UEA tem provas hoje e amanhã Após a aplicação das provas do Sistema de Ingresso Seriado (SIS), no último sábado (22), a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), promove, neste domingo e amanhã (24), o vestibular para os 30 cursos com início em 2017. Os 43.850 candidatos devem ficar atentos ao horário de fechamento dos portões (12h50 - horário de

Manaus) e não esquecer de levar documento original de identificação (identidade, carteira de habilitação, passaporte, certificado de reservista, carteira de trabalho, carteiras funcionais expedidas por órgão público). As provas iniciam às 13h (horário de Manaus). Os cartões de identificação do candidato com o local de provas estão disponíveis no portal da UEA (www.uea.edu.br), desde o dia 30 de setembro, no link Vestibular. De acordo com o Governo do Amazonas, para o vestibular, são oferecidas 1.950 vagas, sendo 92

Cidades

vagas para indígenas. Os cursos mais concorridos são: Medicina, Direito, Administração, Enfermagem e Educação Física. Os gabaritos da prova de conhecimentos gerais do vestibular será divulgado a partir das 20h de hoje. Amanhã, serão divulgados os gabaritos das provas de conhecimentos específicos. Os gabaritos estarão disponíveis no portal da UEA (www.uea.edu.br). A classificação final dos candidatos será divulgada a partir do dia 21 de novembro no portal da UEA (www.uea.edu.br)

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos Diariodoamazonas.com.br

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

O NÚMERO

PASSO A PAÇO FECHA RUAS DO CENTRO Paço da Liberdade Evento em comemoração aos 347 anos de Manaus ocupará as principais vias do Centro Histórico, entre elas a Avenida 7 de Setembro e as ruas Vivaldo Lima, Taqueirinha e Bernardo Ramos Cultura Expectativa da Prefeitura é que o evento atráia milhares de pessoas

Da Redação e Assessoria redacao@diarioam.com.br Manaus

A

Prefeitura de Manaus informou que, a partir das 13h deste domingo, a Avenida 7 de Setembro será interditada, bem como as ruas Governador Vitório, Rua Lobo Dalmada e Joaquim Sarmento, no Centro da cidade, para o evento Passo a Paço, que inicia hoje e segue até segunda-feira, em comemoração aos 347 anos de Manaus. De acordo com a Prefeitura, haverá acesso ao

evento pela Rua Luiz Antony, Padre Chisland, Frei José dos Inocentes, Epaminondas, Saldanha Marinho e Rua da Instalação. A via de acesso local será a Rua Henrique Antony. O ‘Passo a Paço’ ocupará as principais vias do Centro Histórico de Manaus, entre elas a Avenida 7 de Setembro e as ruas Vivaldo Lima, Taqueirinha e Bernardo Ramos, nas proximidades do Paço da Liberdade. Teatro, música, artesanato, gastronomia e dança são os principais ‘ingredientes’ da terceira edição do evento de ocupação artística do Centro Histórico promovi-

Ingrid Anne/ Arquivo Manauscult

do pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Entre as principais atrações, na Rua Vivaldo Lima será montado o ‘Palco Música’, onde ocorrerão os shows de Dudu Brasil, Roxie, Sinézio Rolim, Luneta Mágina e Glory Opera, das 16h às 21h20 deste domingo. No Coreto da Praça Dom Pedro também haverá show de atrações locais como Claudinho Nunes, Elias Moreira e Jéssica Stephens, Kátia Maria, Pereira e Casa de Caba, das 16h às 21h20. No entorno da praça, estarão localizadas as

barracas dos 40 chefs selecionados para o evento, incluindo o espaço comandado pelo convidado nacional, o chef Olivier Anquier. Na Rua Bernardo Ramos haverá a intervenção cultural da Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades que apresentará o espetáculo ‘Uirapuru’, às 20h. Na Avenida 7 de Setembro, próximo ao cruzamento com a Avenida Eduardo Ribeiro também será montado um palco para o show do Seu Jorge, às 23h30. A abertura fica por conta do DJ Boss in Drama, outra atração nacional,

que começa às 21h30, agitando a galera com seus remixes que utilizam base de bandas como Carrapicho a composições próprias como ‘Toda doida’ com participação da cantora Karol Conka. O encerramento fica por conta da DJ amazonense May Seven. No Les Artistes Café Teatro, na Avenida 7 de Setembro, o palco será da atriz Fernanda Montenegro que fará a leitura dramática do texto ‘Nelson Rodrigues por ele mesmo’, em sessão gratuita às 20h. A distribuição de senhas para o público ocorrerá uma hora antes das sessões, no local.


20

Cidades

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

SISTEMA PRISIONAL

NO AMAZONAS, 35% DOS PRESOS SÃO REINCIDENTE Vai-Vém Taxa de reincidentes entre os detentos representa 35% dos 8.406 presidiários, população carcerária do Estado até agosto deste ano. Projeto de ressocialização tenta reduzir esse índice População Prisional Em todo Amazonas, mais de 8 mil pessoas estão ‘atrás das grades’

Girlene Medeiros e Assessoria redacao@diarioam.com.br Manaus

U

m em cada três detentos do sistema prisional do Amazonas já foi preso outra vez. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que a taxa de reincidentes entre os detentos representa 35% dos 8.406 presidiários, população carcerária do Estado até o mês de agosto deste ano. A taxa é considerada alta pelo titular da secretaria, Pedro Florêncio, que destacou o desafio de atuar com ações para humanizar o sistema carcerário. Em comparação com o ano passado,a taxadepresos reincidentes aumentou 1%, conforme as estatístias da Seap. A comparação é feita nos períodos de janeiro a agosto dos últimos dois anos. Em 2015, foram 2.735 presidiários reincidentes

e 5.445 detentos primários. Já nos primeiros oito meses deste ano, a secretaria identificou 2.940 reincidentes e 5.466 primários no universo da população carcerária. Na capital, conforme a Seap, entre janeiro e agosto, a taxa de reincidência variou entre 31% e 44%, resultando em uma média de 40% de reincidência no universo de 6.785 encarcerados. Somente no mês de setembro, a REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO divulgou a prisãode,pelomenos, quatropessoas que admitiram já ter sido presas anteriormente e que voltaram ao mundo do crime. Entreos motivos apresentados está a dificuldade financeira. É o que alegaram, durante a apresentação da prisão, feita pela Polícia Civil (PC) à imprensa, o presidiário do regime semiaberto e técnico em refrigeração Augusto Alves do Nascimento, 27,eoex-presidiárioe jardineiro Diego de Oliveira Cardoso, 22, presos suspeitos

de roubar uma loja, no bairro Praça 14 de Janeiro, zona centro-sul de Manaus; um ex-presidiário, de 25 anos, suspeito de estuprar e ferir uma criança de 10 anos,noJorgeTeixeira, zona leste; o ex-presidiário Ítalo Neves Andrade, 19, preso por porteilegaldearmadefogo,noSão Lázaro, zona sul. Essas prisões aconteceram no mês de setembro. Para o secretário Pedro Florêncio, os detentos que voltam a cometer crimes são aqueles que não conseguiram se ressocializar enquanto permaneciam na cadeia. “Quando o preso primário entra na penitenciária, conhece os criminosos mais antigos e, quando sai da cadeia, acaba trabalhando para quem está preso”, afirmou o secretário. De acordo com o secretário, nesse contexto, as audiências de custódia, em que o infrator pode responder ao crime em liberdade, apesar de funcionarem em quantidades ‘tímidas’,

na capital, podem ajudar o preso primário a não se contaminar com presos ‘veteranos’ no mundo do crime. “Essas audiências dão umaoportunidade do preso não ter contato com outros presos e, por tabela, não chegar a níveis mais profundos da criminalidade”, afirmou o secretário, apesar de acreditar sermínimaa quantidadedeaudiências de custódia, na capital, que funcionam no 1º, 3º e 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), respectivamente, localizados nas zonas suleleste. Segundo Florêncio, o desafio da administração pública é conseguir sensibilizar os presos ‘mais embrutecidos’. No cotidiano das penitenciárias, o secretário explicou que, mesmo com recursos limitados, devido à crise econômica no País, a secretaria busca diminuir o impacto negativo que os presos sentem durante a permanência nos centros de detenção. “Não podemos tratar o sistema prisional como uma

‘escola do crime’. Na medida do possível, buscamos promover atividades em que o preso se sente respeitado e alguns mudam de vida por causa desse respeito que recebem”, afirmou Florêncio, citando atividades voltadas à música e interagindo com diálogo entre os internos. O secretário explicou que o sistema penitenciário com altos índices de reincidência reflete descuidos antigos do Estado Brasileiro, que tem por dever cuidar dapopulação,oferecendo qualidade de educação, saúde, assistência jurídica, elevando o nível educacional das pessoas; o que diminuiria gradativamente a população carcerária. “Muitas pessoas renegam os presos e dizem que criminoso tem que ficar até sem comida. Eles esquecem que não temos prisão perpétua, no Brasil, e os presos tem que ser reintegrados e vão voltar, um dia, para a sociedade”, recordou Florêncio.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Cidades

21

Divulgação/DPE-AM

REEDUCAR

Projeto visa reduzir índice de reincidência nos presídios

ES Nathalie Brasil (23/11/2012)

Reabilitação individual Segundo análise da psicóloga e psicopedagoga Célia Regina Braga, diferentes fatores influenciam uma pessoa a voltar a ser presa. Para ela, quando há reincidência, o presidiário não obteve sucesso na ressocialização dentro do sistema prisional e não estava preparado para voltar à sociedade. Entre os fatores que dificultam essa ressocialização, se destacam a ausência de acompanhamento familiar. “Não podemos generalizar, mas a base familiar é o alicerce”, afirmou Célia. De acordo com a psicóloga, cada um dos presidiários recebe uma carga que é totalmente individual e a análise também precisa ser individualizada para que o profissional de psicologia consiga identificar qual o ‘evento traumático’ que desencadeou essa falta de sensibilidade a voltar à sociedade longe do mundo da criminalidade.

OprojetoReduzindooRetorno aoCárcere(Reeducar), realizado pelaDefensoriaPúblicado Amazonas (DPE-AM)em parceriacomoTribunalde JustiçadoAmazonas (TJAM), temcomoobjetivo reduzir o índicede reincidêncianos presídios doAmazonas. O projetoatende,esteano,1.203 réus emliberdadeprovisória oferecendoatividades voltadas à inclusão social. Palestras, aconselhamentos,capacitação profissionaleempráticas empreendedoras e apresentaçãodeprogramas assistenciais estãoentreas principais atividades realizadas. “Aprogramação visa proporcionar aos beneficiados ações decaráter preventivo, educativoe ressocializador,para queassimeles possam desenvolver seu próprio senso de responsabilidadee humanizaçãoe resgatar seus direitos decidadãos”,afirmao coordenador doReeducar pela DPE-AM,defensor público MiguelTinocoAlencar. Acada quinzena, todas as segundas-feiras,inscritos no projetoparticipamdeciclode palestras noauditóriodoFórum HenochReis,noAleixo, zona centro-suldeManaus, realizado pelaDPE-AMeTJAMem parceriacominstituições comoa Ordemdos Advogados doBrasil SeccionalAmazonas (OAB), Alcoólicos eNarcóticos Anônimos,organizações religiosas eaONGMovaBrasil, alémdas Secretarias de AssistênciaSocialdoEstado (Seas)ePrefeituradeManaus (Semasdh)edeEducação (Seduc). Naáreadecapacitação técnico-profissional,oprojeto contacomparceiros comoa SecretariaEstadualdoTrabalho (Setrab),CentrodeEducação TecnológicadoAmazonas (Cetam),Senac,SenaieSebrae. DeacordocomajuízaEulinete MeloSilvaTribuzy, umadas idealizadoras doReeducar,o projetoabrenovos horizontes. “Ao sair daprisão,afaltade suportepodefazer com queo acusadoacabe voltando,nodia seguinte. Muitodisso sedeveà faltadeapoiodafamília, que somepor medo. Alguns deles perdem suas casas aofazer o pagamentoaos seus advogados. Nãohádúvidas de que todos eles precisamdeorientação,de umcaminho”,destacaajuíza.

MAIS INFO

2.940 presos, dos 8.406 presidiários do sistema prisional do Amazonas são reincidentes. Os dados referem-se ao período entre janeiro e agosto deste ano.

40%

Inclusão Social Réus em liberdade provisória acompanham palestra do Reeducar

do universo de 6.785 encarcerados na cidade de Manaus são reincidentes. A taxa de presos que voltam ao sistema prisional, na capital, é maior do que a média do Estado (35%).


22

Cidades

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Pacientes com lúpus reclamam de piora no atendimento em hospital público HUGV Enfermos atendidos no Ambulatório Araújo Lima, em Manaus, temem o fechamento do programa de assistência especializada e reclamam de demora no atendimento e superlotação na unidade Sandro Pereira (8/9/2014)

outros lugares. Isso é uma desculpa, o programa vai terminar acabando por falta de estrutura, eesseéonossomedo”,disse. A demora para conseguir uma consulta, segundo Vasconcelos, atrapalha o tratamento, porque sem a receita médica os pacientes lúpicos não conseguem obter os medicamentos necessários. “Sem esse medicamentoa qualidadede vidadopacientecaiconsideravelmente. As feridas na pele pioram, porque a gente não pode pegar sol. Dá febre, problema nos rins, no cérebro,precisamos ter essemedicamento, se não, conseguimos nem trabalhar”,disseo servidor.

