Page 262

Mayra Guapindaia

saber notícias de família e amigos ou para tratar de assuntos relativos à ascensão política, a manutenção do “pacto epistolar” se fazia necessária. Ou seja, era importante garantir que, ao escrever, houvesse resposta, sem interrupções indevidas entre remetente e destinatário (CONCEIÇÃO, 2012). Seguindo esse preceito, na primeira carta, escrita antes de chegar ao Rio de Janeiro, a bordo da Fragata Princesa Carlota, além de relatar as dificuldades e os perigos da viagem, Marrocos roga ao pai que lhe escreva sempre: “[...] espero que V.Mce me escreva assim que receber esta, dirigindo-a p.a o Rio de Janeiro [...]“ (ANAIS, 1934, p. 30). Nessa primeira carta, na qual inicia o pacto epistolar com o pai, Luís Joaquim indica que a remeterá por Correios quando saltar em terra, justamente por temor que a mesma não chegue em segurança: Agora estamos na esperança de avistarmos amanha a Ilha de Santiágo, hã das de CaboVerde, e por não deixar hã tão boa occasião, tenho tenção de saltar em terra, não obste. os máos ares de terreno, a fim de lançar esta Carta no Correio, por não confiar esta empreza de outrem (ANAIS, 1934:31).

Ou seja, por estar em lugar estranho e não conhecer alguém de confiança, Marrocos opta por remeter a carta por Correios, acreditando ser essa a forma mais segura e eficiente de garantir a chegada ao destino. Não obstante, quando afirma não confiar esta “empreza de outrem,” revela a possibilidade de existirem outros meios comumente utilizados para o envio que não pela via direta da Administração Postal. A hipótese de outras formas de despacho é confirmada logo no início da segunda carta, de 24 de junho de 1811, escrita do Rio de Janeiro, na qual Luís Joaquim pede ao pai procurar João Emydio, pois o mesmo possuía uma carta dele, na qual se alarga em dar notícias suas (ANAIS, 1934, p. 31). 260

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Advertisement