Page 132

Renato Gama-Rosa Costa

uma dupla negação à natureza e à técnica; uma busca ao novo, ao original e uma rejeição à repetição e ao estereótipo. Em suma, tal movimento cultuava ainda as belas artes e a peça artesanal no que ela tinha de mais tradicional: o seu caráter individualizado e único, ironicamente numa forte reação à industrialização e à reprodução. Entretanto, um sopro de modernidade surgiria em duas tendências do movimento, exatamente no que se refere à limpeza formal, em reação especialmente ao Art Nouveau e na vontade de se realizar uma arte social “[...] aberta à maioria, capaz de abranger todas as áreas da produção artística: objetos do cotidiano, interiores, edifícios e paisagens urbanas” (BRESLER 1997, p.11). Em relação às fachadas, Bresler afirma que “em nome da higiene, da economia e da modernidade, as fachadas dos imóveis serão purificadas e se libertarão da exuberância do Art Nouveau” (idem, p.12). Tal tendência pela limpeza formal e racionalidade se coadunaria com a sociedade e a economia que se expressariam nos Estados Unidos após a crise da bolsa de 1929 e para onde o movimento migrou a partir dos anos 1930. As características do art déco norte-americano, sem abandonar o glamour e a ostentação, seriam, então, o uso de elementos gráficos com o predomínio da águia, dos raios de sol, da fonte d´água e da figura humana feminina; o uso de painéis decorados externos e internos – influência da pintura murária mexicana – ; o uso do geometrismo cubista; e de materiais como o cromo, o aço inoxidável, o bronze polido etc. Seria o art déco norte-americano o responsável ainda por estender esta linguagem plástica ao cinema – numa recíproca e eterna troca de influências –; à publicidade e às comunicações – com destaque para os jornais, os correios e os telégrafos –; e aos meios de locomoção como automóvel, o avião, o trem e o navio, dando um caráter de dinamismo e velocidade ao movimento que levou a um desdobramento individualizado e reconhecido hoje como streamline. 130

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Advertisement