Issuu on Google+

www.diarioam.com.br Domingo, 10 de julho de 2011 R$

1,00

&

VENCER

Alfredo sai e BR-319 segue sem solução

Embalado, ‘Bonde do Mengão’ pega o Flu

AMAZONAS 3 | Alfredo Nascimento ficou oito anos como ministro dos Transportes e uma de suas principais bandeiras políticas, a reconstrução da BR-319, está longe de ser concluída.

VENCER 20 O Fla-Flu deste domingo tem tudo para ser animado. As duas equipes vêm de vitórias. Foto: Celso Pupo/06/07/2011

INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

ANO XXVI | Nº 11651 | PREÇO R$ 1,00 | 92 PÁGINAS

PRESIDENTE | CASSIANO ANUNCIAÇÃO

CONTRASTE ÍNDICE DE TRABALHADORES GANHANDO A MAIOR FAIXA SALARIAL CHEGA A 60%, O MAIOR JÁ REGISTRADO

Salário na indústria cai em ano de faturamento recorde

De cada dez trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM), seis ganham até dois salários mínimos. A proporção, segundo dados da Suframa, é a maior em seis anos e contrasta com os recordes de faturamento da indústria da capital, que é baseada em incentivos fiscais. A projeção para 2011 é faturar US$ 40 bilhões. AMAZONAS 10 |

CICLISTAS ‘INVADEM’ A NOITE DE MANAUS

Qualidade de vida passa pelo bom sono REVISTA PLUS 4

AMAZONAS

Mineração atrai R$ 7 bi em futuros investimentos AMAZONAS 14 | As empresas de exploração mineral, petróleo e gás projetam investir R$ 7 bilhões no Amazonas em cinco anos, segundo o Estado.

Foto: Arlesson Sicsú

Movimento

Há pouco mais de um ano, o ‘Pedala Manaus’ se tornou uma alternativa para quem quer manter o corpo em forma, conhecer a cidade de uma nova perspectiva e fazer novos amigos. A única exigência feita aos interessados em fazer parte do grupo, que cresce a cada semana, é ter uma bicicleta e respeitar as orientações de segurança repassadas pelos coordenadores do movimento. “Temos aqui um espaço onde todos podem participar, há empresários, médicos e estudantes”, relatou um dos fundadores do grupo, o biólogo Rodrigo Braga Neto. | AMAZONAS 15

NESTA EDIÇÃO

957

CLASSIFICADOS HOJE

Manaus-SP é a maior rota de cargas do País AMAZONAS 9

Estado registra aumento de 26% na criação de sites AMAZONAS 11

Dilmajámudou Agência afirma que quatro vezes o energia nuclear será primeiroescalão segura em 2 anos BRASIL 25

MUNDO 32


Domingo, 10 de julho de 2011 Fale com a gente redacao@diarioam.com.br

Opinião

Cyro Batará Anunciação

Redação Editor Executivo: Hudson Braga Fone: 3643-5037 Fax: 3643-5083 E-mail: redacao@diarioam.com.br Financeiro Fone: 3643-5068 Fax: 3643-5083 E-mail: financeiro@diarioam.com.br Comercial Fone: 3643-5076 Fax: 3643-5083 E-mail: comercial@diarioam.com.br Gerência de Classificados Fone: 3643-5000 Fax: 3643-5083 E-mail: classilider@diarioam.com.br Assinatura Fone: 3643-5000 Fax: 3643-5083 E-mail: assinatura@diarioam.com.br Circulação Fone: 3643-5060 Fax: 3643-5083 E-mail: circulacao@diarioam.com.br

Superintendente

Sucursal Brasília: SRTV/S - Q. 701 - Conj. D - lote 05 - bl. C - s/209 - Ed. Centro Empresarial Brasilia - Brasilia - DF - CEP.: 70340-907.

Vice-Presidentes Francisco Cirilo Anunciação Neto

Renato de Souza Diretora Financeira

Fone Fax: (61) 3224-3776 Cel: (61) 8433-8162 Representante Fênix Representação de Mídia São Paulo: Fone/fax (11) 3486-7054 E-mail:midiafenix@globo.com - Rio de Janeiro: Fone/fax: (21) 2240-5859 - email: represrio@mundibox.com.br

Waldelina Maciel Tavares Diretor de Redação Márcio Noronha

Claro&Escuro

A ministra chefe da Casa Civil, Gleise Hofmann, chamou para uma reunião na semana passada os secretários de Estado responsáveis pelo sistema prisional para discutir uma política de redução dos custos dos presídios. Ela queria conhecer experiências de arquitetura prisional que já estão sendo executadas no País com o objetivo de estender para todos os Estados. De acordo com o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Amazonas, Carlos Lélio Lauria, atualmente, a média de vaga de um preso (valor da obra dividido pela capacidade de vagas do presídio) está entre R$ 35 mil e R$ 40 mil. Com as novas arquiteturas, o governo quer reduzir esse valor para R$ 15 mil, menos da metade do valor atual.

Restos pagos No primeiro semestre deste ano o Estado desembolsou R$ 269.895.819,13 em restos a pagar (despesas do ano anterior). Desse total, R$ 266,5 milhões foram do Poder Executivo, R$ 1,3 milhão do Judiciário, R$ 1 milhão do Legislativo e R$ 877,6 mil do Ministério Público. Opção irregular Enquanto não se conclui a obra da ponte sobre o Rio Negro, deputados de oposição (Luiz Castro) e situação (Chico Preto) se unem para realizar audiência pública, no dia 11, para discutir soluções à falta de regularização do transporte de passageiros até o Cacau-Pirêra. Dnit encrencado O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas instaurou inquérito civil para apurar suspeitas de irregularidades no convênio do Dnit com a Companhia Docas do Maranhão (Codomar) para a construção do porto fluvial do município de Urucará. Sem ligação Desde a derrota nas eleições estaduais de 2010, Alfredo Nascimento desmontou a ponte que tinha no Amazonas com a imprensa, exonerando assessores em

SEU COMENTÁRIO arnaldocperes@hotmail.com

Culpado ou inocente? Nos últimos dias, a imprensa mundial tem divulgado com grande destaque o escândalo envolvendo o ex-diretor do Fundo Monetário Internacional, Dominique Strauss Kahn. Acusado de tentativa de estupro, foi preso, algemado e passou cinco dias em uma cela de 12 metros quadra-

Afiliado na: ANJ e IVC

SEU COMENTÁRIO claroescuro@diarioam.com.br Telefones: 3643-5022 / 9964-3138

Governo quer reduzir pela metade custos de construção de presídios

Arnaldo Carpinteiro Péres

Propriedade da Editora Ana Cássia Ltda. CNPJ: 04.816.658/0001-27 Inscrição Estadual: 04.173.345-2 Av. Djalma Batista, nº 2010 - Chapada CEP.: 69.050-010 Manaus -AM- Tel: 3643-5060

LETRAS E NÚMEROS

50%

do 13º salário dos servidores e magistrados do Tribunal de Justiça do Amazonas, será antecipado junto com o pagamento do mês de julho. Uma portaria comunicando a medida foi publicada no Diário Oficial eletrônico do Poder Judiciário, na última sexta-feira.

...?

Pergunta do dia: Por que em uma discussão de temas relevantes, como foi a audiência pública sobre reforma tributária, realizada na sexta-feira, na Assembleia Legislativa do Amazonas, os parlamentares do Estado não comparecem? A participação de deputados foi pífia.

dos. Além disso, viu-se ainda obrigado a vestir um humilhante macacão antissuicídio e só depois de pagar fiança de 1 milhão de dólares, mais 5 milhões em garantias, foi posto em prisão domiciliar. Agora, depois de todo o show de pirotecnia, a Justiça americana chegou à conclusão de que a vítima mentiu e a acusação é falsa. Então, se é assim, há de se perguntar: Afinal, quem pagará por esse erro, por tudo que esse cidadão sofreu com a família publicamente? Na verdade, convém lembrar, que casos de injustiça como este, infelizmente, não são raros e sempre aconteceram. Ao longo da história, vamos encontrar milhares de homens públicos que sofreram perseguições, humilhações e foram vítimas das mesmas misérias e baixarias. Até alguns santos passaram por situações parecidas. São Felipe de Neri, por exemplo, foi um

“Manter 220 mil presos provisórios no Brasil é um escândalo e fere princípios constitucionais e a dignidade humana”. Do secretário de Justiça e Cidadania, Carlos Lélio Lauria, defendendo a Lei 12.403, em vigor desde o dia 4, que só permite a prisão preventiva em caso de crimes hediondos.

Surra nos insetos O Tribunal de Justiça do Amazonas determinou a suspensão do expediente no Fórum Henoch Reis, a partir das 12h, na próxima sexta-feira, para dedetização de todas as dependências do prédio. Os serviços de protocolo e distribuição processual serão feitos nesse dia, no prédio do Tribunal de Justiça.

Manaus, mas manteve no gabinete do Senado, com João Pedro (PT), pelo menos metade dos servidores indicados por ele.

Formação continuada A Secretaria Municipal de Educação aditivou em mais 90 dias o contrato com a Ufam/Unisol para ministrar curso em nível de graduação, complementação e plenificação a professores municipais. O valor do aditivo é de R$ 378 mil.

Ouvindo a sociedade Parlamentares da Ouvidoria da Câmara dos Deputados desembarcam em Manaus, na próxima sexta-feira, 15, para realizar o projeto ‘A Câmara quer te ouvir’. O objetivo é ouvir a sociedade sobre temas a serem discutidos em Brasília. Será na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Gases de Manaus A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) abriu licitação para contratar empresa de consultoria para “estudo técnico e elaboração de inventário de emissões de gases do efeito estufa e plano de ação climática para a cidade de Manaus”.

deles. Chegou a ser suspenso de ordens em razão de uma acusação falsa feita à autoridade eclesiástica por outro religioso. Posteriormente, este pediu-lhe perdão e tornou-se seu discípulo. Mas, não precisamos ir muito longe, basta mencionar o caso que ficou célebre em todo o Brasil ocorrido com o ex-ministro da Saúde, Alceni Guerra, acusado de comprar 20 mil bicicletas superfaturadas. Foi também, como se descobriu mais tarde, mais uma vítima de inimigos políticos e interesses contrariados. Mesmo os EUA, por incrível que pareça, considerados defensores dos direitos humanos, berço da democracia ocidental, já tiveram momentos de terrível regressão em termos de direitos civis e perseguição política. E não faz muito tempo. Quem não se lembra da caça às bruxas, ou seja, o chamado ‘Macartismo’, um movi-

mento conservador que estremeceu o país nos anos 50. A campanha anticomunista desencadeada pelo senador Joseph MacCarthy levou dezenas de políticos, artistas e intelectuais à falência e ao desespero. Todos fazem parte, portanto, de outros milhares dehomens emulheres quejá sofreram as mesmas infâmias e injustiças em vários lugares do mundo. Mas, até como consolo, devem mirar-se nessas palavras deRuy Barbosa quenaRepúblicaVelha, tambémcomoeles,foi vítimadecalúnias terríveis: “O tempo há de passar sobreessas misérias elavá-las,comoooceano lava o lixo das praias. Há de afastar-se da ressaca enlameada; mas ainda após ficará ressoando o grito do nosso protesto e do nosso desafio, que endereço à justiça dos meus concidadãos, abrindo-lhes todas as páginas de minha vida íntima”.


Foto: Raimundo Valentim/13/08/10

Domingo, 10 de julho de 2011 Fale com a gente redacao@diarioam.com.br

Amazonas

CNJ

Partidos têm três meses para registro

JULGAMENTO FICA PARA AGOSTO

Os partidospolíticos que pretendemlançar candidatos nas Eleições 2012 têm três meses paraobter o registrode seus estatutos noTribunalSuperior Eleitoral(TSE). Os partidos precisamestar registrados um anoantes das eleições.

A conclusão do julgamento de processo contra o desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas, Ari Moutinho, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ficou para o mês de agosto.

PENA MAIOR

VALOR INICIAL DAS OBRAS ERA DE R$ 700 MILHÕES E AGORA ESTÁ PREVISTO EM R$ 860 MILHÕES

Projeto de Péres avança na Câmara Municipal

Alfredo deixa ministério com novela da BR-319 longe do fim

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara Federal aprovou, na última quarta-feira (6), o Projeto de Lei 6.422/05, do Senado, que aumenta em um terço a pena para agentes políticos que cometerem crimes relacionados ao exercício da função. A informação é da Agência Câmara. O objetivo do projeto, apresentado em 2005 pelo então senador Jefferson Péres (PDT), morto em maio de 2008, é ampliar o rigor no exercício de funções públicas na administração direta e indireta, cujos titulares tenham poder de autorização de despesas. Jefferson ficou conhecido como um combatente da ética na política e da correção no trato dos recursos públicos. Para efeito do projeto, são considerados agentes políticos os chefes do Poder Executivo (presidente da República, governadores e prefeitos); os integrantes do Poder Judiciário, do Poder Legislativo, dos tribunais de contas e do Ministério Público; e os chefes de missões diplomáticas de caráter permanente. O Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) já prevê o aumento de um terço da pena para ocupantes de cargo em comissão ou para aqueles que exerçam função de direção ou de assessoramento em órgão da administração direta, em sociedade de economia mista, em empresa pública ou em fundação instituída pelo Poder Público. Se aprovado pelo plenário da Câmara, o projeto volta ao Senado, já que foi modificado pelos deputados.

Castanho e Humaitá. “Este ano, recorremos à Universidade Federal do Rio de Janeiro para fazer o relatório de impacto ambiental”,disseAfonsoLins. Segundoo superintendentedo Dnit no Amazonas, esse terceiro estudo deve ficar pronto até este ano,mas,comoserá submetidoà avaliação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos nãoRenováveis (Ibama),não há como prever uma data para o reinício das obras. Oficialmente, o Ministério dos Transportes divulga a previsão de concluir a recuperaçãodaBR-319em 2013.

Considerada a principal ‘bandeira’ de campanha do ex-ministro Alfredo Nascimento (PR), a recuperação da BR-319 (Manaus-Porto Velho) é uma novela que está longe do fim. Depois de oito anos no cargo de ministro dos Transportes, Alfredo pediu demissão pressionado por denúncias de corrupção e deixou para trás uma obra cara, emperrada e sem previsão para ser retomada.

Os serviços estão parados em um dos trechos da estrada aguardando um terceiro estudo de impacto ambiental e, segundo o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit/AM), Afonso Lins, não há como dizer quando serão retomados. Orçada inicialmente em R$ 700 milhões quando começaram as obras em 2004, a estrada já tem um gasto final estimado em R$ 860 milhões, com uma média de R$ 1 milhão por quilômetro recuperado. Segundo Afonso Lins, o aumento se deu principalmente pelacobrançadeestudos deimpacto ambiental que seguidas vezes foram rejeitados pelo Ministério do Meio Ambiente para a reforma do trecho compreendido entre os municípios de Careiro Castanho e Humaitá, somando 400 quilômetros de distância. “Já gastamos mais de R$ 100 milhões só com estudos de impacto ambiental reprovados pelo Ministério do Meio Ambiente. Estamos no terceiro estudo e esperamos que dessa vez seja aceito”, declarou.

Política Visto como um problema de ordem política entre os ministérios, a obra da estrada rendeu inúmeras brigas entre Alfredo e os três dirigentes

Obras em um dos trechos da BR-319 estão paradas e sem previsão para serem retomadas / Foto: Jair Araújo/16/02/06

que passaram pela pasta de Meio Ambiente. Quando assumiu o Ministério dos Transportes em março de 2004, Alfredo acusou a então ministra de Meio Ambiente Marina Silva de ‘segurar’ propositalmente as autorizações para a recuperação da BR-319. No dia 15 de agosto de 2008, Alfredoafirmou quehavia resistência, mas não disse de quem, de ver a estrada construída na Região Norte. “Há uma aversão que se construa rodovias, que se faça obras de infraestrutura numa região como a nossa”, declarou, referindo-seaoAmazonas. Com a saída de Marina do

Ministério do Meio Ambiente em maio de 2008, o ministro se desentendeu várias vezes com o novo ministro, Carlos Minc. Quase um ano depois de assumir o cargo, em novembro de 2009, Minc chegou a comparar as obras da rodovia à da Usina Nuclear Angra 3, que recebeu recentemente licenciamento. Mesmo com dois relatórios da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) quecomprovavama viabilidadeambientale econômica da obra, Alfredo não conseguiu que o Ministério do Meio Ambiente aprovasse o trecho mais problemático da estrada que fica entre o Careiro

Silêncio Atualmente, o Ministério do Meio Ambiente está sob a administração da Izabella Teixeira, que assumiu o cargo no dia 1º de abril deste ano. A ministra tem evitado falar sobre a BR-319. Em entrevista ao site do Greenpeace (entidade ambiental) em maio deste ano, ela disse que o Ministério de Meio Ambiente estava analisando as viabilidades da obra. A assessoria de imprensa do MinistériodoMeioAmbienteinformou queaguardaonovoEstudodeImpactoAmbientaleRelatório de Impacto Ambiental (Eia/Rima)a ser apresentadopelo Dnit e só depois da análise dos documentos irá sepronunciar. Em março do ano passado, faltando sete meses para as eleições ao governo, a presidente DilmaRousseff(PT),entãocandidata ao cargo, inaugurou, ao lado de Alfredo, o trecho compreendidoentreHumaitáePorto Velho (RO), de 227 quilômetros ecustodeR$173 milhões. ABR-319é vistapor empresários como uma possibilidade de desenvolvimento do Amazonas, como principal fonte de escoamento da produção industrialdaZonaFrancadeManaus. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


4 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

PARLAMENTARES SÓ COMEÇARAM A TRATAR DO ASSUNTO DEPOIS DO ‘SUSTO’ DA APROVAÇÃO DA MP DOS TABLETS

Bancada do AM focadiscursos naZFM Deputados somaram 53 faltas

Martha Bernardo Da Redação Manaus, Amazonas

Questões ligadas à Zona Franca de Manaus, foram os temas mais tratados nos discursos dos parlamentares federais do Amazonas, nos cinco primeiros meses de atividades. O assunto, porém, só passou a ser tratado por deputados federais e senadores, após o ‘susto’ com a aprovação da medida provisória 534, chamada MP dos tablets, que retirou do Amazonas o direito de produzir o produto.

Nos sites da Câmara Federal e do Senado é possível observar que os discursos em torno do tema começaram a ser feitos após o dia 23 de maio, quando a MP que igualou os tablets a bens de informática, permitindo que sejam produzidos em outros Estados do País, foi assinada pela presidente Dilma Rousseff. Entre os três senadores, foi possível contabilizar apenas sete pronunciamentos criticando as medidas fiscais que podem trazer reflexos negativos para a produção da Zona Franca. Na Câmara, de acordo com as informações disponíveis no site da instituição, apenas quatro pronunciamentos faziam referência ao assunto. A bancada federal foi alvo

O deputado Henrique Oliveira (PR) foi o membro da bancada do Amazonas que menos discursou na Câmara Federal / Foto: Raimundo Valentim/17/10/08

de duras críticas do senador Demóstenes Torres, que afirmou que acordos políticos feitos entre os parlamentares amazonenses e a Presidência da República impediram que o Amazonas fosse melhor representado e defendido em Brasília e que por isso foram obrigados a se abster de votar contra o governo no caso da MP 534. Entre outros assuntos que foram tratados pelos políticos amazonenses, poucos estavam ligados diretamente a questões do Estado. Logo no início do ano, o tema que dominou os pronunciamentos foi o surto de dengue vivido no Amazonas. Parlamentares

Arthur Virgílio O AUTOR É DIPLOMATA

ZFM: Falando Sério (V) O ministro Fernando Pimentel foi claro: o fenômeno da convergência digital levará a ZFM a reformular seu foco, transitando para a absorção de matérias-primas local. De minha parte, nada contra fazermos isso também, mas não só. E tudo contra qualquer aceno direto ou disfarçado, na linha da desativação de indústrias que, já tradicionalmente, operam no Polo Industrial de Manaus. A presidente Dilma Rousseff reco-

faziam apelos para que o governo Federal prestasse ajuda para a solução do problema. A ameaça feita pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) de fechar 36 comarcas no interior, por falta de recursos financeiros, também foi tema de pronunciamento. Por outro lado, pouco se viu de participação dos deputados e senadores do Amazonas na questão da revisão do código florestal. Juntos, deputados e senadores discursaram 410 vezes em cinco meses. A senadora com o maior número de falas foi Vanessa Grazziotin (PCdoB), com 72 discursos. João Pedro (PT) aparece em se-

lheu quase todos os votos do Estado do Amazonas sem pronunciar, uma vez sequer, essas duas palavras mágicas: convergência digital. Falou em prorrogar a ZFM (minha PEC está aí para isso) e, após o pleito, em estender os incentivos para os municípios da Região Metropolitana. Outra PEC de minha lavra, aliás, está à disposição de Sua Excelência. Em convergência digital não falou. Assim como não mencionou as cidades de Jundiaí e Paulínia, que estão virando “zonas francas” no governo atual. O remédio amargo veio depois. Seis meses de gestão e é um golpe atrás do outro. Perdemos os modens (MP 517) e os tablets, tão essenciais à vida contemporânea (MP 534). E a tortuosa “reforma tributária” em curso, que marginaliza o Congresso, ameaça a economia amazonense com nocivas manipulações do ICMS. O ministro Pimentel referiu-se também a nossa vocação turística. Claro que adoto a ideia de que devemos am-

gundo lugar com 44 participações e Eduardo Braga (PMDB) é o último com apenas dez pronunciamentos. Na Câmara, Pauderney Avelino (DEM) discursou 105 vezes; Silas Câmara (PSC) subiu à tribuna do parlamento em 62 oportunidades; Átila Lins tem em seus registros 50 discursos. Henrique Oliveira foi o deputado que menos discursou, falando apenas em duas oportunidades desde que assumiu a vaga. Nos endereços eletrônicos das instituições é possível ter acesso à íntegra dos discursos. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

pliar o leque de opções econômicas para não ficarmos na dependência, única e exclusiva, do PIM. Discordo é da possível insinuação de que devamos trocar indústria por turismo ou outra atividade qualquer. E não aceito que se ventile a possibilidade de virarmos mero jardim zoológico. O discurso do governo está cada vez mais embaralhado e, com isso, crescem as incertezas nas vidas dos amazonenses. Que já têm sido muito prejudicados por atitudes de governo equivocadas, negativas para o modelo que nos tem sustentado esse tempo todo. Dou um exemplo: no período entre

“O discurso do governo está cada vez mais embaralhado e, com isso, crescem as incertezas nas vidas dos amazonenses”.

Os oito deputados federais totalizaram, nos cinco primeiros meses de atividades, parlamentar, 53 faltas entre ausências justificadas e não justificadas. A Câmara Federal realizou no primeiro semestre 55 sessões ordinárias e extraordinárias. As informações estão disponíveis no site da Casa (www.camara.gov.br). O deputado Sabino Castelo Branco (PTB) foi o parlamentar que menos compareceu às sessões. Foram 16 ausências justificadas e outras três em que ele não explicou os motivos das faltas. Silas Câmara (PSC) aparece em segundo lugar, com 48 presenças registradas, seis justificadas e outras duas não justificadas. Rebecca Garcia (PP) e Francisco Praciano (PT), foram os parlamentares mais assíduos. Rebecca participou de 52 sessões, justificando as três ausências, enquanto Praciano compareceu a uma sessão a menos. O deputado justificou apenas uma de suas quatro ausências. No endereço eletrônico do Senado Federal (www.senado.gov.br) não é possível verificar a frequência dos parlamentares. Estão disponíveis apenas informações sobre como cada senador votou nas matérias deliberadas.

2003 e 2008, investiu-se em torno de R$2 bilhões em ciência, tecnologia e inovação, entre recursos federais e do próprio Estado. Qual o efeito verdadeiro desse investimento? Por que não se reduziu a dependência dos incentivos fiscais? O gato comeu o dinheiro que deveria representar alforria econômica para o nosso povo? É preciso rever esse fracasso, transformando-o em êxito, daqui em diante. Juntar UFAM, UEA, FAPEAM num trabalho entrosado. Levar o INPA a dedicar parte de suas pesquisas a viabilizar o futuro do PIM. Sem privilegiar tecnologia e inovação, não sobreviverá o modelo Zona Franca de Manaus. Os impasses estão postos com muita clareza. E já se perdeu tempo demais com comemorações irrealistas e arrogantes e/ou com a ideia tacanha de que temos “inimigos” de um lado e “protetores” do outro. Somos aptos para cuidar de nossa própria defesa. Não somos menores de idade cívicos.


Amazonas >> 5

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

VEREADORES TÊM A TAREFA DE DAR ANDAMENTO A PROJETOS QUE FICARAM ‘EMPACADOS’ NO PRIMEIRO SEMESTRE

CMM volta aos trabalhos amanhã Maria Fernanda Souza Da Redação Manaus, Amazonas

Os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) voltam aos trabalhos amanhã, com a missão de ‘zerar’ a pauta de projetos pendentes no primeiro semestre deste ano. Na opinião de líderes, além da discussão da Revisão do Plano Diretor de Manaus, questões como o transporte coletivo e a revisão do contrato da concessionária Águas do Amazonas com a Prefeitura de Manaus devem ser priorizadas, assim como o aumento das ordens do dia.

No início deste ano legislativo, apenas dois projetos considerados polêmicos e que estavam ‘emperrados’ na Casa tiveram tramitação: as primeiras discussões acerca da Revisão do Plano Diretor e o projeto de lei que institui o Sistema

Integrado da Gestão Inteligente de Transporte (Sigit). O presidente da Casa, vereador Isaac Tayah (PTB), já comentou que as discussões do Plano Diretor serão a prioridade da segunda metade do ano.

Ordens do dia A vereadora Socorro Sampaio explica que, além do Plano Diretor, questões como o transporte coletivo e o abastecimento de água na cidade voltarão à discussão com a retomada dos trabalhos na Casa. “Temos vários projetos, várias pautas importantes para dar continuidade na Câmara. O transporte coletivo é um deles. Além do transporte, a falta de água também é um problema crônico. Percebemos que não são poucos, mas os problemas são quase sempre os mesmos”, diz. O vereador Wilker Barreto (PHS) defende mais de uma ordem do dia por semana para

Vereadores deixaram de dar andamento a projetos relevantes / Foto: Nathalie Brasil/28/03/11

que as matérias sejam discutidas e votadas sem prejuízo. “Já faz um tempo que estou alertando que a CMM precisa de uma metodologia para as ordens do dia. Se ficarmos nessa de uma ordem do dia e quatro por mês, os projetos acabarão ficando pendentes para o ano que vem, que é ano eleitoral, e nada vai dar certo”, alega.

Wilker sugere uma reunião de lideranças para discutir o tema. “Temos que reunir as lideranças da Câmara, verificar quantos projetos oriundos do primeiro semestre ainda estão em trâmite e assim, verificar uma solução para zerar a pauta. Precisamos encontrar uma fórmula, nem que para isso seja preciso sacrificar algu-

mas tribunas populares e fazer um esforço concentrado”. Líder da bancada de oposição, o vereador Elias Emanuel (PSB), tambémconcordacoma discussão para ampliar o númerodeordens dodia,mas sem “atropelar” o pequeno e grande expedientes. “Acredito que a ordem do dia deve ser posta em prática pelo menos duas vezes por semana, mas não podemos suprir os trabalhos do grande e pequeno expediente”. ParaIsaacTayah(PTB),odesempenho geral dos trabalhos na Casa, no primeiro semestre de 2011, foi considerado positivo. Para o segundo semestre, o presidente da CMM planeja promover um grande fórum para debater soluções para o transporte coletivo, com a presença de especialistas de todo o Brasil, além de representantes da sociedade organizada. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


6 >> Amazonas

Diรกrio do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011


Diรกrio do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

Amazonas >> 7


8 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

AVENIDA ANDRÉ ARAÚJO, NO ALEIXO, TEVE DOIS RETORNOS FECHADOS NESTE FIM DE SEMANA

HOMICÍDIO

Prefeitura começa a fechar retornos em vias principais

Homem é morto a pauladas

A Prefeitura de Manaus iniciou um processo de fechamentos de retornos localizados nas principais avenidas da cidade. Na manhã de ontem, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) fechou definitivamente dois retornos da Avenida André Araújo, no trecho entre o Complexo Viário Gilberto Mestrinho e a Avenida Gabriel Gonçalves.

A partir de agora, os motoristas que seguirem pela avenida, no sentido Centro-bairro, só poderão retornar pelo complexo Gilberto Mestrinho. Durante trinta dias, sempre a partir das 17h, o instituto fechou as passagens com cones para verificar o impacto da ação no fluxo de veículos no local.

A medida é o resultado de um estudo realizado pela Diretoria de Engenharia do Manaustrans que pretende diminuir os conflitos de circulação e melhorar a fluidez do trânsito na avenida. O trabalho, de acordo com a assessoria de comunicação do órgão, está sendo realizado em outras áreas da cidade. Segundo o diretor de engenharia do Manaustrans, Alcy Silva, os retornos prejudicam a circulação em ambos os sentidos da via. “Quando um veículo para para fazer um retorno ele diminui a espaço de tráfego da avenida André Araújo que possui apenas duas faixas de circulação. Por isso há a necessidade de fechar os dois retornos”, explica. O Intrans tem realizado

Taquiprati JOSÉ RIBAMAR BESSA FREIRE

Falta um contínuo no Ministério dos Transportes No Ministério dos Transportes trabalhava um funcionário, um contínuo, que era lotado na Assessoria de Comunicação. Seu nome, não lembro mais. Ele tinha o quê? Uns 60 anos? Era por ai, um sexagenário. Trajava sempre um paletó surrado, gravata estampada, cultivava um bigodinho tipo ‘tô na roça’ e penteava o cabelo ondulado para trás, ensopado com muita brilhantina. Seu jeito de andar era meio saltitante, que nem papagaio na areia quente. Numa época em que não existia internet, sua função era percorrer as redações dos jornais do Rio. Entregava os press-releases e o material jornalístico de duvidoso conteúdo informativo, fotos e propaganda, às vezes com brindes promocionais, exaltando a figura do eterno aspirante ao cargo de presidente da República, o ministro dos Transportes Mário Andreazza, a quem ele chamava de ‘Garoto’. O contínuo defendia uma causa inglória, é verdade, mas a gente simpatizava com seu jeitão folclórico, com sua cara de fome. Quando entrava na redação, cerimonioso, com o malote na mão, ia de mesa em mesa cumprimentando os jornalistas a quem dava tratamento personalizado. Fazia questão de apertar a mão de cada um de nós, dizendo: “O Garoto está entusiasmado com tua atuação”. De repente, para provocá-lo, alguém gritava às suas costas – “O Garoto é corrupto”. Ele

Retornos da Avenida André Araújo, bairro Aleixo, próximos à Rede Amazônica, foram fechados na manhã de ontem / Foto: Arlesson Sicsú 03/06/2011

desde o dia 21 de junho o mesmo tipo de trabalho também no retorno da Avenida General Rodrigo Otávio, em frente à Escola Estadual Brigadeiro Camarão, bairro São Lázaro,

se virava com agilidade e defendia o patrão: “Não diga isso! O Garoto é honrado”. Detrás dele, outro repetia: “O Garoto é ladrão”. Ele girava nos calcanhares: “O Garoto não rouba”. A brincadeira prosseguia divertindo a redação e deixando o contínuo louco da vida. Ele era um espécime raro. Talvez fosse o único ser vivo no planeta que acreditava na honestidade do ministro. Mais: estava absolutamente convencido de que sua forma simpática de tratar os jornalistas e o malote que entregava religiosamente aos jornais eram responsáveis pela cobertura favorável a Andreazza. E não as verbas publicitárias.

Vale um andreazza

Testemunhei o fato em dois jornais, nos quais fui repórter: O Paiz, em 1968, e o Correio da Manhã, em 1969, ambos comprometidos com o coronel Mário David Andreazza, que foi ministro dos Transportes por oito anos (1967 a 1974), em dois governos: do marechal Costa e Silva e do general Médici. Seria interessante conferir a cobertura dada às várias obras faraônicas da época: o asfaltamento da Belém-Brasília, a abertura da Transamazônica e da Cuiabá-Santarém, a construção da ponte Rio-Niterói e a recuperação de ferrovias, tudo cheirando a press-release. O que os jornalistas falavam nas redações, não se escrevia nos jornais. A corrupção não era fiscalizada. O PAIZ, ressuscitado por Hedyl Rodrigues Vale, em 1968, fazia oposição à ditadura em suas páginas internas, mas dedicava a manchete quase sempre a Andreazza, que aparecia em fotos cortando fitas, inaugurando obras. O combativo Correio da Manhã, já decadente, arrendado pelos empreiteiros, também fingia que o Garoto era probo. Andreazza contava com o apoio de jornais e de construtoras. Não desistiu de ser presidente nem no governo Figueiredo (1979-1985), quando foi ministro do Interior e manejou recursos bilionários dos programas habitacionais como o Promorar. Era tão guloso por verbas que o ministro da Fazenda, seu colega Mário Henrique Simonsen, propôs a criação de uma nova moeda: -“Ele pede tanto dinheiro, com tanta insis-

zona sul da cidade. O estudo deve ser concluído, aproximadamente, em duas semanas. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

tência e com tanta frequência, que sugeri a criação de uma unidade monetária chamada andreazza.Um andreazza (A$1,00) valeria um trilhão de cruzeiros (Cr$ 1.000.000.000.000). Não muda nada, mas pelo menos a gente lida com menos zeros”. O Ministério dos Transportes sempre foi uma mina de ouro e, ao mesmo tempo, um covil de Ali Baba. Foi assim desde o Barão de Mauá, no Império, quando ainda nem sequer existia com esse nome. Continuou com Alfredo Pereira Nascimento, mais conhecido no Amazonas como Cabo Pereira, nome que tinha no quartel, quando fez o serviço militar. Um andreazza valia um trilhão de cruzeiros. E hoje, um pereira vale quantos reais?

O Garoto é corrupto

O ex-cabo da Aeronáutica, nascido em Pau-dos-Ferros (RN) fez sua carreira artística no Amazonas. Aprendeu seu ofício com Amazonino Mendes (PTB vixe, vixe), de quem foi tesoureiro de campanha, uma versão regional de PC Farias. Quando descobriu que o chefe adorava café regional, passou a servi-lo com tucumãs que ele mesmo descascava. Ganhou sua confiança. “Amazonino é um descobridor de novos talentos” – escreveu na época o senador João Braga Jr, referindo-se a Alfredo Nascimento e a Eduardo Braga, que pertenciam ao mesmo grupo. Ex-interventor na Prefeitura de Manaus,

“Os centavos podem ser contabilizados em pereirinhas. Quantos maggis valerão os reais de amanhã, se mudarem os nomes no Ministério, mas permanecerem os mesmos esquemas?”

O pintor de paredes Messias da Silva Rebouças, de 41 anos, foi morto na madrugada de sábado, por volta das 4h30, na Alameda Rio Branco, no loteamento Rio Piorini, bairro Terra Nova 3, na zona norte da cidade. A vítima foi encontrada já sem vida, caída em frente a uma residência, por moradores do local, que acionaram a Polícia Militar. Messias morava no bairro Nova Esperança, zona centro oeste. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros. O autor do crime ainda não havia sido identificado até a manhã de ontem. Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML), Messias Rebouças foi morto provavelmente a pauladas.

ex-superintendente da Suframa, duas vezes secretário de Fazenda, o Cabo Pereira nunca chegou a tecer laços afetivos com a cidade que para ele não passava de um imenso canteiro de obras loteado entre as empreiteiras. Foi lá que Lula o buscou, no final de 2003, para ser ministro dos Transportes, não necessariamente pelo seu talento, mas pela bancada de seu partido (PL vixe, vixe e depois PR vixe, vixe). – “Tenho certeza que nem mereço este lugar que vou ocupar. Deus tem me dado muito mais do que eu preciso em todos os segmentos de minha vida” – disse o Cabo Pereira no seu discurso de despedida, em Manaus, antes de tomar posse em Brasília, à frente de um Ministério, que para 2011 previu investimentos de R$ 17 bilhões nas rodovias federais. Realmente Deus lhe deu mais do que precisava. Agora, depois de oito anos, com as estradas esburacadas e o patrimônio rodoviário e hidroviário sucateados, o Cabo Pereira deixa o Ministério envolvido em denúncias de corrupção, superfaturamento de obras e cobrança de comissões para o caixa dois. O Ministério Público Federal no Amazonas investiga pistas de enriquecimento ilícito de seu filho, Gustavo Morais Pereira, de 27 anos, cuja empresa criada em 2005 com capital de R$ 60 mil teve seu patrimônio elevado para R$ 52 milhões em cinco anos. Com a correção monetária da moeda proposta por Simonsen, vale perguntar: quantos reais vale um pereira hoje? Os centavos podem ser contabilizados em pereirinhas. Quantos maggis valerão os reais de amanhã, se mudarem os nomes no Ministério, mas permanecerem os mesmos esquemas? – O Garoto é corrupto – berram os jornais. As denúncias da mídia – e não a fiscalização dos órgãos controladores do governo – identificam os subornados, mas omitem os subornadores. As empreiteiras e construtoras são poupadas como na época de Andreazza. O Ministério dos Transportes deve reintegrar o contínuo aposentado da Assessoria de Comunicação. Quem sabe, assim, os próximos escândalos não virão à tona.


Amazonas >> 9

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

ANAC REGISTRA EM RELATÓRIO ANUAL O CRESCIMENTO DE 40% NO MOVIMENTO ENTRE OS DOIS AEROPORTOS EM 2010

Rota Manaus-SP lidera carga aérea Rosana Villar Da Redação

A movimentação doméstica apresentou aumento de 38,3% no período e a carga aérea internacional já acumula queda de 10,6%.

Manaus, Amazonas

A rota aérea Manaus/São Paulo foi a que mais transportou cargas no ano passado e a movimentação cresceu 40%. De acordo com o Anuário de 2010 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), divulgado semana passada, foram transportadas 98.337 toneladas de mercadorias entre os dois aeroportos.

Foram analisados 20 dos trechos com maior movimentação de carga nacional. Em segundo lugar ficou o trecho Guarulhos/Fortaleza, que transportou 20 mil toneladas em 2010, quase quatro vezes menos que a rota Manaus/Guarulhos. Na movimentação nacional e internacional, Manaus ocupou a terceira posição, atrás apenas de Guarulhos e Cam-

Volume de cargas entre os aeroportos de Manaus e São Paulo chegou a 98,3 mil toneladas de mercadorias no ano passado /Foto: Danilo Mello/30/04/10

pinas, ambos em São Paulo. Em Manaus, o número registrado no ano passado chegou a 175 mil toneladas de carga embarcada e desembarcada por empresas brasileiras e estrangeiras. Nesse período, juntos, os terminais de Guarulhos e Campinas transpor-

taram mais de 600 mil toneladas, aponta o relatório.

Internacional Este ano, a movimentação de cargas no terminal Eduardo Gomes já alcançou 15,5% de crescimento de janeiro a maio, na comparação com o mesmo

período do ano passado. No primeiro semestre de 2011 foram transportados pelo terminal 69,7 mil toneladas de cargas, sendo 44,6 mil toneladas com destino a outros estados brasileiros e 25 mil toneladas destinadas a mercados internacionais.

Exportações De acordo com o vice-presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Sistema Fieam), Wilson Périco, a queda no volume de cargas internacionais tem ligação direta com a redução nas exportações deste ano, causada pela baixa de valor do dólar frente ao real. Segundo o último Indicador de Desempenho do Polo Industrial de Manaus (PIM), até abril deste ano as exportações já registravam queda de 24%, em relação aos resultados de 2010, segundo o estudo da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


10 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

NÚMERO DE TRABALHADORES COM BAIXA REMUNERAÇÃO CHEGA A 60%, QUANDO INDÚSTRIA BATE RECORDE DE VENDAS

Maioria no PIM recebe dois salários Funções que exigem maior qualificação passam para pessoal local

Rosana Villar DA Redação Manaus, Amazonas

De cada dez trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM), seis ganham até dois salários mínimos. A proporção de 60% é a maior dos últimos seis anos, de acordo com dados do Indicador de Desempenho da Indústria da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), que projeta recorde de US$ 40 bilhões nas vendas do ano.

A média mensal de trabalhadores empregados noPIMchegou a102.609atéabril,número 10% maior que a quantidade de empregados em igual mês do ano passado, de acordo com os dados mais recentes do indicador daSuframa.Aautarquia registrou que o faturamento das indústrias no primeiro quadrimestre de 2011 soma US$ 12,71 bilhões, alta de 22,9% sobre 2010, estabelecendo um novo recorde de vendas no período. O maior aumento aconteceu na contratação de trabalhadores para funções de base nas indústrias, como operários de chão de fábrica e técnicos. A entrada no mercado de profissionais remunerados com faixa salarial entre 1,5 a dois salários mínimos (de R$ 817 a R$ 1.090) cresceu 20% em relação ao ano passado e a contratação na faixa entre quatro e seis salários (R$ 2.180 a R$ 3.270) cresceu apenas 4,2%. Para profissionais com faixa acima de 15 salários (R$ 8.175) o número de contratados recuou 3%. Parao vice-presidentedoSistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Wilson Périco, o aumento da participação de trabalhadores nestafaixa salarialé normal, especialmente em momentos de crescimento na produção, como acontece agora. “A grande maioria dos trabalhadores doPIMédechãodefábrica, de produção, operadores de máquina,daáreadeconstrução e reparos.Estaéagrandemassa de atividade”, observa. Para a presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Amazonas, Elaine Jinkings, mesmo que a maior parte dos trabalhadores do PIM receba salários menores, os benefícios e ganhos sociais compensam. “A maioria das empresas

Trabalhadores do Polo Industrial estão concentrados nas atividades como produção, operadores de máquina e de reparos /Foto: Raimundo Valentim /23/02/11

oferece cesta básica, plano de saúde para o trabalhador e para a família, participação nos lucros e resultados além de treinamentos e cursos e o trabalhador pode usar isso para conseguir uma melhor colocação no futuro”, avalia. Os dados da Suframa apontam que em 2009 os custos com mão de obra representaram 5,8% do faturamento das empresas. Em 2003 esse custo representava 4,4%.

TRABALHO Indústria concentra pagamento nas faixas mais baixas ANO EMPRESAS

FAIXAS SALARIAIS Até1,5 De1,5a 2 De 2 a4 De4a 6 De 6 a10 De10 a15 Acimade15

2006

417

22.790 24.900 23.404

7.378

5.746

2.481

2.560

2007

411

27.150 22.758

23.167

6.793

4.973

2.170

2.012

2008

418

32.468 22.146

24.777

7.650

5.522

2.228

2.106

2009

416

27.708 18.064

24.190

6.570

4.693

1.976

1.722

2010

429

35.758

23.002 6.669

4.649

1.934

1.632

2011*

425

39.518 23.006 24.714

4.858

1.982

1.579

19.138

* Dados até abril ** Fonte: Indicador de Desempenho/Suframa

Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

6.951

O investimento na força de trabalho local em postos mais elevados dá retorno para as indústrias, que começam a ampliar as contratações para os cargos com maior qualificação. A avaliação é de Wilson Périco, também presidente do Sindicato da Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares de Manaus (Sinaees). De acordo com o executivo, o problema da falta de qualificação para cargos de alto escalão já não assombra mais os empresários do setor. “No passado, a participação de pessoas vindas de outros Estados em cargos administrativos e de gerências era enorme, mas esta já não é mais a realidade do setor. As áreas administrativas já são quase que inteiramente ocupadas por amazonenses. Na minha fábrica, por exemplo, de seis gerentes, quatro são amazonenses”, afirma. De acordo com Elaine Jinkings, os executivos de outras localidades só continuam sendo maioria em empresas que estão em processo de implantação ou que iniciaram sua produção há pouco tempo. “A qualidade do ensino melhorou muito e hoje em dia o mercado está bem suprido de cursos de qualificação em todos os segmentos”, disse.

“A grande maioria dos trabalhadores é de chão de fábrica, de produção, operadores de máquina, de construção e reparos”. Do vice-presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Wilson Périco.


Amazonas >> 11

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

MARKETING

AUMENTO DOS DOMÍNIOS DE INTERNET NO ESTADO FICOU ACIMA DA TAXA NACIONAL, DE 19%

Licença de marcas com promoção eleva venda de bebida

Criação de sites no AM tem alta de 25% e soma 10,9 mil

O licenciamento de produtos aumentou as vendas da Ice Cola em mais de 50%, após o lançamento de uma promoção onde tampinhas do refrigerante são trocadas por bonecos de personagens do filme Kong Fu Panda, produzido pelo Estúdio DreamWorks. “Estamos presentes com a promoção em Manaus, Manacapuru, Itacoatiara, Tefé, Parintins e Coari. Desde o lançamento, no início de julho, nossa curva de vendas tem sido ascendente”, analisa o diretor-presidente do grupo Magistral, Luiz Cruz, que envaza a bebida em Manaus e distribui para os municípios amazonenses e Roraima.

Rafael Nobre Da Redação Manaus, Amazonas

A criação de sites com o domínio ‘.br’ cresceu 25,9% no Amazonas, em junho, e soma 10.969 endereços eletrônicos frente a 8.713 existentes em igual mês do ano passado, de acordo com os dados do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br) do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

O crescimento no Estado ficou acima da taxa nacional, de 19,05%, com 2,5 milhões de sites na internet. O Cetic.br é o departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do PontoBR(NIC.br) responsável pela coordenação e publicação

Usuários da rede ganham mais opções de sites criados no Amazonas, segundo o Comitê Gestor da Internet no Brasila /Foto: Arlesson Sicsú/14/04/11

de pesquisas sobre a disponibilidade e uso da internet no País. Esses estudos são referências para a elaboração de políticas públicas que garantam o acesso da população às tecnologias da informação e para monitorar e avaliar o impacto socioe-

conômico dessas tecnologias. De acordo com o diretor-proprietário da Web in Arte, Tony Vladier, a maior dificuldade encontrada pelas empresas do Amazonas, que trabalham com produção de sites na internet, é a falta de

profissionais especializados. Não temos bons cursos na área de webdesign e na área de programação das linguagens mais usadas no desenvolvimento de sites. O resultado disso é que ainda existe muito amadorismo”, avaliou. Um siteconsiderado simples, com um volumepequenodeinformações e com mecanismos que o possibilitem ser encontrado em ferramentas de buscas custa, no mínimo, R$ 800 em Manaus, além da manutenção mensal a partir de R$ 200. Mas o preço de criação de um site comercial mais complexo, inclusive com opção de comércio eletrônico, pode chegar, em média, a R$ 10 mil, com manutenção mensal de R$ 2 mil. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


12 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

ANATEL APONTA COBRANÇA INDEVIDA E PRECÁRIO ATENDIMENTO COMO OS MAIORES PROBLEMAS

FINANÇAS

Reclamação de consumidores contra operadoras cresce 65%

Banco da Amazônia vai aplicar R$ 6,8 bi na região

Rosana Villar Da Redação Manaus, Amazonas

As reclamações dos clientes das operadoras de telefonia e de televisão a cabo cresceram 65% no Amazonas. Segundo os dados mais recentes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foram 5.421 registros entre janeiro e maio deste ano.

Em todos os segmentos, a cobrança indevida e o precário atendimento aos clientes aparecem como os principais problemas apontados contra as empresas. O serviço de telefonia fixa foi o campeão de queixas, com o registro total de 3.852 reclamações, mais que o dobro de casos registrados no mesmo período do ano passado. Segundo a Anatel, em 82% dos casos os problemas recebidos pelo atendimento são resolvidos. A maioria das reclamações neste segmento, 2.521, ficou por conta de problemas com reparos nas linhas telefônicas. Dentro deste motivo, 1.726 usuários residenciais e 534 usuários comerciais queixaram-se de problema não solucionado de interrupção do sinal telefônico. Outro motivo recorrente de reclamações dos clientes foi a cobrança, foram 380 queixas sobre o problema.

Clientes aumentam as queixas, segundo o levantamento da agência reguladora, que diz solucionar 82% dos casos /Foto: Arlesson Sicsú

O índice de reclamações contra as operadoras de telefonia móvel até maio foi 9,3% maior que no mesmo período do ano passado, chegando a 1.350 queixas registradas na agência reguladora.

Cobranças Neste caso, a cobrança figura como o principal motivo de reclamações, foram 485 registros no período. Além desta queixa, destacam-se ainda a cobrança por um plano diferente do que foi contratado, com 144 reclamações e a cobrança por serviços adicionais, com um total de 134 registros, sendo 40 por erro no valor cobrado

e 40 por cobrança de serviços não solicitados pelos consumidores. Os serviços adicionais ficaram no segundo maior motivo de reclamações no segmento de telefonia móvel, com 198 registros até maio. Sendo 112 queixas sobre mau funcionamento no acesso à internet pelo celular e outras 30 pelo cancelamento indevido destes serviços. Usuários que se sentirem lesados por prestadoras de serviços de telecomunicações podem registrar suas reclamações através do site da Anatel (www.anatel.gov.br), ou pelo telefone 1331.

PROBLEMAS

Consumidores cobram por melhores serviços prestados

5.421

queixas contra as empresas foram formalizadas na agência reguladora de janeiro a maio.

219,3%

foi o aumento das reclamações contra TV por assinatura.

Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

TV por assinatura lidera alta de queixas Os clientes das operadoras de TV por assinatura lideraram o crescimento do índice de queixas nos cinco primeiros meses, com 219,3% acima do recebido no mesmo período do ano passado. Assim como no atendimento dos serviços telefonia móvel, problemas com a cobrança figuram como o principal motivo de queixas, com 84 registros. Reparos vêm logo em seguida, com 50 reclamações. Nos três segmentos analisados no levantamento da agência, o atendimento aparece entre as principais queixas dos usuários, motivo que recebeu ao todo 255

reclamações. Entre os problemas registrados pela agência reguladora estão a dificuldade de acesso ao serviço, a forma como os atendentes se comunicam com os clientes e a qualidade das informações prestadas. O Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) por telefone foi regulamentado em 2009 pelo Decreto 6.523 e pela Portaria 2.014, ambos de 2008. Pelas novas regras, estes serviços deveriam ser gratuitos, ter atendimento 24 horas e possuir entre as primeiras opções do menu eletrônico a possibilidade de falar com um atendente e de cancelar o

serviço, o que não acontece na prática. O Decreto 6.523 estipula, entre outras coisas, que o prazo máximo de espera para atendimento é de um minuto, com exceção de bancos e cartões de crédito, que têm 45 segundos. Às segundas-feiras, dias anteriores e posteriores a feriados e quinto dia útil do mês, no entanto, a espera poderá ser de até um minuto e meio.

Denúncia De acordo com informações da assessoria de comunicação da Anatel, assim que recebe uma

reclamação ou denúncia, a agência intervém junto à prestadora do serviço “buscando a conclusão do assunto e exigindo que o problema seja solucionado quando o mesmo for de sua responsabilidade ou formalize esclarecimentos junto ao interessado justificando a sua posição”. Atualmente, a taxa de solicitações resolvidas em até cinco dias é de 82%, segundo a agência. Se a questão não for solucionada e ficar comprovado que o problema é de responsabilidade da prestadora, a Anatel pode aplicar uma multa de até R$ 50 milhões, segundo a Lei Geral de Telecomunicações.

O Banco da Amazônia anunciou que vai aplicar, este ano, R$ 6,8 bilhões na região. No último sábado, a instituição comemorou 69 anos de fundação e promoveu, na sexta-feira, o seminário ‘Solução Capaf’. O evento prestou esclarecimentos sobre o projeto de reestruturação da Caixa de Previdência Complementar que está em andamento e tirar dúvidas dos participantes ativos, aposentados e pensionistas. O evento foi realizado pela Capaf, em parceria com o banco, e apresentou a experiência de caixas de previdência complementar de entidades como a Previ, do Banco do Brasil, a Cafep, do Banco do Nordeste e a Cafbep, do Banco do Estado do Pará. O evento teve ainda a participação da Associação Nacional dos Participantes em Fundo de Pensão (Anapar) e do consultor jurídico da Cafap, Ophir Cavalcante Júnior, que falou a respeito da atuação do estado na fiscalização da gestão dos fundos de pensão. Na ocasião foi aberta a exposição ‘“O Banco da Amazônia vai muito além da conta’, no Espaço Cultural da instituição, mostrando fotos e vídeos institucionais de campanhas, negócios e de contribuições do banco em diversos segmentos como cultura, esporte, economia, turismo, dentre outros. A instituição realiza importantes contribuições que atingem diretamente a vida de milhares de moradores da Região Amazônica por meio da concessão de patrocínios e da aplicação de crédito em projetos das mais variadas áreas como cultura, turismo, economia, esportes, dentre outros. A instituição conta com uma rede de atendimento com 113 agências com atuação em todos os municípios dos Estados da área de abrangência da Amazônia Legal, além do Distrito Federal e São Paulo.


Diรกrio do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

Amazonas >> 13


14 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

AMAZONAS VAI RECEBER MONTANTE NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS, DE ACORDO COM O CRONOGRAMA DAS COMPANHIAS

Mina de Pitinga, no município de Presidente Figueiredo, vai receber novos investimentos da Mineradora Taboca, até meados de 2013 /Foto: Leonardo Jucá

Mineradoras vão investir US$ 7 bi Beatriz Gomes Da Redação Manaus, Amazonas

As empresas de exploração mineral, petróleo e gás vão investir em torno de R$ 7 bilhões no Amazonas em cinco anos, segundo a Secretaria de Estado de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos.

De acordo com o afirmou o secretário e geólogo Daniel Nava, os investimentos foram anunciados paraos anos de 2011 a 2015 pelas empresas, como a Mineração Taboca, que está aplicando recursos empesquisa para começar uma nova fase de exploração no final do próximo ano, ou até meados de 2013, em

PresidenteFigueiredo. No setor de gás e óleo, o secretário destaca os aportes que estão sendo realizados pela HRT Oil&Gás, também voltados para pesquisa e exploração.Aempresajáanunciou que vai aplicar em torno de US$ 3 bilhões na Bacia do Solimões. Entre as ações da nova secretaria estão a consolidação desses investimentos, além de buscar o crescimento de, pelo menos, 5% ao ano do setor mineral do Estado. “Queremos projetar o Amazonas como um Estado empreendedor do setor mineral, óleo e gás, e consolidar uma política de recursos hídricos”, anuncia Nava. Na Região Norte, o Pará lidera a produção de recursos

“Queremos projetar o Amazonas como um Estado empreendedor do setor mineral, óleo e gás, e consolidar uma política de recursos hídricos”. Do secretário de Mineração e Recursos Hídricos, Daniel Nava.

minerais com o complexo de Carajás, cujo minério de ferro extraído pela mineradora Vale é o principal item da pauta de exportação do Estado vizinho.

Na avaliação do secretário, a mineração atrai os investimentos para onde estão as jazidas. “Poderemos ter uma planta industrial de exploração em Nova Olinda do Norte, Itacoatiara e Autazes, regiões com potencial deexploraçãodepotássioapartir da silvinita, além da fábrica de cimento em Parintins, outra fábrica de calcário agrícola em Maués, Apuí e Parintins, entre outros exemplos”, destacou. O secretário ressalta quepara isso seráprecisoinvestir nadistribuiçãoda redeelétrica,apartir do Linhão de Tucuruí. A rede em construção vai ligar o sul do Amazonas até Manaus ao Sistema Nacional de Energia que está prevista para entrar em operação no final de 2012.

APORTES

Companhias apostam no potencial do Estado

US$ 3 bi

é o investimento da nova petroleira que atua no Amazonas, a HRT Oil&Gas.

5%

é a taxa de crescimento anual projetada para o Amazonas, de acordo com o governo do Estado.

Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

Empresa direciona US$ 50 mi para explorar potássio Em torno de US$ 50 milhões estão sendo investidos pela Potássio do Brasil, desde 2010, no desenvolvimento de poços para definição das reservas de silvinita (potássio) em Autazes, segundo Nava. O minério é um dos principais componentes para a fabricação de fertilizantes e que forçam o País a importar mais de US$ 1 bilhão por ano, em meio a alta de preços do produto.

De acordo com o secretário, a Petrobras ainda não anunciou oficialmente o cronograma de ações quanto às reservas de silvinita em Nova Olinda e Itacoatiara. A companhia detém os direitos de concessão da área e nos anos 80, a Petromisa, extinta subsidiária do braço mineral da companhia, encontrou as jazidas. Há quatro anos, a então ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff mandou

a estatal abortar a licitação para exploração que foi vencida pela canadense Falcon Metais por R$ 150 milhões. À época, o governo considerou o valor irrisório para a concessão de uma área de grande interesse para o País. “Aguardaremos as próximas reuniões da Diretoria Executiva da Petrobras para observar se o tema será discutido. Caso não tenhamos um posicionamento oficial do

governo federal vamos solicitar audiência com a Petrobras e o Ministério de Minas e Energia (MME) para discutir o tema e encaminhar relatório técnico ao governador Omar Aziz”, afirmou Nava. Entre outras ações, a secretaria de mineração está finalizando um trabalho de avaliação do Polo Cerâmico que traça cenários para a consolidação desse mercado para a Superintendência da Zona Franca

de Manaus (Suframa). Para o estudo, a secretaria conta com o apoio de técnicos de Portugal do Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica (Cencal) na formulação deste diagnóstico. “Certamente, nos surpreenderemos positivamente com o potencial deste mercado que muito vai contribuir com o atendimento aos turistas pelo evento da Copa do Mundo”, projeta Nava.


