Issuu on Google+

Vôlei|

O TEMPO Belo Horizonte SÁBADO, 20 DE OUTUBRO DE 2012

e. 43

Irregular. Depois de não se encontrar nos dois primeiros sets, Sada melhorou bastante na última parcial

Reação no set final veio tarde FIVB/DIVULGAÇÃO

Trentino, da Itália, mostrou força e justificou a fama de imbatível levando o quartotítulomundial ¬ DANIEL OTTONI ¬ Para passar pelo

atual tricampeão mundial, o Sada Cruzeiro precisaria de regularidade e volume de jogo. A ansiedade dos brasileiros ficou nítida durante o confronto, talvez pelo fato de estarem na decisão pela primeira vez. Enquanto os adversários, com uma verdadeira legião estrangeira, chegaram à quarta final consecutiva. Solto em quadra, o Trentino fez uma partida consistente e de poucos erros, minimizando as possibilidades de perderem o caneco. No final, vitória italiana por 3 a 0 (25-18, 25-15, 29-27), em Doha, no Catar. Nos dois primeiros sets, o Sada esteve apático. Poucas vezes os atuais campeões brasileiros e sul-americanos estiveram à frente do placar. Comandados pelo levantador brasileiro Rapha, a equipe italiana abusou dos saques e de poderosos ataques, que poucas vezes encontraram bloqueios. Rapha teve a bola na mão e, além do trio que costuma fazer estrago (os pontos Juantorena e Kaziyski e o oposto Stokr), o central Birarelli também foi usado com frequência. Os brasileiros tentavam se encontrar em quadra, buscando não desistir mesmo em momentos difíceis. O passe não facilitava a vida de William, e os atacantes tiveram pela frente um verdadeiro paredão. Nem mesmo Wallace encontrou

Paredão. O oposto Wallace teve dificuldades de passar pelo bloqueio armado pelo Trentino, da Itália, que, ontem, conquistou seu quarto título mundial em sequência

brechas na defesa. Sem uma boa exibição, o Sada viu o Trentino ficar próximo do tetracampeonato. MELHORA. No terceiro set, era

a hora do tudo ou nada. Uma vitória na parcial colocaria os atletas celestes de volta na partida. Para isso, era preciso uma atuação diferente da dos dois primeiros sets. E foi isso o que se

viu, dando um alento à torcida celeste. Com mais equilíbrio na defesa e melhor aproveitamento nos ataques, o Sada fez o Trentino sentir que o título não estava tão perto quanto parecia. Os centrais Acácio e Douglas aproveitaram as oportunidades de colocar a bola no chão. O saque cruzeirense começou a entrar e a dificultar as viradas de bola do

time italiano. O ponto a ponto marcou toda a parcial, que só foi decidida depois de muito equilíbrio. Nos detalhes, a partida foi definida. Uma pena que a reação tenha vindo tarde. Mas fica o aprendizado para o futuro e a certeza de que o melhor foi feito diante de um adversário no qual os pontos negativos são difíceis de ser encontrados.

Inusitado Nervosismo. Em um dos lances do segundo set, Maurício defendeu uma bola de peito antes de o Sada ter a chance do contra-ataque. No entanto, uma trombada de Serginho e Filipe impediu o ponto celeste.

Elogios aos jogadores pelas redes sociais “Chegamos ao topo com @serginhovolei @arjonaw7 e #Walace! Jogo com os melhores do mundo.”

“Parabéns ao @raphavolley!! Sei o quanto você trabalha duro para chegar até onde está.”

“Dois levantadores que podem estar no próximo ciclo olímpico. @raphavolley e @arjonaw7.”

“Obrigado a todos que acreditaram em nós. Realmente me orgulho a cada dia mais desse meu time.”

Rogério

William

Gustavo

Filipe

CENTRAL DO SADA CRUZEIRO

PONTA DO SADA CRUZEIRO

CENTRAL DO CANOAS VÔLEI

LEVANTADOR DO SADA

Cubano do Trentino foi destaque ¬O ponteiro cubano Juantorena foi um dos principais jogadores do Trentino na partida decisiva. Apesar de não ter sido o maior pontuador da final (marcou 14 pontos, atrás de Stokr e Kaziyski, com 17), o jogador caribenho mostrou boa regularidade nos ataques e nos serviços. Além disso, a determinação de Juantorena pôde ser vista. Um exemplo foi ao tentar recuperar uma bola perdida. Ele pulou a placa de publicidade, lesionou-se e deixou a quadra, para depois voltar com tudo. (DO)

FIVB/DIVULGAÇÃO EDITORIA DE ARTE

TRAJETÓRIA ATÉ O MUNDIAL INTERCLUBES Sada Cruzeiro

13/10

Sada

3X0

Tigres (MEX)

14/10

Sada

3X1

Al-Rayyan (CAT)

16/10

Sada

2X3

Trentino (ITA)

SEMIFINAL

1X3

18/10

Sada

3X2

Belchatow (POL)

FINAL

Vôlei Futuro

1ª FASE

CAMPANHA NO MUNDIAL

21/4/2012

19/10

Sada

0X3

Trentino (ITA)

Sada vence a final da Superliga masculina 2011/2012 e conquista a vaga no Campeonato Sul-Americano de Clubes 2012 9/9/2012 Sada Cruzeiro

3X1

UPCN San Juan

Equipe celeste vence o Sul-Americano, disputado no Chile, e garante participação no Mundial Interclubes 2012

Números da final em Doha

12 O cubano Juantorena foi eleito o melhor jogador da final, ontem

pontos fez Wallace na decisão do Mundial Interclubes

8

pontos fizeram Douglas, Leal e Filipe contra o Trentino

10

pontos maior vantagem aberta pelo Trentino na partida

4

títulos mundiais soma o Trentino na história da competição


Sada volta com tudo para a Superliga