Page 62

Daisy Peccinini

Essa exposição de 1926 trouxe renome e sucesso artístico e financeiro a Brecheret. O artista tinha bons motivos para festejar: o ateliê que planejara estava quase pronto, quando chegou com seus trabalhos em fins de agosto. Era um marco na sua carreira ter seu ateliê e casa, tal como fora sua primeira individual em São Paulo. Planejada em Paris pelo amigo arquiteto Jean Marini (1884-1956), possivelmente em 1925, a construção era muito moderna para a época, e se deu no correr dos meses de 1926. O ateliê, A Casa do Escultor, possuía uma forma quadrangular e o partido arquitetônico de um cubo, em referência direta ao Pavillon de l’Esprit Nouveau de 1925, de Le Corbusier. Novamente Paris No início do ano de 1927, Brecheret, consegue a prorrogação por mais dois anos do Pensionato Artístico do Estado de São Paulo. Não satisfeito com o nível a que chegara sua arte e nem com as críticas e a recepção muito positiva tanto em Paris como em São Paulo, tinha um forte desejo de continuar aprimorando seu trabalho junto à Escola de Paris. Esse retorno à capital francesa incluía a realização, em granito, do gesso Mise au Tombeau (Sepultamento de Cristo), encomendado por dona Olívia em 1926 para ornamentar o jazigo de seu esposo, Ignácio Penteado, e família – obra que realizaria com todo empenho e técnica impecável, e que seria enviada a São Paulo e colocada no Cemitério da Consolação em agosto de 1927.

60

A prorrogação do Pensionato Artístico teve o apoio do novo Presidente do Estado de São Paulo, Júlio Prestes (1882-1946), eleito em 1927. Ao contrário do seu antecessor Carlos de Campos, apreciador do academismo, Prestes era um poeta e advogado, aberto ao Modernismo. Em 1927, Brecheret retorna, portanto, a Paris e uma pequena nota no Diário Nacional, de 10 de janeiro de 1927, informa que embarcara rumo à Europa pelo vapor Massilia, que iria executar várias encomendas e voltaria a expor novamente. Com esse objetivo, em Paris, o artista afunda-se no trabalho, sem procurar ninguém da roda

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Advertisement