Amazonas >> 15

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

PROJETO JÁ CONTA COM 200 PARTICIPANTES QUE FAZEM O ESPORTE NAS PRINCIPAIS VIAS DA CIDADE NO PERÍODO NOTURNO

‘Pedala Manaus’ incentiva ciclismo ÁlissonCastro DaRedação Manaus,Amazonas

Anoitedacapitalamazonensefoi feitaparaos ciclistas. Pelomenos paraos mais de 200 participantes dogrupo ‘PedalaManaus’que promovepasseios noturnos pelas ruas dacidadepelomenos duas vezes por semana.

“Temos aqui um espaço onde todos podem participar, há empresários, médicos e estudantes. A única exigência é trazer uma bicicleta e respeitar as orientações de segurança repassadas pelos coordenadores”, relatou um dos fundadores do grupo, o biólogoRodrigoBragaNeto. O Pedala Manaus existe desde fevereiro do ano passado e foi fundado por seis amigos que criaram umblogparadivulgar o ciclismo como alternativa de transporte aos veículos. “O aumentoconstantedogrupo,desde o surgimento do blog na in-

ternet, mostra que havia uma demanda reprimida que esperava uma oportunidade para participar estes passeios”, frisou Braga. Amotivaçãodos participantes do grupo Pedala Manaus é tão diversificada quanto a profissão de seus membros.Paraoanalista de rede Washington Neto Cunha, 28, os passeios de bicicleta se tornaram umaalternativaaos exercícios físicos em academia. “Eu me matriculava em academias mas sempre desistia, pagava os pacotes e abandonava. Os passeios debicicleta sãomais divertidos: a gente passeia pela cidade e ainda tem aquele vento batendo no rosto. É muito mais agradável que ficar preso em uma academia. As pessoas que participam também são muito unidas, ajudam, dão dicas e isto acabaaproximandoaindamais o grupo”, ressaltou Cunha. Uma presença inusitada nos passeios é a do motorista de ônibusGreikoBarbosa,34, quepar-

cicleta. Passei a me sentir muito saudável, além de economizar mais”, relatou.

Ciclistas percorrem, em grupo, as principais avenidas de Manaus, no período da noite, às terças e quintas-feiras /Foto: Arlesson Sicsú

ticipa do Pedala Manaus há quatro meses. “Confesso que antes eu não respeitava muito os ciclistas, até participar do grupo. Hoje, eu tento conscientizar meus colegas motoristas que as bicicletas têm a mesma função dos veículos,e que tudofaz parte do trânsito. Todos devem ter o seuespaçoeoseulugar”,opinou Barbosa.

Um dos objetivos do Pedala Manaus é mostrar aos governantes da cidade e do Estado a necessidade de construções de ciclovias para atender a demanda daqueles que optam pela bicicleta, de acordo com um dos fundadores dogrupo,Braga Neto. “Há mais de um ano eu vendi meu automóvel e passei a ir para o trabalho apenas de bi-

Segurança Os passeios realizados pela PedalaManaus acontecem sempre às terças e quintas, com concentração às 20h e saída dos pontos de encontro às 20h30. Nas terça-feiras, os ciclistas partem de um posto de gasolina em frente ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), na Avenida André Araújo, zona sul da capital. Às quintas-feiras, o ponto de encontro é, também em umpostodegasolina,mas na Avenida Djalma Batista, próximoaoParquedos Bilhares. Antes da partida do grupo, um doscoordenadores explicaotrajeto e as medidas de segurança paraevitar acidentes.Ocapacete é umdos itens mais cobrados paraevitar acidentes. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


16 >> Amazonas

Diรกrio do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011


Diรกrio do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

Amazonas >> 17


18 >> Amazonas

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

DADOSDOGOVERNOAPONTAMQUE40% VÃOEMBUSCADECONSULTASMÉDICASQUEPODERIAMTERSIDOFEITASNAREDEBÁSICA

Cresceatendimentoemprontos-socorros Dejaneiroamaiodesteano,o númerodeatendimentos nos prontos-socorros adultos e infantis enas unidades dos Serviços deProntoAtendimento (SPAs)da redeestadualde saúdedoAmazonas cresceu 22,8%frenteao registradono mesmoperíododoanopassado.

Das mais de 1,274 milhão de pessoas atendidas nas unidades de urgência e emergência em cinco meses de 2011, cerca de 40% foram aos locais em busca de consultas médicas para problemas que poderiam ser resolvidos na rededeatençãoprimáriaà saúde. A preferência pelas unidades de urgência e emergência, mesmo quando o caso é de menor complexidade, é constatada pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) no acompanhamento dos atendimentos da rede. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, os prontos-socorros devem atender, prioritariamente, casos em que há risco de morte imediata,comoem situações de acidente,agressãofísicaou problemas clínicos como um infarto. Mas é comum encontrar pelos corredores dos prontos-socorros quem busca atendimento para tratar uma simples gripe, relata o secretário. “Todos são atendidos, embora às vezes ocasione superlotação. Não sendo um caso de urgência e emergência,oatendimentonão é prioritário e o que pode ocorrer é que, surgindo uma situação mais complexa, como um casodeinfartodecoraçãoouvítimas de acidente, as atenções serão voltadas para esses casos”,explicou.

O Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio, que fica no bairroSãoJosé,na zonalestede Manaus, é conhecido por atender vítimas da violência urbana. Unidade de alta complexidade, o hospital detém no seu corpo clínico especialistas de diversas áreas, entre elas neurocirurgia de trauma, cirurgia da cabeça e do pescoço e cirurgia bucomaxilo, que consiste no tratamento cirúrgico de cistos, enxerto ósseo, transplante e reimplante dedentes,entreoutras coisas. Em maio, dos 22 mil pacientes atendidos no pronto-socorro, cerca de 8 mil estiveram lá buscando apenas uma consulta médica. O diretor do HPS João Lúcio, Joaquim Neto, acredita que a rapidez na resolução do problemade saúde,comamedicaçãoe realização imediata de exames, é o principal atrativo para as pessoas que buscam um pronto-socorro com um caso de menor complexidade. “Aportaestá aberta 24 horas para o acesso a qualquer cidadão em qualquer condição, mas a gente acredita que no momento do atendimento de uma consulta de ambulatório, pode-se negligenciar a possibilidade de uma pronto-respostaa umpacientegrave queacabadechegar”,destacou. De acordo com o secretário de saúde, uminconvenientepara a pessoa que busca o pronto-socorro estando com problemas menos complexos é a exposição a vírus e bactérias quecirculamnohospital,depacientes com quadros de doenças mais graves. Em maio, dos 22 mil atendidos no Dr. João Lúcio, cerca de 8 mil estiveram buscando apenas uma consulta médica / Foto: Eraldo Lopes /10/07/09

Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

Casos demenor complexidade são realizados nas UBSs Para pequenos problemas de saúde ou distúrbios passageiros, a população deve procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da Prefeitura de Manaus para receber atendimento. A consulta é por ordem de chegada e ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. As unidades oferecem consultas de clínica médica para problemas como dores de cabeça, de ouvido ou garganta, febre, gripe, pequenos tumores, entre outras coisas. Além disso, as UBS’s atendem casos de menor complexidade na área de pediatria, ginecologia, e

também oferecem vacinação e realizam pequenos curativos. Nos casos de menor complexidade envolvendo a área de pediatria, o atendimento pode ser feito também em um dos 12 Centros de Atenção Integral à Criança (Caics), que fazem parte do sistema da rede estadual de saúde. Para os idosos, a recomendação para consultas médicas em clínica geral é procurar os Centros de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimis), que também oferecem atividades complementares para os pacientes, como caminhadas e

oficinas na área de saúde. A rede estadual dispõe de três Caimis para atendimento ao público. Em casos mais complicados, que exigem maior cuidado médico, a população deve se encaminhar para uma das Policlínicas ou Fundações. Idosos e crianças também têm acesso a exames mais especializados para identificar e tratar casos mais complicados nos Caics e Caimis. As Policlínicas e Fundações também recebem pacientes com quadros mais graves através de encaminhamentos feitos por médicos das UBS’s, Caics e Caimis.

As Policlínicas e Fundações atendem a partir de consultas agendadas. As unidades oferecem exames como ultrassonografia, Raio-X e consultas em especialidades médicas como cardiologia, ginecologia, oftalmologia, dermatologia, gastroenterologia, ortopedia e mastologia. São seis fundações com atendimento especializado e seis policlínicas. Para os casos que necessitem de exames mais aprofundados, exijam internação ou cirurgia nos pacientes, o atendimento pode ser realizado em um dos seis hospitais da rede

estadual de saúde. Os Serviços de Pronto Atendimento (SPA) são especializados no atendimento de casos de urgência simples como dores agudas, pequenos cortes, queimaduras, ferimentos, mordidas de animais, quedas, furadas de prego, unhas encravadas, diarreias, vômitos, febres, entre outras coisas. É possível fazer ainda curativos, nebulização e troca de sonda nos SPA’s. A capital dispõe de nove SPA’s e eles funcionam 24 horas por dia, inclusive durante os finais de semana e feriados.


Domingo, 10 de julho de 2011

Foto: Divulgação

Fale com a gente redacao@diarioam.com.br

Sociedade SAÚDE

GOVERNO

Anvisa quer reduzir quantidadedeiodo

APRESENTANOVAS AÇÕESCONTRACÂNCER

AAgênciaNacionaldeVigilância Sanitária(Anvisa)publicou propostapara reduzir o teor de sódiono salcomercializadoem todooPaís. A quantiaconsiderada própriaparaconsumohumano variaentre 20 mge 60 mgdeiodo paracada quilode sal.

O Ministério da Saúde anunciou as novas diretrizes para controle do câncer do colo do útero, o segundo tipo de câncer mais comum entre pacientes do sexo feminino no País.

ALIMENTOSGORDUROSOSLIBERAMSUBSTÂNCIASCHAMADASENDOCANABINOIDES,SIMILARESADAMACONHA

Vícioemgorduraé similar aodamaconha Umadas tentações mais difíceis de se recusar é umaporçãode batatas fritas. Agoracientistas descobriramporqueestee outros petiscos gordurosos são tãoirresistíveis:eles liberam substâncias chamadas endocanabinoides, similares a damaconhae que trazem sensaçãodeprazer, segundo estudopublicadona revista ‘Proceedings of theNational Academy ofSciences’.

Os autores, pesquisadores da Universidade da Califórnia, afirmam que os endocanabinoides são produzidos apenas quandoconsumimos alimentos gordurosos. E esta descoberta poderá levar a elaborar estratégias mais eficazes para reduzir o consumo em excesso desses produtos, responsáveis por obesidade e doenças cardiovasculares. Os endocanabinoides são um grupo de moléculas envolvidas em vários processos fisiológicos,incluindooapetite,a sensaçãodedor,amemóriaeoestado deânimo. “Esta é a primeira demonstração de que os endocanabinoides noestômago têm umpapel importante no controle do consumo de gorduras”, afirma

Autores afirmam que substâncias são produzidas apenas quando consumimos alimentos gordurosos / Foto: Evandro Seixas 03/06/06

Daniele Piomelli, uma entre os autores.São substâncias similares à cannabis, mas produzidas de forma natural pelo própio organismo. Como estes compostos atuam tanto no cérebro como no resto do organismo, há tempos estão sendo investigados por seu potencial para tratar doenças e dependências. O novoestudofoirealizadocomroedores e mostrou que, quando os animais comiam um produto

REFORÇO

SUS vai atender pacientes em casa Pacientes com dificuldade de locomoção ou que precisam de atenção regular, mas não necessitam ser hospitalizados, vão receber cuidados médicos em casa. É o que prevê portarias publicadas na última sexta-feira, pelo Ministério da Saúde. Elas reorganizam o atendimento de urgência

no Sistema Único de Saúde (SUS). Com o atendimento domiciliar, o governo quer reduzir as internações hospitalares e estimular a recuperação do paciente em casa, que é mais rápida. Para este ano, o investimento deve ser de R$ 36,5 milhões.

gorduroso, um grupo de células em seus intestinos começava a produzir endocanabinoides. Isto não foi observado com o consumodeaçúcares eproteínas. O processo, dizem os autores, começa na língua, onde as gorduras geram um sinal que viaja primeiroaocérebroedepois até o nervo vago, conjunto de nervos que vai da faringe ao intestino.Ali,osinalestimulaaprodução de endocanabinoides, os quais provocam um aumento

nos sinais celulares aumentando a vontade de seguir consumindoalimentos gordurosos. Os cientistas aindanão sabem porque este mecanismo ocorre apenas com as gorduras. Talvez seja uma resposta evolutiva dos mamíferos, de acordo com Daniele. Os animais têm uma necessidade enorme de consumir gorduras que ainda são escassas na natureza e são essenciais para o adequado funcionamento das células.

Na sociedade humana contemporânea, as gorduras estão amplamente disponíveis e a necessidade inata de comer alimentos gordurosos aumentou os números de casos de obesidade, diabetes e câncer. Este mecanismo natural que ajudou os mamíferos a sobreviverem agora está provocando o efeito inverso. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


10.07.2011 vencer@diarioam.com.br

Musa da Copa busca um amor brasileiro

VENCER

Você é brasileiro, solteiro e não desiste nunca. Então tem o perfil de namorado que a paraguaia Larissa Riquelme (foto), musa da Copa 2010, na África do Sul, está procurando. O compromisso é sério. Ela quer casar e viver ‘de amor’ no Brasil. “Estive no Brasil pela primeira vez em julho do ano passado, assim que a Copa da África acabou. E fiquei encantada com o povo, com a maneira como fui tratada por vocês todos. Posso dizer tranquilamente que amo o País. Já quanto aos homens daí, têm realmente um encanto que não encontrei em nenhum outro país que visitei. São charmosos, sexys e incríveis”, argumentou Larissa.

EMBALADO NO CAMPEONATO BRASILEIRO, FLAMENGO ENFRENTA O DESFALCADO FLUMINENSE NO ESTÁDIO ENGENHÃO

FLU TENTA FREAR ‘BONDE’ Se faltou emoção nas duas últimas vezes que Flamengo e Fluminense se enfrentaram (empates em ambas partidas), o Fla-Flu deste domingo tem tudo para ser mais animado.

º

RETROSPECTO

D

e um lado, figura um Flamengo embalado por três vitórias consecutivas, com 16 pontos e disposto a se manter entre os quatro primeiros. Do outro, o Fluminense vem de duas vitórias e quer engrenar uma boa sequência que o alavanque às primeiras colocações da tabela. Seria fácil embarcar no clichê de que clássico não tem favorito, ainda mais em um duelo historicamente equilibrado. Mas neste aqui há que se apontar vantagem para os rubro-negros. O time de Vanderlei Luxemburgo vem completo para o confronto, com o que tem de melhor no momento e um banco de reservas que tem feito a diferença na série de vitórias. No lado tricolor, o técnico Abel Braga tem sérios problemas. Fred está na Seleção Brasileira; Mariano, suspenso; e mais grave, Conca disse adeus para jogar na China. Claramente, entra enfraquecido contra um adversário confiante e com muitas opções de substitução. Tal fato não passa despercebido pela Gávea. Os rubro-negros se mostram conscientes de que essa é uma boa oportunidade para arrancar uma vitória sobre o rival, quando este sofre com tais problemas. No segundo turno, a situação pode ser inversa. “O Flamengo pode tirar proveito porque o Conca era o cérebro do Fluminense. Tem ainda a ausência do Mariano e do Fred. De alguma forma temos de aproveitar. Temos de fazer por merecer a vitória”, discursou o lateral-esquerdo Júnior César.

Em boa fase novamente, Ronaldinho tem conduzido o Flamengo na sequência de vitórias no Campeonato Brasileiro / Foto: Maurício Val/Vipcomm

Abel Braga improvisa e pede reforços para equipe O técnico Abel Braga, do Fluminense, não esconde a preocupação com a série de desfalques no clássico. O treinador tem consciência que o Campeonato Brasileiro é longo e ausências serão constantes. Por isso pediu à diretoria pelo menos mais dois reforços para a temporada. Depois da contratação do zagueiro Márcio Rosário, do volante Rodrigo e do atacante Ciro, o técnico tricolor quer um meia para a vaga do argentino Conca e mais um homem de frente. “Estamos aguardando para resolver a situação do Rafael Sobis (Inter-RS). Não tem nada certo, mas existe a possibilidade também de um meia para suprir a ausência do Conca. Para a zaga, eu estou satisfeito com as opções que temos”, analisou Abel Braga. Na vaga de Mariano, suspenso do confronto de hoje no Engenhão, há grande chance de o volante Diogo, que sofreu com uma amigdalite durante a semana, atuar

* AS EQUIPES

FLUMINENSE FLAMENGO O TRICOLOR Diego Cavalieri; Diogo, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Marquinho e Souza; Ciro e Rafael Moura Técnico: Abel Braga.

O RUBRO-NEGRO Felipe; Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Júnior César; Willians, Airton, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid. Técnico: V.Luxemburgo.

Estádio: Engenhão (Rio de Janeiro- RJ) Horário: 15h (de Manaus) Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

improvisado. No ataque, Ciro e Rafael Moura, que volta de suspensão, estão escalados. Marquinho ocupa a vaga deixada por Conca no meio de campo.


VENCER >> 21

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

ELKESONREENCONTRAOEX-RIVALBAHIA,MASJOBSONÉIMPEDIDODEENFRENTAROCLUBEQUEOPROJETOUNACIONALMENTE

REENCONTROS PARCIAIS O reencontro de Jobson com o clube que o projetou no futebol nacional, o Botafogo, teve que ser adiado em razão de uma cláusula contratual. Para poder escalar o jogador vinculado ao Fogão no confronto deste domingo, o clube baiano teria de desembolsar R$ 1 milhão.

P

or outro lado, o meia Elkeson, principal destaque do Botafogo neste início de Brasileiro volta à cidade que morava há poucos meses para enfrentar o principal adversário durante os anos em que esteve no Vitória. Animado com a boa fase de seu apoiador, Caio Junior espera que ele volte a marcar e seja o verdadeiro anfitrião neste duelo. “Ele chegou aqui faz pouco tempo, como uma incógnita, e isso já gerou uma

*

AS EQUIPES

BAHIA BOTAFOGO O GLORIOSO TRICOLOR DE AÇO Renan; Marcelo Lomba; Alessandro, Jancarlos, Antônio Carlos, Titi, Fábio Ferreira e Paulo Miranda e Marcio Azevedo; Dodô; Somália, Diones, Lucas Zen, Fahel, Lucas (Caio), Marcone e Ricardinho (Lulinha);Maicosuel e Elkeson; Carlos Alberto e Herrera Júnior. Técnico: René Simões. Técnico: Caio Junior. Estádio: Pituaçu (Salavador-BA) Horário: 15h (de Manaus) Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS).

responsabilidade maior. No último jogo, contra o Atlético-GO, acabou se precipitando um pouco. Espero que ele

volte a fazer a diferença, pois estará em casa, perto da família. Acredito neste fator psicológico”, destacou o comandante. O Glorioso está fora do G4 com 15 pontos e vem de um empate em casa contra o Atlético-GO. Sem Everton, com dores no ombro, e com as ausências de Renato, ainda sem documentação regularizada e Marcelo Mattos, que não assinou novo contrato, Caio Junior não revelou o time que vai escalar.

Fraco desempenho Pelo lado do Bahia, nada mais importante que melhorar o desempenho em casa. O time tem se mostrado um visitante indigesto, porém também um bom anfitrião. Foram sete pontos conquistados fora e, em casa, apenas dois, sem uma vitória sequer.

Caio Júnior aposta na boa fase de Elkeson (foto) para sair de Salvador com uma vitória / Foto: Sátiro Sodré/ Agif


22 >> VENCER

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

VITÓRIA NO CLÁSSICO É FUNDAMENTAL PARA DEFINIR PRÓXIMOS DIAS DE RIVAIS PAULISTAS

GALO X COELHO

VERDÃO BUSCA PAZ E PEIXE MOTIVAÇÃO

MINEIROS SE ENFRENTAM COM CORDA NO PESCOÇO

Com quatro vitórias nos quatro jogos disputados comomandante, oPalmeiras temnoclássicocontra oSantos,nestedomingo,no Pacaembu, seu maior desafioatéo momentonoNacional.

A

pesar do excelente desempenho em casa, este será o primeiro jogo do Verdão no Pacaembu pela competição. Contra o Botafogo, na estreia, o clube mandou a partida em São José do Rio Preto. As outras três - vitórias sobre Atlético-PR, Avaí e Atlético-GO - foram disputadas no Canindé. Com o empate contra o América-MG, na quinta-feira, o clube perdeu a chance de encerrar a rodada na vice-liderança e, de quebra, saiu do G4 . A vitória no clássico, portanto, é fundamental para evitar um princípio de crise no clube, Poupado na partida de quinta-feira para estar em plenas condições para o clássico, o goleiro Marcos está à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari e deve voltar. A grande dúvida que permane-

& QUALIDADE

& IMPROVISO

* AS EQUIPES

PALMEIRAS SANTOS

Ainda sem saber se poderia ou não contar com o principal jogador da equipe, o atacante Kleber, o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, revelou o que o time tem que fazer para derrotar o Peixe. ”O Santos tem muita qualidade e sabemos que temos de ter qualidade para conseguir uma vitória”, disse Felipão.

Aclamado como o melhor time da América, o Santos ‘paga’ pela qualidade dos seus jogadores que estão nas seleções de base e profissional. Com isso, resta a Muricy improvisar. “A gente está tentando formar um time. É tentar colocar o que tem de melhor para agora”, afirmou o treinador santista na sexta-feira .

ce, no entanto, é sobre a escalação ou não do atacante Kleber. Nos últimos três jogos, o Gladiador ficou fora por conta de uma lesão na coxa esquerda. Ele chegou a treinar no início da semana, mas o departamento médico preferiu poupá-lo contra o América-MG. A expectativa é de que ele volte contra o Santos,

mandando Wellington Paulista ao banco de reservas.

Falta motivação Campeão da Copa Libertadores, o maior problema do Santos tem sido encontrar motivação e bom futebol no Brasileirão. Nos seis jogos disputados pela competição, o Peixe conseguiu somente duas

O PEIXE O VERDÃO Rafael; Marcos; Pará, Cicinho, Edu Dracena, Maurício Ramos, Durval e Leandro Amaro e Gabriel Silva (Rivaldo);Léo; Possebon, Márcio Araújo, Arouca e Marcos Assunção e Danilo; Lincoln; Diogo, Maikon Leite, Borges e Luan e Kleber (W. Paulista).Rychely Técnico: Luiz F. Scolari. Técnico: Muricy Ramalho. Estádio: Pacaembu (São Paulo-SP) Horário: 17h30 (de Manaus) Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

vitórias, o que lhe deixa na 14ª colocação, com oito pontos. Sem Elano, Neymar e Ganso, que servem a Seleção Brasileira na Copa América, o treinador admite ter dificuldades para montar o time. O volante Adriano e o lateral-esquerdo Alex Sandro, lesionados, agravam ainda mais a situação e o excesso de desfalques.

ATLÉTICO-GO

ALGOZ NO CAMINHO DO CORINTHIANS *

AS EQUIPES

ATLÉTICO-GO CORINTHIANS O DRAGÃO Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Rômulo, Pituca, Bida e Thiaguinho; Juninho e Anselmo Técnico: PC Gusmão.

O TIMÃO Julio Cesar; Welder, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Willian, Jorge Henrique (Alex) e Liedson (Emerson) Técnico: Tite.

Estádio: Serra Dourada (Goiânia -GO) Horário: 15h (de Manaus) Árbitro: Wilson Pereira Sampaio (Asp.Fifa-DF).

Em situação idêntica a do ano passado, líder e invicto, o Corinthians vai a Goiânia neste domingo para enfrentar o algoz Atlético-GO, que no ano passado tirou a invencibilidade do Timão no Campeonato Brasileiro. O Timão contará com o retorno do zagueiro Chicão. O capitão da equipe, que teve uma amigdalite na última semana, foi poupado da última partida, contra o Vasco, pelo período que teve de ficar sem treinar. Agora, plenamente recuperado e com suas condições físicas ideais, o defensor toma a vaga de Wallace na equipe. Ainda no setor defensivo, o retornodeAlessandrofoiadia-

do. O lateral-direito estava afastado desde a 3ª rodada do Brasileirão, por conta de uma lesão muscular na coxa direita, e foi liberado pelo departamento médico nesta semana. Apesar da recuperação, a participação do experiente jogador no jogo de domingo está vetada e o jovem Welder, de 21 anos, permanece na vaga. No ataque, o técnico Tite ainda tem dúvidas quanto aos jogadores que poderá escalar. Na sexta-feira, o treinador não garantiu a inclusão de Jorge Henrique e Liedson entre os titulares. O departamento médico e os preparadores físicos do Timão tomam cuidados especiais com a dupla. Jorge teve diversas

lesões musculares durante a temporada e o Levezinho sofre com dores crônicas no joelho esquerdo. Caso sejam poupados, os substitutos devem ser Alex e Emerson. Embalado pela boa apresentação diante do Botafogo na última quinta-feira, o Atlético-GO quer continuar surpreendendo para se afastar de vez da zona do rebaixamento. Nos três jogos que disputou no Serra Dourada, o Dragão venceu apenas um, contra o Ceará, pela quarta rodada. O técnico PC Gusmão está ciente da necessidade da equipe de melhorar seu desempenho em casa. Para isso, a base que enfrentou o Botafogo no Engenhão será mantida.

Sem vencer há seis jogos e com o técnico Dorival Júnior e jogadores pressionados pela torcida, o Atlético-MG faz, neste domingo, o clássico contra o também ameaçado América-MG, que não vence há sete partidas e faz companhia ao Galo na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Galo começou o campeonato de forma fulminante, venceu as duas primeiras partidas contra Avaí e Atlético-PR, mas aos poucos foi perdendo força e hoje é o 17º colocado. O Alvinegro busca encerrar o longo jejum de vitórias em cima do rival para pelo menos aliviar um pouco a pressão que ronda o clube atualmente. A corda está no pescoço. O técnico Dorival Júnior, no entanto, mais uma vez terá problemas para armar a equipe. O lateral-esquerdo Leandro e o atacante Guilherme, ambos com lesão muscular, já estão vetados pelo departamento médico. Com isso, o Galo deverá entrar com a nona formação diferente em nove jogos. Por outro lado, o comandante atleticano terá à disposição o lateral-direito Patric, o meia-atacante Daniel Carvalho e o lateral-esquerdo Guilherme Santos, todos livres após cumprirem suspensões por cartões.

* AS EQUIPES

ATLÉTICO-MG AMÉRICA-MG

O GALO O COELHO Giovanni; Flávio; Patric, Sheslon, Réver, Anderson, Leonardo Silva e Gabriel e Guilherme Santos;Gilson; Serginho, Amaral, Richarlyson, Leandro Ferreira, Renan Oliveira, Fabrício (Netinho) e Daniel Carvalho eRodriguinho; Caio; Alessandro e Magno Alves Fábio Júnior Técnico: Dorival Júnior.Técnico: M. Fernandes. Estádio: Arena do Jacaré (Sete Lagoas- MG) Horário: 17h30 (de Manaus) Árbitro: Antônio F. de Carvalho Schneider (RJ)


VENCER >> 23

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

SELEÇÃO FEMININA BUSCA RECONHECIMENTO E VALORIZAÇÃO CONTRA OS EUA NA COPA DO MUNDO DA ALEMANHA

TEMPODEMUDARCONCEITO A Seleção Brasileira Feminina de Futebol vai ter, neste domingo, às 11h30 (de Manaus), o primeiro adversário considerado pedreira na busca pelo inédito título mundial.

É

a equipe dos Estados Unidos, uma das potências do futebol feminino mundial ao lado da Suécia, Japão e Alemanha. A equipe de Marta e companhia enfrenta as norte-americanas em Dresden, pelas quartas de final da Copa do Mundo, que está sendo realizada na Alemanha. O Brasil decepcionou nas duas vezes em decisões olímpicas contra as norte-americanas: perdeu em Atenas (2004), por 2 a 1; e em Pequim (2008), por 1 a 0. Em Mundiais, a última lembrança da equipe verde e amarela é animadora: vitória por 4 a 0 com show de Marta, na semifinal da Copa do Mundo disputada na China. Embora o slogan de País do Futebol se aplique mais aos

homens, no feminino a realidade das jogadoras é complemente distinta. Mas já foi pior. Ainda assim, elas ganham salários baixos, algumas não têm clube para treinar e todas sonham com um futuro melhor, com mais reconhecimento. Já nos Estados Unidos, a situação é inversa. O futebol feminino é mais valorizado que o masculino e as atletas têm salários milionários. “Gostaria que as pessoas pintassem as ruas, enfeitassem suas casas, como fazem na Copa do Mundo masculina. Infelizmente não é assim. Procuramos usar isso como incentivo para erguer o futebol feminino”, disse a atacante Cristiane,. A craque Marta conhece bem o time norte-americano. Afinal, ela atua no New York Flash e sabe o potencial de cada adversária. Por isso, exige atenção o tempo inteiro das companheiras, pois qualquer descuido pode resultar num adeus precoce à competição. O técnico Kleiton Lima

Marta comanda a Seleção Brasileira Feminina, que ainda sofre com desprestígio e pouca valorização no Brasil / Foto: Daniel Roland/AFP

concorda com a recomendação da principal estrela do time, eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo, e es-

banja confiança numa boa atuação do time neste domingo. “Estamos preparados”, disse. O Brasil terminou a pri-

meira fase com 100% de aproveitamento - três vitórias em três partidas -, sete gols a favor e não sofreu nenhum.


24 >> VENCER

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

AOS 21 ANOS DE IDADE, AMAZONENSE ANA PAULA MACIEL SE TORNA LÍDER DO RANKING DO PAÍS NOS 200 M SUB-23

DE PROMESSA À CERTEZA Bruno Tadeu Da Redação Manaus, Amazonas

Há cinco anos, quando começou a treinar na Vila Olímpica de Manaus, Ana Paula Maciel, 21, era apenas uma promessa do atletismo. Levada para São Paulo, a amazonense se tornou líder do ranking brasileiro Sub-23 nos 200 metros. Hoje, é uma garantia de sucesso.

A

certeza dessa constatação está nas conquistas acumuladas pela jovem atleta. Foram três convocações para a Seleção Brasileira de Atletismo (uma na categoria menores, uma na juvenil e outra pela adulta). Atualmente, está entre as primeiras do ranking nos 100 m no Sub-23: é a quarta colocada. Nos 200 m adulto, Ana é a quinta do ranking. Nos dias 25 e 26 de junho último ela quebrou os recordes amazonenses dos 100 m e 200 m, que duravam 30 anos, atingindo 11s74 e 23s72, respectivamente. Para chegar nesse patamar, Ana Paula seguiu as pegadas de outro amazonense: o velo-

Dois tempos. Ana Paula na Vila Olímpica de Manaus, em 2006, quando começou no atletismo e foi descoberta / Foto: Raimundo Valentim 20/01/2006

cista Sandro Viana. “Em 2002, meu professor de educação física disse que eu tinha futuro e me aconselhou a ir treinar na Vila Olímpica de Manaus. Mais tarde, o Sandro Viana me observou competindo e me aconselhou a ir pra São Paulo”, lembrou a atleta. Ana gostou da pista olímpica de Manaus, que considera uma das melhores do País.

“Aqui (em São Paulo) nós treinamos num local sem boas condições. Manaus tem uma pista maravilhosa”, avaliou. “Só que no Amazonas não há um trabalho para levar crianças à Vila Olímpica. Isso corta o coração”, lamentou. A vantagem de treinar em São Paulo é o salário, pago pelo seu clube, o Orcampi/Unimed.

Este ano, em São Paulo, atleta assumiu liderança do ranking brasileiro dos 200 m na categoria Sub-23 e quebrou recorde estadual / Foto: CBAt/Divulgação

Mesmo se aperfeiçoando num grande centro da modalidade, a amazonense alerta que falta convivência com atletas de outros países e isso atrapalha a formação. “Estamos no meio de uma elite, mas lá fora os atletas estão num patamar acima. O pouco tempo competindo com eles acaba sendo um empecilho”, afirmou.

Para este ano, Ana Paula espera ser convocada para o Mundial de Atletismo, na Coreia do Sul, em agosto, e os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro, no México. “Venho treinando todos esses anos pensando nisso e estou inspirada em realizar essa proeza. Antes, isso era impensável”, destacou a promissora atleta amazonense.

PIONEIRO NO AMAZONAS

MMA É EXTENSÃO DO JIU-JÍTSU, DIZ ALVES Bruno Tadeu Da Redação Manaus, Amazonas

Surgido no Brasil como a melhor técnica de imobilização de adversários no chão, o jiu-jítzu ganhou o mundo com a família Gracie, criadora da arte marcial. Hoje, a modalidade é usada apenas como preparação para a Mixed Martial Arts (MMA). Por proporcionar preparo físico impecável e aprimorar as técnicas de combate, o jiu-jítsu virou o primo pobre do MMA. Mas há controvérsias. “Para se tornar uma estrela do MMA é preciso ser campeão mundial de Jiu-jítsu”, defende o pioneiro do esporte no Amazonas Osvaldo Alves, 73. Alves argumenta que a moda-

lidade é respeitada no Brasil e mais ainda no exterior. Osvaldo Alves concorda que os lutadores de vale-tudo usam o jiu-jítsu como preparo físico e técnico, mas ressalta a importância da luta de chão. “O vale-tudo começou nos anos 50, com o próprio Hélio Gracie (pioneiro do Jiu-jitsu no Brasil) e desde lá essa modalidade é uma extensão do jiu-jítsu, tanto que os melhores lutadores do mundo vieram do jiu-jítsu”, lembrou o agora instrutor. Apesar dessa importância, a arte marcial conta com um número muito reduzido de atletas de ponta. É que, para viver do jiu-jítsu, é necessário mais do que talento e títulos. “Ainda tem lutadores no Rio de Janeiro, São Paulo e Para-

ná que dão palestras fora do País e ganham bons patrocínios. Aqui no Amazonas, isso não acontece porque não há projetos para manter os atletas”, avaliou Alves. Outro fator que dificulta na formação dos lutadores no Estado é a pressa para competir em nível nacional. “Hoje em dia se vê crianças pedindo patrocínio prematuramente para competir fora do Estado. Muitas delas não esperam o momento certo e a competição certa. Alguns torneios dão maior destaque para o atleta”, analisa Osvaldo Alves, que também lamenta o fim de projetos que outrora ajudavam a formar lutadores. Independente da condição, o pioneiro do jiu-jítsu no Amazonas descarta que a arte

marcial tenha se tornado um esporte secundário. “O jiu-jítsu é um esporte de integração social, que tira as crianças das ruas e ainda forma grandes campeões. Além do mais, o jiu-jítsu lota as arenas, diferente de outras artes como o judô”, avalia. Admirador dos lutadores amazonenses, Alves afirma que o esporte no Estado está numa antesafra de talentos. “Não temos grandes nomes atualmente, mas já se percebe uma molecada que está mostrando muita vontade. Em breve deve surgir outra grande geração”, aposta. Essa geração deve seguir os passos de Ronaldo Souza - o Jacaré, e José Aldo, vitoriosos no MMA e que começaram no jiu-jítsu amazonense.

Oswaldo Alves acredita que o jiu-jítsu ainda se diferencia entre as artes marciais / Foto: Arlesson Sicsú


Foto: Edson Lopes/AE

Domingo, 10 de julho de 2011 Fale com a gente redacao@diarioam.com.br

Brasil

ALCKMIN

PSD vai a fábrica pedir assinaturas

DIZ QUE PAÍS AVANÇA CONTRA IMPUNIDADE

Funcionários de uma fábrica em Ibitinga, no interior de São Paulo, foram convocados pelo dono da empresa a assinar a lista de apoio ao PSD, partido em fase de criação pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que o País está avançando contra a impunidade ao ser questionado sobre o pedido de condenação de 36 dos 38 réus do ‘mensalão’.

GOVERNO ATUAL TEVE MAIS MUDANÇAS NOS MINISTÉRIOS QUE NA ERA DE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO E LULA

Dilma muda mais que antecessores Desde que a presidente Dilma Rousseff assumiu a Presidência, em 1º de janeiro deste ano, a equipe ministerial já passou por quatro mudanças.

Segundo reportagem do G1, a presidente teve maior número de alterações na Esplanada se comparada a seus antecessores Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, considerando apenas o período de 1º de janeiro a 6 de julho do primeiro man-

dato de cada presidente. Enquanto FHC não teve alterações em seus ministérios neste período, Lula contou apenas com a demissão do então ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. Rodrigues pediu para deixar a pasta alegando problemas pessoais, porém, de acordo com informações divulgadas pela imprensa na época, o real motivo seria o descontentamento com a falta de recursos destinados a seu ministério.

Governo Há um mês, no dia 7 de junho, o então ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, demitiu-se do cargo depois de denúncias sobre evolução de seu patrimônio pessoal e suposto tráfico de influência. No mesmo dia, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, foi convidada pela presidente para assumir a chefia da Casa Civil no lugar de Palocci. Dias depois, em 10 de junho,

o Palácio do Planalto anunciou por meio de nota oficial uma nova troca. Neste caso, não houve demissão, mas apenas mudança de pastas. O governo anunciou a troca de cargos entre os ministros das Relações Institucionais e da Pesca. Ideli Salvatti (PT-SC), deixou a Pesca e assumiu a vaga de Relações Institucionais, enquanto Luiz Sérgio (PT-RJ) passou a ser da pasta de Pesca e Aquicultura. Nesta última quarta-feira, a mudança ocorreu no Ministé-

rio dos Transportes. O ministro Alfredo Nascimento (PR-AM) deixou o cargo após denúncias sobre um suposto esquema de superfaturamento em obras envolvendo servidores da pasta. O senador Blairo Maggi (PR-MT), que era a aposta mais forte da presidente Dilma Rousseff para substituir o senador Alfredo, recusou o convite. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


26 >> Brasil

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

NA ÚLTIMA SEMANA, O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, ROBERTO GURGEL, MANTEVE A ACUSAÇÃO DE 36 DOS 40 RÉUS

Mensalão: oposição vê derrota de Lula A oposição enxergou na manifestação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pedindo ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação de 36 pessoas no processo do mensalão, uma derrota da teoria difundida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o esquema de compra de apoio político nunca existiu.

Para os oposicionistas, uma condenação em massa no processo seria importante para reduzir qualquer sensação de impunidade. O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), foi um dos que viu na manifestação de Gurgel uma derrota de Lula. “A manifestação do procurador é a confirmação formal e material da existência do mensalão. Temos que esperar a decisão, mas isso derruba o que o próprio presidente Lula falava de que não existiu mensalão, que tudo era uma peça da oposição tentando desviar o foco”. O presidente do DEM, se-

“Essa posição do procurador amplia o desconforto do PT e do governo, que está envolvido em diversos escândalos”. Do líder do Democratas na Câmara dos Deputados, Antonio Carlos Magalhães Neto.

Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Duarte Nogueira afirmou que decisão de Gurgel confirma a existência do mensalão / Foto: Dida Sampaio/AE

nador José Agripino (RN), afirmou que Gurgel fez o “óbvio” ao confirmar a denúncia encaminhada pelo seu antecessor, Antonio Fernando de Souza. Ele ironizou tentativas do PT de reabilitar personagens denunciados no esquema, como José Dirceu e Delúbio Soares. “Quero ver o que o PT vai dizer dos filiados

que tentou inocentar na marra”. ACM Neto, líder do DEM na Câmara, destacou que a manifestação vem em momento ruim para o governo. Ele lembrou que dois ministros, Antonio Palocci e Alfredo Nascimento, deixaram seus cargos no último mês devido a denúncias e o escân-

dalo dos ‘aloprados’ foi ressuscitado com acusações contra Aloizio Mercadante, ministro da Ciência e Tecnologia. “Essa posição do procurador amplia o desconforto do PT e do governo, que está envolvido em diversos escândalos”. O líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO),

destacou o fato de a denúncia contra os mensaleiros ter acontecido no momento em que está em tramitação o processo de recondução de Gurgel. Sua indicação deve ser analisada pelo Senado na próxima semana. Ele atribuiu a isso a exclusão de Luiz Gushiken da lista de denunciados. “Ele quis melhorar a imagem de governistas, tentando obter simpatia na sabatina”. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

SALÁRIO

FUSÃO

Mantega e Pimentel anunciam que redução na folha sairá em breve

Redes apelam a congressistas

As empresas brasileiras terão, em breve, encargos menores quando contratarem seus funcionários, anunciaram na quinta-feira os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, de acordo com reportagem do jornal O Globo. Segundo Pimentel, isso poderá acontecer já no final de julho, com o anúncio de uma nova política industrial do governo. Mas, de acordo com Mantega, o governo pode precisar de mais tempo. “Para o fim do mês, não. Não sei se estaremos prontos até o final do mês - disse o ministro, explicando que o governo vai precisar de mais tempo, por exemplo, para obter um acordo dos governadores para a reforma do ICMS, que também está no pacote da nova política industrial”.

Ministro da Fazenda diz que haverá estímulo ao emprego / Foto: Dida Sampaio/AE

Pimentel disse que haverá desoneração para empresas que investem em pesquisa e tecnologia. Também terão redução de impostos as áreas de insumos, como energia elétrica, telecomunicações e combustíveis. “Não há outro caminho para enfrentar o gigante asiático”, disse, referindo-se ao in-

vestimento em pesquisa e tecnologia. Mantega disse que a redução de encargos na folha de pagamento das empresas tem como objetivo estimular o emprego formal e melhorar a qualidade do trabalho. Além disso, o ministro informou que o governo estuda desonerar investimentos.

Responsáveis pela proposta de fusão do Pão de Açúcar e das operações brasileiras do varejista francês Carrefour fizeram uma ofensiva no Congresso na última semana para explicar a negociação para os parlamentares e tentar anular possíveis resistências à operação. Representantes da empresa Estater procuraram líderes de partidos governistas e oposicionistas para defender o negócio. A Estater é uma consultoria financeira, conhecida por ser uma “butique de investimentos”, e que está por trás das grandes empreitadas da empresa de Abílio Diniz. Segundo parlamentares, um dos principais pontos que a Estater tratou nesses encontros com os líderes foi a participação do Banco Na-

cional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na operação. A reação contra o uso de dinheiro do contribuinte no negócio foi imediata em vários segmentos econômicos e até mesmo dentro do governo. Por isso, o sócio da Estater, Pérsio de Souza, tratou de explicar que o BNDES não irá financiar a fusão, segundo relato dos deputados visitados. Ele teria argumentado que a participação da instituição seria por meio de uma sociedade com o BNDESPar, o braço de investimentos do banco de fomento. Apesar desse primeiro contato com parlamentares, o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), disse que a fusão deverá ser explicada para os deputados pelas partes envolvidas na operação.


Brasil >> 27

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

BÔNUS

ALERTA FOI FEITO PELO BRITÂNICO FINANCIAL TIMES, QUE RESSALTOU O ‘BOOM’ DO CRÉDITO

País lidera em emissões corporativas no mundo neste ano

Valorização do real ameaça ciclo de expansão econômica

Do início do ano até agora, o Brasil vendeu US$ 27 bilhões em bônus corporativos no exterior, liderando a lista dos países que mais emitiram esse tipo de papel em 2011 até o momento, segundo Florian Hartig, chefe global de mercados de dívida do Standard Bank, disse na sexta-feira. Em segundo lugar vem a China, com um total de US$ 22 bilhões, e em terceiro a Rússia, com US$ 17 bilhões. Os números indicam que o ritmo de emissões das empresas do País lá fora segue forte e pode atingir em breve o volume recorde do ano passado inteiro, que segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), ficou em US$ 35,6 bilhões. “A demanda está superboa, há bastante aceitação e o mercado poderia absorver bem mais do que está sendo lançado no mercado primário”, disse Felipe Brandão, da corretora ICAP Brasil. A procura por esses papéis deve continuar robusta no segundo semestre. “As empresas estão captando mais barato e oferecendo uma taxa de retorno interessante, os analistas de rating melhoram cada vez mais a nota do País e das companhias do País e lá fora o ambiente é de liquidez”.

A forte valorização do real e o aumento da disponibilidade de crédito como consequência do grande fluxo de capitais para o Brasil ameaçam interromper o ciclo de crescimento econômico do País, segundo adverte editorial do jornal britânico Financial Times publicado nesta sexta-feira.

Em um texto intitulado ‘Feridas brasileiras’, o jornal considerado um dos mais influentes na área econômica, compara a economia brasileira a uma bicicleta. “Ela funciona enquanto estiver em movimento”, diz o editorial. “Agora, porém, está ficando mais difícil pedalar”. O jornal observa que o real se valorizou 40% em termos reais desde 2006 e que no mesmo período as importações brasileiras quase dobraram, enquanto as exportações cresceram apenas 5%. “A única razão pela qual o déficit em conta-corrente brasileiro não explodiu são os altos preços das commodities. Mas esse boom pode não durar para sempre”, alerta.

Crédito O editorial comenta ainda que a liquidez em abundância também ajudou a impulsionar o crédito doméstico, mas que os consumidores brasileiros agora parecem estar sobrecarregados, gastando mais que um quarto de suas rendas para o pagamento de empréstimos - nível superior ao verificado nos Estados Unidos no

Mais uma vez, a oferta de crédito que ajudou a alavancar a economia do País é posta como risco ao próprio crescimento nacional / Foto: JB Neto/AE

DISTORÇÕES

Dados mostram que País importa mais do que exporta

5%

foi quanto cresceram as exportações brasileiras desde 2006. Neste mesmo período, as importações quase dobraram, de acordo com o jornal Financial Times.

40%

foi a expansão da moeda brasileira, em termos reais, desde o ano 2006, de acordo com o periódico britânico.

período anterior à crise de 2008. Para o jornal, o crescimento do crédito no Brasil somente pode ocorrer se a renda também continuar a crescer. “É aí que a bicicleta econômica se depara com a trincheira da guerra cambial”, afirma o jornal, observando que o aumento da renda eleva a demanda e a pressão inflacionária, exigindo o aumento dos juros, que atraem mais capital externo, elevando ainda mais a cotação da moeda, aumentando com isso a atração das importações e prejudicando a competitividade das exportações. “O resultado é um déficit em conta-corrente mais am-

plos, e um limite no crescimento exigido nos salários para manter o crédito doméstico crescendo com segurança”, diz o jornal.

Soluções O editorial afirma que uma das maneiras de contornar o problema seria conter a valorização da moeda, mas observa que o governo brasileiro já tentou medidas como controles parciais de capitais e grandes intervenções no mercado cambial, mas sem sucesso. Outra possibilidade seria o corte de gastos públicos, dificultados pelo Congresso. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


28 >> Brasil

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

SEGMENTO É O ÚNICO QUE AINDA NÃO RETOMOU O RITMO PRÉ-CRISE

TEMPORARIAMENTE

Exportação de bens mais caros segue baixa

Cade negocia com BR Foods supensão da marca Perdigão

Os bons resultados das exportações brasileiras no primeiro semestre deste ano ainda não trazem a recuperação desejada para os produtos manufaturados, que têm maior valor agregado.

Apesar da expansão das vendas externas, com recordes sucessivos, a categoria de manufaturados foi a única que ainda não conseguiu voltar ao patamar anterior ao da crise financeira internacional - que derrubou milhares de empregos. Em 2008, as exportações de produtos acabados totalizaram US$ 92,7 bilhões. No ano passado, somaram US$ 79,6 bilhões e, este ano, até junho, atingiram US$ 43,4 bilhões. Por outro lado, os produtos básicos e semimanufaturados ultrapassaram, em 2010, os valores de 2008 e dão sinais de que continuarão ganhando mais espaço na participação da pauta exportadora brasileira. Os manufaturados representavam 46,8% do total vendido pelo Brasil para o resto do mundo em 2008, mas passaram a responder por 39,4% das vendas em 2010. Os básicos aumentaram a participação de 36,9% em 2008 para 44,6% no ano passado. “A deterioração dos manufaturados é muito grande e esse movimento está sendo muito rápido”, afirmou o analista de Políticas e Indústria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Marcelo Azevedo. “O mercado externo não está tão mais fraco nesse momento (que em 2008). No ano passado, podia dizer isso, mas agora já tem mercados que estão melhores. A gente está de-

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a Brasil Foods estão negociando a suspensão temporária da marca Perdigão nos segmentos em que existe maior concentração de mercado. Esse é o principal ponto

do acordo que vem sendo costurado para tentar aprovar a fusão de Sadia e Perdigão, depois que um conselheiro do Cade sugeriu vetar a operação por provocar prejuízos ao consumidor. As negociações não estão concluídas e devem prosseguir.

Analista da CNI destaca que há uma deterioração dos manufaturados, de uma maneira rápida, o que é prejudicial à economia / Foto: Ayrton Vignola/AE

morando a voltar ao espaço que a gente tinha antes”, avaliou o economista. Segundo ele, o Brasil perdeu vantagem competitiva em relação a outros países, principalmente para China, que ganhou espaço no mercado externo em produtos intensivos em pesquisa e desenvolvimento. O Brasil também aumentou as importações de produtos acabados, elevando o déficit comercial neste segmento. “Ao mesmo tempo em que está exportando mais, está importando ainda mais”, destacou Azevedo. Com base em dados da Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior (Funcex) utilizados pela CNI, o déficit comercial dos manufaturados subiu de US$ 39,8 bilhões em 2008 para

US$ 71,1 bilhões em 2010. A CNI estima que a conta fechará mais negativa este ano. O rombo tem sido coberto pelo aumento do superávit nas demais categorias, alcançado pela combinação de aumento do volume de vendas e dos preços das commodities.

Metas O recorde de exportações do País, como um todo, no primeiro semestre do ano, com o total de embarques chegando a US$ 118,306 bilhões, pode levar o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) a uma nova revisão da meta anual do governo para as vendas ao exterior em 2011. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

VENDAS

Preço de matérias-primas deve garantir recorde Há um consenso no governo e entre os analistas de que os preços das commodities irão se manter em um patamar elevado até o médio prazo.

O resultado deste processo deve garantir a continuidade dos recordes de exportação, além de superávits comerciais importantes para ajudar

a financiar as contas externas do País. “O grande investimento que podemos fazer nesta situação é agregar valor às commodi-

ties. Investir em tecnologia”, afirmou o economista Michal Gartenkraut, da consultoria Rosenberg & Associados. “Há uma perspectiva bem funda-

mentada de que esses preços vão ficar altos, se não subirem ainda mais”, disse, lembrando que a demanda mundial continua alta.


Brasil >> 29

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

GARIBALDI

LIMITE IMPOSTO PELO PNBL É MENOR QUE MÉDIA DO MERCADO

Fazenda analisa limpar déficit da previdência social O Ministério da Fazenda ainda está analisando a proposta do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, de tirar da contabilidade de sua pasta as renúncias fiscais autorizadas para viabilizar políticas públicas de outras áreas.

“Aproposta temméritos,mas também alguns problemas”, disse o secretário do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa. Proposta da pasta prevê que as renúncias de contribuições previdenciárias sejam transferidas a outros ministérios.

Plano popular permitirá baixar 300 MB de arquivos mensais, o que equivale a capturar três músicas por dia / Foto: Dida Sampaio/AE

Banda larga pública tem ‘download’ caro Criado para popularizar a web e levar internet rápida a quem hoje não tem acesso, o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) impõe um limite para download de arquivos bem menor que a média já oferecida no mercado, segundo a Folha.com. E por um preço, proporcionalmente, não tão mais baixo assim.

Quem assinar internet a partir do PNBL, que entra em vigor até 1º de outubro, vai navegar a uma velocidade de um Mbps (megabite por segundo), por R$ 35 mensais, e permissão para baixar, no máximo, de 300 MB (megabites) de arquivos por mês. Esse limite equivale a capturar três músicas por dia. Depois desse teto, o usuário pode continuar baixando arquivos, mas a velocidade cai. “A limitação de downloads preserva os pacotes atuais

das operadoras, para que não haja concorrência com o novo produto, mais barato”, diz Eduardo Tude, consultor e presidente da Teleco. “Para consultar e-mails, 300 MB devem ser suficientes”. De acordo com o Ministério das Comunicações, o acordo com as operadoras prevê que o limite de download suba para até um GB, conforme a empresa, em 2014.

Concorrência Após o anúncio das cem primeiras cidades que receberiam o PNBL, que prevê a popularização do acesso à internet com preços de R$ 35 por 1 Megabyte de velocidade, os valores cobrados pelas operadoras caiu e a velocidades aumentou a patamares melhores do que os anunciados pelo governo. Isso criou competição em setores da cadeia de acesso à internet que, até então, não

existiam. É o que dizem a própria Telebrás, a Sadnet (primeira empresa a assinar o contrato do PNBL) e a Associação Brasileira de Internet (Abranet), de acordo com o portal Terra. Para o presidente da Abranet, Eduardo Neger, o grande mérito do PNBL pode ser resumido em uma palavra: “competição”. Na cadeia de acesso à rede mundial de computadores, os provedores são os responsáveis pelo acesso para o usuário final. No entanto, essa ligação é feita através de operadoras, que possuem os backbones (estrutura de servidor que distribui o sinal). Essas mesmas operadoras controlam a quantidade e velocidade do serviço e, dependendo do caso, competiam com as empresas para as quais vendem o acesso. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

TRANSPORTES

Deputado usou ministro para pleitear cargos OdeputadofederalValdemar CostaNeto(PR-SP) revelou em entrevista a uma rádio de Mogi das Cruzes (SP) ter usado o então ministro dos Transportes

Alfredo Nascimento para pressionar a presidente Dilma Rousseff a entregar ao PR uma diretoria do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal

para obter o apoio do bloco liderado pelo partido no Congresso. O deputado explicou que a barganha tinha como objetivo abrir espaço no governo

para o bloco de partidos nanicos que compõem, com o PR, um grupo de 65 deputados no Congresso – o PR conta com 41 e PRB, PRTB, PT do B, PHS ,

PSL e PRP têm 24. A nomeação – que Dilma ainda não anunciou - seria para que prefeitos aliados pudessem liberar verbas federais mais rapidamente.


Foto: Roberto Schmidt/AFP

Domingo, 10 de julho de 2011 Fale com a gente redacao@diarioam.com.br

Mundo

SUDÃO

Pega com drogas é inocentada

DO SUL É O MAIS NOVO PAÍS DO MUNDO

Um juiz do México determinou na sexta-feira que não há elementos para condenar Ana Isela Martínez, professora detida em uma ponte na fronteira com os Estados Unidos com malas de maconha em seu automóvel.

Uma multidão em delírio celebrou na sexta-feira, em Juba, a proclamação da independência do Sudão do Sul. Ao soar os sinos de meia-noite, uma explosão de alegria comemorou o novo Estado.

É A PRIMEIRA VEZ QUE AS ECONOMIAS EM DESENVOLVIMENTO SUPERAM AS ECONOMIAS DESENVOLVIDAS NESTA ÁREA

Emergente lidera em energia ‘verde’ Os países em desenvolvimento se tornaram em 2010 os maiores investidores em projetos de energias verdes em grande escala graças à entrada da África e do Oriente Médio e ao constante progresso deste setor na China e na América Latina, informa a ONU.

Os investimentos mundiais em energias renováveis totalizaram ano passado 211 bilhões de dólares, o que representa um aumento de 32% na comparação com os 160 bilhões investidos em 2009, destaca o relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). “Pela primeira vez, as eco-

nomias em desenvolvimento registraram vantagem sobre as desenvolvidas no quesito ‘novos investimentos financeiros’”, relacionados com projetos “voltados aos serviços públicos e ao fornecimento de capital de participação para as empresas de energia renovável”. “Neste campo, os países em desenvolvimento investiram 72 bilhões de dólares e as economias desenvolvidas 70 bilhões, o que marca uma diferença a respeito de 2004, quando os novos investimentos dos países em desenvolvimento representavam apenas 25% da quantia dos países desenvolvidos”. O maior avanço de investi-

A energia eólica vem recebendo fortes investimentos e lidera o ranking de aportes nas energias renováveis / Foto: Rodrigo Baleia/AE

mentos em energias verdes em grande escala em 2010 corresponde a África e Oriente Médio, com um aumento de 104%, a cinco bilhões de dólares. “América do Sul e Central aumentaram os investimentos em 39%, a US$ 13,1 bilhões”.

