Page 52

Luciano Mendes Cabral

4. A versão relativa à viagem de Hill a Escócia, e ao seu testemunho da cena envolvendo a jovem camponesa, está fortemente arraigada ao conhecimento filatélico e é citada em inúmeras obras especializadas em todo o mundo. Apesar disso as fontes de que dispomos para averiguar esse fato, estão ligadas ao contexto da oralidade. Porém todos os elementos posteriormente relatados são passíveis dessa comprovação por diversos tipos de fontes.

conteúdo da carta, pois esta havia sido mandada por seu noivo com o qual desenvolveu um sistema de códigos baseado em pequenos símbolos inscritos no envelope. Isso dispensava a sua abertura e conseqüentemente o pagamento da postagem4. Constatando que esse expediente era muito comum em toda a Inglaterra, Hill encaminha ao Parlamento um projeto de Reforma Postal, o “Post Office Reform: Its lmportance and Practibility”(ALMEIDA, 2003, p.18), no qual constavam três itens principais: a cobrança das tarifas em relação ao peso e não à distância percorrida, diminuindo o seu custo; o pagamento da postagem pelo remetente e não pelo destinatário e a utilização de um pequeno pedaço de papel adesivo que portearia a correspondência, o selo. Após uma primeira rejeição o projeto foi finalmente aprovado, em 17 de agosto de 1839, sendo que em setembro do mesmo ano Hill foi nomeado Membro do Tesouro a fim de supervisionar a Reforma. Em 01 de agosto de 1840 teve início a utilização do selo postal na Inglaterra. O primeiro exemplar foi resultado do trabalho de Benjamin Cheverton, vencedor de um concurso realizado pelo Tesouro britânico em 1839, que escolheria o motivo e o modelo do primeiro selo postal do mundo. Foi gravado em talho-doce, pela empresa Perkins, Bacon & Sons de Londres, e trazia a efígie em perfil da rainha Vitória sobre fundo negro, no valor de um penny, o que o tomou popularmente conhecido como Penny Black (WILLIAMS; WILLIAMS, 1956, p.21-23). A fim de produzir o seu selo, Cheverton utilizou uma gravura feita por William Wyon em 1837, que retratava a rainha aos quinze anos de idade (idem ibidem, p.102).

52

A partir de uma perspectiva histórica, podemos entender as reformas promovidas nos sistemas de correios e o surgimento dos selos postais como um reflexo do conjunto de mudanças ocorridas nas sociedades capitalistas do século XIX, quando do advento dos Estados Nacionais. Tais mudanças se processaram tanto no campo político quanto

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...