Page 127

A O art déco nas agências dos Correios: uma reflexão sobre a padronização arquitetônica nos serviços públicos Renato Gama-Rosa Costa

Resumo /Abstract

propósito da celebração dos 350 anos dos Correios, este artigo foi estimulado em grande medida pelo trabalho desenvolvido em 1999 pela pesquisadora Margareth da Silva Pereira em sua obra Os Correios e Telégrafos no Brasil. Um patrimônio Histórico e Arquitetônico, em especial quando essa autora trata da questão da padronização das agências dos Correios adotada a partir dos anos de 1930, tendo o art déco como expressão e referência estilísticas. Essa discussão sobre padronização, como veremos, atingiu diversos níveis da gestão pública à época, sobretudo por conta da atuação defendida pela administração de Getúlio Vargas (1930-1945). Percebemos esse movimento, por exemplo, nos projetos desenvolvidos no âmbito do Ministério da Saúde, onde essa ação assumiu ares de campanha. De forma análoga, o art déco foi a linguagem preferida por seus autores na grande maioria dos projetos, trazendo uma carga de ideais simbólicos, de uma modernidade pragmática e que indicasse uma atitude organizada e centralizadora na política social do governo Vargas, em suas diversas áreas de atuação. Palavras-Chave: Art déco. Modernismo. Arquitetura pública. Considering the celebration of the 350 years of the postal services in Brazil, this article was widely enthused by the work done in 1999 by the Brazilian researcher Margareth da Silva Pereira in her book “The Post and Telegraph in Brazil. A Historical and Architectural heritage”, especially when the author addresses the issue of standardization of the post offices adopted since the 1930s, having the art deco as an expression and reference of style. This discussion regarding standardization, as we shall see, reached the various levels of the public administration at the time, mainly because of the political action taken by the government of Getúlio Vargas (1930-1945). This movement can be observed, for example, on the projects developed under the Ministry of Health, in which this action took proportions of a political campaign. Analogously, the art deco was the preferred language by authors in most of their projects, conveying a load of symbolical ideals of a pragmatic modernity that would indicate an organized and centralized attitude in the social policy of Vargas’ government, in its broad areas of activity. Keywords: Art Deco. Modernism. Public architecture.

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Revista Postais 01 - 2013  

Ana Carmen Amorim Jara Casco, Helena de Oliveira B. Negro, João Pinheiro de Barros Neto, Laura Antunes Maciel, Letícia Cantarela Matheus, Ma...

Advertisement