China A líder mundial foi a China, com 48,9 bilhões de dólares em novos investimentos financeiros em energias renováveis e um aumento de 28% em relação a 2009, destaca o Pnuma. Na Europa, os novos recursos para energias renováveis em grande escala caíram 22%,

a 35,2 bilhões de dólares. O diretor executivo do Pnuma, Achim Steiner, vê boas perspectivas para o setor. “A convenção da ONU sobre o clima que acontecerá em Durban este ano e a reunião de cúpula Rio+20 em 2012 no Brasil oferecem oportunidades chaves para acelerar e intensificar esta transição positiva para uma economia verde baixa em emissão de carbono, com um bom aproveitamento dos recursos dentro do desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza”, declarou. Os motivos do aumento mundial dos investimentos nas fontes renováveis de energia se devem a uma com-

binação de fatores, destaca o Pnuma, que cita entre elas as ajudas para estimular o crescimento após a crise financeira de 2008, o nível elevado dos preços das energias fósseis e as ofertas dos governos de comprar energia limpa a tarifas interessantes. O setor eólico, o mais desenvolvido atualmente, continuou dominando e no ano passado alcançou o total de 94,7 bilhões de dólares. A energia solar registrou US$ 26,1 bilhões de dólares e a biomassa e a reciclagem para produção de energia 11 bilhões. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

VENEZUELANO

Chávez sofre de câncer de cólon, afirma WSJ O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, sofre de câncer de colón, região do intestino grosso, segundo informações de publicadas pelo jornal americano ‘The Wall Street Journal’. A publicação cita como fonte duas pessoas que têm ‘conhecimento direto’ das condições de saúde do presidente. Chávez, que admitiu

na última semana sofrer de câncer, sem especificar em qual parte do corpo, foi operado em Cuba no mês passado, quando disse ter retirado um abscesso pélvico. O presidente venezuelano ratificou ontem a posição de seu vice-presidente, Elías Jaua, de todos os ministros que integram seu gabinete e a cúpula militar do país, du-

rante uma reunião do Conselho de Ministros. Esta foi a primeira reunião do Conselho após o regresso de Chávez à Venezuela, ocorrido no início da semana. Ele aproveitou para desmentir os rumores de golpe de Estado e divisão no governo. “Esperem sentados senhores apátridas”, disse o presidente, referindo-se à

oposição que vem duvidando da continuidade de seu mandato. Chávez nomeou María del Pilar Hernández como ministra da Juventude, pasta criada recentemente. Ele ainda aprovou, entre outras medidas, um projeto que destina US$ 5 bilhões para a construção de habitações no país, além de um aumento salarial retroativo de

30% para os médicos do setor público. O chefe de Estado agradeceu as mensagens de solidariedade enviadas por Dilma Rousseff e pelo presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. “Jamais na vida tive tanta determinação de vencer uma batalha. Nunca. E a venceremos”, afirmou Chávez.


Mundo >> 31

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

MUDANÇA NA AVALIAÇÃO PORTUGUESA FEZ BANCO CENTRAL EUROPEU E MINISTRO ALEMÃO CRITICAREM AS CLASSIFICAÇÕES

Alemanha quer tirar poder de agências O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, declarou nesta quarta-feira que é preciso “romper o oligopólio das agências de classificação e limitar sua influência”, um dia depois que a agência Moody’s reduziu inesperadamente em quatro escalões a dívida de Portugal.

econômicos, Amadeu Altafaj, para quem o momento escolhido é “muito inapropriado”.

“Não consigo ver o que há por trás desta valorização”, declarou Schäuble, referindo-se à classificação da Moody ’s. Mais cedo, a Comissão Europeia também criticou com veemência a decisão da agência de classificação financeira Moody's de rebaixar a nota de Portugal à categoria de bônus ‘especulativos’ ou ‘junk’ (lixo), por considerar a medida “discutível”. “A Comissão lamenta a decisão da Moody’s, que se baseia em cenários discutíveis”, declarou à imprensa o porta-voz do bloco para assuntos

Nota portuguesa A Moody’s rebaixou a nota de Portugal em quatro degraus, de ‘Baa1’ para ‘Ba2’, e citou a possibilidade de baixá-la ainda mais no curto prazo, por estimar que o país poderá não obter novos empréstimos nos mercados sem outro plano de resgate. A Moody’s também informou que Portugal não consegue cumprir as promessas feitas à União Europeia (UE) e ao Fundo Monetário Internacional (FMI) em matéria de redução do déficit. A decisão da agência reflete “o crescente risco de que Portugal tenha que recorrer a um novo financiamento oficial antes de conseguir retornar aos mercados privados”. Em resposta, o governo português disse que a degra-

FINANÇAS

OMS

Dívida do americano com cartão é a maior desde 2008

Medidas antitabaco beneficiam quase 4 bilhões

O crédito ao consumo aumentou nos Estados Unidos em maio pelo oitavo mês consecutivo, impulsionado pelo aumento do endividamento com cartões de crédito, a um nível não registrado desde 2008, segundo dados publicados na sexta-feira pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano). O total dos créditos ao consumo no país cresceu 2,5% em relação ao mês anterior, em dados corrigidos por variações sazonais, alcançando US$ 2,432 bilhões em dados anualizados, indicou o banco central americano. Em valor, a alta do crédito anunciado pelo Fed supera em 50% a previsão média dos analistas. Em abril, o crédito ao consumo tinha aumentado 2,8%.

Em torno de 3,8 bilhões de pessoas - pouco mais da metade da população mundial - se beneficiam de pelo menos uma medida contra o tabaco promovidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O ‘Informe OMS sobre a epidemia mundial de tabagismo 2011’ foi lançado no Uruguai, país destacado pela organização por sua legislação para combater o consumo de cigarros e que enfrenta atualmente uma ação da multinacional de tabaco Philip Morris por suas normas antitabaco. As advertências sanitárias nos maços de cigarros protegem mais de 1 bilhão de pessoas em 19 países, quase o dobro que há dois anos, segundo o relatório da Organização.

Presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, criticou o que chama de oligopólios das agências de classificação / Foto: STR/AFP

dação pela agência Moody’s, que conduziu o país à categoria especulativa, mostra a “vulnerabilidade da economia portuguesa” no contexto da crise da dívida, segundo indicou nesta terça-feira o Ministério das Finanças em comunicado. “A decisão da Moody’s ignora os efeitos da taxa extraor-

dinária sobre os títulos”, lamentou o ministério, completando que “esta medida prova a determinação do governo de garantir as metas de déficit para este ano”.

Taxa de juros O Banco Central Europeu (BCE) aumentou na quinta-feira sua principal taxa de

juros, de 1,25% a 1,50%, e garantiu os títulos da dívida de Portugal, apesar de a Moody’s tê-la rebaixado à categoria de papéis ‘especulativos’. O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, criticou as agências de classificação de risco. “Fica claro que o grupo, uma pequena estrutura do tipo oligopólio, provavelmente não é o mais desejável no nível das finanças globais”. As agências mostram-se intransigentes com fórmulas que buscam evitar que um adiamento dos pagamentos seja classificado de default. A Standard & Poor’s jogou um balde de água fria sobre o entusiasmo gerado pelas discussões entre bancos privados para aceitar um reescalonamento dos vencimentos de uma parte de seus títulos da dívida grega. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br


32 >> Mundo

Diário do Amazonas Domingo, 10 de julho de 2011

DEPOIS DE ACIDENTE NO JAPÃO, GOVERNANTES ANUNCIARAM REDUÇÃO NO USO DAS USINAS

MONTANHAS

Energia nuclear voltará a ser segura em 2 anos, diz AIEA

Situação alimentar é dramática no oeste da Líbia

A energia nuclear poderá ser considerada novamente essencial para o desenvolvimento e segura em um ou dois anos, após a catástrofe de Fukushima, declarou nesta sexta-feira, em Buenos Aires, o diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano.

“A energia nuclear seguirá sendo essencial para o desenvolvimento em um entorno mais seguro”, afirmou Yukiya Amano. O funcionário foi consultado na capital argentina sobre as lições que deixou o grave acidente da central japonesa em março. Amano está em Buenos Aires para participar de um ato para celebrar o 20º aniversário da Agência Brasil-Argentina de Contabilidade e Con-

MILITANTE

trole de Materiais Nucleares (ABACC) “O que ficou de lição é que a prioridade é a segurança. Que todos os países aprendam que é preciso cooperar na ampliação da segurança”, insistiu o funcionário, segundo a tradução simultânea. Amano recordou que a AIEA enviou uma comissão ao Japão devido ao acidente ocorrido no dia 11 de março, depois de um tsunami provocado por um terremoto afetar as instalações da central de Fukushima Daiichi. Fukushima, que foi a mais grave crise nuclear desde a catástrofe de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986, colocou em dúvida a segurança em todas as usinas do planeta. Fale com o editor redacao@diarioam.com.br

Usina de Fukushima foi palco do pior acidente nuclear depois de Chernobyl, provocado após terremoto e tsunami no Japão no início do ano / Foto: STR/AFP

IMAGEM

Milhares de pessoas que vivem nas montanhas do oeste da Líbia se encontram sem alimentos e dependem totalmentedaajudaalimentar para sobreviver, alertou nesta terça o Programa Alimentar Mundial (PAM). A primeira missão de avaliação da ONU nesta região permitiu estabelecer que a segurança alimentar é uma preocupação importante para a população, segundo explicou uma porta-voz do PAM, Emilia Casella, durante coletiva de imprensa em Genebra. Os especialistas da missão da ONU que visitaram Nalut, Wazin, Jadu e Zintan constataram que não há comércios abertos e que os empregados não recebem salário desde fevereiro.

MARTELLY

Cubanos reintegram homem que denunciou corrupção

Doação de US$ 4 bi ao Haiti foi mal utilizada, diz presidente

O intelectual e acadêmico cubano Esteban Morales revelou que o Partido Comunista anulou a sanção de exclusão imposta a ele, alguns meses depois da publicação de um artigo crítico sobre a corrupção na ilha. Morales divulgou uma mensagem em seu blog, na qual informa que a Comissão de Apelações do Comitê Central do Partido o comunicou na semana passada a decisão de reintegrá-lo ao quadro de militância. O acadêmico declarou que a corrupção no Governo é “muito mais perigosa” que a dissidência e põe em perigo o futuro da Revolução, em artigo publicado no ano passado, segundo o portal R7.com.

O presidente do Haiti, Michel Martelly, disse que parte dos US$ 4 bilhões doados pela comunidade internacional ao seu país foi mal utilizada. Segundo ele, falta “controle de gastos” no país. O Haiti recebeu recursos de governos, instituições públicas e organizações privadas, além de órgãos internacionais para a reconstrução depois de ter sido devastado pelo terremoto de janeiro de 2010. Em visita à Espanha, Martelly ressaltou ainda que não é o responsável pela má utilização dos recursos, mas que é fundamental mudar a conduta no Haiti. “É imperativo mudar a maneira de fazer as coisas”, disse.

Novo alvo de protestos no Egito é o governo dos militares Manifestantes se reuniram na Praça Tahrir, no Cairo (Egito), na sexta-feira, para exigir mais reformas e criticar a junta militar que está no poder. Há cinco meses, os militares assumiram o governo depois da pressão que levou à renúncia do então presidente Hosni Mubarak. / Foto: STR/AFP


OBS: O conteúdo dos anúncios publicados nesta edição são de responsabilidade dos próprios anunciantes

KARONE’S REDENÇÃO AO LADO DO SUPERM. PARANÁ - O ~åÇI ëÇç

N⁄ ÅL PëäëIïÅIêÉÅÉéI O⁄ ÅLP ëäëI ïÅI êÉÅÉé´©çI NRUã éL~åÇ~ê AQIRMMLA OKRMM éL ~åÇ~êKVNMVMVPP â~êçåÉ ÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë áãç îÉáë 179125181

APARTAMENTOS COMPRA E VENDA 1 QUARTO

QUER VENDER OU ALUGAR RÁPIDO SEU TERRENO OU IMÓVEL? - c~äÉ

`çåçëÅç h~êçåÉÛë C läá î~ `çêêÉíçêÉë É ^î~äá~ÇçêÉë É ^Çãáåáëíê~ÇçêÉë ÇÉ áãµîÉä VNMVJMVPP çêâìíWâ~êçJ åÉÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë 179125170

TARUMà (PX AO TOM BIZ) - îÇç

íÉêêÉåç ãÉÇáåÇç NOñPMI éä~åçI ÇçÅìãÉåí~´©ç Éã Çá~ëK ^ÅK Ñáå~åÅá~ãÉåíçK µíáã~ äçÅ~äáòK oAVMãáä cWVNVNJ PTVP

179125161

2 QUARTOS

APTO QUITADO - ÅçåàK

qçÅ~åJ íáåë NŸ Éí~é~ Oèíçë ëä~ Åçò ïÅ ëçÅá~ä N⁄~åÇ~ê Ö~ê~J ÖÉã oANPMjáä ~ÅÉáí~ éêçJ éçëí~ cWVNNVJRTROLUNPMJ ROTS ÅLVQS 379125599

C. NOVA - éêçñK ~ç ÇÄK îÉåÇç

~éíçK èìáíK ÇÉëçÅìé~ÇçI OèíçëHÇÉéÇë oARUKTMM ~ÅK éêçéKçì Ñ~Åáäáíç é~ÖK cWVOMPJOPQQ

379125022

CD LUXOR (VIEIRALVES) - Oèíë ÅL

çé´©ç éL P èíëI TUãI éáJ ëÅI ÅÜìêê~ëèI ÄÉã äçÅI ÇçÅ çâK ^Å Ñáå~å É cdqpK oAOPVãáäK cWVNROJNVRS ï ï ïK ë ç ê ~ ó ~ î É ä ~ ë J èìÉKÅçãKÄê 179125265

CD. AREZO - ~éíç P⁄ ~åÇK Oèíë

ÅL ãçÇìä~ÇçëI Åäáã~íáò~J Çç lìíêç åç N⁄ ~åÇK ~ÅK ÑáåLcÖíëK `ÇK oÉÅ~åíç Ç~ë i~ê~åàÉáê~ë ~é Oèíë TOãO NPRãáä ~ÅK ÑáåLcÖíë UNRM ORPO 379124874

CD. GUAIANÁS/FLORES - ÉñÅK ~éJ

íç í¨êêÉç OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI êÉÑçêãI OîÖë Ö~êI •êÉ~ ä~J òÉêI ëÉÖK OQÜë éñK `äìÄ jìåáÅáé~ä NOUãáä ~ÅK ÑáåL cÖíë UNRMJORPOLVNPSJ TVUR

379124882

3R IMOVEIS CD ALPINIA- JARDIM PARADISIO (TRANSF) - O èíçëI ëäI CD VALE DO SOL I - ~éíç ÅLNÇçêJ

ãáíµêáçIëäIÅçòIïÅI •ê ÇÉ ëÉêîIO⁄~åÇ~êK qê~åëÑK oAPUãáäK VSMNJOTTNL PMUUJUQPU Å URT

179125277

CD VALE SOL 1 - îÇç ~éíçI èìáJ

í~Ç É êÉÑçêãI éáåíKåçî~I ÅL ëäI NèíçI ÅçòI ~êKëÉêîI î~êI Ö~êI ïÅ ëçÅá~äI RRãáä äÖ ëçãÉ åí áåíÉêÉK PSQQJ ROUOLVNRNJSQSVLVNQTJ UMVP 379124683

COLÔNIA SANTO ANTÔNIO - - _çã

m~ëíçêI Nèíç ëÇç N ëíÉI ÅçòI ïÅI •êK ëÉêîá´çI íÉêê ãÉÇ NMñPMI íÉêê ãìê~ÇçI ^ÅÉëëç ~ qçêèì~íçK oA PR ãáä jçíáîç ÇÉ îá~ÖÉã ^ÅK Å~êêçI ãçJ íç É çìíêçë cWUOMOJQUOPL VNUQJOOOSLPVQRJROOT

379124824

KARONE’S CHÁCARA STA ETELVINA, FRENTE AO SAMU - j~åë©ç ÅL

PëíÉëI Pëä~ëI s~êI O ÅçòI `ÜìêêI máëÅI N máòò~êá~ cìåÅK ÅL SRã ÑêÉåíÉ ARRMãáä VNMVJ M V P P ç ê â ì í W â ~ ê ç å É Ûë J `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë 179125171

KARONE’S REALIZE SONHOS PRES. FIGUEIREDO - éñKÅ~ÅÜK ìêìÄì∞

PMSñNKUSM Å~ë~ ÑêìíK å~ëÅ é~ê~ĵäáÅ~I êáç AURãáä ~ÅKÅ~êêç VNMVJMVPPLUNPUJOSVT çêâ â~êçåÉÛëJ`OSRN `çêêÉíç êÉë

179125172

ÅçòK ÅL •êã~êáçë ÉãÄI ïÅ ÅL ÄäáåÇÉñI éáëÅI N⁄~åJ Ç~êKqê~åëÑK oAQRãáäH ÑáJ å~åÅá~ãÉåíç ÅL ~ ÅçåëJ íêìíçê~K cWPRUQ OMMRL VNPV PPPN 179111544

3R IMOVEIS CD CARAVELLAS - OèíëI

ëäI ÅçòI ~êKëÉêîá´çI Ö•ë ÉåÅ~å~ÇçI NîÖ ÇÉ Ö~êI ~êK ä~òÉê ÅL éáëÅ ~ÇìäíçLáåÑ~åíáä É ÅÜìêê~ëèK oANUVKRMMIMM ~ÅK Ñáå~åK cWUNUV RVVVL PRUQ OMMR

179111542

3R IMOVEIS CD PLAZA DEL REY PAR. DAS LARANJEIRAS - O èíçë ÅL

~êãK ~ê ëéäáíë Ñáåç ~Å~Ä~J ãÉåíç N îÖ~ ÇÉ Ö~J ê~ÖK•êÉ~ ÇÉ ä~òK ÅçãéäÉí~ oAOOMãáä ~ÅKÑáå~åÅá~ãK UNUVJ RVVV L PRUQJ OMMR

179111539

3R IMOVEIS ELIZA MIRANDA (DISTRITO) - OèíëI ëäI ÅçòI î~ê É

~êK ä~òÉêKs~äçêW qê~åëÑÉJ êÆåÅá~ oAQMãáäH ë~äÇç ÇÉîÉÇçê éL Ñáå~åÅá~êK cWVNOV SOUTL PRUQ OMMR

~éíç èìáí~Çç Oèíë ëÇç NëíÉ ëä éL O~ãÄK ÅçòK ïÅ ëçÅK î~J ê~åÇ~ Ö~êK ~êÉ~ ÇÉ ëÉêîK oANTMãáä cWVNNVJRTROL UNPMJROTS ÅLVQS

CJ JULIANA (ALEIXO) - îÇç

379125606

CJ. TOCANTINS - ~éíI O ÇçêãI ëä

à~åí~êL Éëí~êI ~êÉ~ ëÉêîI íÉêêÉçI êÉÑçêã~ÇçI éçÇÉ ëÉê ÑáåK oANPMãáäK `àK iìä~ O ÇçêãK ëä à~åí~êL Éëí~ê oAQMãáä cWUNUSJQMPSK

379125528

COND. GUAIANAIS - îÇç ~éíç íÉêêÉç

NëìáíÉ íÇK êÉÑçêã~Çç éçêJ ÅÉäK Åçò ~êK ëÉêîK oANPMjáä ^ÅK Ñáå~åÅK cWVSMNJOTTNL PMUUJUQPU ÅêÉÅáURT 179125269

~éíç ÅLOèíçëI ïÅI •êÉ~ ÇÉ ëÉêJ îá´çI í¨êêÉçI î~ê~åÇ~I ë~J ä~I ÅçòáåÜ~I êÉÑçêã~ÇçI açÅK éLÑáå~åÅá~êK oANOMãáä cW VNVNJ PTVP

COND. GUAIANÁS - îÉåÇç

179125169

COND. JOAO BOSCO - OèíçëI ëäI ÅçòI

179111535

ïÅI oANNMãáä ~ÅK Ñáå~åÅáJ ~ãÉåíç UNONJQSQSL VNNMJ QSPVL PSTRJ RUVP `JONTQ

3R IMOVEIS ELIZA MIRANDA (DISTRITO) - ~éíç ÅL OèíçëI ë~ä~I

COND. JOÃO BOSCO - íê~åëÑK ~éJ

ÅçòK î~ê~åÇ~ É •êÉ~ ÇÉ ä~òÉêK î~äçê Ç~ íê~åëÑK oAQMãáä H ë~äÇç ÇÉîÉÇçê éL Ñáå~åÅáJ ~êcW VNPVJPPPNLPRUQJ OMMR

179111531

179125717

íç N⁄ ~åÇ~ê ÅL Oèíç ëä O~J ãÄK Åçò Ö~ê î~ê~åÇ~ ïÅ ëçÅá~ä oAVMjáä cWVNNVJ RTROLUNPMJROTS ÅL VQS

379125589

COND. RIVER PARK - TORQUATRO TAPAJÓS - íê~åëÑáêç ~éíçI OèíçëI

NëíÉI ÉäÉî~Ççê •êÉ~ ÇÉ ä~J òÉê ÅçãéäÉí~ éêçåíç é~ê~ Ñáå~åÅá~ê oARMãáä Hë~äÇç ÉåíêÉÖ~ OMNO cW VNVNJ PTVP

179125174

CONJ. TOCANTINS - ^éíç í¨êêÉç

Åçã O èì~êíçëI ë~ä~I ÅçJ é~JÅçòáåÜ~I •êÉ~ ÇÉ ëÉêJ îá´ç ÉñíÉêå~I íçÇç êÉÑçêJ ã~ÇçI Äç~ äçÅ~äáò~´©çI I~ÅÉáíç Å~êí~ ÇÉ Åê¨Çáíç oA NOMãáäK c VNNVJNUUQ

159087365

CONJ. YAEL - ~éíç ÅL OèíëI ëäI ÅçòI

ïÅI î~ê~åÇ~I î~Ö~ ÇÉ Ö~J ê~ÖI P⁄ ~åÇ~êI éêÉÅáë~åÇç êÉÑçêã~I ÇçÅK çâ oASRãáä ~ î á ë í~ c W V O Q T J N Q Q N L UNQOJSTOT 379125539

FLORES COND. ARIRANHAS - OèíçëI

ïÅ ëçÅá~äI ëäI ÅçòI µíáã~ äçÅ~äáò~´©ç éêçñK ~ç p~åJ íçë aìãçåÇI Ñáå~åÅá~ cWVNVNJPTVP

179125182

KARONE’S P. 14 AV. LEONARDO MALCHER PRÓX A CX. ECONÔMICA - OèíçëI

Pëä~ëI ÅçòI î~êI ÅÉêI Öê~ÇI NNMãI Éëíêìí éL H N éáëçI NQMãáä ~ÅK cÖíëI ÅKÅêÉÇK ÑáJ å~åÅá~ãÉåíç VNMVJMVPP çâíW â~êçåÉÛëJ`OSRN`çêêÉíç êÉë 179125145

NOVA CIDADE - Åë~ ÅLO èíëI ëäI

ÅçòI ëÉãáJãìê~Ç~I ÇÉëçJ Åìé~Ç~ oAPMãáäK cWVNMUJ UOPULVNOUJPSSPK

179125746

NOVA CIDADE - éêçñK ÉëÅçä~ íÉãéç

áåíÉÖê~äIÅë~ ÅLO èíëI ëäI ÅçòK ïÅI èìáí~Ç~ oAOSKRMMãáäK cWVORUJOOSTK 179125794

P ~éíçë Éã Ñ~ëÉ ÇÉ ~Å~ÄK ÅçåíÉåJ Çç Oèíë ëä Åçò ïÅ Å~Ç~ ìã Éã ÑêÉåíÉ ~ç Å~Ѩ êÉÖK ÉÅçäµÖK éêáåÅK oAPVIRMM cWVNSTJ UVMMLUNVNJVNTP

SANTA ETELVINA - îÇç

COND STILLUS/ ALEIXO -

PèíëENpíÉFIî~ê~åI N⁄~åJ Ç~êI NîÖ Ö~êI ä~òÉê Åçãé IëÉÖìêK OQ eK oAPQ jfi HÑáå~å NQTjfiKVNUUJURVO LUNOVJTMRS

379125815

COND. ALAMANDA - P èíëI RU jOK

oA OR jfiK qê~åëÑÉêÆåJ Åá~K cW VSMRJMURRLUOMPJ OQRUKbåíêÉÖ~ éL ~ÖçëíçK

379124884

DAYTONA PARK - îÉåÇç ~éíç ÅL

Pèíë ëÇç NëìáíÉI ~åÇ~ê ~äJ íçI ëéäáíë É ~êã•êáçëI èìáJ í~Çç oAQOMãáä ~ÅK Ñáå~åÅK cWUNTUJSQQULVNVVJOMPSL PSQSJ MPQV

379125049

MORADAS DO PARQUE - íêáéäÉñ ÅL

Pèíë ëÇç NëíÉ NVOãOI OîÖë ÇÉ Ö~êK ~êK ÇÉ ä~òÉê ÅçãJ éäK ÉëíK ÉìêçéÉì oASPRãáä ~ÅK Ñáå~åÅK UOPSJSSNOL VOSUJ MSVR ÅêÉÅá OVVN

379125543

NSA. DAS GRACAS - mÜçÉåáñI P èíëI

ëL O ëíëI ëäI ÅçòI ïÅI ~êÉ~ ëÉêîI O îÖëI íÇ ÖÉëëçI ~êãK ãçÇK Éã íÇë ~ãÄI ~ÅÉáí~ ÑáJ å~åÅKcWVVUTJUUQULUNPSJ TSUOK

379125731

379125530

3 QUARTOS 3R IMOVEIS CASTELLO DA VILLA (TRANSF) - PëíÉëI ëä P ~ãÄI PîÖ Ö~êI

~êK ä~òÉê ÅçãéäI ÉäÉî~ÇçJ êÉë ÇÉ Éåíê~Ç~ É ëÉêîá´çK s~äçê íê~åëÑK oAOPMãáä H p~äÇç ÇÉîÉÇçêK cWPRUQ OMMRL VNOV SOUT 179111545

3R IMOVEIS CD RES GARDEN CLUB -

~éí NNVã É NOQãI ÅL PëíÉë ÅL ãçÇìäKI ëä ÅL P ~ãÄI Åçò ÅLãçÇìä~ÇçëI ~êK ëÉêî ÅL èí ÇÉ ÉãéêÉÖI î~ê~åÇ~ Åäáã~íI Qëéäáíë H QR áíÉåë ÇÉ ä~òÉêK cW VNOV SOUTL UUMV MMTML PRUQ OMMRKo^áëçå p~ãé~áçK båíêÉÖ~ ~ÄêáäL OMNO

179111541

3R IMOVEIS CD WEEKEND (PONTA NEGRA) - P èíëIN ëì∞íÉI UNINUãI ~êKK

ä~òÉê ÅçãéäK båíêÉÖ~ Éã çìíêìÄêç ÇÉ OMNNKs~äçê íê~åëÑK NMMãáä H ë~äÇç ÇÉîÉÇçê ÅL ç Ä~åÅçK cWUNNT NVUSL PRUQ OMMR

179111543

3R IMOVEIS ILHAS GREGAS - Pèíë ëåÇ

NëíÉI O îÖ Ö~êI ~êK ä~òÉê ÅçãéäKI R⁄~åÇ~êK oAPRMãáä èìáí~ÇçK cWVNOVJSOUTL PRUQJOMMR

179111546

3R IMOVEIS SOLAR DA VILLA - MP

ëìáíÉëI ëä O ~ãÄKI íÇ éçêJ ÅÉä~å~íçI î~êK Åäáã~íáòI OîÖ Ö~êI ~åÇ~ê ~äíçK îäçê qê~åëÑK oAOVMãáä H ë~äÇç ÇÉîÉJ Ççê ÅL ~ Åçåëíêìíçê~K cWUNUV RVVVL PRUQ OMMR 179111538

ADRIANOPOLIS - P

ëìáíÉëI ÅçJ ÄÉêíìê~I éáëÅáå~ É ÅÜìêê~J ëèK åç ~éíçK É ÇH ÇÉéÉåÇK ë~ä©ç ÇÉ ÑÉëí~ëI éáëÅK ÅÜìêê~ëè Çç ÅçåÇKAN ãáJ äÜ©çcWUUMQJNVRRLVNVQJ UNVM

379125218

PQ. DOS INGLESES - îÇç ~éíç O⁄

~åÇ~ê èìáí~Çç ÅL Pèíç ëä O~ãÄK Åçò Ö~ê N îÖëK oAOMMjáä cWVNNVJRTROL UNPMJROTS ÅL VQS

379125594

4 QUARTOS OU MAIS VIEIRALVES/ CD RES. GRANVILLE -

ALVORADA I - ~äìÖ~JëÉ

~éíçë åçîçë èíç ëä Åçò ïÅ Ñçêê~J Çç å~ ÅÉêßãK ÅL ë~Å~Ç~ oARRM •Öì~Läìò áåÅäìëç cWVOUVJQSORLVNVNJTOPT 379125016

OèíëI `Ç `ÉJ ãçå Eë~ä~ íÉêêÉçFoANãáäI `ÉåíêçI dì~á~å•ëIqçÅ~åJ íáåëI mè NMI fí~éì©I mè Ççë áåÖäÉëÉëI m~ìäç sf É Éã çìíêë ÅçåÇK ÇÉ O ÉP èíë VOMTJ RNRV

JOÃO BOSCO -

179125906

KARONE’S REDENÇÃO PRÓX AO CONJ. HILÉIA - êì~ Å~ê~ì~êáI âáíáåÉí

èíçI ÅçòI ïÅ éL Å~ë~ä ëL ÑáJ äÜçë çì ëçäíÉáêçE~F A QMM VNMVJMVPP çâìíWâ~êçåÉÛëJ `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

179125176

MONTE DAS OLIVEIRAS VDO CSA - íÇ~

ãìê~Ç~I ÅLÖ~êI ëäI ÅçòI ïÅI oAPMãáä cWPSOQJQVQQL VNOTJSVUO L VOOQJRPMP

179125913

2 QUARTOS 3R IMOVEIS CD. ALPINIA - J. PARADISO (TRANSF.) - OèíëI ëäI Åçò

ÅL ~êãK ÉãÄìíáÇçëI ïÅ åç ÄääáåÇÉñI ~êK ä~òÉê ÅçãéK ÅLéáëÅI èì~Çê~ Éëéçêí É ÅÜìêê~ëèI O⁄~åÇK oAUMMIMMI à• áåÅäìëç ç ÅÇ ÅL Ö•ë ÉåJ Å~å~ÇçK cWPRUQ OMMRL VNPV PPPN 179111547

CENTRO AV: 7 - É ÇìèìÉ ÇÉ Å~J

APARTAMENTOS ALUGUEL

ALVORADA 1 - ~äìÖç N ~é~êí~J

ãÉåíç cWVNTQJ TTUS

379124522

ÅL ~êãKI NîÖ ÇÉ Ö~êK ~êK ÇÉ ä ~ ò É êK o A N K M R M I M M cWVOOUJSRQSL UNUOJUOOQK

379124751

ELIZA MIRANDA - oì~ P í~åíç å~

Nø É QŸ Éí~é~I P⁄~åÇ~êI ~êãK å~ ÅçòK NŸäçÅ~´©çI ~ê ÇÉ ä~òÉê ÅçãéäK ANMMMIMM áåÅäK ÅçåÇçãáåáç cW UOPSJ SSNOLVOSUJMSVR ÅêÉÅá OVVN

379125502

GUAIANÁS - OèíëI ëä~I •êÉ~ ÇÉ

ä~òÉêI áåÅäìëç •Öì~I ëÉÖìJ ê~å´~ OQÜ cWUNOTJOPSQL VNVNJQMVR

179125823

IBIZA MORADA DO SOL - ~äìÖç ~éíç

åç NM⁄ ~åÇK ëÉãáJãçÄáäá~J ÇçI oAOãáä ÅL ÅçåÇçã∞J åáçI î~Ö~ ÇÉ Ö~êK ÅçÄI •êK ä~òÉê ÅçãéäÉí~ cWUNTUJ SQQULVNVVJOMPSLPSQSJ MPQV

379125051

PQ. SOLIMÕES - ^îK mK kÉÖê~ Oèíë

ëä Åçò ïÅ ãìê Ö~ê~Ö •êK ÇÉ ëÉêî oASMM cWUONOJ MRTU

379125465

VILA DA PRATA - O

èíçëI îê~åJ Ç ~ I Ö ~ êK c W P S T P J P N P S L VNNMJVUUS éêçñ K ~ê¨~ ãáäáí~ê

379124209

3 QUARTOS

FLORES - CD. VIVENDAS DA CIDADE - ^äìÖç ~éíç ÅL P èíçë ëÇç

N ëìáíÉI áãçîÉä åçîçI ÅçòK µíáã~ äçÅ~äáòK •êÉ~ ÇÉ ä~J òÉê ÅçãéäK oANKPMM `çåÇK áåÅäìëç cWVNVNJ PTVP

179125157

PQ DAS LARANJEIRAS - qçêêÉë ÇÉ

^åÇ~äìòá~I µíáãç ~éíçI P èíçë Eëì∞íÉFI O îÖëI ~åÇ~ê Ä~áJ ñç oANKUMMIMM cWPOPUJ SPVVLUUMPJSPVV `JNPM mc

379125647

PRAÇA 14 ALUGO APARTAMENTO -

Pèíçë ëL N ëíÉ ÅL ~êã•êáç Éã ÄìíáÇçIë~ä~ O ~ãÄáÉåíÉëI ïÅ ëçÅá~äI Åçò ÅL ~êã ÉãÄìíáJ ÇçI ¶êK ëÉêîI Éëí~ÅáçåK ÅL O î~Ö~ë oA NKPMM cWPOPUJ TNRO LUNOQ RTVVLUNMMJ OPPP

179125086

PROX. MANAUARA - Pèíë ëL N ëíÉK

säçê ~ ÅçãÄK cWPMUUJ OPMT

379125468

KITINETES, FLATS E APART-HOTÉIS ALUGA-SE KITINETES NO NOVO ALEIXO - Åçã ¶Öì~ áåÅäìëç oA

QMM êÉ~áë cçåÉW UNQSJ SVRP

179124750

ALUGO PQ. KIT NET - åç m~êèìÉ

NM oA ORMIMM cçåÉ WPOPSJNQQMLVNQRJTPNV

179125766

ARMANDO MENDES - ~äìÖ~JëÉ

âáíáåÉíÉ oAOMM éñK~ éê~´~ cWVNPSJPMQP

179125570

ARMANDO MENDES, PX AO FINAL DA LINHA - sÉåÇç µíáã~ sáä~ ÇÉ

Oéáëçë ÅçåíÉåÇç NO âáíáJ åÉíÉë ÅL êÉåÇ~ ÇÉ oAOKQMM ãÉåë~áë oANSMãáä cWVNPSJPMQPLUONPJNRRR

í¨êêÉç ãçÄáäá~Çç oANKNMM HÇÉéKÅ~ì´©ç cWPMUOJ MPSML VNPOJVUUOL UNQPJPRQV

179125610

C. NOVA NC II - ~äìÖç âáíåÉíÉ ÅL

179125281

ñá~ëI ~äìÖç P ~éíçëI O èíçë H ÇÉéÇëK cWVOMPJOPQQ

O Å∑ãçÇçëI ÑçêêI ÅÉêI ~êÉJ à~Ç~I ëÉÖìê~ oAQMM áåÅK •ÖLäìò VONPJPPTSLUNOSJ MNVO

COND. SÃO JUDAS TADEU - ~äìÖç

CIDADE DEUS - ÉëíßåÅá~ Oéáëçë

379125564

379125019

~éíç ëÉãáJãçÄK ÅL OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI î~ê~åÇ~ å~ëÅÉåJ íÉ P⁄ ~åÇ~ê oATRM êÉ~áë à• áåÅäìëç ÅçåÇçã∞åáç cWVOQTJNQQNLUNQOJSTOT 379125537

1 QUARTO

ELIZA MIRANDA - OèíëI î~êK Åçò

379125834

VILA LOBOS/P. NEGRA - îÇç äáåÇç

379125057

379124612

N⁄ Ü~Äáí~´©ç Ö~êK ~êK ëÉêîK éç´ç ~êíK Éã Ñáåç ~Å~ÄK µíáãç äçÅK oANKMRM cWUNQSJ VQRNLVVSTJMSVQ

CD.RIO MAR AV.CONSTATINO NERY - Éã ÑêÉåíÉ ~ç eÉãç~å Oèíë

~éíç OMQãO ÅL PëíÉëI ãçJ Äáäá~ÇçK ÉëÅêáíK îáëí~ éL ç êáçI ~ÅK Å~êêç òÉêçI Ñáå~åK Ä~åJ Åç çì é~êíáÅK UNTUJSQQUL VNVVJOMPSLPSQSJ MPQV

íç Oèíë Q⁄ ~åÇ~êI ÄÉã äçJ Å~äK cWUNOQJUPTULPSPTJ TMON

CD. BELVEDERE - ~äìÖç ~éíç ÇìéäÉñ

îÉåÇç ÅçÄÉêíìê~I QèíëI EOëíÉëFI PîÖëI éáëÅK éêáî~íK éêµñK `bjljI oA QUMãáäK ^ÅK cdqpI ``K cW POPUJ SPVVLUUMPJSPVV `JNPM mc 379125654

DISTRITO INDUSTRIAL - ~äìÖç ~éJ

CONJ. JOÃO BOSCO - ÉñK ~éíç íÇç

êÉÑçêã ëÉãáK ãçÄK Oèíçë ëåÇç N ëíÉI ïÅ ëçÅK ~êKëÉêîK ÇH ÇÉéÉåK Ö~êK ÅçÄKcWUUPRJ VROS

379125737

É S~éíçëIãìêK éç´ç ~êíÉëK íÉêêKNMñQM oARMãáäKlìíê~ Å~ë~ ^äÑêK k~ëÅáãÉåíç Pèíë oAONKRMM ÇÉëçÅìé cWVNMTJ NUSO

APTO NO SJRNEGRO - Éã ÑêÉåíÉ

ëÜçééáåÖ j~å~ì~ê~IPèíë ëÉåÇç NëíÉIÅçã ~êã~êáçë É ~LÅë oANKUMM H ÅçåÇ cWVOUOJRUSU

379124903

179125253

CIDADE NOVA II - ~äìÖç âáíåÉí å~

~îK íáãÄáê~ëI oAPRMIMM cWUNQQJNMRMLPSPSJPNROL UNMQJMNMU

379125292


2

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

JAPIIM - `çãìåáÇ~ÇÉ píŸ iìòá~

379124246

JAPIIM ALUG. - Nëì∞íÉIãçÄáäK PMM

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA 1 - oK

C ALEIXO - PèíëI éáëÅH ÇÉéI o~áò

PëíÉI Péáë AUMãáä g~éááã OéáëI mÉíêçéçäáëI ^äÉáñç É `~ëí~ åÜÉáê~ PèíëI ÉÇáÅìä~ É Ö~êI` bäáëÉçëI eáäÉá~I ÅK åçî~ É çìíêçë äçÅ~áë VOMTJRNRV

179124817

NOVO ALEIXO - µíáãç äçÅ~ä êì~

éêáåÅáé~ä PâáíáåÉíÉë Å~Ç~ N ÅLèíçIëäIÅçòKéç´ç ~êíÉëK qìÇç éçê oARPãáä cWPMUOJ MPSML VNPOJVUUOL UNQPJPRQV

179125904

C. NOVA/CAMPO DOURADO - îÇç Å~ë~

ÅL NëìáíÉI ëäI ÅçòI Héíç ÅçJ ãäI éç´ç ~êíK å~ éêáåÅK oARRãáä lìíê~ ÅL NëìáíÉI ëäI Å ç ò I Ö~ êI o A Q R ãá ä cWPNUQJRSMSLVPQTJNTVO

179125289

NOVO ISRAEL - îÇç O âáíÉåÉíÉë ALF. NASCIMENTO - îÇç Å~ë~ ÇÉ

~äîÉå~êá~ É ã~ÇÉáê~ EãáëJ í~F OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI íÉê UñOM ÅL •Öì~ ÉåÉêÖK éêµñK äçí~J ´πÉëI ∑åáÄ É Åçä¨Ö oASKRMM cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP

179124633

379124742

STº ANTÔNIO - ~äìÖç âáíáåÉíÉ éL

ALFREDO NASCIMENTO - Å~ë~ ÇÉ

379125403

TARUMÃ - ~äìÖç

âáíK ãçÄáäá~J Ç~ å~ ÉëíêK îáîÉåÇ~ îÉêÇÉ ÅL ëí ëä~ ÅçåàìÖK É Ö~êK oAQRMIMM âáíK ÅL ëíK ëä~ ÅçåàìÖK oAPRM ÅL Éëí~ÅáçK N⁄äçÅK cWPOPQJTTQSL VOSUJ OMTU 379125053

TERRA NOVA/MANOA - îÇç îáä~ ÅL

U âáíåÉíÉë ÅL ë~ä~ èíç Åçò ïÅ Å~Ç~ ìã å~ ÅÉêßã Ñçêê ãìê Ö~ê~Ö íÉêêÉåç NMñPR oASRãáä cWVNSTJUVMML UNVNJ VNTP 379125531

~ cáJ ÖìÉáêÉÇç îÉåÇç éçìë~Ç~L ÜçíÉä éLíìêáëãç É éÉëÅ~IÅL NO~éíëI ~êI ÑêáÖçÄ~êI éäÉåç ÑìåÅáçå~ãåÉíç oAORMãáä cWVNVUJUNPVLUUPQJPUSV

VILLA DE BALBINA - éêçñK

379125008

CASAS COMPRA E VENDA

Éëèìáå~ èíçIë~ä~IÅçòK mñK~ éêáåÅáé~ä oANUãáä cWVPOUJ MMVML VOTUJPMQML VNUMJ TMOQ

379125137

C. NOVA/RAIO DO SOL - Å~ë~ ÅL èíçI

ë~ä~I ÅçòI ïÅI íÉêê NOñOO éä~åç éêµñK ÇÉ Åçä¨Öáç É ∑åáÄìë ëçãÉåíÉ ~ îáëí~ oAOOãáä ~ÅK éêçéK cWVNUOJMOTMLUNROJVSMQ

379125097

C.ANTÔNIO ALEIXO - îÇç Å~ë ã~Ç

179125311

ÅLëäI èíçI ÅçòI íÉêêWNMñPM éLéíKÅçãÉêÅI éñWëé~I NOãáä VOVRJUTPPLVNVPJOQNV

ALFREDO NASCIMENTO - Å~ë~ ÇÉ

CAMPO DOURADO - ~ç ä~Çç Çç ÅàK

379124471

179125389

çëï~äÇç Ñêçí~I éÉèK Å~ë~ ÅLN ÅçãI ïÅI ÅçòI ÅÉêI ÑçêI Öê~ÇI çíáãç äçÅ~äI oAOOãáä cWVNPTJPPMNLUNMOJPPTUL UUNPJPSPR

ALFREDO NASCIMENTO - îÉåÇç î•J

CAMPO DOURADO - Å~ë~ ÇÉ ÉëJ

ã~ÇÉáê~ èíçIëä ÅçòKïÅ mñKÇ~ ÑÉáê~ oAVãáä lìíê~ ÇÉ ã~J ÇÉáê~ oANOãáä cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

êá~ë Å~ë~ë UãáäINMãáäINOãáä NRãáäINUãáäI OMãáä íÉêêKUñOR cWVOTUJPMQML VOURJQSNQ

179125392

AMAZ. MENDES - Å~ë~ ~äîÉåK ÅL

èíçI ëäIÅçòI ïÅI ãìê~Ç~ Héíç ÅçãÉêÅK éêçñ ~ç qQ oAPNãáä cWUNVUJRTMRLVORQJQQUS

379125740

AMAZ. MENDES/MUTIRÃO - îÇç Åë~

ÇÉ ~äîK ÅL Oèíë ÑçêêI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉêHéíç ÅçãäK å~ ÑêÉåíÉI íK UñOM éä~åçI ãìê~ÇçI Ö~êK éñK ~ ÑÉáê~ PVãáä ëµ ~ îáëJ í~ VOOMJOMQRLVOQRJ PTSP 379124735

1 QUARTO

CIDADE DE DEUS - îÉåÇç íÉêêKãÉÇK

379124730

ÄÉíßåá~ Åë~ ãÉÇKTñNVK íçÇ~ å~ ~äîÉå~êá~I íÉêêK ãÉÇKNOñOTI ÅLR âáíK íçÇçë ÅLïÅ oA UM ãáä cWVNURJSMQPK

Åë~ä ëL ÑáäÜçë çì ëçäíÉáêç oAPUM cWVONUJOVRML PSTPJRQNM

BEIJA-FLOR II - Éã Åçåëíêì´I íÉêê

~äîÉåK ÇÉëçÅìéK ë~ä~I èíçI ÅçòI ïÅI íÉêê UñNQ éä~åç éêµñ ~ êì~ Çç Åçã¨êÅáç É äáåÜ~ ÇÉ ∑åáÄìë oANOãáä cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP

179125867

ÅL OÅçãçÇI Ö~êI oAQRM cWUORPJSMUPLUURRJSSRP

379124743

BRAGA MENDES - îÉåÇç Å~ë~ ÇÉ

é~êíK É ïÅ ÇÉåíêçIÖê~ÇK ÇÉ Éëèìáå~IéñKÇ~ áÖÉà~ ë~åí~ ~å~ oAQRãáä cWVNOTJ PMOQ

P. DAS LARANJEIRAS - ~äìÖç âáíI

379124880

179124393

179125006

MONTE SIÃO - Q~éíçë ÅLOÅçãJ

379125523

CIDADE DE DEUS - îÇç Å~ë~ ÇÉ

NOñON oATRãáä cWVOOMMPNN

cWPOPTJTRQNL UUOUJQPUV

Öê~Ç ëÉãáJãìê~Ç~ íÉêê MVñOR ÇÉëçÅìé~Ç~K oANUKRMM cWVNSTJUVMMLUNVNJ VNTP

ÇÉ áãµîÉáë ~ j^pqbo fjþJ sbfp îÉåÇÉI ~äìÖ~I ~ÇãáJ åáëíê~ ëÉì áãµîÉä ÅL ëÉÖK ÅêÉÇáÄáäáÇ~ÇÉK ^î~äá~ãçë Öê•íáë UNRMJORPOLVNPS TVUR

ATENÇÃO PROPRIETÁRIOS -

éñK ~ íÉѨ îÇç N îáä~ ÅL Q âáíáåÉíÉëI íçÇçë ~äìÖ~Ççë oARRãáä H O Å~ë~ë åç ãÉëãç íÉêêK í~åÅêÉÇç åÉJ îÉë oARMjáä cWVNTPJROPU

AMAZONINO MENDES - ëä~ èíç Åçò

ïÅ Ö~ê èìáåí~ä ãÉÇUñOM ãìê Öê~ÇÉ~Ç~ éêçñK ~ç qQK ^ÅK ãçíç Åçãç é~êíÉ åç é~J Ö~ãKVNUUJRURULUNNVJ RPRT

379125093

ARMANDO MENDES - _ç~ `~ë~ ÅL

NèíçI ëä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI qÇ~ å~ ÅÉêßãI ÑçêêI s~ê~åÇI íÉêêKUñOR cêìíÉáê~ë oAPRãáää cWVNPSJ PMQP UONPJNRRR

179125590

379125510

èìáå~ íÉêêKNMñPM éä~åç èíçIëä ÅçòKïÅIÖê~ÇK oAPQãáä cWVNNU MNTPL UNQNJVTUR

179125777

CASA OURO VERDE - O ÅçãçÇçë

N ~äîÉå~êá~ ÅÉêßãáÅ~I ïÅ éçêí~ë à~åÉä~ë Ç ÑÉêêçI çìJ íêç ã~ÇK íÉêê MTñNR ãìê EÄÉÅçF oANTKRMM îÇçLíêçJ Åç Å~êLãçíç cWVNOOJ OMPO

~äîÉå~êá~ ÅL Oèíë ëÇç NëìáíÉI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅI íÉêê UñNO ãìê~Çç éêçñK ~ fÖêÉà~ Ççë jçêãçë äáåÜ~ ∑åáÄìë oAONãáä cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP UñPM oAUãáä lìíêç íÉêêKNOñOR NPãáä cWVPOUJMMVML VNUMJ TMOQ

179125438

CIDADE DE DEUS - îÉåÇç î•êá~ë

Å~ë~ë RãáäITãáäINMãáäINRãáä É OMãáä íÉêêKUñOR cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125391

CIDADE DE DEUS/ PRINCIPAL ÔNIBUS - Å~ë~ ÇÉ ~äîK ÇÉ ÉëJ

èìáå~ íÉêê UñOM oANUKRMM cWVNUMJ TMOQL VORVJ SPMML VOQTSPMM 179125896

CIDADE DO LESTE - îÇ çì íêçÅç ÅëI

Pèíë ÅçòI ïÅI íÉêê NMñOM VPMNJSQQNLVPQNJSONN

379124606

CJ. NOVA CIDADE - èìáí~Ç~K éêµñK

~ kÉé~ä Å~ë~ ÇÉ ~äîÉåK ÅL OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI Öê~ÇI éáëÅáå~I íÉêê UñNS ãìê~J Ç~I Ö~ê~ÖK oAPRãáä cWVOOMJOMQRLVOQRJ PTSP

379124736

CJ.JOÃO PAULO - å~ éêáåÅáé~ä Ççë

∑åáÄçë ëäIÅçòK íçÇ~ å~ ÅÉêK èíç Ñçêê~Çç oAOVãáä cWVNOTJ PMOQ

179125883

Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ íÉêê NMñQM AOUjfi ÑWPSRQJQOSMLUUMVJQOMR

COL. ANT. ALEIXO -

379125195

COMPRO E VENDOSUACASA- `àK gç©ç

m~ìäç Å~ë~ çêáÖK ëäI èíçI ÅçòI oANVKVMM gK qÉáñÉêá~ Q⁄ ÉíK ÅáÇ~ÇÉ ~äí~ íÉêê UñOM ÅL ÅçåëíêK ÅçÄÉêí~ ÇÉ ~äîK oATKVMM cWVNRSJPNQVLUOOQJ VMUU

379125190

FAZENDINHA - îÉåÇç î•êá~ë Å~ë~ë

TãáäINMãáäI NOãáäI NRãáäI NUãáä É OMãáä cWVOTUJ PMQML VOURJ QSNQ

179125384

FCA MENDES II - O Å~ë~ë åìã íÉêêI

N ãáëí~ ÅL èíçI ëäI ÅçòI ïÅ H éíç ÅçãäK É N âáíåÉíÉ ~íê•ë ÅL ïÅ íKUñOR ãìê~ÇçI éä~J åç éñK ^îK dK `áêÅìä~ê ONãáä cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP

379125448

379124740

CASTANHEIRA - ~ç ä~Çç Çç `àK`~ëJ

GRANDE VITÓRIA - _çã íÉêêK ãÉÇK

í~åÜÉáê~ å~ ~îKéÉåÉíê ~´©ç Å~ë~ ~äîK èíIëäIÅçòKïÅ å~ ÅÉêK å~ ä~àÉI∑åáÄìë å~ éçêí~ ÇÉëçÅK éçÇÉåÇç Åçåëíêìáê åç O⁄ éáëçK oAOOãáäKcWUNNQJNTPRL VNSNOQNT

179125235

CID. DE DEUS - ëì∞íÉI ëäI ÅçòK ÅL

éçåíç `çãÉêÅá~äI Öê~ÇÉ~J Ç~I íÉêUñOMI ÅÉêßãáÅ~ oAORãáä ^ÅK éêçéçëí~ K cWUNQPJTPUULVNMRJOOSP

379125162

CIDADE DE DEUS - Å~ë~ èíçIëäIÅçòK

ïÅ oANPãáä lìíê~ ÇÉ ~äJ îÉåK oANRãáä cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125387

NRñOM åç Ñáå~ä Ç~ êì~I éÉèK Åë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~I ÅL Å~ÅáåJ Ä~ ÇÛ~Öì~ Eéä~åçF oAVãáä ~ÅK éêçéçëí~ cWVOSNJUVPV

179125874

GRANDE VITÓRIA - Å~ë~ ÇÉ ~äîK

OÅ∑ãçÇçë ÅL íÉêêK ãÉÇKTñNMM ÅLÇáîÉêë~ë ÑêìíÉáê~ë oANRãáä cWUNNQJNTPRLVNSNOQNT

179125249

ÇÉ ~äJ îÉå~êá~ ÅL N Å∑ãçÇç ãÉÇ QuQ ÅL Oéí~ë É O à~åÉä~ë ÅL Öê~ÇÉë ÇÉ ÑÉêêçI íÉêêK éä~J åç UuPMI ÇÉëçÅìé~Ç~I åç ~ëÑ~äíçI oANNãáä K cWUNNQJ NTPRLVNSNOQNT

GRANDE VITÓRIA - `~ë~

179125233

GRANDE VITÓRIA - éêµñáãç ~çë

∑åáÄçë É äçí~´©ç Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ íÉêêK UñOT oANPKRMM cWVNOTJPMOQ 179125870

GRANDE VITÓRIA - saI

`p ab j^aI O `ljmI qboo UuOM oATKRMMIMM VPMNJSQQNL VOPNJPRTU

379124603

GRANDE VITÓRIA - îÇç Å~ë~ ÇÉ

~äîÉå~êá~ ÅL ë~ä~I èíçI ÅçòI ïÅI íÉêê UñPM éêµñK ~ç _~J ê~í©ç Ç~ `~êåÉ É äçí~J ´πÉë oA Tãáä cWVOOMJ OMQRLVOQRJPTSP

379124732

GRANDE VITORIA - sÉåÇç Å~ë~

ÅLëä~IèíçIÅçòIïÅIíÉêêK UñOR ÅL~ëÑ~äíçK•Öì~ É äìò oAOOãáäK VSMNJOTTNL PMUUJUQPU Å URT

179125275

GUSTAVO NASCIMENTO - Å~ë~ ëäIÅçòK

JORGE TEIXEIRA 4º ETAPA - Å~ë~ ÇÉ

~äîI ëä IèíI ÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI Öê~Ç íÉêê UñOR éñ ~ éêáåÅáJ é~ä oAOMãáä cWVNUMJ TMOQL VORVJSPMML VOQTJSPMM 179125881

JORGE TEIXEIRA 4ºETAPA - Å~ë~ Éã

Åçåëíêì´©ç íÉêêKUñPM èíçIëä ÅçòK HÅ~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ ~íê~ë oANPãáä cWVPOUJMMVML VOTUJ PMQML VNUMJTMOQ

179125324

JORGE TEIXEIRA 4ºETAPA - Å~ë~ èíçIëä

ÅçòKïÅ íÉêêKUñOR íçÇ~ å~ ÅÉêK Öê~ÇK oAOMãáä cWVPOUJ MMVML VOTUJPMQML VNUMJTMOQ

179125322

JORGE TEIXEIRA 4ºETAPA - Å~ë~

èíçIëäIÅçòKïÅIíçÇ~ å~ ÅÉêK Öê~Ç íÉêêKUñOR ÄÉã äçÅ~J äáòK oAOMãáä cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125385

ïÅ ÇÉ ã~ÇÉáê~ íÉêêKUñOR ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ oANPãáä mñK~ç qJQ cWVPOUJMMVML VOTU PMQML VNUMJTMOQ

JORGE TEIXEIRA 4ºETAPA - îÉåÇç

GUSTAVO NASCIMENTO PX.T-4 - Å~ë~

179125374

179125326

ãáëí~ ÅLëäIèíçIÅçòKïÅíÉêêK TñOM oANPKRMM lìíê~ gKm~ìäç éñKãÉêÅ~ÇK é~ê~å• ëäIèíçIÅçòK oANPKRMM cWVNOTJPMOQ

179125869

J. TEIXEIRA 2ª ET - Å~ë~ ã~ÇÉáJ

ê~ éêµñáãç ^îK qçé•òáçI Åçä¨Öáçë É Å~áñ~ Ç~ ~Öì~I íÉêêÉåç éä~åç ãÉÇKUñPM oANSãáä cWVNRMJ UMRS

379125048

J.PAULO - éñKãÉêÅKé~ê~å• ~äîK

ÅLNÅçãéêíK ãÉÇKRñS íÉêêK UñOR oAUKUMM çìíê~ åç Ñ~òÉåJ ÇáåÜ~ éñKÉëí~´©ç Çç ÉñÉJ Åìäíáîç ~äîK NÅçãéêíK íÉêêKQñOM oAUKRMM cWVNOTJPMOQ

íÉêêÉåçë ãÉÇK SñOR Å~Ç~ oASãáä Å~Ç~ çì íçÇç ãÉÇK NOñOR oANOãáä cWVPOU MMVM VOTU PMQML VNUMJTMOQ

JORGE TEXEIRA 3º ET. - îÇç Å~ë~

PèíëHNâáíåÉíÉ åç ãÉëãç íÉêêÉåç oAQRãáä ÑçJ åÉëWPSUOJQUQSLVNRRJ NRPM

379125457

LIRIO DO VALE PROX. A FEIRA - îÉåÇç

Å~ë~ ÅL ë~ä~I Nèì~êíçI ÅçJ òáåÜ~I ïÅI ~äîÉå~êá~I éáëç îÉêãÉäÜ©ç oANUãáä VNUQJ PUTR

379125773

M. OLIVEIRAS - éñ ^îK jìä~íÉáJ

êç ãK îá~ÖÉã îÇç Åë~ ~äîK ÅL O Å∑ãçÇçëI ïÅI ÅÉêI íK NMñPM ∑åáÄìë å~ éçêí~I ÇÉëçÅK OQãáä ëµ ~ îáëí~ cWVNUOJMOTMLUNROJVSMQ

