Page 42

Daisy Peccinini

1. Entrevista com Menotti del Picchia realizada pela autora em fevereiro de 1969.

Figura 5. Maquete em Gesso do Monumento às Bandeiras – Fotos publicadas na revista Papel e Tinta, São Paulo e Rio de Janeiro, jul. 1920, e na revistas Ilustração Brasileira, Rio de Janeiro, set. 1920. Acervo Biblioteca do Instituto de Estudos Brasileiros - USP

40

a que ele nos sacudia. E Brecheret ia ser em breve o gatilho que faria Paulicéia Desvairada estourar [...] (ANDRADE, s.d)

O sentimento nativista dos modernistas, no contexto dos festejos do Centenário da Independência, teve em Brecheret uma resposta pontual ao convite que lhe fizeram de realizar um monumento que simbolizasse a nação brasileira: no projeto do Monumento às Bandeiras, inspirado pelos relatos dos jovens sobre a saga dos bandeirantes e a expansão territorial do país. Brecheret somou ao espírito exaltado de nacionalidade dos jovens paulistas o mesmo que o atraíra na escultura de alegorias patrióticas eslavas de Ivan Mestrovic (1883 -1962), artista croata nacionalista. Brecheret o admirava quando Mestrovic vivia em Roma e ocupou mesmo o seu ateliê em 1916 quando este foi para a Inglaterra apoiar os aliados dos povos eslavos contra o império austro-húngaro. O artista pensou o Monumento às Bandeiras como o altar da nação brasileira, exaltando os formadores do país, os bandeirantes que conquistaram territórios. As figuras são alegorias; apresentam violenta expressividade – gênio da nacionalidade; vitória, insídias do sertão, que acompanham o eixo central, constituído pelo cortejo dos bandeirantes. Desde a sua primeira concepção, uma maquete em gesso, Brecheret concebeu uma solução plasticamente inovadora, fora dos modelos acadêmicos. Comentoume1 Menotti del Picchia, que ao explicar de forma expressiva o corajoso avanço dos bandeirantes por sertões desconhecidos, fazia-o através de gestos, que deram a Brecheret a ideia de um impulso, como uma arremetida do grupo de desbravadores, nascendo daí esta disposição do grupo que avança de forma ascendente como passando por cima de inúmeros obstáculos. O Monumento às Bandeiras é, desde o seu nascimento, uma obra singular moderna, oposta a soluções pautadas pela tradição da escultura monumental greco-romana e acadêmica que seguem a composição em forma piramidal.

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Advertisement