Page 19

O Correio Ambulante no Estado do Rio de Janeiro

3.1.2. O Ramal de São Paulo - Trens “SP” (figuras 5 e 6) Barra do Piraí seria o mais importante entroncamento ferroviário do Estado do Rio. Além de possuir estação da Linha do Centro, como já vimos daí também partia em direção oposta, acompanhando o vale do Paraíba, o Ramal de São Paulo, passando por Volta Redonda, Barra Mansa e Resende, chegando a Queluz, em território paulista, em 1874 e à Cachoeira (hoje Cachoeira Paulista) em 1875 (trecho 2 da figura 2). Esse trecho foi também conhecido por Linha da Cachoeira ou Ramal da Cachoeira.

Figura 5: Carimbos postais - Ramal de São Paulo. Acervo do autor.

Simultaneamente, empresários paulistas construíam a Estrada de Ferro do Norte - ou São Paulo-Rio - que, saindo da estação do Brás em São Paulo, seguiu pelo Vale do Paraíba chegando a Cachoeira em 1877, onde se interligou, com festas, à Estrada de Ferro D. Pedro II. Devido à diferença de bitolas, no entanto, a carga precisava passar por um custoso transbordo nessa estação. Os trens “SP” circulavam no Ramal São Paulo, sendo os de numero impar (SP1 a SP5) os de ida, partindo do Rio ou de Barra do Piraí até a cidade paulista de Cachoeira, e os de numero par (SP2 a SP6) no sentido contrário. Nos trechos de Resende a Cachoeira e de Barra do Piraí a Resende circulavam os trens “MP”. 17

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Revista Postais 04 - 2015  

Revista Postal N. 4 - 2015 Dossiê Cartas e Correios no Antigo Regime Artigos de Bernardo Arribada, Caroline Garcia Mendes, Daisy Peccinini,...

Advertisement