GiseleRodrigues redacao@diarioam.com.br Manaus

P

acientes com lúpus atendidos no Ambulatório Araújo Lima, no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) temem o fechamento do programa de atendimento especializado da unidade. Segundoos doentes lúpicos,hádemoranoatendimento, que passou a ser agendado por meio do Sistema de RegulaçãoNacional(Sisreg),e superlotaçãona unidade. O servidor público Elton Vasconcelos, 33, conta que é atendido pelo programa há cercade20anos e,segundoele,essa éaprimeira vezqueo serviçoestá passando por problemas. Diagnosticado com a doença considerada rara, Elton precisa retornar ao reumatologista, especialista na enfermidade, a cada três meses,masdevidoamudançanoplanodeagendamento de consultas, o retorno passou a ser realizado depois de mais de seis meses de espera, pelo sistemaSisreg. “O atendimento é realizado todas as terças e quinta-feiras,e antes a gente tinha que esperar o atendimento de 20 a 25 pacientes lúpicos por dia. O que é normal porque é um serviço

Unidade Hospital Universitário Getúlio Vargas possui atendimento especializado para os doentes de lúpus

público, no ambulatório público, que atende uma doença rara. Mas desde que o Sisreg passouaagendarosatendimentos, o programa passou a atender não somente os diagnosticados comolúpus,como todaapopulação em geral. Eu já cheguei a esperar mais de oito horas, mais de 70 pacientes na minha frente”,disse. A estrutura para o atendimento na unidade médica também foi criticada pelos pacientes, que informaram que os enfermos com dificuldade de loco-

moçãonãoconseguemacessar o piso do atendimento. “O elevador que dá acesso ao segundo andar não tava funcionando, aí ficadifícilparaocadeiranteir fazer o tratamento porque fica lá em cima. Uma situação crítica. Nesses 20 anos, nunca vi o programadessejeito”,alertou. Paciente lúpica atendida há três anos noprograma,Gesilane Galvão, 30, também afirma estar enfrentando dificuldades para programar as consultas. Segundoela,oagendamento,no programa direcionado aos pa-

cientes com lúpus no HUGV, ocorria após a consulta trimestral, no consultório do projeto. Mas,na últimaconsulta realizada em agosto deste ano, a paciente foi informada que deveria comparecer somente no mês de novembro para “tentar marcar uma consulta” com o especialista. “Vamos perder um tratamento muito sério. Vai prejudicar agente. A últimainformação quenospassaraméqueoprédio vai passar por uma reforma e, por isso, o atendimento vai para

Hospitalculpademanda De acordo com Alberto Jean Fermin, analista administrativo do HUGV, “o programa da reumatologiadoHUGVqueatende apacientes comLúpuscontinua funcionando normalmente, não deixará de existir nem tampouco suas consultassãodescentralizadas, agendadas via Sisreg”. Segundo ele, “somente os novos pacientes a ser inseridos noprograma devem vir regulados via Sisreg, e após a avaliação de um médico, encaminhados para o programa”. A demora no agendamento, segundo Fermin, é causada por “uma expressiva demanda de consultas no próprioprograma”.

Projeto de estudantes de Manaus mostra os benefícios dos insetos Projeto científico desenvolvido no âmbito do Programa Ciência na Escola (PCE) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) tem o objetivo de mostrar que os insetos têm a sua importância no ciclo da vida. Intitulado ‘Desmistificando Insetos’, a pesquisa é realizada por estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual Ruy Araújo, no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus. Um dos bolsistas do programa, o estudante Ícaro Bru-

no, 16, do 2º ano do Ensino Médio, explicou que no meio econômico, insetos como as abelhas contribuem na produção de mel, geleia real e cera por meio da colmeia. Já no segmento cultural, ele citou a tribo Sateré-Mawé, que utiliza a formiga da espécie tucandeira em rituais de passagem de jovem para a vida adulta. “No campo medicinal, é possível saber os malefícios que os insetos trazem. No meio ecológico os insetos fazem parte da cadeia alimentar,

servindo de alimento ou se alimentando. Eles também controlam o crescimento de plantas e até permitem que algumas não sejam extintas”, contou o estudante. A equipe é formada por cinco bolsistas de iniciação científica júnior: Ícaro Bruno, Rodrigo Garcia, Jhonnyivan Barroncas, Gustavo Castro e Adonay Benezar. Além do auxílio de dois apoios técnicos, Jacó Rodrigues e Adriano Bentes, que ajudam os estudantes na pesquisa.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Talvez estejas refletindo o porquê de tantas Charles Cunha da Silva perguntas. Vou Padre Master Coach responder com outra charles.cunhasilva@gmail.com pergunta. O que você Artigo sentiria se a pessoa que mais amas não voltasse A VISITA DE para casa? Minha AGRADECIMENTO intenção com esse questionamento é convidá-lo a pensar agora nas pessoas que você Lembras a última vez que vocêagradeceu suaesposa ama, que são especiais em sua vida, e que talvez ou esposopor tantas ainda não saibam o alegrias queestapessoa proporcionou em sua vida? quanto és grato por tudo o que delas recebera na Eao seu paiou mãe, vida. lembras de quando você reconheceu publicamente Um dos maiores estudiosos da Psicologia todoobem, todaa Positiva, professor dedicaçãoeamor que recebeste? Eao seu melhor Martin Seligman da amigo, vocêjáexpressou a Universidade da Pensilvânia afirma que a importânciadeleem sua gratidão pode tornar a vida? Alguma vez já vida mais feliz e agradeceu por tudoo que jáconquistastes através do satisfatória. Existem pesquisas que indicam emprego que tens? um aumento de 2 a 4% no

nível de felicidade, quando a pessoa se beneficia de uma lembrança agradável de um acontecimento positivo ocorrido em sua vida. Essas mesmas pesquisam apontam um acréscimo de até 19% no nível de felicidade quando a gratidão é expressa aos outros. É possível que você esteja agora dizendo a si mesmo, ser desnecessário expressar gratidão: “as pessoas já sabem que eu sou grato a elas”. Permita-me dizer algo: “às vezes expressamos nossa gratidão de forma tão casual e rápida que ela se torna quase sem sentido”. Permita-me ainda fazer um pedido a você. Que tal agora, neste exato momento, vivenciar uma experiência geradora de

fortalecimento dos relacionamentos? Tal exercício que proponho, é chamado ‘Visita de agradecimento’. Com ele, terás a oportunidade de experimentar como é expressar sua gratidão de uma forma atenciosa e intencional. A prática consiste em escrever uma carta de gratidão a uma pessoa viva e entregá-la pessoalmente. A carta deve ser concreta, relatando o que esta pessoa fez por você e como isso lhe fez bem. Em seguida marque um encontro com essa pessoa. Esse exercício é muito mais divertido quando é uma surpresa. Quando você a encontrar, leia a carta sem pressa. Observe as reações dela e as suas. Caso não seja possível encontrá-la

Cidades

23

pessoalmente, que tal usar o telefone? O professor Tal Ben-Shahar, em Harvard, afirma que “manifestar gratidão aos familiares e amigos é uma das maneiras mais efetivas de aumentar o bem estar e evitar a depressão, tanto para quem escreve a carta e a lê como para quem a recebe e a escuta”. Digo a você que já indiquei esse exercício a várias pessoas e já ouvi relatos extraordinários. Se você quiser compartilhar sua experiência da visita de agradecimento comigo, mande-me um e-mail, relatando este encontro de gratidão. Um lembrete: leve um lenço pra enxugar suas lágrimas, não de tristeza, mas de Felicidade. Até o próximo encontro!


24

Cidades

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

ÁREA VERDE

MORADORES DENUNCIAM CONSTRUÇÕES IRREGULARES EM TRECHOS NOVOS DA AVENIDA DAS TORRES

Proteção de ferro danificada de bueiro causa revolta

Divulgação

nMoradores do Parque Eduardo Braga, na zona norte da capital, denunciam construção irregular nos trechos novos da Avenida das Torres.

Segundo os comunitários, os funcionários da empresa contratada para fazer o serviço de terraplanagem construíram nos terrenos casas e apartamentos para aluguel. Temendo invasões nas áreas verdes da localidade, o comerciante Jerônimo Abreu, 36, que mora no local há seis anos, reclamou das construções. Na avaliação dele, a permissão dada aos funcionários abre espeço para novas invasões. “Aquele pedaço de terra tinha que ser da comunidade, dava um espaço para construir uma escola, um posto de saúde, uma área de lazer. Acho errado dar para um funcionário para colocar uma quitinete, daqui a pouco vão querer invadir toda a área verde do nosso bairro”, disse. Conforme o morador, a Superintendência de Estado de Habitação (Suhab) esteve no local, mas não tomou providências a respeito do problema. O DIÁRIO entrou em contato com a superintendência, questionando o motivo da construção apontada como irregular pelo morador, mas, até o fechamento desta edição, não obteve resposta. Já a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade ( Semmas) informou que a obra da avenida é de competência estadual e já é alvo de ação judicial para reintegração das áreas verdes, que são de responsabilidade do município. Foto: Divulgação

Um problema constante é visto pelas ruas secundárias dos bairros de diferentes zonas de Manaus: bueiros sem tampa ou com proteção de ferro danificada, oferecendo risco a pedestres e até mesmo motoristas de carros e motos que passam pelos locais. Na Comunidade Francisca Mendes 2, no bairro Cidade Nova, zona norte, um bueiro na esquina das ruas 82 e Uirapuru está com proteção de ferro danificada. Questionados pela reportagem, moradores pareceram até estar acostumados com o descaso sobre a manutenção desse tipo de equipamento no bairro. “Infelizmente, já se tornou ‘normal’. O máximo que a gente tenta é, quando está chovendo, passar muito perto, porque a gente pode ser sugado”, disse Adriana Gouvêia Guimarães Nogueira, 19, que disse passar diariamente pelo local para pegar ônibus nas proximidades. Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou, por meio de assessoria de imprensa, que a chefia do distrito de obras da secretaria, que atua na área, está sabendo da situação e vai viabilizar proteção para o bueiro. Girlene Medeiros/Divulgação

Calçada cedendo ofere risco a pedestres Uma calçada na Avenida Djalma Batista, bairro Chapada, está oferecendo risco aos pedestres. Conforme a dona de casa Maria Helena Augustinho, 62, que passa pelo local diariamente, o passeio de pedestres localizado no retorno, em frente à Escola Normal Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), está cedendo. Segundo ela, quem precisa utilizar a calçada precisa desviar do buraco que se formou nas últimas semanas. “Quem passa ali passa com medo de ceder aquele buraco lá. Algo tem que ser feito ali, está assim há muito tempo”, reclamou a dona de casa. O DIÁRIO entrou em contato com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), informando o problema, mas, até o fechamento desta edição, nenhuma resposta foi repassada.

Pedido não impede moradores de jogarem lixo na esquina Apesar de haver duas inscrições proibindo o acúmulo de lixo no local, várias sacolas, pedaços de estofados, materiais descartáveis e até troncos de árvores podem ser vistos na esquina da Rua Emiliano di Cavalcante com a Avenida Marquês da Silveira, no bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. A lixeira viciada incomoda os moradores há, pelo menos, seis meses.

Segundo a dona de casa Rosany Gomes da Silveira, 45, que disse passar, diariamente, pelo local, o problema é antigo. “Sempre passo e já até flagrei pessoas jogando entulho e lixo doméstico nessa esquina”, afirmou a dona de casa, acrescentando que muito do entulho é jogado por moradores de outras ruas. A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp). Por meio de assessoria de imprensa, a secretaria informou que o problema será encaminhado a fiscais para que seja retirado o acúmulo de lixo do local.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Arnaldo Péres Magistrado arnaldocperes@hotmail.com

Artigo

A PÁTRIA EDUCADORA

Uma tragédia a Pátria Educadora pretendida pela ex-presidente Dilma, de triste memória. Mais um legado de total incompetência deixado ao povo brasileiro durante seus 6 anos de desgoverno. A acentuada queda no desempenho de milhões de estudantes avaliados pelo Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) este ano reflete o declínio da qualidade do ensino em todo o Brasil. Na maioria dos Estados, os índices foram alarmantes. A avaliação é composta de uma parte objetiva e outra de redação. Por meio de semelhante mecanismo, o

Enem colhe a capacidade do estudante na parte de linguagem e argumentação. E é exatamente nesta prova que se verifica o exemplo mais eloquente da decadência do atual modelo. Além disso, também são preocupantes os números que apontam o país ainda com cerca de 30 milhões na condição de analfabetos funcionais, ou seja, apesar de saberem ler e escrever, encontram dificuldades para utilizar a escrita e a leitura. Nesse contexto, segundo especialistas, nas últimas décadas a educação ficou para trás, seja comparada ao nosso crescimento econômico, seja comparada a outros países muito mais pobres que o Brasil. A qualidade, como demonstram os dados do Ministério de Educação, em todos os níveis ainda é muito deficiente. Um Ensino Médio com

profissionais bem pagos e qualificados é a meta mais importante a ser alcançada, que infelizmente até agora não foi atingida, sobretudo nas regiões mais carentes. E mais: também o resultado do Enem exibe principalmente outra deformação na estrutura nacional do ensino já bastante conhecida. Refiro-me à qualidade hoje bem inferior da rede pública em relação aos estabelecimentos particulares. Vale lembrar, no entanto, que a escola pública foi de boa a regular no passado, quando um professor ganhava bem, tinha prestígio e se aposentava com todas as vantagens do cargo. No Rio de Janeiro, por exemplo, o próprio imperador Pedro II, para demonstrar ser o ensino prioridade maior de sua administração, comandava no fim do século 19, os exames de história no

colégio que leva o seu nome desde 1837. Nele estudaram personalidades como o líder abolicionista Joaquim Nabuco, o poeta Manoel Bandeira e quatro presidentes da República: Hermes da Fonseca, Nilo Peçanha, Rodrigues Alves e Washington Luiz. E excelentes colégios de bom nível de ensino existiam em todas as capitais e grandes cidades brasileiras, onde os alunos saíam realmente preparados. Por outro lado, hoje, além de deficiente o ensino, para piorar, ainda por cima faltam escolas na maioria dos Estados, como mostram os jornais nacionais. Filas de cinco dias e cinco noites em frente aos prédios em várias capitais, para que milhares de famílias exerçam o direito constitucional de matricular seus filhos e netos, revelam a falta de respeito com o povo e a

Cidades

25

incompetência do poder público. É o retrato do Brasil, sem educação, segundo a Unesco, na 8ª posição no ranking dos países com o maior número de analfabetos. Para os políticos profissionais, a certeza de se eternizar no cargo; para o governo, a garantia de manutenção do poder; para nós nenhuma esperança de um país civilizado e melhor. Ainda recentemente, o governo Temer apresentou uma reforma do ensino médio por meio de uma medida provisória. Embora com alguma polêmica entre os técnicos sobre a matéria, no entanto, pelo menos já é um começo. Até porque, como salienta Gustavo Joshpe, “é preciso haver uma pressão da sociedade no sentido de entender a real importância da educação. Do contrário, vamos continuar sendo o eterno país do futuro”.


