Page 206

Antonio Miranda

O fenômeno da arte postal - Mail Art - parece responder à necessidade de abertura da atividade artística para um movimento participativo amplo, aberto e inter-pessoal, onde os serviços postais funcionam como meio apropriado (isto é, no sentido literal do termo). Walter Zanini, Curador Geral da XVI Bienal de São Paulo (1981), organizador da grande mostra de Arte Postal durante a referida Bienal observou que a arte postal é Atividade de clara mobilização internacional, marcada pelo quantitativismo, com a dinâmica de seus gestos-signos e mais raramente com seus objetos-signos, a Arte Postal espraiouse num espectro extremamente vasto de conteúdos, utilizando todo e qualquer veículo de comunicação disponível na sociedade de consumo. Se esse conglomerado anárquico de mensagens irreverentes transtorna, é porque a civilização está transtornada [...] (ZANINI, 1981, p. 7) 2. A referência, na versão original do texto, remete à primeira publicação do artigo de Paulo Bruscky: Arte CorreioHoje a arte é este comunicado. Jornal Raiz, Aracaju, fev. 87. p. 9-10.

Paulo Bruscky (2006, p. 374)2, por sua vez, acredita que A Arte Correio (Mail Art), Arte por Correspondência, Arte à Domicílio ou qualquer outra denominação que receba não é mais um “ismo” e sim a saída mais viável que existia para a arte nos últimos anos e as razões são simples: anti-burguesa, anti-comercial, anti-sistema, etc.

A arte postal instaura a anarquia no processo produtor de arte, à margem do mercado impositor de consumo do objeto artístico como propriedade socializada, acumulativa e especulativa. A arte postal não é vendida pelo artista, é “disseminada” de maneira desordenada, espontânea, como manifestação de protesto, de sinal de vida, de mensagem política, ideológica, individualista ou coletivista. É a arte em movimento, mais que movimento artístico, apesar de que a arte postal, como os demais movimentos artísticos, 206

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...

Advertisement