Page 216

Enock Sacramento

As primeiras manifestações de arte postal, tal como descrita acima, surgiram nos anos 1960. Elas aconteceram num contexto histórico em que ideias do Dadaísmo e do Futurismo foram resgatadas, dando origens a tendências diversas do que se convencionou chamar de arte contemporânea. Arte postal é, portanto, um dos segmentos da arte contemporânea. Em 1963, Ray Johnson, um de seus principais criadores, escreveu uma carta no próprio envelope, utilizando frente e verso. Com este ato ele alterava a função do envelope, que sempre foi a de proteger seu conteúdo e de indicar a quem é dirigida a correspondência e quem a envia. Ao mesmo tempo, subvertia o caráter de privacidade da mensagem, tornando-a pública. Anteriormente ocorreram alguns atos relacionados com o uso dos correios para veicular mensagens criativas, não convencionais. É o caso, por exemplo, de um telegrama enviado por Marcel Duchamp a seu cunhado Jean Crotti referente à sua participação no Salão Dada/Exposição internacional, organizada pelo poeta romeno Tristan Tzara em Paris, em 1921, na Galérie Montaigne, que contém uma mensagem sem sentido: “Peau de balle et balai de crini”. Tzara é autor de uma receita para se fazer um poema dadaísta na qual ele preconiza recortar as palavras de um artigo qualquer de jornal e colocá-las dentro de um saco. Depois ir tirando-as aleatoriamente, uma a uma, e dispondo-as numa sequência. Segundo ele, o poema resultante se parecerá com o “autor” E arremata: “E eis um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido pelo público”. O telegrama de Duchamp não é propriamente arte postal, porque foi enviado apenas para uma pessoa, não para muitas, mas se configura como um dos antecedentes do movimento. Entende-se que, para haver arte postal, é preciso existir uma comunicação em rede, envolvendo muitas pessoas. O mesmo Duchamp produziu, em 1916, em plena vigência do Dadaísmo histórico, uma peça denominada Cita de Domingo constituída por 216

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...