26

Cidades

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

OUTUBRO ROSA

‘DEZ NA TV’ FALA SOBRE CÂNCER DE MAMA E CHAMA A POPULAÇÃO PARA ‘CAMINHADA DAS VITORIOSAS’

Exposição sobre mulheres fala do Outubro Rosa

Divulgação

nUma doença que, se não mata, deixa sequelas irreverssíveis na paciente como, por exemplo, a perda da mama. O câncer de mama foi o tema do

‘DEZ NA TV’ desta sexta-feira (21), quando a jornalista Monalisa Lobo entrevistou a psicóloga Magaly Oliveira, integrante do Centro de Integração Amigos da Mama (Ciama), uma ONG que ajuda as mulheres portadores do câncer de mama a obterem força durante o seu tratamento, mas também enfrentar todas dificuldades sociais que a paciente enfrenta. “Nosso maior objetivo, neste Outubro Rosa, é fazer com que a mulher entre em tratamento o mais rápido possível caso o resultado do exame dê positivo”, disse Magaly. O Ciama também está divulgando a ‘caminhada das vitoriosas’, que será realizada na próxima quarta-feira (26), no Complexo da Ponta Negra, a partir das 18h, quando haverá também sessões de zumba e apresentações musicais. Mas além do evento, que estará encerrando a campanha Outubro Rosa, em Manaus, as senhoras do Ciama estão divulgando uma prática mais eficaz e expontânea por parte das mulheres e também dos homens. “Queremos chamar atenção de maridos, pais, irmãos, filhos dessa paciente para que possam vencer a doença que, se for diagnosticada com antecedência, tem cura”, completa Magaly. Segundo dados da Fundação Centro de Controle do Estado do Amazonas (FCecon), em 2015, foram registradas 105 mortes por câncer de mama no Estado.

Pinturas, fotografias, sendo coloridadas ou em preto e branco, tiradas com câmeras profissionais ou até com aparelhos celulares, além de outros objetos acabaram virando uma exposição, em homenagem ao Outubro Rosa, no salão de exposições do Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (Icbeu), localizado na Avenida Joaquim Nabuco (Centro). A reportagem de Frank Cunha mostrou detalhes da mostra que vai até o dia 31 de dezembro e foi batizada de ‘Exposição Mulheres Contemporâneas’. As visitas vão das 15h às 19h, de segunda a sexta-feira. Entrada franca.

Erosão e perigo na estrada de Balbina, mostrados na TV

Reprodução/TV

Aumento do cadastro da tarifa social vai diminuir sufoco Logo após a publicação da notícia de que a Justiça do Amazonas obrigara, via decisão judicial, a Manaus Ambiental incluir beneficiários do programa Bolsa Família no cadastro da tarifa social, a equipe da TV DIÁRIO - RECORD NEWS MANAUS foi a campo registrar a situação de pessoas de baixa renda que pagam valores que pesam no orçamento familiar em sua conta mensal de energia. A repórter Sigrid Avelino ouviu de pessoas como a dona de casa Eline Viana (foto) depoimentos sobre o esforço que a família faz para não atrasar a ‘conta de luz’, mesmo com o marido dela sendo o único integrante da família a ter um emprego e, por conseguinte, um salário fixo.

Um dos destinos preferidos de muitos manauaras, por conta dos balneários formados por cachoeiras e rios de corredeira, a Rodovia AM-240, que dá acesso à vila e à Usina Hidrelétrica de Balbina, está com vários trechos atingidos pela erosão nas laterais da pista. O problema foi mostrado no ‘DEZ NA TV’ desta sexta-feira (21) sob as lentes do repórter cinematográfico Mário Marcelo e do auxiliar-técnico, Josué Custódio. Um alerta para quem pretende pegar a estrada porque, em vários pontos, a única sinalização visível é uma faixa amarela pintada no chão contornando as áreas atingidas.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

27

GP DOS ESTADOS UNIDOS TEM ROSBERG E HAMILTON LIBERADOS PARA DISPUTAR POSIÇÃO NA PISTA E TÍTULO DA F-1 Diário do Amazonas

VENCER Entre você e o esporte

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

MAIORES TORCIDAS

FLA VOLTA AO ‘MARACA’ PARA DESAFIAR TIMÃO Objetivos Diferentes Enquanto o Flamengo disputa o título do Campeonato Brasileiro com o Palmeiras, o Corinthians tenta conquistar uma vaga no G-6 para disputar a próxima Libertadores Ataques Criticados Tanto Guerrero quanto Guilherme têm feito poucos gols

Agência Estado vencer@diarioam.com.br Rio de Janeiro

O

Flamengo ganhou o principal reforço para a reta final do Campeonato Brasileiro. Pelaprimeira vez na temporada,nojogocontraoCorinthians, neste domingo, às 15h (de Manaus), o time rubro-negroatuaránoEstádiodoMaracanã. Além de não ter mais que viajar nas partidas em que for mandante, o clube carioca espera que a força da torcida no Rio faça a diferença para que a

equipe conquiste o título nacional. Na vice-liderança com 60 pontos, quatro a menos que o Palmeiras, o Flamengo atuou em cinco cidades (Volta Redonda, Brasília, Cariacica, Natal e São Paulo) nos 11 jogos em que foi mandante. Eliminado daCopadoBrasil,durantea semana, ao perder para o Cruzeiro, o Corinthians tenta se reabilitar e terminar o Brasileirão no G-6. O time tem 48 pontos e está em sétimo antes do início desta 32ª rodada. Para a reestreia no Maracanã, a torcida rubro-negra esgotou, de forma antecipada, os 54

Divulgação Flamengo e Corinthians

mil ingressos colocados à venda. Enquanto torcedores matam a saudade do estádio do Maracanã, no Rio, Flamengo e Corinthians entramemcampo cientes de que as festividades e nostalgia não passam de figuração, dentro da necessidade de vencer a partida para não ver os objetivos ficarem muito mais longe. O Flamengo viu o Palmeiras desgarrar, na última rodada, após perder para o Internacional por 2 a 1, enquanto que o rival alviverde derrotou o Figueirense pelo mesmo placar. Mesmo assim, os quatro pontos de distância não fazem nin-

guém baixar a guarda. “Foi um banho de água fria, mas estamos bem vivos”, afirmou o técnico Zé Ricardo. Com lesão na coxa, o meia Éverton é o desfalque carioca para a partida. Durante a semana, o técnico fez mistério, mas esboçou um time mais cauteloso com a entrada de Mancuello no meio de campo. Com três homens de contenção, Diego e Willian Arão terão mais liberdade para atacar. Na frente, três jogadores disputam uma posição: Leandro Damião, Gabriel e Fernandinho. O treinador disse que pode apresentar uma ‘surpre-

sa’ para o adversário e preferiu adotar o mistério em relação ao time que entrará em campo. Seodiscursoentreos cariocas é de esperança, o técnico Oswaldo de Oliveira quer reerguer oCorinthians,em recuperação, após ser eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil, pelo Cruzeiro, na última quarta-feira. O últimoconfrontoentreas equipes é de excelente recordação aos corintianos. Em sua arena,emSãoPaulo,e sobocomando do técnico Cristóvão Borges, a equipe goleou o rival por 4 a 0 e fez seu placar mais elástico na competição.


28

Vencer

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com Cesar Greco/Divulgação Palmeiras

Desfalcado de Jesus, Palmeiras recebe o Sport Alviverdes Descansados Titulares do Palmeiras foram poupados do último duelo do Verdão, pela Copa do Brasil Agência Estado vencer@diarioam.com.br São Paulo

O

estádio Allianz Parque, alçapão em São Paulo onde o Palmeiras só foi derrotado uma vez - pelo Atlético Mineiro -, curiosamente está se tornando um problema na reta final do Campeonato Brasileiro. A questão principal é o gramado, criticado por jogadores e comissão técnica, ao longo da semana. A partida deste domingo, às 15h (de Manaus), pela 32ª rodada, contra o Sport, servirá como parâmetro para o técnico Cuca avaliar se a equipe continuará jogando em sua arena. O Palmeiras quer sustentar (ou ampliar) a vantagem de quatro pontos sobre o Flamengo (64 a 60) e,

para isso, precisa da vitória. O treinador palmeirense revelou que faria o treinamento de sábado no estádio, mas decidiu manter a atividade na Academia de Futebol para preservar o terreno. “Não sei como estará domingo. Até pensava em treinar um pouquinho, mas não vou para ter condição um pouquinho melhor de jogo”, disse o treinador, na última sexta-feira. Cuca cogitou mudar o local dos próximos jogos se as condições não melhorarem. “Tenho que conversar com o Mattos (Alexandre Mattos, diretor de futebol) e com o presidente (Paulo Nobre). Com certeza, eles não estão contentes também. Nossa condição de campo não está boa e temos de pensar no futebol, nesta reta final”, reclamou. A construtora WTorre, res-

ponsável pela manutenção do gramado, defende-se informando que o Palmeiras participou da última vistoria, realizada antes da partida contra o Grêmio, e que a arena tinha condições técnicas de jogo. Desfalque Gabriel Jesus, vice-artilheiro do Brasileirão com 11 gols, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O provável substituto é Lucas Barrios, elogiado pelo treinador, na última quarta-feira. Se for escalado, ele fará o papel de pivô, preparando as jogadas para os meias. Cuca também testou Leandro e Alecsandro, mas os dois costumam sair mais da área. Na defesa, Fabiano não participou dos treinos por causa de uma lesão na coxa direita. Jean deverá ser escalado em seu lugar.

Com baixas, Flu vai ao Couto Pereira para seguir perto do G-6 Mailson Santana/Divulgação Fluminense

Após três derrotas consecutivas, o Fluminense busca reação contra o Coritiba, neste domingo, às 16h30 (de Manaus), no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Após ter entrado no G-6 e vislumbrado a possibilidade de terminar o Campeonato Brasileiro na terceira posição, o time tricolor tem despencado na tabela de classificação e precisa vencer para não se desgarrar do grupo declassificaçãoparaaCopaLibertadores. Com 46 pontos, o Fluminense está atrás de Atlético Paranaense, Corinthians e Grêmio, equipes que também estão na briga pela sexta colocação, enquanto que o Botafogo, com 53, já abriu boa distância para os concorrentes. Na parte inferior da tabela de classificação, o Coritiba é o 15º colocado, com 37 pontos, e pode termi-

Esperança Tricolor Gustavo Scarpa é o organizador do meio de campo do Flu

nar a rodada na zona do rebaixamento, caso Internacional e Vitória vençam na rodada. Vilão na derrota para o São Paulo, em confusão com o meia Marquinho, o zagueiro Gum tem sido criticado pela torcida e chegou a treinar no time reserva, durante a sema-

na. Porém, o substituto Renato Chaves teve uma fratura no tornozelo e não atua mais na temporada. Assim, Gum segue como titular ao lado de Henrique. Na lateral esquerda, William Matheus sofreu uma lesão e será substituído por Giovanni.

Referência no Ataque Sem Gabriel Jesus, Dudu assumirá as ações ofensivas

Grenal vale G-6 e fuga das últimas posições do BR Um clássico marcado por muito entusiasmo e alguma tensão. É esse o cenário que aguardaoconfrontodestedomingo entre Grêmio e Internacional, às 15h (de Manaus), na Arena Grêmio, em Porto Alegre. As duas equipes,afinal, garantiram-sena semifinalda Copa do Brasil e sonham em fazer uma inédita decisão do torneiodemata-mata. Mas seoclássicodestedomingo pode representar a prévia de uma eventual final, ele também traz um componente dramático, sobretudo ao Internacional, que luta para seafastar da zonado rebaixamento. O time do técnico CelsoRothestána16ªposição doBrasileiro,com 36pontosapenas um na frente do Vitória - e precisa triunfar para se

garantir forada zonadedescenso semdepender deoutros resultados. JáoGrêmio,alémdachance de complicar o rival, luta para se aproximar do G-6 - está a um ponto da zona de classificação à CopaLibertadores. Nabrigaparapermanecerna primeira divisão nacional, o Internacional deve escalar força máxima. Assim,William retorna após cumprir suspensão e Ceará serádeslocadoàlateralesquerda. A única dúvida fica para o lugar do suspensomeiaAlex. Eduardo SashaeValdívia sãoos mais cotados. O técnico Renato Gaúcho, por outrolado,fez mistérioedeu indícios de que pode poupar alguns titulares, já pensando no duelo de quarta-feira contra o Cruzeiro, pela semifinal da Copa doBrasil.


Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Diรกrio do Amazonas

Vencer

29


30

Vencer

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com Divulgação/Formula1.com

Atrás do Prejuízo Lewis Hamilton está 33 pontos atrás de Rosberg no Mundial

F-1 chega às Américas com ‘pega’ liberado Duelo Interno Mercedes deu sinal verde para Nico Rosberg e Lewis Hamilton disputarem posição, em busca do título do ano Das Agências Vencer@diarioam.com.br Austin

A

Fórmula 1 viverá, neste domingo, a 18ª de 21 etapas da temporada com o Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Austin (Texas), o início de uma sequência de três corridas no continente americano e mais uma decisão para o alemão Nico Rosberg e o britânico Lewis Hamilton, pilotos da Mercedes. A largada está marcada para as 15h (de Manaus). Vice-campeão nas duas últimas temporadas, Rosberg quer sair da fila e, com 100 pontos em disputa, tem 33 de vantagem para o companheiro de equipe e principal rival. O momento é completamente favorável ao alemão, que venceu quatro dos últimos cinco GPs, além de um tercei-

ro lugar. Nesse período, por outro lado, o dono de três títulos mundiais ficou uma vez com a segunda colocação, três com a terceira e ainda teve uma quebra, na Malásia. Um alento para Hamilton é o desempenho dele em Austin, onde obteve três vitórias nos últimos quatro anos, em 2012, 2014 e 2015. O inglês também venceu, nos Estados Unidos, em sua temporada de estreia na F-1, em 2007, quando a prova foi realizada em Indianápolis. Já Rosberg tem como melhores resultados no Texas as segundas colocações dos dois últimos anos. Com o título do Mundial de Construtores garantido, a Mercedes liberou que seus pilotos briguem pelo campeonato na pista, e o chefe da escuderia, Toto Wolff, desejou: “Que vença o melhor”. Ele ainda negou que haverá qualquer ordem dos boxes para que algum deles tire o pé.