179125871

379125130

J.PAULO 2 - ÅLNëäI NèíçI ÅçòI ïÅI

M. OLIVEIRAS - îÉåÇç Å~ë~ë ÇÉ

Ö~ê ÅçÄÉêíI é•íáçI Éåíê~Ç éLOêì~ëI ãÉÇWNMñOR Ä äçJ Å~äáòK ÇLÉëèìáåI íáíKÇÉÑáåáíI VNQPJPUOPLUOOOJRQTN 379125441

~ç kçî~ `áÇ~ÇÉ îÇç Å~ë~ ÅL ë~ä~I èíçI ÅçòI ïÅI Öê~ÇI ÅÉê~ãI µíáJ ãç äçÅ~ä oAPRãáä VPNVJ UOTQ

JOÃO PAULO - éêçñK

379125797

JOÃO PAULO - îÉåÇç Å~ë~ å~ êì~

éêÉÅáçë~ å∫ãÉêç QM cWVNMMJ NPPN

379123499

JORGE TEIXEIRA - îÉåÇç î•êá~ë

Å~ë~ë RãáäINMãáäINPãáä NRãáä OMãáä cWVOTUJPMQML VOURJ QSNQ

179125393

JORGE TEIXEIRA 1ºETAPA - Å~ë~

NèíçIëäIÅçòKïÅIíÉêêKUñOR mñK~ç ÑìñáÅç É ÅÉåíêç ëçÅá~ä oAPOãáä cWVPOUJMMVML VOTUJ PMQML VNUMJTMOQ

179125318

JORGE TEIXEIRA 1ºETAPA - Å~ë~ ÇÉ

ã~ÇÉáê~ ëäIèíçIÅçòK ÄÉã äçÅ~J äáò~Ç~ oANSãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

179125372

JORGE TEIXEIRA 3ºETAPA - Å~ë~ ëäIèíç

ÅçòKïÅIíçÇ~ å~ ÅÉêKÑçêêK NPãáä cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125388

~äîÉå~êá~ëK oANMãáäI NUãáäI ORãáä ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ëI éêçñ ~ç ëìéÉêãK î~êáÉÇ~ÇÉë cWVOPOJ RPUU

379125141

MAUAZINHO II - Å~ë~ ~äîK ÇÉ ä~àÉ

O éáëçë ÅL ëäI èíçI ÅçòI ïÅI Éã Ä~áñç É Éã Åáã~ H N éíç Åçãä å~ ÑêÉåíÉ ÅL ïÅI ÇÉJ ëçÅK í UñNR éñK äáåÜ~ ÇÉ ∑åáÄK OQãáä VOOMJOMQRLVOQRJ PTSP

379124738

MONTE DAS OLIVEIRAS - ^qbkJ

†Íl>>> sÉåÇç P Å~ë~ë åçë î~äçêÉë ÇÉ oANNãáäINOãáä NSãáäKcW VOPTJQTNTL PPQOJQMQR

179125343

MONTE DAS OLIVEIRAS - å~ éêáåJ

Åáé~ä ÅL Pèíë ëäKÅçòIïÅI ÑçêêI ÅÉêI íÉêê UñOM oAPOãáä É çìíê~ ÅL Pèíë oAPMãáäcWVNMTJ NUSO

179125258

MONTE OLIVEIRAS/TERRA NOVA -

îÉåÇç Å~ë~ë ÇÉ ~äîK oANMãáäI NUãáäI ORãáä ÄÉã äçÅ~äáJ ò~Ç~ë cWVOPOJRPUULVNRPJ MSQQ

379125139

MONTE PASCOAL - Å~ë~ NèíçIëäIÅçòK

ïÅIÖê~ÇKãìê~Ç~IíÉêêKVñOM ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ éñKpm^ POãáä cWVNNUJMNTPL UNQNJVTUR

179125615

ã~J íÉêåáÇ~ÇÉ Çç Ö~äáä¨á~ ëäIèíç ÅçòKïÅIéç´çI Öê~ÇK ãìêK íÉêêK VñOM oAPNãáä cWVNOTJP MOQ

NOVO ,ISRAEL - Å~ë~ Åçã N èíç

MONTE PASCOAL - îÉåÇÉJëÉ Å~ë~

NOVO ISRAEL - îÉåÇç Å~ë~ ÇÉ

379125720

NOVO ISRAEL - îÉåÇç Å~ë~ ÇÉ

MONTE PASCOAL - mêµñK~

179125877

~äîÉåK ÅL ë~ä~I èíçI ïÅI íÉêê VñOR éä~åç êì~ ~ëÑ~äí~Ç~I µíáã~ äçÅ~äáò~´©ç oAOQãáä cWVNNVJMPSSLPMUOJMMSP

N. CIDADE - îÉåÇç çíáã~ Å~ë~

ÅLNèì~êíçI N ëìáíÉI ë~ä~I OïÅI Ñçêê~Ç~I ÅÉê~ãáÅ~I ãìê~J Ç~I éÉêíç Çç ~äìãáåáçI oATRãáä èìáí~Ç~I éêçñ ~ ÑÉáê~ cWVORUJOUNU 379125764

N. SRA DE FATIMA 1 - éñWÑÉáê~ Ç~

ÄçåÇ~ÇÉI îÇç Å~ë ÅLèíçI ëäI ÅçòI ïÅI ÇÉëçÅI é~êÅ ãìêI íÉêêWUñPRI NRãáä UNVQJ MTSMLVNOVJUTNV

379125567

N. SRA. FÁTIMA - O

`~ë~ë ÇÉ ~äîÉå~êá~ åç íÉêêÉåç ëµI ãìê~Ç~I éñK Ç~ éêáåÅáé~äI oAOTIRMMK cWVNUMJ TMOQL VORVJSPMML VOQTSPMM

179125889

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA I - Å~J

ë~ èíçIëäIÅçòKïÅ mñKéêáåJ Åáé~ä ÇÉ ∑åáÄçë Héçåíç ÅãäK oAOUãáä cWVPOUJMMVML VOTU PMQML VNUMJTMOQ

179125353

NOSSA SRA. DE FÁTIMA II - îÇç Å~ë~

ÇÉ ~äîÉåK RñS ÅçÄÉêí~ ÅL íÉäÜ~ ÇÉ Ä~êêçI ïÅ ÇÉ ä~àÉI íÉêê UñOR éä~åçI éêµñK ~ ^îK éêáåÅáJ é~ä oANRãáä ëµ ~ îáëí~ cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP

379124734

NOVA CIDADE - îÉåÇÉJëÉLíêçJ

Å~K säçê ~ ÅçãÄK VOMQJ UMRRK

379125073

NOVA CIDADE / JOÃO PAULO - Å~ë~

NèíçIë~ä~IÅçòKïÅ å~ éêáåJ Åáé~ä å~ ÅÉêK Ö~êK oAOTKRMM cWVNNUJMNTPL UNQNJVTUR

179125614

NOVA CONQUISTA - _ç~

Åë~ ÇÉ ~äîK ÅL NèíI ëäI ÅçòI î~êI Öê~ÇI íÉêêKUñOR ^ÅK mêçë~ãáã oAOUKRMM cWVNPSJPMQPL UONPJNRRR

179125619

NOVA ESPERANÇA II - îÉåÇÉJëÉ

O Å~ë~ë å~ oì~ d~ã~ c~êá~ë å⁄ NO oAPRãáä ~ÅK éêçéK cWVOMOJRSUOLUOSPJOTQU

379124531

NOVA ESPERANÇA VENDE-SE - N Å~ë~I

oAQOKMMMãáä cçåÉWUNSNJ ONVSLVNVOJUSPU

179125574

NOVA FLORESTA - Å~ë~ èíçIëä ÅçòK

íÉêêKSñSM ïÅ oANOãáä cWVPOUJ MMVML VOTUJPMQML VNUMJ TMOQ

179125312

NOVA FLORESTA - îÉåÇç î•êá~ë

Å~ë~ë RãáäIUãáäINMãáäINRãáä NUãáä íÉêêKUñOR cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125395

NOVA VITÓRIA - Å~ë~

ã~ÇÉáê~ ëäIèíçIÅçòKïÅIíçÇ~ Ñçêê~Ç~ ÇÉ ms` oANOãáä VPOU MMVM VOTU PMQML VNUMJTMOQ

179125373

ëä~I ÅçòI ïÅI ÇÉ ~äîÉå~êá~ oANOIRMMI NPIRMMINQãáä cWVNNUJ RURNLPSRNJNQMTK

179125541

~äîÉå~êá~ ÅLëä~IèíçIÅçòK íÉêêK TñOM oANPKRMM cWVNSNJ SVMM VVTQJPTQP

179125635

~äîÉå~êá~I ÅL Q ÅçãçÇçëI åçîáåÜ~I íÉêêÉåç NMñPMI ÅLP éÉë ÇÉ ÅçèìÉáêçI ~êÉ~ éL Ö~ê~ÖÉãI oAPRãáä cWVOPOJRPUU 379125140

PIORINI - íÉêê NMñPM ãìêI éä~J

åçI ∑åáÄìë å~ ÑêÉåíÉ oANVKRMM cWVOQRJQNMO

179125830

Å~ë~ ÇÉ OéáëçëI ëÉåÇç O Å∑ãçÇçë Éã Åáã~ É O Éã Ä~áñçI éêçåí~ éL ãçê~êI íÉêêWUñPM oARMãáä cWVNRUJUVUV

PQ DAS NAÇÕES - îÇç

379123786

REDENÇÃO - Å~ë~ ãáëí~ íÉêê VñPR

oAPNãáä oì~ _~ਠå⁄ NQSS éêµñK ÇÉ íìÇç cWVSMUJ RMTM

379124426

RIACHO DOCE II - îÉåÇç Å~ë~ ÇÉ

~äîÉåK ÅL OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~ê~ÖI éç´ç ~êíÉëI íÉêê MUñOR éä~åç oAPUãáä éêµñK ~ ÅçJ ä¨ÖáçI ãáÅêç É ∑åáÄìë cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP 379124739

RIO PIORINI - Nèíë ëLNëíÉI ëäIÅçòK

ïÅIÅÉêK Ñçêê~Ç~I íÉêêÉåç NMñOR oAOMãáä lìíê~ NèíIëäIÅçòKïÅ íÉêêKNMñOR oANRãáä cWVNMTJ NUSO

179125256

RIO PIORINI - Å~ë ÅLNèíçI ëä Éëí~êI

ÅçòI ïÅI íÉêêWTñOQI éñWÖKÅáêÅìä OI éÉñáåÅÜ~ VNQPJPUOPL UOOOJRQTN

379125415

Å~ë~ ÅL Nèì~êíçI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI íÉêêKUñOMI éç´ç ~êíÉòá~åçI ~ÅÉáíç Å~êêç É êÉëíç Éã ÇáåÜÉáêçI oANTãá�� cW VORU OUNU

RIO PIORINI - îÉåÇç

379125778

RIO PRETO DA EVA - íÉêêÉåçë ÄÉã

äçÅ~äáò~Ççë å~ êì~ Çç qÜÉêã~ë íçÇç äÉÖ~äáò~Çç NMñOR ëáå~ä ÇÉ oARãáäH é~êÅK cWVNQNJVNPMLUOPRJRPOOL PSPSJPNMRLUNOOJTOMU

379125411

SÃO JOSÉ II - Å~ë~ Oéáëçë NèíçIëäI

ÅçòKïÅIÖ~êKPÅêë •êKëÉêîK íçÇ~ å~ ÅÉêK ÑçêêK ãìêK mñK~ Öê~åÇÉ ÅáêÅìä~ê oANSMãáä cWVPOU MMVM VOTU PMQML VNUMJ TMOQ 179125381

T. NOVA - îÉåÇç Å~ë~ Nèì~êJ

íçI ë~ä~I ïÅI ãÉÇK UñOM oANOKRMM cWVORU OUNU 379125755

TERRA NOVA - Å~ë~ NèíçI ëäI ÅçòI

ïÅI Ö~êK íÉêUñNSI ~ îáëí~ oAORãáä çì Ñáå~åÅáç ÉåíêK oAOKRMMIMM H éêÉëíK ÇÉ oAOTRIMM cWPMUUJNUVML VNMQJVPVSLPMUNJOMQR 379125025


3

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

1 QUARTO TERRA NOVA - îÉåÇç î~êá~ë Å~ë~ëI

oANMãáäI oANOãáäI oANQãáäI oAORãáäI éêçñáãç ~ç ÅçJ äÉÖáç ^å~ `Éã~ cWVOPOJ RPUULVNTPJ MSQQ

379125143

TERRA NOVA 3 - éñWíÉêãáå QRU

É ÉñÉÅìíáîçI éíK ÅçãÉêÅ ÅL OéçêíKÉåêçä~êI íÇ ä~àI NèíçI OïÅI ëä Éëí~êI ÅçòI Ö~êK ãìêI cWVNQPJPUOPLUOOOJRQTN 379125409

TERRA NOVA II - Å~ë~ ~äîÉå~êá~

ë~ä~Ièì~êíçIÅçòáåÜ~IÇÉëçJ Åìé~Ç~I íÉêêKUñOM oANQKRMM cWVNOTJPMOQ

ZUMBI - Å~ë~ èíçIëäIÅçòKïÅI •êK

Åçåëíêì∞Ç~ oANSãáä mñK~ éêáåÅáé~ä oANSãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

179125371

íáéç ~éíç Éã ~äîÉå~êá~ ÅL O Å∑ãçÇçëI ïÅ áåíÉêåçI éñK gìåáçê j~íK `çåëíêKE åç ÄÉÅçF oANRãáä VNOPJSOQSLUONPJNRRR

ZUMBI - `~ë~

179125602

ZUMBI - sÉåÇç

âáíáåÉíÉ Éã ~äîÉå~êá~ å~ ÅÉêßãáÅ~I Ñçêê~Çç ÅL éÉèK íÉêêÉåç E åç ÄÉÅçFI oASãáä VNOPJ SOQSLUONPJNRRR

179125601

179125880

TERRA NOVA III - Å~ë~ ÅLèíçI ëäI

ÅçòK ïÅI íçÇ~ Ñçêê~Ç~ Héçåíç ÅãäK oAPRãáä cWPSRNJ NQMTL VNNUJ RURNK

179125566

VAL PARAÍSO - Å~ë~ èíçIëäIÅçòK

íçÇ~ ÑçêêK å~ ÅÉêK •êKëÉêîK mêµñKÇ~ éêáåÅáé~ä oANUãáä cWVPOUJMMVML VOTUJPMQML VNUMJTMOQ

179125382

VAL PARAÍSO - Å~ë~ èíçIëäIÅçòKïÅ

oAUãáä íÉêêKUñOR lìíê~ ÇÉ ~äîK oANUãáä cWVOTUJ PMQML VOURJ QSNQ

179125383

VAL PARAISO - îÉåÇç î•êá~ë Å~ë~ë

RãáäITãáäINMãáäINOãáä NSãáä NUãáä íÉêêKUñOR cWVOTUJ PMQML VOURJQSNQ

179125396

VAL PARAÍZO - îÉåÇç Å~ë~I NèíI

ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI Öê~ÇI ÅÉJ ê~ãI éñ ~ éêáåÅáé~ä oAOMãáä cWVNUMJTMOQL VORVJSPMML VOQTSPMM 179125898

VERSALLES VILA - NèíëI ëäI ÅçòI

ïÅI ÅL éç´ç ~êíK íÉêê VIRñOR éä~åç oANMMãáä cWUNTPJ SPNT ÅêÉÅáOMRN 179125900

ZUMBI (BECO) - Äç~

Å~ë~ ÇÉ ~äîÉå~êá~ ÅLëäIèíçIÅçòK~ç ä~Çç Çç Åçä¨Öáç íÉêêKUñNR oANOãáä cWVNPSJPMQP 179125565

2 QUARTOS

3R IMOVEIS CD RES LARANJEIRAS (P. DAS LARANJEIRAS) - Oèíë ëåÇ NëíI

î~êI à~êÇáãI Åçò ÅL ~êã•êáJ çëI ~êK ëÉêîI ~êK ä~òÉê ÅçãéäÉí~I ORMã ÇÉ ~êK Åçåëíêì∞Ç~K oARRMãáä ~ÅK Ñáå~åK cWUNNT NVUSL PRUQ OMMR 179111534

3R IMOVEIS CD VALA LÍRIOS - OèíëI

ëäI ÅçòI Ö~êI íÉêêK UuOMK oANQMãáä cWUNUV RVVVL PRUQ OMMR 179111532

3R IMOVEIS CD VILA CIDADES (CIDADE NOVA II) - îÇç Å~ë~ OèíëI

ëäI ÉÇ∞Åìä~ ÅL Åçò ÇÉ ~éçáçI ÅÇ ÑÉÅÜ~ÇçK oANSMãáä èìáí~Ç~K ^Å Ñáå~åÅá~ãÉåJ íçK cWUNNT NVUSL PRUQ OMMR

179111550

3R IMOVEIS CD. AUTO DE FLORES - Oèíë

ëåÇ N ëì∞íÉI ëäI àÇI ~êK ëÉêîI ÅÇ ÑÉÅÜ~ÇçI ä~î~ÄçI ~êK ä~òÉê ÅçãéäK oAORMãáäK ^ÅK ÑáJ å~åÅK éÉä~ `u cÉÇÉê~äK VNOV SOUTL PRUQ OMMR 179111559

3R IMOVEIS CIDADE NOVA 5 - O ëíÉë

ÅL Ä~åÜÉáê~ ÅL ÜáÇêçI ëä ~ãéä~I Åçò Éëíáäç ~ãÉêáÅ~å~I éáJ ëÅI ÅÜìêê~ëèI Ö~ê éL O Å~êI ÅÉêÅ~ ÉäÉíI íÇ ãìê~Ç~K oAOOMãáä ^ÅK Ñáå~åÅK cW UNNT NVUSL PRUQ OMMR

179111552

3R IMOVEIS CJ VIEIRALVES - MO èíçëI

ëäI ÅçòI íÉêêÉåç NMñOMK oAPUMãáä ^ÅK cáå~åÅá~J ãÉåíçK cWUNUV RVVVL PRUQ OMMR 179111548

3R IMOVEIS CONJ. NOVA FRIBURGOP.10 - OèíçëI ëÇ NëíÉI ëäI à~êÇK

~êãK å~ ÅçòáåÜ~I •êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´çI Ö~ê~ÖI éLO Å~êêçë éçêíK ÉäÉíêçåK oAPPM ãáä VNOVJSOUTLPRUQJOMMR

179111553

ALF. NASCIMENTO - Å~ë~ ~äîÉåK

ÅL R Å∑ãçÇçëI ÑçêêI ÅÉêI ãìê PQãáä ãçíK îá~Ö VNVSJ TNVR 379124896

ÇÉ aÉìëK îÉåÇç Å~ë~ ÅLOèíëI ë~ä~I ÅçòI oANSãáäI çìíê~ åç ~äÑK å~ëÅáãÉåíç ÇÉ oANRãáä cWVOPO RPUUL VNTPJMSQQ

ALF. NASCIMENTO - `áÇ~ÇÉ

379125150

AMADEU BOTELHO - íê~åëÑK Å~ë~

OèíëI Oë~ä~ëI ÅçòáåÜ~I ïÅI •êK ëÉêîK Ö~ê~ÖK íçÇ~ å~ ä~àÉK oATMãáäH RTñ oANMOIMM cWUNSOJQPRVLVORUJPNSNL POOPJOURN cê~åÅáëÅç

379125225

ALFREDO NASCIMENTO - Å~ë~ O èíçI

AMAZONINO MENDES II - `~ë~ ÅL

379124777

379125845

ëä I ÅçòI ãìêI Ö~êI íçÇ~ å~ Å~ä´~Ç~K éêçñ ÇÉ ∑åáÄìë oAPRãáä UNSMJVTOUL VNQNJ UOTNLUUOVJ TPVT

ALFREDO NASCIMENTO - Å~ë~ Oèíë

ëäIÅçòKïÅ oANUãáä lìíê~ Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ ëäIèíçIÅçòK oAVãáä cWVPOUJMMVML VOTUJPMQML VNUMJTMOQ

179125310

ALFREDO NASCIMENTO - Å~ë~ Oèíë

ëäIÅçòKïÅIíÉêêKUñOR ÇÉ ÉëJ èìáå~ oAOPKRMM cWVNOTJ PMOQ

179125864

ALFREDO NASCIMENTO - å~

oWN éêµñK`KaÉìëIÇÉëçÅI OèíçëIÅÉêIÑçêêIïÅIãìêIãçí ÇÉ îá~ÖÉã oAOPKRMM cWVOORJRQUTLUNVQJQOUQ 179125661

ALFREDO NASCIMENTO - µíáã~ Å~ë~

ÅL ë~ä~I OèíëI ÅçéLÅçòI •êÉ~ ëÉêîI ÅÉê~ãI ÑçêêI èìáåí~äI ãìêç é~êÅá~ä oAQRãáä éêçåí~ éL ãçê~ê cWPMUOJMMSPL VNNVJMPSS 379125710

~îáëí~ Ñ~Åáäáíç Éåíê~Ç~ oARKMMM é~êÅK Ñáñ~ë oARPPIMM cWPMUUJ NUVMLPMUNJOMQRLVNMQJ VPVS

ALVORADA - oARMKMMM

379125027

ALVORADA I - Åë~ ÅL OèíçëI ëäI

ÅçòI ïÅ HO âáíåK cWVNMTJ TNMO

O ÇçêãI åçî~I ëäI ÅçòI ïÅI èìáåí~ä O îÖë ÇÉ Ö~êK oATMãáäK ^ÅK mêçéçëí~K cWUNPUJ TMNNL VNOOJQMSPK

AMAZONINO MENDES II - éêçñK ~ç

qQ îÇç Å~ë~ ÇÉëçÅìéK ë~J ä~I èíçI ÅçòI ïÅI ãìêI Ö~J ê~Ö ÅçÄÉêí~ H N âáíáåÉíÉ ~íê•ë oARMãáä cWVNPTJPPMNL UUNPJPSPRLUNMOJ PPTU

379125500

AMOZONINO MENDES 1 - ^îK o~J

ãçë aI ÇÉ O éáëçë mçåíK Åçãä K OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI Éã ÑêÉåíÉ ~ç Åçä¨Öáç oAUMãáä cWVNURJSMQPK 179124835

Å~ë OéáëI ÅLéíKÅçãÉêÅ ÅLíìÇç ÇÉåJ íêçI NMMãáä VPNNJNUVRL UNQUJRPMN

ARM.MENDES - îÇç

379125087

ARMANDO MENDES - _ç~ Å~ë~ ÇÉ

~äîÉå~êá~ ÅL O èíçëI ëä~I ÅçòI Ñçêê~Ç~I ãìê~Ç~I Öê~ÇÉ~J Ç~I å~ ÅÉêßãáÅ~I Ö~ê~ÖI å~ Éåíê~Ç~ Çç Ä~áêêçI éñK dÇÉ `áêÅìä~êK oASRãáäK VNPSJ PMQPLUONPJNRRR

179125592

ARMANDO MENDES - äáåÇ~ Å~ë~

ÅL O èíëI ë~ä~I ÅçòI ïÅI íÇ Ñçêê~Ç~I Öê~ÇÉ~Ç~I ãìê~J Ç~I å~ ÅÉê~ãáÅ~I Ö~ê~ÖI é´ ~êíI éêíK ÉäÉíI oATRãáä cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

379124933

379125046

ALVORADA I - Åë~ ÅL OèíëI Ö~êI

ARMANDO MENDES - éêçñK ~ éê~´~I

179125758

379125471

é L O Å ~ ê êI É Ç ∞ Å ì ä ~ í Ç ~ ÑçêêIÅÉêßãIÄÉã äçÅ~ä oASUãáä éL ãçíKÇÉ îá~ÖÉã cWVOQP QTQMLUUOUQOSQL UNSPPPQT

êì~ iI Å~ë~ OèíëI ëäI ÅçòI •êÉ~ ëÉêîI H O~éíçëI ãìê~Ç~I Éëé~´ç é Å~êêç oATRãáä cWVNPSJPMQPLUONPJ NRRR

ATENÇÃO!!! VENDO VÁRIAS CASAS -

oANOãáäINQãáäINSãáäINTI OMI OOãáäI ORãáäI PMãáä ~í¨ RMMãáä cWVOPTJQTNTL PPQOJQMQR

179125337

AV. GRANDE CIRCULAR - sÉåÇç

C. NOVA /CJ. NOVA CIDADE - îÇç Å~ë~

èìáíI ëäI ÅçòI OèíëI ëÇ N ëíI ïÅI ëçÅI ÑçêêI ÅÉê~ãI VMB ãìêI oAQUãáä cWVNPUJ SMTMLUNUOJ RRRN 179125832

µíáãç íÉêêK å~ mêáåÅáé~ä ãÉÇK NMñOR ÅçåíÉåÇç N Åë~ ÇÉ OèíëI ëäI ÅçòI Éã ÑêÉåíÉ ¶ oáç äáãéç oAVUãáä cWVNPSJ PMQPLUONPJNRRR

C. NOVA /CJ. OSWALDO FROTA I - îÇç

BETÂNIA - Oèíçë ëL N ëìáíÉ ëäë

C. NOVA 3/ LOTE VITÓRIA - Åë~ ÇÉ

179125613

Åçò ÅÉêßãK ãìêK ÑçêêK íKUñOR éíK~äìãK ÉëÅêáíK ïÅ ëçÅá~ä ~êK ëÉêîK oANQMjáä cWVSMNJ OTTNLPMUUJUQPU ÅêÉÅáURT 179125272

BRAGA MENDES - îÇç çì íêçÅ~J

ëÉ Å~ë~ ÇÉ O èíëI N èí ÑçêJ ê~ÇI ëäI ÅçòI ïÅI íÉêêWTñOMI Ö~ê~Ö Éã ~Å~Ä I ãìê~ÇI oAPMãáä ~ÅK éêçéçëí~ cWVORMJNRUVLUNVSJMNUO

379123223

C. NOVA - ÅLëäIOèíëI

ÅçòIïÅI Ö~êIéçêíK ~äìã∞åáç ÉäÉíêK oANPMãáäK^ÅK cáå~åÅK UNONJQSQSL VNNMJ QSPVL PSTRJRUVP `JONTQ

179125707

C. NOVA - `àK p¨êÖáç mÉëëç~

èìáíK ÇçÅK çâ ÇÉëçÅK ëäI OèíëI ÅçéLÅçòK ÑçêêI ÅÉê~ãK •êKëÉêîI Ö~êK ãìêK É Öê~ÇK VTãáä ~ÅK cdqpLÅKÅê¨ÇK ÅL ëáå~ä OMãáä cWPMUOJMMSPLVNNVJMPSS

Å~ë~ èìáíI ëä I ÅçòI OèíëI ïÅ ëçÅI ÑçêêI ÉÇ∞ÅìäI èìáåí íÇ å~ ÅÉê~ãI ãìê oAUTãáä ^ îáëí~cWVNPUJSMTMLUNUOJ RRRN 179125836

~äîK OèíçëIèìáåíK oAROãáä cWPOPOJROQTLVNPQJMQON

379124733

C. NOVA I - éñK `Éåíêç ÇÉ `çåîáîK

îÇç Å~ë~ ÅL Oèíë Oëä~ë Åçò OïÅ íÉêê NNñOR å©ç íÉã Ö~êI ãçíK îá~ÖÉã oAOVãáä ëµ ¶ îáëí~ ~ÅK éêçéK cWVNUOJ MOTMLUNVTJNMVP ÅJOMTN

379125121

C. NOVA I CONJ RIBEIRO JUNIOR - Oèíë

ë~ä~ Åçò ïÅ ëçÅá~ä Ñçêê~Ç~ ÅÉêßãáÅ~ H~é~êí~ãÉåíç ~ ä ì Ö ~ Ç ç o A NN M ã á ä cWVNQNJVNPMLUNUSJUQPSL UNOOJTOMU

379125419

C. NOVA II NCL 10 - éêçñK ~ç eçëéK

cÅ~ jÉåÇÉë O Å~ë~ë ~äîK åç ãÉëãç íÉêêÉåç ìã~ ÅL PèíI ëäI ÅçòI ïÅ çìíê~ ÅL OèíH ïÅI Ö~êK ÅÉêI Öê~ÇI íÉêê NMñOR µíáãç äçÅ~ä NTMãáä ~ îáëí~ cWVOOMJOMQRLVOQRJPTSP

379125716

C. NOVA - k∫ÅäÉç NS ÄÉä~ Å~J

ë~ åçîáåÜ~ Oèíë ëÇ NëìáJ íÉI ÉñÉÅK ~Å~Ä~ãÉåíçI Ö~êK éL PÅ~êI éíK ~äìãK ~ìíçãI µíK äçÅ~ä NRUãáä ~ÅK Ñáå~åL cÖíë VNPSJTVURLUNRMJ ORPO

379124729

Å~ë~ íçí~äJ ãÉåíÉ êÉÑçêã~Ç~ ÅL Oèíë ëÇç NëíÉI ë~ä~I ÅçòI íÇ å~ ÅÉJ ê~ãI ÑçêêI Öê~ÇI éí©ç ÇÉ ~äìã ÉäÉíêK PîÖë oANRUãáä ~ÅK Ñáå~åÅK éÉä~ `~áñ~ VOSUJ NUUT

C. NOVA NCL 16 -

C. NOVA/C. DOURADO - éñK `àK lëî

cêçí~ ÉñÉÅK äçÅ~ä Å~ë~ ÅL OëíÉë ëä Åçò H Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ ~íê•ë íÉêê NMñPM ëµ ¶ îáëJ í~ QRãáä ~Å éêçéK cWVNUOJ MOTMLUNROJVSMQ ÅJOMTN 379125104

C. NOVA/CONJ. FCA MENDES - îÇç

äáåÇ~ Å~ë~ ÇÉ O éáëçë å~ ä~àÉ ãìê OèíëI OëäëI ÅçòI ïÅ ëçÅI Ö~êÖI éí©ç ~äìãI å~ éêáåJ Åáé~ä oANRMãáä cWVNUOJ MOTMLUNROJVSMQ ÅJOMTN

379125100

C. NOVA/R. DOCE - éêµñK ÅÉåí ÇÉ

ÅçåîáîK Ç~ Ñ~ãK Åë ëäI O èíëI ëÇç N ëìíI ïÅI ÅçòI ~êKëÉêîI èìáåí~äI é´I ÑçêI ÅÉêI Ö~ê éLO Å~êI ÅK ÉäÉíêI éí ~äìãI Ñáåç ~Å~ÄI TRãáä cWVNVTJMONN 379125336

C. NOVA/R. DOCE - éñ ~ç áåëë îÇç

µíK Å~ë~ ãçíK îá~ÖÉã ÅL Oèíë ëä Åçò ïÅ ÇÉ ÉëèK ¥ íÉã Ö~êK µí äçÅ~ä Åçä¨ÖK ∑åáÄK éñ PQãáä ~ îáëí~ ~ÅK éêçéK VNUOJ MOTMLUNROJVSMQ ÅJOMTN 379125108

C. NOVA/R. DOCE - éñ ~îK íìÅìJ

ã© ãK îá~ÖÉã Å~ë~ ÅL Oéáëçë ëä èí Åçò ä~àÉ éíK ~äìãHQ âáíåÉíÉë êÉåÇ~ ãÉë NKSMMI oASMãáä ~ÅK éêçéK VNUOJ MOTMLUNROJVSMQ ÅJOMTN

379125114

C. NOVA/R. DOCE II - éñ ~ç Å~ãJ

éç îÉåÇç µíáã~ Å~ë~ ÅL Oèíë Oëäë ÅçòáåÜ~ ïÅ ÅÉêßãáÅ~ í MUñOM éä~åç ëµ ~ îáëí~ oAPTãáä ∑åáÄK É Åçä¨ÖK éñ cWVNUOJMOTMLUNROJ VSMQ

379125106

C. NOVA/RIACHO DOCE I - éñK ÅçJ

379124631

ä¨Öáç p~åí~ oáí~ îÇç O Å~J ë~ë åç ãÉëãç íÉêêÉåç NNñRM ã~ÇÉáê~ É ~äîÉåK ÅL í∞íìäç ÇÉÑK ëµ ~ îáëí~ oAPRãáä cWVNUOJMOTMLUNROJ VSMQ

C. NOVA - k∫ÅäÉç OQ µíáã~ Å~ë~

C. NOVA NUCLEO 16 - Oèíçë ëL N

C. NOVA/RIACHO DOCE III - éêµñK ~ç

379124837

379125434

379125315

379124852

ÅL Oèíë ëÇ NëíÉ ~ãéä~I ëäI ÅçòI éáëÅáå~I å~ ä~àÉI Ö~êK éL OÅ~êI ÉëÅêáíµêáçI Ñ~äí~ êÉÑçêã~K SMãáä H ǨÄK cWVNPSJTVURLUNRMJORPO

ëìáíÉ Åçò ~ãÉêáÅK ïÅ ëçÅáJ ~ä N⁄ Ü~ÄáíK ÇÉëçÅìK Ö~ê íÉäÜ~ Ä~êêçI µíK äçÅ~äáòK íÉêê UñOM oANPR jáä ~ÅK cdqpLcáJ ~åÅK UNQSJVQRNLVOQNJ SRVN

379125096

ÅÉåíêç ÇÉ ÅçåîáîK Ç~ Ñ~J ã∞äá~ Å~ë~ ÅL ëäI O éáëçëI OèíëI H éíç ÅçãäK íÉêê UñOR ÅL í∞J íìäç ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ oARMãáä cWVNVTJMONNLUNUTJUMSM


4

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN


6

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

2 QUARTOS LIRIO DO VALE - Oèíçë ëL N ëìáJ

íÉ ëä~ ÅçòK ïÅ ëçÅá~ä éíK ~äìãáåáç Ö~ê~ÖÉã µíáã~ äçÅK éñ ~ éêáÅáé~ä oANMM jáä cWUNQSJVQRNLVVSTJMSVQ 379125824

LIRIO DO VALE - Å~ë~ ÅL éáëçëI

Ö~êI ëä IPèíëI íÇ å~ ÅÉê~ãI ÑçêêI oANNMãáä çìíê~ å~ äà oAURãáä cWVOVVJQPUOL VOQQJNRUV

179125658

LIRIO DO VALE - Å~ë~ ÅL ëäI OèíëIÅçòI

ïÅ oAQRãáä É çìíê~ Ö~êI ëäI Pèíë oASRãáä cWVOVVJ QPUOL VOQQJNRUV

179125649

^ìJ Öìëíç jçåíÉåÉÖêçI Å~ë~ ÇÉ ÉñÅÉäÉåíÉ é~Çê©çI ÉÇáÅìä~ Åç ~éí⁄K ë~ä~I OèíçëI ëÉåJ Çç N ëìáíÉ cWVNVTJMSMQL VNUPJNMRMLUNTPJRQOM

LÍRIO DO VALE - `çåàìåíç

379125545

LIRIO DO VALE I - Å~ë~ Oéáëçë ÅLO

âáíáåÉíÉë éL~äìÖ~êI O⁄éáëç Oèíë ÅLïÅIÖ~êKÇçÅìãÉåí~Ç~I íáíK ÇÉÑáåáíáîç oANMMãáä cWVPQSJ OUUO

179124811

LIRIO DO VALE II - Ö~ê~ÖÉãI ë~J

ä~ ÇÉ îáëáí~I OèíëI Åçé~L ÅçòI ~êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´çëI ïÅLëçÅá~äI ÅÉê~ãI Ñçêê~Ç~I oANOMãáä cW VNMNJONUPL UNPPJUVRMLUQOQJOTNM

379124893

LIRIO DO VALE-I VENDO - `~ë~ ~äîK

Oèíë oA NUKMMMjáä cçJ åÉWVNSNJSVMMLVVTQJ PTQP

179125640

LOT. CASTANHEIRA( AO LADO FACULD. ADCAM) - sÇç Äç~ Å~ë~ åçî~

~äîK OèíëIëäIÅçòKãìêKÑçêêK ÅÉêK ÇÉëçÅìé~Ç~I íÉêêKNMñOM Éã ÑêÉåíÉ Åçä¨Öáç oATUãáä KVNPSJ PMQPL UONPJNRRRL VNNQJ OUVT 179125585

M. DAS OLIVEIRAS - îÇçLíêçÅç Åë~

ÅL OíÉë ëä ÅçòK ÅÉêK Ñçêêç é´ç ~êíK •êK ÅçÄÉêí Héíç ÅçJ ãÉêÅK ãìêK cWVOPMJMQRML VNQQJ POVU 379124772

M. OLIVEIRAS - sÇç äáåÇ~ Åë~ ÅL

Nèíç É NëìáíÉ ëä~ Åçò ïÅ Ö~ê P î~Ö~ë íÇ å~ ÅÉêßãK ÑçêêK èìáí~Ç~ oAQR jáä çìíê~ Nèíçë É N ëí ëä~ ÅçòK ÅÉêßãK oAPR jáä cPOPQJTTQSLVOSUJ OMTU

379125068

MANOA - äáåÇ~ Åë~ ëä~ O ~ãÄK

O ëìáíÉë Åçé~ ÅçòK ~êK ëÉêîK ¨ÇáÅìä~ Ö~ê P îÖëK éçí©ç Äìòáçë oAOOM jáä cWVORQJ MQOQLUNPPJQUNN

379125662

MANOA - îÉåÇç ÉñÅÉäÉåíÉ Å~ë~

ÇÉ Éëèìáå~ µíáã~ äçÅ~äáJ ò~´©çI îäê ~ ÅçãÄK cWUUMTJNMTULVNROJTMTQL VNRUJNNMN 179125787

^íÉåJ ´©ç>>> rêÖÉåíÉ>>>sÇç O Å~J ë~ë åçî~ëI ÇÉëçÅìé~Ç~ëI ÇÉ Éëèìáå~I ÅL O èíçëI ë~J ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI AOUãáäK VOPT QTNTL PPQO QMQR

MONTE DAS OLIVEIRAS -

179125340

N. CIDADE - ÅKà gç©ç m~ìäç Oèíë

ëä Åçò ïÅ íÉêê UñOO éä~åçI éêçñ ~ Éëí~´©ç ÇÉ ∑åáÄìë ANQãáä çìíê~ ÇÉ ATãáä ÇÉ ã~ÇÉáê~ UNMMJOOPN Ñ~ä~ê ÅL w~Å~êá~ë

379125553

N. CIDADE - ÅLëäIOèíëI ÅçòIïÅI

ãìêIèìáí~Ç~ å~ pìÜ~ÄIå~ ^îK kÉé~äK oARMãáä ~ îáëJ í ~ U N O N J Q S Q S L V NN M J QSPVL PSTRJRUVP `JONTQ

179125709

ÅL OèíëIëäI ÅçòK ïÅI ÑçêêK å~ ÅÉê~ãKÖê~ÇK AORãáä cWVOPTJ QTNTL PPQOJQMQR

N. CIDADE - Å~ë~ èìáí Oèíë ëä Åçò

MONTE DAS OLIVEIRAS - Åë~IOèíëK

379124779

MONTE DAS OLIVEIRAS -

179125342

ëäK ÅçòK ïÅIãìêI oAOPãáäK cWVORUJOOST

179125782

MONTE DAS OLIVEIRAS - Åë~IOèíëK

ëäK ÅçòK ïÅIãìêIÖ~êI èìáåJ í~ ä o A O S ã á ä K c W V O R U J OOSTK

ïÅ Ö~ê~Ö éL O Å~êêçë •êK ÇÉ ëÉêîKéêçñK ~ Éëí~´©ç Ççë ∑åáÄìë oAQTãáä cWUUOVJ TPVTLVNQNJUOTNLUNSMJ VTOU

N. CIDADE - Å~ë~ èìáí~Ç~I ë~J

ä~I O èíëI ïÅI ÅÉêI ãìêI oAQMãáä çìíê~ ÅLë~ä~I NèíI ÅçòI ïÅI ÅÉêI éáëÅáå~I ãìJ êçI Ö~ê É é~íáç oAQRãáä cWVNRPJUPSP 379125576

N. REINO II - sÉåÇç

Å~ë~ ÇÉ ~äîÉå~êá~ ÇÉëçÅìé~Ç~ ÅLO èíçëI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI íÉêêK éä~åç ãÉÇK UuORI éñK ÅçJ ä¨ÖáçI ëìéÉêãÉêÅ~Çç É äáJ åÜ~ ÇÉ ∑åáÄìëI oAOTãáä cWUNNQJNTPRLVNSNOQNT 179125232

ÅçJ äÉÖáç çëã~ê éÉÇêçë~I îÇç Å~ë ÅLOèíçëI ëä éLO~ãÄI ÅçòI ïÅI ÇÉëçÅìäéI íÉêêWUñOR OMãáä cWUNVQJMTSMLVNOVJUTNV

N. SRª DE FÁTIMA 1 - éñW~ç

379125538

N. SRA DE FATIMA - éêçñK ÑÉáê~ Ç~

ÄçåÇ~ÇÉI îÇç Å~ë ãáñí~I ÅLOâáíáåÉíI ~äìÖI Å~ä´~ÇI ãìêI Ö~êI íÉêêWNMñOR oAPUãáä UNVQJMTSMLVNOVJUTNV

379125572

N.ALEIXO PX.CHAPÉU GOIANO - OèíëIëä

ÅçòKïÅIÅÉêK ÅLÅçÄÉêíìê~ íÉäÜ~ ÇÉ Ä~êêçIÖ~êKéêíK~äìãK ãìêK oAUMãáä å©ç Ñáå~åÅáç cWVONU SOSOL UORRJNMQM 179125487

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA 1 - oì~

gÉêìë~ä¨ãI íÉêêK ãÉÇK SñOOI O èíëI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉêI Öê~ÇI oAOUãáä cWVNURJSMQPK 179124870

NOVA CIDADE - Oèíçë oAPMKMMM

~îáëí~ Ñáå~åÅáç Éåíê~Ç~ oAPKMMM é~êÅ Ñáñ~ë oAPOMIMM cWPMUNJOMQRLVNPNJTUQQL VNMQJ VPVS

379125028

NOVA CIDADE - OèíçëI èìáí~Ç~I

ïÅI ëÉãáJãìê~Ç~I oAPMãáä cWVNSOJPVUT

379125600

NOVA CIDADE - ~êÉ~ åçÄêÉ éêçñ

~ åÉé~äI Å~ë~ OèíëI ë~ä~I ÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI ãìê~Ç~I Ö~J ê~ÖI éÉÅÜáåÅÜ~ ~éÉå~ë oAPSãáä ~ îáëí~ ~ÅK Å~êêç cWUUOTJOTSOLVNPVJ SROP

379125339

NOVA CIDADE - Å~ë~ OèíçëI ë~J

ä~I ÅçòLé~ìäáëí~I ÅÉê~ãáJ Å~I Ñçêê~Ç~I ãìê~Ç~I ~ç ä~Çç Çç ëìéÉêãK åçî~ ÅáÇ~ÇÉ oAVMãáä cWVNOUJTVMP

ÇÉ ~äîÉåK OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI ãìê~Ç~I íÉäÜ~ ÇÉ Ä~êêç cWPSQSJTNVR

ä~I OèíëI ÅçòI ïÅI oAORãáäI çìíê~ ê~áç Çç ëçäI ë~ä~I OèíëI ÅçòI ïÅI oAOPãáä cWVNRPJ UPSP

NOVA CIDADE - Å~ë~ ÅL OèíçëI ë~ä~I

379125584

Oèíçë ëä~ Åçò ~ãÉêáÅ~å~I Ö~êK éçêí©ç ÉäÉíK ÇÉëçÅK ÅáêÅìáíç áåíÉêK Éã Ñáåç ~Å~ÄKoARR jáä éêµñK åÉJ é~ä cWUNQSJVQRNLVVSTJ MSVQ äáÖ~ê ëµ áåíÉêÉëë~Ççë

MONTE DAS OLIVEIRAS - îÉåÇç ìã~

N. CIDADE - èìáí~Ç~ å~ pìÜ~Ä

N.CIDADE - éêçñK éçëíç ~íÉã É

NOVA CIDADE - Å~ë~ èìáí~Ç~ íçÇ~

179125786

MONTE DAS OLIVEIRAS - îÉåÇç Å~ë~

379125023

Å~ë~ ÅL Oèíë ë~ä~I ÅçòáJ åÜ~I ïÅ H éçåíç ÅçãÉêÅáJ ~ä ÅL éçêí~ ÇÉ êçä~ê íçÇ~ å~ ÅÉêßãI ÑçêêI •êK ÅçÄÉêí~ å~ ÑêÉåíÉ oAPRãáä cWVNOOJ RRSP

379124534

MONTE DAS OLIVEIRAS( PX. AV. PRINCIPAL) - jlqK sf^dbjK

sÇç µíK Åë~ ÇÉ O éáëçë ÅL O èíçëIë~ä~I ÅçòI ïÅI ÑçêêI å~ ÅÉêßãI Öê~ÇHO~éíçë ~äìJ Ö~ÇçëI íÉêêKNOuPMK ASRãáäK VOPT QTNTL PPQO QMQR

179125344

N. CIDADE - Å~ë~ èìáí~Ç~I ë~J

OèíëI ÅÉêßãI Ñçêêç Éã í~J ÄáèìÉI éí©ç ÇÉ ~äìãI ãìJ ê~Ç~I íÉêêÉåç íçÇç Å~ä´~J Çç oARRãáä cWVNSOJPVUT

379125604

N. CIDADE - èìáí~Ç~I •êÉ~ ÅçJ

ãÉêÅK ^îK éêáåÅK Å~ë~ ÅL OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI ãìê~Ç~I Ö~J ê~ÖI oARVKRMM lìíê~ ÅL OèíçëI ëäI ÅçòIÅÉêãáÅ~I oAPSãáä cWVNPVJSROPLUUOTJ OTSO

379125350

N. CIDADE - sÇç ìåÖÉåíÉ Åë~

ÅçòKïÅIå~ ÅÉêKÑçêêKãìêK Ö~êK oAQPãáäK cWVOOSJ PRUQL UNQSJQRSO

èìáíK ÅL Oèíçë ëä~ Åçò ïÅ QT jáä çìíê~ íÇ å~ ÅÉêßãK éçêí~ ã~ÇK ëÉãá ãìêK íKUñRM èìáí~Ç~ RU jáä cPOPQJ TTQSLVOSUJOMTULUNNQJ PRRU

179125332

379125072

MULTIRÃO - éñWÅÉåíêç ÇÉ ÅçåJ

N. CIDADE - îÉåÇç O Å~ë~ë åç

MULTIRÃO (PX FEIRA DO BRAGUINHA) - Åë~ åçî~ Oèíë ëL NëíIëä

îáîÆåÅá~I îÇ ÅLOèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI ÉÇáÅìä~I ÑçêêI ãìêI Å~äJ ´~Ç~I éí©çKÉäÉíêI Ö~ê SMãáä cWUNVQJMTSMLVNOVJUTNV 379125544

N. CIDADE - ÄÉã äçÅ~äáò~ÇçI éñ

~ ÉëÅçä~Ièìáí~ÇçIÅLëäIÅçòI ïÅIíÉêêIÖ~êK å~ éêáåÅáé~äK cW VNQNJRQPUL UNOR UTTTL PSPS NTMQ

179125844

ãÉëãç íÉêêÉåçIÖê~ÇI ÅÉêI Ö~êI íÉêêKRMñMU oARMãáä cWVNNOJNVNS 379125224

N. CIDADE/CJ. CIDADÃO - éñK ÅçJ

ä¨Öáç fåíÉÖê~ä ãK îá~ÖÉã ÇÉëçÅìéK Oèíë ëÇ NëíÉI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉêI ÑçêêI ãìêI Ö~êI éL OÅ~êI èìáí~Ç~ QMãáä ëç ~ îáëí~ cWVNUOJMOTM ÅJOMTN 379125133

N.CIDADE -

379125424

a_ OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI ÅÉêI ~ãéäá~Ç~I èìáíK ÇÉëçJ ÅìéK oARUãáäK ~ îáëí~ ~ÅK éêçéçëí~KcWVNOUJPSSPL VNROJ TMTQK 179125743

N.CIDADE VDO CSA - I ~ãéI é~êÅK

ãìêK OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI íÇ~ ÅÉêI éêµñK ~ Q ÉëÅKoAQMãáä cWUUOUPSUU VOVPRUVN

179125833

ÅL OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅá~äI íÉêê ãìêI POãáä cWVOPRJRSUPL UNRSJQRVR

N.CIDADE/CJ.JOÃO PAULO -

379125036

N.ISRAEL VDO/TROCO - Å~ë~ Éã

ä~àÉ Oèíë OëäëIÅçòK•êKëÉêîK oAQMãáä ^ÅK éêçéK cWPSRNJNQSVL VVMVJNVQP L UNVSJSMTV EîáîçF

179124203

Å~ë ÅLOèíçëI ëL NëíÉI ëäI ÅçòI NUãáä ÑWVOPRJRSUPLUNRSJQRVR

N.VITORIA -

379125038

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - oì~

d~äáä¨á~I Åë~ ãÉÇ RñNNI OèíëI ëä~I ÅçòI ïÅ íÉêêKNOñTM oAORãáä cWVNURJSMQPK 179124867

379125159

ÅçòI ïÅI ãìê~Ç~I Öê~ÇI Ñçêê~Ç~I èìáí~Ç~ oAPUãáä cWVNPPJTNMPLQNQNJPSVT

379124782

çêáÖáå~ä ëäIOèíëIÅçòK ÇÉëçJ ÅìéK ãìêK åçë ä~Ççë oAPMãáä cWVNNPJVTOML VNQVJNURP

179125703

Å~ë~ êÉJ ÑçêãKÉã Ñáåç ~Å~Ä~ãKÅL éçêíK ÉäÉíêçåáÅçI ãìê~Ç~ NŸãçê~Çá~ ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ èìáíKoATMãáä ~ÅK éêçéçëí~ cWVNQNJ RQPU UNORJUTTTL PSPS NTMQ

NOVA CIDADE -

179125865

NOVA CIDADE - Å~ë~ë ~é~êíáê ÇÉ

QM ãáä ÑçåÉWVNNTJMVRML UNOUJOUVMK

159124593

NOVA CIDADE - Åë~ åçî~ èìáí~J

Ç~ ÅLO èíëI ëäI ÅçòI ïÅI oAOUãáäK cWVORUJOOSTK 179125768

NOVA CIDADE - Åë~ èìáí~Ç~ O èíëI

ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI ÅÉê~ãáJ Å~I oAPRãáäK cWVORUJ OOSTKEãçíáîç îá~ÖÉãF

179125760

NOVA CIDADE - éêµñK ~ç NR⁄ am

Å~ë~ ÅL OèíëI ë~ä~ É ÅçòI ïÅI Ö~êK ÅçÄÉêí~I éí©ç ~ìíçK H éçåíç ÅçãÉêÅK oASUãáä cWUOMSJ VTSQ

379125298

~ç Åçä¨J Öáç Ç~ ^îK kÉé~ä îÇç Å~J ë~ OèíçëI ÅÉê~ãI Ñçêê~Ç~I èìáí~Ç~ å~ pìÜ~ÄI íÉêê UñNOM oARQãáä cWVOPVJSMUNL VNVTJSTSOLPMUTJPVNN

NOVA CIDADE - éêµñK

379125002

NOVA CIDADE - éñK

kÉé~ä îÇç ìêÖÉåíÉ ãçíK îá~ÖÉã Å~J ë~ ÅL OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI éíç ÅçãäI Ö~ê~ÖI ãìêI ëµ ~ îáëí~ oASOãáä ÉñÅÉä äçÅ~äáòK ~ÅK éêçéK VNUOJMOTMLUNROJ VSMQ 379125092

NOVA CIDADE - îÇç Å~ë~ èìáí~J

Ç~ éêçñK ~ç Ñìíìêç eáéÉê a_ OèíçëI ÑçêêI ÅÉê~ãI ãìê~J Ç~I Ö~ê~ÖK ÅL •êÉ~ ÇÉ ëÉêJ îá´ç oAQSãáä cWVOPVJ SMUNLVNVTJSTSOLPMUTJ PVNN 379125004

NOVA CIDADE - îÉåÇç Å~ë~ éêçñ

~ ^îK kÉé~äI OèíëI ë~ä~I ÅçòK ÅçåàìäÖ~Ç~I ïÅI ãìê~Ç~I ÅÉê~ãáÅ~I Ñçêê~Ç~I éíçK ÅçãÉêÅá~ä oASOãáä cWVNSOJPVUT 379125583

NOVA FLORESTA - Åë~ O èíçëI ëäI

ÅçòI ïÅ AQRãáä VNVRJ RTVN

179124728

NOVA VITÓRIA - äáåÇ~ Å~ë~ ÅL OèíëI

ëäI ÅçòI ïÅI ãìê~Ç~I Öê~J ÇÉ~ÇI Ö~ê~ÖI íÇ å~ ä~àÉI ÇÉ Éëèìáå~ oAQMãáä VNQQJ NQPQLUOONJ RNSM

379125074

NOVA VITORIA - éñWíÉêãáå~äI îÇ

Å~ë ~äîI ÉëèìáåI ãÉÇWNNñOM oANSKRMMI pKglp° NJîÇç OÅ~ë~ëI éñWÖKÑ~ã∞äá~I SRãáä VNRPJMNPQ

379125741

NOVO ALEIXO - Oèíçë ëÇç NëíÉI

ëäI ÅçòK ïÅ ëçÅá~äK ÅÉêßãK Öê~ÇK •êK ÇÉ ëÉêî ÅçÄÉêK éí©ç ÇÉ ~äìãK Ö~êK ÅçÄK oAUMãáä É çìíê~ ÅLOèíçëI íÇ~ å~ ä~J àÉ ATMãáä ¢ Ñáå~åÅá~ cWVNSO PPMNL UNMP QNQU

179125911

NOVO ALEIXO - Oèíë ëä Åçò Ñçêê

ÅÉê Ö~êK éL OÅ~ê ÇÉëçÅK NNRãáä ~ÅK Ñáå~åÅ cWPSQNJNOQUL VNSOJRQNQLVNRTJ UOMQ

379125735

NOVA CIDADE - îÉåÇç Å~ë~I NèíIëäI

NOVO ALEIXO - Å~ë~ OèíëIëä ÅçòK

179125882

179125355

ÅçòI ïÅI ãìêI Öê~ÇI ÅÉJ ê~ãI èìáíI oAPNãáä cWVNUMJ TMOQL VORVJSPMML VOQTSPMM

NOVA CIDADE - îÉåÇç µíáã~ Å~ë~

ÅL OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~J ê~ÖI oAQMãáä cWUOMSJ VTSQ

379125301

NOVA CIDADE PX.NEPAL - é•íáçL Ö~êK

ÅçÄÉíçëI ëäIOèíë ëLNÑçêêK Åçé~ ÅçòKãìê~Ç~IÖê~ÇK å~ ÅÉêK cWVNNPJ VTOML VNQVJNURP

179125706

NOVA CIDADE/CJ. BURITI - OèíëI ëäI

ÅçòI ïÅI oAOMãáäI `áÇ~ÇÉ kçî~LoK açÅÉ ff PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI oARMãáä cWVOOMJ QNMQLUNMUJQOTP 379125789

NOVA ESPERANÇA - Å~ë~ ÅL OéáJ

ëçë PèíëI ÅçòI oARRãáä É çìíê~ ÅL Ö~êI Pèíë oATMãáä cWVOVVJQPUOL VOQQJNRUV

179125653

NOVA ESPERANÇA - îÉåÇÉJëÉ N

Å~ë~ éêçñ ~ éêáåÅáé~äI Ö~ê éL P Å~êêçëI Ñçêê~Ç~ å~ ÅÉêI ãìê~Ç~ É Öê~ÇI ëäI ÅçòI ëä ÇÉ à~åí~I ïÅI Pèíçë oATR ãáä cWVNUQJPUTR

379125747

NOVA FLORESTA - Oèíë ëÇç NëíÉI

ïÅI•êKëÉêîKoAOUãáä lìíê~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ oANOãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUMJ TMOQ

NOVO ALEIXO - Å~ë~ OèíëIëäIÅçòK

Öê~ÇK å~ ÅÉêßãáÅ~IÑçêêK íÉêêK UñPM •êKéLÖ~ê~ÖÉã oAPVãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUMJTMOQ 179125357

NOVO ISRAEL II - Å~ë~ OèíëIëäI ÅçòK

ïÅ ÇÉ Éëèìáå~ oAPOãáä çìíê~ Å~ë~ Åçä∑åá~ ë~åíç ~åí∑J åáç OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI íÉê NMñPR oAPNãáä cWVNMTJNUSO

179125255

OSVALDO FROTA, PX. AO COLÉGIO DJALMA PASSOS - qê~åëÑK ÅL ëäI

ÅçòI OèíëI é~êÅK ÑçêêI èìáåJ í~ä ~ÅáãÉåí~ÇçI ãìêI µíáJ ãç äçÅ~ä oASUãáä H ǨÄáJ íç cWVNPUJSMTM

