Page 259

Arte Correio hoje? Notas para uma possível estética da comunicação postal

Vitória da Arte Correio? Nesse cenário, todavia a Mail Art não se tornou um simples elemento de pré-história. Numa rápida consulta, em português, ao Google, com a entrada “convocatórias de Arte Postal” (expressão encontrada pela própria ferramenta de autopreenchimento do buscador, o que é um índice de que se trata de uma demanda frequente), encontraramse, no dia 10/11/2013, um total de 7.910.000 resultados, grande parte deles, na verdade, registros do passado, mas com uma boa quantidade de eventos recentes ou ainda em andamento, com prazo de envio dos trabalhos, às vezes, entrando pelo ano de 2014. Páginas pessoais e blogs transformaram-se em excelentes veículos para a divulgação das convocatórias (veja-se, nesse sentido, por exemplo, http://tocadoloboartepostal.blogspot.com.br e http://celestinoneto.blogspot.com.br). Algumas dessas páginas oferecem-se, de acordo com a proposta histórica de buscar espaços alternativos para as exposições, como espaços de exibição dos trabalhos enviados, como é o caso de http://medusaproject.blogspot.com.br. Assim, é possível constatar que, pelo menos como permanência cultural, a Arte Correio está gozando de excelente saúde.

Paulo Bruscky, Telegrama América Latina Urgente - s.d.)

Ainda pesquisando no Google, é possível constatar uma relativa presença de trabalhos identificados como de Arte Postal em galerias, bem como em mostras, exclusivas para esse tipo de produção, ou em que objetos dela derivados integrem conjuntos maiores. Essas exposições, todavia, tornam-se uma maneira de celebração, de homenagem e de patrimonialização histórica (às vezes de comercialização) que, apesar de importantes, justas e necessárias, são insuficientes para garantir que a Arte Postal continue no futuro como uma prática viva. Para isso é preciso que ela persista em seu impulso criativo e 259

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you