Page 14

Miguel Angelo de Oliveira Santiago

Introdução A historiografia do surgimento dos museus no Brasil, ao longo do tempo, vem sendo revisada e ampliada, à medida que pesquisadores, museólogos e historiadores se debruçam sobre o tema, para trabalhos acadêmicos ou motivados por suas atividades do dia a dia dentro dos museus brasileiros. Para Ferreira (2012, p. 112 -113), do ponto de vista do conceito atual de museu “existiram no Brasil oitocentista ao menos 14 instituições museológicas que lidavam com preservação cultural”. Em sua cronologia, três deles precedem a independência do Brasil: Real Jardim Botânico (1808), Real Biblioteca (1810) e Museu Real, depois conhecido como Museu Nacional (1818). Cinco estão localizados fora do Rio de Janeiro: Museu do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco (1862), Museu Paraense Emílio Goeldi (1866), Museu Paranaense (1882), Museu Paulista (1893) e Museu do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1894). Os demais estão sediados no Rio de Janeiro: Museu do Instituto Histórico Geográfico Brasileiro (1842), Museu do Exército (1864), Museu Escolar Nacional (1883) e Museu da Marinha (1884). Os Museus Etnográficos ou Nacionais em conjunto com os Museus Históricos, para Maria Célia T. Moura Santos (1996), têm um importante papel na formação de uma identidade nacional. 12

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Advertisement