Atrás da equipe alemã, Ferrari e Red Bull brigam pelo vice, com 50 pontos a favor do time austríaco, que, além disso, vem em uma fase melhor, com direito a dobradinha, na Malásia, há duas corridas, com triunfo de Daniel Ricciardo. Em contagem regressiva para se despedir da categoria, o brasileiro Felipe Massa chegou a Austin empolgado. Décimo colocado entre os pilotos, ele tenta ajudar a Williams a superar a Force India e ficar em 4º lugar entre as equipes. “De todos os novos circuitos, este é o que mais gosto. É uma pista muito boa, porque há de tudo: curvas de alta e de baixa, além de uma longa reta, que é muito boa para ultrapassagens”, comentou Massa. Já Felipe Nasr (Sauber) ainda busca um lugar no grid para a próxima temporada. Para isso, tentará terminar na zona de pontuação pela primeira vez em 2016.

CLASSIFICAÇÃO

POS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

PILOTO Nico Rosberg Lewis Hamilton Daniel Ricciardo Kimi Räikkönen Max Verstappen Sebastian Vettel Valtteri Bottas Sergio Perez Nico Hulkenberg Felipe Massa Fernando Alonso Carlos Sainz Romain Grosjean Daniil Kvyat Jenson Button Kevin Magnussen Jolyon Palmer Pascal Wehrlein Stoffel Vandoorne Esteban Gutierrez Marcus Ericsson Felipe Nasr Rio Haryanto Esteban Ocon

PAÍS ALE ALE AUS FIN HOL ALE FIN MEX ALE BRA ESP ESP FRA RUS ING DIN ING ALE BEL MEX SUE BRA IND FRA

EQUIPE PTS MERCEDES 313 MERCEDES 280 REDBULLRACINGTAGHEUER212 FERRARI 170 REDBULLRACINGTAGHEUER165 FERRARI 165 WILLIAMS MERCEDES 81 FORCE INDIA MERCEDES 80 FORCE INDIA MERCEDES 54 WILLIAMS MERCEDES 43 MCLAREN HONDA 42 TORO ROSSO FERRARI 30 HAAS FERRARI 28 TORO ROSSO FERRARI 25 MCLAREN HONDA 19 RENAULT 7 RENAULT 1 MRT MERCEDES 1 MCLAREN HONDA 1 HAAS FERRARI 0 SAUBER FERRARI 0 SAUBER FERRARI 0 MRT MERCEDES 0 MRT MERCEDES 0

CIRCUITO DAS AMÉRICAS

PRIMEIRO NÚMERO DE GRAND PRIX (GP) VOLTAS

2012

56

EXTENSÃO DO CIRCUITO

5.513 KM

DISTÂNCIA DA CORRIDA

308,405 KM VOLTA MAIS RÁPIDA

1: 39,347

SEBASTIAN VETTEL (2012)


Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Diรกrio do Amazonas

Vencer

31


32

Vencer

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com Reinaldo Okita

“O PRINCESA NUNCA CONCORDOU COM ESSA MUDANÇA. DEU MAIS DESPESAS PORQUE TRABALHAMOS POR OITO MESES. ERA PARA TER SIDO, NO MÁXIMO, CINCO. FORMARÍAMOS O MESMO TIME, COM DESPESAS MENORES” Rone Barbosa, diretor do Princesa.

“VANTAGEM NÃO TEVE NENHUMA. A MAIORIA DOS JOGADORES QUE FICA NO ESTADO NEM PUDERAM TER EMPREGO. NEM NO NACIONAL TIVEMOS OPORTUNIDADE DE JOGAR MUITO” Jonathan, goleiro do Nacional.

Fast Gostou Tricolor foi o único clube que aprovou competição no 2º semestre

Experiência do Estadual no 2º semestre é reprovada Maioria Descontente Campeonato Amazonense deste ano durou apenas dois meses e três dias. Período de disputa foi escolhido pelos próprios dirigentes. Tradicionalmente, a competição é entre março e junho Diogo Rocha vencer@diarioam.com.br Manaus

O

adiamento do Campeonato Amazonense de 2016 para o segundo semestre - começou no dia 19 de agosto - divide a opinião dos dirigentes e jogadores dos clubes. A maioria reprovou a mudança e reclamou da queda na presença de público nos 45 jogos disputados. Nem o rendimento em campo das sete equipes participantes – Nacional, São Raimundo, Rio Negro, Fast Clube, Manaus FC, Princesa do Solimões e Nacional Borbense – melhorou como o esperado. A Associação dos Clubes Profissionais do Amazonas (Acpea) alegou que com mais tempo para se planejar, os clubes en-

trariam no Estadual com os elencos mais reforçados e em situação financeira melhor. Mas, durante os dois meses e três dias de disputas, o contrário foi percebido. O Rio Negro, por exemplo, apesar da campanha heroica liderada pelo técnico Aderbal Lana que conduziu o time até as semifinais, sofreu ‘calote’ da parceria com a Excellence Football, empresadegestãoesportivade São Paulo, e ficou devendo os salários e rescisões de contratos dos jogadores e comissão técnica. “Não teve nada de positivo no Amazonense no segundo semestre. Absolutamente nada. Neste período do ano, não tem renda porque tem a concorrência do Brasileirão. Os clubes pagaram para jogar e tiveram prejuízos, o Rio Negro está correndo da sala para a cozinhaparapagar jogadores. Fe-

chamos as contratações em pacotes e estamos devendo mais de dois terços (do elenco)”, disse o presidente do Galo, Thales Verçosa. O clima em Manaus também contribuiu para afugentar o público das partidas do Estadual, conforme o dirigente do Alvinegro. “A temperatura chegou a atingir 50ºC (Celsius, de sensação térmica) num jogo que o Rio Negro fez de manhã (11h), no Estádio do Sesi (Roberto Simonsen, no Coroado). As pessoas ficam em casa, assistindo pela TV bons jogos como os da Europa”, analisou Verçosa. Único clube rebaixado para a ‘Segundinha’ de 2017, o Nacional Borbense se despediu do Amazonense sem ganhar um jogo dos 12 que disputou. Foram 11 derrotas e apenas um empate. “O Estadual deveria ter sido no primeiro semestre.

Com as eleições (municipais), atrapalhou nossos patrocinadores e ficamos numa situação muito difícil, financeiramente. Deixando tudo para a última hora, a Prefeitura de Borba ficou impedidadenos ajudar como poderia”, disse o vice-presidente e técnico do Camaleão, Robson Sá. Problemas iguais O diretor de futebol do São Raimundo, Mário Ivan, afirmou que, independente do período de início do Estadual, as consequências seriam iguais. “O Campeonato Amazonense é um caos total. Tanto faz ser no primeiro ou segundo semestre, não tem público mesmo. Se tivesse sido no começo do ano, seria pior, porque ninguém tinha nada planejado. Mas esse ano foi atípico por causa da Olimpíada (do Rio de Janeiro, na qual Manaus foi se-

de do Torneio Olímpico de Futebol)”, disse Ivan. Com o Amazonense deficitário, o dirigente do Tufão defende uma renovação nas gestões dos clubes e da Federação Amazonense de Futebol (FAF). “Precisa mudar a cabeça dos dirigentes de clubes e da FAF para ver se tem uma alavancada no futebol. Porque do jeito que está a competição, é prejuízo total para os dirigentes. Em 90% dos jogos, não tivemos renda nem para cobrir a arbitragem, que é de R$ 2.160, 00”, declarou Ivan. Finalista do Estadual, o Fast Clube conseguiu ser beneficiado pelo adiamento da abertura da temporada. Pelo menos na análise do diretor de futebol do Tricolor, Rodrigo Novaes, que conseguiu reduzir em três vezes as despesas que gastariacomelencoecomissão técnica no primeiro semestre.


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

Vencer

33

Da necessidade ao bronze, borbense é 3º no Brasileiro Conquista em São Paulo Jovem de 13 anos aprendeu caratê, em Borba, para aprender técnicas de defesa pessoal, após sofrer violência em escola e, há uma semana, voltou para o Amazonas com uma medalha Eraldo Lopes

Diogo Rocha vencer@diarioam.com.br Manaus

O

caminho até a medalha de bronze do amazonense Carlos Eduardo Ferreira, de 13 anos, no Campeonato Brasileiro de Caratê, realizado em São Paulo, no final de semana passado, foi longo e cheio de superação. Tanto quanto as diversas vezes que o jovem carateca deixou a cidade natal, Borba (a 151 quilômetros ao sul de Manaus), para competir em outros Estados, como das regiões Norte, Nordeste e Sudeste. Terceiro colocado no Katá (luta imaginária) nesta etapa final do Brasileiro, pela Categoria Especial (de 12 e 13 anos), o faixa marrom Carlos Eduardo treina em um projeto social, em Borba, há quatro anos. Idealizado e executado pela mãe dele, Aucileia de Almeida Costa, o projeto da academia ‘Fênix de Karatê’ recebe apoio da prefeitura local, desde 2014, e, atualmente, ensina mais de 108 crianças e adolescentes, de graça. “Existe muito apoio da prefeitura de Borba, como Bolsa Atleta Municipal, por isso nossos atletas não ficam escondidos e competem fora. O problema é que o Estado não dá nenhum suporte também”, lamentou ‘dona’ Aucileia, que ao lado da amiga da família, a técnica de Katá do projeto, Rosely Pantoja, 29, acumula as funções de mãe protetora e técnica do filho único para as provas de Kumitê (luta em si). Nas competições longe de Borba, a delegação costuma ficar hospedada na Vila Olímpica de Manaus. Mas desde que voltaram de São Paulo, os dois lutadores e as treinadoras precisaram dormir no tatame de uma academia, na capital, por três dias, para aguardar a viagem de retorno ao município. A semente para o futuro projeto germinar partiu de uma agressão sofrida por Carlos Eduardo, no colégio. Ele voltou para casa com o rosto machucado e a mãe decidiu

Apoio Familiar Aucileia de Almeida Costa e Rosely Pantoja treinam o jovem Carlos Eduardo Ferreira, em Borba

‘PRÉ-CONQUISTA’

4 dias foi a duração da viagem de barco realizada por Carlos Eduardo Ferreira e as treinadoras dele até Porto Velho (RO) para disputar a etapa regional do Campeonato Brasileiro.

Defesa Pessoal Carlos Eduardo Ferreira começou no caratê por necessidade, após sofrer violência na escola

colocar o filho para aprender caratê como defesa pessoal. Mas ela acabou despertando o interesse pela arte marcial. “No primeiro dia de aula, gostei também do esporte e aprendemos juntos caratê, eu e o meu filho. Hoje, como já sou fai-

xa preta, o ensino nas técnicas de Kumitê”, explicou Aucileia. A técnica de Katá e faixa preta Rosey Pantoja também entrou no mundo do caratê por causa de Carlos Eduardo. “Ele não queria praticar arte marcial sozinho. Então, eu perguntei para o Carlos: se eu for junto com você para aulas para treinar, você irá também? E assim comecei no caratê”, disse a treinadora. A iniciativa sócio-esportiva não tem uma sede própria. No

momento, as amigas Aucileia e Rosely dão aulas em um espaço cedido em uma igreja e precisaram reduzir a quantidade de atletas ao cancelar os treinos no período noturno. “Como tem orações, à noite, se tivéssemos aulas neste período o barulho dos treinos poderia atrapalhar. Mas, desde 2014, somos funcionárias da Prefeitura de Borba para o projeto e recebemos salários, além de passagens aéreas e estadias pagas, quando nossos alunos competem em Manaus ou fora do Estado”, declarou Aucileia. Antes de disputar a etapa finaldoBrasileiro,emSãoPaulo, Carlos Eduardo viajou até Porto Velho (RO), aproximadamente 680 quilômetros de distância, em linha reta. A embarcação demorou quatro dias para chegar à capital roraimense, onde foi disputado a etapa regional do campeonato, em junho. “Dormimos no barco, quando chegamos lá (em Porto Velho) e depois fomos para casa de um sensei (mestre). Aí, enfrentamos mais quatro dias no rio para voltar para Borba”, relembrou a mãe-treinadora.


