Page 99

D. Rodrigo de Souza Coutinho

correios pode ter sido dificultada por uma série de fatores. De acordo com Adair Costa (2007), apesar dos planos para melhorar a arrecadação por meio da cobrança direta na América Portuguesa, a resistência dos poderes locais foi um problema à implantação dessa regra. Em grande parte, a arrematação do direito de cobrança de impostos por meio de leilões continuou ocorrendo, mesmo após as reformas implantadas por D. Rodrigo de Souza Coutinho. Já Mario Rodarte (1999) apresenta dados para o Brasil na segunda metade do século XIX que demonstram que as linhas de correio, junto com o direito a cobrança de taxas relativa ao transporte, eram arrematadas por leilão. Apesar de, atualmente, não possuirmos dados referentes ao final do século XVIII e início do XIX, podemos inferir que os arrematadores dos contratos de correio não deixaram de existir nesse momento. Possivelmente, as taxas pagas a terceiros incidiam durante o transporte da correspondência via correio terrestre, uma vez que os caminhos eram arrematados. Caso houvesse laboratório de correio na vila ou cidade, a cobrança das taxas pela via da Administração seria mais fácil, devido à proximidade. Entretanto, se o local fosse de difícil acesso, dependendo de transporte por caminhos específicos para que chegasse ao laboratório, é possível que o sistema de cobrança fosse feito por contratadores ou outras pessoas que não estavam diretamente ligadas ao correio. Assim, pode-se inferir que o sistema pensado e colocado em prática por D. Rodrigo de Sousa Coutinho possuía limitações, causadas principalmente pelas grandes distâncias do território americano. Isso impossibilitava a presença da Administração dos Correios em diversos locais, provavelmente tendo como consequência problemas na arrecadação dos impostos referentes. Entretanto, essa hipótese só poderá ser confirmada a partir de pesquisa sistemática na documentação das administrações do correio e das juntas da fazenda em diversas localidades da América Portuguesa. Finalizando, esse artigo teve o intuito de investigar as reformas dos correios de 1798 à 97

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Advertisement