179125849

OURO VERDE - Äç~ Å~ë~I O èíëI

ëäI ÅçòI ïÅI Ö~ê~ÖI ãìê~ÇI éçêí©ç ~äìãáåáçI êì~ m~ìJ äç ^äîÉë oASRãáä cWVNPSJ PMQPLUONPJ NRRR

379125467

OURO VERDE - Å~ë~ OèíëIëäI ÅçòK

ÄÉã äçÅ~äáò~Ç~ ÑáÅ~ éçê íê~ë Çç ^í~Åâ oASUãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

179125380

ëäI ÅçòI ïÅI ÑçêêI Öê~ÇI ÅÉêI èìáíI Éëèìáå~I íKNRñOR TMãáä cWVOOQJOUROLUNTUJNQRP

OURO VERDE - ÅëI OèíçëI ëäI ÅçòI

379125504

379124794

OïÅI ~êKëÉêîI ãçíK ÇÉ îá~J ÖÉãI çíK äçÅ~äáòK VOOSJ QTTM

OURO VERDE - îÇç Å~ë~ ÅL O èíçë

ëÇç N ëíÉ I ëä ÇÉ Éëí~êI ëä ÇÉ à~åí~êI ÅçòK ïÅ ëçÅá~äK Ö~êK éLP Å~êêçëI oASMãáä VNSO PPMNL UNMP QNQU

179125914

OURO VERDE - îÇç ìêÖÉåíÉ>>> Å~ë~

ÇÉ ~äîÉå~êá~ åç íÉêãáå~ä ÇÉ ∑åáÄìë ÇÉ ÑêÉåíÉ ~ç pbpf OèíëIëäIÅçòKïÅIåç ÄÉÅç ~ëÑ~äJ í~Çç oAOUãáä cWUNNQJ NTPRLVNSNJOQNT

179125229

P. NEGRA - Å~ë~ VñNO oAOOMãáä

cWVSMUJVRRNL VNSUJTNNR

179124586

PECHINCHA - kKfëê~Éä Åë~ ÉëíäK

~éíç Oèíë ëä Åçò ïÅK VNTVJUQSP oAOPãáä é~êÅKoANP jáäHOQñ oARMM

379124760

PETRÓPOLIS - Äç~

Å~ë~ ÇÉ O éáëçëI µíáã~ äçÅ~äáòI P èíëI ëäI ÅçòI ÇáëéÉåë~I î~ê~åJ Ç~I êì~ _Éåíç _ê~ëáäI éêçñK aÉéçëáíç qsä~ê EÄÉÅçF oAURãáä cWVNPSJPMQPL UONPJ NRRR

379125474

PETROPOLIS PX.INPA - Oèíë ëL NëíÉIëä

ÅçòKÅÉêKÖê~ÇKÑçêêçIÖ~êK oAQVKRMM cWUNQPJPRQVL VOMU JVQNTL PMUOJMNSM 179125291

PQ. DAS LARANJEIRAS - Å~ë~

ÅL OèíçëI ëäI ÅçòI ïÅI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîI ãìê~Ç~I íÉêê NMñQM éêÉ´ç ÇÉ çÅ~ëá©ç oATTãáä cWPMUOJMMSPLVNNVJMPSSL UNMMJSRUN ÅêÉÅáJUUP 379125734

PROX. GALILEIA - ÄÉã äçÅ~äáò~J

Ç~I OèíëI ëÉåÇç NëìáíÉI ïÅLëçÅá~äI ÅçòI ëäI OéçåJ íçë ÅçãÉêÅI ÑçêI é~êíÉ å~ ä~àÉI Ö ~ êI é ´ K ~ ê í I o A R U ã á ä cWVNTVJQVMP 379125685

îÇç Å~ë~ ÅL OèíëI ëäI ÅçòI ãÉÇKUñOMI ä~àÉI oARMãáä cWVNPNJTTQV

RAIO DO SOL -

379124769

REDENÇÃO (AJURICABA) VENDO LINDA CASA - Oèíë ëåÇ Nëì∞íÉI ëäI

Åçé~I ÅçòI éáëç éçêÅÉä~J å~íçI ÄäáåÇÉñI Ñçêêç ÇÉ ÖÉëëçI íÉäÜ~ ÇÉ Ä~êêçI éíK~äìãI ÅÉêÅ~ ÉäÉíI ÅßãÉê~I Ö~êI ÅÜìêêK oANNMãáä cWVNPO MRSV UOOQ VORP

179125365

REDENÇÃO - OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI

Ö~êK éL OÅ~êêI •êÉ~ å~ ä~J íÉê~ä É ÑìåÇçëK `L íìÇç ÇÉåíêç oATMãáä cWUNSPJPPQTL VOQPJQTQMLUUOUJQOSQ

179125754


7

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

2 QUARTOS REDENÇÃO - îÇç

Å~ë~ ÇÉ ~äîK ÅLN ëíÉI N èíI ëäI ÅçòHïÅI Ö~ê éLO Å~êêçëI ÇÉëçÅìé~J Ç~KoA RPãáäK cWPSRNJ VVSOLUNQVJSRVVLVNOQJ UVVQ `J OSUQ

179125113

REDENÇÃO - îÇç Åë~ ÇÉ ~äîÉJ

å~êá~ OèíëIëäIÅçòIïÅHéåíç ÅçãÉêÅKíÉêêKTñOR oAQMãáä cWUNQVJSRVVLVNOQJUVVQL UUORJUPPV `J OSUQ

179125125

REDENÇAÕ/AJURICABA - îÉåÇI çíáã~

ÅëI ÅLíÉäÜ~Çç ÇÉ Ä~êê ÅL S Åçãé~êíI •êÉ~ éL Ö~êI O îÖëI Ñ~äí~åÇç ~Å~ÄK oAQVKRMM éêÉ´ ÇÉ çÅ~ëá©ç cWVNTQJONRRL UNUVJVSVR 379125214

RENATO SOUZA PINTO II - îÉåÇç

µíáã~ Å~ë~ ÇÉëçÅìéK ÅL OèíëI ëÇç N ëì∞íÉI ä~àÉ ÅçÄÉêí~I ãìê~Ç~I ÅÉê~ãI êì~ éêáåJ Åáé~äK nìáí~Ç~ oAUNãáä cWVORVJTUNNLUNQUJOUNQ

379125032

RIACHO DOCE - îåÇç Å~ë~ ÅL OèíçëI

ëäI ÅçòI ïÅI Öê~ÇK é~êÅá~äJ ãÉåíÉ ãìê~Ç~K oARR ãáä ^ÅK Å~êêç cWVOMPJVQUML UNNUJORSP 379125733

RIACHO DOCE I - îÉåÇç Å~ë~ O

Éåíê~Ç~ë ÅL OèíëI Oë~ä~ëI ÅçòI OïÅI •êK ëÉêîK Ö~êK éL OÅ~êëI éáëÅI Éëèìáå~I å~ ä~àÉI ~ îáëí~ oAUMãáä ÅL íáíK ÇÉÑ cWVONSJ MNUQLVONSJMORQ

379122423

RIACHO DOCE II - îÉåÇç Å~ë~ ÅL

éçåíç ÅçãÉêÅá~ä ÇÉ ÉëèìáJ å~I ~ÅÉáíç Å~êêç ìíáäáí~êáç cWVNPNJRNVP j~åìÉä

379125116

RIACHO DOCE II - îÉåÇç Å~ë~ ÅL

OèíëI ë~ä~ ÇÉ Éëí~êLà~åí~êI ïÅLëçÅá~äI ÅçòáåÜ~ É ~êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´çëI é´K ~êíKI Ö~J ê~ÖÉã cWUOQRJNOSPL VOOQJUQSS

379125187

SÃO FRANCISCO - éêçñK ~ bëÅçJ

ä~ qÉêÉò~ ^ÄíáÄçäI ÅL ëäI OèíëI ÅçòI ïÅI Éã Ñ~ëÉ ÇÉ ~Å~J Ä~ãÉåíçI íÉêêK UñOMK oARMãáäK cWVOTUJRMMSK

379122813

SÃO JOSÉ I - Oèíë ëÇç NëíÉI ëäI

ÅçòI ä~àÉI ãìêI ÉëÅêáíìê~ Çç íÉêêÉåç oAUMãáä ëçãÉåíÉ ~ î á ë í~ c W P O O N J M V P O L VNVOJQPMM 379125631

SÃO RAIMUNDO - OèíëI ëäI ÅçòKïÅ

Ö~êKNÅêIå~ ä~àÉI éêµñK ¶ pÉÇÉ p©ç o~áãìåÇç oASMãáä ¶ îáëí~ VNNUJMNTPL UNQNJ VTUR

179125616

SERGIO PESSOA NETO - îÉåÇç Å~ë~

ÅLOèíëI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI ãìê~Ç~I ÅÉê~ãáÅ~I Ñçêê~J Ç~I èìáí~Ç~I ÇçÅìãÉåí~J ´~çKçâ éÉä~ Å~áñ~I oANMMãáä cWVOUOJRNTU

379125750

STº ANTONIO - ANRRjáä Pèíë ÑáJ

å~åI çìíê~ Rèíë OMMãáä ÑáJ å~åÅK ëKàçêÖÉ O éáëçë Oèíçë Ö~ê AUR jáäI Ñáå~åÅKpKàçêJ ÖÉ RèíëI ëÇç NëíÉ ÄK äçÅ~äK ONMãáä cáå~åÅ VVQQJ MVSO

379125632

STA ETELVINA - éñ

~ éêáåÅK ìêJ ÖÉåíÉ ãçíK îá~ÖÉã Å~ë~ ÅL OèíëI ëäI ÅçòI ïÅ HâáíåÉíÉI íK SñOR éä~åçI ëÉãáJãìêI oAOSãáä ëµ ~ îáëí~ VNUOJ MOTMLUNROJVSMQ ÅJOMTN

379125126

T. NOVA 3 - îÇç N Å~ë~ ãìê~J

Ç~ å~ ÅÉêI Öê~ÇK O éçêí~ ÇÉ ÑÉêêç É N ÇÉ Éåêçä~êI •Öì~ë ~ã~òK é´ ~êíÉëK Pëäë Oèíë Ñçêê~K OïÅë Åçé~ ÄÉã Öê~åÇÉI íÉê NPñOP ÅL ãìáí~ë ÑêìíÉáJ ê~ë cWPOOUJSNQNLPSRNJ MNVQ

379124407

T.NOVA III - ~äîÉåK OÅ∑ãçÇçë

Öê~ÇÉ~Ç~I ïÅI íÉêêK ãÉÇKTñOM oANOKRMM lìíê~ ëäIèíçIÅçòK ïÅ oANNKRMM cWVNNUJ MNTPL UNQNJVTUR 179125763

TANCREDO NEVES - Oèíçë ëä~ Åçò

ïÅ íÉêê UñOR OUãáä VORPJ QMMS

379123589

TERRA NOVA II - îÇç Å~ë~ OèíëI

ë~ä~I ÅçòI ïÅI ÅÉêI ãìêI ä~àÉI ãÉÇKUñNRI oAOUãáä cWVOVRJNSVRL UOOQJ RROT

379125131

TANCREDO NEVES - OèíçëI ë~ä~I

ÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI èìáí~Ç~I íÉêê VñOP oARRãáä cWVNSOJ PVUT

379125598

TANCREDO NEVES - Å~ë~ OèíëIëä

ÅçòK ïÅ íÉêêKUñOR mñK~ èì~Çê~ ÇÉ ÉëéçêíÉ oAOUãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

179125369

TANCREDO NEVES - ãÉêÅ~ÇáåÜç

ÅçãéK H êÉëáÇÉåÅK P èíëI ëäI ÅçòI ÅÉêßãI ãìê~ÇI éç´çI íÉêêWNMñPMI éáëÅáå~I Äçã Ñ~íìê~ãÉåí oAVMãáä VNPSJPMQPLUONPJ NRRR 379125476

TARUMÃ/ P. S. PEDRO (PX. BEMOL) - `~ë~ ÅL O èíçëI ë~ä~I ë~J

ä~ Éëí~êI ÅçòáåÜ~I ïÅI ÅÉJ êßãáÅ~I Ñçêê~Ç~I ãìê~Ç~I Ö~ê~ÖÉã I ÇÉëçÅìé~Ç~I oARRãáä K cWVOOSJPRUQL UNQSJQRSO 179125334

TER. NOVA - `à oÉëÇK m~ëë~J

êáåÜç Oèíë ëä Åçò ïÅ ~êK ÇÉ ëÉêîK Ö~ê éO Å~êK éí©ç ~äìãK Ñ~äí~åÇç ~Å~Ä~ãK oASRãáä cWUNOVJ QTRQ

379123983

TERRA NOVA III - O èíëI ëäI ÅçòI

ïÅI Ñçêê~Ç~I å~ ÅÉêßãáÅ~ IoAOOãáäK cWPSRNJNQMTL VNNUJ RURNK

379125578

TERRA NOVA 2 - OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI

ÑççêI HíÉêêI oAONãáä çìíê~ åç ãçåíÉ Ç~ë çäáîÉáê~ë OèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ÅÉêI ÑçêêI ãìêI oAOMãáä cWVNMTJNUSO 179125260

TERRA NOVA 2 - þíáã~ äçÅ~äáòK

å~ ä~àÉ ÅL O ëìáíÉëI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ÅÉêßãáÅ~I Öê~J ÇÉ~Ç~I éç´ç ~êíÉëK Ö~êK íÉêêK éä~åç ãÉÇK NMñPM oAQRãáäK cWVNPO MRSVLUOOQ VORP 179125364

O ë~ä~ë O ëìáJ íÉë OïÅ O ÅçòK Ö~ê~ÖÉã éáëÅáå~ ëÉÖìê~å´~EÅ~ãÉJ ê~L ÅK ÉäÉíêáÅKF å~ ä~àÉ míK ~äìãK ÉäÉíêáÅç cWUNNVJRPRTL VNUUJ RURU

379125095

ZONA LESTE - Å~ë ÇÉ ~äîI ÅLëäI

Ñçêê~Ç~I å~ ÅÉêßãK ÅL éçåíç ÅçãÉêÅK íÉêê NMñPM oAPSãáä cWVNMVJQOQQ

OèíçëI ÅçòI ïÅI Ö~ê éL OÅ~êêI ã~áë Oøéáë ÅçåëJ íêìáÇI ÅLQMãOI éñWÖKÅáêÅìJ ä~ê É ÑÉáê ãìäíáê©çI çåáÄìë Ç~ äáåÜ~ VO éLÉã ÑêÉåíÉI íáíKÇÉÑáåáíI TUãáä ãçíKîá~J ÖÉã UUPRJRTQV Å~êäçë

UNIÃO DA VITÓRIA - îÉåÇç Åë~ Åçã

ZUMBI (PX. FEIRA) - _ç~ `~ë~ ÇÉ

179125548

TERRA NOVA III - iáåÇ~ Å~ë~ íçÇ~

379125354

O èíçëI ëäI ÅçòI ïÅI íÉê UñOMI AORãáä VOPMQUVQL UONQ SNUR

179124999

VAL PARAÍSO - oÉëáÇK OèíëIëäI ÅçòK

ïÅI•êKëÉêîKHéê¨Çáç ÅãäK ÅçåJ íÉåÇç é~åáÑáÅ~Ççê~IãÉêJ Å~ÇáåÜçI~´çìÖìÉ ~ãÄçë ÑìåJ Åáçå~åÇK íÉêêK ÑêÉåíÉ éL P êì~ëK cWUOOMJUNTOL UUORJNOTUL PSRTJNOUN 179125477

VALE DO SINAL - sÇç

Oèíë ëL N ëìáíÉI ëäI Åçò ïÅ ëçÅI Å~J ë~ åçî~ èìáåí~ä oAPN ãáä ëµ äáÖ~ê áåíÉêÉë~Ççë> cWUNQSJVQRNLVVSTJ MSVQ

379125425

TERRA NOVA - îÉåÇç Å~ë~ ãáëí~

ÅLRèíëIë~ä~I ÅçòáåÜ~I OïÅI íÉêêÉåç VñOR oAORãáä cWVNSOJPVUT

VILA REAL - ÅL

VDO VÁRIAS CASAS - É íÉêêÉåçë

OMãáä ¶ NMMãáä `~ãéç p~äÉë cWVPOOJSROU

379125213

VENDO OU TROCO/SAO J. DOS CAMPOS - Åë Éëè ÅL OèíëI ëä ÇÉ Éëí~êI

ÅçòI ïÅI ãìê~Ç~IÅÉêI ÑçêJ ê~Ç~IÖê~ÇI íÉêê NMñPM oATMãáä cWVOPQJPMTVLVORVJRVNR 379125702

VENDO VÁRIAS CASAS - É

íÉêêÉJ åçë ÇÉ s•êáçë säêëK åç ^äJ îçê~Ç~I säêëK ¶ `çãÄK cWVOQPJQTQMLUNSPJPPQTL UUOUJQOSQLVPNNJPVQQ 179125757

ZUMBI II - Å~ë~ ÇÉ ~äîÉå~êá~ ÅL

O èíçëI ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI Ñçêê~Ç~I µíI íÉêêK ãÉÇK NMuPMI éñK ^êã~åÇç jÉåÇÉëI oAPRãáä cWVNPSJPMQP 179125573

ZUMBI III - îÉåÇç

Å~ë~ O éáJ ëçë Oèíçë ëL N ëìáíÉ ë~ä~ Åçò ïÅ oAQR jáä ^ÅK éêçéçëJ í~K mêçñK ~ ÉëÅçä~ m~ÇêÉ iì∞ë oì~ë cWVOPQJUOSO 379122994

3 QUARTOS

379125556

3R IMOVEIS COND.VILA VERDE I - p~åíç

^ÖçëíáåÜç OèíëI ëäI O îÖ~ë ÇÉ Ö~ê~ÖK•êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´çI éçêí©ç ÉäÉíê∑åáÅç É ÅáêÅìáJ íç Éä¨íêáÅç oAONMãáä ~ÅKÑáJ å~åÅá~ãÉåíç cWUNNTJ NVUSLPRUQJ OMMR

179111557

3R IMOVEIS JARDIM MILANO/PARQUE DEZ - îÇç Å~ë~ ÅLPèíçëI

N ëìáíÉëI ë~ä~ O ~ãÄK ÅçòK ä~î~åÇÉêá~I íÉêêÉåç NOñOR ÇÉ ÑìåÇçI •êK ä~òÉê Åçã éáëÅáå~ ~ÇìäíçLáåÑ~åíáäI ë~J ä©ç ÇÉ ÑÉëí~ëK oAQMMãáä ^ÅK cáå~åÅK cW UNUV RVVVL PRUQ OMMR

179111554

~äîÉå~êá~ E åç ÄÉÅçF ÅL O èíçëI ëä~I ÅçòI ïÅIÖê~ÇIµíK èìáåJ í~äI å~ ÅÉêßãáÅ~I Ñçêê~Ç~I oAOQKRMM ~ÅK éêçéçëí~ K VNPSJPMQPL UONP NRRR

3R IMOVEIS PQ 10 - ÅLP

èíë ëL OëíÉëI ÅçòK ïÅ ÅLÄäÉåÇ~ëI Ö~êK éLQÅ~êK ÇÉéK ÉãéêÉÖK ÅÜìêê~ëèK é´K~êíK ä~îK O éáJ ëçëI íÇ~ å~ ä~àÉ ÅL ÅÉêßãK éêçåí~ éLO⁄éáëçI éíπÉë ~äìãK ^ÅK Ñáå~åÅK É Å~êK å~ åÉÖK AOPMãáä éñ ~ç _K Çç _ê~J ëáä cWPPMQ VVSRLPRUQ OMMR

179125595

ZUMBI 1 - Å~ë O éáëI Oä~àI ëäI ÅçòI

~êKëÉêîI éí ÅçãÉêÅK QM ãáä UOOQJPNQVLVPQOJVMQO

179111558

379125270

ALEIXO COND. FECHADO - k~íìêÉ

ZUMBI 2 - O èíëI ë~ä~I ÅçòI ïÅI

~êÉ~ HS âáíáåI ÅLêÉåÇ~ NKSMM éLãÆëI ÅLéí ÅçãÉêÅ ÑêÉåJ íÉI éñWÄ~åÅ OQ ÜêëI ëìJ éÉêãI ∑åáÄ éêçñI NNMãáä cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

ZUMBI 2 - O èíëI ëäI ÅçòI ïÅI ëìáíÉI

ALF.NASCIMENTO - çíã çéçêíìI

179125285

ÅLPèíçëI ëä Éëí~êI ÅçòI ïÅI ëä à~åí~êI íÉêêWNMñOM íÇ Öê~ÇI ÄKäçÅ~äáòI ÅLR~äìÖì≠áë oANIOMMãÉåë~ä VNQPJ PUOPLUOOOJRQTN

ZUMBI II - OèíëIOëäëIÅçòKOïÅ åç

379125423

~òìäÉàç ~í¨ ç íÉíçI•êÉ~ ÅçJ ÄÉêí~IíçÇ~ ãìê~Ç~I ÑêÉåíÉ ÅçÄÉêí~ ÅLíÉäÜ~ ÇÉ Ä~êêçI îÖ éLSÅêëIíÉêêKéä~åç UñORK oA RRãáä ^ÅKÅ~êêç É mêçë~J ãáãKcWUNNQJNTPRLV NSNOQNT

ALFREDO NASCIMENTO - oì~ oÉJ

ÄÉÅ~I íÉêêÉåç ãÉÇKKUñOM PèíëI ëäI ÅçòI ïÅ oAPM ãáä cWVNURJSMQPK

179124809

ALIANÇA COM DEUS - oì~

p©ç m~ìäçI íÉêêK ãÉÇKNMñORI PèíëI ëäIÅçòI ïÅ oARMãáä cWVNURJSMQPK

179125237

RIO PIORINI - îÉåÇç

Å~ë~ ~äJ îÉå~êá~ ÅL OèíëIë~ä~I ÅçòáJ åÜ~I ïÅI ÅÉê~ãáÅ~I ëÉãáJ ãìê~Ç~I ãÉÇKVñORI oAOSãáä cW VORU OUNU

379124838

îÇç Å~ë~ ÅL Pèíçë ëÇç NëíÉI íÉêêKPMñOTI ÅçòI ëäI î~êK ÇÉ Éëèìáå~I ^ÅK éêçéK oANVMãáä cWVNVNJ PTVP

B E LV E D E R E -

179125158

C. ELISEOS - PèíëIëäIÅçòKïÅIÉíÅ

_bisbabobJPèíë ëL OëíëIëä ÅéLÅçòK Ö~êKÉíÅK ^islo^J a^ JOèíëLëíÉIëäIÅçòKÖ~êK ÉíÅ cWUOOMJUNTOL UUORJNOTUL PSRTJNOUN 179125483

C. NOVA - Pèíë ëåÇç N ëíÉK Ö~ê~Ö

C. NOVA - k∫ÅäÉç NP äáåÇ~ Å~ë~

ZUMBI 2 - Å~ë ~äîI OèíçëI ëäI ÅçòI

379125513

ÉñÅK Å~ë~ åçî~ ÅL PèíëI NëíÉI Ö~ê~ÖK éçêí©ç ~äìãK ~ìJ íçãI ÑçêêI ÅÉê~ãI NOMãáä ~ÅK Å~êêç É é~êÅÉä~ãÉåíç cWVNPSJTVURLUNRMJORPO

ALEIXO/ COND OASIS - Pèíë ëÇç NëíÉI

ëäIÅçòKíÉêêKÖÉëëçI Åçãé~êí Öê~åÇÉ oANPRãáä ~ îáëí~ ^ÅKÅ~êêç cWPMUOJMPSML VNPOJ VUUOL UNQPJPRQV

ïÅI ãìêI ÅLO âáíáåK éä~åçI ~ê¨~ éLÖ~êI íÉêWNMñOR PRãáä PSUOJTOTULVONTJ PTRM

179125571

BEIJA-FLOR II - éêµñK `çåÇK pãáäÉ

ÅçÄK éL P Å~êêçë ÅÜìêê~ëJ èìÉáê~ ÇH ÇÉéÉåÇK ÉÇáÅìJ ä~I ÅL ëíÉI é´çK ~êíK µíáãç äçÅ~ä oANRMãáä cWUUMQJNVRRL VNVQJ UNVM

èìáåí~ä åç éáëçI ãìê~ÇI Öê~ÇÉ~ÇI Ö~ê~ÖI oAQRãáä cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

379125062

é~ÖìÉ äáåÇ~ ÅLî•êá~ë ÇáîáJ ëπÉëIé´ç Ià~êÇáå~ÖÉãIÑêìJ íÉ∞ê~ë ãÉÇK NMMñNUM ÇçÅK oANKRMMIMMM eìã ãáäÜ©ç É èìáåÜÉåíçë ãáä êÉ~áë cWVNPSJ PMQP

sáää~ÖÉ ÇÉ äìñç íê~åëÑK Å~J ë~ Pèíë ëìáíÉë ~Å~ÄK ÇÉ NŸI •êK ä~òÉê oATRãáä ~ÅK éêçéK ÇÉ é~Öíç ÉåíêÉÖ ÇÉòLOMNN cWVNPVJSROPLUUOTJ OTSO

379125348

379125052

AV.DO TURISMO - ~ç ä~Çç Çç éÉëÅ

379125206

êÉÑçêãK Pèíë ëÇ OëíÉëI ÉñÅK ~Å~Ä~ãÉåíçI ÉÇ∞Åìä~I Ö~J ê~ÖI éíK ~äìãK ~ìíçãI NVUãáä ~ÅK Ñáå~åLcÖíëI Å~êêçë cWVNPSJTVURLUNRMJORPO

379124845

C. NOVA I (QUITADA) - éñK `~áñ~

bÅçåK µíK äçÅ~äáòK Åë~ O éáJ ëçë ÅçÄÉêíK ÉëíêK ãÉí•äI PèíëI OëíÉëI ëäI ÅçòK åç ~òìäÉàI ïÅ ëçÅI •êK ëÉêîI Ö~êK éL QÅ~êI ãìêI oANSMãáä VNVTJ MONN 379125317

C. NOVA I - éêçñK

Å~áñ~ ÉÅçJ åçãáÅ~I ë~ä~ éLO ~ãÄI Pèíë ëÉåÇç OëìáíÉëI ÅÉêI ä~àÉ éL OéáëçëI ïÅI ÅçòI é~íáç ~ãéäçI ÅçÄÉêíìê~I oANSMãáä cW VNMNJONUPLUNPPJUVRM

379124881

C. NOVA I - îÇç Å~ë~ ÅL Pèíë ëÇç

ÇÉ ~äîIãëã íÉêê UUPUJ SOVT

NëíÉI ëä Éëí~êLà~åí~êI ÅçòI íçÇ~ ãìê~Ç~I ÑçêêI ÅÉêI Ö~ê~ÖK ÅçÄK Héíç ÅçãÉêÅK VPNRJ QOSM

RIO PRETO DA EVA - íÉêêÉåçë ÄÉã

ALVORADA/REDENÇÃO - O É PèíçëI

C. NOVA II - kK pê~ Çç mÉêé¨íK

379125413

AMADEU BOTELHO C.NOVA - Å~ë~

179124827

ALTAZES - îÇç çì íêçÅçI OÅ~ë 379125779

379125785

ëä~ Åçò ÅÉê~ãI ãìêK Ö~êK oAPMjáäI oARMãáäI oAURãáä oANPMãáäI cWVNQRJQQQPL PSRTJUSOP

äçÅ~äáò~Ççë å~ êì~ Çç qÜÉêã~ë íçÇç äÉÖ~äáò~Çç NMñOR ëáå~ä ÇÉ oARãáäH é~êÅK cWVNQNJVNPMLUOPRJRPOOL PSPSJPNMRLUNOOJTOMU

379124823

PèíëIëäIÅçòK ëä ÇÉ à~åí~êI ëä ÇÉ Éëí~êIïÅI •êKëÉêîK Öê~ÇK ÑçêêK íÇ~ ãìêK oATSãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

S. JOSE 4 - éêáåÅáé~äI êì~ NMI Å~ë~

ÇÉ O éáëçëI N⁄éáëçW OèíëI ëäI ÅçòI O⁄éáëçW O~éíçëI ¥ íÉã èìáåí~äI oATMãáä cWVNPSJ PMQPLUONPJ NRRR

179125363

AMADEU BOTELHO/C.NOVA - Ö~ê~J

379125470

ÖÉãI ë~ä~ ÇÉ îáëáí~I Pèíë ëÉåÇç NëìáíÉI Åçé~LÅçòI ~êKëÉêîI ïÅLëçÅá~äI ÅÉê~ãI Ñçêê~Ç~I oANOMãáä cW VNMNJONUPL UNPPJUVRM

S.JOSÉ 1 - Å~ë ÅLOèíçëI ëäI ÅçòI

ïÅI HÅ~ë ÇÉ ã~Ç åçë ÑìåJ ÇçëI íáíKÇÉÑI íÇ Öê~ÇI PUãáä ¥ ~ÅK Ñáå~åÅK VNQQJNQPQL UOONJRNSM

379125066

S.JOSÉ 1 - äáåÇ~ Å~ëI ÅLOèíçëI

ëäI ÅçòI ïÅI Ö~êI ãìêI èìáåí~äI íáíKÇÉÑáåáíI ~ OMMãíë Çç VøÇéI VMãáä ¥ ~ÅKÑáå~åÅI cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

379125064

S.JOSÉ 3 - ÅLO èíçëI ëäI ÅçòI OïÅI

èìáåí~äI é´K~êíI OéíKÅçJ ãÉêÅ ÑêÉåíÉ Öê~åÇÉI å~ êWã~êÖáå~äI SRãáä cWVNQQJ NQPQLUOONJRNSM

379125067

S.JOSÉ 3 - îÇç Å~ë ÅLOëäëI O èíçëI

ëLNëíÉ I ÅçòI ïÅ ëçÅá~äI Ö~êI ~êKëÉêîI íÇ å~ ä~àÉI éñ Å~ãéç Ä~Üá~I TUãáä VOPRJRSUPL UNRSJ QRVRLVNQQJNQPQ 379125040

S.JOSÉ 4 - Å~ë ÅLëäI OèíçëI ÅçòI

ïÅ ëçÅá~ä IãìêI Öê~ÇI íÉêê éä~åçI é ∑åáÄìë ÑêÉåíÉI RRãáä VOPRJRSUPLUNRSJ QRVRL VNQQJNQPQ

379125041

S.JOSÉ CAMPOS - äáåÇ~

Å~ë ÅL NèíçI NëíÉI OïÅI Åçò ÅL ÉÇ∞Åìä~I íÇ ÅÉêI ãìêI íÇ ÑçêêI Ö~êI éíK~äìãI é´K~êíI ÄKäçJ Å~äáò VNQPJPUOPLUOOOJ RQTN 379125432

S.JOSÉ/ ZUMBI ATRÁS DA ESPLANADA - Äçåáí~ Å~ë~ ÇÉëçÅK Oèíë

ëäIÅçòKå~ ä~àÉIãìêK èìáåí~ä oARMãáä cWPMUOJMPSML VNPOJ VUUOL UNQPJPRQV

179125288

3R IMOVEIS CD JARDIM DE MILANO (PQ 10) - P èíçë ëÇç NëíÉI ëäIO

379124895

AMAZONINO MENDES - Å~ë~ ÅL ëäI

~ãÄI ÅçòI ä~îI íÉêê NOñOR ÇÉ ÑìåÇçI ~êK ä~òÉê ÅL éáëÅ ~ÇìäíçLáåÑI ëäK ÑÉëí~K oAOVMãáäK ^ÅK Ñáå~åÅK cWUNUV RVVVL PRUQ OMMR

PèíëI ïÅI ÅçòI •êÉ~ ëÉêîI ÅÉêI ÑçêêI Öê~ÇI Ö~êI íÉêê UñOR ãìê~ÇçI µíáã~ äçÅ~äáò~J ´©ç ÅL í∞íìäç oAURãáä cWVNVTJMONNLUNUTJUMSM

3R IMOVEIS CD RIO DE JANEIRO (RUA MACEIO) - P ëíëI ëä ÅL P ~ãÄI

AMAZONINO MENDES - îÇç O Å~J

179111551

Åçò ÅL ~êã•êáçëI Ö~ê éL OÅ~êêçëI éáëÅI ÅÜìêê~ëèI ~êK ëÉêî ÉñíÉêå~I ÇÉéK ÇÉ ÉãJ éêÉÖ~Ç~I Ñáåç ~Å~Ä~ãÉåJ íçK oAUMMãáä ~ÅK Ñáå~åK cWUNUV RVVVL PRUQ OMMRK 179111533

3R IMOVEIS CD VILA LÍRIOS - Pèíë

ëåÇ OëíÉëK Ö~ê éL O Å~êI éçêí©ç ÉäÉíê∑åáÅçK oA OOMãáäK ^ÅK Ñáå~åÅá~ãÉåíçKcWUNUV RVVVL PRUQ OMMR

179111556

3R IMOVEIS CJ IÇA PARAÍBA - PëíÉëI

ëäI ÉëÅêáíI ÅçòI ÇÉéÉåÇ ÇÉ ÉãéêÉÖI ÅÜìêê~ëèI Ö~ê éL QÅêI ~êK ëÉêîI íÇ ä~àÉI íÉêê NRuOOK oAPRMãáä ^Å ÑáJ å~åKcWVNOV SOUTLPRUQ OMMR

179111555

3R IMOVEIS COND. RIO DE JANEIRO (RUA MÁCEIO) - PëíÉëI ëä ÅL P ~ãÄI

ÅçòK ÅL~êã~êáçë Ö~ê~ÖK éLO Å~êêçë éáëÅK ÅÜìêê~ëèK •êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´ç ÉñíÉêå~ ÇÉéK ÇÉ ÉãéêÉÖK Ñáåç ~Å~ÄK oAUMMãáä ~ÅK Ñáå~åÅá~ãÉåíç cW UNNT NVUSL PRUQ OMMR

179111549

379125313

ë~ë åç ãë íÉêêÉåç N⁄ Å~J ë~ ëä Åçò Oèíë ïÅI ÑçêêI ÅÉêßã çìíê~ ëäIÅçòIèíI ïÅI íÉêêÉJ åç ãÉÇ NMñNQ oAPRãáä cWVNPUJSMTMLUNUOJRRRN 179125851

ANEXO AO CONJ. HILÉIA - Å~ë~ ÅL

Pèíçë ëÇç Nëì∞íÉI ë~ä~I ÅçòI ÇH ÇÉéÉåÇK •êK ëÉêîI Ö~J ê~ÖK éL OÅ~êI íÉêê ãÉÇK PMMxãOz oAOOMãáä ~ÅK éêçéK cWVSMUJNTNPLPMUUJ MMUO 379125011

Å~ë ÅL PèíçëI ëäI Åçò IïÅI Ö~êI èìáåí~äI íÇ ãìêI HéíKÅçãÉêÅI SRãáä cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

ARMANDO MENDES -

379125050

ARMANDO MENDES - þíáã~ Åë~

ÅL éíç ÅçãÉêÅá~ä å~ ä~àÉ å~ ^îK mêáåÅI P èíçëI ëä~I ÅçòI ïÅI Öê~ÇÉ~Ç~I Ñçêê~Ç~I ÅÉê~ãI oATUãáä cW VNPSJ PMQPLUONPJNRRR

179125586

ARMANDO MENDES - sÇç Å~ë~ ÇÉ

~äîÉå~êá~ ÅL P èíçëI ëäIÅçòKïÅ H éíç ÅçãÉêÅá~ä E^îK mêáåJ Åáé~äF oARRãáä cWVNPSJ PMQP

179125579

379124448

pçÅçêêç éêµñK ~ç k∫ÅäÉç R Å~ë~ ëáãéäÉë ÅL ë~ä~I PèíçëI ÅçéLÅçòI ïÅI ÅÉê~ãI íÉêê VIRñNR Äç~ äçÅ~äáòK oAPRãáä cWVNNVJMPSSLPMUOJMMSP

379125712

C. NOVA II - îÉåÇç Å~ë~ ÅL Pèíë

É ÇÉã~áë ÇÉéÉåÇÆåÅK cWPOONJUQSNLUOPSJ TOSP

379125461

C. NOVA/ NUC.11 - îÇç Å~ë~ Pèíë

ëÉåÇç NëìáíÉI ÅÉêI ïÅI ÅçòI éáëÅáå~ H íÉêêÉåç ~ç ä~Çç ÇÉ PMñPMI ÅLP Å~ë~ëI ë~J ä~I ÅçòI èì~êíç oANRMãáä cW VNMNJONUPLUNPPJUVRM

379124887

C.DEUS - îÇç Å~ëI ÅLPèíçëI ëL

NëíÉI ëä à~åí~êI Åçò ÅL ~êKëÉêîI íÇ å~ ÅÉêI Öê~ÇI ãìêI Ö~ê QMãáä VOTSJSOSVL VNNRJNUVU

379125132

C.NOVA 1 - éñWíÉêã PI íÉêêWNMñPMI

ÅLNèíçI OëíÉëI ëä Éëí~êLà~åJ í~êI ÅçòI Ö~ê éLPÅ~êêI íÇ ÑçêêI ãìêI éáë éçêÅÉäI éíK~äìãI VNQPJPUOPLUOOOJRQTN 379125440

C.NOVA I - ÉñÅÉäK éñKéê~´~ ÇÉ

~äáãÉåí~´©ç ÅLPèíë ëL NëíÉ oANSMãáä ëáå~ä Rãáä ~ÅKÅ~êí~ Åê¨Ç É cÖíë PMUTJSTTUL VPRUJ UPPPL VNQNJUTQRL PSPSJ OOMR

179125814

C.NOVA I NUCLEO 4 - Pèíë ëL NëíI

éí©ç ~äìãI Ö~êKÉíÅ oANRMãáä ëáå~ä Rãáä ~ÅÉáíç Å~êí~ ÇÉ Åê¨Çáíç É ÑÖíëK cWPMUTJ STTUL VPRUJUPPPL UOSMJRNPM

179125819

CACHOEIRINHA - äáåÇ~ Å~ë~ ÅL Pèíë

H P âáíáåÉíÉë ~äìÖ~Ç~ëI Ö~ê~ÖK éL OÅ~êI éêµñK ~ç m~ã Ç~ `çÇ~à•ëI µíáãç áåîÉëíáJ ãÉåíç oAORMãáä cWVOOMJ OPOVLUNNRJSMMO

379125497

CACHOEIRINHA - îÉåÇç

Åë~ O ~åÇ~êÉë P èíçë ëL N ëìáíÉ ÅL î~êK ëä Åçé~ Åçò ÅK ~êã ÉãÄìíáÇç ÉÇ∞Åìä~ éñK ~ oK _çêÄ~ éíK ~äìãK Ö~êK oANUMjáä VOTVJQRSNLUNMVJVQPP

179125242


8

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN


9

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

3 QUARTOS CAMPOS ELÍSEOS - UMMã PèíëIëÇ

NëíI QîÖëI ÉÇ∞ÅìäI íÇ êÉJ ÑçêãI ~êã å~ Åçò É èíë cWUOPMJVQUTLVOTOJMURUL UUMNJSPSS 179125499

CAMPOS SALES - ~ VMMã Ç~ ÄÉãçä

îÇç Åë P èíëLëÉåÇç NëíI Åò áåÇI ~êÉ~ ëÉêîI éáëÅI Ö~ê éLQ Å~êI íÉêêK ÅL O Ñêíë ãÉÇK ROMãO oAORMãáäIcWVSMUJNTNPL PMUUJMMUO

379125013

CARTA DE CREDITO - ÅçåíÉéä~Ç~

îÇç Å~ë~ ÇÉ Éëèìáå~ ÅL Pèíë ëÇç PëíÉëI ÅçòI Ö~ê~Ö ÅçÄÉêí~ éL OÅ~êI oANQMãáä cWVSMUJNTNPL PMUUJMMUO

CIDADE NOVA -

379125012

CIDADE NOVA/ RIBEIRO JUNIOR - äáåÇ~

Å~ë~IO éáëçëI Ñáåç ~Å~Ä~J ãÉåíçI ~ÅÉáíç Å~ë~ É Å~êJ êç ãÉåçê î~äçê ÑçJ å É W V NN T J M V R M L U N O U J OUVMK

159124591

CJ VISTA BELA OPORTUNIDADE ÚNICA - Å~ë~ ~ ëÉê êÉëí~ìê~J

APMãáä é~ê~ áãçîÉä båíê~J Ç~ ARãáä H é~êÅK UNNTJ VVSS

Ç~I íÉêê NOñOR îÉåÇç oANOMãáä ~ îáëí~ cWVOVVJ QPUOL VOQQJNRUV

CASTANHEIRA I - `ë~ ÅL Pèíë ëÉåÇç

CJ. CASTELO BRANCO/PQ. DEZ - îÇç

379125724

NëíI OëäëK ëä ÇÉ à~åí~I ÅçòI ïÅI Ö~êK ÅçÄÉêíK éL OÅ~êêI íÇ~ å~ ÅÉêßãK oATUãáä cW VNSNJOQNTLUNNQJNTPR

179125257

CD. FOREST HILL - ÄÉä∞ëëáã~ë Å~ë~ë

~äíç é~Çê©ç O éáëçë P ëì∞J íÉë EN ã~ëíÉê ÅL ÜáÇêçFI ÉëÅêáíK åç éçêÅÉä~å~íçI ÄäáåÇÉñI •êÉ~ ä~òÉêI åçî~ É ÇÉëçÅìéK QVMãáä ~ÅK ÑáåLcÖíë cWUNRMJORPO 379124859

CD. FOREST HILL - ÉñÉÅK Å~ë~ ~äíç

é~Çê©ç PëíÉëI ë~ä~ O~ãÄK Åçò ~ãÉêáÅK éçêÅÉä~å~íçI ÄäáåÇÉñI •êÉ~ ä~òÉêI åçî~ É ÇÉëçÅìéK PMMãáä ~ÅK ÑáåL cÖíë UNRMJORPOLVNPSJ TVUR

379124860

CD. TAPAJÓS - ÄÉä∞ëëáã~ë Å~J

ë~ë ~äíç é~Çê©ç O éáëçë Pëì∞íÉë åç éçêÅÉä~å~íçI ÄäáåÇÉñI •êÉ~ ä~òÉêI åçî~ É ÇÉëçÅìéK QVMãáä çìíê~ QTMãáä ~ÅK ÑáåLcÖíë cWUNRMJORPO

379124855

CENTRO - ^îKdÉíKs~êÖ~ë å~ sáJ

ä~ m~ê~∞ëç îÇç Åë~ ÇÉ P éáëçëK í¨êêÉçWëäIÅçéLÅçòI ïÅ N⁄ ~åÇK èíçHëíÉI O⁄ ~åÇK ëíÉ ÅL î~êK P⁄ ~åÇK ä~à VMãáä ÇçÅK çâ VOTVJ QRSNL UNMVJVQPP

179125243

CENTRO - iìáò ^åíçåóI Å~ë~ O

é~îK P èì~êíçëI ë~ä~ O ~ãÄK OïÅI ä~î~åÇÉêá~I íÉêê~´ç ÅL îáëí~ éL oáç kÉÖêçK oA NUMãáä cWPOPUJSPVVL UUMPJSPVV `JNPM mc

379125655

CIDADE NOVA - ÄÉä∞ëëáã~

Å~J ë~I Ñáåç ~Å~Ä~ãÉåíç ~íìJ ~äáò~Ç~I éêµñK ~ç äÉÖ~äI Ñ Ö íë K Ñ ç å É W V NN T J M V R M L UNOUJOUVMK

159124592

179125651

çì ~äìÖç Å~ë~ OQMãO ÅL PëìáíÉëI Oëä~ëI Åçò ~ãÉJ êáÅI oAPPMãáä ~ÅK éêçéK çì Ñáå~åÅK éêµéêáç cWUNTUJ SQQULVNVVJOMPSLPSQSJ MPQV 379125045

CJ. F. MENDES II - íê~åÑáêç

çíáJ ã~ Å~ë~ ÅLPèíëIë~ä~I ÅçòI ïÅI Ö~êÖK ÅçÄI íçÇ~ Öê~J ÇÉ~Ç~ H ÇÉéI éêçåí~ éL ãçê~ê oAURãáä ëç ~ îáëí~ cWVONMJSPMVLUNTVJORRM 379125807

CJ. FCA MENDES - µíáã~ Å~ë~ å~

éêáåÅK Pèíë ÅÉê Ñçêê Öê~ÇK Ö~ê ÅçÄK H éíç ÅçãäK oAVMãáä Éã Çá~ë éêÉëíK oANMSIMM çì oAUMãáäH ~íê~ëç cWVNPTJ PPMNLUUNPJPSPRLUNMOJ PPTU

379125512

CJ. M. NOVO/C. NOVA I - ãìê~Ç~

ÇÉ ÉëèKI éíK ÇÉ ~äìãKIÖ~êê éLR Å~êêçëI ëÉåÇç P ëìáíÉë íÉêêKNQñPR cWVVUNJMSMO

379124556

CJ. M.NOVO - ëäIÅçòKïÅ íÉêêK NMñQM

VMãáä VONUJSOSOLUORR NMQM

179125492

CJ. MANAUENSE/VIEIRALVES - êÉJ

ëáÇK èìáí~Ç~ oAPOMãáä ÅL QèíëI ëìáíÉI ëäI ÅçòI ÅÉêI ÑçêêI ä~J àÉI ãìêI éíK ~äìãI éáëÅK ~ÅK RMB ~ îáëí~ êÉëí~åíÉ ~ ÑáJ å~åÅ VNPVJSROPLUUOTJ OTSO 379125346

CJ. N. CIDADE - oANPMjfiÒ _Éä~

Å~ë~ ÅçåëíêìáÇ~ Pèí ëÇ NëíÉ ÅL ïÅ ãÉÇ NITMLQã åç ÄäáåÇÉñ ëä ~ãéä~ Åçò ïÅ ëçÅK ÅÉê Ñçêê ÇÉéçëáíK •êK ÅçÄK Ö~ê éL UÅ~ê éí©ç ~äìã Éä¨íK íK NUñNS ~ÅK Å~êêç Åçãç é~êíÉ Çç é~ÖK cWVNPTJPPMNLUUNPJPSPR

379125506

COLINA DO ALEIXO - Pèíë ëåÇç N

ëíÉI ÉëÅêáíµêáçI Ö~ê~Ö ÅçÄK éáëÅáå~I ÇH ÇÉéÉåÇK µíáãç äçÅ~ä ~ÅK Ñáå~åÅK ~ÅK éêçéK oAOQRãáä cWUUMQJNVRRL VNVQJ UNVM

379125209

COMPENSA - Oéáëçë OëäëI Pèíë

ëÇç NëíÉI ÅçòK ïÅI ~êK ÇÉ ä~òÉê ÅL ÅÜìêêK ãáåá éáëÅK ÇÉéÉÇ ÇÉ ÉãéêÉÖK Ö~êK SîÖë éñ ~ `~áñ~ Ç~Öì~JíÉêãáå~ä ~ÅK Å~êêç åç åÉÖçÅáçK oANOUãáä rêÖÉåíÉ cWVNUUJRURUL VNPPJSNMQ

379125102

COMPRE OU VENDA - ëÉì fãçîÉä

ÅçåçëÅç Éã î~êáçë Ä~áêJ êçë ÇÉ j~å~ìëI fãçîÉáë ~é~êíáê ÇÉ oAOMjáä VNVTJ MSMQLUNTPJRQOM qÉãçë N ëáíáç åç oáç mêÉíç Ç~ bî~K

379125554

COMPRO E VENDO - máçêáåá ~ç ä~Çç

Çç pçé©ç Ç~ mêÉÑÉáíìê~ îÇç Å~ë~ ÅL PèíëI ëäI ÅçòI HNÅ~ë~ å~ ÑêÉåíÉ ÅL OèíëI íÉêê NMñPM éä~åç oAPTãáä cWPOOPJ OSNRLVNRSJPNQV 379125194

COMPRO E VENDO SUA CASA - îÉåÇç

î•êá~ë Å~ë~ë ÇÉ oANPãáäI NUãáäI OMãáäI OOãáäI OTãáäI PMãáäI PRãáäI ROãáä ~í¨ NOMãáä ëçãÉåíÉ ~ îáëí~ cWPOOPJ OSNRLVNRSJPNQVLUOOQJ VMUU 379125197

QèíçëIëäI éáëÅáå~KNUM ãáä pK ÖÉê~äÇç Åë~ O é~îK Ö~êI PRMãáä ÅÉåíêçPèíçëIëäKNUM ãáä oK ÅKÅäÉãÉåíáåç OTM ãáä POPQJTTQSLVOSUJ OMTU

CONJ. AJURICABA -

379125061

CONJ. HILÉLIA IMPECÁVEL - Pèíë ëåÇ

O ëì∞íÉëI ~êã•êáçëI ÉÇ∞ÅìJ ä~I ÅßãÉê~I ÖÉëëçI NVMãI êÉÑçêã~Ç~I ëéäáíëI éí ~äìãI ~Å Ñáå~åÅK É ÑÖíëK oAORRãáäK cWVNRO NVRS ïïïKëçê~óJ ~îÉä~ëèìÉKÅçãKÄê

179125262

CONJ. SANTOS DUMONT - èìáí~Ç~

íçÇ~ å~ ä~àÉ PèíëI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅI •êÉ~ ëÉêîI íÉêê NMñPM oAOUMãáä cWVNQNJVNPML UNOOJTOMULPSPSJPNMR 379125431

COROADO II ( PX. MURANO VEÍCULOS) - `~ë~ ÇÉ ~îÉåK íÇK å~

ä~àÉ ÅL P èíçë ëÇç O ëíÉë H ïÅI å~ ÅÉêßãK Ö~ê~ÖK ÅçÄí~K O Å~êêçëI èìáåí~äI ANNMãáäK UNNQNTPRL VNSN OQNT

179125250

CRESPO - îÉåÇ ìã~ Å~ë~ OéáëçëI

PèíëIOïÅëIëäIÅçòI Ö~êKÉ éíç ÅçãÉêÅá~ä oAWNOMãáäKcWVNRQ TTSLVNSQJRUMQ

179124998

DJALMA COND. SOL MAIOR - íêáJ

éäÉñ ÅL P ëì∞íÉëI O ë~ä~ëI ïÅI ÅçòI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîK éáëÅáJ å~I Ö~ê~ÖK éL OÅ~ê oAOUMãáä cWUNTSJOOVQLUOMSJVTSQ 379125309

DOM PEDRO IMPERDÍVEL - P ëíÉëI

éáëÅI ÉÇ∞Åìä~I ä~àÉI êÉÑçêãI ~êã•êáçë É ÅÜìêê~ëèìÉáê~K ^ÅK Ñáå~å É cdqpK oAPPRãáäK cW VNRO NVRS ïïïKëçê~óJ ~îÉä~ëèìÉKÅçãKÄê

179125261

Å~J ë~I íÉêêKNMñOR ÅL éí©ç ÉäÉJ íêK ÅÉêÅ~ ÉäÉíêK éáëÅK PëíÉë ëä éL P~ãÄK åç éçêÅÉä A QUMãáä ~Å Ñáå~åÅK UOPSJSSNOL VOSUJMSVR ÅêÉÅá OVVN

DOM PEDRO KISSIA - iáåÇ~

379125524

FLORES - mèK Ç~ë k~´πÉë Å~J

ë~ ÅL PèíëI ÄÉã ~ãéä~I ÅÉê~ãI H ìã~ ÇÉ Nèíç Éã ÅçåëíêK íÉêê NUñPM éä~åçI ãìê~ÇçI éç´ç ~êíI VSãáä cWUNRMJORPOLVNPSJTVUR

379124866

FLORES - sÇç Å~ë~ Pèíçë ëL N

GRANDE VITÓRIA - mê¨Çáç å~ ^îK

fê~èìÉ ÇÉ O éáëçëI N⁄ éáëç äçà~ ãÉÇ UuNOI O⁄ éáëç Å~ë~ ÅL O èíçëI ëä~I ÅçòI ïÅI íÉêê UuORK sÇç rêÖÉåíÉ éçê oANMMãáä ~ÅÉáí~ Å~êêçK cWUNNQJNTPRLVNSN OQNT

179125247

JAPIIM/BAIRRO - P èíçëI ëäI Åçò

~ãÉêáÅK ïÅ ëçÅK å~ ÅÉêßã É ÑçêêK ÅL Ö~ê É éáëÅáå~K Å~ë~ êÉŨã êÉÑçêK AVMãáä pµ ~ ÇáåÜÉáêçK cW VNSO PPMNL UNMP QNQU

179125909

JOÃO PAULO - îÇç Å~ë~ ÅL PèíçëI

ëìáíÉ ïÅ ëçÅá~ä å~ ä~àÉ íÉêêKUñQR Ö~êK éç´ç ~êíK âë~ åçî~ éñK ~ç ^í~Åâ oAVTjáä jíK îá~ÖÉã ~ÅK éêçéK cWUNQSJVQRNLVVSTJMSVQ

J. TEIXEIRA 4º ET - îÇç Å~ë~ ÅL

PèíëI Ö~ê~ÖI éíK ~äìãI íÉêê UñPM í∞íìäç ÇÉÑK oAPUãáä cWVOTOJMVPRLVNRTJNPSN

ëäI ÅçòK ïÅK íçÇ~ ÇçÅìJ ãÉåí~Ç~K ^`K éêçë~ãáãK oATMãáä cWPSRNJVVSOL UNQVJSRVV `J OSUQ

GLORIA - Oéáëçë Pèíë ïÅ ëçÅK

J.TEIXEIRA - Pèíë ëä Åçò ïÅ ~ê

JOÃO PAULO 3 - îÉåÇI ÅëI ÅL ëäI

379125426

ëä å~ ä~àÉ ÇÉ Éëèìáå~ çíáJ ãç éL ãÉêÅ~ÇáåÜç Tñ OM H N ~éíç oANQMãáä ~Å éêçé UNQSJVQRNLVVSTJMSVQ

379125422

GRANDE VITÓRIA - þíáã~ Å~ë~ ÇÉ

~äîÉåK ÅL P èíçë ëÇç O ëì∞J íÉëI ëä~I Åçé~L ÅçòI ïÅI å~ ÅÉêßãáÅ~I Ñçêê~Ç~I Öê~ÇÉJ ~Ç~I î~ê~åÇ~I ãìê~Ç~I éñK _~ê~í©ç Ç~ `~êåÉK oAQOãáäK VNPSJPMQPL UONPJNRRR

179125580

379125555

ëÉêîK ãìê Öê~Ç èìáåí Ö~ê O Å~ê íÉêK éä~å QUãáä íáíK ÇÉÑI lrqo^ ÇÉ PUãáä ^ÅÉáíç íêçÅ~ Éã Åë~ çì Å~êêç cWVNTNJ UOMMLUNRVJTVMM

379124384

J.TEIXEIRA 3 - îÉåÇÉJëÉ Å~ë~

ÅL Oéáëç µíáã~ Å~ë~ N⁄éáë éíç ÅçãäIïÅIÖ~êIO⁄éáë OèíëIëä~IÅçòIïÅI•êÉ~ ëîIÉëíáäç Åçäçåá~äIíÉêêUñORãìêI ÇçÅIíáí QRãáä VVUTJPNQMLVORNJ MONR

379125394

179125110

Pèíë ÑçêêIÅçòI ïÅI íÉêJ êTñNN éêçñ ~ é~åáÑKÅÉ~ê• îäK • ÅçãÄK ãçíáîç ÇÉ îá~J ÖÉã PSUOJMNSPLUNNQJ OPQQ 379124226

~ j~ñ qÉáñÉáê~ Å~ë~ ÅL Pèíë ëÇç NëìáíÉI ÅÉê~ãI Ö~ê~ÖK éL OÅ~êI éç´ç ~êíëK èìáåí~ä ÅL í∞íìäç ÇÉÑK oASRãáä cWVNPSJ TVURLUNRMJORPO

JOSÉ BONIFÁCIO - éêµñK

379124829

KARONE’S CONJ. SERGIO PESSOA NETO ALUGUEL - äáåÇ~ Åë~I Ñáåç ~Å~ÄI

ÅLO ëíÉëI NèíçI O ëä~ë ~ã éä~I ÅçòI íÇ~ åç Öê~åáíçI éáëç éçêÅÉ ä~å~íçI Ö~êI éí©ç ~äìã ~ìJ íçã ANKMMM VNMVJMVPP çâíW â~êçåÉÛëJ`OSRN ÅçêêÉíç êÉë

179125144

KARONE’S CONJ. SERGIO PESSOA NETO TRANSFERENCIA - äáåÇ~ Åë~I ÑáJ

åç ~Å~Ä~ãI ÅLO ëíÉëI NèíçI O ëä~ë ~ãéä~I ÅçòI íÇ~ åç Öê~åáíçI éáëç éçêÅÉä~å~íçI Ö~êI éí©ç ~äìã ~ìíçã NPMãáä ¶ îáëí~ VNMVJMVPP çâíWâ~J êçåÉÛëJ` OSRN ÅçêêÉíçêÉë

179125142

KARONE’S CONJUNTO AMAZONINO MENDES - éêµñ ~ç èì~êÉå í©çI

ëäI OèíçëI ëíÉI ëä à~åí~êI ÅçòI Ö~êI ãìêI éí©ç ~äìãI íáíK ÇÉÑáå URãáä ¶ îáëí~ VNMV MVPP çâíW â~êçåÉÛëJ`OSRN ÅçêêÉíç êÉë