OBS: O conteúdo dos anúncios publicados nesta edição são de responsabilidade dos próprios anunciantes

Domingo, 23 de outubro de 2016

TARUMA-ACU - P èíçëI ëäI ïÅI N

î~Ö~ cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614722

KITINETES, FLATS E APART-HOTÉIS ALVORADA II - ^äìÖç âáí ÅLèíç Åçò

1 QUARTO CHAPADA / MILENIUM SHOPPING CENTER - RMIMM ∫íáä cWPPMQJUNUOL

PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614765

PETROPOLIS - èíçI N ë~ä~I ïÅI

RMã ÇÉ ~êÉ~ ∫íáä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614761

2 QUARTOS CACHOEIRINHA/CDLIFEDAVILA- Oèíçë

ëÉåÇç N ëì∞íÉI N ë~ä~I O ïÅë cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614763

3 QUARTOS DOM PEDRO I - P èíçë ëÇç O ëì∞íÉëI

O ë~ä~ëI ïÅ I N î~Ö~I UPIMMã ∫íáä cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614767

APARTAMENTOS ALUGUEL 2 QUARTOS

ïÅ •êKÇÉ ëÉêî ÅL åÉí éL ëçäíÉáêçëIÅ~ë~áë ëL~åáã~áë APRM cWPSRTJPQSRL UNOUJ RQTMLVPPTJ RQTS 379614646

^äìÖç ~éíç ÅL Nèíç ëä~ Åçò ïÅ •êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´ç ~ìíçë Ç~ äçíÉêá~ Éëéçêíáî~ säçê oARMMIMM cçåÉWVVPRPJ MSRSL VUNOPJ OSMR

COROADO I -

379614505

J. TEIXEIRA - KITNETE- PX.DE TUDO - O Å∑ãçÇ ÅL ïÅI •Öì~ É äìò

áåÅäK éLÅ~ë~ä ëLÑáäÜçë oAPMMIMM cWVVNNMJSVVOLVUNQPJ QVNT

179614438

CASAS COMPRA E VENDA 1 QUARTO AL. NASC - Å~ë~ ÅL OèíëIëäIÅòIïÅI

ÑçêêI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîI NVãáäL gK qÉáñÉáê~ QŸ Éí~é~ OèíëI ëäIÅòIïÅI íÉêê NMñPM OOãáäK VVNNUJPQMUL VVNVNJ OOUM

179614698

ALFR. NASC. - Å~ë~ ~äîÉåK ÅL Oèíë

ëä Åçò ïÅ å~ ÄÉáê~ Ç~ éáëJ í~ mêáåÅK −åáÄìë sä oANU jáä cWVVQNNJUUOR

159614301

ATENÇÃO - COMPRO VENDO - `~J

ADRIANOPOLIS - O èíçë ëÇç O ë∞íÉëI

N ë~ä~I O ïÅë NSMã ∫íáä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614724

CJ TOCANTINS - ^éíç ÅL ëä~I O èíçëI

ÅçòI ïÅI ÅÉêI P⁄ ~åÇ~ê éñ ~ç `çåÇK gìëë~ê~ oAVMMKcWVVNOQJVQMML VUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

179614720

REDENÇÃO - ~é~êí ÅL Oèíçë I ëäI

ÅçòI ïÅI NîÖ Ö~ê oASMM cWVVPORJMSVPLVVRNTJ SMUO

379614725

SANTA ETELVINA - O èíçëI ëäI ïÅI

ë~ëIíÉêêÉåçëI~éíçëI Ö~äJ é©çIë∞íáçë ÉíÅK sä NMãáäIOMãáäI ORãáäI PMãáäIPRãáäIRMãáä ~í¨ NMMãáä íçÇçë çë Ä~áêêçëK VVNNUJPQMULVVNVNJ OOUM

179614699

ATENÇÃO!!!! - `ljmo^jlp

b sbkabjlp `^p^p ÇÉ oANKMMMIMM ^í¨ oAPMKMMMIMM cW VVQNNJUUORLVVPONJ RPTM

159614495

BELVEDERE - sÇç Å~ë~ ÇÉ ~äJ

îÉå•êá~ ÅLNèíç ëä~ Åçò ïÅ ãìê •êÉ~ íÇ~ Åçåëíêì∞Ç~ oAQMKjáä cWVVPTVJ QQPO

379614566

CIDADÃO 7 - Å~ë~ Nèíç ëäIÅçòIïÅ

ãìêIÑçêêIoAQR jfi cWVVNUS URPMLVVOOSJRMRULVUORQ OTQULVVNNN TVQRK

N î~Ö~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

COMPRAMOS E VENDEMOS CASAS -

STª MARTA - ^äìÖ~JëÉ N ^éíç

CONJ SHANGRILÁ III, PARQUE 10 - N

179614719

ÅL Oèíë ëä Åçò ïÅ î~ê Ö~ê oARMM cWVVQVMJMMQQL PSQRJRNTU cK ÅL båáç

379614610

3 QUARTOS CD. ILHAS GREGAS - PONTA NEGRA -

~äìÖç ~éíç ÅLP èíë ëÇç N ëíÉë H O ïÅëK `çòK ÅL ~êãK P ~êK ÅçåÇK ëäK î~êK RMMã Ç~ éê~á~K ÅL O Ö~êK säçê ~ ÅçãÄK VVQQTJQSNPLVUOTSJ QVOV 179614434

DOM PEDRO I - P èíçë ëÇç O ëì∞íÉëI

O ë~ä~ëI ïÅI N î~Ö~ UPIMMã ∫íáä cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614723

179614743

ÇÉ oANKMMMIMM ^í¨ oAPMjáä cW VVQNNJUUOR

159614300

ëì∞íÉI N ë~ä~I ïÅI O î~Ö~ë ÇÉ Ö~êI é´ç ~êíÉëá~åçK NUMIMM •êÉ~ Åçåëíêì∞Ç~K cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614774

CONJ SHANGRILÁ III, PARQUE 10 - N

ëì∞íÉëI ë~ä~I ïÅI MO î~Ö~ë ÇÉ Ö~êI éç´ç ~êíÉëá~åçK cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614773

G. VITÓRIA - `~ë~ ÅL èíçI ëäI ÅòI

ïÅI ÑçêêI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîI NTãáäL pK gçë¨ f mñ r^f pÜçé èíI ëäI ÅòI ïÅI íÉêê SñNQ OUãáäK cWVVNNUJPQMUL VVNVNJ OOUM 179614697

M. OLIVEIRAS PX AV. MULATEIRO -

G. VITÓRIA - Åë~I ãçíáîç îá~J

É jÉêÅK ^äÉñK sÇç O Å~J ë~ë åç ãÉëãç íÉêê N ÇÉ ã~Ç É ÇÉ ~äîK Ñ~äí~åÇç êÉÑçêJ ã~I íÉêê TñOM éä~áåç oAOUjáä ëμ ¶ îáëí~ cW VVQUOJMORML VVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN

ÖÉãI ëäI èíçI ïÅI Åçò ~ãÉêI Ö~ê ÅL éçí ~äìãI ãÉÇ TIRñQM oAQMãáä cW VVOSNJSUMN

379614599

NOVA VITÓRIA - Å~ë~ ~äîÉåK ÅL

O Å∑ãçÇçë qÉêKUñOO éä~J åç å~ _Éáê~ Ç~ éáëí~ oANU jáä cW VVQNNJUUOR

Åë~ ÇÉ ~äîÉå~êá~ íáéç ~éíç ÅLÅ∑J ãçÇçë É Ö~ê~ÖÉãI ∑åáJ Äìë å~ éçêí~ éêçñK ÇÉ î•J êáçë Åçä¨Öáçë säçê oASRKãáä cWVVPQRJ MTMT

179614762

STA MARTA - å~ ÄÉáê~ Ç~ éáëí~

Åë ~äî ÅL O Å∑ãK qÉêKSñOR mñK `çäK fåíêÉÖ~ä oANR jáä VVQNNJUUOR

159614302

STA MARTA - å~ ÄÉáê~ Ç~ éáëí~

Åë ~äî ÅL O Å∑ãK qÉêKSñOR mñK `çäK fåíêÉÖ~ä oANR jáä VVQNNJUUORLVVPONJRPTM

159614493

VALPARAISO - `~ë~ ~äîK ÅL P Å∑ãK

å~ ÅÉê ÇÉëçÅ qÉêKSñPM mñK iáåÜ~ ÇÉ ∑åáÄìë oANSKRMM VVQNNJUUORLVVPONJRPTM 159614492

2 QUARTOS

179614742

ëÇç NëíÉI Åçé~LÅçò ãìê~J Ç~I ÉíÅ oANURãáäK páå~ä ÇÉ NRãáäI rëÉ ëÉì cdqpK VVPRUJUPPPLVVNPNJSOVOL VUNQPJONTTK`ob`f SOTc

ïÅI O î~Ö~ëI NUMã qçí~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614707

CENTRO - `~ë~ O éáëçëI PèíëI

O ïÅÛëI ë~ä~I ÅçéLÅçòI ÅÉJ êßãáÅ~I Ñçêê~Ç~I •êÉ~ éL Ö~êK oANPRjfi VVPPNJ RPUQ

179614777

APTO VIVER MELHOR III - qê~åëÑK

~éíç íçÇç êÉÑçêã~ÇçI oA UMãáä Eã~áë éêÉëí~´πÉë êÉëí~åíÉëF c VVNNPJQSVO

159614049

C. DEUS / PX. BIG AMIGÃO E CERV. RIO NEGRO - iáåÇ~ Å~ë~ ÅL

OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI ÉÇ∞ÅìJ ä~I ÅÉêßãI ÑçêêI ãìêI O îÖI ÇÉëçÅìéI íÉêê SñPQ éä~áåç oAUTjáä cW VVQUOJMORML VVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN

179614635

CASAS NOVAS, PQ LARANJEIRAS - ^ÅK

`~êêç Åçãç é~êíÉ Çç é~J Ö~ãÉåíçK oANPMjáäK cW VVPNNJRNQR

179614612

CENTRO - VDO OU TROCO QUITADA -

Å~ë~ Åçã O èíëI ëÇ N ëìáJ íÉI Ñçêê~Ç~I ïÅ ÅÉêKI ÇçÅK çâI îÇç çì íêçÅç éL ~éíç èìáíK oAOMMãáä c VVNNPJQSVO

159614050

CENTRO / ÓT. LOCALIZAÇÃO - aÉ

Éëèìáå~ ÅL fÖ~ê~é¨ ÇÉ j~å~ìë É i~ìêç `~î~äJ Å~åíÉK `~ë~ ~åíáÖ~I íÉêêÉJ åç SñON oANVRjáä cëWVVOPOJ ONMOLVUNRPJ UMTV

179614736

CIDADE NOVA - O èíçë ëÇç N ëì∞íÉI

ë~ä~I P ïÅëI O î~Ö~ëI NOUã ÇÉ ~êÉ~ Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614781

CJ DOM PEDRO/PQ TROPICAL -

~éí⁄mê¨Çáç ÅL O máëçë ÅL Q ~éíçë Å Oèíë Å~Ç~ oAORRjáäK cëWVVOORJ RQUT 179614769

CJ GALILEIA - bñÅÉäÉåíÉ Å~ë~

ÅL OèíëI ëäI ÅòI ïÅI ÉÇáÅìJ ä~I éí©ç ÇÉ ~äìãI Ö~ê~J ÖÉãI ãìêI ANSMãáä ^ÅK Å~êí~ ÇÉ `êÉÇáíç É cdqpK VVNOQJVQMMLVUOQTJOUUUL VVPRUJUPPPK `ob`f SOTc 179614716

DISTRITO INDUSTRIAL / G. VITÓRIA -

fãéÉêÇáîÉä> sáä~ ÅL Qèíçë íçÇçë ÅL ïÅ ÇÉåíêç oAPQjáäK mñK ~ bëÅçä~ cëWVVOORJ RQUT

179614760

FCA MENDES NA AV E - `~ë~ Åçã

OèíçëI ëä~I ÅçòI ÅÉêI ãìêI Öê~ÇI Ö~ê~ÖÉã ÅçÄI Ñçêê oANMMãáäK mñ ÇÉ î•êá~ë äáåÜ~ë ÇÉ ∑åáÄìëK VVOOSJRMRUL VUORQOTQUL VVNNNJTVQR

179614740

NOVA CIDADE - O èíçëI ë~ä~I ïÅI

P î~Ö~ëI RQã Åçåëíêì∞J Ç~I ORMã íçí~ä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614227

CENTRO, IRANDUBA - O èíçëI ïÅI

TOIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614776

NOVA CIDADE - îÉåÇç N Å~ë~ ÇÉ

179614772

~äîKÅL OèíëI ëäIÅçòIÖ~êIÅL N éçåíç ÅçãÉêÅá~ä ~íê•ë Çç a_ säçê oATRKãáä ~ÅÉáíç éêçéçëí~ cWVVPQRJ MTMTL VVNUQJ PUTR

CHAPADA - P èíë ëÇç N ëì∞íÉI

N î~Ö~I NOMIMMã ∫íáä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

379614583

179614786

NOVA ESPERANÇA - îÇç Åë~ ÅLO

èíçë ëä~ Åçò ïÅ íÇ~ Ñçêê~J Ç~ ÅÉêßã éçêí©ç ÉäÉíêK íÉêêWUñOM îäçê NVMKãáä cWVVPQRJMTMTL VVNUQJ PUTR

379614586

P. DAS LARANJEIRAS, COND. FE CHADO - éñ ~ç káäíçå iáåë `~ë~ ÅÉêK

Éä¨íêI éí©ç ÉäÉíêK ÅL NO Å~J ë~ë ëäI ÅçòI Oèíë ëÉåÇç Nëí K oANPRãáäK ^ÅK Å~êêç ÅçJ ãç é~êíÉ Çç é~Ö~ãÉåíç VVNMUJ UOPULV UOMRJ MMSS

179613363

PETROPÓLIS PX. AO COLÉGIO GM E AO INSS - `~ë~ Oéáëçë ÅL Oèíçë

ëÇ NëíÉI ëäI ÅçòI ïÅI íÉêêÉJ åç UñTI •êÉ~ íÇ~ Åçåëíêì∞J Ç~I äçÅ~ä éL Ö~ê~ÖI ÉñÅK äçJ Å~äáò~´©ç oANPUjáä ëμ ¶ îáëí~ å©ç Ñáå~åÅá~ cWVVQUOJ MORM VVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN

179614639

PLANALTO - O èíçë ëÇç N ëì∞J

íÉI O ë~ä~ëI O ïÅëI O î~J Ö~ëI NMMIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614785

PQ 10 - Å~ë~ Oèíë ëÉåÇç NëíI

ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅI Ö~êK éL O Å~êêK oANUMãáä íÇ~ ÇçÅìãK éL Ñáå~åÅá~ãÉåíçK VVPNNJ RNQR

179614613

R. PIORINI /PX. AO SOPÃO - bñÅK

äçÅ~äáò~´©çK sÇç μíK Å~ë~ ÅLOèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI èìáåJ í~äI ëÉãá ãìê~Ç~I äçÅ~ä éL Ö~ê~ÖI íÉêê NMñPQKléçêíìJ åáÇ~ÇÉ oATOjáä ëμ ¶ îáëí~ cWVVQUOJMORMLVVNPTJ VNQQ ÅêÉÅá OMTN

179614637

TARUMà - O èíçë ëÇç N ëíÉI N

ëäI ïÅI N î~Ö~I NMQIMMã Åçåëíêì∞Ç~I PMMIMMã íçJ í~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614768

379614581

CASAS NOVAS - ëä~ é O ~ãÄIPèíçëI

NOVA CIDADE - O èíçëI O ë~ä~ëI

NOVO ISRAEL - îÉåÇç

ëä Åçò ~êK ëÉêîK Ö~ê PÅ~ê ãìê Öê~Ç ÑçêêK ÅÉêK ÉñÅÉäK äçÅK éÉêíç íÇç ANNMjáä VVNMPJ UTQM O ëíëI ëäI ÅçòI ÑçêêI íÇ~ Éã~ëë~Ç~I íÉñíìê~ ÅL ~êã É ÑçÖ©ç ÉãÄK _Éã içÅ~ä oAUMjáä cWVVOOSJRMRUL VUORQJOTQULVVNNNJTVQR

