Page 232

Almerinda da Silva Lopes

se o fluxo contínuo desse último tipo de mensagens ou imagens veiculadas pela internet ou pelas redes sociais usufrui de grande liberdade, por ser mais difícil de controlar, em contrapartida, por seu caráter virtual, efêmero ou rapidamente descartável, a e-mail arte tende a se perder ou a não se perpetuar, como ocorreu, aliás, com grande parte da Mail Art. O interesse crescente pelas práticas artísticas ligadas ao conceito de arquivo faz com que a Arte Postal desfrute hoje de grande difusão e veiculação, trazendo à discussão processos e práticas que apenas muito recentemente começaram a ser estudadas. Por essa razão, o principal ícone dessa tendência experimentalista e marginal, Paulo Bruscky, apesar de uma longa e coerente trajetória, passaria na última década a receber o devido reconhecimento, e sua produção inserida na historiografia da arte nacional e internacional. Mas ainda há muito a estudar, para se compreender a acepção e os desdobramentos da Arte Postal, até para se entenderem as diferentes propostas e intenção, sendo possível constatar hoje que alguns artistas brasileiros recorreram a tal prática apenas para redimensionar o significado e o alcance de sua obra. Para isso, ao longo do período ditatorial, enviavam, via correio, a críticos e instituições culturais nacionais e internacionais reproduções e fotografias de performances, desenhos, gravuras ou objetos artísticos não convencionais de sua autoria, impressos por diferentes processos em formato de cartões postais. Isso significa que a participação da Arte Postal não ocorreu inteiramente por convicção política, assunto que perpassa este texto, mas com o propósito de buscar maior visibilidade e fazer circular, principalmente no exterior, sua própria produção, que, na época, raramente teria oportunidade de ser vista além dos limites geográficos do país. Se isso torna por si só instigante e pertinente a reflexão sobre tal fenômeno artístico, talvez pelo fato do enfoque sobre a Arte Conceitual ocorrer, até então, de maneira genérica, isto é, sem se deter nos seus diferentes desdobramentos e especificidades, esclarece, de alguma maneira, porque a Arte Postal só muito recentemente começou a despertar 232

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you