179125151

KARONE’S CONJUNTO HILÉIA II OTIMA LOCALIZAÇÃO - bñÅÉäÉå Åë~

ÅLO ëíÉëI NèíçI Oëä~ëI ïÅ ëçÅI •ê ä~òÉê ÉñíK ÅçÄÉêI Å~åáäI Ö~ê S Å~êI éí©ç ~äìãINVMãáä ¶ îáëí~ VNMVMVPP çâíWâ~êçJ åÉÛëJ` OSRN ÅçêêÉíçêÉë

179125185

KARONE’S OURO VERDE - `ë~ ÇÉ

ÑêÉåíÉ éL O êì~ë ÅL O èíçëI ëäI ÅçòI ïÅI î~ê ÅçÄI Ö~ ê~Ö éL Q Å~êI ëíÉ ÉñíÉêI ãìê É Öê~ÇI ÅÉêßãI ANNMãáäK cWVNMVJ MVPP çêâìí â~êçåÉÛë `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

179125153

KARONE’S REDENÇÃO OTIMA LOCALIZAÇÃO - ë~ä~I PèíçëIN ëíÉ

áåÇÉéÉåÇÉåíÉI ÅçòI •êK ëÉêî ÅçÄIÖ~êI éíç ÅçãÉêÅI ãìêI ÅÉêI ÑçêI Öê~Ç AURãáä ëçJ ãÉåíÉ • îáëí VNMV MVPP çâíW â~êçåÉÛëJ`OSRNÅçêêÉíç êÉë

179125189

KARONE’S TRANFERÊNCIA CONJ. FCA. MENDES 2 C/ PISCINA - PëíÉëI OëäëI

OÅçòI •êK ä~î~ê ÉñíÉê É ÅçÄI •êK ä~òÉêIéí©ç ~äìãI ÅÉêI ÑçêI ãìêI oA VMãáä H éêÉëí • îáëí VNMV MVPP çâíW â~êçåÉÛëJ `OSRN ÅçêêÉíçêÉë áãµîÉáë

179125188

KARONE’S TRANFERÊNCIA SERGIO PESSOA - PèíçëI Oëäë OÅçòI •êK

ä~î~ê ÅçÄIèìáåí~äIÖ~ê éLP Å~êI Öê~ÇI ÑçêI ãìêI VMãáä H éêÉëí VNMV MVPP çâí â~êçåÉÛëJ `OSRNÅçêêÉíçêÉë áãµîÉáë

179125186

LIRIO DO VALE - Å~ë~ å~ ä~àÉ Åçã

P âáíáåÉíÉ íÉêê VñOM RRãáä çìíê~ ÇÉ O éáëçë Åçã P èêíçë RQãáä ÑW VOVVJQPUOLVOQQJNRUV

179125656


10

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

3 QUARTOS LIRIO DO VALE - îÇç O Å~ë~ë åìã

ëµ íÉêêÉåç ìã~ ÇÉ Pèíë çìíê~ ÇÉ Nèíç ~ãÄ~ë ÅL ëä Åçò ïÅ •êK ÇÉ ëÉêîK oANNMãáä ¶ îáëí~ cWUNTSJOOVQLUOMSJVTSQ

379125299

LÍRIO DO VALE. PX.AO CJ. AUGUSTO MONTENEGRO - Å~ë~ Oéáëçë Éã

Ä~áñç ãÉêÅK É Ö~êK éL QÅ~êêK ~äíçë êÉëáÇK ÅL Qèíë ëÇç NëíI ëäIÅçòI ïÅ ëçÅI •êKëÉêîK î~ê í∞íKÇÉÑK aÉëçÅìé~Çç oANPMãáä cWVNPOJMRSVL UOOQJVORP

179125358

M. DAS OLIVEIRAS - Å~ë~

~äîÉJ å~êá~ ÇÉëçÅI ë~ä~I PèíëI ÅçòI ïÅI ÅÉêI ÑçêI é´K ~êí oAPNãáäI çìíê~ ê~áç Çç ëçäI ë~ä~I NèíëI ÅçòI ïÅI íÉêêKVñPM oAORãáä cWVNRPJUPSP 379125588

M. LIBERDADE - îÇç Pèíë ëä Åçò

OïÅ éí ÅçãÉêÅK UR ãáä ^ÅK éêçéK cPSOVPONSLUNQQJ USNT

179124931

MANOA - îÇç Åë åç ÅçåàKã~J

åç~ ÅL PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~ê~ÖI ~êÉ~ ÇÉ ëÉêîá´çK èìáí~Ç~I ÅL éçåíç ÅçãÉêÅá~äI íáíìäç ÇÉÑáåáíáîçI ÇçÅKçâI oANSMãáä íê~í~ê cçåÉëW VOMPJNPOOL VVSQJMUPM

379125736

MAX TEXEIRA - éêçñ ~ç sáíÉäçI

oATTKMMMjáä PèíçëI ë~ä~I ÅçòI ~êÉ~ ÅçåëíêìáÇ~ NNMãOI íÉêêNMñORI éç´ç ~êíÉëá~J åçI ÉñÅÉäK äçÅ~äK VNVTJ MSMQLVNUPJNMRMLUNTPJ RQOM 379125552

MONTE DAS OLIVEIRAS - Å~ë~ ÅL

PèíçëI ÇÉëçÅìé~Ç~I ë~ä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI ÅÉêßãáÅ~I Ñçêê~Ç~I Öê~ÇÉ~Ç~I ëÉãáJ ãìê~Ç~ oAPPãáä cWVNSTJ UVMMLUNVNJVNTP

379125529

MONTE PASCOAL - µíáã~ Å~ë~ Pèíë

NëíÉI ÅçòI ïÅI Ö~ê~ÖI éí©ç ~äìãI å~ ä~àÉI ÄÉã äçÅ~äáJ ò~Ç~ oAVMãáä ~ÅK Å~êêç cWVONNJQOQNLUUNVJSUPU 379124390

MORADA DO SOL - P ëíëI ëä P ~ãÄK

ÉëÅêíI ä~îI ÅçòI ÇÉéI éáëÅI ÅÜìêêI ïÅ éáëÅI ÇÉéµëI ~êÉ~ ëÉêîI Q îÖI ëáëí ëÉÖKaçÅK çâK cWVVUTJUUQULUNPSJTSUOK 379125691

MORADA DOS NOBRES (AV. TURISMO) - `ÇK oÉëáÇKîÇ Å~ë~I P

èíëI ëÇç N ëì∞íÉ NSMã `çåëíêK É qÉêK ÅL •êÉ~ íçí~ä ÇÉ SMMãK `ÇK cÉÅÜ~ÇçK oA PRM jáäK ^ÅK kÉÖçÅK fåÑKUNRQJTQTV L VOMPJTUVQ J `¨ë~ê 159122691

MULTIRÃO - îÉåÇ N Å~ë~ éêµJ

ñáãç ~ ÑÉáê~IÉ ~ç íÉêãáå~ä ÇÉ ∑åáÄìë íçÇ~ ãìê~J Ç~IÇçÅ Kçâ î~äçê ~ ÅçãÄáJ å~ê ÑW VNQP MNQP

179124198

N. ALEIXO - îÇç Åë~IPèíçë ëÇç

N ëíÉI O éáëçëI ïÅI O ëäë ÇÉ Éëí~êI ÅçòI ~ãÉêáÅ~å~I éç´ç ~êíI Ö~êK •êK ÇÉ ä~î~åÇK ÑçêêK Å É êK ~ Å É á í ç é ê ç é ç ë í ~ cWVPNMJSQTNLVNTMJTUUQ VORRMQUP

179125001

N. CIDADE - Å~ë~ åçî~ èìáíK P

NOVA ESPERANÇA - Pèíçë å~ ä~J

àÉ ëä~ ÅçòK ïÅ ëçÅá~ä H N ~éíç âë~ åçî~ íÉêêNMñOR oANMM jáä ~ÅK éêçéçëí~ ãíK ÇÉ îáJ ~ÖÉã cWUNQSJVQRNLVVSTJ MSVQ

379125828

NOVA ESPERANÇA - îÇç Å~ë~ë ÇÉ

PèíçëI ëäI ÅòI ïÅI ~ îáëí~ oASMãáä çì Ñ~Åáäáíç ÉåíêK oASKMMM ã~áë éêÉëí~´©ç ÇÉ oASQMIMM cWPMUUJNUVML PMUNJOOUMLVNMQJVPVS 379125026

NOVA FLORESTA - Å~ë~

ÇÉ ÉëJ èìáå~I PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~êK ãìêK Öê~ÇK é•íáçK säçê ~ ÅçãÄK cWVNSOJSVUOL PSUOJQSUV

379125526

NOVA FLORESTA - Å~ë~

ÇÉ ÉëJ èìáå~I PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~êK ãìêK Öê~ÇK é•íáçK säçê ~ ÅçãÄK cWVNSOJSVUOL PSUOJQSUV

379125535

èíç ëåÇç N ëíÉI ïÅ ëçÅá~äI ãìêI éíçK ÅçãÉêKoAURãáä UNSMJVTOULVNQNJ UOTNL UUOVJ TPVT

NOVA REPÚBLICA - Ö~êKPÅêëIëä O

Å~ë~ êÉÑçêJ ã~Ç~I Ñáåç ~Å~Ä~ãÉåíçK Pèíçë ëÇç NëíÉI ÅÉêßãI ÑçêêI Öê~ÇI Ö~ê~ÖK ÅL éí©ç ~äìãK oATRãáä VNPTJPPMNL UUNPJPSPRLUNMOJ PPTU

NOVA VITÓRIA - Äç~ Å~ë~ ÅL Pèíçë

379124776

N. CIDADE - îÇç

379125501

N. ISRAEL - îÇç íÉêêK ÅL O Åë~ë

N ÅL P èíçë ëåÇç N ëíÉ ëäI Åçò IïÅI Ö~êK VñOP ã çìíê~ ÇÉ ã~ÇK ÅL éáëç ÇÉ ~äîK ãÉÇ RñSI ïÅ ÇÉ ~äîK é´K ~êíK NOMãáä cWPOPQJTTQSLVOSUJOMTU

379125077

N.CONQUISTA - ÅLPèíçëI ëNëíÉI

ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅá~äI íÇ ä~àI íÉêê ãìêI Éëé éLOÅ~êêI SRãáä cWVOPRJRSUPLUNRSJQRVR

379125034

N.SRª DO P.SOCORRO - OÅë~ë ãÉJ

ëãç íÉêêKN~äîKçìíê~ ã~ÇK ëä OèíëIÅéLÅçòKãìêKÖê~ÇK íÉêêK NNñOR VNNPJVTOML VNQV NURP 179125700

N.SR°P.SOCORRO - çéçêíìåáÇ ∫åáÅ~I

Å~ë ÅLPèíçëI ëä Éëí~êI ÅçòI ïÅI Ö~êK O~äìÖì¨áë ÇáëéI éñWÇÄ IÄKäçÅ~äáòI VNQPJPUOPL UOOOJRQTN 379125436

NOVA CIDADE - Å~ë~ åçî~ èìáJ

í~Ç~I Pèíë ë~ä~I ÅçòI ïÅI ÑçêêI Ö~ê~ÖI éí©ç ÇÉ ~äìã oARRãáä éêµñK ~ç Ñìíìêç eáéÉê a_ cWUNSMJVTOULVNQNJ UOTNL UUOVJTPVT 379124780

~ãÄK Pèíë ëLNëíÉ É ÉíÅK oANQMãáä cWPMUTJSTTUL VPRUJUPPPL VNNRJQOSS 179125810

ë~ä~IÅçòáåÜ~I ïÅI å~ éáëí~ oAOTãáä ~ÅÉáí~ éêçéçëí~ mêçë~ãáãKcWVNPSJ PMQPL UONPJNRRR 179125582

NOVA VITÓRIA - Å~ë~ ~äîÉå~êá~

êÉÑçêã~Ç~ ÅL éáåíìê~ åçJ î~I ÇÉëçÅìé~Ç~I PèíëIëäIÅçòK í É ê êK U ñ O R o A O R ã á ä cWUNNQJNTPRLVNSNJOQNT 179125240

OURO VERDE - OèíëIëäIÅçòK ïÅIå~

ÅÉêKå~ ä~àÉHÅçÄÉêíK ÅLíÉäÜ~ îìäÅ~åáò~Ç~HNâáíáåÉíÉ ÅL OÅçãK ïÅ oAPUãáä Eåç _ÉÅçF cWUNNQJNTPRLVNSNOQNT 179125248

OURO VERDE - Å~ë~ Oéáëçë Pèíë

OëäëIOÅçòKOïÅÛëI•êKëÉêîK Ö~êKOÅêë ÇÉ Éëèìáå~ Éã ÑêÉåíÉ ~ éê~´~ íçÇ~ å~ ÅÉêKÑçêêK Öê~ÇK éêíK~äìãK oANQMãáä cWVPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

PARQUE EDUARDO BRAGA - Å~ë~ ÇÉ

ÉëèK ëäIPèíëIÅéLÅçòK ãìêK Öê~ÇK ÑçêêK å~ ÅÉêK Ö~êK cWVNNP VTOML VNQVJNURP

REDENÇÃO - oK ãÉÅÉÖá~å~ Åë~

ÅL PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI éçåíKÅçãäI ÅL âáíåÉíK å~ ä~àÉ oAUMãáä cWVNNUJRURNK

179125704

179125536

PETRÓPOLIS (AO LADO CONJ.JD.PETRÓPOLIS) - îÉåÇç ìêÖÉåíÉ Å~ë~

REDENÇÃO/HILÉIA NA AV. PRINCIPAL - sÉåÇç Åë~ å~ ä~àÉ PèíëI

ÇÉ ä~àÉ PèíëIëäIÅçòKïÅIå~ ÅÉêK Ö~êK ÇÉëçÅìé~Ç~ oARRãáä cWUNNQJNTPRLVNSNOQNT 179125234

PETRÓPOLIS - PÅ~ë~ë ãÉëãç

íÉêêKPèíëIëäIÅçòKíÉêê~´ç HOèíë ëäIÅçòKHN~éíç qìÇç oANQRãáä cWPMUOJ MPSML VNPOJ VUUOL UNQPJPRQV 179125284

PETRÓPOLIS - Pèíë ëLNëíÉIÖ~ê ÅÄêí

Ñçêêç ms`I•êKÇÉ ëÉêîK ÇÉJ ëçÅìé~Ç~ oASPãáä cWPMUOJ MPSML VNPOJVUUOL UNQPJ PRQV

179125287

PETRÓPOLIS - îÉåÇç ~ãéä~ Å~ë~

ÇÉ O éáëçë ÇÉ ~äîÉåK å~ ä~àÉ ~íê•ë Çç Åçêéç ÇÉ ÄçãJ ÄÉáêçë oATRãáä cWVNRMJ QRUS LVNROJTMTQLUNTTJPNUN

179125783

PIORINI - éêµñK fÖêÉà~ ^ÇîÉåJ

íáëí~ Å~ë~ ÅL PèíëI O ëä~ëI ÅçòI ä~àÉI ÅÉê~ãI ëÉãáJãìêI íÉêê NMñPMI ÇçÅK çâ oARUãáä cWVNOQJQVORLVONNJNORM 379124583

PQ. 10 - iáåÇ~ Åë~ ÅL Pèíçë ëÇç

N ëíÉI ëä~I ÅçòI ïÅI Ö~ê~Ö ÅçÄK éL P Å~êêçëK oA OOMãáä aÉëçÅìéK~ÅÉáí~ Ñáå~åÅK VOTVJQRSNLUNMVJVQPP

179125245

PQ. DAS LARANJEIRAS - sÇç Å~J

ë~ å~ ä~àÉ é´K ~êíK Ö~êK å~ ÅÉêßãK éñK ~ç p©ç gìÇ~ë í~ÇÉìI oASUjáä ^ÅK Å~êêç åç åÉÖçÅáç cWUNOSJUPVML VPMPJUOMULUONUJ VPPM 379124488

PQ. LARANJEIRAS - ÅçåÇK ÑÉÅÜ Pèíë

ëÇç NëíÉI ïÅI ë~ä~ Éëí~ê É ëçÅK éáëÅáå~I ÅÜìêê~ëèI •êK ëÉêîI íÉêê NSMMãOI èíç éL ܵëéÉÇÉ oAUMMãáä cWUNTSJOOVQLUOMSJVTSQ

ëäI ÅçòI ïÅI Ö~êHéåíç ÅçJ ãÉêÅK Éëíáäç ãÉêÅ~ÇKHâáíáJ åÉíÉI ãìê~Ç~ oAUMãáä cWVNPOJMRSVL UOOQJVORP

179125356

RES. TAPAJOS -TORQUATO TAPAJOS - FLORES - îÇç Å~ë~ ÅLP ëìáJ

íÉëI ä~î~ÄçI •êÉ~ ÇÉ ä~òÉê ÅçãéäK ÉÇ∞Åìä~I éçêÅÉä~J å~íçI Ñáåç ~Å~ÄK ãçÄáäá~ ÅçãéäK íÉêêK NMñORK O îÖë ÇÉ Ö~êK ¢~ç Ñáå~åÅá~K `ÇK ÑÉÅÜ~Çç cWVNVNJ PTVP

179125155

RIACHO DOCE - Å~ë~ PèíëIëäIÅçòK

ïÅIãìê~Ç~IÅÉêKÖê~ÇKÄÉã äçÅ~äáòK oARTãáä cWVNNUJ MNTP UNQNJVTUR

179125767

RIACHO DOCE - îÉåÇç Å~ë~ Pèíë

ëÉåÇç NëìáíÉI ÅÉê~ãáÅ~I ïÅLëçÅá~äI Åçé~LÅçòáåÜ~I Ñçêê~Ç~I Ö~ê~ÖÉãI oARRãáä cW VNMNJONUPLUNPPJUVRML UQOQJOTNMLUUPUJQQSU

379124889

RIO PIORINI - îÉåÇç çíáã~ Å~J

ë~ ÅL Äç~ äçÅ~äáò~´©çI Pèíë ëåÇ NëíÉI ëäI ÅçòI ÅÉêI ÑçêI Ö~êI éç´ç ~êíÉëá~åçI ãìêI ÇÉëçÅìé~Ç~K oARMãáä cWVNPO MRSV UOOQ VORP

179125359

RIO PRETO DA EVA - íÉêêÉåçë ÄÉã

äçÅ~äáò~Ççë å~ êì~ Çç qÜÉêã~ë íçÇç äÉÖ~äáò~Çç NMñOR ëáå~ä ÇÉ oARãáäH é~êÅK cWVNQNJVNPMLUOPRJRPOOL PSPSJPNMRLUNOOJTOMU

379125414

S. JOSÉ ( CONJ. LULA) - iáåÇ~ Å~ë~

OURO VERDE - ëäIPèíëI ïÅI ÅçòI

R. DOCE II - Å~ë~ ÇÉ Éëèìáå~ ÅL

379125088

379125204

RAIZ - Å~ë~ Pèíë OïÅë Oëäë Åçò

179125167

379123312

ëÇç N ëíÉI ÉÇ∞Åìä~ ÅLïÅK éáëÅK O îÖë ÇÉ Ö~êK ëéäáíë É ÑçêJ êç ÇÉ ÖÉëëçK léçêíìåáÇ~Ç VNVNJ PTVP

ÅÉêß ëL Ö~ê~ÖK Éã ìã~ îáää~ ¥ Éåíê~ Å~êêç éêçñ ~ éêáåÅK O éáëçë ~ÅK éêçé oATRãáä • îáëí~I ~ÅK éêçë~ãá cWVNTNJNURVLVPQVJ QSVQ

P èíçëI ëä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI Ö~ê~ÖI Ñçêê~Ç~I Öê~ÇÉ~Ç~I í∞íK ÇÉÑáåK éñK dê~åÇÉ c~J ã∞äá~I oA TUãáäK VNPSJ PMQPL UONPJNRRR 179125603

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - Å~ë~ PèíëIëä

ÅçòKÖ~êK•êKëÉêîK éç´ç ~êíK íçÇ~ ãìêK Ñçêê~Ç~I å~ ÅÉêK éêíK ~äìãK Ö~êÇK oASUãáä VPOU MMVML VOTU PMQML VNUM TMOQ

179125378

SÃO JOSÉ1 - PèíëI O~åÇK ëä ÇÉ

àíLÉëí~êI Åçò ~ãÉêK ÉëÅêáíK ÅÉêK ÑçêêK Öê~ÇK éí©ç ÇÉ ~äìãK Ö~ê éL OÅ~ê oANQMãáäK wìãÄá OI O ~åÇI R âáí ~äìÖ~ÇçI oATMãáä UNUSJQMPSK 379125516

SÃO RAIMUNDO - Å~ë~ ÅL PèíçëI

ë~ä~ ÇÉ Éëí~êI ÅçòI ïÅI Ö~ê~ÖK ÅçÄK oANQMãáä ~ÅK éêçJ éçëí~ UNTSJOOVQLUOMSJ VTSQ

379125296

SÃO RAIMUNDO - bñÅÉäÉåíÉ Å~J

ë~I ÅL P ÇçêãI P îÖë ÇÉ Ö~êK ÅL éçåíç ÅçãÉêÅá~äK cWUNPUJTMNNL VNOOJQMSPK 379125841

TANCREDO NEVES - ÖK

ÅáêÅìä~ê EéêáåÅáé~äFI Äç~ Å~ë~I P èíëI ëäI ÅçòI ïÅI H ~éíçI éç´ç ~êíI íÉêêWNMñON oATRãáä cWVNPSJPMQPLUONPJ NRRR

379125464

~ dê~åJ ÇÉ `áêÅìä~ê Pèíë ë~ä~ Åçò ïÅ íçÇ~ ãìêI å~ ä~àÉ ÅÉJ êßã Ö~ê~ÖK Öê~ÇI ÉñÅÉäÉåJ íÉ äçÅ~äáòK oAURãáä VNNVJ MPSSLPMUOJMMSP ÅêÉÅáJ UUP

TANCREDO NEVES - éñ

379125714

379125816

179125575

S. JOSÉ I - `~ë~ ÅL P èíçëI ÅçJ

PARQUE DOS LAGOS TARUMà (PX AO TOM BIZ) - îÇç Å~ë~ ÅLPèíçë

SÃO JOSÉ - sÇç µíáã~ Å~ë~ ÅL

TERRA NOVA - Pèíçë ëL N ëìáíÉ

379125295

PèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI Ö~êK éç´ç ~êíÉëK HN âáíåÉíÉ ~íê•ë HO éíçë ÅçãäK ÅL í∞íK ÇÉÑK éêçñK bëÅçä~ g∫äáç `Éë~ê TMãáä cWVOOQJOQVNLVNMSJVNRP

379125644

ÅL P èíçëI ëä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI Ñçêê~Ç~I ãìê~Ç~I å~ ÅÉêßJ ãáÅ~I éí©ç Éä¨íêáÅçI oATUãáäK VNPSJPMQPL UONPNRRR

179125379

éí©ç ÇÉ ~äìãK Ö~êK èìáåJ í~äI å~ ä~àÉ éêçñK ~ç íÉêãáJ å~äLpbpf AVOãáä ~Å ãçíç åç åÉÖçÅáç VNPPJSNMQL VNUUJRURULUNNVJRPRT

Å~ëI ÅLPèíçëI ãÉÇWNOñUI NMMãáä cWPSOVJSNPTLVNMQJNRON

S.JOSÉ 1 - îÇç

ëä~ ÅçòK ïÅ ëçÅá~ä íÉêê NMñOR Ö~ê~ÖÉã µíáã~ äçÅK oAPR jáä cWUNQSJVQRNLVVSTJ MSVQ

é~I ë~ä~I ïÅI íÇK å~ ä~àÉI ãìê~Ç~I èìáåí~ä íÇK ÅáJ ãÉåí~ÇçI ÇÉéµëáíç åç èìáåí~äI åç ÄÉÅç gç©ç _çëÅçI mbJ `efk`e^ oA PVãáäK cWUNNQ NTPRLVNSN OQNT

TERRA NOVA I - sÉåÇç µíáã~ Å~ë~

S. JOSÉ III - sÉåÇç rêÖÉåíÉ `~ë~

TERRA NOVA II - Å~ë PèíëI ëäI ÅçòK

179125246

179125625

179125230

íÇK å~ ä~àÉ ÅL Pèíçë ëÇç N ëíÉI ëä~I ÅçòáåÜ~I ïÅI Ö~ê~ÖI ãìê~Ç~I íÉêêK UuORI ARRãáäK cWUNNQJNTPRLVNSNOQNT

å~ ä~àÉ ÅLPèíçë ëL OëíÉëI ëä ÅçòáåÜ~ å~ ÅÉêßãáÅ~I Öê~ÇK ãìê~Ç~Iéç´ç ~êíÉëK íÉêêK NOñQM oARRãáä cWVNPOJ MRSVL UOOQJVORP

TERRA NOVA III (PX.TERMINAL) - Å~ë~

Pèíë ëÇç N ëìáíÉIëäIÅçòKïÅ é~êÅá~äK ÑçêêK ãìêK íÉêêK éä~åç ãÉÇKNMñPM oAPOãáä cWVNPO MRSVL UOOQ VORP 179125362

VAL PARAISO - Pèíë ëä Åçò ïÅ Ö~ê

éí©ç ÇÉ ~äìãK éíç ÅçãK ãìê îä ~ `çãÄáå~ê cWVNQUJ ROMN

379125508

VALE SINAI - Pèíë ëÇç N ëíÉ ïÅ

Åçò NMñPM éL ãçê~ê çíáã~ äçÅ~äáò~´©ç ÅL íáíìäç oASRãáä UNQSJVQRNLVVSTJMSVQ

379125433

VDA DE TERRENOS - NRñPMIíçí~äJ

ãÉåíÉ ÇçÅKéñ ^îK Ç~ë qçêêÉëIçìíêç OMñOM å~ éêáåÅK cW VNQNJRQPUL UNOR UTTTL PSPSJ NTMQ

179125850

VENDO CASAS NA CIDADE NOVA - É

~Çà~ÅÆåÅá~ë Åçã çì ëÉã Å~êí~ ÇÉ Åê¨Çáíç RM ~ ORMãáä cWVNNTJMVRMLUNOUJOUVML UUNPJTTTP

379122976

VILLA REAL - íê~åëÑKPèíë ïÅ ëçÅá~ä

Ö~ê~Ö éL O Å~êêçë ÅÉêÅ~ Éä¨íêáÅ~ oATMãáä ëç ~ îáëJ í~ cWVOQMJ SUMN

379125858

ZONA LESTE - íÉãçë î~êá~ë Å~J

ë~ëI ÇÉ NI O É P èíëI oAORI oAOTI oASMI oATMãáä VOPRJRSUPLUNRSJ QRVR 379125042

ZUMBI 2 - Å~ë ÅLP èíçëI ëäI ÅçòI

OïÅI íÇ Öê~ÇI ãìêI íÇ ÅÉêI éñWÅçä¨ÖáçI ∑åáÄìëI äçí~J ´©çI Ä~åÅ OQÜê PRãáä cWVNQQJNQPQLUOONJRNSM

379125056

ZUMBI II - þíáãç d~äé©ç íÇç ÑçêêI

å~ ÅÉêßãI ãìêI Öê~Ç ÅL ~äJ í~êH~éíç åçë ÑìåÇçë qÉêêKNOñPM ëÉêîK ÉñÅäK éL fÖêÉà~ oASMãáä ^ÅK oAPMãáä É é~êÅKç oÉëí~åíÉ VNPSJ PMQP

179125629

4 QUARTOS OU MAIS

ACARIQUARA - RèíëI NëìáíIëäI ÅçòI

Ö~ê éL R Å~êêçëI íÉêê OMñQMI ~ãéä~ î~ê~åÇ~I ÖêI ãìêI éêçñK ~ç ëÜçéáåÖ íê~í~ê ÅL ç éêçJ éêáÉí~ê∞ç oA PMMãáä UQOSJ TVQUL 379124834

Qèì~êíçëI íKNMñORI Ö~ê éL PÅ~ê QOãáä cW PSQNJ TMSMLVORTJOQMV

ALIANÇA C/ DEUS -

379125200

Çç äÉáíÉI Å~ë ÅLPèíçëI O ëíÉëI ëäI ëä©ç ÅçãÉêÅI ÅçòI PïÅ ëçÅá~äI î~êI URãáä ~ÅKéêçéçëí~ cWVOPRJRSUPLUNRSJQRVR

ALTAZES - íÉêê~

379125033

AMAZONINO MENDES - éñK ~ç Å~ãéç

Å~ë~ O éáëçë ÅL QèíëI ëìáJ íÉI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅI éáëÅáJ å~I ãìêI Öê~ÇI éç´çI Ö~êI µíáã~ äçÅ~äáòK ÅL í∞íìäç oAVMãáä cWVNVTJMONNLUNUTJUMSM 379125321

AMAZONINO MENDES - îÇç áãµJ

îÉä O éáëçë N⁄ éáëç OèíëI ëäI ÅçòI ïÅ ÅL Ö~êK O⁄ éáëçë OèíëI ëäI ÅçòI íÇ~ å~ ÅÉêßãI ÑçêêI ÄÉã éñ Ç~ éêáåÅK oANUMãáäcWUNQVJSRVVL VNOQJUVVQLUUORJUPPV `J OSUQ

179125118

ARMANDO MENDES - sÇç Å~ë~ ÇÉ

O éáëçëI N⁄ éáëç P èíçëI ëä~I ÅçòI ïÅI ÅÉêßãáÅ~I Ö~ê~ÖI O⁄ éáëç O èíçëI ëä~I ÅçòIïÅI ãìê~Ç~I éñK éêáåÅáé~äK oATRãáäK VNPSJPMQPL UONPJNRRR

179125593

BEIJA-FLOR II -

éêµñK `äìÄÉ j~Öáëíê~Ççë Å~ë~ åçî~ Qèíë ëÇ PëíÉëI ë~ä~ O~ãÄI î~J ê~åÇ~I Ö~êK éL QÅ~êI éíK ~äìãI íÉêê UñQM ãìê~Çç NQRãáä cWVNPSJTVURLUNRMJORPO 379124841

C. DEUS - QèíëI ëäI ÅçòI ïÅI Ö~êK

éL QÅ~ê oATMãáä VNUUJ PTPP

379124532

C. NOVA/R. DOCE - éêçñK ~îK OS

ÇÉ ^ÖçëíçK léçêíìåáÇ~ÇÉ> Å~ë~ ÅL QèíëI ëäI ÅçòI ïÅI ãìêI Ö~êI ÅL í∞íK ÇÉÑK ëµ ~ îáëí~ oAQUãáä cWVNUOJMOTML UNROJVSMQ ÅJOMTN 379125101

179125367

é~êÅá~äãÉåíÉ å~ ÅÉêK ÑçêêKÖ~êK éç´çI ~ç ä~Çç Çç Åçä¨Öáç Å~êJãáåÜ~ÖÉã oAPRãáä cWPSRNJNQMTLVNNUJ RURNK

CAMPOS ELISEOS - OëäëI

QÇçêJ ãáK ëÇç OëíÉë ïÅ Åçò Ö~êK éL U îÖëI èìáåí~ä ÄÉã äçJ Å~äK ~êK ÇÉ ëÉîK ÉíÅK cWVNUUJ RURU 379125127


11

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

4 QUARTOS OU MAIS CAMPOS ELISIOS - Ö~ê éL R Å~êK

ëä O~ãÄK Qèíë ëÇç O ëíÉë ã~ëíÉêK NïÅ ëçÅK Åçé~L ÅçòK ÇÉé ÇÉ ÉãéêÉÖK ä~J î~åK íÉêê OMñQR oAPUMãáä ~ÅK Ñáå~åÅá~ãÉåíç cWVNPPJSNMQLUNNVJRPRTL VNUUJ RURU ÅêÉÅá NPNV 379125112

CASA PRONTA - îÉåÇç Å~ë~ Rèíë

ëäI ÅçòK PïÅ ëÇç N ëíÉI ÉëJ ÅêáíK Ö~êK éí©ç ~äìãK íçÇ~ ãìêK é´ç ~êíÉëK ÅL Å~áñ~ ÇÉ Rãáä iK É ÄçãÄ~ ~ìíçãK Åçã ãçÄáäá~ áåÅäìë~I Q ~ê ÅçåÇK íî QOÒ ÅÜìêê~ëèìÉáê~ É ~êÉ~ ÉñíÉêå~ sáëáíÉ åçëëç Ñ~J ÅÉÄççâ É çêâìí éÉäç ÉJ ã~áä Å~ë~éêçåJ í~ | ë á ã ] Ü ç í ã ~ á ä K Å ç ã cWVNTTJQPOSLPSPQJMMOM 379125156

CASTANHEIRA I (AV.PRINCIPAL) - rêJ

ÖÉåíÉ Å~ë~ Oéáëçë N⁄éáëç O~éíçëI O⁄éáëç PèíëIëäI ÅçòKïÅ pÉêîÉ éLsáä~ oAPRãáä cWUNNQJNTPRLVNSNJOQNT 179125238

CHAPADA - ~î aà~äã~ _~íáëí~

Å~ë~ ÇÉ Qèíë ëÇç ÅL ëíÉ èìáí~Ç~I ëä ~ãéä~ ÅçòK ~ãéä~ ~êÉ~ ÇÉ ëÉêîK Ö~êK oAQUMãáä cWVNNVJRTROLUNPMJROTS `LVQS 379125609

CIDADE DE DEUS - îÉåÇç Å~ë~ éêçñK

~Å~ÇK pí~ê iáÑÉ É ãÉêÅK pK gçêÖÉI ÅL Q èíëI ëäI ÅçòI ïÅI •êÉ~ å~ ÑêÉåíÉ É ~íê•ëI íÉêêÉåç ÉåçêãÉI oASRãáä cWVNQQJ NQPQLUOONJRNSM

379125069

CIDADE NOVA 1 - Å~ë~ Q èíëI ëÇç

P ëìáíÉëI ëä éL O ~ãÄI O ïÅI Ñçêê~ÇI Ö~ê~ÖK éL RÅ~êëI oAORMãáä ~ÅK Ñáå~åÅK cWUNVQJMTSMLVNOVJUTNV 379125522

CIDADE NOVA II NCL. 14 - QèíçëI ë~ä~I

ÅçòI ïÅ ëçÅI •êÉ~ ëÉêîK íçÇ~ å~ ÅÉê~ãI Ö~ê~ÖK éL OÅ~êI ~ÅK Ñáå~åÅK cWUOQRJNOSPL VOOQJUQSS

379125183

CIDADE NOVA N.16 - O éáëçëI Q èíçëI

ëäIÅçòKÖ~ê~ÖÉãI •êÉ~ ÅçJ ÄÉêí~ QñTI ÑçêêKíÉêêKUñPSI Åë~ ãÉÇKUñNRKoANNM ãáäK cWVNURJSMQPK

179124808

COMPENSA - ^îK _ê~ëáä ÇÉëçÅK

UMjáä É çìíê~ å~ ä~àÉ Ö~ê éL OÅ~êK ASRjáä çìíê~ iK Çç î~äÉ Oèíçë ëä~ èíç ÅçòK Ö~ê ãìê QRjáä PP É OR VNQRJNUPU ~îáëí~ ¥ Ñáå~åK

379125749

COMPENSA II - Åçåà êáç uáåÖì Qèíë

OëíÉë ÅL î~ê~åÇ~ ëä ÇÉ ÉëíLà~åíK Åçò èìáåí~ä ïÅ ëçÅá~ä ÉëJ ÅêáíK •êK ÇÉ ëÉêî Ö~ê éL P Å~ê cWUOQRJNOSPLVOOQJ UQSS

379125177

COMPENSA II - éêçñK Åñ ÇÛ~Öì~I

îÉåÇç N Å~ë~ ÅL Rèíë ëåÇ NëíÉI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅá~äI ÅÉêI ÑçêI ãìêI Öê~ÇI Ö~êI ÅL í∞íìJ äç ÇÉÑáåáíáîçK oAUMãáä cWVNPO MRSVL UOOQ VORP 179125366

CONDOMÍNIO OASIS - äáåÇ~ Å~ë~

Qèíë ëÇ NëíÉIíÉäÜ~ ÇÉ Ä~êJ êçI ÄäáåÇÉñI Ñáåç ~Å~ÄI Oé~î ÇÉëçÅKoAOTMãáä cWPMUO MPSM VNPOJVUUOL UNQPJPRQV

179125286

CONJ. ACARIQUARA - ÅÇK ÑÉÅÜK Éã

ÑêÉåíÉ ÜçëéK àK äìÅáç ÅL QèíçëIO ÉëÅêáíK éáëÅáå~ ÅL ÇHÅçãéK íÇ~ ÄäáÇÉñKÅL Åêá~´©ç Ç Å~êé~ëK Ö~êKQRMãáä ~ÅKÑáå~åKPOPQJ TTQSLVOSUJ OMTU

379125098

CONJ. DOS COMERCIÁRIOS ( S. JORGE) - j~åë©ç ÅL P ëíÉë ã~ëíÉêI

ÅL Ä~åÜÉáê~ ÇÉ ÜáÇêçI H èíçI O ëä~ëI Q ÅçòK ÉÇ∞Åìä~I éáJ ëç éçêÅÉäKIÄäáåÇÉñI éáëÅK ÅÜìêêI î~êI Ö~ê~ÖI QMMãáä ~ÅK ÑáJ å~åÅK VNPOJMRSVL UOOQ VORP

179125360

COROADO I - Å~ë~ O éáëçëI ëåÇç

Q èíçëI O ëäëI O ïÅI é•íáçI ãìê~Ç~K oAURãáä UNSMJ VTOULVNQNJ UOTNLUUOVJ TPVT

379125617

COROADO III - îÇç Å~ë~ ÇÉ O éáëçë

éL ÉñÉÅìíK ÇÉëçÅìéK Qèíë ëÇç OëìáíÉëI ëäI ÅçòI é•íáç Ö~êK éL OÅ~êI ÅÉê~ãI ÑçêêçI Ñáåç ~Å~ÄK oANUMãáä ~ÅK éêçéK é~Öíç UUOTJOTSOLVNPVJ SROP 379125341

FLAMANAL - iáåÇ~ Åë~ ÅL O~åÇI

OëíëHOèíëIéáëÅK éêÉÅK ÇÉ éèK êÉÑçêã~I ÉÇ∞Åìä~ ÅL ÇÉéK ÇÉ ÉãéêÉÖKoAOUMãáä cWVOVNJUSUTLVOQPJQTQM 179125756

G.VARGAS - päI Åçé~ ÅçòI Ö~êK

éL OÅ~êêI O~åÇ~êI éáëç ÇÉ ã~ÇK íÇ~ ãìêI íÉêêK UñQOI Éã ÑêÉåíÉ ¶ oá~ÅÜìÉäç oAPRMãáäI ^ÅK Ñáå~åÅá~ãÉåíç cWUNMVJ VQPPLVOTVJQRSN

PARQ. LARANJEIRAS - ÅÇK ÖêÉÉå

sáääÉ Oéáëçë ÅçåÇK ÑÉÅÜ ÅL Oëäë PëíÉë H ÇçêãK î~ê~åK ä~î~ÄçK Åçé~ Åçò Ö~êK ~ê ÇÉ ä~òÉê ÅL éáëÅK ÉíÅ cWVNUUJ RURU 379125122

PETROPOLIS - Qèíçë ÅL íáíìäç éñK

~ç ÅçäÉÖáç qáê~ÇÉåíÉë oANQM jáä cWVOOUJPPNTLVOMQJ SUSNLPPMUJQMVV

379124634

PETRÓPOLIS - sÇç Å~ë~ Éã µíK

379125627

Éëí~Çç Éëíáäç Åçäçåá~ä ÅL íÉêêK UñOMI O èíçëI P ëäëI ïÅ ëçÅá~äI ÅçòK íÇ~ Öê~ÇK H ÉÇ∞Åìä~ ÅL Oèíçë ëLNëíÉ É ä~îK H ïÅ ÉñíÉêåçI Ö~ê~ÖÉã éLNÅ~êK oANOMãáä cWUNMP QNQU

J. DAS AMÉRICAS P. NEGRA - O éáJ

PETRÓPOLIS PRÓX A UFAM - Åë~ ÅL

179125228

HILÉIA I - îÉåÇç Å~ë~ ÅL Qèíë

ëÇç OëíÉëI ëäI ÅçòI OïÅI ÅÉê~ãI ÑçêêI Ö~ê~ÖK oANUMãáä cWPOONJMVPOLVNVOJQPMM

ëçë Q ëíÉë H ëíÉ ÇÉ ~éçáçI à~êÇáãI éáëÅK ÜçãÉ ÉÇ∞ÅìJ ä~I ëÉÖK ÉñÅÉäK áãµîÉäK íÉêêK OMñ QMI ÉëèK VNVNJ PTVP 179125163

JAPIIM 1 - îÉåÇÉJëÉ O Å~ë~ë

åç ãÉëãç íÉêêÉåçI ëÇç ìã~ ÇÉ O éáëçëI ÅL Q èíëI oANQMãáä ~ÅK éêçéçëí~ cWPOPOJ SRPPLUNNTJPPRVLVOSTJ SRSO 379124439

JAPIIM II - QèíçëI

ëÇç P ëìáJ íÉëI ïÅ ëçÅá~äI ë~ä~ Éëí~êI à~åí~êI ä~àÉ ÅçÄÉêíK ÅçòáåÜK •êÉ~ ëÉêîK Ö~ê~ÖK éL Q Å~êêçë cWUOQRJNOSPLVOOQJUQSS 379125173

JORGE TEIXEIRA I ETAPA - Å~ë~ ÅL

RèíëI ÅÉê~ãI Öê~ÇI ãìêI qÉêê UñOR oAQRãáä mñ Çç cìñáJ Åç cWVNUMJ TMOQL VORVJ SPMML VOQTSPMM 179125884

KARONE’S AMAZONINO MENDES - éñ

~ç _~íK Ç~ mjIOéáëçëI POMã ÇÉ •êK Åçåíêì∞Ç~IOëä~ëI PëíÉëI NèíçIOÅçòIÖ~êIïÅ ëçÅIãìêK ANUMãáäK VNMVJMVPP çêâìí â~êçåÉÛë `OSRN `çêêÉíç êÉë

179125168

KARONE’S CIDADE NOVA 2 NÚCLEO 3 - ÅL éáëÅáå~IN ëíÉI PèíçëI O

ëäëI ÅçòI î~êI é•íáçI ÉÇ∞ÅI ÅÉêÅ Éä¨íêI ~ä~êãI Ö~êI éí©ç ~äìãI èìáí A OPMãáä VNMVJMVPP lêâìíW â~êçåÉÛë `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ fãµîÉáëK

179125166

KARONE’S CONJ. AMÉRICO MEDEIROS/ C.NOVA - O máëçëI `çåJ

íÉåÇç Pëì∞íëI O èì~êíçëI ïÅI Ö~ê~ÖÉã éL O Å~êêçëI ä~àÉI ÅÉêßãáÅ~ oANORãáä VNMVJ MVPP â~êçåÉÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ fãµîÉáë

179125152

KARONE’S NOVO ALEIXO - þíáãç

äçÅ~äáò~´©çI OèíëI ëä~I ÅçòI ïÅI ÅÉêI ÑçêêI ãìêK oASRãáäK cWVNMVJMVPPLUNPUOSVTçêâìí â~êçåÉÛë `OSRN `çêêÉíç êÉë

179125148

KARONE’S OURO VERDE - `~ë~ O

éáëçë ÅL Qèíçë Oë~ä~ë OÅçò Oî~êI OïÅI Öê~ÇÉ~Ç~I ãìJ ê~Ç~I ÅÉêßãáÅ~I oANMMãáäK cWVNMVJMVPPLUNPU OSVT çêâìí â~êçåÉÛë `OSRN `çêêÉíç êÉë 179125154

MULTIRÃO - oASTIjáä QèíçëI ë~ä~I

ÅçòI ~êÉ~I Ö~êI êÉîÉëíKI Ñçêê~Ç~I íáíìäçI íÉêêUñOMI ÉñÅÉäK äçÅ~äáò~´©çI éêçñ ~ ÑÉáê~ VNVTJMSMQLVNUPJNMRML UNTPJRQOM 379125547

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - oK fëê~Éä

éçåíç ÅçãäK íÉêêK ãÉÇKNMñORI Åë~ TñNNI QèíëI ëäI ÅçòI ïÅI Ñ ç ê ê o A U T ã áä c W V N U R J SMQPK

179125908

OéáëçëI N⁄ ÅL OèíçëI Ö~êI éíç ÅçãÉêÅá~ä É O⁄ ~åÇ~ê ÅL ~éíç ~äìÖ~Çç AOPMãáä PMUQJ UOSS

179124516

PETRÓPOLIS PX.O BATALHÃO - OÅ~ë~ë

åç ãÉëãç íÉêêKOèíëIÅçòKëä Å~Ç~ oASPãáä È îáëí~ çì oAQUãáä HǨÄáíç cWPMUO MPSM VNPOJVUUOL UNQPJPRQV

179125282

PQ RIACHUELO - QèíëI ëÇç PëíÉI

N ã~ëíÉêI ëäI ÅçòI ïÅ ëçÅáJ ~ä åç Öê~åI éçêÅI ÄäáåÇÉñ íÉê OMñPM oA NRMãáä cWUNTPJ SPNT ÅêÉÅáOMRN

179125890

PQ. DAS GARÇAS - îÇç Å~ë~ ÅL Q

èíçë ëÇç N ëíÉ I ëäI ÅçòK ïÅ ëçÅá~äI íÇ~ Öê~ÇK É å~ ÅÉJ êßãK Ö~êK éLP Å~êêçëI é´K ~êíK íÉêêK UñORK oAVRãáä ¥~ç Ñáå~åÅK VNSO PPMNL UNMP QNQU 179125912

REDENÇÃO “BOA CASA” - ÅLOQMã

ñ~ ÇÛ•Öì~ îÇç Å~ë~ ÅL Qèíçë ëÇç NëìáíÉI ÅÉê~ãI ãìê~J Ç~I Ö~ê~ÖÉãI ~îK éêáåÅáJ é~ä oARTãáä cWVOPVJ SMUNLVNVTJSTSOLPMUTJ PVNN

ALUGA-CS J.TEIX. - Oéáë éêí ~ä PïÅ

Pëäë Oëì∞í Åçò •êK VOVVJ OVPR

379124793

ATENÇÃO - pêëK mêçéêáÉí•êáçë

ÇÉ áãµîÉáëIåÉÅÉëëáí~ãçë ÇÉ Å~ë~ëI~éíçë éL~äìÖ~ê ~ ÅäáÉåíÉë ÇÉ ÉãéêÉë~ëIÉíÅK cWUOOMJUNTOL UUORJNOTUL PSRTJNOUN

379122695

N⁄éáëçW ëä Éëí~êLà~åí~ê HOèíë ÅçòKïÅI•êKëÉêîK Oéáëç ëäIOèíë NëíÉ ã~ëíÉêIî~êK Ö~êKQ Å~êK é´K~êíKNOMãáä ¢ Ñáå~åÅK çì Éåíê~Ç~ ÇÉ oAVMãáä H S é~êÅK oARãáä VNSO PPMNL UNMP QNQU 179125910

379125031

ALUGA-SE UM PONTO COMERCIAL -

179125481

C. NOVA 2/ NC.8 - ~äìÖ~JëÉ Å~J

ALVORADA - ~äìÖç éíçK ÅçãÉêK

ë~ PèíëI ëäI ÅòI ïÅI Ö~êI ÑçêêI ÅÉêßI é•íáçI ãìêI Öê~ÇÉ~J Ç~I oAUMM cWVNPRJOPRO

379124762

CONJUNTO VILA NOVA - ^äìÖ~JëÉ

N Å~ë~ ÅLëäI ÅçòK ïÅI OèíëI ãìê~Ç~I Ö~êK éLPÅ~êêçëI éçêíK ÇÉ ~äìã∞åáçI èìáåí~ä Öê~åJ ÇÉI å~ êì~ éêáÅáé~ä oAWTMM cWUNONJUPURL VNQSJOOPS 179124797

LIRIO DO VALE AUGUSTO MONTE NEGRO - ëäIOèíëIÅéLÅçòKãìêK Öê~ÇK

Ö~êKPÅêë oAUMMIMM cWPMUTJ STTUL VPRUJUPPPL VNQNJ UTQR

179125812

NOVA CIDADE - ~äìÖç Å~ë~ Oèíë

ëäIÅçòKÑçêê~Ç~IÅÉêKãìê~Ç~ Ö~êK oASMM cWVNNUJMNTPL UNQNJVTUR

179125621

NOVA CIDADE - Å~ë~ ÅLOèíë ëÇç

NëíÉIëäI ÅçòI ïÅ ëçÅI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîáá´çI éáëÅK áåÑK Ö~êI ÅÜìêê~ëèìÉáê~ oA NMMMIMM cWUNOUJ UVNV L UOOQJ QORV 179124599

3 QUARTOS

179125533

ÅL PO ã oASMMIMM ~é~êÉJ ÅáÇ~ ÅL NMR ã ÅL P ÅçãéK Åäáã~íáò~ÇçI áåíÉêK É ~Öì• áåÅäìëçK oAOKTMM cWPOPQJ TTQSLUNNQJPRRULVOSUJ OMTU

379125105

ARMANDO MENDES - êì~

m èÇJ RR å⁄MN éêµñK ~ ^îK fí~ÅçJ äçãá îÉåÇÉJëÉ éê¨Çáç ÇÉ O éáëçë ÅL R ÄçñÉëI íçÇçë ~äìÖHÅ~ë~ Éã Åáã~ ÅL PèíëI OïÅI ëäI Ö~êK éêçñ ~ç aáëJ íêáíç VNTQJUOPMLUUMUJ VUMS 379125447

ARMANDO MENDES - îÇç éíKÅçJ

ãÉêÅI ÅLêÉëáÇI ÅLPèíçëI PïÅI ~ê¨~I ëäI ÅçòI ä~îI êì~ ãçJ îáãÉåí~Ç~ NUMãáä PSNRJ TRSOLVNVSJRSSP 379124804

AV.PRINCIPAL DO MANÔA - m~ëëç

içà~ ÇÉ oçìé~ `çãéäÉí~I ãçíáîKÇÉ sá~ÖK É ë~∫ÇÉ säK ~ ÅçãÄK VNQQJ MRMR

179124367

BAIRRO PIORINI - îÉåÇç çì íêçJ

Åç Å~ë~ ÅL éíç ãÉÇK MTñOR ÅL Éèìáé~ãÉåíç ÇÉ é~Ç~J êá~ oAOMãáä ~ÅK éêçéK cWVNPMJVRTTLVPNSJOMQQL VOUQJRPPR

C.NOVA 1 - ÑÉáê~ Çç ÅàI Éã ÑêÉåíÉ

REDENÇÃO - îÇç Åë~ jáëí~ O éáëK

CENTRO - sÇç î•êáçë ~éíçë É

379124774

~ç qPI îÇ OÄçñI Éã ~äîI ÇÉëçÅìäéI PPãáä cWUNVQJ MTSMLVNOVJUTNV

179125494

N⁄éáëK OèíëIëäIÅçòIïÅK O⁄éáëK OèíëIëäIÅçòIïÅ •êÉ~ ÇÉ ëÉêîK oì~ dì~à~ê• å⁄UV éñK ¶ ÑÉáê~K ARMãáä UNQVJSRVVLVNOQJ UVVQLUUORJUPPV `JOSUQ

179125120

S.JOSÉ I - îÇç îáä~ ÅLT~éíçë íÇçë

~äìÖ~ÇçëIÅçã êÉåÇ~ ãÉåë~ä oAOãáä éñKÉëÅçä~ ÇÉ ë~ãÄ~ oANOMãáä ^ÅKÅ~êêç åç åÉJ ÖµÅáç VONUJSOSOL UORRJ NMQM

179125488

SANTO ANTÔNIO (ITACOATIARA) -

oK^êãáåç j~Ö~äÜ©Éë ^ìJ òáÉêI qÉêêKUñORI ÅLOéáëçëI ÅLéíçK ÅçãäI R èíçëI ëä~I ÅçòI ïÅK båÑêÉåíÉ ~ç ãÉêÅ~Çç oANRM ãáäK cWVNURJ SMQPK

179124805

SÃO FRANCISCO - Å~ë~ ÅLRèíëI ëä

ÅçòáåÜ~HN~éíç oANNMãáä cWPMUOJMPSML VNPOJ VUUOL UNQPJPRQV 179125279

VILA DA PRATA - sÇç çì íêçÅç Å~ë~

P éáëçëI N⁄éáëçW ëä~IOèíëI ïÅI ÅçòI•ê ÇÉ ëÉêîKIÖ~êK O⁄éáJ ëçWî~ê~åÇ~I PèíëIÅçòI ïÅK P⁄éáëçW ëµ ä~àÉK oAUSãáäK qêçÅç éLÅ~ë~ ÇÉ QèíëK ^Å éêçéK cWVOQR RNST

179124256

ZUMBI 2 - éñWéáòò Äçã ÇÉ ÄçJ

Å~ É ~îKÅçëã ÑÉêêÉáê~I äáåJ Ç~ Å~ë~I ÅLQèíçëIëäI ÅçòI ïÅI ëíÉI ïÅ ëçÅá~äI éáëÅI Ö~êI ãìêI íÉêêWNRñPM URãáä cWVNQQJ NQPQLUOONJRNSM

379125054

CASAS ALUGUEL 1 QUARTO

379125596

ADRIANÓPOLIS - `ÇK gÇK fí~çÅ~

ëÉãáJãçÄK ÅLPëäëI ÜçãÉI P ÅçãçÇç ëÇç NëíÉ H NëíÉ à~êÇ É Å~ëÅ~í~ HN ÅçãçÇçI ÉëJ ÅêáíK OïÅ ëçÅK ÅçòI ~ê ÇÉ ëÉêîK VNUUJRURULUNNVJ RPRT 379125099

CD. VILA DOS PÁSSAROS -

oANKMMMIMM bã ÑêÉåíÉ ~ Éåíê~Ç~ Çç _~áêêç p~åí~ bíÉäîáå~K cW UNPMJ OUOVL VOTPJURRTK

379125375

CIDADE NOVA II - ~äìÖ~JëÉ

Å~J ë~ ÅL Pèíçë É ÇÉã~áë ÇÉJ éÉåÇÆåÅá~ëI ãìê~Ç~I Öê~J ÇÉ~Ç~ oAUMMIMM cWPOONJ UQSNLUOPSJTOSP

379125453

CONJ. PETROS - PèíçëI ëåÇç N

ë~ä~ë åç `Éåíê©ç ÇÉ j~J å~ìëIéêçåíç éLÑáå~åÅáJ ~êKcWVNQNJ RQPU UNORJ UTTTL PSPS NTMQ

179125854

mçåíç ÅçJ ãÉêÅá~äI PRMãO ~êÉ~ Åçåëíêì∞Ç~I áÇÉ~ä é~ê~ áÖêÉà~ë É èì~äèìÉê ~íáîáÇ~ÇÉ ÅçJ ãÉêÅá~äI ÉñÅÉäK äçÅ~äáò~J ´©çK VNVTJMSMQLUNTPJ RQOM

CIDADE DE DEUS -

379125549

ELDORADO - ^äìÖçI å~ oì~ oáç

kÉÖêç ÉåíêÉ aà~äã~ É oÉJ ÅáÑÉ Péáëçë PMMxãOz î•êáJ ~ë ë~ä~ë É ïÅK Éåíê~Ç~ éL O êì~ë oA Rãáä cWUOPSJ SSNOLVOSUJMSVR ÅêÉÅá OVVN

379125511

ELDORADO - sÉåÇç å~ oì~ oáç

kÉÖêç ÉåíêÉ aà~äã~ É oÉJ ÅáÑÉ Péáëçë PMMxãOz ÉåJ íê~Ç~ éL O êì~ë ~ÅK cáJ å~åÅK A RMMãáä cWUOPSJ SSNOLVOSUJMSVR ÅêÉÅá OVVN

ëíÉI ïÅ ëçÅá~äI O ~ãÄK Ö~êK éL P Å~êêK ÅÜìêê~èìÉáê~K oAOKRMM cPOPQJTTQSL VOSUJOMTULUNNQJPRRUL VVUTJOVNU

FRANCISCA MENDES II - îÉåÇç N

PQ.DEZ JD. PINDORAMA - ~äìÖç Pèíë

379124953

379125109

ëLNëíÉIÇÉéKÉãéêK ÅçéLÅçòK ~êã•êK ëäLÉëí~êLà~åí~ê Ö~êKP ÅêëIèìáåí~äKsäêKÅçãÄK UOOMJ UNTOL UUORJNOTUL PSRTJ NOUN 179125484

4 QUARTOS OU MAIS PARQ. LARANJEIRAS - ÅÇK ÖêÉÉå

sáääÉ Oéáëçë ÅçåÇK ÑÉÅÜ ÅL Oëäë PëíÉë H ÇçêãK î~ê~åK ä~î~ÄçK Åçé~ Åçò Ö~êK ~ê ÇÉ ä~òÉê ÅL éáëÅK ÉíÅ cWVNUUJ RURU 379125123