179614641

159614494

C. NOVA/CAMPO DOURADO - âë~ Pèíë

CAMPO DOURADO - iáåÇ~ `~ë~

mêÉÅáçë~KiáåÇ~Å~ë~ÅLOèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉêßãI Ö~êÖI •êÉ~ ëÉêîI ÇÉëçÅìé~Ç~ oAQVjáä ëμ ¶ îáëí~ cW VVQUOJMORML VVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN

ÅL O Å∑ãçÇçë qÉêKUñOO éä~åç å~ _Éáê~ Ç~ éáëí~ oANT jáä cW VVQNNJUUORL VVPONRPTM

é~Ç~ íÉê VñOOIãìê~Ç~I oAQPKRMMIMM cëWVVOORJ RQUT

379614580

3 QUARTOS

M. OLIVEIRAS PX POSTO BR - É ^îK

NOVA VITÓRIA - Å~ë~ ~äîÉå~êá~

379614588

èíçëI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ÅL Ö~J ê~ÖÉã oAQRãáä cW VVPMUJ ONSSLVUNTQJTRVU

179614642

159614299

REDENÇÃO PX HILEIA1 - ÇÉëçÅìJ

TERRA NOVA 1 - sÉåÇç Å~ë~ O

ALVORADA - P èíçëI ë~ä~I ïÅI

N î~Ö~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê 179614780

AMAZONINO MENDES - `~ë~ Å ëä~I

O~ãÄI PèíçëI ëÇç NëíÉI H ~éíç å~ ä~àÉI Ö~ê~ÖÉãI oANTMãáä ^Å Å~êí~ ÇÉ ÅêÉÇáíç É cdqpK VVNOQJVQMML VUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

179614718

CID NOVA NCL 22 - `~ë~ Åçã ëä~I

PèíçëI Åçé~LÅçò H ~éíç oANPRãáäK ^ÅI Å~êí~ ÇÉ ÅêÉÇáíç É cdqp VVNOQJ VQMMLVUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

179614714

CID NOVA NCL 24 - `~ë~ èìáí~J

Ç~ åáîÉä ÉñÉÅìíáîç PèíçëI ëÇç N ëíÉI ä~î~ÄçI ÅçòI áÇÉéÉåÇÉåíÉI ~ê ÇÉ ëÉêî ÉñíÉêå~K oANUMãáäK ^ÅI Å~êí~ ÇÉ ÅêÉÇáíç É cdqp VVNOQJVQMMLVUOQTJOUUUL VVPRUJUPPPK`ob`f SOTc

179614715

CIDADE NOVA - P èíçë ëÇç O ëì∞íÉëI

ë~ä~I O ïÅëI Q î~Ö~ë cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê 179614779

CIDADE NOVA - P ëì∞íÉëI N ë~J

ä~I ïÅI N î~Ö~I ORMIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614771

CJ HILÉIA 2,IMPERDIVEL QUITADA -

PèíçëI ëä~I ÅçòI ïÅI ÑçêêI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîK å~ ä~àÉI ÇÉëçÅK oA ORM ãáä cWVVOOR RQUT

179614766


Domingo, 23 de outubro de 2016

NOVA CIDADE - `~ë~ éñ ~ fÖêÉà~

3 QUARTOS CJ. JAPIIM 1 /ÓT. LOCALIZAÇÃO - ÉëèI

èìáí~Ç~ ÅL PèíçëI ëäI ÅçòI •êK ÅçÄHâáíáåÉíÉ H éíç ÅçãÉêJ Åá~äI Ö~êÖ PÅ~êêçëI íÉêê NRñOM oAOUMjáä ^ÅK cáå~ÅK cëWPRUNJORQULVVNOMJ OOPRL VUOMMJTPVPLVUNRPJUMTV

179614738

CJ. NOVA CIDADE / PX. DB - É ~ç

mçëíç oá~ÅÜ©çK sÇç Pèíçë ëÇ NëíÉ H éíç ä~åÅÜÉ å~ ÑêÉåíÉI Ö~ê~ÖI èìáí~Ç~K bñÅK äçÅ~äáò~´©ç oANMMjáä ëμ ¶ îáëí~ cëWVVQUOJMORML VVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN 179614636

CONJ. PETRO, ALEIXO - P èíçë ëÇç

N ëì∞íÉI ë~ä~ P ~ãÄI ïÅI N ä~î~ÄçI bÇ∞Åìä~ cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614784

CONJ. VILA REAL” - sÉåÇç Å~ë~

èìáí~Ç~ ÅL O èíçëI O Ä~åÜK H ÅäçëÉí Ö~ê~ÖÉã éçêí©ç ÇÉ ~äìãáåáç •êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´ç ãìê~Ç~ oANVM jáä ^ÅK íêçÅ~ åç í~ñá ÅL éä~Å~ cWVVOSQJ QUUNLVVNMQJPSNN glÍl

379614682

MORRO DA LIBERDADE - P èíçëI N

ë~ä~I O ïÅë cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614778

NOVA CIDADE - P èíçë ëÇç N ëì∞íÉI

N ë~ä~I O ïÅëI N î~Ö~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614770

NOVA CIDADE - P èíçë ëÉåÇç N

ëì∞íÉI P ë~ä~ëI ïÅI NQQã •êÉ~ íçí~ä cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614775

`~íμäáÅ~ ãìê~Ç~I ëä~ éL O~ãÄI PèíçëI ëÇç N ëíÉI ÉíÅ oANSMãáäK ^ÅI Å~êí~ ÇÉ ÅêÉÇáíç É cdqp VVNOQJ VQMMLVUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc 179614712

NOVA CIDADE PX ÁREA DE SUPER -

ãÉêÅ~ÇçëK `~ë~ Åçã Ö~J ê~ÖÉã ÅçÄÉêí~I ëä~ éL P ~ãÄI PèíçëI ÉíÅ oANUMãáä ^ÅI Å~êí~ ÇÉ ÅêÉÇáíç É cdqp VVNOQJVQMMLVUOQTJOUUUL VVPRUJUPPPK`ob`f SOTc

179614713

NOVO ISRAEL - mêáåÅáé~ä oì~ Çç

`çã¨êÅáç Å~ë~ ÇÉ O éáëçJ ëN⁄ éáëç éíç ÅçãÉêÅá~ä çì Ö~ê~ÖÉãI ÇÉéçëáíçI é~íáç ëä~ ÇÉ îáëáí~ PèíçëI ëÇç OëíÉëI ÅçòI ëä~ ÇÉ à~åí~êI ä~î~åJ ÇÉêá~I O ïÅI •êÉ~ ÇÉ ä~J òÉêI O⁄ éáëç O~éíçë Å~Ç~ ìã~ N ÅL NèíçI ëä~I ÅçòI ïÅ É ä~îÉåÇÉêá~ áåÇáîáÇì~ä H N Å~ë~ Åçã ëä~I O èíçëI ÅçòI ïÅI É O î~ê~åÇ~ëK açÅ çâ> oAPRMãáäK ÑWVVNUSJURPML VVOOSJRMRULVUORQJOTQUL VVNNNJTVQRK 179614747

PIORINI - `~ë~ ÅL PèíëI ëÇç NëíÉI

ëä~I ÅçòI ïÅI ÅÉêI ãìêI éí~π ÇÉ ~äìã éñ sá~ kçêíÉ oAVRãáäK cWVVOOSJRMRUL VUORQJOTQULVVNNNJTVQR

CID. NOVA - `ë ÉëèK ÅL Q èíë ëÉåÇK

PëíK ÉÇáÅK Ö~ê PÅ~êK é•íáç ÉëÅêíK ä~î~åÇK oARRM jáä cWVVPTVJTPVVLVVNUUJ QPTV

379614596

COROADO - Q èíçëI O ë~ä~ëI O

ïÅëI P î~Ö~ëI PMMã Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614782

DOM PEDRO I - S èíçë ëÇç O ëì∞íÉëI

ë~ä~I P ïÅëI R î~Ö~ëI OMMã ÇÉ ~êÉ~ Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614787

JD MAUÁ -DISTRITO INDUSTRIAL - ^îK

ALEIXO - Q èíçë ëÇç P ëíÉëI N

íÉëI N ë~ä~I ïÅ PMMIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614727

CIDADE NOVA NCL 24 - `~ë~

ÅL PèíçëI ëÇç NëíÉI Åçé~ ÅçòI ÉíÅI oANãáäK VVNOQJVQMML VUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

179614709

N. CIDADE PX DB - ^äìÖç Å~ë~ Pèíë

ëä ÉÇáÅK Ö~êK P Å~êK éíK ~äìãK ãìê Öê~Ç ÅÉê éÉêíç ÇÉ íìJ Çç oAVMM cVVNMPJ UTQM

379614582

pçäáãπÉëK sÉåÇç ÅL ëäI O èíçëI ÅçòI Ö~êÖ éLQ Å~êêçëI å~ ä~àÉI éç´ç ~êíÉëá~åçI ÉÇ∞Åìä~I íÉêêÉåç NMñORI ãìê~Çç H míç `çãÉêÅá~äK cëWVUUNSJ RNQRL PSNUJMTMS

NOVA CIDADE - `~ë~ ãìê~Ç~I

NOVO ISRAEL - R èíçë ëÇç O ëíÉëI

4 QUARTOS OU MAIS

179613410

P ë~ä~ëI Q Ä~åÜÉáêçëI N î~Ö~ PSMã ÇÉ •êÉ~ Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614783

CASAS ALUGUEL

179614741

4 QUARTOS OU MAIS

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

3 QUARTOS ALVORADA - P èíçë ëÇç O ëì∞J

2 QUARTOS

Öê~ÇÉëÇ~I Ö~ê~ÖÉã ÅçJ ÄÉêí~I PèíçëI ÉíÅ oANNMM H Å~ì´©ç VVNOQJVQMML VUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

PARQUE 10 - Q Ççêãáíμêáçë ëÉåÇç

P ëì∞íÉëI O ë~ä~ëI N Ä~J åÜÉáêçI P î~Ö~ëI NRPã Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614734

PONTOS COMERCIAIS

ADRIANOPOLIS - O èíçë ëÇç N ëì∞íÉI

CIDADE NOVA - sÉåÇ~ É içÅ~J

179614788

179614726

179614735

N ÉëJ íßåÅá~ ÇÉ ~äîK ÅL Tèíë éêçåíç éL ~äìÖ~ê éêμñáãç ÇÉ ∑åáJ Äìë É Åçä¨Öáç ~íê•ë Ç~ _Éãçä oASRKjáä cWVVPQRJ MTMT

AUGUSTO MONTE NEGRO - mêçñK ~

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

CAMPO SALES - îÉåÇç

379614590

Éëí~´©ç ÇÉ ∑åáÄìë ^äìÖç Å~ë~ ÅLOèíçë ëÉåÇç Nëì∞J íÉI ëä~ Åçò ïÅ Ö~ê~Ö cçJ åÉWVVPRPJMSRSLVUNOPJOSMR

379614503

179614744

NOVA CIDADE - mçåíç ÅçãÉêÅáJ

~ä ÇÉ Éëèìáå~ ÅL O ïÅ íçJ Çç å~ ä~àÉI μíáãç é~ê~ é~J åáÑáÅ~Ççê~I ãÉêÅ~ÇáåÜçI fÖêÉà~ sÉåÇçL íêçÅç çì ~äìÖçK oANRMãáäK cWVVNUS URPML VVOOSJRMRULVUORQ OTQUL VVNNN TVQRK

179614746

PARQUE 10 - N ë~ä~I ïÅI QSj

ÇÉ •êÉ~ ∫íáä cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

´©ç cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

P O Q ã í ç í~ ä c W P P M Q J UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê 179614745

ESTR. BALBINA KM 28, 5 KM RA MAL - íÉêêK PMMñOMMMI áÖ~ê~é¨I

IRANDUBA - îÇç Åë~ë ~ é~êíáê

179614694

IRANDUBA KM 06 - sÉåÇÉJëÉ çì

ãí~ îáêÖI í∞íìäç oAUMãáä ^ÅK íêçÅ~I Ñ~Åáäáíç Éã ~í¨ OQñK VVSMVJ PRSRLPSRUJ QSQVL PNMRL VUQSMJ ORRP

179614739

FOREST HILL - NMñOR oANOM jáä

TERRENOS, SÍTIOS E FAZENDAS

179614710

O ë~ä~ëI ïÅI O î~Ö~ë QRMIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

ë~ä~I O ïÅëI Q î~Ö~ëI NRSIQV Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOL PMUTJVOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

ïÅI NTNIMMã Åçåëíêì∞Ç~K cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

AM 010 KM 114 - o~ã~ä `~ë~

_ê~åÅ~ páíáç ãÉÇKNMMñNMMM ÅL Ä~êê~ÖÉã éL Åêá~´©ç ÇÉ éÉáñÉI ÑêìíÉáê~ëI O áÖ~êK É ÅL äìò Éä¨íêáÅ~ oAPR jáä cWVVOSQJQUUNLVVNMQJ PSNN glÍl

379614683

¶ îáëí~ `~ãéçë p~äÉë UñOR oAPR jáä ¶ îáëí~ m~ê~∞ëç qêçéáÅ~ä NRñNMM oAQUM ãáä ~ÅÉáí~ éÉêãìí~ RMB Éã ÇáåÜÉáêç É RMB Éã ~éíç çì Å~ë~ sáîÉåÇ~ îÉêÇÉ RMñRM oAPR ãáä ¶ îáëí~ cWVVNSTJ QOMQL VUNVUJPQPO

379614472

G.VITÓRIA IMPERDÍVEL - íÉêê ãÉÇ

UñPRI •Öì~I äìòI éêçñ ~ç _~ê~í©ç Ç~ `~êåÉ oASãáä ~ÅíK éêçé cëWVVOORJ RQUT

179614764

AREA RURAL - OKMNMIMM j

ÇÉ AOMKãáä ¶ îáëí~L íÉêêÉJ åçë ~ é~êíáê ÇÉ oANMKãáä ¶ îáëí~ VVVOTUJ MPQQ

159614552

qêçÅ~JëÉ éçê Å~ë~ Éã j~å~ìë qÉêêÉåç ãÉÇKORuRM Å~Ç~ äçíÉ ÅL áÖ~ê~é¨ cWVVNRMJONONLPSQNJPVTU

