Page 70

Fausto Weiler

Está sediado no edifício da antiga Hospedaria do Brás e tem por objetivo compreender e refletir o processo migratório brasileiro a partir da história das 2,5 milhões de pessoas, de mais de 70 nacionalidades, que passaram pelo prédio entre os anos de 1887 e 1978. (Figura 11)

Figura 11 - Ilustração do dormitório da antiga Hospedaria do Brás, em São Paulo – Fonte - Site da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo

São fotografias, filmes (curtas, longas, vídeos e documentários), vídeos, cartazes, peças gráficas, equipamentos de imagem e som e registros sonoros e audiovisuais, além dos livros, catálogos, periódicos, CDs, DVDs, VHS, coleções, cuja coleta e criação esteve sempre ligada aos acontecimentos contemporâneos. O Museu da Imigração tem muita semelhança com o Museu de Imigração de Ellis Island, em Nova York, nos quais ambos apresentam elementos do processo imigratório ocorridos no Brasil e nos Estados Unidos, nas duas primeiras décadas do século XX. 6 – Supremo Tribunal Federal Em 2015, o Supremo Tribunal Federal – STF também passou a ter o seu Programa de História Oral ao lançar a primeira fase do projeto, que consiste em contar a história do STF através da trajetória dos seus ministros nos primeiros 25 anos da Nova República, mais precisamente de 1988 a 2013.

68

Naquela data, foi lançada a primeira coleção de livros, com os títulos sobre os ministros Sydney Sanches, Antonio Cezar Peluso e

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Advertisement