PONTOS COMERCIAIS

NOVA ESPERANÇA - îÇç Å~ë~ ÅL

OURO VERDE OPORTUNIDADE - O éáëçë

íáå~ é~ê~ qçÇçë äáåÇç ~ãJ ÄáÉåíÉ oARMMIMM ~äìÖ~JëÉ çìíêç éçåíç Äçã éL Ä~ò~ê çì ë~ä©ç ÇÉ ÄÉäÉò~ oARMMIMM cWPRUNJNROPLVSMQJQUNS

äçÅ~äáò~Çç å~ ~îKÇÉëÉãÄK àç©ç ã~êÅÜ~Çç ÅçåàK_ÉäJ îÉÇÉêÉ cWUNMUJQTSTL VOPOJQQPN

379125003

PëìáíëI NèêíI •êÉ~ ÇÉ ëÉêîK ááåíÉêå~ É ÉñíÉêå~I ë~ä~I ÅçòI ïÅ ëçÅá~äI Ö~ê~ÖK éL P Å~êJ êçëI oANQMãáä µíáãç éL Åçåëíêì´©ç ÇÉ ~éíç cWVNVQJTNOTLVVUVJ QROM

ALUGA-SE RESTAURANTE - nìÉåJ

Ö~êKPÅ~êêçëIPèíë ëLNëíÉI Oëäë ÅçòáåÜ~ë ~ãéä~ëIOïÅÛëI •êK ëÉêîK ~åíÉå~ é~ê~ĵäáÅ~I HN ~éíç ÅLëäIèíçIÅçòKïÅ oANPMãáä å©ç ~ÅÉáíç Ñáå~åÅá~ãÉåíç cWVPPNJUPPPL UUMRJTPVQ

179124864

NOVA CIDADE - ~íê•ë Ç~ OŸ Å~áJ

2 QUARTOS

379125515

LAGO AZUL - îÇç éíç ÅçãäKH Å~ë~

íÉêê OMñPM oAPMãáä ~ÅK éêçéK cWVPQSJQSVVLUOMNJQUPT 379124225

MERCADINHO - îÉåÇç éçê ãçJ

íáîç ÇÉ îá~ÖÉãI íçÇç ÉèìáJ é~Çç ÅL ~´çìÖìÉI Äçã Ñ~J íìê~ãÉåíç cWUNMOJOTNML VNUOJOUTR

NOVO ISRAEL - mñK~ç `^f` éíç

A MARG. DO PARANÁ DA EVA - O

379125664

ÅçãÉêÅá~ä íçÇ~ ä~àÉI ÅÉêKïÅ ÇÉëçÅìéK íÉêêKNMñOR oAQTãáä cWVNNUJMNTPL UNQNJVTUR

179125765

PASSA-SE DROGARIA - µíáã~ äçJ

Å~äáòI ãçíáîç îá~ÖÉã oANRãáä ~ÅK éêçéçëí~ cWVNTRJ QPURLVNMVJNSOULPSQNJ PTRN 379125442

PQ DAS LARANJEIRAS - íÉêI OMñQM

ÅL Q äçà~ë ÅÇ äçà~ ÅL QñU ÇÉ í~ãI å~ ä~àÉI N Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ É éç´ç ~êíI éêçñK~ç `Ç pK gìÇ~ë q~ÇÉì oANUMãáä cWUNTPJSPNT ÅêÉÅá OMRN

179125895

O éçåíçë ÅçãÉêÅá~ä ÇÉ Éëèìáå~ I MN Å~ë~ H MQ ~éíçë íìÇç åç ãÉëãç íÉêêÉåç POOUJ SUQU Üçê~êáç ÅçãÉêÅá~äK

REDENÇÃO - îÉåÇç

379125623

SÃO RAIMUNDO - ~äìÖç éíçK ÅçJ

ãÉêK ÅL O é~îK Né~îK Åçã R ë~ä~ë Oé~îK ÅL Q ë~ä~ë ãÉÇáåÇç ONSã oA N ãáä éçê ~åÇ~ê cWPOPQJTTQSLVOSUJ OMTULUNNQJPRRU

ëíÉI mè NM g~éáã PèíëI ~äÉáñçI `Éåíêç `K åçî~ ÅL O É PèíëI ` ÉäáëÉçë PèíëI `~ÅÜçÉáêáJ åÜ~I ÄçìäÉî~êÇ É Éã çìJ íêçë Ä~áêêçë VOMTJ RNRV

ë~ å~ éêáåÅáé~ä ÅL OèíëI ë~ä~I ÅçòI ïÅI ÅÉêßãI Öê~ÇÉ~J Ç~I ãìê~Ç~I éç´ç ~êíëK ÑçêêI ÅL éçåíç ÅçãÉêÅK oARTãáä cWVNSTJUVMMLUNVNJ VNTP

379125525

UNIÃO DA VITÓRIA/PROX. TORQ. TAPAJÓS - îÇJëÉ éêçéêáÉ ãÉÇK

SMKNUñNTMI ÅL ÉëíêK éêçåí~ çíáãç éL Ä~äåI ÅçãÇI Ö~äéI Ñ~ÄêIÖ~ê~Ö ÇÉ Å~êêç éÉë~J ÇçI oA UUOPJSMRR

379123488

VENDE-SE DROGARIA - åç p~åíç

^åí∑åáç fåëí~ä~´©ç É bëJ íçèìÉ cWVPROJVPPM

379124485

VENDO UMA LAN HOUSE - Åçã NN

Åçãéìí~ÇçêÉëI Ä~åÅ~Ç~ë É Å~ÇÉáê~ëK cWVNVOJTUMV VNQPJMPTM

179124828

ZUMBI II - þíáãç d~äé©ç íÇç ÑçêêI

å~ ÅÉêßãI ãìêI Öê~Ç ÅL ~äJ í~êH~éíç åçë ÑìåÇçë qÉêêKNOñPM ëÉêîK ÉñÅäK éL fÖêÉà~ oASMãáä ^ÅK oAPMãáä É é~êÅKç oÉëí~åíÉ VNPSJ PMQP

179125875

TERRENOS, SÍTIOS E FAZENDAS

éçåíç ÅçãÉêÅá~äI oAPTãáäI ~ÅÉáíç éêçéçëí~I cWUUMRJ NSOSLVOQQJSRPU

179125905

íÉêê NRñPM oAPRãáä çìíêç ãÉÇK OMORãO ^îK `çäÉíçê~ çìíêç ãÉÇK NUMMãO oAPMMãáä HO Å~J ë~ë îäê ~ ÅçãÄK cWUNPQJ UTPS ÅL éêçéêáÉí~êáç 379122973

179124839

ÁGUAS CLARAS - îÇç O äçíÉë UñOR

oAPMãáä Å~Ç~ ÅL êÉÖáëíêçI éä~åçI ÅL äìò cWVNVOJ QPMMLPOONJMVPO

379125634

ÀGUAS CLARAS - sÇç íÉêêÉåç ãÉÇ

NSñOR ãìê~Çç ÇçÅK çâ åç Q⁄ lÑáÅáçI Åçã ÉëÅêáíçê~ éñK ~ç Å~ãéç ÇÉ ÖçäÑK oASUjáä ~ÅK éêçéçëí~ cWUNQSJ VQRNLVVSTJ MSVQ 379125430

ÁGUAS CLARAS - îÉåÇç íÉêê OMñPM

É NRñPMI Åçã ÉëÅêáíìê~ É êÉÖáëíêçI cWVVTNJ TTMU

379125196

Å~ë~ ÅL ~é~êíI ä~àÉ éêçåí~I éç´ç POãI í É ê êK U ñ P M I o A P M ã á ä cWVSMUJRQRVLPRUNJPONV

ALFREDO NASC. - îÇç

379125059

ALFREDO NASCIMENTO - îÇç íÉê��

ãÉÇ QãáäxãOzI éä~åçI ãìJ ê~Ç~I ÅL é´ç ~êíK dK `áêÅìJ ä~ê QKSMMxãOz å~ éáëí~ éêáåÅK çìíêç aáëíK fåÇ N QMãáäxãOz cWUNNQJNMRRLVNQRJNNMV

379124842

ALVORADA - îÇç íÉêê ãÉÇ UñOM

ÅL N Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ å~ éêáåÅáé~ä ASMãáä Åçã íáíK ÇÉÑK VNQRJQQQPLPSRTJUSOP

379124825

AM 010 KM 200 - sÉåÇç p∞íáç íáíìäç

ÇÉÑáåáíáîç íÉêêÉåç ãÉÇáåJ Çç RMMñNKMMM ÅL áÖ~ê~é¨ oA PR jáä cWPOPQJTTQSLUNNQJ PRRULVOSUJOMTU

379125082

AM 010 KM 35 RAMAL DO S.FRANCISCO - ë∞íáç QM ÑêÉåíÉ éL PMM

ÇÉ ÑìåÇç Å~ë~ OèíëIÅçòK ïÅI éç´çI áÖ~ê~é¨IÑêìíÉáê~ë QMãáä cW VNOTJPMOQ

AUTAZES KM 17 - îÇç ëáí∞ç QMÜÉÅí

áÖ~ê~é¨I Å~ë~IÑêìíÉ∞ê~ë ORÜÉÅí ÇÉ é~ëíçIÅÉêÅ~Iäìò oAPMãáä lìíêç OOMÜÉÅí Å~ë~Ié~ëíç áÖ~ê~é¨Iíáíìäç oATRãáä VNNQJ PUPRL PSPPJNPUQ

379125014

379124741

N éêÉÇáç QMMãOI ÅL OQ~éíI ÅL éêçé é~ê~ ÅçäÉÖáç oARMMãáä VOUSJ RMSO

379125861

ÅÜ~Çç íÉêêÉåç ãÉÇ OñOR oATMãáä cWVOQMJ SUMN

BR 174 - ~êÉ~

ãÉÇ NMÜÅK å~ éêáåÅK mêÉëK cáÖìÉáêK å~ éêáåÅK Vãáä ÜÅK ÇçÅ çâ UNNQJ NMRRLVNQRJNNMV

379124475

JORGE TEXEIRA - ~äìÖç

éçåíç ÅçãÉêÅá~ä Eêì~ Çç ÑìñáÅçF éê¨Çáç ÅL P éáëçë µíáãç äçJ Å~ä OSM xãOz oAPKRMM çì ÅL PVM xãOzoA QKRMM cWUUMQJNVRRLVNVQJ UNVM

KARONES CONJ. SHANGRILÁ / P10 VENDO OU ALUGO - NOñORIU Åçãé~êJ

íáãÉåíç Åçåëíêì∞Çç NTMãáä ~ÅK Å~êêç ãÉåçê î~äçê çì ~äìÖç oA NKRMM cçåÉW VNMVJ MVPP çâíWâ~êçåÉÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

379124853

BR 174 - âã MQ îÇç íÉêê ãÉÇK

OMMñNUPK ÅL éíç ÅçãÉêK éä~åçI å©ç íÉã áÖ~ê~é¨I oAOTIMM xãOz ~êÉ~ íçí~ä PSKRMMxãOz Ç ç Å ç â c W U NN Q J N M R R L VNMOJNVRT

379124807

BR 174 KM 67 - NOâã ÇÉ ê~ã~ä

îÉåÇç íÉêê ãÉÇK ORMñNMMM Å~ë~ Öê~åÇÉ ÅL ÑçåíÉ É áÖ~ê~é¨ ãçíáîç ÇÉ îá~ÖÉã cWPSPSJSONSLUUNRJMQVP

179125164

379124749

3R IMOVEIS COND. PQ DOS LAGOS (PX A AV. DO TURISMO) - P äçíÉë

ãÉÇáåÇç OKQUMãO ÇÉ ÉëJ èìáå~K µíáã~ äçÅ~äáò~´©çK mlo ^mbk^p NQMjfiK cWPPMQ VVSRLPRUQ OMMR

179111537

éä~åç éêçåíç éL ÅçåëíêìáêI ÉñÅÉäÉåíÉ äçÅ~äáòK ÇçÅ çâ éêçñK ~ç j~å~ìë pÜçï `äìÄ áÇÉ~ä éL êÉëáÇK çì îáä~ ÇÉ ~éíçë oASMãáä cWVNTPJVNTV

379125688

C.BOA ESPERANÇA/PRES. FIG - îÇç

ëáíáçI âãNOM ÄêNTQI ÅLÅë ÇÉ ã~ÇK OèíëI ëìáíÉI ïÅI î~êI ~êîK ÑêìíI ~ÖI äìòI íÉäI çåáJ Äìë å~ éçêí~I oAPMãáä cWVNUTJRNNVLPMUUJTTOQ 379125043

CASAS E KITINETES - éê¨JÑ~ÄêáJ

Å~Ç~ë Éã ëÉì íÉêêÉåçK `çåÅêÉíç íÉêãç ~Å∫ëíáÅçI oATRM ç xãOz cWPRUNJ NRMQLVPNNJPPNO

379125267

CD SANTORINI IMPERDÍVEL - íÉêJ

êÉåç OMñRM Éã ÅçåÇçã∞J åáç ÑÉÅÜ~ÇçI ÇçÅ çâK oANQRãáäK cWVNRO NVRS ï ï ïK ë ç ê ~ ó ~ î É ä ~ ë J èìÉKÅçãKÄê

179125264

CENTRO - íÉêêÉåç QñQ oK iìáò

^åíçåóI å⁄ USQK si oANPãáä cWVNMSJ RSNTL VOQVJSTSS

179124938

CIDADE DE DEUS - îÉåÇç íÉêêÉJ

åç ãÉÇ NMñPM éä~åç éêçñK ~ç íÉêãáå~ä Çç QMU oAS jáä cWVNVSJSUTN

379124726

CIDADE NOVA/ CAMPO DOURADO -

sÉåÇç íÉêêK ãÉÇK NMñPR ÅL Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáê~ É Ä~äJ Çê~ãÉ oANQãáä cWVNPUJ SMTMLUNUOJRRRN

179125842

CRESPO - îÇç ÉñÅK íÉêK éä~åçI

ÉëèK éêçñ Äçä~ prco^J j^I RKMMMãOI RM ÇÉ ÑêÉåJ íÉI Äçã éL ÉãéK áãçÄáäá•J êáçLáåÇìëíêá~äK cW POPUJ SPVVL UUMPJSPVVK `JNPM mc

379125663

íÉêê ãÉÇ NUãáäxãOz É çìíêç ÇÉ RRãáä xãOz ÇçÅ çâ K aáëíêK N QRãáäxãOz kK `áÇ~ÇÉ ^îK Åìê~´~ç íÉê ãÉÇ NKOMMxãOz UNNQJNMRRLVNQRJNNMV

DISTRITO IND 2 -

379124844

E. IRANDUBA - îÇç âãS qKRMñRM

açÅ çâ íÇç éä~åçI éêçñ ~ç áÖ~ê~é¨ VOOUJNSNQ

379125577

ESTRADA DA PRAIA DOURADA - íÉêJ

BOSQUE DAS PALMAS - ÅçåÇK ÑÉJ

JOÃO PAULO - îÉåÇ

179124913

C. NOVA I - îÇç µíáãç íÉêê QMñNS

179125338

î•êáçë äçíÉë éçéìä~êÉë ãÉÇ UuNQ oATãáäK cWVOPTJ QTNTL PPQOJQMQR

~î Ç~ë íçêêÉëI ãÉÇKPMMãOI ÅL ÉëÅêáíI oAPMãáä É çìíêç åç ê~ã~ä Äê~ëáäÉáêáåÜç ãÉÇKOMMMãO oAOMãáä cWVSMUJNTNPLPMUUJMMUO

éL Ö~äé©ç çì ÇÉéµëáíç NMñNR íÉê NMñOR éä~åçI ãìêI éí ~äìãK ~ìíçI é´ ~êíëK ~íê•ë Ç~ ÑÉêJ ê~ÖÉã m~ê~∞Ä~I éñK ~ç cìñáÅç OMMãáä VOOMJOMQRLVOQR PTSP

áÖ~ê~é¨IÑêìíKíáíìäç oAPTãáä lìíêç ^ìí~òÉë âãNQ Åë~IáÖ~J ê~é¨IÑêìíK oAOUãáä cWVNNQ PUPRL PSPPJNPUQ

OU ê~ã~ä ëÉêê~ _~áñ~ íÉêêK RMñNMMK ÉåíêK ÇÉ oAPãáä H é~êÅÉä~ë ÇÉ oARMMK cWVNOPJ SVNR

179125888

AV. DAS TORRES - îÇç íÉêêÉåç éêçñK

J. TEIXEIRA - îÇç N éçåíç ÇÉ ä~àÉ

BR 319 KM 59 - îÇç íÉêêKOOMñOMMM

ATENÇÃO!!! SAIA DO ALUGUEL - sÉåÇç

179124916

179125147

ÁGUAS CLARAS -

179111536

íÉêNRMñNOMM NPÅ~ÄK ÇÉ Ö~ÇçI NÅë~ QñRK çìíêç íÉêK å~ íÉêê~ ÑáêãÉ QMMñNRMMI QRMMé¨ë Åìé OMèì~Ç ÇÉ Å~ãéç É UMé¨ë ÇÉ ~´~áI OM é¨ë ÇÉ ã~åÖ~ êçë~ NÅë~K QñU N Ñçêåç ÅLäìò oATMãáäKcWVNURJ SMQPK

379125079

TERRA NOVA/MANOA - µíáã~ Å~J

ÅçåíK N bëÅçä~ ÅLQ ëä~ë ~ìä~I Q ïÅI êÉÑÉáíI ^ÇãáåI éáëÅI é•íáçI •êKä~òÉêI ãìêI íÉêê NP ñ ROñ OQ A NQMãáä ^ÅKÅ~ë~ ãÉ åçê îäçêK VNMVJMVPP çâíWâ~êçJ åÉÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë

379125611

PQ DAS LARANJEIRAS - ÅÇ ÑÉÅI PèíëI

179111540

3R IMOVEIS RIO PRETO DA EVA - îÇç

íÉêêK Q ÜÉÅí~êÉëI áÖ~ê~é¨I Å~ÅÜçÉáê~I Å~ë~ ÅL PèíçëI •êÉ~ ÇÉ Å~ãéç ÇÉ ÑìíÉÄçä oANOMãáä cW PPMQ VVSRL PRUQ OMMR

N.REINO 2 - îÇç Å~ëI ÅLéíç ÅçJ

KARONE’S CONJUNTO MANÔA - mêçéK

Å~ë~ åç å∫ÅäÉç V ÅLNèíçIëäIÅçòKïÅ oARMM cWPSRNJSUNSL UUMPJ UUNR

íÉêêK OMñOR åç éè Ç~ë ä~J ê~åàÉáê~ëI ãìê~ÇçI ÅLÉëJ íêìíìê~ ÇÉ Å~ë~I êì~ íçÇ~ ~ëÑ~äí~Ç~ Åçã êÉÖáëíêç ÇÉ áãçîÉáëK oAVTãáä cWPPMQ VVSRL PRUQ OMMRK

ãÉêÅá~ä É çìíê~ åç Åà ã~êJ Åç Å~î~äÅ~åíÉ cWUUPVJ OMNVLVPOMJTMON

379125722

379125205

CIDADE NOVA - ~äìÖç

3R IMOVEIS LOT. AGUAS CLARAS - îÇç

BR 174/ KM 4 - îÇç äçíÉë ÇÉ TMñPML

PMñUOL QMñRM ~é~êíáê ÇÉ OM ãáä éçÇÉåÇç ëÉê é~êÅK çìJ íêç åç âã NQ ãÉÇK ORMñNKMMM ANOMãáä cWPOPQJTTQSL UNNQJPRRULVOSUJ OMTU

379125080

ESTR.DE MANACAPURU - hj

179125319

êÉåç ê~ã~ä Çç f~íÉ ÅäìÄÉI íÉêêKNOñOQM ÅLÉåÉêÖá~ Éä¨J íêáÅ~ EéêçñK~ ÄÉáê~ Çç êáçF oASRãáäKcWVNURJSMQPK

179124843

ESTRADA DE MANACAPURU KM 19 -

îÇç íÉêê åç ê~ã~ä ÉëéÉJ ê~å´~ hj QK ãÉÇ ORñRM ÅL ÉåíêK ÇÉ Oãáä H NS ÇÉ oARMMI ž îáëí~ oAUãáä cWVNOPJ SVNR

179125323

ESTRADA DE MANACAPURU KM28 -

îÇç íÉêêÉåç RMñNTM ê~ã~ä ëÉêê~ Ä~áñ~K ÉåíêK oAQãáä H é~êÅÉä~ë ÇÉ oARMM Åçã áÖ~ê~é¨ cWVNOPJ SVNR

179125320

FAZENDA - éêçñK ~ êçê~áåçéçJ

äáë ÅL Åë~I Åìêê~äI áÖ~ê~é¨ É NOM ÜÉèK PM ÜÉèK ÇÉ é~ëJ íç H Q ÜÉè ÇÉ Å~ãéç ~ÖêáJ Åìä~ NRMãáä cWUUMQJNVRRL VNVQJ UNVM

379125215

GRANDE VITÓRIA - sÉåÇç íÉêêÉJ

åç åç ~ëÑ~äíç ÅL äìò É •Öì~I ãÉÇK UuOMI oATãáäI çìíêç íÉêêÉåç ÅL Å~ë~ ÇÉ ã~ÇÉáJ ê ~ å ~ é á ë í~ I o A T ã á ä K UNNQNTPRL VNSNOQNT

179125251

IRANDUBA - ~äìÖ~JëÉ Å~ë~ ÇÉ

ëáíáç é~ê~ Ñáã ÇÉ ëÉã~å~I ãçÄáäá~Ç~I ÇÉ ÑìåÇç é~ê~ ç êáçI Å~åç~ É ãçíçê é~ê~ é~ëëÉáç cWVNPRJOPRO

379124764

IRANDUBA KM 28 ESTR.DA TERRA BAIXA - íÉêêKNRñRM éñKéê~á~ oAUKRMM

ÉåíêKoAQãáä Vé~êÅK oARMM cWPPMUTJSTTUL VNQNJ UTQR VNNRJQOSS

179125821


12

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN


13

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

IRANDUBA KM 32 - éêçñ ~ éê~á~

^´ìíìÄ~I ãÉÇ NMñOV ~ îáëí~ oAQãáä çì NÉåíêK ÇÉ oAOKOMM H NO é~êÅK ÇÉ oAPRMIMM cWUUONJPRSOLVORVJ NQUT

379124460

IRANDUBA- PROX A CACH. DE PARICATUBA - sÉåÇç içíÉë mä~J

åçë É ÇçÅ çâ>hã OO o~ ã~ä R Ke• OM ãáåK ÇÉ j~å~ìëK q~ã~åÜçë aáîÉê ëçë ~ é~êíáê A Rãáä VNMTRVUO LUNVU NVRU

179124757

JORGE TEIXEIRA -

íÉêêKVñQR oAOOãáä cWVOPUJNQVQL VVMQJ QQSMLVORTJMVVR 159121591

JORGE TEIXEIRA 4ª ETAPA - qÉêêK jÉÇK

VñOO ãìêçI éç´ç ~êíÉëá~J åç oANOãáä cWVNSVJRSQVL VPSNJRSQV dÉêëçå çì bÇáäò~

179125521

JORGE TEIXEIRA 4º ETAPA - íÉêê NOñOR

éä~åç oANMKRMM cWVNUMJ TMOQL VORVJSPMML VOQTJ SPMM

179125897

JORGE TEIXEIRA I / PX A ITAÚBA - íÉêê

UñOR oANPãáä É çìíêç ÅL Åë~ ÇÉ ã~Ç íÉêê UñPM oAVKRMM cWVNUMJTMOQL VORVJSPMML VOQTSPMM

179125886

KARONE’S SHANGRILÁ 1 ÓTIMA LOCALIZAÇÃO - žêÉ~ kçÄêÉI qÉê

mêµñK pìéÉêãK sÉåÉò~I ãÉÇ NOuPMEPSMãFI ANPMãáä ~ÅK Ñáå~åÅK Åí~ Åê¨Ç É cÖíëK VNMVJMVPP çêâíW â~êçåÉÛëJ `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

179125179

KARONES CONJ. SHANGRILÁ / P10 -

NOVA CIDADE - îÉåÇç íÉêêÉåç ãÉÇK

TñPRI éä~åçI éêçñK åÉé~äI oANUãáä cWVORUJOUNU

379125772

NOVO ALEIXO - íÉêêÉåç éñK éêáåÅáé~ä

É Çç éçëíç ÇÉ Ö~ëçäáå~I ãÉÇ UuORIåç ~ëÑ~äíçK sÇç rêJ ÖÉåíÉ éçê ~éÉå~ë oAOVãáä cWUNNQJNTPRLVNSNJOQNT

179125241

PETRÓPOLIS - îÇç íÉêêÉåç ÅL µíáã~

äçÅ~äáòK å~ oK cÉêêÉáê~ pçJ ÄêáåÜç ãÉÇK VñOV éä~åçK oARPãáä cWPRUNJORQUL VOPOJRRVV LUNRPJ UMTV

179125222

NOñOM éêçñ ~ç aÉíê~å NOãáä VPQOJ SPQQ

PIORINI - íÉêê

379125805

PQ DAS LARANJEIRAS - íÉêê ãÉÇ

MUñNT ÅL éíç ÅçãÉêÅK Éã ÅçåëíêK ãÉÇ MRñMSI ÉëíêìJ íìê~ éL ä~àÉ êì~ éêáåÅK oAPRãáäI ~ÅíK éêçéI cWVOVSJ VQPSL PNUQJRPSO

ìã íÉêêÉåç ãÉÇáåÇç NPñPM èìáí~Çç oAOQãáä cWVNOTJ PMOQ

179125887

MONTE DAS OLIVEIRAS - oì~ `ìJ

éá∫Ä~ íÉêêK ãÉÇKNMñPM •Öì~I äìòI ~ëÑ~äíçI íçÇ~ ãìê~Ç~ oAOOãáäKcWVNURJSMQPK

179124850

äçíÉ ÇÉ ÉëJ èìáå~ ÅLNTOxãOz ÅL ~êÉ~ ÅçåëíêìáÇ~ ãçíáîç ÇÉ îá~J ÖÉã SMãáä ~ÅÉáíç åÉÖçÅáJ ~´©ç UNSSJSSSMLVPORJ SRNRLVOUOJUOSU

NOVA CIDADE - îÇ

379122903

379125639

RIO PIORINI - íÉêê OMñQM ãìê É

ÇçÅ ÅL íáíìäç ÇÉÑK ÇÉ ÉëèI éä~åç oARRãáä cWVNROJTMTQL VNRUJNNMN

179125793

RIO PIORINI - îÇç íÉêêK ãÉÇ NMñPMI

ÄÉã äçÅ~äáò~ÇçI ÅL •Öì~I äìòI ~ëÑ~äíçI íçÇç ÇçÅìãK çâ oANRãáä cWVNTRJNONPL PSPVJQSVQ

379125047

RIO PRETO DA EVA - ÅÜ~Å~ê• ÅL

RIO PRETO DA EVA - ÅÜ~Å~ê~ ÅL

Ç~ë qçêêÉë îÉåÇç íÉêêÉåç ÇÉ Éëèìáå~ éä~åç OMñPM oASUãáäI çìíêç êK ÇçÅÉ UñOMI ëÉãáJãìê~Ç~ oANQãáä cWVNRPJUPSP ÅêÉÅáJNUON

379125605

PQ. DAS LARANJEIRAS - îÉåÇç äçíÉ

NMñPM Éã `çåÇçã∞åáç ÑÉÅÜ~Çç cWUOQRJNOSPL VOOQJUQSS 379125180

379125117

LOTEAMENTO PIORINI - îÉåÇÉJëÉ

NMñOM ~ëJ Ñ~äíç éç´ç ~êíÉëK oANSãáä cWVNVOJQPMMLPOONJMVPO

RIACHO DOCE - íÉêê

PQ. DAS LARANJEIRAS - éêµñK ^îK

LOTE CD MORADA DOS NOBRES - ^î

179125507

179125276

379125796

PRAÇA14 - gçå~í~ë mÉÇêçë~I

Çç qìêáëãç NOMMã íÉêê~ éä~å~Ç~cWUOPMJVQUTL VOTOJMURULUUMNJSPSS

ÅLÅ~ë~IÉåÉêÖá~IÅ~ë~ ÇÉ Å~ëÉáêçIOïÅëIÅ~ãéç ÇÉ ÑìíÉÄçäIÑêìíÉáê~ëIRMã Ç~ éáëí~ oAOMMãáäK^ÅK mêçéKVSMNJ OTTNL PMUU UQPU ÅêÉÅá URT

~ê¨~ PSMñQMM ÅL áÖ~ê~é¨ Åë~ ÅL Q èíçëIÅÜ~é¨ì ÇÉ é~J äÜ~IÅ~ãéç ÇÉ ÑìíK é´çK ~êíK ÉñÅÉäÉåíÉ áãçî¨äK OMM ãáä VNVTJMSMQLUNTPJRQOM

îÉåÇç çì ~äìÖç U ñORI A TR ãáäI ^ÅK Å~êêç ÇÉ ãÉåçê î~äçê åç åÉÖµÅáç cWVNMVJMVPP UNPUJOSVT çêâíWâ~êçåÉÛëJ `OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

179125160

RAMAL DO BRASILEIRINHO - OMMñQMMI

mêçñK ^áê©ç ãÉÇK NSñQM ãìê~ÇçI ÉñÅK äçÅ~äáòK oAOOMãáä ~ÅK Å~êêç cWVNPPJSNMQLUNNVJRPRT ÅêÉÅáNPNV

PURAQUEQUARA - µíáãç íÉêêÉåç

éñK~ éêáåÅáé~ä ~ç ä~Çç Çç Åçä¨Öáç ãÉÇKNOñRM oARMãáä ^ÅKéêçéçëí~ É Å~êêç cWVNPSJ PMQP 179125568

R. PRETO DA EVA - îÉåÇç ëáí∞ç ãÉÇ

ORMñNOMM ÅL å~ëÅÉåíÉ É áÖ~ê~é¨I ÅL P ~´ìÇÉë à• éêçåíç éL éáëÅáÅìäíìê~ H NMM é¨ë ÇÉ ä~ê~åà~I QMM é¨ë ÇÉ ÅçÅç à• éêçÇìòKÅL íáí ÇÉÑáåK oANPQãáä cWUOPOJURRM 179125456

RAIO DE SOL - îÉåÇç íÉêêÉåç éä~åç

UñOMI oANMãáäI çìíêç gK m~ìäç ff äçíÉ~ãÉåíç ~Å~ê~ UñPM ÅL Å~ë~ ~äî Éã ÅçåëíI oAVãáä cWVNRPJUPSP

379125607

îÉåÇÉJëÉ íÉêêÉåçI çíáã~ äçÅ~äáò~J ´~çI éêçñ íçêèì~íç í~é~J àçëI ãÉÇ UñORI ãìê~ÇçI oAPRãáä cWVNVTJMONNL UNUTJUMSM

379125726

RIO PRETO DA EVA - íÉêêÉåç èìáJ

í~ÇçIíçÇç ÇçÅìãK ãÉÇKNMñRM ÅLRMMã mñK~ç Åêáëíç oANRãáä cWPPMUTJSTTUL VPRUJ UPPP VNOQJVQMM

179125829

RIO PRETO DA EVA - íÉêêÉåçë ÄÉã

SANTA INÊS - sÉåÇç íÉêêK NMñOR

E _ ^ o ^q l F o A Q ã á ä cWVNPSJPMQPLUONPJNRRR 179125626

SÍTIO TARUMÃ PX VIVENDA VERDE -

`áÇ~ÇÉ éêçåíç éL ÅçåëJ íêìáê ÉåíêÉÖ~ áã¨Çá~í~ ÉåJ íêW oAOãáä H NRñ ÇÉ PMMIMM Ñáñ~ë cWVOMTJMQVR

379125719

RIO PRETO DA EVA - sÉåÇÉJëÉ äáåÇç

ë∞íáç ÅL áÖ~ê~é¨ íÇK ~êÄçêáJ ò~Çç Å~ë~ ÅL ëìáíÉ î~ê~åJ Ç~I íÇ å~ ÅÉêßãK íÉêêKNRMñQOM éä~åç å~ Öê~ã~ oANOR jáä cWVOMPJVQUMLUNNUJORSP 379125745

RIO PRETO DA EVA - îÉåÇç ë∞íáç

ãÉÇWORMñNUMM ÅL áÖ~ê~é¨ ÉåÉêÖI ÅL íáíìäç ÇÉÑáåáíáîçI oARRãáä cWVNPVJ SMUR

179125450

RIO PRETO DA EVA - îÉåÇç

íÉêê RMñOMM ÅL î•êá~ë •êîçêÉë Ñêìí∞ÑÉê~ëI •Öì~I äìò oAOMãáä ~ÅÉáíç íêçÅ~ éçê Å~ë~ Éã j~å~ìë å~ wçå~ kçêíÉ cWVORUJOUNU 379125780

RIO PRETO DA EVA - îÉåÇç íÉêêK

å~ éáëí~I ÅL Oå~ëÅÉåíÉI ãÉÇ ORMñNRMMxãOzI oAURãáäI ^ÅK éêçéçëí~ cWVSMUJNTNPL PMUUJ MMUO 379125010

S. LUZIA - îÇç íÉêI éÉêíç `a`I

ãÉÇK SñPMI Q ä~àÉë éL U ~éíçëI oANPMãáä cWPSOQJQTRS VNUVJVVPV ^ÅK éêçéçëí~

179125294

CARTA DE CRÉDITO - `çåíÉãJ

éä~Ç~ m~ê~ fjls°iK kç s~äçê ÇÉ oAQMjáäI îÉåÇç éçê oANMãáäH é~êÅK cWVOMSJSPOM 379124898

ãÉÇKPMñNMM Åë~ ÅL î~êIéç´ç áÖ~ê~é¨I íÉêêKéä~åç oATMãáä cWVNNUJMNTPL UNQNJVTUR

GALPÕES

179125762

STA ETELVINA LOT 10X20 - båíê~Ç

oAOKMSM H RO é~êÅ oAPRM Ñáñ~ë VVVRJMTSNLUNPQJ RORT

ÇçåçK îÉåÇç çì íêçÅç éçê Å~êêç ÇÉ EJF îäêI ~ÅK Å~ë~ ë∞íáç Çç ãÉëãç îäêK éêÉ´ç oAOOãáä cWVNVRJUPUN

379124912

CORSA CLASSIC LS 10/11 COMPLET O - s~ ä ç ê o A O U I V M M K

cWVNPMJMNRVL UNMT RORQ

179124877

CORSA LIFE - ~êIîáÇêç ÉäÉíK oANUãáä

cWVNPM MNRVL UOOO OPSS

179124876

íê~î~ ÉäÉíêáÅ~I îáÇêçI ~êJ ÅçåÇI ÅLàÖ ÇÉ ~êç ëéçêíI ÇáêÉ´~ç ÜáÇê~ìäáÅ~I ~åç OMMRI ÅçãéäÉíçI oAORãáä cWVNSTJUVMMLUNVNJVNTP

379125540

CORSA SEDAN PREMIUM 04 - ÅçãJ

ÅçåÇK mçêíáå~êá éêµñKpáî~å sÇK içíÉI SMMãO ÇçÅ çâK oAUMãáäK cWVNUSJ OOOPLUNSNJTRVR `KOQTOmc

TARUMÃ -

éäÉíç î~äçê oANTKRMM cWVNPMJMNRV L UNMTJ RORQ

179124879

CORSA SPIRIT 07 COMPL - oANVãáä

179125742

TARUMà MIRIN - îÇç ëáíáç ÅL îáJ

îÉáêçI ãÉÇ ORMñNMMM ÅL Å~ë~ oANMMãáä cWVOONJPTVUL VNONJMPMS

379125217

TERRENOS EM VÁRIOS - äçÅ~áë ~

379125115

ÇÉ •êÉ~ ÅçåëíêK åç ãÉëJ ãç íÉêêÉåçI å~ `çãK fëJ ã~áä ^òáòI _o NTQI hã MOI oì~ g~Å~ å⁄ OPTK fåíÉêÉëJ ë~Ççë äáÖ~ê W UNQMJQPSR L VNVMJOUOM L VNVSJTTSV 159112211

VILA LINDOIA - îÉåÇç íÉêêÉåç å~

éáëí~ êáç ìêìÄìI ãÉÇKTMñORMI éä~åçI oANNãáä cWUNMOJ OTNMLVNUOJOUTR 379125715

DIVERSOS

CHAPADA - îÉåÇç Ö~äé©ç ãÉÇ

RIOR ñ OR ëÉåÇç íÉêêÉç É N⁄ ~åÇ~êI î~äçê ~ ÅçãÄáå~ê cW VNQSJVSVSLUNOVJ SSSS

379124221

N. ISRAEL/AMÉRICA DO SUL - Ö~äJ

é©ç H Q ~éíçëI íçÇç ãìê~J ÇçI éç´ç ~êíÉëá~åç oANMMãáä cWVNQNJVNPMLUNUSJUQPSL PSPSJPNMR

379125418

PURAQUEQUARA ALUGO - Ö~äé©ç

ÅLUKPMM ãOI íÉêêÉåç OMKMMM ãOI éáëç íçÇç åç ~ëÑ~äíçK cWPOPUJSPVVLUUMPJSPVV ` JNPM mc

379125667

SALAS COMERCIAIS CD CEMON (VIEIRA ALVES) - åç íÉêêÉç

oANãáäI É éêÉÇáçë Ö~äJ éπÉë íÉêêÉåçë å~ ^îK Çç qìêáëãç `Ç gK ÑêáÄìêÖç Q äçíÉë ¶ îÉåÇ~ É Éã çìíêçë äçJ Å~áë cW VOMTJ RNRV

cWVNPMJ MNRVL UNMTRORQ

179124875

MONTANA 1.4 CONQUEST 10/10 FLEX - éê~í~ ÅçãéäÉí~ Éëí òÉêç

äáåÇ~ `a` ëçã oAUKVMMH RPñ VUM à• Ñáå ¥ éêÉÅáë~ íê~åëÑ ~ÅK ãçíç É Å~êêç ÇÉ H çì J îäê cWPOPOJPUQVLVNMPJ OVQM

379124907

MONTANA CONQUEST 05 FLEX R$17.900 - cW VNPMMNRVL UNMTRORQ

179124868

ÅçìJ êçI íÉíçI ÇîÇI êçÇ~ NTI Å~êêç áãéÉÅ~îÉäI oANUKRMMHNSñ oANKNUSI íêçÅç éçê Å~ë~ cWVNRSJPNQVLPOOPJOSNR

NOVO VECTRA 06/07 - íçéI

379125184

S10 2.8 2001/2001 - îÇç

íìêÄç ÇáÉëÉäI èìáí~Ç~I ÅçãéäÉí~ oA OUKRMMIMM cK VNQSJ PRMM

VDO CHEVETTE ANO 83 - oÉÑçêJ

ã~ÇçI íê~åëÑçêã~Çç oAOKVMM cWVNOPJSVNR

179125325

CENTRO - ~îK ëÉíÉ ÇÉ ëÉíÉãJ

379124778

CENTRO -

oì~ jçåëÉåÜçê `çìíáåÜç éêµñK ~ dÉí∫äáç s~êÖ~ë ~äìÖç ÉñÅÉäK ë~ä~ë ÅçãÉêÅK ãçÄáäá~Ç~ë cWVONQJPPMQLPSQOJNVSM 379125520

KARONE’S ALVORADA 1, AV. B, - ~äíçë

Ç~ aêçÖ~êá~ kçêã~åJ Ç©çIN ë~ä~ ÅçãÉêÅá~ä oA PRM cW VNMVJMVPPL UNPUJOSVT lêâìíWâ~êçåÉÛëJ`OSRN `çêêÉíçêÉë ÇÉ áãµîÉáë

179125178

SALA COMERCIAL - ~äìÖ~JëÉ ìã

ë~ä©ç ÅL~êJÅçåÇK å~ë ÇÉJ éÉåÇK Ç~ ^Å~ÇÉãá~ ^í~ä~K lìíê~ ë~ä~ ÅL ~êJ ÅçåÇáÅáçJ å~Çç ëÉêîÉ é~ê~ çìíêçë Ñáåë Åçãç éáä~íÉëK VVUNJNSRP

159125642

ÅçåëìäíµJ êáç çåÇçåíçäµÖáÅç Éã ÑìåJ Åáçå~ãÉåíç cWVPNNJONRO

STO ANTONIO, - îÇç

379125005

éçêí~ë Ä•ëáÅç ÄÉã ÅçåëÉêî ãçJ íçê Éã µíK Éëí~Çç Å~êêç ÇÉ ãìäÜÉê Åçê Åáåò~ ÉëÅìêç ÇçÅKçâ oAVKRMM íêçÅç éçê Å~ë~ çì íÉêêÉåç cWVNUOJ MOTM

379125089

NOVO SIENA 2010 - ÅçãéäÉíç îáÇK

Éä¨íêKLíê~î~ Éä¨íêKL~êLëçãL ëÉåëçê ÇÉ Éëí~Åáçå~ãÉåJ íç oANSKRMMHOVñSUM cWVNQNJVNPMLUNUSJUQPSL PSPSJPNMR 379125437

PALIO 1.0 FLEX 07/07 AZUL -

`çãéäÉíç H pÉåëçê ÇÉ o¨I fms^ çâ> måÉìë kçîçë oANOãáä H NV éêÉëí~´πÉë ÇÉ oATOM cWVNOUJPNPML UNNNJOTTVLUORRJRRRR

îÉåÇçK ÅçãéäÉíç ÑäÉñK ÅL ~áê Ä~ÖK Åçê îáåÜç ~ê ÅçåÇK APTãáä cWVVUNJTRMULPOQUJPOOO 379125693

ÅçãéäÉíç éêÉíç QPKMMM âã ÅçåëÉêî NKM ÇîÇ oANRãáäH OMñUSM à• Ñáå~åÅK ¥ éêÉÅ íê~åëÑK ~ÅK Å~êêç EJF çì EHFîäê É ééK POPOJPUQVLVPOPJ UOTT 379124908

179124890

GOL ANO 94 - Äçã

ÇÉ íìÇç ÅL ~ä~êãÉI ëçã åçêã~äI ëçã ÇÉ éêçÖ~Ö~åÇ~I íê~î~ë Éä¨íêK Eéçêí~ëF oARãáä ~ÅK éêçéK cWVOMRJPOUN 379125015

GOL BOLA 97/98 - îÉêãÉäÜçI Ä•ëáÅK

ARãáä ~ÅK éêçéK VNVSJ VTTV

379125645

GOL G-5 09/10 - Q

éçêí~ë îÉêJ ãÉäÜç ÅçãéäÉíç Kíê~åëÑK oAUãáä H PRñ ÇÉ oA VNT cWPSQNJMQUSL VNTNJPOPT LVNUTJPSSQK

GOL G4 08 COMPL. FLEX - íêÉåÇ Qéíë

à• Ñáå~åÅK Éåíê~Ç~ H é~êÅK cWVOMTJSSNPLVNTRJONOUL VVNNJPPQT

379125694

FIESTA HATH 06/07 - ÇáKÜáÇI îKÉäIíêKÉäK

~äIëçã ÇçÅKlâ VSMNJSQNP

ÇçåçI OQKMMMâã êçÇ~ÇçëK cW VNOSJSSOOLPRUNJQNSS

FIESTA SEDAN MOD. 2005 - ~êI îáJ

POLO ANO 98 - ~êI ÇáêÉ´©ç ÜáÇêK

379125534

SEAT IBIZA 2001 - ÅçãéäÉíç ÇÉ

379125446

179121912

ÇêçI ÇáêI íê~î~I ÇÉëÉãÄK íê~ëÉáêçI ã~ä~ Éä¨íêK ëçã jéPI Å~êêç Éã ÉñÅÉäK Éëí~Çç ÇÉ ÅçåëÉêîK oANVKRMM ~ÅK ÑáJ å~åK VOQTJNQQNLUNQOJ STOT

FORD KA 11/11 - ÅçãéäK ãÉåçë

ÇáêK ÜáÇ Å~êêçK M à• Ñáå~åÅK ATãáä H éêÉëí~´ UONQJ PTMS

379124542

RANGER XLT/07 - ÇáÉëÉä ∫åáÅç Ççåç

Å~ÄK Çìéä~K ~êçë ÉëéK ÅçãéäÉK ÇÉ Ñ•ÄêáÅ~ QPãáä âã åçî~ ÅL éêçÅÉÇÆåÅá~ VNUUJ RURULUNNVJRPRT

379125091

cWVNPM MNRVL UNMT RORQ

179124873

KOMBI FURGÃO 1.6 05/06 - ∫åáÅç 179125078

íê~î Éä¨íK îÇê Éä¨íK ëçã ãéPI ÇçÅK çâI èìáí~ÇçI ~òìä ãÉJ í•äáÅç ãçíçê Us oAVãáä ~ÅK éêçéK É Ñáå~åÅK cWVNQQJ VNST 379125748

íìÇçI ÉñÅÉäÉåíÉ Éëí~Çç ÇÉ Å ç å ë É ê îK o A N M K R M M cWVOQTJNQQNLUNQOJ STOT

379125542

TWISTER 08/08 AMARELA - îÇç oA

T ãáä cK VNVUJPRRNLUNMVJ UVUQ

159125923

VENDO FOX 05/06 - àçÖç ÇÉ ~êçI

íê~î~I ÇáêI ~êI Åçê Åáåò~ oAOOãáä cWUNOUJSURS 379124786

PEUGEOT - îÇç OMS ÅçãéäÉíç

oA NKMMMIMM ÇÉ Éåíê~Ç~ cK UNMPJPRSRLVOVSJSURT

159118433

PEUGEOT 206 1.4 8 VÁLVULAS 05 - QéíëI

179124601

UTILITÁRIOS, ÔNIBUS E CAMINHÕES FIORINO BAÚ 95/96 - Äê~åÅçI áåJ

àÉ´©ç ÉäÉíê∑åáÅ~I ÄÉã ÅçåëÉêî~ÇçI äáÅÉåÅá~Çç oAUKRMM cWVOOMJOPOVL UNNRJSMMO

379125495

FORD RANGER 08/09 - Å~ÄK ëáãJ

éäÉëI ÅçãéäÉí~ ëéçêíI Ö~J ëçäáå~I Åçê éêÉí~K cWUNPSJ VUVU L VPOTJRSMS

179124952

LOGAN 1.6 ANO 2009 -

éê~í~I PQMMMâã êçÇ~ÇçëI ÉãJ éä~Å~Çç oAOQKRMM äáÖ~ê ëµ áåíÉêÉëë~Ççë cWPSQNJ PTRPLVOMRJSNSO Ñ~ä~ê ÅL jÉäç 379125769

RENALT 93 - pÉÇ~å oAOKRMMIMM

cWVNUMJPSVV

379125648

~êIÇáêÉJ ´©çIíê~î~ É îáÇêç Éä¨íêáÅç Çá~åíÉáêçI Åçê éê~í~ oA OR ãáä cWVNPOJSVSVL UNNUJ TUPR

SANDERO 1.6/ 08 -

179125802

QñQ ÅçãéäÉí~ ÅL ~êI ÇÜI íêáç Éä¨íK Å~éK ã~êáíK ÉëíêáÄçI ä~íÉJ ê~äK éêÉ´ç ÇÉ çÅ~ëá©çK oAPSãáäK ∫åáÅç Ççåç cWUNTVJSNMNLVSMSJOUTQ

NISSAN FRONTIER 06/06 -

379124771

ACESSÓRIOS, PEÇAS E OFICINAS DVD P/ CARRO - ã~êÅ~ _ççë íÉä~

ÇÉ RÒ íçìÅÜëÅêÉÉåI å~ Å~áñ~ oARMMIMM cWVOQTJNQQNL UNQOJSTOT

379125532

PROMOÇÃO DE BATERIAS/AUTOS - SM~Ü

oANQV ~ îáëí~ å~ íêçÅ~ ÑëWPOPPJ SOOPLPOPQJRSVT

FOX 1.0 04/05 COMPLETO - O éçêJ

179125463

ÅL ~êJ ÅçåÇI îÇ Éä¨êáÅçI íê~î~ Éä¨íêáÅ~I ÇáêÉ´©ç ÜáÇê•ìäáJ Å~I oANNãáä cWVOMPJMTPM

GOL G4/06 - ÅL~êIQéíë oANTKRMMIMM

PALIO ED 97 - îÉêÇÉI ÅL~êKQ éí~ëI

SIENA FIRE FLEX - ÅÉäÉÄê~íáçå MTLMU

379125485

GOL ANO 2000 1.0 - NS î•äîìä~ë

~êI áåëìäÑáäãÉI ÇîÇ oANTKRMM cWUNTTJ NNMP

FIESTA - OMMS

379125259

éäÉíçI ÅçêW îÉêãÉäÜç îáJ åÜçI fms^ OMNN é~ÖçI açÅìãÉåí~´©ç lâ> oANSKVMMK^ÅÉáíç cáå~åÅáJ ~ãÉåíç cWVNNVJPOUSL UQQQJNNMP

ÇçI îáÇê ÉäÉíêI Oéí~ëI PIUMMHOT éêÉëí PMMIMM VNPSJPMQPL UONPJ NRRR

179125636

ECOSPORT 07/08 1.6 -

379125297

PALIO FIRE MODELO 2005 - `çãJ

379125458

379123061

BORA 2001 - éêÉíçI ÅçãéäÉíçI

Öê~ÑáíÉI ∫åáÅç ÇçåçI íê~åëJ ÑáêçH OTñNKNRN jçíáîç sáJ ~ÖÉã> cWUOMSJVTSQ

379125514

~ä~êãÉI ëçãI ãéPI ÇçÅ çâI àKÑáå~åÅI UãáäHNSé~êÅ cWWVPOOJQTMOL VNPPJRQPN ~ÅÉáíç éêçéK

Å~åÅÉä~ÇçI ~åÇ~ãÉåíçI èìáí~ÇçI ÅçåíÉãéäK É å©ç PSTPJQVMNLUUOTJQPOS

PALIO 2009/2010 1.4 - Qéí~ëI Åçê

~êI íê~î~ µíáãç Éëí~Çç oAOMãáä cWVONQJPPMQL PSQOJNVSM

CELTA 04 - Qéí~ëI ~êI îáÇêçI íê~î~I

COMPRO CONSÓRCIO - ~íê~ë~ÇçI

179124963

PALIO FIRE FLEX 2007 - Q éçêí~ëI

379124271

179124976

CONSÓRCIO

FIAT UNO MILLER/02 - O

379124806

~åÇ~ãÉåíçI é~ÖìÉ oAQSNITR É ÅçåíáåìÉ cWVNTQJRORUL UNUPJMNQU

ëí~åÇÉê ~åç OMMTK oAOQKRMMIMM Å~Ç~I N _Éëí~ ÅçãéäÉí~I NO äìÖ~êÉëI ~åç OMMRI oAPPãáäK s•êáçë jáÅêç −åáÄìëI ÅçãéäÉíçë sU OP äìÖ~êÉëI ~åç OMMR oASSãáä Å~Ç~K cWVVMOJNUNNLVVMOJ RNUMLPSORNPNP

ÅçãéäÉíç ÇÉ íìÇçI Åçê éêÉíçI oANSKRMM cWUNOUJUVNVL UOOQJQORV

POQUJTTRNLUNOSJUSUQ

ADQUIRA NOVO VOYAGE - mä~åç Éã

VENDE-SE VEÍCULOS - Q hçãÄáëI

159122902

179125907

ÄêçI îÇç ìã éêÉÇáç UMMxãOz ÇÉ ~ê ÅçåëíK ÅL T ëäë É Q ïÅ oANKUMMKMMMKMM UNSMJ VTOULVNQNJ UOTNLUUOVJ TPVT

GOL 99/99 - éêÉíçIÅçåëÉêî~J

CORSA SEDAN - Q éçêí~ëI ëçãI

179124277

VENDEM-SE 02 CASAS, - ÅL VS ãO

RIO PRETO DA EVA - sÇç äçíÉë å~

CONSÓRCIO

379125302

RIO PRETO DA EVA - sÇç äçíÉë Åçã

379125711

CORSA 08/08 - ÅçãéäÉíçI ∫åáÅç

NURMMxãOz íçÇç äÉÖ~äáò~J ÇçI ÇçÅK çâI ~ÅK Ñáå~åÅI oANNM êÉ~áë ç ãO cWUOMSJVTSQL UNTSJOOVQ

îÉåÇ~I mê~´~ NQI `~ÅÜçJ ÉáêáåÜ~I mèK Ç~ë i~ê~åàÉáJ ê~ëI q~êìã© ÉíÅKKK qçÇçë ÄÉã äçÅ~äáò~Ççë cWVNPPJSNMQ ÅêÉÅá NONV

áÖ~ê~é¨ë •Öì~ É äìò éêçåJ íç éL Åçåëíêìáê ÉåíêÉÖ~ áã¨Çá~í~ ÉåíêW oAPãáä H é~êÅÉä~ë cWVOMTJMQVR

379124906

SANTA ETELVINA - îÉåÇç íÉêê ãÉÇK

äçÅ~äáò~Ççë å~ êì~ Çç qÜÉêã~ë íçÇç äÉÖ~äáò~Çç NMñOR ëáå~ä ÇÉ oARãáäH é~êÅK cWVNQNJVNPMLUOPRJRPOOL PSPSJPNMRLUNOOJTOMU

379125408

Éã ~íê~ëç çì èìáí~Ççë é~Ö~ãÉåíç • îáëí~ ãÉJ äÜçê ~î~äá~´©ç Çç ãÉêÅ~J ÇçKPOPOJPUQVLUNQUJ MVQNLUUOUJTMMTLVPOP UOTT

379125345

379125560

áÖ~ê~é¨ éêçñK ~ êçÇçîá•êá~ ãÉÇ RMñOMM ëáå~ä oAPãáäHé~êÉÅÉä~ë ~Å éêçJ éçëí~ cWVOMTJMQVR

COMPRO CARROS JÁ FINANC - ÅL é~êÅK

SANTA ETELVINA -

H ÄÅ ÇÉ ÅçìêçI fms^ éÖ OMNNI Éëí~Çç ÇÉ åçîçI oANTãáäK cWUNNNJQQSNK

í~ëH ~êç NR ÇÉ ~äìã∞åáç H ÇîÇ oA TKRMMH OS é~êÅK oA SNO à• Ñáå~åÅá~Çç UUOPJ RVUQLVPNOJVUQV

179124564

FOX 1.0 FLEX 09/09 - ÅçãéäÉíç íçé

Q éçêí~ë éê~í~ ÅçåëÉêî ÇîÇ êÉíê ëÉåëçê ê¨ ÅL ÅßãÉê~ oAUKVMMHQSñUQM à• ÑáJ å~åÅ ¥ éêÉÅ íê~åëÑ ~ÅK éé cWPOPOJPUQVLVNMPJOVQM 379124901

Q éçêJ í~ëI ~êJÅçåÇK íê~î~I ÇáêÉJ ´©ç íê~åëÑK oARãáä cWVOTOJMVPRLVNRTJNPSN

GOL 08/09 - îÉêãÉäÜçI

379125558

GOL 98/98 - éêÉíçI ÅçãéäÉíI ~êI

ÇáêÉ´ ÜáÇê~ìäI Qéí~ëI ÅçåJ ëÉêîI ãçíçê åçîçI SIRMMãáäHU PSMIMM~ÅKéêçé VNPSJ PMQPLUONPJ NRRR

379125491

179123500

SUCATA DO JANDER - kK fëê~Éä ~ç

ä~Çç Çç `~áÅ éÉ´~ë éL dçäI råçI jçåÇÉçI pÅÉåáÅI cáJ ~í _ê~î~ îÉ∞Åìäçë ÇÉ äÉáJ ä©ç cWUNPTJQVNV

379124572

ALUGUÉIS

î~å NO äìÖ~êÉë cWVNTUJMSPMLUNRMJTURQ

ALUGA-SE -

379125227

ALUGA-SE CARRO C/ MOTORISTA - Çá~

oANMMIMM cWVNOQJQVOR

379124585

ALUGA-SE KOMBI FLEX - éL Ñáêã~

çì é~ëëÉáç éL oKmêÉíç É mêÉëK cáÖK VSQJPSRPLVORUJ NPTN

379124584

ALUGO CARROS A PARTIR DE R$52,00 - ^ÅÉáíç Å~êíπÉë ÇÉ Åê¨Çáíç

cWPPONJNNUQL PPMOJNRRUL PPMTJNNQSL PPMTJNNRUL VPNRJPUTQ L PMUQJQPSS 179124506

ALUGO SEM BUROCRACIA - âã äáJ

îêÉ ~ é~êíáê ÇÉ oAQVIVM POPOJ TNSNLPSSPJRTRTLVNONJ VMVV

179119867


14

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN


15

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

ALUGUÉIS LIRA RENT A CAR - Çá•êá~ ~ é~êJ

íáê oASVIVM Å~êêçë åçîçë ÉåíêK ¶ ÇçãáÅK ^ÅKÅ~êí©ç cWPSNUJ TOOSL VNVPJPSTN

179120483

LOCAMAR RENT A CAR - cêçí~ åçî~

ÅçãéäKmêÉ´ç ~ÅÉëëáîÉ∞ëI ~ é~êíáê oASVIVM éLîÉ∞Åìäçë ÅçãéäK båíêK¶ ÇçãáÅáä∞çK ^ÅK íÇçë Å~êíπÉë ÅLé~êÅÉä~ãK ëL àìêçë VNVPJRNMOLUNPN NQVUL UUMNJQPQPL PSTPJURMM