379614504

IRANDUBA KM19 - îÇç

ÅÜ•Å~J ê~ë ãÉÇWOMñRM ÅL Éåíê ÇÉ oAOKãáä H é~êÅ ÇÉ oAPRUIPP cWVVONNJ TQMT ÅêÉÅá QNMV

159614551

JESUS ME DEU - îÉåÇç íÉêê å~ êì~

éêáåÅáé~äI ãÉÇ UñPO oA TMãáä cW PSRNJNQRPL VVQOVJ QUMN

179614342

íçJ í~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

IRANDUBA - ^ã MTM hj OU H

U hã ÇÉ ê~ã~ä pÉêê~ Ä~áJ ñ~ ~ëÑ~äí~Çç éñ ~ éê~á~ NRñUM oAQRãáäK cWVVNOQJVQMML VUOQTJOUUULVVPRUJ UPPPK`ob`f SOTc

NKRMMã éçÇÉåÇç ëÉê ãÉåçêK Ñáå~åÅáçI ~ÅK îÉ∞ ÅìäçK mêçãç´©ç içíÉ éÉèìÉåçI ^éêçîÉáíÉ>>>> cëWVVSMVJ PRSRLPSRUJ QSQV

179614717

179614695

CONJUNTO SHANGRILLÁ, PARQUE 10 - íÉêêÉåç îÉåÇ~ cWPPMQJ

IRANDUBA - qÉêWNMñPM oATKãáäL

LIRIO DO VALE 2 - RUA JEQUIE, Nº96 - Éã ÑêÉåíÉ sá~ sÉêÇÉ EéçëíçF

179614793

159614553

179614790

UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

NMñQM oAVKãáä • îáëí~ çì é~êÅK qÉêêWOMñSM É QMñVR ÅLáÖ~ê~é¨ ÉåíêIHé~êÅ cWVVONNJ TQMTL VOTUJ MPQQ `JQNMV

LIRIO DO VALE 2 - RUA 3 - íÉêêK

μíáãç éL Åçã¨êÅáçI íÉêêK NPñORK oAORMãáä c~Åáäáíç> cëWVVSMVJPRSRLPSRUJ QSQV

179614700


Domingo, 23 de outubro de 2016

TVMIMM íçí~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

NOVO ALEIXO -

179614792

SANTA CLARA, SANTAREM - ORRã

ÇÉ ~êÉ~ íçí~ä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

ALVORADA - N ë~ä~I N Ä~åÜÉáJ

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

179614755

179614752

êç cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

CHAPADA - N Ä~åÜÉáêçI OSã

íçí~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614758

179614791

CHAPADA - N ë~ä~I POã SÍTIO NA EST-AM-010 - îÇç N ë∞J

íáç é~êÅK åç hã QOHU âã ÇÉ o~ãK qÉêK ãÇ RMñSMM ÅL N Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ åçî~ oAPR ãáä ÉåíK oANTKãáäH é~êÅK ÇÉ oANKMMM cWVVPQRJMTMT

379614591

STA ETELVINA / PARAÍSO VERDE - mñK

~ç sáîÉê jÉäÜçêK sÇç íÉêJ êÉåç NMñOM ÅL O Å~ë~ë ÅL N Å∑ãçÇç Å~Ç~K N ~äîÉå~êá~ É N ÇÉ ã~ÇÉáê~ ÅL •Öì~ É äìòK jçíáîç ÇÉ sá~ÖÉãK `çã ÇçÅK ÇÉ Åçãéê~ É îÉåÇ~ oAOOjáä ëμ ¶ îáëí~ cW VVQUOJMORMLVVNPTJVNQQ ÅêÉÅá OMTN

179614644

SALAS COMERCIAIS ADRIANOPOLIS - MN

ë~ä~ëI MN î~Ö~ëI NRIPR ã ∫íáä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614753

íçí~ä cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

179614756

CHAPADA - O ë~ä~ëI N Ä~åÜÉáJ

êç cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614789

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

ORIMM jO íçí~ä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

RMã Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

EDIFÍCIO THE PLACE - Åäáã~íáò~J

Ç~I ~ÅÉëëç Ñ•Åáä ¶ë ãÉJ äÜçêÉë ~îÉåáÇ~ëK cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

179614757

FLORES - N ë~ä~I ïÅI PQIMMã

íçí~äK cWPPMQJUNUOLPMUTJ VOROLVVQUPJPSRR ï ï ïK Ä ~ ê ì Å Ü á ã ç î É J áëKÅçãKÄê

179614759

PARQUE 10 - N ë~ä~I N Ä~åÜÉáJ

êçI OSIMM Åçåëíêì∞Ç~ cWPPMQJUNUOLPMUTJVOROL VVQUPJPSRR ïïïKÄ~êìJ ÅÜáãçîÉáëKÅçãKÄê

SERVIÇOS PROFISSIONAIS GRAND SIENA COMPLETO 4P - OMNS

îäê NKMMMHé~êÅ SOR å©ç Åçåëìäí~ ëÉê~ë~ ëéÅ å©ç éêÉÅáë~ êÉåÇ~ cWVVOOTJ UOMR

179613291

VENDO - N âçãÄá OMMUK oA OO

ãáä ~ÅÉáíç Å~êêç ãÉåçê î~äçêK cçåÉWVVOVTJNPOP

379614640

UTILITÁRIOS, ÔNIBUS E CAMINHÕES FORD F-11000 ANO 86 PRONTO P/ -

ç qê~Ä~äÜç oANQãáä açÅK lâ> cëWVVSMVJPRSRLPSRUJ QSQV

179614693

ALUGUÉIS

179614754

ALUGO SEM BUROCRACIA - aá•êáJ

~ë ~ é~êíáê ÇÉ oA URIMM é~ê~ é~ÅçíÉëKqê~í~ê éÉäç cçåÉW POPOJTNSNLVVNONJ VMVVK

179614748

ADVOCACIA

179612835

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

ORIMM jO íçí~ä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

CRIMINAL/TRABALHISTA - `∞îÉä

EéÉåë©çI ÇáîμêÅáç É áåîÉåJ í•êáçFK VVPTMJVOOS q~íá~J å~ cÉêêÉáê~ l^_ NMNSU

379614564

INSS, BENEFÍCIO - kÉÖ~Çç ^ìñK

ÇçÉå´~I éÉåë©ç ãçêíÉI ÄÉåÉÑ∞Åáç áÇçëçLÇÉÑáÅáÉåJ íÉI ~éçëÉåí~Ççêá~I VUNQSJ USSVLVVRNTJQSNP oçÄÉêJ íç ^äîÉë l^_L^jJVORU

159613587

DIVERSOS

179614751

COLONIA SANTO ANTONIO - N ë~ä~I

AVISOS

PVIMM jO íçí~ä cWPPMQJ UNUOLPMUTJVOROLVVQUPJ PSRR ïïïKÄ~êìÅÜáãçîÉJ áëKÅçãKÄê

CHAMADA DE EMPREGADO - ifj^

b mbobfo^ `ljbo`fl ab ^ifjbkqlp iqa^ J jb `kmgW NNKPRNKTQRLMMMNJ NN ëçäáÅáí~ ç Åçãé~êÉÅáJ ãÉåíç Çç ÑìåÅáçå•êáç j~êÅçë oçÖ¨êáç mÉêÉáê~ Ç~ páäî~ éçêí~Ççê Ç~ `qmp RTUTM p¨êáÉ MMNQJ^ãI åç éê~òç ÇÉ OQÜK l å©ç Åçãé~êÉJ ÅáãÉåíç åç ^êíáÖç QUO iÉJ íê~ f Ç~ `iqK

179614749

379614660

CELTA 1.0 ANO 2004 - Q éçêí~ë ÄÉã

ÅçåëÉêî~ÇçI Åçê éêÉí~ îäçê oAVKãáä èìáí~Çç ÇçÅK çâ> cçåÉW cWVVNUUJ NQNQ

379614589

S10 EXECUTIVA DIESEL 4X4 - Q éíëI

ÅçãéäÉí~ NOLNO îäê NKTPM H é~êÅ VSP å©ç Åçåëìäí~ pÉê~ë~ pm`I å©ç éêÉÅáë~ êÉåÇ~ cWVVQNTJPQRP

ANGELOS LOCAÇÃO CONTRATA -

çéÉê~Ççê ÇÉ ãìåâ Å~íÉJ Öçêá~ aÒ É bÒI ÅL ÅçåÇìJ ´©ç éêμéêá~ ÉñéK ÅçãéêçJ î~Ç~ Éã `qmpIfåíÉêÉëJ ë~Ççë Åçãé~êÉÅÉêW ^îK Ççë láíáëI QOQRI aáëí fåÇ ffK

179614084

159614687

ATENDENTE E OPERADOR DE CAIXA - ÅL ÉñéÉêáÆåÅá~I ëçãÉåíÉ

èìÉ ãçêÉ å~ë ~éêçñK Çç açã mÉÇêç É ^äîçê~Ç~K båîá~ê `s mL ÉJã~áä éêÉKëÉä~Å~ç NMOMNS]Öã~áäKÅçã

179614529

TURISMO PASSAGENS AÉREAS

oAUMIMM af^ bãéêÉë~ kçî~K pçãÉåíÉI ãÉåë~ÖÉã éÉäç tÜ~íë ^éé VUOMVJ RTMV

AUTÔNOMOS -

159612834

GIORDANI MOTOS CONTRATA -

sÉåÇÉÇçê Ä~äÅçåáëí~ Å L Éñé Éã ãçíç éÉ´~ëK båîá~ê `s éL ÖáçêÇ~åáãçíçë]ÖáçêJ Ç~åáãçíçëKÅçãKÄê

159614298

PROCURO EMPREGO

FESTAS E EVENTOS FESTAS ALUGO CHÁCARA PARA EVENTOS -

máëÅáå~I ãÉë~I ÑêÉÉòÉê oAVMM içÅ~äáò~Çç å~ oKd åìãK MT `àKbÇì~êÇç dçãÉë eáä¨á~ cWUNPSJ UOPOL UNNQJTNPP

179612485


Domingo, 23 de outubro de 2016


38 Radar de notícias

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

Simulados na internet e videoaulas ajudam estudantes que farão o Enem Estudos O Exame Nacional do Ensino Médio será aplicado nos dias 5 e 6 de novembro, e quem se prepara em casa relata ansiedade com a proximidade das provas e segue rotinas que incluem projetos gratuitos Wilson Dias/ABr

Agência Brasil redacao@diarioam.com.br Brasília

A

duas semanas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), estudantes que se preparam em casa para a prova relatam ansiedade com a proximidade das provas e seguem rotinas de estudos que incluem videoaulas e simulados na internet e em projetos gratuitos. O Enem será aplicado nos dias 5 e 6 de novembro e, este ano, soma 8,6 milhões de inscritos. Igor Ferreira Costa, 17 anos, cursa o 3º ano do Ensino Médio em uma escola pública do município de Eusébio (CE) pela manhã, à tarde faz estágio e só tem tempo para estudar para o Enem à noite. Apesar do cansaço, ele consegue estudar entre três e quatro horas diárias para o exame. Igor está investindo no treino das redações. Escreve três por semana e uma corretora da escola onde estuda revisa os textos. Nos dias que não faz redação, se dedica a outras disciplinas. Os fins de semana também são preenchidos pelo estudo com um projeto de reforço de

português gratuito que Igor frequentanobairroondemora. Ele diz que está “bastante ansioso”e quenaescolaos professores dão apoio psicológico para tranquilizar os estudantes. “Eles ajudam tanto no psicológico quanto na parte de conhecimento. Nos dizemque, senão der certo nesse ano, podemos tentar novamentedepois”,diz. Estudos e afinidade Igor conta que dedica mais tempo de estudo às matérias com que tem menos afinidade. “Estudo mais o que não tenho afinidade que é ciências humanas e a parte de matemática. Ciências da natureza estudo moderadamente porque tenho mais facilidade”, disse. O candidato ainda está indeciso entre três opções de curso: química, agronomia e engenharia de gás e petróleo. Também estudante do 3º ano do Ensino Médio em uma escola pública de São Paulo (SP), William Gabriel Fortes, 17 anos, diz que nesse período pré-exame “basicamente só estuda”. Sãocercade seis horas de estudo por dia em casa antes de ir paraaula,noperíododanoite. O material mais usado por ele são vídeos na internet, principalmente os da plataforma Ho-

Exame Faltando duas semanas para o início do Enem, estudantes se preparam em casa ou em salas de aula para as provas

A meta do estudante é cursar Medicina, mas ele não descarta a possibilidade de tentar inicialmente uma vaga para Enfermagem. O candidato diz que só vai desacelerar o ritmo dos estudos na semana da prova. A dica que ele dá a quem também está se preparando para o Enem é manter a motivação. “Quando você sabe o que quer fazer, tudo faz mais sentido e a motivação é o que dá força para manter o ritmo”. A jovem Karolayne dos

Santos, 18 anos, vai concluir este ano o Ensino Médio em uma escola pública no município de Nossa Senhora das Dores, em Sergipe, e como não tem condições de fazer cursinho, também recorre à videoaula para estudar em casa. Nessa reta final para o Enem, professores dão dicas como traçar um cronograma paraorganizar a rotinadeestudos, resolver provas anteriores do exame e escrever, pelo menos, uma redação por semana.

Oposição critica ‘práticas ditatoriais’ após referendo ser vetado na Venezuela

bou suspenso, o que enfureceu a oposição e gerou o temor de uma possível escalada na crise política e social que vive a Venezuela, em meio a graves dificuldades econômicas, como escassez de alimentos e uma crescente inflação. A oposição assumiu, em janeiro, o controle do Congresso, que por 17 anos ficou nas mãos dos governistas. Desde então, porém, a força do Legislativo tem sido bloqueada pelo Judiciário. Em 10 de janeiro de 2017, Maduro cumprirá a metade de seu mandato de seis anos e, pela Constituição, caso ele seja afastado depois disso, o vice-presidente completaria o mandato, sem eleições antecipadas.

