Page 163

Ofélia Queiroz e Fernando Pessoa(s): cartas de amor correspondência não correspondida

Por isso, o criador de toda uma época literária, o criador de uma obra mais importante que a sua vida escolheu casar-se com a poesia, e à Ofélia dedicou “um beijo só durando todo o tempo que ainda o mundo tem que durar, do teu, sempre e muito teu Fernando (Nininho)” (PESSOA; QUEIROZ, 2013, p. 81 - carta de 5 de abril de 1920). Entre arte e vida, a pedagogia do amor perdeu para a pedagogia do sensacionismo e, como Álvaro de Campos, o escritor de cartas não fez senão extravasar-se, precisou “sentir tudo” não se entregando a nenhum sentimento amoroso particular, por mais que quisesse. Menciono as correspondências entre Fernando Pessoa e Sá-Carneiro para ilustrar uma situação diferente em relação às cartas trocadas com Ofélia e para fazer uma espécie de contraponto. Nas correspondências entre Sá-Carneiro e Fernando Pessoa tem-se uma amostra da reciprocidade da pedagogia da sensação, e de uma troca mais efetiva, ainda que muito afetiva, entre “iguais”, poetas. O drama em vida se desenvolve em relação à arte e à vacância da vida em troca da representação de uma vida feita para criar. Por exemplo, para Fernando Pessoa, o suicídio do amigo teria sido o “[...] derradeiro gesto de quem, aparentemente, se eximiu à vida por a ter imaginado em excesso [...]”. Também “[...] porque a arte deve ser misteriosa para não errar a interpretação da vida [...]”. Neste texto, vou falar do livro lançado no Brasil recentemente, pela Editora Cotovia, agora em 2013. É a correspondência amorosa completa, entre 1919 a 1935, organizada por Richard Zenith, norteamericano ganhador do Prêmio Fernando Pessoa, em 2012, por sua entrega intelectual e amorosa à obra da constelação Fernando Pessoa. Eduardo Lourenço, no prefácio à edição das cartas – “Amor e Literatura” - já nos desilude e nos faz desconfiar dessa correspondência amorosa, principalmente se pensamos

Envelopes das cartas de Fernando Pessoa a Ofélia Queiroz

163

Revista Postais 02 - 2014  

A Revista do Museu Correios Dossiê - Arte Postal Artigos de Adriana Santana, Almerinda da Silva Lopes, Altemar Henrique de Oliveira, Antonio...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you