MOTO TITAN 125 ANO 99 - Åçê îÉêÇÉI

ANPM cWUONUJPQQM

379125444

MOTOS

ÄÉã ÅçåëÉêî~Ç~ I ÇçÅìJ ãÉåí~´©ç çâ I cW VOMPJ VNTPLUUORJTNPM

379124680

HONDA BIZ+ 125 - ~ã~êÉä~

ëÉJ ãáJåçî~ ~éÉå~ë NKRMM âã êçÇ~Çç oAQKRMM H Å~é~J ÅÉíÉ áéî~ éÖK cWUNOTJ VSMT

379125009

HONDA CG 150 07 - Åçê Åáåò~ é~êíáÇ~

Éä¨íêáÅ~ ∫åáÅç Ççåç èìáí~J Ç~ oAPjáä cWPOPTJQSNTL VNRVJORTN

379125037

oANKRMMK ~ÅÉáíç éêçéçëí~ cWPSOQJQTRSLVNUVJVVPV

179125304

VDO - ã~ëëÉáê~

NAUTICA VENDE-SE UM BARCO DE PESCA - s~äçê

oA NU ãáäK ^ÅÉáíç éêçéçëJ í~K cWVNTVJTUON

179124773

EMBARCAÇÕES BARCO REGIONAL - ä~òÉê

É ÉëJ éçêíÉ åçîç í~ã NSñQ ÅL N íçäÇç É ãÉá~I OÅ~ãI OïÅI NÅçòI ãçíçê v~ã~Ü~I TRÜéI Å~é PM é~ëëK ~ÅK éêçéJ éçëí~K VOMUJUSSMLPMUOJ SRRT

179125561

CG TITAN 125KS 09/09 - Åçê ~òìäI

VDE-SE 1 MÁQ INTERLOCK INDUSTRIAL - oáãçäÇá ëÉãáJåçî~

179125063

179121847

VOYAGE 11 - ~äìÖç ÅçãéäÉíç Çá•êá~

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

~êçë åçîçëI ~ãçêíÉÅÉÇçJ êÉë åçîçëI é~áåÉä ãçÇÉêJ åçI ãçíçê çêáÖáå~äI ÄÉã ÅçåëÉêî~Çç oAOKPMMIMM cWPSOVJNNMTLUONTJVUVR

VDO LANCHA - ÇÉ cáÄê~I RãíëI

oÉÑçêãK éêÉéK éL tÉâÉJ Äç~êÇ ãçíçê gçÜåëçå Oq NMMÜéANUãáä ~ÅK íêçÅ~ Éã Åë~ É íÉêêK cWPOPQJTTQSL VOSUJOMTULUUOQJRMTS

MÍSTICOS ROSA OXÓSSI PREVISÃO PARA 2011 - ÇÉ `çǵ Çç j~ê~åÜ©çI àÖë

ÇÉ Ä∫òáçë I Å~êí~ëI Ä~ê~J äÜç ã~ê~åÜÉåëÉI íê~Ä~J äÜçë Éã ÖÉê~ä cWPOPOJ OVQO

379125643

PERDIDOS E ACHADOS - éêçÅìê~JëÉ Äçäë~ éêÉí~ ÇÉ

Åçìêç ÅçåíÉåÇç ÇáîÉêëçë ÇçÅìãÉåíçë éÉêÇáÇ~ å~ ã~åÜ© ÇÉ ëÉñí~JÑÉáê~ ¶ë NNWPM Ç~ ã~åÜ© åç äçÅ~ä Ä~ê ~äí~ë Üçê~ë éê~´~ ÉäJ Ççê~Çç É éêçñáãáÇ~ÇÉë åçãÉ ÇÉ j~åçÉä pÉÄ~ëíá©ç ÇÉ gÉëìë iáã~K Öê~íáÑáÅç cWUNPOJRVRPLPOONJ VMOQ

379125591

379125065

´©ç É ã~åìíÉå´©ç ÇÉ éçJ ´çë ~êíÉëá~åçëK^ÅK Å~êJ íπÉë ~í¨ NOñ ëLàìêçëKcW VOQOJRNVSLVNPP OPVU 179122800

DIVERSOS

379125300

VDO 2 MAQ. SEMI INDUSTRIAL - ÇÉ

ÅçëíK N çïÉêäçâÉ É N Ö~äçJ åÉáê~I íÇ~ë ÅL Ä~åÅ~Ç~ s~äçê ¶ ÅçãÄ cWVOMMJUPNQL UNMUJPOMSLPOONJVTPT

179125761

VENDE-SE UMA MÁQUINA - éLÄÉJ

åÉÑá~ãÉåíç ÇÉ ãáäÜç éL éêçÇìòáê éáéçÅ~ cWUNMUJ QTSTLVOPOJQQPN

179125546

VENDO - N ã~èìáí~ É N íáÅçíáJ

Åç _çÅÜI oAPMMIMM ëÉãáJ åçîç cWPPQOJNMPOLVNPSJ SORQ

379125646

VENDO FORNO 4 TELAS - éêçJÖ•ë

íìêÄçK ~ äÉåÜ~ E éL é©Éë éáòò~ ÉíÅKF µíáãç Éëí~Çç oANKOMM cWVVNNJQNUVLVNQOJPTPN

VDO MUDADAS DE PLANTAS - å~íáJ

î~ë É ÑêìíáÑÉê~ë ÇÉ íçÇ~ë ~ë ÉëéÉÅáÉëI ~ éêçåí~ ÉåíêÉJ Ö~ cWVNRSJOQSU

379125058

VDO TECLADO YAMAHA - éëê PMMM

ëÉãá åçîçK oAOIUMM cWVNTQMNOP

379124678

379125562

VENDO MAQUINARIO - ÇÉ éáòò~J

DIVERSOS

êá~ ÇÉääáîÉêóKRãáä cWPSQRJ RVUNLVNVNJTOSV

APROVEITE GOL, PALIO, SIENA, ESTRADA, FIESTA, UNO, CORSA, KOMBI - ÇÉ VS ¶ OMNN ÇÉ O É Q éíë

Ä~ëK É ÅçãéäK åçîçë É ìë~Ççë ~ é~êíáê ÇÉ oASãáä Ñáå~åÅáJ ~Çç É • Ñáå~åK cWVOMTJ RNRV

ÇÉ TâIN ~êJ ã•êáçI Néê~íÉäÉáê VNOR RQSR

POÇOS ARTESIANOS POÇOS FONTE DE JACÓ - éÉêÑìê~J

379125597

MÓVEIS OBRAS E REFORMAS ANIMAIS E PLANTAS

REFORMAS EM GERAL - éáåíìê~

ÅÉêßãáÅ~ íÉäÜ~Ççë êÉÄçÅç VNSQJVORR

CÃES - m~ëíçê oANMMI éççÇJ

379125207

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO VENDO - ÅçäÅÜ©ç ÇÉ ãçä~ Å~J

ë~ä oANQMIMMI íî ÇÉ NQ éçäÉÖ~Ç~ëIoARMIMM IÅçãJ éìí~Ççê oAPRMIMMK cWVNNOJQUNVLVNSRJRMRMK

179125496

ELETRODOMÉSTICOS ARCONTEC - êÉÑêáÖÉê~´©ç áåëJ PORTÃO DE FERRO - aÉ ÅçêêÉê íìÄçI

Ö~äî~åáò~Çç ãÉÇ PIMMñOIRT oASRMIMM cWUNOMJQPPVL UOMJPPQS ~ÅLéêçéçëí~

379124537

í~ä~´©ç ã~åìåíÉå´©ç ÅçåÅÉêíç äáãéÉò~ ÇÉ ëéäáJ íë É ~ê ÅçåÇáÅ Éã ÖÉê~äI áåëí~äK ¶ é~ ê í á ê Ç É o A O R M I M M cWVVSOJTRSQLPOQUJTUOU

379123797

COMPRAMOS TV’S - i`a É mä~ëã~

ÅL ÇÉÑÉáíç çì èìÉÄê~Ç~ cWVVSPJQNUVLPSPSJRQTT 379125397

TV 20POL - oANMMIMM ëçãI ÇîÇI

íî P Éã N oAPMMI Å~ã~ Äçñ oAOMMI ÑçÖ©ç oANRMI êÉJ äçÖáç êçäÉñ oAUMMI äáîêçë É éÉêÑìãÉë Éëíê~åÖÉáêçë cWVNUMJTSSR

379125236

VENDO AR CONDICIONADO - ÉäÉJ

íêçäìñ TKRMMÄíìë oARRMK cWVOMSJPUOS L VSMPJMQVO

179125076

VIDEOGAMES VENDO PLAYSTATION 2 - ÇÉëíê~J

î~ÇçI ORÅÇëI O ÅçåíêK åçJ îç å~ Åñ ëÉã ìëç î~äçê ~ ÅçãÄáå~êL ÅÜáé çá éêçãçJ ´©ç PN ~åçë äáÖK Öê•íáë îä ~ ÅçãÄ cWUNNTJ ORPT

379125455

VENDO PS 2 DESTRAVADO - ÅL ÅçåíêçäÉ

çêáÖáå~ä HOM àçÖçë îäê ~ ÅçãÄK cWVORPJMSURLVPPOJPOPR

379124465

ANTENAS

äÉ íçó óçêâëÜáêÉI ÄÉ~ÖäÉ ÅçÑ~éI ÇçÖ ä~Äê~ÇçêI äÜ~éëçI ëÜ~êéÉóI éáí ÄìääI ÄìäJ äÇçÖIÇçÄÉêã~åIéáÅÜÉI ëÜáíòì VNUMJTSSRLVNNPJQSNV

379125244

VENDE-SE LINDOS - ÑáäÜçíÉë

ÇÉ ä~Äê~ÇçêI îÉêãáÑìÖ~Ççë É î~Åáå~Ççë oASMMIMM cWVSNPJVQSOLVVVRJOUTS 379125124


16

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

ENDOCRINOLOGISTA E CLIN. MEDICA - aê~K m~íêáÅá~ p~ã~ê~ áãJ

PETSHOP

COMPRA-SE MILHAS - É sÉåÇÉJ

ëÉ m~ëë~ÖÉåë ^¨êÉ~ë cW VORQJTVNRLPOQVJRSOUL UNNSJNQOPLUNOPJRNPP

179121293

COMPRO MILHAS AÉREAS - dçä çì

q~ã oA SMMK é~Öç ¶ îáëí~ cWPPONJNNUQL PPMOJNRRUL PPMTJNNQSL PPMTJNNRU L VPNRJPUTQ L PMUQJ QPSS

179124505

PASSAGENS AÉREAS NACIONAIS - mçê ALFA DOG BANHO E TOSA - ~íÉåÇáJ

ãÉåíç ÇçãáÅáäá~êI cWPSQRJ RMSRLVPPVJOONO 379124561

FILHOTES DE SHIT- ZU - îÇç PM Çá~ë

ã~ÅÜçI Åçã éÉÇáÖêÉÉK POOUJ PUOQLPSRTJ MQNM ^åÖÉä~

179125211

TURISMO AGENCIAS DE TURISMO SOLIMÕES TURISMO - é~ÅçíÉë

íìê∞ëíáÅçë É ãáäÜ~ÖÉåë éL íçÇçë çë ÇÉëíáåçë cW VNRMJQRUS

179125799

PASSAGENS AÉREAS

oAPPMI Ñ~òÉãçë êÉëÉêî~ë Éã Üçí¨áë É ~äìÖìÉä ÇÉ Å~êêçK cWPPONJNNUQL PPMOJNRRUL PPMTJNNQSL PPMTJNNRUL VPNRJPUTQ L PMUQJQPSS

éêçJ Ñáëëáçå~äI ~êíáëíáÅ~I ~íÉåÇáJ ãÉåíç ~ ÇçãáÅáäáçK cW VNQRJVVTQK

179122657

CLÍNICAS

AG.PANORAMA VIAGENS+BARATAS - é~ê~ íçÇç _ê~ëáä Åçã ãáJ

äÜ~ë éÉä~ q~ã É dçä cWPOPOJ ROVOL VNRRJPUNPL VONPJ UVNP UNQMJMTVS

179125509

íáÅ~I éáëÅK ÇÉ ÄçäáåÜ~I ÄìÑJ ÑÉí áåÑ~åíáäIãÉë~ëK cW POOP PTMMLUNNV OPMPL VNMU MVUP

179122623

A-SOM ILUMINAÇÃO - Ñìã~´~I ÇÛàëI

Ç~í~ ëÜçïIÅ~åÜ©ç ÇÉ äìòI îáÇÉçâÆ PMUOJSRRTLVNTPJ UTUMLUNNTJQNMO

179122774

179125878

AD FESTAS - é~äÜK ÄìÑÑK áåÑK ÇÉÅçêK

äáîêÉJëÉ ÇÉä~ Åçã èìáêç éê~ñá~K oARM ~ ëÉëë©çK iÉî~åÇç ÉëíÉ ~åìåÅáç é~Ö~ oAOM cWPOPQJOPVMLVOMSJVSOV

ROUPAS E BOUTIQUES

íáÅ~IéáëÅKÄçäáåÜ~ëIíçÄçJ Ö~ãKPSRSJPVMNLVOUSJ USVS

179124352

êÉÅêÉ~´©çIÑ~åíçÅÜÉëI ÄêáåèK ïïïKÇÑÉëí~KÉÉîKÅçãKÄê ^ÅK Å~êí©ç> PMUTJRUNPLVOPN NSOO 179123962

AL. MESAS,CAD.CAMA ELÁST. E OUTROS - cWPSTPJNNSRL VOMNJOMNU

179118676

ALUG.JG MESAS E CADEIRAS - oAWRIMM

cWVOMUJMTTRLUORNJVTNR

179125268

ALUGA-SE CAMA ELÁSTICA - Ñìí ë~Ä©ç

áåÑä•îÉáë É çìíêçë POOUJ UQUM VOMUJRUNV

SAÚDE / BELEZA

DEPILADORA - ÇÉéáä~´©ç

FESTAS

A&M - aÉÅçê~´©çIÅ~ã~ Éä•ë

A.VINNY PLAY - ~äìÖç Å~ã~ Éä•ëJ

379125638

ESTÉTICA

FESTAS E EVENTOS

BIOCOLUNA - ëÉåíÉ Ççê å~ë Åçëí~\

íÉJ ãçë é~ÅçíÉë íìêáëíáÅçë é~ê~ íçÇç ÇÉëíáåçë É ~äìÖ~ãçë Ä~êÅçë ÇÉ é~ëëÉáç cWVNROJMPOMLUNMPJNVVSL VSOTJMSRV ^ã~òçå~ íçìêë

ÖÉä~íáåçë~ë É Öê~ì ~ é~êJ íáê AORIMM ç é~ê cWPSORJ QPOSL UNRRJVSTML VNNQJMOMU jìåó

379120054

MASSAGEM

VENDO E COMPRO MILHAS - É

LENTES DE CONTATO - ÅçäçêáÇ~ë

éêçãçJ ´πÉë POPPJQNNQLVNOOJ NUSNK

379125107

179124504

379125428

“VIAGENS” - þíáã~ë

éÉêÇáîÉä> Åçåëìäí~ ãÉÇáJ Å~KÇçãáÅáäá~ê oAOMMIMM åç Åçåëìäíçêáç oANRMIMM ~ÖÉåÇÉ ëì~ Üçê~>> cWUOQRJPSMTL VSNRJNPTTLPOOPTQTS

179122671

SALÃO DE BELEZA E BARBEARIA VDO SALÃO COMPLETO - Éã éäÉJ

åç ÑìåÅáçå~ãÉåíç H êÉëáJ ÇÆåÅá~I ÄÉã äçÅ~äáò~ÇçK jçíK îá~ÖÉãK ^ÅK éêçéçëí~K cW VNQNJRQPUL UNOR UTTTL PSPSJNTMQ

179125846

ALUGA-SE CAMA ELÁSTICA - ãÉJ

ë~ë É Å~ÇÉáê~ëI íÉãçë çë ãÉäÜçêÉë éêÉ´çë> cWUNUTJ UPNVLVPQRJRTUN

379124768

ALUGO - jÉë~ëIÉåíêÉÖ~ Öê•J

íáë cWVOMPJVNTPL UUORJ TNPM

379124677

ALUGUÉIS DE MESAS C/ OU S/TOALHA - PSSPJVUVSLVNURJ TONU 179124759

ALUGUEL - ÇÉ

ãÉë~ë Å~ÇÉáJ ê~ë VOMRJUUNRLUNRMJ UUMQ 379123584

EVENTOS - Ä~ä©çI Å~ã~JÉä•ëJ

íáÅ~I éáéçÅ~I ~äÖçÇ©çJÇçJ ÅÉ É çìíêçëK éêÉ´çë éêçJ ãçÅáçå~áë> cWUNQPJNVTNL PSQRJPQQP

379125199

LENE FESTAS - `~ã~ Éä•ëíáÅ~ H

ÄìÑÑÉí áåÑ~åíáä H m~äÜ~´ç H Ö~ê´πÉëKqìÇç éçê oA RRMIMM cW PSTNJMOPSLUUNOJQOOOL VPNUJQQVNLUNVTJPVUNK

179125916


aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

17


18

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

CESTAS DE CAFÉ

BUFFET

COMPUTADORES

SUPORTE TÉCNICO A.ROCHA SUP. INFORMATICA - é~J

CPU NOVA - éêÉí~I å~ Åñ áåíÉä

Çì~ä ÅçêÉ OKRdÜòI ÜÇ TRMÖÄI OÖÄ ãÉãµêá~I Öê~îLÇîÇL ÅÇ IR Éåí ìëÄI éä~Å~ êÉÇÉI Ñ~ñãçÇÉãI éä~Å~ Ç îáÇÉç NdÄI íÉÅä~Çç É ãçìëÉI QRMIMM cWVPRMJQUQO

379124929

É êçë~ë cWVNQTJNPRPLPMUOJTOQTL UUQQJSVMN

BELAS CESTAS - ãÖë

INFO-TEC - Åçãéìí~Ççê ÅçãJ

éäK ~ é~êíáê oAQMMIåçíÉÄçJ çâ oATMMKbåÇK j~àçê d~J ÄêáÉä Éëèìáå~ ÅLg~éìê•I m´ NQK cW POPQJQNOVLVOPT QVVUL UNNQJUQRPLUUNRJSRUM

379125759

DOCES E SALGADOS A BAIANA DOCES & SALGADOS - açÅÉë

179124409

oANPIMM p~äÖ~Ççë oANMIMM båíêÉÖ~ ~ ÇçãáÅ∞äáç ~ÅáJ ã~ ÇÉ RMM NMM ¨ Öê•íáë cWPMUNJNSRULPSSTJQVUNL VOSOJNPTS

VDO COMPUTADOR - QdÄ ÇÉ ãÉãçI

ea PMMdÄI OKOdÜòI éä~Å~ ÇÉ î∞ÇÉç ÇÉ NdÄI ëÉã ãçåáíçê HN q~ÄäÉí H P ÅßJ ãÉê~ë éL `Ñíî RNMi cWVNPSJSORQ

379124388

BIA DOCES - G_çäçë

ÇÉÅçê~J ÇçëXGjáåáJ_çäçëI ÄÉã Å~J ë~ÇçëI máêìäáíçI `ìéÅ~J âÉëXGaçÅáåÜçë Éã ÖÉJ ê~äK^ÅÉáí~ãçë båÅçãÉåJ Ç~ë ÑW PSPUJNMQPLVNRSJ QMSO

Äçäç ÅçåÑÉáí~ÇçIíçêí~ëIÄêáÖ~J ÇÉáêç ÇÉ ÅçäÜÉêIëçÄêÉãÉJ ë~ ÖÉä~Ç~ É ÇçÅÉë î~êá~J ÇçëK ^ÅÉëëÉW ïïïKÅä~ìÇáJ ~ÇÉäáÅá~ëKÄäçÖëéçíKÅçã cWPSPQJ PQUNLUNNRJ RUSQ

FAÇA SUA ENCOMENDA -

179121524

ROSA - ÇçÅÉë oANOIMM É ë~äJ

Ö~Ççë oANMIMM ~Åáã~ ÇÉ RMM ë~äÖ~Ççë Ö~åÜ~ NMM ÉåíêÉÖ~ ¶ ÇçãáÅáäáç cWPMUQJPQRVLVNSUJRQVV 379125618

SE VOCÊ TEM PONTO - H å©ç íÉã

ã•èìáå~> Éëíçì îÉåÇÉåJ Çç ã•èìáå~ ÇÉ i~å ÜçìJ ëÉ kçî~K kÉÖçÅáç åç m~J Ö~ãÉåíçKcWPMUOJVMSNL VPORJ MPMP

179125044

ASSISTENCIA TÉCNICAS

ÅçåîÉåáçë ÜçêK ULNOÜ ë~äK oANKMMMI NQLNVWPMÜ ë~äK oANKPMM ëÉÖìåÇ~LëÉñí~ É ë~Ä~ÇçJã~åÜ~ ÅîW çÇçåJ íçÅäáåëÉêîáÅÉ]Öã~áäKÅçã 379124520

SOM APARELHAGEM DE SOM - OÅ~áñ~ë

ÅL Q ~äíçJÑ~ä~åíÉ ÇÉ NRÒ É ~ãéäáÑáÅ~Ççê EÑçê´~F oA Oãáä çì åÉÖçÅáç PMUOJSRRTL VNTPJUTUMLUNNTJQNMO

179125327

ELETRÔNICA ASSIST. TECNICA - Éã ÇçãáÅáäáç

Éã íîI íÉä~çI äÅÇI åçíÉÄçJ çâI Åçãéìí~ÇçêÉëI cWVNVSJURRSLVPRPJTOPO 379125770

CURSOS E AULAS

VENDO COMPUTADOR - ÅLãçåáíçê

NV éKI äÅÇI OÖ ãÉãçêá~ëI ÜÇNSMI éêçÅÉëë~Ççê Çç Çì~ä ÅçêÉIÅÇLÇîÇ êï oATMM cW VPNUJPVNULVPNTJVNQO

DOCES & SALGADOS - oANUIMM ç

379125804

379125557

ACESSÓRIOS

379125698

179124731

ÅÉåíçK ~é~êíáê ÇÉ ãáä ë~äJ Ö~Ççë oA NRIMMLÅÉåíç • îáëí~I Äçäçë Éã é~ëí~ ~ãÉêáÅ~J å~K ^ÅK `~êíπÉëK båíêÉÖ~J ãçë PSSPJUOUTL UNQVJ RNSOLVNPPJ SPUN

ê~ ëì~ êÉëáÇÉåÅá~ çì ÉãJ éêÉë~Iã~åìí Éã ÅçãéI ÅçåÑ ÇÉ êÉÇÉ ëLÑáçI êÉÅìé ÇÉ Ç~ÇçëI íêçÅ~ ÇÉ ëáëíKçéÉêI áåëíK ÇÉ ëçÑ É ~éäáÅI ã~åìí éêÉJ îÉåíáî~ É ÅçêêÉíáî~ ÉåíêÉ çìíêçëI ~ÖÉåÇÉ ìã~ îáëáí~ cWUORVJUTPU

ODONTOLOGIA DENTISTA CL. GERAL - éL~íÉåÇK

FESTA E CIA - ÇÉÅçêKáåÑK oAORM

ÄìÑÑÉí áåÑKoAOUM à~åí~ê ANRIMM Ö~ê´çåPSQSJMNSQLVNSNRSNM

379124788

NOTEBOOK

179121263

TELECOMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA CELULAR

NOTEBOOK CCE PENTIUM 4 - OSS

deòI ãÉãµêá~ RNOj_I ea NOMdÄI íÉä~ NRÒI ïáêÉäÉëëI Éåíê~Ç~ éLÅ~êí~ç ÇÉ ãÉJ ãçêá~ oARMM cWVNPSJ PMVSLUUNNJNSMS

MANUTENÇAO COMPUTADORES E NOTBOOKS - êÉãç´~ç ÇÉ îáJ

êìëI áåëí~ä~´~ç ÇÉ ëáëíÉJ ã~ë çéÉê~Åáçå~áëI êÉÅìJ éÉê~´~ç ÇÉ Ç~ÇçëI cWVONUJNMSSLUNMVJSNPM

379124789

SERVIÇOS PROFISSIONAIS

379125637

CELULAR VDO OU TROCO - p~ãJ

ëìåÖ ãçÇ dq NSOPM ÇáÖ íçìÅÜëÅêÉÉåI èì~Ç Ä~åÇI íî ÇáÖáí~ä íÉä~ PéçäI å~ Ö~J ê~åíá~ ÅL åçí~ oAPMMIMM cWUNRRJQPMPLVNRPJMRVU

VENDO UM NETBOOK - HãçäÇÉå

379125657

379125630

ÇÉëÄäçèìÉ~ÇçK RNO ÖÄK oARMM ^ÅK éêçéçëí~ cWVNROJMPOMLUNMPJNVVSL VSOTJMSRV dçêÉíÜ

DETETIVE AG. CHACAL INVESTIGAÇÕES - `~J

ëçë `çåàìÖ~áë É áåîÉëíáJ Ö~´πÉë Éã ÖÉê~äK ^ÅK `~êíπÉë cWPSPTJNQUSLVNONJQUOO

379125420

ESCOLA HTL/ESL - fåÖäÆëI fåÑçêJ

ã•íáÅ~I bëé~åÜçäI ^ÇãáJ åáëíI ãÉíêçäçÖá~I ÇÉëÉåÜç í¨ÅåáÅç ãÉåë~ä oAPM ^îK`çåëíK kÉêó åSTU éñKqN ä~Çç Ñ•ÄK ÇÉ ÖÉäçcPOPQJ UOMS

379124897


19

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

PARE DE SOFRER - Åçã ~ äáåÖì~

AQUAMAR CONTRATA - ãÉÅßåáJ

fåÖäÉë~I ~éêÉåÇ~ ~ äÆ ~ áåíÉêéêÉí~êI Ñ~òÉê êÉëìãç ÇÉ ~êíáÖçëI é~äÉëíê~ëI ëÉà~ ~éêçî~Çç Éã jÉëíê~Çç Éã açìíçê~ÇçI NMMB Ççë ~äìåçë ~éêçî~Ççë cWUNRRJTSPNL VOPPJNTSQ

Åç ÇÉ ÅçãéêÉëëçêÉë áåáJ Åáç áãÉÇá~íç Éåîá~ê `î éL ~èì~ã~ê]~èì~ã~êãÉêJ ÖìäÜçKÅçãKÄê cWVNUVJ UTNQLUNQQJNRPS

179124521

ASS. DE RELACIONAMENTO C/CLIENTE - pìéKÅìêë~åÇçI ÉñÉäI

379125219

PROFESSOR PARTICULAR - ~ìä~ë ÇÉ

Ü~ÄáäáÇ~ÇÉ ÅLêÉä~íµêáçëI Äçã êÉä~Åáçå~ãÉåíç áåíÉêéÉëJ ëç~äIÅL ÉñéK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçêá~K Åçã

Ñ∞ëáÅ~I èì∞ãáÅ~ É ã~íÉã•J íáÅ~ éL Oø Öê~ì ~íÉåÇK ÇçJ ãáÅáäá~ê cWUNRQJNTPV 379124383

179124967

PROJETO COPA 2014 - pÉà~

ìã ~ÖÉåíÉ ÇÉ sá~ÖÉåë É eçJ íÉä•êá~ fåáÅáçNULMT oANRM ã~íÉêá~ä áåÅäìëç cWVNROJ MPOMLUNMPJNVVSLVSOTJ MSRV éêçÑW dçêÉíÜ

ASSISTENTE COMERCIAL MARKETING - pìéÉêáçê ÅçãéäÉíç å~

•êÉ~I Äç~ ÅçãìåáÅ~´©ç É ÑäìÆåÅá~ îÉêÄ~äI íÉê Å~êíÉáJ ê~ ÇÉ Åçåí~íçëI ÉñéK å~ Ñìå´©çK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]ÖìáJ ã~ê~ÉëÅçåëìäíçêá~KÅçã

379125622

TRABALHOS ACADÊMICOS

179124961

ELABORAÇÃO - íê~Ä~äÜçë ~Å~J

ASSISTENTE DE TREINAMENTO - pìéK

ÇÆãáÅçëI íÅÅI ãçåçI êÉä•J íçêáçI éêçàÉíçëIé~éÉêëI ~êJ íáÖçëI ÉíÅI cWVNPRJMOQPL UOMQJTTTM

ÅçãéLÅìêëK ^ÇãI êÜ çì ~ê¨~ë ~ÑáåëI ÅLÉñé Äç~ ÅçãìåáJ ´©ç É ÑäìÆåÅá~ îÉêÄ~äK fåJ íÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]Öìáã~ê~Éë Åçåëìäíçêá~KÅçã

379125519

MUDANÇAS

179124982

A MUDANÇAS - aÉëãçåí~I jçåí~I

bãÄ~ä~ É íê~åëéçêí~ VOMRJUUNRLUNRMJUUMQ

ATENDENTE E OP. DE CAIXA - kÉJ

ÖçÄçãJm~Ç~êá~ É `çåÑÉáJ í~êá~ Åçåíê~í~W ÅLbåëK j¨J Çáç ÅçãéäK É fåÑçêã•íáÅ~ _•ëK fåíÉêK ÇÉáñ~ê `K sK å~ ^îK iÉçå~êÇç j~äÅÜÉêINRNRI `ÉåíêçK cW POPNJNVMU 179124597

AUDITOR DE PRODUÇÃO -

pìéK ÅçãéäÉíç Éã båÖÉåÜ~êá~ Ç~ éêçÇì´©ç çì •êÉ~ë ~ÑáåëI ÉñéK Éã Åçåëìäíçêá~ ÇÉ éêçÅÉëëçëK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåëìäíçJ êá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã

AUXILIAR CONTÁBIL/FISCAL - ëìéK

Åìêë~åÇç Éã ÅáÆåÅá~ë Åçåí•ÄÉáë ÅLÉñé Åçåí•Äáä É ÑáëÅ~äK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã

179124986

AUXILIAR DE PRODUÇÃO - båëK j¨Çáç

`çãéäÉíçI bñéÉêáÆåÅá~ å~ •êÉ~ fåíÉêK Éåîá~ê `s éL Å~êä~é~ìä~]ãìäíáéä~J ÖéKÅçãKÄê ÅL åçãÉ Ç~ î~J Ö~

179125410

179124973

AUDITOR FINANCEIRO -

pìéKÅçãéäÉíç Éã `áÆåÅáJ ~ë `çåí•ÄÉáë çì •êÉ~ë ~ÑáåëI ÉñéK Éã Åçåëìäíçêá~ Ñáå~åJ ÅÉáê~K fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~J ÉëÅçåëìäíçêá~KÅçã

AUXILIAR MECÂNICO - `ìêëç í¨ÅK

Éã ãÉÅßåáÅ~I ÅçåÜÉÅK Éã áåÑçã•íáÅ~ Ä•ëáÅ~ fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåëìäíçJ êá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã

179124940

179124972

AUX.PASTELEIRO - å©ç éêÉÅ ÉñéK

ëçãÉåí ëÉñ ã~ëÅìäK båJ íêÉÖ~ê `s å~ êì~ ^åíçåáç pÉêÖáç sáÉáê~ ^äîÉë å⁄ MN kK ^äÉáñç Éã ÑêÉåíÉ fÖêÉà~ _çã gÉëìëK

379124888

BIÓLOGO - pìéÉêáçê ÅçãéäÉíç

Éã `áÆåÅá~ë ÄáçäµÖáÅ~ëI ÇáëéçåáÄáäáÇ~ÇÉ é~ê~ êÉëáJ Çáê åç áåíÉêáçêI ÉñéK å~ Ñìå´©çK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]Öìáã~ê~ÉëJ Åçåëìäíçêá~KÅçã

379123462

CONTATA-SE - ëÉêîá´çë ÖÉê~áë

379125462

ÇÉ éêÉÑÉêÆåÅá~ ã~ëÅìäáåç èìÉ ãçêÉ å~ë ~éêçñáãáÇK Çç bÇìÅ~åÇçëK iáÖ~ê ëçJ ãÉåíÉ áåíÉêÉëëK cWPSOVJ OTQV

CADASTRE-SE NATURA GANHE - ÄêáåÇÉ

CONTATOS REMUNERADOS - q¨ÅJ

179124974

É ã~åáÅìêÉ cWPSPPJSSPML UNVTJ MTRO

CABELEIREIRA -

cWPOOUJUMVRLVOOUJTTUS

179124143

CAIXA/ATENDENTE - båëáåç ã¨J

Çáç ÅçãéäÉíçI Äç~ ÅçãìJ åáÅ~´©ç É ÑäìÆåÅá~ îÉêÄ~äI ÉñéKå~ Ñìå´©çK fåíÉêK ÉåJ îá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåJ ëìäíçêá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåJ ëìäíçêá~KÅçã

179124979

CALL CENTER DIRECIONADO - bãJ

åçî~ êÉéêÉëÉåí~´©ç Éã j~å~ìëI Åçã ~ë ãÉäÜçJ êÉë ÅçãáëëπÉëK bëí~ãçë Å~Ç~ëíê~åÇç `çêêÉíçêÉëK cWPOPOJMUOO oáÅ~êÇçK

éêKå~Åáçå~ä êÉÅêìí~ éÉ ëëç~ë ÅLÄç~ ÇáÅ´©ç îÉêÄ~ä áåíÉêK Éã íê~Ä~äÜ~ê Éã Å~ë~ Éã ÅÉåíê~ä ÇÉ ~íÉåÇáãÉåíç VNNPJ TSSU ÖÉêëçå~Öìá~ê] Öã~áäKÅçã `éJOOMR `ÉéKSVMUMJVTN

179124553

179125405

BANCO CRUZEIRO DO SUL - ~ ã~áë

_~äÅçåáëí~ É açã¨ëíáÅ~ båíêÉÖ~ê `Ks å~ gç~èìáã k~ÄìÅç NQN `Éåíêç ÉëèK ÅL jáê~åÇ~ iÉ©çK éêçñ ~ bëÅ~Ç~êá~

COMERC. D.R -

179124833

åáÅ~ ÉñÅäìëáî~ é~ê~ íê~åJ Ñçêã~ê ëÉì Åçãéìí~Ççê åìã~ ã•èìáå~ ÇÉ Ñ~òÉê ÇáåÜÉáJ êç ~ÅÉëëÉKïïïKêÉÇÉêÉJ ãìåÉê~Ç~KÅçã ëÉåÜ~ NPNNV

179125135

CONTRATA-SE - Å~ÄÉäÉêÉáê~

ÅL ÉñéÉêáÆåÅá~ POPSJRUNOL UNOOJ USRU

379125784

CONTRATA-SE - sÉåÇÉÇçê~ bñJ

íÉêå~ Emçêí~ Éã mçêí~F ÅL çì ëL ÉñéÉêáÆåÅá~K`çåí~J íçW VOVOJROMMLPSPQJUMOP

179124486

CONTRATO-MANICURES/CABELERE IRO/ DEPILADORA - d~êçíç éLîÉåJ

íê~í~JëÉ ÅL êÉÑKVNMTJNPORL PPMTJSQQR Ç~ë NQLNUÜêë 379125723

ENVELOPADOR (A) - ÇÉ Å~êí~ë NKOMM

éLãÆëKbåîá~ê OëÉäçë éL Å~áñ~ éçëí~ä OOMR `ÉéWSVMUMJ VTN çì ïïïKíê~Ä~äÜÉÉãÅ~ë~J çîÉêÇ~ÇÉáêçKÅçãKÄêL NNSPUQP ÖÉêëçå~Öìá~êOMMV] Öã~áäKÅçã

179125401

ESPECIALISTA EM GESTÃO AMBIENTAL - pìéK ÅçãéäÉíç å~ •êÉ~I

ÉñéK ã∞åáã~ ÇÉ MP ~åçëI Äç~ ÅçãìåáÅ~´©ç É ÑäìÆåJ Åá~ îÉêÄ~äK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçêá~K Åçã

PARE DE SOFRER - ëÉ îçÅÆ íÉã

éêçÄäÉã~ ÇÉ Åçäìå~ EÇçJ êÉëF ëÉá Åçãç ~ãÉåáò~ê ~ë ÇçêÉë cWVOMRJPOUN g~Åâ ëçå

379125017

179124983

SEXY SHOP - îáÄê~ÇçêIêÉí~êÇ~J

FERRAMENTEIRO - ÅLÉñéÉêáÆåJ

ÇçêIäÉî~åí~ ãçê~äIÇÉëÉåJ îçäîÉÇçêI ÖçíáåÜ~ ã•ÖK ÉíÅK oW féáñìå~ ONV_I `Éåíêç cW POPPJQMOQLVOPSJQMUR

Åá~K fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]Öìáã~ê~J Éë Åçåëìäíçêá~KÅçã 179124978

179120060

FERRAMENTEIRO I - båëK j¨Çáç

`çãéäÉíçI`ìêëçWcÉêê~J ãÉåíÉáêçI jÉíêçäçÖá~I iÉáJ íìê~ É fåíÉêéêÉí~´©ç ÇÉ aÉëÉåÜç q¨ÅåáÅç É jÉJ ÅßåáÅçI bñéÉêK å~ •êÉ~K båîá~ê `s éL Å~êä~é~ìJ ä~]ãìäíáéä~ÖéKÅçãKÄê ÅL åçãÉ Ç~ î~Ö~

RELAX A ABUSADINHA - ÄçèìáåÜ~

ÇÉ îÉäìÇç ÅçãéäK VNTUJ RROQ

379125775

A ARDENTE - ÄçÅ~ èìÉåíÉ ÖìJ

äçë~ ë~Ñ~Ç~ cWVNMOJ SMNP

179125421

379125739

A BELA MULATA - ~é~êíáê ÇÉ oAPM

cWUNNUPQSOLVVTTJTSRU

379124861

AS DELICIAS - _ç~òìÇ~ëI ëL ÑêÉëÅK

AQMK VOOUTROTLUNNUJ PQSO

379124863

JANAINA - R~ãáÖ~ë ~ÅKÅ~êí©ç

cWPOQUJPPTOLPOQUJ PROM

379123937

äáÄÉê~ä ëÉã ÑêÉëÅìê~ ÅL äçÅ~ä VOSRJ NPQU

SHIRLEY LOIRA -

379125083

AG ENGENHARIA CONTRATA-SE - éÉJ

ÇêÉáêçë ÅLÉñéÉêáÆåÅá~ cWVOMPJ NPTP çì é~ê~ ç ÉJã~áäW ëÉäÉÅ~çKÅçåí~Äáä ]oTKÅçã

179124910

AJUDANTE DE CARGA - ÉåíêK `KsK

^îK gç~èìáã k~ÄìÅç NQN ÉëèK ÅL jáê~åÇ~ iÉ©ç `çJ ãÉêÅK aKoK mñKÉëÅ~Ç~êá~

379123451

ÉåëKã¨Çáç ÅL ÉñéK Åçã éä~Å~ë ãçíÜÉê Äç~êÇK Éåîá~ê `s ÅL í∞íìäç Ç~ Ñìå´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçëÉäÉÅ~ç]îáJ î~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~J ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK

AJUSTADORA -

EMPREGOS

179124949

ANALISTA DE SUPRIMENTOS - pìJ

éÉêáçê ÅçãéäÉíç å~ •êÉ~I ÅçåÜÉÅK åç ëáëíÉã~ p^mI éêçÑìåÇç ÅçåÜÉÅáãÉåíç Éã áåÑçêã•íáÅ~ ÉñéK å~ ÑìåJ ´©çK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]Öìáã~ê~J ÉëÅçåëìäíçêá~KÅçã

179124955

ANALISTA DE TI - pìéKÅçãéäÉíç

ÅLÉñéÉêáÆÅá~ Éã Ä~åÅç ÇÉ Ç~Ççë É ã~åìíÉå´©ç ÇÉ êÉÇÉëK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã

179124989

179124959

LIDER DE PRODUÇÃO - aÉëÉà•îÉä

Åìêë~ê ëìéÉêáçê å~ •êÉ~I ÉñéK å~ Ñìå´©çK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåëìäíçJ êá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã 179124936

MANICURE C/ EXPERIÊNCIA 80% - É

Å~ÄÉäÉáêÉááêçK UOPQJRTSS PPMQJRTTM

179124202

MASTER PIZZA PRECISA-SE - ÇÉ ~ìñK

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO -

ÅçåÑÉÅ´πÉë ÑW VNSSJNVPU

EMPREGADA DOMÉSTICA - ÅçåJ

DIVERSOS

ÅçãéäÉíç Éã dÉçÖê~Ñá~I éµë Öê~Çì~´©ç ÅçãéäÉí~ å~ •êÉ~I ÉëéÉÅá~äáÇ~ÇÉ Éã ~å•äáëÉ ÇÉ ëçäçëK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåëìäíçJ êá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã

179125790

179124775

179124674

179120618

179125404

GEÓLOGO CONSULTOR - pìéÉêáçê

COSTUREIRAS P.10 - éL~àìëíÉë É

êÆåÅá~ë É ÇÉ éêÉÑÉêÆåÅá~ èìÉ ãçêÉ éñKÇ~ ^äîçê~Ç~ cWVOMTJ POUPL PSRSJTQNQ

å~ìëKVNOSJTORML UNRU OUPU

Çì´©çH~àìÇ~ ÇÉ Åìëíçë HåçJ íÉÄççâ ëLëçêíÉáç ëµ áåíÉêëK äáÖ~ê éL VNNPJTSSU ÖÉêëçJ å~Öìá~êOMMV]Öã~áä KÅçã `é J OOMR `ÉéKSVMUMJ VTN

ÇÉ ÅçòK É ÅÜ~éÉáêç É ãçJ íç Äçó ÅL çì ëL ãçíç ÅLÉñJ éÉêK áåíÉê Éåîá~ê ÉJã~áä ã~ëíÉêéáòò~~ã] Öã~áäKÅçã

ÇÉê ~´~á É é~ëíÉä PSPOJ OQUR

EMPREGADA DOMÉSTICA - ÅLêÉÑÉJ

379123587

FRETES E MUDANÇAS CAMINHÃO BAÚ - éL èì~äèìÉê äìÖ~ê ÇÉ ã~J

GANHOS INICIAIS - oAUMM éL éêçJ

179124709

ÉåëKã¨ÇK ÅLÅçåÜÉÅK ã~J åìíK ÇÉ êçäK ëÉäçë ãÉÅKÉäÉíKÄ~ëáÅ~ Éåîá~ê `s ÅL í∞íìäç Ç~ Ñìå´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçëÉäÉÅ~ç]îáJ î~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~J ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK 179124964

MOÇAS+18 ANOS - éLíê~Ä~äÜ~ê ÅL

ëÉêîá´çë ÉêµíáÅçë POQU PPTO

379124462

MOTORISTA - `~í a ÉåíêK `KsK

^îK gç~èìáã k~ÄìÅç NQN ÅL jáê~åÇ~ iÉ©çI `çãÉêJ Åá~ä aKoK éñK ¶ ÉëÅ~Ç~êá~

379123450

MOTORISTA CATEGORIA “D” -

ÉåëKã¨ÇKÅLÉñé Å~êíKÜ~ÄK~íì~äK ÇáêKçÑÉåëáî~K ÇáëéKÜçêK ÉåJ îá~ê `s ÅL í∞íìäç Ç~ Ñìå´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçëÉäÉJ Å~ç]îáî~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK 179124957

MOTORISTA CATEGORIA “D” - båJ

ëáåç j¨Çáç `çãéäÉíçI `ke a båîá~ê `s éL ç ÉJã~áäJ Å~êä~é~ìä~]ãìäíáéä~J ÖéKÅçãKÄê ÅL åçãÉ Ç~ î~J Ö~

179125439

PRECISA-SE - ~ìñáäK ÇÉ ã~ëë~J

Öáëí~ UNQUJNOSULVNQUJ NVTN

379124605

PRECISA-SE - ÇÉ

ÅçòáåÜÉáê~I Ö~ê´çå É Å~áñ~ cWVNNOJ UPUO L POPUJPTPU

179125226


20

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN


aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

21


22

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

PRECISA-SE COSTUREIRA -

mL ÅçåÑÉÅÅáçå~ê Åçêíáå~ëI ~äJ ãçÑ~Ç~ë É êçìé~ë ÑÉãáåáJ å~ëcWPPMQJ UOUQL UONTJ TOUM 179124299

PRECISA-SE DE 2 FUNCIONÁRIOS DO SEXO MASCULINO - Åçã ÉñéÉJ

êáÆåÅá~ Éã Ñ~ÄêáÅ~´©ç ÇÉ Éëíçé~ Åçãéêçî~Ç~ Éã Å~êíÉáê~K açÅìãÉåí~´©ç ÅçãéäÉí~ É èìÉ ãçêÉ å~ë éêçñáãáÇ~ÇÉë Çç ^êã~åJ Çç jÉåÇÉëK pµ äáÖ~ê ÇÉ ~ÅçêÇç Åçã ~ë ÉëéÉÅáÑáJ Å~´πÉëK cWVNRQJMTPP

179124854

PRECISA-SE DE AUX. DE REFRIGERAÇÃO - ÅL ÉñéÉêK Éã ëéäáí

cWVOSTJVUUOLPSSPJNVSP Ñêáçéçåíçåçîç]ÜçíJ ã~áäKÅçã

179125550

PRECISA-SE DE CABELEREIRO COMPLETO - íê~í~ê åç ë~ä©ç dê~J

ÅáÉíÉ eáää ^îÉåáÇ~ dê~åÇÉ líÉäç å⁄SSU m~êèìÉ NM cWPSPQJQPUPLVNQTJOSQO 179124813

PRECISA-SE DE CHAPEIRO - èìÉ ãçêÉ

åç g~éááã cçåÉWVNNR VMRR POPTJSMTS

PRECISO DE PEDREIRO - éL

ëÉåJ í~ ê Ä ä ç Å ç É Å É ê ß ã á Å ~ cWVNPNJQOMMLVNOSJPQSM

179124580

379125478

PRECISA-SE DE MANICURE - oì~

^ Å ê É I P N I sá É á ê ~ ä î É ë K cWPRUQJRVSVL UNSNJONNN

179124737

PRECISA-SE DE MANICURE PROFISSIONAL COM EXPERIÊNCIA - é~J

Ö~JëÉ TMB cWPSQOJNPNU

179124820

PRECISA-SE DE MECÂNICO - îÉáJ

Åìä~ê Åçã ÉñéÉêáÆåÅá~ çì å©ç Éã áåàÉ´©ç ÉäÉíê∑åáJ Å~K cWPRUNJRVUR bÇå~å

379124392

PRECISA-SE DE PADEIRO - èìÉ ãçêÉ

å~ë áãÉÇá~´πÉë Ç~ `áÇ~J ÇÉ kçî~ cWPOOPJTMSP

379124627

PRECISA-SE DE PINTORES AUTOMOTIVOS - ^ìñáäá~ê ÇÉ máåíçêI

cìåáäÉáêçI cWPSPVJOPPQ

179124832

PRECISA-SE DE RECEPCIONISTA - _ç~

~é~êÆåÅá~I êÉÇ~´©ç éêµJ éêá~ I áåÑçêã•íáÅ~ EÅLÇáÖáJ í~´©çF ÅçãìåáÅ~íáî~K `çãé~êÉÅÉê ~ oì~ cê~åJ Åç ÇÉ p• å⁄ NSM^ p©ç cê~åÅáëÅç åç Çá~ NNLMT ~ë MUWMM ÅLÇçÅìãÉåí~´©çK

179125376

ÅL ÉñéÉ Éã ê~ãç ÇÉ ëÉãáJ àµá~ë ÉåíêÉÖ~ê `s åç bÇáJ ÑáÅáç oáç åÉÖêç ÅÉåíÉê êì~ OQ ÇÉ j~áç åLOOM äçà~ MU ^å~äì ëÉãáJàµá~ë

PRECISA-SE DE VENDEDORA -

379124997

PRECISA-SE MECÂNICO AUTOMOTI VO - å~ë äáåÜ~ë äÉîÉ É éÉë~Ç~

ÅLO ~åçë ÇÉ ÉñéÉêáÆåÅá~ åç ã∞åáãç ÑçåÉW PSRSJ MVQM

179124529

PRECISO DE PINTOR - ab

jlJ qlI nrb jlob k^p mol`fjfa^abp a^ cbfo^ al molarqloI qo^J q^ o k ^ b s l i r q f l k jlqlpW qbi VNVUJUOVU 159124104


aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

23


24

aá•êáç Çç ^ã~òçå~ë açãáåÖçI NM ÇÉ àìäÜç ÇÉ OMNN

PROMOTOR DE VENDAS - båëKã¨ÇK

ÅLÉñé Éã éêçÇìíçë ~äáJ ãÉåí∞ÅáçëK Éåîá~ê `s ÅL í∞J íìäç Ç~ Ñìå´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçëÉäÉÅ~ç]îáJ î~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~J ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK

179124969

QUER GANHAR UM BOM DINHEIRO? -

íê~Ä~äÜ~åÇç ÅLã~êâÉíáåÖ Éã Å~ë~ Éåí©ç îÉåÜ~ íê~Ä~ äÜ~ê ÅçåçëÅçIÑçäÜÉíç áåÑçêã~ íáîç éLéÉëëç~ë áåíÉêK cWVNNP TSSU ÖÉêëçå~Öìá~êOMMV] Öã~áäKÅçã `éJOOMR `ÉéKSVMUMJVTN 179125399

RECEPCIONISTA - båëKj¨ÇKÅçJ

ãéK ÅLÉñéK Éã Åä∞åáÅ~ ÇÉ çäÜçëI áåÑçê Ä•ëáÅ~K Éåîá~ê `s ÅL í∞íìäç Ç~ Ñìå´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçëÉäÉÅ~ç]îáJ î~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~J ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK

179124937

RENDA EXTRA - Ö~åÜÉ oAPKNOR

êÉ~áë éÉä~ áåíÉêåÉí ~ÅÉëëÉ ï ï ïK ê É Ç É ê É ã ì å É ê ~ J Ç~KÅçã\ìëÉêZNOMPS

379123972

SALÃO CENTRO - éêÉÅáë~JëÉ ÇÉ

ã~åáÅìêÉ cWVNTVJURQO

379124755

SALÃO JAPIIM II - `çåíK j~åáÅ X

aÉéáäK cW UOMOJTPPU

379124193

SEJA UM CONSULTOR NATURA -

Ö~åÜçë ÇÉ RM ~ NMMB Å~J Ç~ëíêç ~éêçî~Çç Ö~åÜ~ ÄêáåÇÉ k~íìê~ å~ Üçê~> cWVNUSJPTROLVNSMJORSN 379125822

SEJA UMA CONSULTORA NATURA -

Ö~åÜÉ N _êáåÇÉ bñÅäìëáîç cW POPPJNUOSLVOQVJTVNV

179124436

SELECT BEAUTY CADASTRE GANHE UM BRINDE NA HORA - cWPMUOJ

UVQMLVNOUJUVQN c~ä~ê ÅL gìÅó

179121498

SELECT BEAUTY CADASTRE GANHE UM BRINDE NA HORA - cWVNQRJ

PSRNLUNUTJOPQN oçëáã~ê

179124812

SERIGRAFISTA - éáåíçê

Éëí~ãJ é~Ççê ÅL ÉñéK éáåíìê~ ÇÉ Å~ãáë~ë cWPNUQJUQOSL VOPPJPUOSLUUMUJNQSP 379124611

SERVIÇOS EM GERAIS - `çåíê~í~J

ëÉ éÉëëç~ë Çç pÉñç cÉJ ãáåáåç cW VNNTJMPUML UNPRJOMTS Ñ~ä~ê ÅL eÉåêá èìÉ

179124802

STUDIO DE BELEZA - ÅçåíêKOã~J

åáÅìêÉëPSQSJOVPQLUNOO SNMS

179125659

SUPERVISOR DE VENDAS INTERNA -

båëáåç ã¨Çáç ÅçãéäÉíç ÅL ÉñéÉêáÆÅá~K fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~] Öìáã~ê~ÉëÅçåëìäíçJ êá~KÅçã 179124988

TEC.CONTÁBIL OU CONTADOR - Åçã

ÉñéÉêáÆåÅá~ å~ •êÉ~ é~ê~ éêÉëí~´©ç ÇÉ ëÉêîá´çëK `çåíê~í~´©ç áãÉÇá~í~K fåJ íÉêÉëë~Ççë Éåîá~ê `s é~J ê~ äáòÉíÜKëÅ]ìçäKÅçãKÄê çì äáòÉíÜKëÅ]Üçíã~áäKÅçã

179124453

båëK q¨ÅåáÅç Éã bäÉíê∑åáÅ~I `ìêëçW koJNMIbñéÉêáÆåJ Åá~ å~ •êÉ~ K Éåîá~ê `s éL Å~êä~é~ìä~]ãìäíáéä~J ÖéKÅçãKÄê ÅL åçãÉ Ç~ î~J Ö~

TÉCNICO EM ROBÓTICA -

179125417

TELEMARKETING RECEPTIVO - íÉJ

åÜ~ ëÉì éêµéêáç åÉÖµÅáç Éã Å~ë~IÄ~áñç áåîÉëíáãÉåíç Ö~J åÜçë åçë N⁄ãÉëÉë oANKOMM fåíÉêKäáÖ~êVNNPJ TSSU ÖÉêJ ëçå~Öìá~êOMMV ] Öã~áäKÅçã `é JOOMR `ÉéKSVMUMJVTN

179125398

TORNEIRO MECÂNICO - ÉåëKã¨Ç

ÅLí¨ÅKpÉå~áI ÅLÉñéK ìëáå~J ÖÉãJíçêåçIÑêÉë~ É éä~áå~ Éåîá~ê `s ÅL í∞íìäç Ç~ ÑìåJ ´©ç É éêÉíK ë~äK éL í~äÉåíçJ ëÉäÉÅ~ç]îáî~ñKÅçãKÄê çì å~ oK o~ãçë cÉêêÉáê~ VNQI `ÉåíêçK

179124945

TRABALHE EM CASA - ~ãÄçë çë

ëÉñçI~Åáã~ ÇÉ NU ~åçëIîÅ Ñ~ò ëÉì Üçê•êáçIÖ~åÜÉ oANKOMMIMM H kçíÉÄççâI ÅLéÉèìÉå~ éêçÇì´©çIå©ç ¨ îÉåÇ~> VNSPJTNSO

179125136

TRABALHE EM CASA - îÅ Ñ~ò ëÉì

éêµéêáç Üçê•êáçIÖ~åÜçë oANKOMM HåçJ íÉÄççâ ã¨J Çá~ éÉèìÉå~ éêçÇK éL cWVNNPJTSSU `é J OOMR `ÉéKSVMUMJVTN

179125407

TRABALHE EM CASA - îçÅÆ Ñ~ò ëÉì

éêµéêáç Üçê•êáç Ö~åÜçë ~í¨ oANKOMMHåçíÉÄççâ ãÉÇáJ ~åíÉ éÉèK éêçÇìíáîáÇ~ÇÉ äáÖ~ê éLVNNPJTSSU ÖÉêëçå~Öìá~ êOMMV]Öã~áä KÅçã `é J OOMR `ÉéKSVMUMJVTN

179125400

VENDEDOR DE CARROS - båëKã¨ÇK

ÅLÉñéK Ü~ÄáäáÇ~ÇÉ Éã Å•äJ ÅìäçëK fåíÉêK Éåîá~ê `s ÅL Å~êÖç éL Åçåëìäíçêá~]ÖìáJ ã~ê~Éë Åçåëìäíçêá~KÅçã

179124975

VENDEDOR DE PICOLÉ - Ö~êê~ÑáJ

åÜ~ É ÇáåÇáåI íìÇç ÅçãéäK é~ÖKÅçãáëK cWVPPMJMSTU

179125860

VENDEDOR INTERNO - båëáåç ã¨Çáç

ÅçãéäÉíçI ÉñéKå~ Ñìå´©ç ÇÉ Å~áñ~ É îÉåÇ~ëK fåíÉêK ÉåJ îá~ê `s ÅL Å~êÖç éL ÅçåJ ëìäíçêá~]Öìáã~ê~ÉëÅçåJ ëìäíçêá~KÅçã 179124980

VENHA FAZER PARTE - Ç~ Ñ~ãáäá~

ëÉäÉÅí ÄÉ~ìíó É íÉåÜ~ ìã~ êÉåÇ~ Éñíê~ cWVONMJ QVPULUNVNJ SUSS 379124357

PROCURO EMPREGO OFEREÇO-ME P/TRAB. COMO DIARISTA OU DOMÉSTICA - é~ëë~ê ç

Çá~ cWPSUNJRQPPLVNOVJ SRSR

179119349


/0236427001310233625