A aliança opositora Mesa da Unidade Democrática acusou, na última sexta-feira, o governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, de colocar em execução práticas ditatoriais para impedir a realização de um referendo revogatório do mandato presidencial. O secretário executivo da Mesa, Jesús Torrealba, afirmou em entrevista coletiva

que os governistas não querem disputar nas urnas porque “não têm os votos para ganhar nem o referendo nem as eleições para governador”. A Mesa da Unidade Democrática reúne 30 partidos e organizações oposicionistas. As principais pesquisas no país indicam que Maduro e seus aliados perderiam o referendo por ampla margem. O presidente, sem mencionar a

radoEnem. “Atécompreiapostilas, mas prefiro videoaula. Quando estou lendo a apostila não tem como pesquisar ali na hora se surge uma dúvida. Com os vídeos dá uma impressão de saladeaula,de ter umprofessor alimeexplicando”,conta. William Fortes diz que está ansioso desde que fez a inscrição para o Enem. “Na reta final, a ansiedade piora e o cansaço também. Quando estou cansado,paro umpoucooestudoeespero uns cincominutos”,disse.

suspensão, pediu aos venezuelanos que respeitem as leis e evitem cenários de confrontação. Maduro falou no Azerbaijão, onde realizou a primeira escala de um giro por vários países produtores de petróleo com a intenção de promover um acordo para estabilizar os mercados e impulsionar os preços. Na última quinta-feira, o Conselho Nacional Eleitoral,

controlado pelos governistas, informou que estava suspensa a coleta de assinaturas necessárias para a convocação do referendo, com o argumento de que acatava ordens de tribunais penais que teriam detectado uma fraude em uma coleta prévia. A coleta de assinaturas havia sido autorizada pelo mesmo conselho nos dias 26, 27 e 28 de outubro. O processo aca-


Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos

twitter.com/portalD24am

Radar de notícias 39

facebook.com/D24am

Divulgação

Magnus Nascimento/Tribuna do Norte/Estadão Conteúdo

Bolsistas da Capes poderão continuar atividades no exterior Bolsistas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que estudarem no exterior não terão mais a obrigação de retornar ao Brasil imediatamente após a conclusão das atividades acadêmicas, como é acordado para a concessão da bolsa. Agora, poderão solicitar permanência e a autarquia irá analisar os casos. A Capes poderá permitir que o estudante continue fora se as atividades no exterior contribuirem para o desenvolvimento acadêmico, científico e tecnológico do Brasil. A decisão está em portaria publicada no dia 19 deste mês, no Diário Oficial da União. A medida abre espaço para que os ex-bolsistas prolonguem a estadia no país em que estiverem estudando, desde que isso seja aprovado por uma comissão de especialistas. Poderão permanecer no exterior os estudantes que assumirem novo compromisso e puderem melhor contribuir com o desenvolvimento da ciência brasileira, mesmo estando fora. Osbeneficiáriosdebolsasnoexterior poderãosolicitaranovaçãodas obrigaçõespormeiodeproposta formalquedeveráseranexadaao processoeletrônicodo bolsista/ex-bolsistacomprazoigualou inferiora90diasantesdadatafixada pararetornoaoBrasil.Sóseráadmitida umapropostadenovaçãoporprocesso. O pedido será avaliado por até três especialistas da área de conhecimento correspondente à bolsa concedida, cadastrados na base de consultores ad hoc da Capes, garantido o sigilo da identidade dos consultores. O prazo para divulgação do resultado do pedido de novação será de até 90 dias após a submissão da proposta, passível de prorrogação conforme o caso e a área de conhecimento relacionada ao processo em questão.

MINISTRA CÁRMEN LÚCIA INICIA PELO RIO GRANDE DO NORTE ‘BLITZ’ QUE FARÁ NOS PRESÍDIOS DO PAÍS n Em sua primeira ‘blitz’ para conferir a condição dos presídios brasileiros, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho

Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, encontrou, na última sexta-feira, uma única cela com 30 presas, visitou uma penitenciária com capacidade para 290 presos, mas com 547 detentos e passou por corredores escuros com marcas de incêndio. Cármen começou pelo Rio Grande do Norte a maratona de viagens que pretende fazer por todo o País. “A verificação in loco é exatamente pra saber o que se tem, o que é preciso fazer para melhorar, de tornar mais dignas as condições de cumprir as penas tal como a legislação brasileira prevê”, disse a ministra a jornalistas. Segundo Cármen, o objetivo da visita é estabelecer pontes com as autoridades estaduais, no âmbito do Judiciário e do Executivo, no sentido de discutir medidas e adotar providências para melhorar as condições da população carcerária. “A ideia é tentar adotar medidas e providências necessárias junto com outros órgãos do Poder Executivo, para que a gente possa melhorar essas condições efetivamente. Onde há excesso de presos, ver como a superlotação pode ser superada, ver onde há presos provisórios, como ajuizamos com os juízes. O número de presos provisórios é muito grande, em condições absolutamente degradantes, é exatamente para isso que estou vindo”, disse. Rovena Rosa/Agência Brasil

Travestis e transexuais poderão descer do ônibus fora do ponto O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), incluiu travestis e transexuais entre os beneficiários de uma lei, sancionada em julho, que garante o desembarque fora do ponto de mulheres e idosos que utilizam o transporte público na capital. Decreto publicado no Diário Oficial da Cidade da última sexta-feira, que regulamenta a lei,

incluiu um artigo especificando que “deverá ser considerada a identidade de gênero autodeclarada, independentemente do que constar em documento ou registro público, sendo permitido, portanto, o desembarque de travestis e de mulheres transexuais”. A lei, de autoria dos vereadores Gilberto Natalini (PV) e Toninho Vespoli (PSOL), prevê a parada “em local que obedeça ao trajeto regular da linha e onde não seja proibida a parada de veículos”.

Não é permitido descer, por exemplo, fora do ponto em corredores exclusivos de ônibus à esquerda do viário, em viadutos, pontes e túneis. O benefício passou a valer somente no horário de operação noturna, a partir das 22h até as 5h do dia seguinte, em dias úteis, feriados e fins de semana. Pessoas que estiverem acompanhando as mulheres e os idosos também poderão desembarcar. Motoristas deverão ser avisados com antecedência.

Divulgação

Hillary e Trump não falam sobre o que eleitor quer ouvir Cada vez menos eleitores dizem queos candidatos àpresidência dos Estados Unidos têm tratado deassuntos queinteressama eles deacordocom umanova pesquisadoinstitutoGallup,o que refleteodesencantoem boapartedoeleitoradocoma campanha. Aporcentagemdos eleitores queavaliam queos candidatos discutem temas

comos quais eles ‘realmente se importam’atingiu amínima recorde nestemês,em48%, quandona máximadestacampanhaestava em 62%,emjulho. Excetuando-se esta campanha, o recorde de baixa havia sido de abril de 1992, quando o ex-presidente Bill Clinton lidava com acusações de casos fora do casamento. Em outubro daquele ano, porém, 76% dos eleitores disseram que se importavam com o que era discutido. A piora dessa avaliação na corrida atual ocorre desde junho, com as

campanhas da democrata Hillary Clinton e do republicano Donald Trump cada vez mais concentradas nas declarações grosseiras do empresário contra mulheres e nas acusações de assédio contra ele. O lado republicano, por sua vez, tenta chamar a atenção para o passado de Hillary. Apenas 51% dos republicanos ou independentes que seinclinamaos republicanos e49% dos democratas ou independentes que seinclinama estes dizem queos candidatos à CasaBranca têm tratadode temas que realmenteimportamparaeles.


40 Radar de notícias

Diário do Amazonas

Domingo, 23 de outubro de 2016

visite D24am.com

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos

Som alto para fora do carro vai render cinco pontos na CNH e multa Motoristas que costumam ouvir som no carro muito alto estarão sujeitos à perda de cinco pontos na carteira e a multa de R$ 127,69. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou, na última semana, uma resolução

que determina a autuação do condutor que for pego com som automotivo que possa ser ouvido do lado de fora do veículo. Pela Resolução nº 624, a infração, considerada grave, independe do volume e da frequência do som. A medida só exclui ruídos produzidos por buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha a ré, sirenes pelo motor e outros componentes

obrigatórios do próprio veículo. Também não estarão sujeitas às penalidades as emissões sonoras de publicidade, divulgação ou entretenimento público previamente autorizados. A regra entrará em vigor a partir da publicação no Diário Oficial da União (DOU), que ainda não tem prazo para ser feita.

twitter.com/portalD24am

Jogadora teve o nariz e um dedo quebrados por um taxista no RJ Ajogadorade vôleiLucianaSevero foiagredidapelo taxistaWilliams Lopes Barbosa,na zona suldoRio. Aatleta, que relatou oocorridonas redes sociais, seenvolveu em uma discussãono trânsitoe teveonariz e umdedo quebrados. “Apenas parei

contato@d24am.com, redacao@diarioam.com.br siga-nos Diariodoamazonas.com.br

facebook.com/D24am

meu carroem um sinal vermelhoe essecaraestavaatrás. Quandoo sinalficou verde,enquantoeu engrenavaamarchaedesciaofreio demão,ele,aos berros,me insultava,berrava. Entreina ruapara elepoder passar eelecomeçou a me seguir”,contou. No sinal seguinte,o taxistadesceu do veículo eparou aoladodo seu carro. “Abria portaedesciparaele ver queeu era umamulher. Recebi um socono nariz e uma sériedegolpes”,disse.

twitter.com/portalD24am

facebook.com/D24am

R$

2,00

Contribuição de servidores dos Estados pode subir com reforma Mais Desconto Fonte de financiamento que não existe, mas que poderá ser criada, é a elevação da contribuição previdenciária dos servidores estaduais de 11% para 14% Ebc.com.br

Das Agências Redacao@diarioam.com.br Brasilia

A

proposta de reforma da Previdência ainda nem chegou ao Congresso, mas o governo Michel Temer já pensa no passo seguinte:encontrar umanova fonte de financiamento para o sistema de aposentadorias e pensões. O diagnóstico é que, mesmo se a reforma for aprovada, o sistema ocupará um espaço cada vez maior no Orçamento federal e seguirá impedindo a expansão das demais despesas, como investimentos eprogramas sociais. Umafontedefinanciamento que não existe, mas que poderá ser criada até mesmo pela própria Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência a ser encaminhada nos próximos dias ao

Congresso, é a elevação das contribuições previdenciárias dos servidores estaduais de11% para 14%. Alguns governos estaduais já cobram esse nível mais elevado, mas a maioria tem dificuldade em aprovar, nas assembleias legislativas, esseaumento. É por isso que os governadores querem que Temer inclua,naPECdaPrevidência,algumas medidas que os ajudariam a estancar o crescimento dos gastos com a folha de servidores ativos e inativos. Dados do Tesouro Nacional mostram que o rombo da Previdência dos Estados ultrapassa R$ 77 bilhões, R$ 18 bilhões superior ao que eles informavam. Oito Estados não cumprem os limites paragastos compessoal. O presidente quer conversar com governadores, e também com sindicalistas e confederações empresariais, antes de encaminhar a matéria ao

STAFF Vice-Presidente Cyro Batará Anunciação Diretora Financeira Waldelina Maciel Tavares Superintendente Leandro Barreto Diretor de Redação Sérgio Bártholo Diretor de Tecnologia e Mercados Tiago Paiva Propriedade da Editora Ana Cássia S/A CNPJ: 04.816.658/0001-27 Av. Djalma Batista, nº 2010 - Chapada CEP.: 69.050-010 Manaus -AM- Tel: 3643-5060 Afiliado na: ANJ e IVC

Proposta Inicial Funcionários públicos e políticos terão regras de aposentadoria iguais às do sistema geral. Militares terão outra regra que ainda será definida

Congresso. Esses contatos ocorrerão após a votação na Câmara, em segundo turno, do projeto que limitaocrescimentodos gastos públicos –aPECdoTeto–programada para terça-feira. A PEC da Previdência está redigida, mas o texto poderá ser

Associados

modificado para dar ‘carona’ às propostas dos governadores. Os governadores seriam beneficiados,por exemplo, seTemer desistisse da ideia de dar aos professores um plano mais longo de transição para o novo regime. Mas oPlanaltonãoestá inclinadoaisso.

Segurança do Enem terá coleta de digitais e fiscalização de lanche No fim de semana dos dias 5e 6 denovembro,mais de 8,6 milhões de candidatos farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de 1,7 mil cidades. A segurança de um exame desse porte contará pela primeira vez com coleta de dado biométrico dos participantes, além disso, até mesmo os lanches dos candidatos serão vistoriados. No Enem de 2016, haverá a coleta de impressões digitais dos participantes. “Isso irá se traduzir em maior segurança. A Polícia Federal tem um banco de digitais e poderá conferir se o participante é quem afirma ser e não outra pessoa”, explica a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini. A coleta será feita no dia do exame e, caso haja suspeita, a conferência será depois pela Polícia Federal.

Redação Editora Executiva: Vládia Rachel Fone: 3643-5084 Fax: 3643-5083 E-mail: redacao@diarioam.com.br Financeiro Fone: 3643-5068 Fax: 3643-5083 E-mail: financeiro@diarioam.com.br Comercial Fone: 3643-5076 Fax: 3643-5083 E-mail: comercial@diarioam.com.br Gerência de Classificados Fone: 3643-5000 Fax: 3643-5083 E-mail: classilider@diarioam.com.br Assinatura Fone: 3643-5000 Fax: 3643-5083 E-mail: assinatura@diarioam.com.br Circulação Fone: 3643-5060 Fax: 3643-5083 E-mail: circulacao@diarioam.com.br

Sucursal Brasília: SRTV/S - Q. 701 - Conj. D - lote 05 - bl. C - s/209 - Ed. Centro Empresarial Brasilia - Brasilia - DF CEP.: 70340-907. Fone Fax: (61) 3224-3776 Cel: (61) 8433-8162 Representante: Fênix Representação de Mídia São Paulo: Fone/fax (11) 3486-7054 - E-mail:midiafenix@globo.com - Rio de Janeiro: Fone/fax: (21) 2240-5859 - email: represrio@mundibox.com.br

Profile for Portal D24am.com

20161023 DA  

Diário do Amazonas

20161023 DA  

Diário do Amazonas

Profile for d24am
Advertisement