Page 227

A Contribuição do capixaba Albert Harrigan à Arte Postal

câmara fotográfica, fotocopiadora, mimeógrafo, e até computador, para gerar ou multiplicar todo tipo de imagem ou mensagem visoverbal. Hibridizando diferentes meios e materiais convencionais ou precários: carimbos, colagens, fotografias próprias ou apropriadas, criaram ou realocaram frases, palavras e imagens de toda ordem, extraídas de jornais e revistas, geraram um naipe diversificado de trabalhos reprodutíveis, seriais e de baixo custo, facultando a sua difusão. A prerrogativa de estabelecer o cruzamento ou a fusão de imagens, signos, códigos verbais, textos, instaurava “[...] um jogo de infinitas possibilidades de elaboração, execução e exposição de idéias [...]” (GIFALLI, 2003, p. 30), visava, por outra angulação, situar a Arte Postal como um processo alternativo, comunicacional e democrático, isto é, sem fronteiras ou imposições limitadoras. Mas, como bem observou Julio Plaza: “A Mail Art democratiza a prática da arte, mas não consegue superar o impasse da dialética quantidade/qualidade. É que a arte (como viu Marcel Duchamp) nada tem a ver com a democracia” (PLAZA, 1981, p. 10). Mas se essa não foi realmente a preocupação maior dos signatários da Arte Postal, o próprio fato de recorrerem aos Correios – órgão oficial de comunicações – não deixava de ser um ato de ironia e subversão, por postarem trabalhos de natureza não autorizada, clandestina ou marginal. Todavia, alguns artistas recusaram submeter-se às regras impostas e ao pagamento de taxas para o transporte e distribuição de seus trabalhos, intensificando a dose de rebeldia e adotando atitudes inusitadas. Enviavam ao correio envelopes fora dos padrões convencionais ou com selos falsos, isto é, criados subversivamente por eles, o que acarretava tanto transtornos aos funcionários, quando interferia no desempenho da empresa. Alguns, a exemplo de Paulo Bruscky, iriam adquirir cartelas inteiras de edições especiais de selos postais,

A. Harrigan. Sem Título. Jornal e nanquim, sobre papel milimitrado), s/d. Acervo - Coleção Arte da Cidade, Centro Cultural SP.

227

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...